terça-feira, 23 de junho de 2015

GUEST POST: QUEM TEM MEDO DE MAMILOS PRETOS?

Fazer listinha de mulheres jovens para condenar sua sexualidade -- isso é antigo (e ridículo, e estúpido, e inclusive invejoso. Ou não parece coisa de quem não pega ninguém?).
Nossa, que nojo!
Agora, criticar mamilos de garotas porque eles são escuros? Taí algo que não existia na minha juventude (não que eu soubesse, pelo menos). Lógico que há um padrão de beleza pros seios, mas tem carinha querendo determinar que mamilo bonito só pode ser rosa? É isso mesmo, produção? E esses rapazes se consideram heterossexuais? 
Semana passada saiu uma notícia de uma lista pública esdrúxula feita na USP, campus Piracicaba. Marília Sampaio, que tem um blog e é militante da Marcha Mundial das Mulheres, escreveu sobre o tema, e autorizou que eu reproduzisse seu texto aqui:

Estava indo dormir ontem quando resolvi dar aquela última olhada na internet. Me deparo com a notícia “Ranking expõe intimidade sexual de alunas da USP e causa revolta”. Fui ler e o caso se trata de uma “brincadeirinha” que os estudantes (homens) da Escola Superior de Agricultura Luiz de Queiroz (Esalq), no campus da USP em Piracicaba (SP) fizeram: criaram um ranking da vida sexual das meninas, afixado na área de vivência (onde há maior circulação de pessoas) para que, de maneira c o l a b o r a t i v a  os machinhos fossem marcando com quais delas eles já haviam transado. 
Não pára por aí. O ranking foi dividido em três categorias, que são elas: buceta fedida, teta preta (porque não bastar dizer que as mulheres transam -– como os homens -– é preciso dizer que nosso corpo é defeituoso, feio, fora do padrão. É aquilo: não somos apenas machistas: somos também racistas, homofóbicos…) e sociedade do anel.
Não sei como, mas ainda me surpreendo com o machismo. Fui dormir extremamente triste e pensativa. Me coloquei no lugar de cada menina que foi exposta, difamada e ridicularizada. E nem precisei fazer um grande esforço de sororidade porque eu mesma já fui vítima de ameaças nesse sentido. Certa vez tive meu aparelho celular furtado, meus e-mails e redes invadidas e o único objetivo do agressor era o de me ameaçar e chantagear através da MINHA vida intima e sexual.
Vivemos numa época em que transar ou ser livre depõe contra sua conduta, seu caráter, sobre o que você é. Comigo não funcionou, mas quantas mulheres são vitimas diariamente do revenge porn? Quantas já se suicidaram por terem sua intimidade, seu corpo, seu sexo exposto na internet? Quantas ainda serão punidas por exercer seu direito ao prazer, ao seu corpo?
Para além das consequências que esse crime na USP possa causar nas meninas é hora de parar para pensar o que significa esse ato machista. Por que esses estudantes “agroboys” quiseram ridicularizar as minas? Não gostaram do sexo? Como é: homens gostam de mulheres que transam, mas não gostam de mulheres que GOSTAM de transar? (Porque eles anotaram a quantidade de vezes em que “repetiram a dose” com a mesma garota).
Claro que gostam. Parece que o grande problema é a ousadia das mulheres quererem igualdade. Parece que é extremamente ofensivo para eles mulheres que gostam de transar sem compromisso porque assim, derrubam o mito de que elas, ou nós, sempre estamos à espera de uma relação e usamos o sexo para esse fim.
Certa vez, estava eu numa roda de conhecidos (homens) e eles falavam, de maneira bem machista que todos ali haviam “pegado” uma menina aí. Um soltou “ela rodou na nossa mão”. Apenas respondi: “Queridos, se ela pegou todos vocês, foram VOCÊS que rodaram na mão dela e não o contrário”.
Calma aí que preciso verificar
a cor dos mamilos do Denzel
pra ver se me sinto atraída
por ele ou não
Moças, transar não é errado. Muito menos gostar de transar. (Talvez a coisa errada nessa história toda seja a escolha dos caras com quem você transa. Um que te coloca num ranking não é uma boa escolha, definitivamente).
A outra coisa é a tentativa de ridicularizar nossos corpos e características.
Buceta fedida é nada mais, nada menos que a velha lógica higienista do machismo, que quer tirar de nossas vaginas os pelos e o cheiro. É a cultura do “sabonetezinho líquido” que nos empurram goela abaixo, naturalizando que mulheres não podem ter odores e fluidos, que temos que cheirar a floral. Olha só: pinto tem cheiro, buceta idem. Aceitem. Se você não gosta do cheiro natural de uma (não me refiro à falta de higiene), fique livre pra procurar algo que te agrade: talvez outro pênis ou uma boneca inflável.
Creme de clareamento anal
Teta preta é, além de racismo, um resquício da cultura do pornô. Vocês meninos que cresceram assistindo esses filmes (que vou contar pra vocês, ensinam tudo errado, viu?) que só tem mulher branca/europeia de mamilo (e c* rosa), acham que esse é o padrão, isso que é agradável aos olhos e excitante. Queridos, saiam da caixa.
[Lembrei de quando a Cléo Pires posou nua na Playboy e o grande comentário foi que seus mamilos eram escuros. Cléo, a típica brasileira, meio índia, linda… queriam que seus mamilos fossem rosados. Esse padrão de beleza híbrido (porque é impossível uma mulher só reunir todas as características “ideais”) é  também mais uma maneira de inferiorizar a mulher, como se o fato de ter mamilos escuros fosse algo ruim. Ei vocês, deixem nossos mamilos em paz].
A sociedade do anel é também um grande paradoxo. Homens, em geral, tem um grande fetiche com a relação anal. O bumbum é a preferência nacional do brasileiro (dizem) e parece que convencer uma mulher a fazer sexo anal é a meta de 8 entre cada 10 homens (de acordo com meu próprio instituto de pesquisa empírico, risos), mas se uma mulher gosta, pede, faz, aí merece ser constrangida em público.
Constrangida?
A grande arma contra o machismo e esse tipo de prática é naturalizar o que para eles é assustador: a gente gosta de sexo, a gente quer transar, a gente quer liberdade, a gente ama nosso corpo e ele não existe para agradar você homem. Nossa sexualidade não gira em torno de você. O mundo das mulheres não gira em torno de vossos paus. E é por isso que o ranking existe.
Fazendo um exercício de inversão: mulheres fariam um quadro em que julgariam os homens em categorias? Sei lá: pau pequeno, goza rápido e curte fio terra? Não. Porque NÃO existe opressão sobre a vida sexual masculina, nem ditadura para a estética do pênis, tampouco pelo cheiro que exala, muito menos que o que quer que ele faça entre quatro paredes interfira na sua imagem perante a sociedade. E mulheres não têm medo (ou inveja, né Freud?) da sexualidade dos homens.
E a resposta das minas da USP não poderia ser melhor. Se eles se assustam com liberdade, pois então que nem saiam de casa. Vai ter mulher livre, gozando e amando seu corpo. Ter uma vida sexual livre nunca foi e nunca será motivo de vergonha.
O ranking do machismo só escancarou o medo que o patriarcado e a sociedade em geral têm das mulheres livres. 
Enquanto eles escrevem em muralzinho, a gente PREFERE TRANSAR.
Não passarão.
E moças: libertem seus mamilos. Eles são lindos.

197 comentários:

Anônimo disse...

Passou no cqc ontem, eles defenderam as meninas. Achei bacana

Anônimo disse...

Se essas pragas arrumarem uma "loira do c** rosa 100% européia", vão reclamar, sei lá, que ela não tem bunda (pq realmente faz parte do biotipo típico europeu não ter). Resumindo, é tudo o que o texto falou. Não gostam de mulher, gostam de boneca inflável. Atração, desprezo e inveja, MUITA INVEJA é o que eles sentem. Que não procriem, jamais.

Dan

Anônimo disse...

nem ditadura para a estética do pênis olha teve uma mulher que deixou de fuder com o cara porque ele tinha pau pequeno, mulher não gosta de homem de pau pequeno e é ruim porque nem a mulher sente prazer nem o homem, porque sempre acha a buceta larga demais quando na verdade é o pau que é fino,
ps: não sou mascu sou mulher, tô falando que muitas não gostam mas não sei se há uma imposição

Anônimo disse...

O mais impressionante é que constatamos diariamente o quanto o direito à liberdade que as mulheres possuem, mas que não usufruem integralmente, assusta os homens. Você TEM que transar pra segurar seu namorado, mas gostar de sexo é pras vadias e putas (já vi homens falando isso, que quem gosta não é menina direita. E olha que nasci nos anos 90). Eles sonham e sonham com sexo de filme porno, mas se vc assume suas "taras" e fantasias a pergunta é - Onde vc aprendeu/viu isso? Ou que vc não presta... e mil e uma variações dessas afirmações.
Homens julgam nossos corpos diariamente, ou quem nunca ouviu o irmão, namorado, amigo ou conhecido falar da gorda da sala dele? ou da gordona nojenta que posta foto de comida? E daí se é gorda e gosta de comer? Eu sou gorda e gosto muito de comer e não me sinto mal por isso. Me acho linda e faço sexo regularmente.
A sociedade machista gosta de "esculhambar" com as mulheres, tirar suas possibilidades, limitá-las a vaginas e incubadoras. MAs a verdade é que dói enxergar que somos seres humanos completos, portadoras de todas as faculdades mentais, com qualidades e defeitos e sim potencialidades semelhantes aos homens.
Esse caso da ESALQ reflete isso, não conseguem minimizar as mulheres pelo seu desempenho, vamos minimiza-las pela sua vida sexual, por suas características físicas, mas o pior que eles fazem isso diariamente em seus contatos no Whatssapp, nos emails que circulam nas empresas, nos comentários de comunidades do facebook que expõe garotas e etc... Diariamente somos diminuídas e expostas, e sim os que fazem isso são lobos escondidos em figuras de pais de família, professores bem intencionados, amigos solícitos e namorados /amantes apaixonados.

Anônimo disse...

Estranho, vendo esse "muralzinho" ai remeti logo a um monte de moleque da 5º série, mas depois de ler o post e perceber que são adultos que estão fazendo isso, torna-se mais ridículo ainda.

A verdade é que existem alguns homens tão frustrados com a própria vida sexual, e que não tem nada mais pra fazer (não trabalham, não se esforçam nos estudos, não se acham bons em nada, os fracassados mesmo, que vivem sustentados pelos papais) que tentam de uma forma bem baixa exteriorizar o seu ódio, (e medo) dessa forma, o bom é que "tentam" mesmo, pq as mulheres são fortes e não é qqr idiota que vão fazer com que elas se calem, háhá, acho melhor esses idiotas irem pro banheiro chorar "um tiquin" pq mulher nenhuma tá pouco se lixando pro que eles acham bonito ou perfeito.

Estamos bem mais preocupadas em sermos felizes e sentir muito prazer na vida a opinião de idiotas, sinceramente, FODA-SE!

D Stoffel disse...

Lola você lê meus pensamentos, até minha irmã que é meia conservadora falou, ué porque não fazem um cartaz falando das caracteres masculinas iam ficar todos ofendididinhos homem odeia que mexa no ego deles eles adoram falar mas odeiam ser mal falados.

Mas o que mais me impressiona é a inércia da faculdade parece um bordel não um local pra estudo e eles não fazem nada se omitem, até em casos de estupro, isso é muito revoltante, hora ou outra tu mostra casos absurdos de faculdades aqui parece que não muda nada.

D Stoffel disse...

Você lê meus pensamentos sobre Freud tem psicologo que fala que Freud isso Freud aquilo,
Freud é só mais um machista que faz conclusões sobre o que ele acha que são as mulheres, tudo uma falácia.
E pensar que ele é o bam bam bam da psicologia a mulher tem inveja do homem haha sonha, isso é só psicologia por homens feita pra homens.

Anônimo disse...

Baraio, a primeira mina da lista liberou pra uns dez caras!

Anônimo disse...

D Stoffel, também sempre me impressiono com esses casos parece algo comum mesmo nas faculdades! O bom que assistimos cada vez mais os estudantes agindo. Eles não estão inertes diante dessa situação.

O importante é não deixarmos de agir de alguma forma.

Anônimo disse...

gente denzel whasinghton tá um gostoso nessa foto * *

Anônimo disse...

Homem que não gosta do cheiro natural da vagina é homosexual, sem nenhum demérito aos homos, mas é fato.

Anônimo disse...

Como já foi dito, é simples: esses homens não gostam de mulher.
Eu já transei com homem de pau pequeno, não é legal, tem que fazer muita ginástica para ter prazer, mas gente! O cara era legal, tinha tantas qualidades, imagina se ia passar pela minha cabeça fazer algum comentário depreciativo sobre ele!!! O caso é que eu gosto de sexo, e gosto de homem.
Essa homarada dessa faculdade precisa urgente uma boa terapia!

Ariel disse...

Eu realmente devo ter morado em uma caverna nas últimas décadas. Nunca, NUNCA imaginei que mamilos escuros fosse problema para alguém.

Estranhas prioridades dessa gente.

Anônimo disse...

Ariel,

Você deve estar se sentindo como eu me senti quando, de repente, descobri que meninos que se declaram machões machíssimos virilésimos têm nojinho de pêlos pubianos. Vi alguns enchendo a boca para dizer que iam até embora.

Eu honestamente acho que isso tudo é parte e fruto do backlash tupiniquim. Não é possível, fui adolescente nos anos 90 e as pessoas jovens não tinham essa cabecinha tacanha. Fiz duas faculdades e NUNCA vi nada parecido, nunca vi tamanha preocupação coletiva com a vida sexual de terceiros. Nunca vi um grupo de alunos se mobilizar por 1/2 segundo que seja para fazer algo como essa lista.

Anônimo disse...

O sexo antigamente foi visto como sinônimo de liberdade e até hoje acho que é visto assim, por isso existe formas de cercear a liberdade feminina , com invenção da pílula dava pra mulher se controlar fazer sexo sem engravidar, daí vieram outras formas de manipular a liberdade.
essa liberdade sexual feminina é direcionada ao prazer masculino.

Jonas Klein disse...

Olá a todas(os)

A Lola e só não falar de politica que o post sai bom, e esse confirma isso.

Quanto aos caras, esse que fizeram a listinha essa, isso ai posam de "machoes" dentro do padrão machista perante sociedade, mas não passam de homenzinhos reprimidos com muita coceira na bunda.

Aproposito com a palavra a faculdade essa, se eu fosse dirigente de uma instituição de ensino, os bostas que fizerem uma lista assim, estavam expulsos todos.

E antes que eu esqueça de dizer, expor a intimidade das pessoas assim, ate onde eu sei e crime, por isso essas moças poderiam e deveria, enfiar um processo neles, nem que seja só tomar um bom dinheiro deste palhaços, já que por na cadeia neste caso iria ser difícil.

D Stoffel disse...

anom 11:47
Pois é e quando a gente fala de feminismo ainda dizem que não precisamos, infelizmente precisamos.

Eu acho que a questão da liberdade sexual feminina atual é tipo aquelas que as revistas e a tv pregam que são muito mascaradas, seja moderna e tome-lhe posições de kama sutra, fantasias só femininas porque que acham homem ridículo quando se fantasia, isso não é coisa que homem faz pra agradar mulher, e é melhor ter um pequeno brincalhão que um grande bobalhão, mulher exigindo homem depilado? ah é coisa de mulher fresca,
Mas nunca vi as tais desculpas para peitos e bumbuns pequenos, e pelos femininos.

