terça-feira, 2 de junho de 2015

GUEST POST