E ainda usam o velho discurso do homem ser visual e a mulher não , ou seja temos que nos contentar, eu tenho colegas que falam não gosto de homem bonito, só basta ser homem. Eu nem surpreendo deles terem colocado essas caracteres como diz o cara lá em cima é a tal loira do cu rosa, vagina rosa depilada e agora mais uma a teta rosa.

Anônimo disse...

Que nojo desses caras! Essa lista não diz nada sobre as gurias (até porque o que mais existe é homem que gosta de contar vantagem, dizer que guria deu em cima e tal, por puro recalque), mas diz muito sobre os homens dessa faculdade.

E esses comentários sobre pinto pequeno, buceta larga, sério gente, não acredito que sejam realmente de mulheres. Uma mulher que tem vida sexual sabe muito bem o quanto fica intumescida quando excitada e como isso faz toda diferença.

Já tive muuuito prazer com caras de pinto que seria considerado pequeno (pq estava extremamente excitada) e altas decepções com outros, de pau grande, que acham que isso é suficiente pra uma transa. Pra mim essa fixação com tamanho é masculina.

Mas o caso é que uma lista sobre a vida sexual masculina iria causar furor, penso que haveria uma sindicância e punição exemplares para as responsáveis. Mas não vejo como mulheres poderiam retribuir na mesma moeda: nós não somos ensinadas e nem temos aval da sociedade para desumanizar e humilhar os homens, nós acreditamos na amizade desses caras, como é que vamos magoá-los propositalmente.

Enfim, o texto é bem legal, mas achei um pouco desnecessário mencionar eventual culpa das gurias pela escolha de parceiros, até porque elas podem nem ter transado com os caras que anotaram o mural.

Na verdade é dose ler isso num texto feminista (descendo aí mais um trago de culpa pras vítimas porque tá pouco). Se toda a vez que a gente sentir tesão por um carinha tivermos que nos preocupar em antes investigar o caráter e o histórico de machismo não machismo do moço, não transamos com mais ninguém (ou até transamos, com um cara que se diz feminista pra no momento seguinte nos objetificar).

Ro

Anônimo disse...

"Como já foi dito, é simples: esses homens não gostam de mulher."

É simples assim. Sou mulher e já transei com mulher com pêlo, depilada, gorda, magra. Mulheres têm estrias, têm celulite, têm gordura na barriga. E, aliás, o gosto e a visão de uma mulher gozando para você vale a pena você ter que passar fio dental depois.

Sou mulher e já transei com homem com pêlos aparados e homens com as costas peludas. Homens gordos, homens magros, homens sarados. Homens têm pêlos grossos, barba que às vezes, arranha, e muitos são inseguros na cama. Quando um homem se solta, geme e goza para mim, eu vou ao céu e volto, goze ele dentro de mim, na minha boca, nos meus seios, no meu corpo.

Pessoas que ficam com nojinho de sexo, para mim, não gostam de sexo. Orientação sexual é uma coisa. Nojinho é outra.

Eu acho um porre essa galera que fica de mimimi. E, honestamente, se uma pessoa viesse me encher o saco por causa do meu corpo, dos meus pêlos, da cor do meu cu ou dos meus mamilos, eu mandaria passear mesmo.

A minha grande sorte é que todas as pessoas que fizeram parte da minha vida sexual se derramaram em elogios para o meu corpo. Mesmo eu com 20kg a mais do que peso hoje ou 10kg a menos do que peso hoje, sempre fui elogiada, sempre demonstraram enorme prazer em desfrutar comigo de momentos íntimos.

E se alguém saísse do quarto porque encrencou com alguma parte do meu corpo, eu me resolveria sozinha e nunca mais procuraria o ser ignóbil.

A pessoa tem toda a liberdade para ser babaca. Mas não na minha companhia.

V.

Anônimo disse...

dependo do que é nojinho se o cara quer gozar na boca ou na cara eu acho nojento, não porque ta nos pornos que é limpinho vamo parar de hipocresia, nem tudo no sexo convem.

Anônimo disse...

homem tbm tem teta preta
pau preto
pau fino
pequeno
a lista interminavel nossa

Anônimo disse...

homem ô raça idiota

Anônimo disse...

Alguns homens não gosta de mulher. Eles gosta de Photoshop!!!
Para resolver todos os vossos problemas e para que vocês não tenham que - OH!!! THE HORROR - transar com mulheres - again, the horror!!! - com pelos e partes escuras, a tia Jane tem a solução:

Passo 1: compre um revista que só tenham fotos photoshopadas;
Passo 2: masturbe-se, bata uma punheta, uma bronha, 5 contra 1;
Passo 3: Vão procurar o que fazer depois. Cabeça vazia é fábrica do diabo. Gente ocupada não tem tempo pra reparar no c* e nos mamilos alheios. Recomendo pegar uma enxada e capinar alguns hectares de matagal.

Jane Doe

Anônimo disse...

Deixa de molho na agua sanitaria! kkkkkkk

Brincadeiras a parte, é decepcionante quando a mulher é bem branca e tem as partes escuras!

Anônimo disse...

Não entendo porque é pertinente o teu comentário, anônimo as 13:12.

Vc acha bonito ser babaca, é isso? Te ensinaram que é legal?

Pois não é legal, e só mostra como vc é um ser humano limitado e racista, que não consegue ser livre para apreciar nem mesmo uma boa trepada, e fica ali na hora pensando no que vai ter pra contar pros coleguinhas iguais a vc depois.

Ro

Anônimo disse...

"A grande arma contra o machismo e esse tipo de prática é naturalizar o que para eles é assustador: a gente gosta de sexo, a gente quer transar, a gente quer liberdade, a gente ama nosso corpo e ele não existe para agradar você homem"
-
Não entendi, tipo, concordo que os caras que fizeram isto são escrotos, mas quando eu faço sexo, eu gosto de agradar meu parceiro, de saber que ele tem tesão em meu corpo, assim como tenho no dele.

Anônimo disse...

Como a cara sabia que ela tinha mamilos escuros?

Anônimo disse...

Continuem indo pra cama com os inimigos meninas, e o resultado e este mesmo.

Anônimo disse...

Acho tão esclarecedor quando feministas tentam ofender machistas os chamando de homossexuais. Isso mostra quem vcs são.

Anônimo disse...

É a primeira vez que comentou aqui, apesar de ser leitora assídua do blog. Fiquei chocada com esse caso! Espero que as autoridades tomem as medidas para descobrir os responsáveis. A prática de publicar uma lista dessas é crime?

Anônimo disse...

Freud é um cuzão!

Anônimo disse...

Completando o meu cometário de 23/06 às 13h33 . A publicação da lista é um crime, mas gostaria de saber quais tipos se difamação, maria da penha? Obrigada. Adoro o blog e a forma de escrita com assuntos muito importantes para discussão e para reflexão. Abraço para você Lola!

Anônimo disse...

Jane Doe (e pessoas que ficam com nojinho de mulher):

Boneca inflável também resolve esse problema, né?

E carx anonimx que acha nojento gozar na boca/na cara:
- cada um com seus gostos, néam? Eu não gosto de dar o cu, mas tem quem goste. Não vou ficar cagando regra na vida da pessoa pq eu tenho nojinho. Não gosto de ser penetrada no cu e é problema único e exclusivo meu, não é mesmo?

Mania de cagar regra no sexo alheio, credo.

Não concordo com a afirmação que todos os homens que tem nojo de mulher sejam homossexuais. Pra mim, o fato de não gostarem de mulher não quer dizer que gostem de homem.

Pra mim eles não gostam de sexo. Ponto. Se gostassem de sexo, achariam lindas as imperfeições alheias.

Se você olha uma pessoa se despindo para você, beijando a sua boca, sendo sua por aqueles momentos, dividindo a intimidade, o corpo, o sabor contigo e não acha isso a coisa mais divina neste mundo, desculpaê, mas você deveria procurar outra coisa que te desse tesão.

Ouvi dizer que quebra-cabeça é legal pra caramba.

De repente isso preenche sua vida.

Beijo.

V.

Anônimo disse...

Por isso que mulher que sai com piroco tem culpa na situação atual.

Mulher hoje não precisa de homem para mais nada, muito menos para ter prazer sexual.

Os caras são babacas, sempre serão. Quem escolhe sair com homem está colaborando com isso.

Homens devem ser isolados e desconsiderados. Temos de ter uma sociedade dominada por mulheres, buscar infligir nos pirocos a mesma opressão que sofremos por séculos. Aí teremos evoluído.

Esse dia está chegando, mas fica mais longe cada vez que uma mulher dá para um piroco.

Anônimo disse...

Pois é sempre temos que atender as exigências masculinas essa do pequeno brincalhão e grande bobalhão que desculpa esfarrapada.
E Homens tbm tem mamilos escuros não se esqueçam disso pau que dá em chico da em francisco




bom são jõao

Anônimo disse...

Não acredito que deva imperar esse radicalismo, homens são todos babacas, sociedade dominada só por mulheres e etc. Eu tenho namorado, e ele me respeita, e gosta do meu corpo do jeito que ele é (sim isso mesmo com peito preto, com buceta sem depilar) não são todos os homens que são idiotas.

Eu por exemplo gosto de homem que se depila na virilha, e ele faz isso. Agora gente o problema são as pessoas quererem ficar acreditando que existe um padrão da perfeição, para mulheres uma buceta depilada, cu rosa, bico do peito rosa, e homens um pinto grosso, grande, tem que ser musculoso e etc.

Tem que parar com isso, o prazer entre duas pessoas está muito além de tudo isso. O sexo mais gostoso que eu já tive foi com um cara completamente fora dos padrões (pinto pequeno, barrigudo) mas o cara além de ter um jogo de cintura incrível, era super educado, e muito bonito e atraente sob a minha percepção, na hora do sexo a transa foi ótima, repetimos a dose e foi incrível.

É notável que os rapazess que fizeram essas listas, são seres muito infantis que nunca devem ter tido uma foda boa, insatisfeitos com o próprio corpo iludidos, coitados.

Anônimo disse...

Nem todo homem é assim, tem lugares em que o patriarcado é inexistente praticamente, e os homens olham pras mulheres como seres humanos.
é a educação mesmo homem aqui é educado pra ser escroto e se vangloriar disso, e a mulher pra aceitar a escrotisse deles

Anônimo disse...

14:05
é muito mais fácil homem exigir loira que mulher um moreno alto dos olhos verdes

Anônimo disse...

Ómi tentando se passar por radfem, aqui se vê.

Anônimo disse...

CRESÇAM IDOTAS pLAYBOYS FILHINHOS DE pApAI!!!

isso que dá, os pais se fodendo pra manter os filhos na faculdade, pra que tenham um futuro e melhores condições que os pais tiveram na vida, e os babacas fazendo porra de listinha!

não sou feminista, militante, ativista e os caralho. Sou mãe de jovem e fico REVOLTADA!
se descubro que meu filho faz essa merda mas eu corto as bola na hora!

na rua pagam de machão mas em casa piam fininho pra mãe e pro pai, não sabem fritar um ovo nem lavar as cuecas. e nem limpar a bunda direito, com 20 tantos anos, que as cueca vivem borrada. IDIOTAS!

Anônimo disse...

"não sou feminista, militante, ativista e os caralho. Sou mãe de jovem e fico REVOLTADA!
se descubro que meu filho faz essa merda mas eu corto as bola na hora!"

Mentira, vai dizer que a menina é uma vagabunda mesmo e que seu príncipe não tem nada a ver com isso.

Quando é com a gente, tudo é diferente.

Anônimo disse...

HaHa!! É desse jeito Anôn 14:10. Tenho um filho dessa idade na faculdade e é assim mesmo. Não gostam de fazer nada em casa, jogos no computador até tarde, e a gente ralando. Mas o meu eu já conversei muito sobre isso, e já coloquei ele pra lavar as cuecas (sou sua mãe meu filho mas não empregada, quer cueca limpa ou vc lava ou veste ela como está).

Sem contar que ele sabe muito bem q aqui em casa não tem dessa de machistinha de merda não!

Anônimo disse...

como tem vidente nessa caixa de comentários, anon das 14:12 é por isso que perco a vontade de participar das discussões aqui. feminista adolescente vidente que não sabe nada da vida também me faz perder a pouca paciência que tenho!

falou a mamãe.

Jonas Klein disse...

Anon 14:09 e 14:17

E por isso que faz falta aqui a moderação antes dos comentários serem publicados, isso era feito ate uns 6 meses atrás eu acho, eu não sei porque Lola mudou a regra aqui, antes não se lia tanta besteira aqui.

Anônimo disse...

Mulheres do meu Brasil, vamos selecionar melhor o tipo com quem vcs saem. Como diziam os ditados, "quem se junta aos porcos, farelo come" ou "diga-me com quem andas, que te direi quem és".

Anônimo disse...

14:27
justamente por ser no Brasil na austrália é um ótimo país, leis de assédio rigorosas, ou seja homens + educados...
aqui ou a mulher fode com um desses ou fica só é a realidade

Anônimo disse...

"Como já foi dito, é simples: esses homens não gostam de mulher."²

Esses babacas gostam de boneca inflável. De photoshop. De pornô. De qualquer coisa menos de mulher. Podem muito bem viver com seus computadores e filmes pornôs e nunca mais incomodar qualquer mulher. Podem comprar uma boneca inflável e pintar as partes dela da cor que bem quiserem. Podem até mesmo transar com outros homens, ninguém liga. Só façam tudo que estiverem ao alcance de vocês pra nunca mais se comunicar com mulheres. Façam-nos esse favor, machochinhos.

Ah, e vocês também podem colocar perfume na vagina das suas bonecas infláveis. Vão lá, machochos, comprem logo uma bonequinha e nos deixem em paz.

Anon das 13:12 as partes são naturalmente mais escuras que o resto. Fricção, pelos, hormônios. Mesmo nas pessoas mais claras, até europeus, o natural é que a vagina e o pênis sejam avermelhados, não cor de rosa. Partes não são rosadas naturalmente. E, meu amigo, se você não transa a menos que a mulher tenha a vagina tão branquinha quanto o resto da pele, bom...

Anônimo disse...

como disseram as mulheres tem que se contentar com qualquer porcaria e os homens só querem exigir

Anônimo disse...

adoro -sqn essas MAIS MAIN que cortam o saco e chutam o estômago mas na hora agá passam a mão na cabeça do principezinho santinho que tem em casa, é cada uma kkkkkkkkkkkkk

Raven Deschain disse...

Concordo com a V. Essea caras não gostam de mulher.

Mas isso não significa que gostem de homens. Ou cachorros. Ou gatinhos. Ou lasanha. Caras assim não gostam de ninguém.

E concordo no restante do comentário tb. Cada um transa como lhe aprouver neh? Somos todos adultos, conscientes e capazes de consentir? Maravilha.


O pior dessa lista foi "amigo" meu perguntando se foram expostas as que tavam lá pra estudar ou pra transar"? Duas horas de um debate que não foi pra frente e um block, pq não sou obrigada.

Anônimo disse...

Mas eu acredito que a sociedade comrrompe por exemplo tinha um garoto crente e virgem aí chegava no colégio e os amigos empurravam ele pras mulheres falavam que ele era viado. daí já viu né
eu acho que a mãe pode até criar com valores mas chega na fase jovem uns querem imitar os outros.

Anônimo disse...

mas essa v é a raven tá na cara

Raven Deschain disse...

E Lola, desculpa, mas tb achei que tu meio que culpou as gurias. Como a gente vai saber escolher se esses desgraçadinhos mentem descaradamente?

Anônimo disse...

as mulheres até podem ter se libertado, mas como já disseram sempre vão adaptando o mahismo, não sei se a lista é verídica mas a parte do sexo anal ser a maior da lista com nomes, quer dizer muita coisa ou agora derrepente todas gostaram de dar a b...
pra mim são os homens querendo sempre impor seus desejos nas mulheres.

Raven Deschain disse...

Começou essa caralhice de novo... .

Anônimo disse...

por isso que nunca peguei colega de faculdade, sei que eles adoram se gabar.

Anônimo disse...

hanna

se os homens decidirem assumir gostar de fio-terra as mulheres vão ter que aprender a gostar ou fingir que gosta, se eles quiserem bigodinho de hitler lá vai as mulheres fazer, se decidirem que calcinha bege é sexy e tudo mais. O patriarcado vai se moldando a gosto dos homens e as mulheres vão entrando na dança e tendo que aturar o porco por conta da linguiça!
isso ñ é justo eu vejo até as próprias feministas caindo nesse conto

Marília disse...

Oi gente, sou a Marília que escreveu o texto. Li os comentários e algumas observações:

Anônimo postou:
“ ‘A grande arma contra o machismo e esse tipo de prática é naturalizar o que para eles é assustador: a gente gosta de sexo, a gente quer transar, a gente quer liberdade, a gente ama nosso corpo e ele não existe para agradar você homem ‘ "
-
Não entendi, tipo, concordo que os caras que fizeram isto são escrotos, mas quando eu faço sexo, eu gosto de agradar meu parceiro, de saber que ele tem tesão em meu corpo, assim como tenho no dele”

Eu respondo: Oi. Dar prazer é uma premissa natural de uma relação sexual. Geralmente sentimos prazer quando gostamos de dar prazer também. É obvio que tem que gostar de agradar o parceiro e ter tesão no corpo dele. Isso é bem diferente de pensar e viver sob a lógica de que teu corpo existe EXCLUSIVAMENTE para o prazer masculino. O corpo primeiro é seu. Por exemplo: as meninas de “teta preta” continuam transando e sendo feliz, mesmo os caras achando mamilos escuros feios, ou seja, uma grande foda-se.
Entendeu?

Anônimo 2: “Enfim, o texto é bem legal, mas achei um pouco desnecessário mencionar eventual culpa das gurias pela escolha de parceiros, até porque elas podem nem ter transado com os caras que anotaram o mural.

Na verdade é dose ler isso num texto feminista (descendo aí mais um trago de culpa pras vítimas porque tá pouco). Se toda a vez que a gente sentir tesão por um carinha tivermos que nos preocupar em antes investigar o caráter e o histórico de machismo não machismo do moço, não transamos com mais ninguém (ou até transamos, com um cara que se diz feminista pra no momento seguinte nos objetificar). “

Eu respondo: Entendi o ponto de vista e valeu a reflexão. Deveria ter sido mais clara, mas minha intenção não foi culpabilizar as meninas por terem transado com os caras. QUEM NUNCA né? Eu mesma. Risos. De fato, se usarmos esse filtro vai ser difícil ter uma vida sexual ativa. Mas podemos seguir resistindo, não calando, não aceitando e seguindo livre.

Beijão

www.odeaoscolhoes.wordpress.com

Camila D disse...

Na minha ingenuidade, não sei se foi intencional ou se interpretei errado, mas o anônimo que comentou que "é isso que dá dormir com o inimigo" acabou de culpar as gurias por terem exercido sua liberdade sexual? É isso mesmo produção?

E não, não me interessa se foi mulher, homem, trans mulher ou trans homem, ou uma pessoa assexuada que postou isso.
Só sei que é uma tremenda bobagem que foi proferida, nada diferente do discurso machista e segregacionista de costume.

Nem sempre dá pra saber que a pessoa com quem a gente ta saindo é escrota. Se ela vai se aproveitar da situação e projetar seus problemas/complexos pessoais no outro. E como alguém já falou em posts anteriores, escrotice não escolhe gênero. Ou vcs acham que não vai ter também mulheres/trans/assexuados descendo a lenha nas gurias que foram listadas?
A questão é: cadê o respeito com as pessoas que exercem sua sexualidade livremente? Não precisa aplaudir, se você não gosta. É só não se meter, afinal, quem não curte sexo deveria estar fazendo outras coisas que não fiscalizar a sexualidade alheia, muito menos condenar. É nesse incômodo que está a incoerência.

Os caras que divulgaram aquela lista só mostram o quão machistas e problemáticos (redundante?) eles são, e não representam um gênero, mas uma parcela da população que age assim consciente do que está fazendo. Porque por mais imatura que seja a atitude, eles são adultos, sabem o que estão fazendo, e devem responder por isso.

Agora parem de generalizar tudo, pó.

Anônimo disse...

Freud disse que a mulher só se completa se der a luz a um homem

Raven Deschain disse...

Ih só agora vi que o texto não é teu.. . :v

Anônimo disse...

Hoje em dia pra mulher cool ela tem que gostar de sexo a 3, anal, e gozada na cara.
essa é a mulher cool.
Isso não é liberdade sexual isso não liberou as mulheres isso impôs que as mulheres que não gostarem disso não são cool, são chatas.
Antigamente os caras tinham a mulher só pra ser a serviçal e pagavam a prostituta pra ser escrava hoje em dia eles tem os dois a escrava do lar e a sexual. tem que ser sexy, submissa e ainda feliz.

Anônimo disse...

Esses caras sonham com panicats mas dizem que são putas porque elas só querem os ricos aquela juju salimeni namora um fortão, os mascus devem achar um absurdo porque ela não dá moral a um cara como eu normal. mas nunca querem as normais.

Anônimo disse...

esse papinho furado de que os "caras nunca querem as normais" tá igual, mas IGUAL, mascu dizendo que mulher só quer homem rico alfazeta musculoso rambo.

Anônimo disse...

Não existem mais sexo e sim obrigações sexuais, eu não namoro por essas e por outras.

Anônimo disse...

15:10
Não querer até querem , mas eles culpam as que eles acham classe AA, - aquela ali nunca vai olhar prum cara como eu que vadia mulher é tudo interesseira e se esquecem que fazem o mesmo, entendeu??? eles são os que mais exigem, tanto que tem cara que prefere pagar por sexo do que se dar ao trabalho de tentar conquistar uma mulher e ainda não as acham suficientes na cama.

Anônimo disse...

Ao Anon que acha que feministas (algumas) chamam esses garotos de gays para ofendê-los.

Não vejo da mesma forma, não acho que seja para ofendê-los se a própria pessoa não considera isso uma ofensa. A verdade é que alguns homens são assim nojentinhos por serem gays enrustidos mesmo. Eu já conheci dois desse tipo, e outro que se diz bissexual mas adora depreciar as mulheres, não fazendo a mesma coisa com os homens. Eu chamo esse cara de gay, e não porque acho isso uma ofensa, e sim porque ele é mesmo mas fica pagando de machão.




Anônimo disse...

Tô lendo o maior erro científico sobre as mulheres
é justamente o que trata de que as mulheres são seres monogâmicos segundo os cientistas isso é cultural e não científico.
antigamente os índios tinham váriox parceirxs e os colonizadores europeus ficavam horrorizados com isso eles estavam tentando catequizar os índios a qualquer preço.
Daí casou desse erro de dizer que as mulheres eram monogamicas pois culturalmente era o que eles queriam ouvir, mas foi descoberta a falha e por uma mulher.

Daniela Lopes disse...

“Queridos, se ela pegou todos vocês, foram VOCÊS que rodaram na mão dela e não o contrário”
Tive que compartilhar essa pastagem com a frase acima. Essa frase era tudo o que eu precisava escutar de alguém durante a minha adolescência. Fui uma daquelas garotas "rodadas" do bairro, e na época me envergonhava muito disso. Hoje, muitos anos depois, sinto uma sensação plena de que aproveitei muito bem a minha adolescência.
Parabéns pelo texto!

Anônimo disse...

Daniela os dois se usam, se a garota roda o problema dela, mas é melhor pegar 2 tops que 15 cafuçus.

Arnold Sincero disse...

Oi Lola sua lindíssima!

Como vai? espero que bem!

rsrsrsrsrs bjooooooo

Ana disse...

V diz q n gosta q caguem regra, cagando... Dizer q quem tem nojo de algo no sexo é pq n gosta de transar, é uma grande cagação.
E n falta gente assim, todo mundo tem q seguir o roteiro pornográfico senão é fresco. Daqui a pouco n querer cagar ou mijar no outro, deixar enfiarem a mao inteira em você , vai ser frescura pq tem no pornô .
Se você n faz tudo isso é ruim de cama e o sexo é chato. Tem matérias dizendo como n ter nojo de oral ou como n sentir dor no anal, quer dizer, você é um fresco idiota, q só n gosta pq n tentou, já q impossível n gostar de tudo q tenha a ver com sexo, vai perder o macho ou a fêmea se n fizer o q eles quiserem.
Palhaçada.

Raquel disse...

Olá a todxs.
Sou estudante da ESALQ e construo o coletivo de mulheres Raiz Fulô, de lá. como está todo mundo discutindo o assunto pela mídia e ninguem perguntou o que realmente aconteceu. É o seguinte: isso não é um ranking sexual de quem os meninos pegaram. a proposta era "zoar" as pessoas com características tidas como indesejáveis. Esse cartaz foi feito no começo do ano com os calouros que foram almocar ou jantar em uma certa república.
O problema foi expor as pessoas com adjetivos racistas, machistas e homofóbicos e o quanto isso é naturalizado, pois esse cartaz ficou vários dias exposto no mural até uma das meninas ver e colocar um texto no face.
A grande questão de debate que estamos tentando colocar na faculdade é a naturalização do preconceito. Qual o problema em alguma das referidas características? Pq em algum momento esses caras acharam q seria engraçado classificar as pessoas e quando a coisa pegou ninguem assume, se era "só uma brincadeira"?

Anônimo disse...

Pior de tudo sao aquelas mulheres que tem as partes escuras, pintam o cabelo de loiro e usam com frequencia vestimentas rosas e de tons claros. Muita decepçao!

Anônimo disse...

Eu também acho ridiculo isso agora se você não gosta de algo no sexo vc é fresco, que coisa mais chata como a anom falou pra ser legal agora tem que topar tudo até swing.
namoro virou sexo mesmo obrigações e mais obrigações

Anônimo disse...

É o seguinte: isso não é um ranking sexual de quem os meninos pegaram. a proposta era "zoar" as pessoas com características tidas como indesejáveis

ah é então explica a sociedade do anel que carater seria indesejavel nãao entendi?
acho que eles quiseram não só zoar o corpo mas também o sexo pois foi posto uma contagem ali.
aff

Anônimo disse...

Tanto os rapazes quanto as meninas dessa faculdade são um bando de promíscuos. Pura depravação essa lista. É por isso que as DSTs estão mais vivas do que nunca.

Anônimo disse...

A outra se achando porque fode com homem e mulher, e diz não ter nojo de sexo porque aceita ter esperma nos corpo todo, quem não aceita isso é pq não gosta de sexo.
ahhhffff

Jackeline disse...

ligeiramente offtopic, mas sobre a velha e cansada sugestão de que homens misóginos podem ser na verdade gays enrustidos com problemas de auto aceitação, tava aqui pensando se será que na verdade muitos deles não podem ser assexuais?
Sério, deu até pra ver: pressionados pra ser o alfa pegador mas não sentindo desejo real de provar da fruta, só que se sai a necessidade física como fator, então vira puramente uma questão de status social pra eles. Daí eles inventam esses critérios ridículos pra julgar e rejeitar mulheres, ao mesmo tempo que sentem esse mix de inveja e ressentimento pelas mulheres que saem do padrão machista.
Sei lá, muita viagem talvez hauahuaha mas até que pareceu plausível.

Anônimo disse...

o machismo é tão incoerente coisa de gente burra ou com preguiça de pensar

Raquel disse...

Cont.
Qual a política da universidade para esses casos? a expulsão da república inteira vai funcionar ou vai sobrar pro mais pobre da casa, lembrando que muitos deles são filhos de grandes latifundiários? Esse cartaz foi só a gota d'água em um ambiente hostil com as mulheres, negrxs e lgbtt. Nem foi o mais rave que acontece por lá. A cultura do agroboy é forte, mesmo que não seja mais um campus só de ciencias agrárias.
Desculpem intrometer na conversa.

Raquel

Anônimo disse...

dificil ter homem assexual mais fácil serem gays mesmo
a maioria dos homens são bissex

Jackeline disse...

outra coisa que esqueci de comentar, até pelo fato de ser largamente não reconhecida até em meios de minorias sexuais, faz sentido que alguém se sentisse bem confuso sobre sua assexualidade.

Anônimo disse...

raquel não entendi esse cartaz é real ou não?
eles mentiram? as garotas ficaram com eles sim ou não?

Jackeline disse...

Anon das 16:39, é mais comum do que vc pensa. O problema é que todo mundo praticamente aceita como verdade que todo homem é um animal no cio, então...

Outra Ana disse...

Concordo, ter nojo de alguma coisa não quer dizer que você não goste absolutamente de sexo. Agora, essa paranóia de "daqui a pouco toda mulher vai ter que dar a bunda, fazer fisting, gostar de gozada na cara, senão é chata" me lembra tanto, mas taaaaaanto, conservador que é contra casamento gay porque senão "daqui a pouco todo mundo vai ser obrigado a ser gay senão é careta". As pessoas não tão obrigando vocês a gostarem. A gente só tá dizendo que existe sim quem goste e não somos putas/nojentos ou temos problemas psicológicos por conta disso.

Raquel disse...

Anon das 16:33

É, parece estranho, dai entra a questão de duplo padrão, os caras querem comer o c*, mas que faz isso é considerada puta, e nessa coluna tb tinha nomes de meninos.

Anonimo das 16:42
o Cartaz existiu, algumas meninas do coletivo que tiraram do mural e jogaram fora. mas as pessoas citadas no cartaz não necessariamente ficaram com os meninos que fizeram a classificação. Algumas nem eram amigas dos meninos. A proposta dos babacas que fizeram isso era tirar um sarro, mas não foi engraçado.

Mila disse...

Vi e achei absurdo essa matéria. Esses rapazes que querem top models loiras, de cu e mamilos rosas devem ser todos uns galãs. pra tanta exigência.

Ana disse...

Outra Ana

Nada a ver, bem diferente isso, vai negar que existe cobrança????
Que muitos cara insistem e enchem o saco achando q mulher tem q fazer anal, oral?
N é paranoia alguma pensar que daqui a pouco seremos cobradas para cagar em alguém kkkkkk
Eu n gosto de oral e nem anal, e é difícil achar algum que n encha o saco por isso, eu mando pastar logo mas muita mulher e até homem faz coisas que n querem por obrigação para n perder a pessoa.

Anônimo disse...

As moças podiam fazer uma listinha tb: pau pequeno, brocha, chupa mal. Quero ver a marra desses marmanjos depois.

S. disse...

Como existe homem nojento, deviam ter feito uma lista para humilhar também.
Alguém aí ironizou sobre por perfume na vagina, pior que tem mulher que faz isso, vi num reality sobre mulheres gordas, nem acreditei kkkkkk

Anônimo disse...

é verdade a única "cobrança" masculina é pro cara fazer oral tbm, e a mulher te ta depilada,
e oral não é nem uma obrigação é uma retribuição pq as mulheres tbm fazem.

Anônimo disse...

concordo com a outra ana
é por tudo livre espontânea pressão

Anônimo disse...

Os caras que fazem essa lista fazem exclusivamente pra zoar as mulheres mesmo, qualquer mulher seja branca ou negra que dê mole pra esses caras podem ter certeza que eles vão pegar, independente de cor do mamilo ou do cu, tanto faz. O lance é que não basta pegar eles precisam zoar e humilhar, provavelmente são caras machistões como eu que não transam muito ou ficam afim de transar com alguma guria mas ela não dá mole, dai o que sobra? Difamá-la. Podem ter certeza que a maioria dos caras que assinaram a lista (e pode até ser que mulheres tenham assinado também) não comeram nem 20% das gurias ai nomeadas (mas vontade com certeza tiveram), como sempre venho aqui expor a mentalidade padrão do machismo e da misoginia (que infelizmente está enraizada em mim por mais que eu tente me livrar).

AnonLivroAberto

Nelia disse...

Arnold sincero voltou!! E todo fofo!!
O que aconteceu? Está se tratando, tomando remedinho tarja preta?
Gostei, viu? Continue assim.

Rê Bordosa disse...

Só digo uma coisa, mascusada: enquanto vcs tão ai fazendo listinha e mimizando, eu to aqui gozando!

Lynne disse...

O sujeito transa e repudia a mulher. Que coisa triste. Como se não pudesse transar e ter respeito pela mulher ao mesmo tempo. Faz parte da heteronormatividade: o homem desprezar quem ele "fode" (não que todo homem hetero faça isso, longe de mim afirmar uma coisa dessas, mas a heteronormatividade diz isso mesmo).

Anônimo disse...

Essa V é a versão feminina do Thomas: sou fodona, gostosa e todo mundo quer, ninguém reclama da minha performance...

HahahHah

Anônimo disse...

Porque esses caras estariam com falta de sexo anon livro aberto? Serio que mesmo com toda a prostituição,estupro,trafico sexual no mundo os homens ainda ficam reclamando de falta de sexo? E anon ai, tanto os bonzinhos e os caras errados são todos a mesma merda.

Loup~garou disse...

Universidade pública, suas alegrias, seus problemas, haha...

Fazer um rapaz pagar pelo seu próprio estudo poderia eliminar o tempo ocioso utilizado no ranking.

Anônimo disse...

Ana,

Ninguém é obrigado a gostar de anal, threesome, gozada na cara, nada disso.
Agora, a pessoa ter nojinho dos mamilos escuros, da calcinha bege e da cueca furada, é um pouco demais, né??
Eu estou falando do que EU gosto.
Agora, a pessoa que diz que gosta de homem e tem nojo de esperma, ou do suor (tem homem que sua pra caramba na hora do sexo), ou odeia a barba, tem que rever a sua sexualidade.
Assim como a pessoa que brocha (broxa?) com calcinha bege, pelos pubianos ou mamilos escuros.
Não acho que tenha algo errado em gostar de um ou de outro. Cada um é livre pra fazer o que bem entender... Mas encrencar com o corpo alheio, aí é foda...
V.

Anônimo disse...

Re Bordosa,

E eu aqui, acabei de gozar horrores com um cara lindo (LINDOOOO! Inteligente e simpático e tudo de bom) e que me deixou toda molhada de suor, fluidos corporais e tudo mais.

Difícil pacas essa vida de feminista, viu?

V.

Ana disse...

V.
Continua na mesma, tenho nojo de esperma, nunca engoli e nem por isso sou lésbica.
Quanto a história do mamilo tá certo.

Anônimo disse...

Ana,

Não precisa engolir. Mas você vai deixar de transar com um cara porque ele goza? Vai deixar de transar com um cara porque ele sua? Vai perder o tesão porque ele tá com a cueca rasgada no canto? Ou porque ele tem pelo nas costas??
Sei lá, acho que a gente leva as coisas boas com as ruins de cada um. Se você se incomodar com o fato do cara gozar (não tô falando de gozar na sua cara, na sua boca, cada um sabe do que gosta ou não), do cara ter pelo nas costas ou de coisas assim, acho que vale questionar se gosta mesmo.
Homens e mulheres tem pelos, humores, estrias, celulite (mulher mais do que homem). O gozo tem cheiro estranho e se vc gosta ou não de sexo oral/anal é com você.
Agora, é muita falta do que fazer perder o tesão pq o mamilo é preto ou pq o cara tem pelo nas costas. Se chega até o ponto da pessoa tirar a camisa, eu já acho a coisa mais linda do mundo.
E, se eu tiro a camisa pra alguém e esse alguém perde o interesse por causa da gordura da minha barriga, das minhas estrias ou da cor do meu mamilo, prefiro que vá embora mesmo e nunca mais me procure.
Simplesmente acho que não vale a pena.
V.

Anônimo disse...

Maravilha de texto! Parabéns Lola. Por tudo.

Anônimo disse...

Obs: A maioria das mulheres com AIDS e outras DSTs cobtraiu do marido. Só lembrando.

radscum disse...

Ha ha ha, já fui correndo no google conferir os mamilos da Cleo Pires. Pra mim são normais. Quando a Nanda Costa posou nua os machos reclamaram pq ela não depilou a vulva. Pra mim, que sou mulher e heterossexual, ambas são lindas. Todos os homens são gays. Machos não gostam nem nunca gostaram de mulheres. São misóginos, invejosos, não engravidam nem sangram por vários dias sem morrer. Alguns deles até querem ser mulheres. Eles tem inveja do útero, como dizia Karen Horney. Vocês se lembram de O Silêncio dos Inocentes na cena em que o psicopata puxa o pinto pra dentro e usa os pentelhos pra simular uma vagina ou então de Dressed to Kill?

"Dizer que um homem é heterossexual implica somente que ele mantém relações sexuais exclusivamente com o sexo oposto, ou seja, mulheres. Tudo ou quase tudo que é próprio do amor, a maioria dos homens hétero reservam exclusivamente para outros homens. As pessoas que eles admiram; respeitam; adoram e veneram; honram; quem eles imitam, idolatram e com quem criam vínculos mais profundos; a quem estão dispostos a ensinar e com quem estão dispostos a aprender; aqueles cujo respeito, admiração, reconhecimento, honra, reverência e amor eles desejam: estes são, em sua maioria esmagadora, outros homens. Em suas relações com mulheres, o que é visto como respeito é gentileza, generosidade ou paternalismo; o que é visto como honra é a colocação da mulher em uma redoma. Das mulheres eles querem devoção, servitude e sexo. A cultura heterossexual masculina é homoafetiva; ela cultiva o amor pelos homens." - (Marilyn Frye)

Anônimo disse...

radscum falou a verdade todo misogino no fundo é gay

Anônimo disse...

"Alguns deles até querem ser mulheres."

Feminazi e transfóbica!

Donatien Alphonse François disse...

radscum disse...

"Todos os homens são gays."

_Não vejo demérito algum em ser gay, mas felizmente eu sou heterossexual com todos os privilégios, incluindo o de ser branco numa sociedade racista e de classe média alta, num país de maioria pobre.

"Machos não gostam nem nunca gostaram de mulheres."

_ Eu gosto muito, principalmente minha mãe, minha esposa, minhas filhas, minhas irmãs, minhas amigas, minhas colegas de trabalho e a lista vai longe, elas são todas minhas e sou todo delas.

"São misóginos, invejosos, não engravidam nem sangram por vários dias sem morrer."

_Mesmo não sendo feminista, tenho um relacionamento igualitário com minha esposa, criamos e educamos juntos nossos filhos, especialmente minhas filhas que nunca serão capacho de ninguém, são fortes e independentes e como a mãe delas. Sinceramente eu não sei o que seria invejável na mulher, ser homem é muito mais pratico por vários motivos, eu engravidei duas mulheres cinco vezes, não gostaria de trocar de lugar com elas, com certeza eu não aguentaria o processo, conheço o suficiente sobre menarca para saber que isso também não é nenhuma vantagem, ou demérito, não é como se fosse o fator de cura do Wolverine.

"Alguns deles até querem ser mulheres."

_Verdade e isso é muito difícil de entender, deveria ser o contrário, porque no mundo em que vivemos ser homem é muito mais vantajoso, machismo me afetou bem menos do que a você, por exemplo.

"Eles tem inveja do útero, como dizia Karen Horney."

_Cólica menstrual, por que alguém ia querer ter isso? No mais, adoro as mulheres, admiro muitas delas e as respeito como seres humanos, mas acredite se quiser... convenhamos, sei que não vai acreditar, mas de boa!

Anônimo disse...

No mundo lésbico não tem nada disso.


Homens são nojentos! Hurgh!

Anônimo disse...

Esse "célebre" trecho da Marilyn Frye não passa de uma fantasia feminista sobre o que é ser homem, ele tem pouquíssima relação com a realidade masculina.
É aquela coisa, mulheres achando que sabe o que se passa na cabeça e no universo dos homens, a Dworkin faz isso o tempo todo também, e quase sempre estão erradas.

Donatien Alphonse François disse...

Anônimo 22:59

Então me explica por gentileza, por que tem tanta lésbica querendo parecer homem? Algumas são mais "macho" do que eu, não que isso me incomode, só curiosidade mesmo.

radscum disse...

hahahahahaa anon macho asqueroso das 23:03 e Donatien 23:11, como se vocês fizessem diferente. Adoram vir em páginas feministas dar pitaco como se fossem mulheres e qd são contestados dizem que somos sexistas, mas na hora de falar que Frye e Dworkin estão erradas logo adotam o discurso essencialista de que elas como mulheres nunca acertam o que se passa na cabeça dos homens. O que faz uma mulher? O que faz um homem? Será mesmo as roupas e os papéis de gênero? Esse ultimo recado do Donatien ele até pergunta pq lésbicas querem parecer homens. Por muito menos qualquer mulher seria tachada de TERF hahahaha E eu sei lá pq, talvez pelo mesmo motivo que vocês se castram pra parecer 'mulheres'. TODOS os homens MORREM de inveja das mulheres.
O recado que você copiou basicamente tudo que eu disse e respondeu frase por frase tá cheio de choro e mansplaining (embora eu deteste esses termos da terceira onda). Tá chateadinho pq a Frye descobriu teu segredinho? hihihihi

Anon 22:14 não foi isso que eu quis dizer pq desta maneira que vc falou meio que dá a entender que eu disse que todos os homens gays são misóginos pq eles não gostam das mulheres sexualmente, pô, isso é homofobia. O que eu quis dizer é que os maiores odiadores das mulheres e tbm os maiores invejosos são justamente os heterossexuais que nos veem apenas como um orifício (nada diferente das trans, aliás) e são completamente homoafetivos em todas as outras áreas de suas vidas, como a Frye sabiamente disse. Então, é um erro dizer que gays odeiam as mulheres quando na verdade TODOS os homens nos odeiam, inclusive os gays. Só ver os blogs que eles criam pra falar das nossas roupas e da maneira com que nos vestimos, o que eles falam das rivais das divas pops que eles gostam. Aquele fake Katylene feito por um homem gay era revoltante de tão misógino. Outra coisa, repara no que os mais másculos fazem com outros homens gays que eles julgam serem "afeminados" ou não serem "machos" o bastante. Aquele conhecido como "a passiva", pois tudo que é penetrado é visto como feminino e inferior. Todo macho adora um outro macho bem másculo, de preferência sarado e dentro dos padrões: é tudo mentira quando dizem que as mulheres é que são loucas com aparência quando na verdade tanto elas quanto gays preocupam com o corpo e a aparência só pra agradar aos homens. Mulher dificilmente se preocupa com a aparência do macho. Eu imagino que as mulheres que se preocupam com o tamanho do pênis é pelo fato de que se um orgasmo vaginal é um sacrifício (pesquisas indicam que 70% das mulheres nunca gozaram só com penetração) com um pinto pequeno e fino é pior ainda.

Outra Ana disse...

Ana, realmente vejo bastante cobrança de oral de ambos os lados. Agora, anal, juro que não vejo essa cobrança toda. Maioria dos meus amigos, tanto homem quanto mulher, tem nojo. As mulheres de ter alguma coisa penetrando a bunda, os homens de colocar o pênis num lugar que provavelmente tá sujo. O que eu acho chato é toda vez que surge um comentário "eu gosto de bdsm", "eu gosto de anal", "eu gosto de swing", vir uma galerinha com essa de "ah, mas ninguém é obrigado a gostar, não me obrigue a gostar". Não é pra convencer quem não gosta a fazer. É só pra dizer que tem gente que realmente gosta, não é só coisa de pornô.
Pros anônimos, não vi onde a V tá se achando por transar assim ou assado. Ela só tá tranquila com a sexualidade dela.

Anônimo disse...

Se essa radscum nao falasse que é heterossexual eu ja ia achar que e lesbica. É muita misandria e feminazismo pra uma pessoa so. "tudo que é penetrado é visto como feminino e inferior" - penis envy

Anônimo disse...

Por isso as vezes tenho receio de me assumir feminista... Sabe, psicanálise é ciência. E ajuda muitas de vcs com depressão por ter passado por relacionamentos abusivos e tudo o mais.

Anônimo disse...

"Só digo uma coisa, mascusada: enquanto vcs tão ai fazendo listinha e mimizando, eu to aqui gozando!"
-
Ta gozando nada, vocês em grande maioria nem gozam,rsrsrs, e só ver as radfens dodois ai, tudo com inveja de pinto, como já dizia Mister Freud rsrs
tem uma palavra pra definir vocês rachas recalcadas, BAIXA LIBIDO.
Enquanto nós somos foguetes supersonicos libidinosos, vocês são fogões a lenha, rsrs, demora pra esquentar rsrs

Anônimo disse...

Sou outra que também tem nojo de esperma e sou hetero. E tenho parceiro e vamos bem, obrigada.

Donatien Alphonse François disse...

Mas você é sexista SIM não tem como negar, generalista, misândrica, analfabeta funcional, acha que sabe mais sobre os homens que eles mesmos, eu aposto as bolas do meu saco, que já estão velhas e gastas mas são minhas, que a Lola "prefere" eu comentando que você, por uma razão muito simples, eu não a ofendo, não a critico feito um perseguidor como você faz, não tento ensina-la a ser feminista, isso ela sabe melhor que você. E não, mil vezes não porra, eu não odeio seu gênero, deixa de ser desonesta, sempre respeitei todos e todas aqui, principalmente a dona do blog, se eu digo que você é maluca, digo agora e repito MALUCA, ESTOU FALANDO APENAS DE VOCÊ, não do seu gênero, se é que você é mulher mesmo e não um farsante. Adoro as mulheres, preciso delas na minha vida, todas que eu já mencionei e muitas outras, se não a vida não faria o menor sentido. Agora, se você o deia os homens problema seu, eu não odeio, amo muitos deles também, gosto de ser um e tento ser o melhor que eu poder, sem prejudicar ninguém, muito menos mulher. Sinceramente, eu não consigo ter raiva de você, imagino que alguém deve ter feito muito mal para você e sinto muito mesmo, que você mesmo "sendo heterossexual" odeie tanto os homens, o ódio só faz mal para quem sente. Na verdade eu sinto pena de pessoas como você, de verdade, sem ironia, deve ser muito triste ser assim, odiar todo um gênero, só lamento!

Donatien Alphonse François disse...

radscum

Mais uma coisa, na nossa sociedade o masculino e o feminino está muito bem marcado, você pode teorizar o quanto quiser sobre isso, mas é fato que algumas lésbicas, não todas obviamente, são bastante "masculinizadas" nada contra isso, é direito delas serem como bem quiserem, minha pergunta foi retórica, eu sei a reposta e na verdade nem me importa. Outro fato é que não vivemos numa utopia queer, então perguntar o que é feminino ou que é masculino, soa meio ingenuo da sua parte. E na boa, onde você viu choro? Sabe o quanto o machismo afeta a minha vida? Nada, porque eu sou homem, mas não sou misógino, como você quer acreditar, o ponto é que eu não tenho motivo para invejar nenhuma mulher, nem mesmo as ricas, tenho certeza que minha vida é muito mais fácil que a delas, pelo simples fato de ser homem, eu reconheço esse privilégio. Mas você fez parecer que é o contrário, então para que serve o seu feminismo? Não serve para nada, apenas para separar homens e mulheres, como cães e gatos. E não to chateadinho não, os delírios alucinogênios da sua mentora não me afetam em nada. Um beijo enorme no seu coração! ^_^

Anônimo disse...

"radscum disse...
Ha ha ha, já fui correndo no google conferir os mamilos da Cleo Pires. Pra mim são normais."

Como não seriam mamilos anormais, radscum?

camila santos disse...

Não vejo nada de homofobia em dizer que esses caras são gay por acaso ser gay é errado? eles podem sim ser gays como também podem não ser tem muitos gays machistas mas não acho que foram gays que fizeram isso tem tanto homem hetero assim gente vocês tão em outro mundo só pode, outra coisa acho meio errado chamar todas mulheres "misandricas" de lésbicas simplesmente porque não vejo toda hora lésbicas atacando homens é incomum não vejo elas criando muralzinho escroto por pura inveja vou ser um pouco misandrica atacar é quase masculino já perceberam que a maioria das mulheres falam coisas misandrica quando ouvem algum homem falando merda? já o homem ataca a mulher sem motivo só porque quer, antes que falem merda isso não quer dizer que mulheres não atacam quer dizer apenas que mulheres não fazem isso com muita frequência as notícias tão ai pra provar isso. E sobre o texto lola você não devia dar atenção pra um bando de doentes isso ai é falta de buceta...

camila santos disse...

radscum ta sendo muito misandrica mesmo e até exagerada mas o que ela diz tem até um pouco de verdade acho que as pessoas não tão acostumadas a ouvirem essas coisas é meio pesado principalmente pra alguns homens, donatien não tem motivo pra se doer com isso não é misógino alguns tem que entender que quando uma mulher fala que tem muito homem machista/misógino isso não quer dizer todos acho até que por esse motivo tem homens que defendem estupradores porque sentem que quando uma mulher fala de alguns isso incluí eles se uma mulher acusa um estuprador alguns homens se sentem acusados também por isso eu digo machismo tem que se combater desde criança homens e mulheres precisam de educação diferente.

Anônimo disse...

Donadio, você acha que qualquer homem tem a vida mais facil que qualquer mulher ( mesmo as ricas) pelo simples fato de ser homem? Eita! Bom pra vc. Eu preferirira milhões de vezes ter três milhões na conta e passar as férias nas bahamas e mijar sentada que passar as férias na praia grande sendo homem do proletariado.

Por isso que eu acho que o feminismo não vai pra frente. Fica essa gente toda ai falando "homem é muito sortudo, mulher so se fode..." como vocês podem querer igualdade se achando, mesmo que sem falar , inferiores?

Eu não menstruo, não estou gravida e ganho mais que meu marido. Assim pode "gostar de ser mulher"? Não sei em que sua vida é melhor que a minha, ou que maioraia das mulheres simplesmete por ter um pinto entre as pernas. Existem milhões de fatores que influenciam.

A cabeça desses homens é do tamanho de uma melancia, tanto eles se acham. O pior é que vai vir um monte de femnista aqui dizendo que "ele tem razao, ser homem é mto melhor".

Não sei se homens tem inveja de mulher, mas vocês se borram de medo. Senão não teriam proibido as mulheres de trabalharem, fazerem esportes, estudarem, votarem, fazerem politica...

Bando de medrosos. E presunçosos.


Anônimo disse...

Confesso que ri do papo da suposta mãe dizendo que cortaria as bolas do filho caso ele fizesse algo parecido. Esse discurso é tão manjadinho que dá pena e no fim, acaba sendo o que outros anônimos disseram, o "príncipe" (adorei!) tendo a cabecinha alisada e a culpa diminuída ou até mesmo excluída. Aos homens, a licitude de seus atos começa em casa mesmo, no âmbito familiar. Errou? É coisa de homem, é um menino, nem sabe o que está fazendo. Se a filha é quem erra, é uma vadia vergonha da família e merece ser expulsa.

Nunca vi mãe de homem aliviar as cagadas do filhinho... nunca.

Anônimo disse...

Anon das 8:04 e outros que insistem em ser fiscal da maternidade alheia, gostaria de colocar alguns pontos:

*As maes nao sao todas iguais.
*Se a mae de voces criou os filhos assim, diferenciando os generos, nao significa que outras maes farao do mesmo jeito.
*Se voces alisariam a cabeça do (futuro, se existir) filhinho homem que fez cagada, nao transponham essa forma de criaçao para todas as maes do mundo.
* maes nao sao as únicas responsáveis pela criaçao dos filhos, nenhuma das feministas que julgou a mae la em cima lembrou do pai. Engraçado, né?

E agora um questionamento: todo esse questionamento sobre essa mae que comentou, porque? o que ela falou de errado ou deu a entender que passaria a mao na cabeça do filho? Todo esse julgamento sobre a anônima só porque ela disse que nao é feminista?
Só maes feministas podem criar filhos homens-nao-machistas?

Saibam que pessoas de geraçoes diferentes podem pensar diferente, e nem por isso sao automaticamente misóginas/homofóbicas/racistas/de direita/fundamentalistas/fascistas/etc. Ninguém é o pacote completo.
Porque essa mae que comentou, especificamente, nao pode ter senso de justiça e empatia (apesar de nao se identificar como ativista/feminista)?

Gente, tá na hora de rever conceitos, e dar menos importância aos rótulos sociais e mais importância as atitudes. Bradar por ai que é feminista militante etc é fácil, um bando de feministo faz isso.

beleza? valeu, falou.

Anônimo disse...

"Calma aí que preciso verificar a cor dos mamilos do Denzel pra ver se me sinto atraída por ele ou não"

Tem tanta coisa bonita na foto que nem reparei se ele tinha mamilos ou não ^^

Anônimo disse...

"Só maes feministas podem criar filhos homens-nao-machistas?"

Uma coisa é ser ideologicamente feminista, outra é ser uma pessoa feminista que exercita a ideologia. O pensamento é livre, o exercício nem sempre. E discurso, qualquer um faz.

Participei de um grupo de terapia em que uma das pessoas era palestrante motivacional e a verdadeira imagem do sucesso. Publicou vários livros sobre o assunto, dava consultoria, workshops, palestras em empresas, palestras para executivos AAA e escreve até hoje coluna para duas revistas de grande circulação dando dicas de relacionamento para mulheres. Só que na vida privada, essa pessoa sentia um ciume enlouquecido pelo parceiro, chegando até a destruir coisas em sua casa durante acessos de fúria e, quando contrariada em algo por ele, se cortava inteirinha até sangrar e mandava as fotos pra ele ver. Essa pessoa nem podia mais exibir os braços em público e estava se cortando em lugares não visíveis, como o couro cabeludo por exemplo.

Ideologia e sistemas de computador têm em comum que podem ser coisas muito boas mas que esbarram na incapacidade do usuário.


Anônimo disse...

Nao, anon 8:17

Nao foi porque ela disse que nao é feminista (o que, por si, nessa caixa de comentários, já é motivo de hostilizaçao). Foi porque ela disse que é mae. Repare, qualquer mulher mae que chega aqui, feminista ou nao (a menos que diga o quando odeia ser mae) é hostilizada. É serva do patriarcado, reprodutora do machismo, depende do marido, é burra, etc etc.

A Lola é tao bacana e centrada, nem sei como permite isso. o Jonas tem razao, quando os comentários eram moderados a discussao tinha muito mais qualidade.

Anônimo disse...

Acho que o comentário daquela mãe anonima incomodou algumas comentaristas porque estas se identificaram com o grupo de filhos de 20 e tantos anos, mimados e sustentados pelos pais,fazendo porra nenhuma na faculdade, que não sabem fritar um ovo e nem lavam as calcinhas.
Como conheço feministas universitárias desse naipe: odeiam o patriarcado e o machismo, querem igualdade de direitos e legalização do aborto, mas em casa não compartilham as tarefas com a mãe. Não enxergam que há uma mulher ao seu lado sobrecarregada com trabalho fora e dentro de casa. Sequer lavam a própria roupa ou fazem a própria comida, e quando lavam uma loucinha acham que já estão fazendo é muito. Ah, como conheço figuras assim...
É fácil odiar a mãe, chamar de machista e reclamar de como ela te oprimiu na infância e adolescência... difícil é deixar a preguiça de lado e compartilhar as tarefas domésticas com essa mulher, não é mesmo? "Ah, mas meu irmão homem não faz nada também, porque só eu mulher tenho que fazer?? Mundo injusto!!" E a sororidade querida, a sororidade com a sua própria mãe, onde fica? Se os homens da casa não compartilham as tarefas vc não vai compartilhar também porque seria uma prova da sua submissão ao patriarcado? E a sua mãe que se exploda? Hm, interessante.

Raven Deschain disse...

Ué, sou mãe r nunca fui hostilizada. E nem ela foi. Não por todos.

Acredito nela justamente por ter o mesmo pensamento: filho meu não vai crescer pra ser um escrotinho.

Anônimo disse...

Anon 19:43

"Porque esses caras estariam com falta de sexo anon livro aberto? Serio que mesmo com toda a prostituição,estupro,trafico sexual no mundo os homens ainda ficam reclamando de falta de sexo? E anon ai, tanto os bonzinhos e os caras errados são todos a mesma merda."

Prostituição não tem graça nenhuma, é sexo mecânico e com tempo de duração e porra não pode nem fazer um oral na mulher, eu curto pra caralho fazer oral em mulher e prostituta é tenso porque não se sabe se ela pode ter alguma doença ou não, em resumo não tem graça mesmo. Estupro não preciso nem dizer né? É crime e não tem graça porque não se trata de sexo e sim de uma relação de poder. E trafico sexual a mesma coisa do estupro, é crime. Bem, já vemos ai que não tem opção né? Ou aprende a conquistar uma mulher e fazer ela querer te dar ou fica na mão, e muitos homens não tem capacidade de conquistar uma mulher ou até mesmo tem medo, vergonha, timidez, tem tanta coisa, no fim ficamos imaginando como seria transar com uma determinada mulher, mas criamos raiva delas por incapacidade própria mesmo, é irracional pra caramba mas vai entender né (eu disse "ficamos" porque me coloco como parte disso, apesar de não difamar publicamente ninguém).

AnonLivroAberto

Raven Deschain disse...

Nossa Livro Aberto, desculpe, mas nunca entendi esse troço de não poder beijar ou fazer oral numa prostituta. Pq? É uma mulher normal. Qualquer guria que tu conhecer num bar tb pode ter uma doença...

Ed Araújo disse...

Entendo o absurdo do mural - acho ridículo expor a intimidade das pessoas desta forma (o mesmo vale para aquele aplicativo "Lulu" que causou polêmica a um tempo atrás).

Agora, não se pode proibir as pessoas de terem preferências, e isso vale tanto para homens quanto para mulheres: alguns gostam de genitálias depiladas, outros preferem ou não se importam com genitálias peludas. Alguns preferem corpos malhados, outros gostam de cheinhos. Alguns gostam de tatuagens, outros não. Alguns gostam de loiras, outros preferem negras. Cada um tem seu gosto particular, aquilo que lhe dá tesão, e tem todo o direito de tê-lo, indiferente se é homem, mulher ou trans.

Anônimo disse...

Reven, acho que são as proprias prosttutas que poe esse limite. Oral e beijo podem passar um monte de doenças, e como elas estão mais expostas, acho que devem ( e querem) tomar mais cuidado que quem faz isso somente por lazer.

yara

Anônimo disse...

Raven

Eu nunca fiz sexo com uma prostituta, mas imagino que seja bem foda você chegar lá pra transar com ela e ao dar um beijo na boca dela sentir um gosto estranho ou então ao chupá-la sentir um cheiro estranho (cheiro de sexo com outro cara), inclusive falo isso não só do ponto de vista higiênico mas também sanitário. Eu sei que tem muita prostituta que se cuida e tudo mais, mas convenhamos que a chance de ela ter uma doença é maior simplesmente porque o número de parceiros é maior. Eu não costumo fazer oral de primeira (eu não sou transão, devo ter tido umas 4 ou 5 parceiras no máximo e 2 eram namoradas) justamente porque eu preciso confiar primeiro na pessoa pra saber se ela se cuida mesmo independente do num de parceiros, por isso prefiro namorar, pois no namoro eu caio de boca sem medo e tudo fica melhor.

AnonLivroAberto

Jonas Klein disse...

AnonLivroAberto

Quando se trata sexo com prostitutas eu tenho experiência com isso, e olha cara as prostituas não tem restrições para o sexo oral, mas em você por razoes obvias elas só fazem com usando camisinha, e nelas como isso não lhes trás riscos (mas trás para você) deixam fazer oram a vontade, beijo na boca ai sim nem pensa, isso elas não aceitam de jeito nenhum, quanto questão do cheiro isso não existe, você já ouviu aquela máxima LAVOU TA NOVA? pois e bem assim que as coisas funcionam na pratica.

Agora falando bem serio sexo prostitutas só serve para quebra galho, pois nunca vai ser bom como transa com mulher, que esta transando contigo, porque ela quer sexo contigo, e além disso tem tempo estender a transa ate cansar.

Anônimo disse...

Jonas

Dos anúncios que já vi, pelo menos aqui onde moro, normalmente elas aceitam beijo na boca. Acho que a questão do oral nelas parte mais do homem do que delas, eu ja li relato de um cara que pagava pra fazer oral em prostitutas (e apenas isso, não fazia nada mais) então acho que vai muito do gosto e da consciência de cada um né. "Lavou ta nova" kkkkk eu ja vi isso em algum lugar, mas não sei se funciona mesmo assim ou não, nunca tive a experiência prática, mas ainda sim ficaria com receio de chupar uma mulher que foi penetrada minutos atrás e foi lá e deu uma lavada. Eu não pago prostitutas justamente porque não gosto da ideia de ter que pagar pra que uma mulher me deseje sexualmente e porque eu curto sexo com mais intimidade, prostitutas são muito mecânicas e estão ali para fingir ter prazer (por mais que tenham, se não estiverem sentindo prazer vão fingir) e sexo, na minha visão, tem que ser prazeroso pros 2 lados.

AnonLivroAberto

Anônimo disse...

Eu acho empoderador a liberdade sexual feminina, mas me dá uma tristeza em ver movimentos de reação como estes. É como se dissessem: "transem vagabundas, mas vamos encontrar outra forma de humilhar vcs".
Canso de ver mulheres confiando nesses homens que as odeiam. Eles não as amam, tampouco se importam com o prazer delas. Eles as tratam como um objeto, avaliam as garotas como bonecas infláveis. Mulheres não são nada pra eles. Deixem eles na bronha ou com seus pornôs e suas bonecas infláveis.

Raven Deschain disse...

Lavou tá nova. Hua hua hua

Obrigada Yara, não tinha pensado nisso.

Anônimo disse...

Anônimo das 10:15, eu penso o mesmo. E sei lá, quando eu vejo que esse tipo de cara nunca fica sem mulher, me dá um desânimo, uma preguiça de tudo... Vontade que o mundo acabe mesmo, sabe. Quando eu estava no ensino médio, os meninos mais cobiçados eram os mais podres. Eu entendo que a maioria das pessoas gosta de quem é comunicativo e confiante (eles eram), mas será que só isso basta? Na vida adulta a história se repete: Homens repulsivos, com uma mulher pra cada dia da semana.

Dan

Anônimo disse...

Poxa Dan, que bom que alguém entendeu. Tava com medo de tacarem as pedras me acusando de "culpar a vítima". Eu sempre fui na contramão do que as outras meninas gostavam. Enquanto elas achavam o máximo os meninos confiantes e extrovertido e dentro do padrão (sarados, esportistas, estilosos), eu sempre curti mais os meninos tímidos, os nerds, os gamers, os roqueiros. Não que não exista misoginia entre eles, mas os meninos cobiçados tendem a tratar as meninas de maneira escrota, pq né, têm muitas ao seu dispor. Não entendo até hj pq algumas mulheres insistem com caras que se acham a última bolacha do pacote e as tratam mal por isso.
Aí entro na faculdade e vejo que alguns mudam, mas outros continuam os mesmos. Os caras só querem saber de balada, de comer todas, de beber todas, carrão pra impressionar mulher. Vejo muito isso nas letras de música sertaneja, que a meu ver, são extremamente misóginas (Lola, gostaria muito de um dia poder debater esse assunto aqui no blog).
Penso que as mulheres poderiam quebrar essa lógica com esses caras. Sério. Deixar de dar ibope pra eles, são narcisistas e querem justamente mulher pra babar ovo e se mostrar para os amigos. Eu já faço a minha parte.

Donatien Alphonse François disse...

camila santos

Um coisa é você dizer que tem muito homem machista, misógino e por aí vai, outra bem diferente é dizer que HOMEM é assim, deixando bem claro que todos são assim, como a radscun fez, o mesmo para as mulheres, tem muita pilantra no mundo, disso não se depreende que todas as mulheres sejam assim também, não é um problema de gênero.
E não estou me doendo, apenas achei que valia a pena responder, mas no caso dela, a intoxicação é muito forte, deu perda total.

Anônimo 06:47

Eu disse que eu tenho a vida mais fácil apenas por ser homem, não todos os homens, um mendigo não tem uma vida fácil comparado a uma mulher trabalhando, ganhando um salário minimo, mas que tem uma casa para morar. Uma mulher, mesmo sendo rica, ainda é um vitima em potencial de assedio sexual, estupro, assalto e por aí vai, mas EU não, nada disso me preocupa, nem um pouquinho.

"Não sei se homens tem inveja de mulher, mas vocês se borram de medo. Senão não teriam proibido as mulheres de trabalharem, fazerem esportes, estudarem, votarem, fazerem politica..."

Volta para o século 21, onde as mulheres fazem tudo isso e muito mais, sua cabeça parou no 19. kkkkkkkkkkk

Anônimo disse...

Normalmente não concordo com a radscum, mas essa citação da Frye é certeira. Ela não tá "tentando adivinhar o que se passa na cabeça dos homens", mas sim, percebendo uma tendência que é voltada à exaltação do masculino e do homem.
Vi um documentário (não lembro o nome, sei que tem no Youtube)que falava sobre a importância das figuras femininas para as outras meninas (no sentido de exemplo mesmo). Uma das situações analisadas era da participação das mulheres na política, mesmo com cotas. Observou-se que um dos empecilhos era que as mulheres não contavam com os votos das outras mulheres e isso desde os primeiros passos numa vida política. Um dos motivos apontados era que há a crença de que uma mulher ocupando um cargo gerencial é mais propensa a se levar pelas emoções. Ocupar um cargo na política para as mulheres é (era) muito mais penoso, pesam sobre elas exigências duras.
Neste documentário, transparecia bem essa cultura do masculino. Há uma tendência muito maior de admirar outros homens, seguir o exemplo de outros homens, a respeitar outros homens e até a temer outros homens.

Juba disse...

Donatien, acabei rindo muito na hora do "estão velhas e gastas, mas são minhas"...

Radscum não sei nem se é mulher. Sim, existem mulheres assim, mas essa tem uma cara de troll, não acha?

Sobre inveja do útero: realmente, invejar menstruação e cólicas é algo sem sentido, mas existem muitos homens que invejam, sim, a capacidade de gestar. Esse é o ponto. Titio Freud não pensou nisso, só na inveja do pênis, que até faz sentido quando se é criança (uau, fazer xixi de pé), mas em adultos pode perfeitamente se inverter por conta da capacidade do útero em gestar ;)

Sobre o Arnold: além de calminho, parece que está aprendendo a escrever. Ou esquecendo de fingir que não sabe.

Alguém lembra do Flasht? Os trolls de estimação vão mudando.

Anônimo disse...

Para muitos mascus a mulher deve ser branca, loira de cabelo liso, cu rosa, mamilo rosa, vagina rosa, peituda, bunduda, coxuda e marombada da "pura raça ariana". O tipo perfeito estético para os mascus. Sendo que a maioria dos mascus racistas e misóginos brasileiros e latinos em geral estão fisicamente longe do tipo "nórdico" também.

Muitas mulheres não gostam de homens gordos, negros, baixos, de pênis pequeno, etc. Homens e mulheres reclamam das exigências idiotas, fúteis e racistas alheias e esquecem de si. Ambos procuram homens/mulheres pela estética sem avaliar valores e afinidades pessoais, sociais, intelectuais, etc. Querem que a/o mulher/homem linda/o se adeque aos seus interesses e valores pessoais. Depois reclamam que homem/mulher "não presta". Menosprezam mulher/homem que tinha tudo para lhe fazer feliz apenas porque não gostou de sua aparência. Não assumem as consequências de selecionar pessoas com quem se relacionam usando apenas estética como critério. Isso é triste e doentio!


Este blog continua sendo um covil de feministas preconceituosas e caricatas. Tem a feminista que acha que só gordas gostam de comer, sendo que ela mesma não respeita a alimentação alheia quando é diferente do estilo de vida dela. Tem a feminista lésbica que ignora a existência de relacionamentos abusivos entre lésbicas e se descobre algum, diz que a agressora é uma "vítima reprodutora do machismo".

Anônimo disse...

Outro tipo caricato e preconceituoso de feminista é a que repete exaustivamente que todas as mulheres do mundo que fazem depilação, só o fazem porque os homens as pressionam/obrigam. Essas daí são caso perdido e não tem mais jeito mesmo viu, não sabem respeitar nada que seja fora de sua cartilha padronizada.

CarlosHei disse...

Sério que exite alguém que não goste de mamilos escuros?

Devo ser meio anormal, mas sempre achei o contrário: gostava mais quando podia ver claramente os mamilos.

E hoje, pra contrariar, namoro uma garota que tem os famosos (?) mamilos rosados - e estou muito feliz!

Anônimo disse...

A Marilyn Frye está errada justamente na parte dos vínculos profundos, não existem vínculos profundos (não de mareira estrutural ou abrangente) entre homens e não existe afeto/amor sem esses vínculos. Amor não é respeitabilidade, admiração política ou medo, Frye tenta generalizar um sentimento de paternidade e irmandade que não existe, homens competem. Existe amizade? Claro, mas ela costuma ser superficial e sem profundidade afetiva.

Anônimo disse...

Anônimo de 13h06, não entendi pq não existe esses vínculos profundos. Como vc disse, talvez seja generalização ela dizer que todos os homens agem como um clubinho, mas também não é verdade que cada homem enxergue no outro um predador em potencial, sempre.
Também não sei dizer se a palavra certa é "amor" (pq afinal, qual é a concepção de amor?), mas certamente há uma cultura voltada para que as estruturas de poder e modo de produção fiquem nas mãos dos seus pares. Do contrário, pq uma mulher precisa "imitá-los" para ser respeitadas em ambientes gerenciais? Pq ainda existe tantos homens que não olham as mulheres como suas iguais, respeitando-as e admirando-as?
Vejo essa competitividade muito mais acirrada entre mulheres. Somos ensinadas desde a cedo a competir umas com as outras, especialmente no quesito beleza. Depois, somos postas frente a frente na disputa por homens (por todas as deidades, como fico agoniada ao ver meninas tão jovens saindo no tapa por causa de homem). Jovens temem as velhas, velhas temem as jovens. E com reconhecimento tardio no mundo da política, das artes, da ciência, nos deparamos com menos mulheres como exemplos.

Fabiano disse...

Essa lista é mais um reflexo da nossa sociedade doente. As pessoas não são vistas como seres humanos, mas como "coisas", não importando suas qualidades e sentimentos. Aí vale tudo: humilhar, ofender, ridicularizar, caluniar etc.

Anônimo disse...

Anônimo que me respondeu:

Eu tenho nojo de música "sertaneja universitária", chego até a sentir antipatia por quem ouve. Esses dias uma amiga tava comentando que adora essa época do ano, por conta das festas juninas, aí nos damos conta que é também porque toca muita coisa boa do interior, e esse sertanojo de balada sai um pouco de cena (só um pouco).
Alguém falou sobre o tipo físico nórdico e a preferência da mascuzada, e isso é mais uma prova de que eles não gostam de mulher, pois nórdicos puros dificilmente vão atingir o biotipo que eles tanto gostam, então se todas as mulheres nórdicas fossem estar á disposição deles, iriam reclamar que elas são retas, não tem bunda, não tem coxa... Enfim, que morram sozinhos.

Dan

Anônimo disse...

Nesse caso, 14:09, Frye não deveria usar o termo "amor" nem o termo "afeto", nem evocar fraternidade e paternidade, ela simplesmente descreveu o patriarcado da mesmo forma que outras outras já haviam descrito antes dela.
Ela tentou polemizar enquadrando uma situação de poder na esfera das relações afetivas e dos sentimentos de uma maneira equivocada e sem relação com a realidade masculina.

Donatien Alphonse François disse...

Juba


Era para ser engraçado mesmo, mas é verdade, estou ficando velho. kkkkkk
Também acho que é trol ou uma pessoa muito perturbada, o que me causa pena.
Sim, pode ter homens que sentem essa inveja de poder gerar uma vida, que é algo fascinante na verdade, mas isso não é algo que todos os homens tem em mente, talvez as mulheres trans porque querer vivenciar "o ser mulher" completamente. Eu acompanhei as cinco gestações das minhas esposas, digo com convicção, não gostaria de poder engravidar, mas eu as admiro muito pelo esforço que tiveram que fazer para trazer nossos filhos á vida.

Lu disse...

"Alguém falou sobre o tipo físico nórdico e a preferência da mascuzada, e isso é mais uma prova de que eles não gostam de mulher, pois nórdicos puros dificilmente vão atingir o biotipo que eles tanto gostam, então se todas as mulheres nórdicas fossem estar á disposição deles, iriam reclamar que elas são retas, não tem bunda, não tem coxa... Enfim, que morram sozinhos."

E já vi aqui no blog em algum post recente que homem não liga para a aparência de mulher, que mulher é que só quer pegar bombado e não liga pros "betas". Haha.

Anônimo disse...

14:42, qual seria a realidade masculina? Algum lugar entre a camaradagem e a rivalidade? Se for, há situações específicas nas quais homens tendem a favorecer seu próprio gênero. Não vamos ser generalistas, mas este favorecimento está explícito em muitos níveis e em muitas situações que o feminismo busca problematizar.

Donatien Alphonse François disse...

Anônimo 12:00


"Vi um documentário (não lembro o nome, sei que tem no Youtube)que falava sobre a importância das figuras femininas para as outras meninas (no sentido de exemplo mesmo)."

_Isso é a mais pura verdade, eu estava conversando com uma mulher sobre isso, ela dizia que a filha dela queria "ser" menino, porque "as coisas de menino" são muito mais legais, então eu dei vários exemplos de meninas e mulheres que fazem as coisas que a filha dela gosta, que são futebol, skate, super heroínas, etc.

"Neste documentário, transparecia bem essa cultura do masculino. Há uma tendência muito maior de admirar outros homens, seguir o exemplo de outros homens, a respeitar outros homens e até a temer outros homens."

_Sim e que mal há nisso? Desde que não aprenda a odiar o feminino, a vê-las como coisas utilizáveis, descartáveis, sei que muitos veem dessa forma, mas acredito que é possivel mudar isso, ao menos é assim que eu educo os meus filhos. Sejam homens e não misóginos!

Anônimo disse...

Exato 15:28, mas o que isso tem a ver com afeto, amor ou sentimentos?

Lynne disse...

AnonLivroAverto, por isso q não gosto de ir transando no primeiro encontro... não sei nem se o cara tem higiene, não é questão de moralismo, nem cristã eu sou (sou politeísta).

Mas tbm não sou obrigada a ir transando com um cara que nem sei se tem higiene, ou pasmem, vai sair por aí gravando a transa e fazendo revenge porn depois... hoje com celular é fácil gravar sem a mulher nem saber.

Enfim, cada um no seu cada um, mas ainda acho melhor transar depois de conhecer um pouco mais o cara - e isso sou eu, quem quer fazer diferente, sem forçar ngm, que faça...

Anônimo disse...

Na boa que não ajudo minha mãe machista em casa mesmo não, e não tem "sororidade" que me convença. Lavo minha roupa, lavo minha louça e não deixo as coisas largadas pela casa (mas meu quarto é meu quarto), mas acaba por aí. Já falei pra ela que não divido tarefa doméstica enquanto meus dois irmãos não entrarem na divisão também, e claaaaro, homem não é feito pra isso e ela sempre protege eles pra eles não precisarem fazer nada (eles lavam as próprias famigeradas cuecas, um deles lava a própria louça. Roupa e fazer a própria comida, nem pensar. E é ela que arruma o quarto e o guarda roupa deles). Guardo rancor mesmo das vezes que apanhei por não estar com a cama ou o guarda roupa arrumados, enquanto meus irmãos só escutavam um "aiai, menino é fogo mesmo". De quando, a partir dos 9 anos até eu começar a trancar a porta do meu quarto (e apanhar na hora oportuna depois), minha mãe me acordava 7 da manhã pra me "ensinar a cuidar da casa" enquanto os dois dormiam até tarde, assistiam televisão e jogavam no computador. De ser proibida de brincar de correr, de escalar ou de atividades físicas que podiam mostrar minha calcinha, e continuar sendo obrigada a usar vestido pra sair "porque você é mocinha". De apanhar quando eu mesma cortei meu cabelo com 8 anos (e olha que foi só uma franja, o resto do comprimento tava normal), do escândalo que ela fez com o resto da família, com a cabeleleira, com os vizinhos, às lágrimas, dizendo como eu era ingrata e imatura (por ter.Cortado. Uma. Franja). De ser obrigada a ir com meus pais no sítio no fim de semana, mesmo odiando, quando eu tinha 11 e 12 anos porque meus irmãos chamavam os amigos aqui em casa e ela não me queria "sozinha com um bando de homem". E odeio trazer amigos em casa porque ela adora puxar assunto dizendo como eu sou ingrata, desmazelada, como meu marido vai culpar ela por eu ser mau-humorada e egoísta (detalhe que todo mundo me diz que eu sou um doce e muito simpática, só ela acha isso porque de fato não consigo gostar dela). Aí eu tenho que ser heroína e falar "mamãe querida, deixe-me dividir a opressão que você ajudou a instalar com você"? Nem morta.

Anônimo disse...

Ou seja anon 17:12, todas as mulheres do mundo merecem sororidade, menos a sua mãe.

Anônimo das 17:12 disse...

Todas as mulheres do mundo podem merecer a minha sororidade, menos a minha mãe. Não tenho nada contra uma prima ou uma tia ou quem quer que seja dividir com minha mãe as tarefas domésticas. Tomei tanto pavor da personalidade dela que me recuso a parecer com ela: se outra pessoa aparecesse pra ajudar ela, eu não ia ficar pelos cantos "aiiiin, mas ela é uma malvada que me obrigava a ajudar enquanto meus irmãos não faziam nada, você tem que deixar ela sofrer porque ela é uma bruxa e lalala".Ia me afastar e no máximo, retrucar se ela falasse perto de mim como eu sou ingrata e egoísta e etc e tal. Se um dia minha mãe sentar com a família e quiser estabelecer uma divisão de tarefas que inclua todos na casa, faço minha parte sem reclamar, já que é isso que eu queria desde os 9 anos. Caso ela se interesse pelo feminismo (apesar de que ela se diz feminista... E criava os filhos assim, alertava eu e meus irmãos a não andarmos com "vadias", é contra a legalização do aborto...), vou achar ótimo. Mas dividir só entre eu e ela as tarefas domésticas? Foi ela que quis educar os três filhos pra pensar que a mulher tem que ser dona de casa e eu quem apanhei, fui xingada e desprezada por não corresponder às expectativas. Querer que eu tenha empatia com ela agora pra mim só reforça o estereótipo que mulher tem que ser boazinha, sensível e compreensiva, que "mãe faz todos os sacrifícios pelos filhos e você tem que entendê-la".

Anônimo disse...

Interessante, feminismo para se rebelar contra a mãe....








Anônimo das 17:12 disse...

Agora que você elaborou sua crítica com tanta fluidez, sou obrigada a rever meus conceitos.

Anônimo disse...

18:36, e o seu pai (se você tiver) ? Ele também acha certo que apenas você e a sua mãe façam as tarefas domesticas ? Ou ele ignora o que acontece?

Anônimo disse...

Teta preta é feia. Teta rosa é linda.

Mulher da buceta preta é feia. Mulher da buceta rosa é linda.

Mulher feminazi é feia. Mulher não feminazi é linda.

Tirem vossas conclusões.

Anônimo disse...

Jox

Pra Anônimo misógino imbecil e louca querendo arrumar rola das 20:53


Peito masculino firme é bonito. Peito masculino murcho com barriga é feio(o seu)

Homem do pinto médio, pequeno ou grande mas que funciona é bonito. Homem de pinto do tamanho que for que NÃO funciona, ou só funciona com Viagra é feio!

Homem inteligente é LINDO! Homem misógino é feio e viado!

Macho que é MACHO não fica classificando mulher segundo cor de seio e cor de vagina, homem que faz isso é viadão enrustido(o que é o teu caso).

Será que também não avaliam a teta e a buceta da senhora sua mãe, seu monte de LIXO ambulante?

Você com seus comentários de merda tá querendo dar uma de fodão pra pagar pau pra macho e arrumar uma rola pra sentar!! inspirada em Boechat, Vai arrumar uma rola bem GRANDE pra vc sentar pq é disso que tu gosta pelos comentários!!

Anônimo disse...

Anon livro aberto, se a prostituição,estupro e trafico sexual não supre essa "sexualidade masculina" então porque existem? Olha, acho que a mioria dos homens estão pouco se lichando se esses metodos de conseguir sexo das mulheres é crime, fato. Continuo perguntando : onde esta a falta de sexo em um mundo cheio de prostituição, pedofilia e que você pode comprar esposas vietnamitas pela internet?

Anônimo disse...

Anon 22:01

Estupro e tráfico sexual suprem as necessidades dos doentes, normalmente não são apenas sexo, são relações de poder. A falta de sexo acontece pra homens como eu que não curtem prostitutas, novinhas (sério, pedofilia?) e esposas vietnamitas. Novamente eu digo também: a única forma de suprir minha necessidade e a de mais vários outros homens por ai é sexo consensual é ter uma mulher dizendo: quero te dar! e não eu ter que pagar por isso. Sexo tem pra caralho, tem de todo tipo pra todos os gostos, o lance é que uns são mais difíceis que os outros...


AnonLivroAberto

Anônimo disse...

Credo!! Como feminazis tem palavreado de baixo calão, Deus do céu!!!
Não se dão o respeito e querem que os homens a respeitem... TSK, TSK,TSK!!

Bando de mulher sem-educação desocupada! Se tivessem família, louça/roupa pra lavar e almoço por fazer não estariam postando merda na internet!

Eu tenho família, roupa pra lavar, almoço pra fazer e depois louça pra lavar. E não reclamo, oras bolas!!

Meu marido cumpre a parte dele no trabalho e eu tenho que cumprir meu trabalho aqui em casa. Simples assim. Assim se cria uma família decente.

Vocês não entendem como o mundo gira, e ficam procurando chifre na cabeça de cavalo, suas desocupadas!!!

lola aronovich disse...

Deixa eu ver se entendi, anon das 11:45, vc está reclamando do palavreado de baixo calão de feministas por causa de um post sobre um cartaz com "palavras de baixo calão" ridicularizando mulheres. É isso? Mas vc não critica o cartaz, vc critica quem critica o cartaz! E vc é tão ocupada lavando louça e roupa e fazendo almoço, e mesmo assim encontrou tempo pra postar na internet! Que bom que seu marido te deixa usar computador.
Não tenho problema algum com mulheres que optam em trabalhar em casa cuidando da família (não recomendo, mas não condeno). Mas vc parece ter problemas com mulheres que trabalham fora. Por quê? Do que vc tem medo?

Jonas Klein disse...

Pode ser que não mas e 90% certo que você não passa de um masCÚlzinho se passando por mulher, Dica vai caça um algo útil para fazer na vida rapaz, e para de trollar na web.

Patty Kirsche disse...

Esse caso é tão repulsivo, que não tenho nem coragem de ler a tal lista. Aliás, acho que ela nem é relevante. Porque o importante é que homens sentiram vontade de agredir mulheres e agrediram. Nem sabemos se eles realmente transaram com as moças; de repente é tudo história. O objetivo era ridicularizá-las por coisas da quais jamais deveriam sentir vergonha: corpo e sexualidade.

Anônimo disse...

Diva

Pra Anônima babacas das 11:45

Deixa eu entender sua imbecil sem amor próprio(sim, eu falo com palavras de baixo calão pq no século XVIII mulher não podia falar um "ai").
Você critica mulheres quem falam de forma mais forte, mas, os babacas misóginos(se não souber o que significa MISOGINIA procura no dicionário, garanto que vc deve
ter um tempo de folga na sua rotina de escrava do lar, não é?) que INSULTARAM, OFENDERAM as moças que estão na faculdade pra aprender assim como eles estão pra aprender
estes você não ofende, não é sua validadora de merda!
É por causa de mulheres ridículas e ignorantes como você que tem tanto homem misógino que trata mulher como lixo, tanto homem que agride,
que estupra, que mata, por causa de imbecis como você que passam a mensagem que homem pode tudo, e mulher só presta se for escrava do lar
aguentando chifre e porrada como bem deve ser seu caso!
Lamento que estamos no século XXI, e mulher é considerada um SER HUMANO que pode: votar, estudar e trabalhar, e você não pode fofocar
com tantas outras escravas do lar como você, que não pode fazer tantas amizades como gostaria com "objetos de cama e mesa" feito você!
Mulher pode ter família, roupa pra lavar, almoço pra fazer, e ainda votar, estudar, trabalhar contribuir de forma positiva, invés de ser uma
parasita como você que depende do maridinho pra ter o que comer e vestir!
Assim como mulher tem todo o direito de ter serviços domésticos divididos com seus namorados e maridos, afinal, mulher é um ser humano e nem toda é um objeto de cama e mesa como você!
Você não entende que o mundo não gira ao redor da casa onde você vive enfiada porque não tem inteligência nem amor próprio pra ter
uma vida além da cozinha!
Não precisamos procurar chifre na cabeça de cavalo, porque estudamos, trabalhamos, viajamos e vamos em cinemas e restaurantes com nossos
namorados, amantes ou maridos.
Não é rebaixando mulheres e botando homens canalhas no pedestal que seu marido vai te tratar como mulher invés de te tratar como mero buraco pra ele enfiar o pau, e que ele parar de te cornear, viu?
Você que devia olhar pros TEUS CHIFRES, invés de cagar regras de machismo, sua idiota!

Ps: a menos que vc seja mais um mascu viado que só vem aqui pra agradar outros mascus e arrumar uma boa rola!

Anônimo disse...

Grosseira! Vc tá por fora, na blogosfera materna tá cheio de mulher q opta por não trabalhar fora e com muito orgulho de ter essa opção! Meu marido ganha 20 vezes mais do q eu em nossas respectivas profissões, parei, tenho tempo de sobra pra mim, curto demais a vida! Qto desrespeito e inveja vc chamar de parasita a mulher q não produz$$$! Vou ali pra minha massagem relaxante, sua idiota!

Anônimo disse...

Diva das 12:23,

Bem, já terminei parte das minhas obrigações do dia, então posso (sem perder muito tempo com gente de sua espécie) colocar algumas argumentações sobre seu histerismo:

Primeiramente, sou formada em contabilidade e tenho pós graduação em contabilidade pública. Não trabalho porque decidimos em conjunto que eu não trabalhasse, não porque tenho medo (viu D. Lola!!!). Não trabalho porque meu esposo é servidor público da Receita e o subsídio dele dá (não sobra, mas dá) para sustentar de forma digna nossa família.

Já trabalhei antes em escritório contábil, fiquei estafada de tanto trabalho, e digo que hoje tenho mais tempo para cuidar de mim (já faz 05 anos), além de que tenho uma enorme satisfação em poder cuidar de minha casa, de mim como mulher, de meus bens e, principalmente, de NOSSOS FILHOS!!! SIM!!!!!

Desde que tivemos filhos nós optamos que uma maior proximidade da MÃE na vida deles seria altamente benéfico para o desenvolvimento sadio deles e, consequentemente, de nós como família. Não tão distante vemos que só aumentam os casos de adolescentes revoltados, que tem de tudo mas são muito infelizes, porque ambos pais só trabalham e tentam compensar a falta de presença física na vida dos filhos dando bens materiais, criando assim adolescentes fúteis, desinteressados, preguiçosos e altamente revoltados, que cominam até por cometer crimes (vejam os casos de atiradores adolescentes nas escolas - crianças sem convívio com os pais). Muito provavelmente vcs, feministas, passaram também por essa enorme falta de amor oriundo de mãe ou de pai, ou de ambos, o que culminou nas atitudes de revolta e revolução a que vcs se prestam hoje. para comprovar o dito, sugiro uma enquete em que cada uma de vcs dá uma nota para o tratamento e o convívio recebido pelo PAI e pela MÃE e vejamos, ao final, se vcs forma criadas em um lar pacífico e "normal" ou não.

Vamos fazer a enquete para comprovar o dito? Desafio vcs todas.

Meu marido não me trata como lixo. Uma porque ele me ama. Outra porque eu não sou de se jogar fora. Outra porque isso eu nunca aceitaria. Finalizando, porque ele ama a nossa família da forma como ela é e não quer nos perder.

Ele não precisa e tenho certeza que ele não me "põe" chifre como vcs alegam. E o fato da mulher trabalhar também não alivia nada esse quesito, já que ela terá menos tempo para o marido e aí sim ele poderá procurar preencher o vazio com as outras, não é mesmo, trabalhadoras workaholicks chifrudas do nosso Brasil???

Eu tenho uma vida muito alegre dentro e fora da cozinha também. Ah, como meus filhos e meu esposo tem férias 2x ao ano, sempre estamos viajando e conhecendo o mundo. Conhecemos todos os estados do Brasil (com exceção de alguns da região Norte), Orlando nos EUA, Itália, França, Alemanha, e se Deus quiser nas férias de Julho iremos para Bruxelas e Antuérpia, na Bélgica, por quinze dias.

Quem mesmo não tem vida além da cozinha??

Ah, eu sim tenho tempo pra ler meus livros, para cuidar de mim e de meus filhos, e ainda esperar meu esposo chegar toda arrumada e bonita.

Aí pergunto: Quem é mesmo a ridícula, a ignorante, a imbecil, a idiota e a Chifruda agora???

Aguardo a resposta de vcs, feministas, que me fizeram perder uns 30 minutos do meu dia pra responder acusações absurdas de gente revoltada e infeliz como algumas de vcs, como a infeliz moça das 12:23. Só digo que tenho muita pena de gente como vc, que com essas atitudes nunca será feliz como eu. Se vc não brilha, querida, não queira apagar o brilho das outras pessoas.

Ah, e lave essa sua boca suja com sabão para falar de mim, da minha família e me deu marido, OK??? Serve pra todas vcs que concordaram com ela também, certo, meninas??

Beijos.



Anônimo disse...

Diva

Para moça das 15:58

Querida, só te respondi de forma grosseira pq vc entrou neste blog e OFENDEU as mulheres que comentam aqui!
Se você optou por ser dona de casa, esposa e mãe, foi graças ao Feminismo que tanto xinga! Se dependesse dos homens, continuaríamos trancadas em casa e saindo só pra ir ao hospital parir!
Feminismo que garantiu voto, estudo(que inclusive vc alega que fez até pós que bom, o que não diminuiu o fato que vc agiu de forma ignorante aqui).
Não a critiquei por ser dona de casa e sim, por ter ofendido as leitoras deste blog. É um direito SEU cuidar apenas do lar, dos filhos e do marido, mas cada mulher, cada ser humano tem sua trajetória!
Eu já pensei em casar e ter vários filhos. Hoje sou separada, moro com um homem maravilhoso e tenho uma vida ótima, e não penso, por enquanto, em ter filhos.
Tive um primeiro marido horrível, que me maltratava, humilhava, traía, e me agrediu, o que fez com que eu fugisse dele! Eu já fui infeliz, hoje tenho uma vida incrível!
Posso ter me exaltado e a julgado SEM te conhecer, mas, você JULGOU as mulheres aqui sem conhece-las, sem conhecer suas histórias.
Fico feliz por ter uma ótima vida e por ser realizada, mas, sou muito feliz com minha vida e sou realizada do meu jeito!
Cada um tem uma trajetória e não se pode julgar o outro conforme seus pré conceitos. Fui preconceituosa com vc, assim como vc foi com todas mulheres do blog e talvez até da sua convivência!
Mulher NÃO precisa ser inimiga de mulher! Homens são amigos e aliados até na hora de fazer canalhice, e tem mulher(como vc) que acha que tem ser inimiga de quem tem vida diferente!
Você veio aqui xingou e julgou a vontade, mas ficou chateadinha quando levou resposta. Você é uma mulher adulta e devia lembrar do que nossas avós sempre falavam "quem fala o que quer, ouve o que não quer"(aliás minha avó sofreu muito, e hoje eu, e VOCÊ temos escolhas que ela NÃO teve!).
Você xingou as mulheres que debateram as ofensas dos cartazes da faculdade, mas, vc não julgou os CULPADOS! Você não criticou em NENHUM momento os moleques imbecis que difamaram e ofenderam as garotas da faculdade! Será que vc gostaria, quando estaca cursando Contabilidade que um babaca machista colocasse que vc tem "vagina fedida", "mamilos pretos", "sapatão" ou que "curte anal"? E caso vc diga que não aconteceria pq vc não transou com ninguém do seu curso ou da faculdade, isso não importa, porque quando o cara é babaca ele inventa boatos, e fofoca(não sabia que homem era fofoqueiro? kk) e vc fica difamada do mesmo jeito!
Sobre amor de pai e mãe, eu tive MUITO amor do meu pai e MUITO da minha mãe, vc tá equivocada em seus pensamento vazio e estreito!
Eu repito, são mulheres como você que criam futuros estupradores, pedófilos e assassinos porque são mulheres como você que põe toda a culpa em cima das mulheres e que homem pode tudo e não tem culpa de nada. Vc é do tipo que se uma mulher for estuprada, já corre pra ver se ela "tava de roupa curta", "tava andando em local ermo", etc.
Enfim, você rebateu o que falei, talvez em excesso, mas, não rebatei minha alegação que vc é SIM uma mulher machista e validadora, que lambe saco de misóginos que difamam, humilham, agridem, estupram e matam não só mulheres, como crianças e até seus colegas homens!
Se vc não tem discernimento do que estamos falando, NÃO queira impor seu conceito de vida feliz e perfeita. Porque NINGUÉM é perfeito, incluindo você!
Abs.

Anônimo disse...

Anon. 15:58

Liga não que tem muita feminista esquentadinha aqui. É difícil debater sem rolar um sangue nos zóio com algumas, tipo a Diva - que sempre dá um xou de agressão verbal, homofobia, transfobia e outras paradas - mas vc também chegou com todas as pedras na mão, queria o que? Um abraço?


Eu também sou mãe e optamos - meu love e eu - que eu ficasse em casa um tempo com os pequenos, mas a gente é pobrinho mesmo. Se eu fosse trabalhar também - sem vaga nas creches públicas - meu salário mal daria para pagar a creche particular. Então a escolha foi ideológica e financeira ao mesmo tempo.

Agora fiaa, me conta como é essa vida maravilhosa! Porque eu, desde que deixei de trabalhar fora para trabalhar em casa com afazeres domésticos e filhos me sinto triplamente mais cansada e sem tempo. Tenho a sensação de que era muito mais light trabalhar fora, cara, educar crianças é a tarefa mais cansativa (física, mental e emocionalmente) que existe!. Vc tem babá, diarista, né? Querida, eu mal tenho tempo de tomar banho ou escovar os cabelos, como vc faz? São dúvidas sinceras, quem sabe tô precisando dumas dicas.

Vamos acalmar os ânimos meninas, de violência o mundo lá fora já está cheio.

valeu, bjs

Anônimo disse...

Abraço!

Agora só falta a dona Lola pra "colocar" suas opiniões aqui = ser desrespeitosa com quem não tem a mesma opinião que ela, como fez a moça das 16:21.

No aguardo.

P.S: "O que vem de baixo não me atinge"

Anônimo disse...

Diva

Para moça das 16:34 que disse "o que vem de baixo não me atinge"

Querida, vc veio e começou desrespeitando aqui as leitoras do blog e defendendo misógino, não se faça de coitadinha!
Você não colocou sua opinião, você ofendeu e agrediu as mulheres que comentaram sobre o post falando, justamente, de universitários que ofendem, humilham e difamam colegas mulheres. É fácil julgar quando não se é vítima!
Mais uma vez, vc prefere atacar com seu ridículo "O que vem de baixo não me atinge", do que rebater que você defende misógino, e se defende vc é à favor de toda escória que ofende, humilha mulheres, que atacam meninas, que mutila clitóris que meninas de 5 anos(LEIA um livro e saberá disso), que estupram, e que matam ex-namoradas e ex-mulheres.
É melhor ser uma grossa verdadeira e realista, que uma validadora capacho de machista como você.
Se o que "vem de baixo não a atinge", é pq vc tem que procurar um formigueiro pra se sentar, kkk, a menos que vc seja muito velha pra não se lembrar de brincadeiras de criança. :)
Repito vc tem a mentalidade pequena de que "mulher TEM que ser inimiga de mulher". Homem se precisar esconde amigo estuprador, mulher como vc já corre pra ver se amiga teve "culpa" da agressão que sofreu.
Ps: vc disse no outro comentário que não é pra eu apagar sua "luz própria", mas, quem disse que vc tem luz?!! Vc ajuda os próximos(não vale seus filhos pq vc já os pariu e são seus, não são estranhos)? Contribui com a sociedade?
Ou apenas vem cagar regras, machismo e hipocrisia?
Abraço moça alienada. :)

Anônimo disse...

Amiga das 15:58:

Primeiramente, não tem nada a ver esse negócio de se denominar "pobrinha", não! O que importa é como vc é e se sente por dentro, e se vc é feliz assim, tá tudo certo!

No começo tudo foi muito difícil. Moramos muito tempo em uma casa pequena alugada, e meu marido ainda não tinha passado nesse concurso atual (trabalhava em outro serviço público) e ganhava pouco (uns 3 salários, no máximo). Aí veio a primeira filha, e passamos literalmente 2 anos fazendo compra 1x por mês no Atacadão (só produtos básicos), e ele só com uma Honda Biz velha pra ir pro trabalho e praticamente não saíamos de casa pra não gastar. E quando saíamos, tinha que ser no lanchinho perto de casa ou de ônibus, pq nem carro tinha. Nessa época eu ralava muito em casa, e ainda era inexperiente com a criação da filha, e realmente o tempo não era folgado, não.

Depois que ele foi chamado para esse outro concurso aí tivemos que mudar de cidade (novamente) e aí melhorou um pouco a nossa vida. Moramos de aluguel por mais 2 anos, mas aí já sobrava um pouco de $$, logo compramos um carro, etc... e veio o 2º filho, e eu já estava mais "escolada" com criança. E faz 1,5 ano que estamos na nossa casa própria, que é maior, e por isso precisamos de uma diarista, que vem 2x e 3x na semana, alternadamente.

Basicamente ela faz a limpeza da casa, banheiros, lava a louça nos dias que está aqui (nos outros eu lavo e ensino minha filha também).

Almoço sempre eu faço. Até gosto de cozinhar.

Com os filhos eu levo a maior pra escola de manhã e fico com o pequeno. À tarde levo o menor e a maior fica em casa comigo, me fazendo companhia. Nunca estou sozinha aqui.

Não temos babá, não. Eu cuido deles pessoalmente, e a diarista cuida da limpeza mais pesada da casa.

Como a maior fica comigo à tarde, dá pra marcar salão na parte da tarde, ir em alguma loja, e minha filha me acompanha na academia 2x na semana das 16:30 às 17:30, quando então buscamos o menor na escola.

Viagem mesmo só nas férias dele, que coincide com as das crianças.

Basicamente é isso aí! Não é tão folgado assim mas dá bem pra levar com sabedoria e sem stress!

Abraço!


crítica & sinceridade disse...

A Cleo Pires realmente ficaria melhor se não tivesse os mamilos tão escuros, não é machismo, é apenas uma constatação. também para alguém com os recursos dela, poderia ter procurado tratamentos adequados para isso. Além disso ela também decepcionou um pouco nas fotos pela ausência da barriga chapada (negativa) que seria a mais apropriada para uma modelo do porte dela. E finalmente a depilação íntima dela está muito defasada. Resumo para alguém como ela foi um ensaio decepcionante de sua beleza inteira de corpo, repito isso é apenas uma constatação.

Anônimo disse...

Jack

Para crítica & sinceridade

Se vc é HOMEM, é um gayyyyyyyyyyy enrustido!
Reparar na cor dos mamilos de uma mulher linda daquela e também que a depilação não tá tão perfeitinha, pqp isso é coisa de VIADO!!
Se vc é mulher, é só despeitada mesmo.
Sobre o post só tenho a falar o seguinte, primeiro quem escreveu aqueles cartazes é tudo viadinho machista inseguro que precisa destruir mulheres pra se sentir "mais homem", e meu tipo de mulher é a Nick Minaj então já sabem que mamilos prefiro né. :)

Anônimo disse...

Ah, Diva, pediu desculpa por quê? Na boa que quem vem com 5 pedras na mão "bando de desocupadas, mal educadas que falam palavrão, vão caçar serviço, o horror, o horror!" não merece "desculpa por ter te julgado". Dizer que ela é corna, ok, discordo. Mas dizer que ela é mal educada, presunçosa e machista não é "julgar", é interpretar texto. Bonita, tua maravilhosa massagem relaxante terminou em 5 minutos pra você ter tempo de voltar e escrever um comentário dumas 30 linhas? Baixa a bola, ninguém aqui tá com inveja da sua massagem relaxante, do seu marido, dos seus filhos ou das suas viagens. Bacana que você e seu marido concordaram que seria melhor pra todos que você trabalhasse em casa, e que vocês puderam arcar financeiramente com isso. Não é contra o consenso de dois adultos com pleno poder de escolha que as malvadas feminazis lutam. Nós lutamos pra desconstruir pensamentos expressos em:
I)"Credo!! Como feminazis tem palavreado de baixo calão, Deus do céu!!!
Não se dão o respeito e querem que os homens a respeitem... TSK, TSK,TSK!!"

Cacete. Não preciso me dar o respeito porque ele é meu por direito. E não são só homens que tem que me respeitar, mulher também. Uma coisa é você não gostar de falar palavrão (aliás, quando não é usado pra xingar alguém, é puro advérbio de intensidade. Só ofende porque você acha a palavra em si ofensiva), você ensinar seus filhos a não falar palavrão e não querer que falem palavrão na sua casa. Outra é cagar regra no discurso alheio ou achar que respeito e palavrão tem alguma relação intrínseca.

II)"Bando de mulher sem-educação desocupada! Se tivessem família, louça/roupa pra lavar e almoço por fazer não estariam postando merda na internet!"
Uai, se mulher não estiver cuidando de família, lavando louça/roupa ou fazendo almoço, o serviço dela não é válido? É só esse tipo de serviço que mulher pode fazer? Até porque "falar merda na internet" é questão do que você acha que é merda. Eu, por exemplo, fiquei com uma vergonha alheia enorme das coisas que você falou.

III)"Eu tenho família, roupa pra lavar, almoço pra fazer e depois louça pra lavar. E não reclamo, oras bolas!!"
Bacana que você goste. Eu, particularmente, adoro cozinhar. Nem todas as mulheres do mundo gostam.

Anônimo disse...

IV)"Meu marido cumpre a parte dele no trabalho e eu tenho que cumprir meu trabalho aqui em casa. Simples assim. Assim se cria uma família decente."
Novamente, legal mesmo que você e o seu marido tenham dado certo assim. Mas o arranjo de vocês não é condição necessária (nem suficiente, aliás) pra "família decente".

v)"Vocês não entendem como o mundo gira, e ficam procurando chifre na cabeça de cavalo, suas desocupadas!!!"
Uau, você entende como o mundo gira? Pois eu não entendo, por isso mesmo que frequento esse blog entre outros, que estudo, que gosto de ler e conversar com as pessoas. Gostaria de entender, em vez de achar que a parte do jeito que eu gosto é certa e do jeito que eu não gosto ou não entendo é errada. E entre as desocupadas desse blog, tem a própria Lola, que trabalha 50 horas semanais, euzinha, que faço duas faculdades que somam esse semestre 31 horas letivas (e você fez faculdade, sabe bem que ainda tem muito mais tempo pra estudar e fazer trabalhos), a Raven, que trabalha e cuida do filhote e do marido dela (sim, ela tem uma "família decente", pelos seus padrões *----*), a Maria Valéria, que é médica, uma comentarista mais ou menos recorrente que é professora de história... Caramba, o Jonas também trabalha. Se não me engano, é formado em economia. De curiosidade, ele é desocupado também?

E pra finalizar, a Lola é super moderada. Não sei porque tá pegando ela pra Cristo se ela é uma das que defende a escolha da mulher de trabalhar fora ou não (como ela disse, não recomenda mas não condena), se outro dia ela postou um guest de uma moça muito feliz em ser mãe e tomou pedrada a torto e a direito de alguns comentaristas... Se quer discutir, saiba pelo menos quem defende o seu lado também

Anônimo disse...

Diva

Pra Anônimo(a) das 17:34

Querido(a) vai se preocupar mais em ajudar o próximo e cuidar de quem precisa.
Porque invés de se preocupar com minha boca suja, não se preocupa com as crianças que são maltratadas, agredidas e estupradas por aí, por pessoas cagadoras de regra como você!
Sou muito bem amada e livre pra falar o que quiser ao contrário de vc seu(a) babaca! Você sim deve ser um MAL AMADO OU MAL AMADA! Vai se preocupar com o que é importante e não com uma pessoa que vc nem conhece, vc não conhece minha vida e nem minha trajetória seu monte de merda!
Já que sou desbocada mesmo, pq não vai tomar no cu! Abs.

Anônimo disse...

Diva

Valeu amiga das 17:45!! :)

Eu me excedi, mas, nem devia dar satisfação pra dona de casa dos anos 50!! Pow eu não julgo quem só quer cuidar do lar seja mulher, ou até homem(afinal tem homem desempregado e que topa cuidar da casa e isso não afeta em nada sua masculinidade!) eu tenho amigas que são donas de casa apenas, e elas NÃO me julgam e eu tb não as julgo. Elas são muito felizes e não ficam cagando regras e nem despejando hipocrisia e machismo que nem a tal moça que rebati.
Que pena que as pessoas invés de tentar melhorar esta sociedade tão apodrecida, as tornam ainda pior.
Abraço. :)

Ansio Andrade disse...

Só mesmo gays não assumidos que são obrigados a se relacionar com mulheres podem ter concebido uma lista dessas! Homem que é homem não tem nojinho, admira mulheres com atitude e adoram mulheres que são livres com a sua sexualidade.

Protorreal disse...

"para mau fodedor, até o saco atrapalha"

- Sábio grego

Décadas de Janela disse...

Nada, simplesmente nada se compara à cor das partes de uma mulher.
Se você não acha isso, a puberdade passou em você sem deixar vestígios

17:45 disse...

Pois é, Diva, também não vejo problema nenhum o casal decidir que um dos cônjuges vai cuidar da casa enquanto o outro trabalha. Conheço uns 3 que fazem isso, inclusive meus sogros, e ambos são super de bem com a vida. Eu mesma queria trabalhar só meio período quando tiver meus filhotes, já que sempre me vi como mãe. Foda é vir uma ignorar completamente o assunto do post, qualquer histórico do blog e destilar com esse tom presunçoso clichê atrás de clichê machista.
ps.: só eu que me divirto em encontrar as comidas no reCAPTCHA?

17:45 disse...

E um abraço pra ti tb :3

Malu Schreiner disse...

Porra, Lola, Porra. Você começa o texto fazendo ironia com a suposta orientação sexual dos homens abusivos que expuseram as minas? Vai propagar feminismo com homofobia e heteronorma agora? Deixa eu te contar, a heteronorma tá muito bem articulada obrigada com o machismo, a patriarcalidade, o racismo, etc. "Homem de verdade" - essa categoria bizarra inventada pelo patriarcado - reclama e ridiculariza sim o mamilo preto da mina. "Homem de verdade" é gordofóbico sim. "Homem de verdade" impõe padrão de beleza fascista sim. Esses caras não "se consideram héteros", eles são héteros e surprise surprise eles encarnam o epistema dominante dos machos héteros. Ou vais querer dizer que slutshamming, gordofobia, ditadura da beleza branca, cis e heteronormativa é coisa de homem gay, bi, queer, trans? Porra, Lola, porra, a hétero e a cisnorma mandaram beijos de trevas pra essa tua "brincadeira".

beatriz nunes disse...

Arrasou nessa resposta *-*

donadio disse...

"Donadio, você acha que qualquer homem tem a vida mais facil que qualquer mulher ( mesmo as ricas) pelo simples fato de ser homem?"

Não, evidente que não acho isso, nem disse isso nem nada parecido, e, aliás, nem comentei neste post.

Se quiser viajar na maionese, não se esqueça de comprar a passagem na Mayonnaise Tour, de minha propriedade...

Anônimo disse...

Na minha opinião são gays, simples assim. Procurem uma rola e tenho certeza que serão felizes.
Homem de verdade não liga para isso. Fala sério né?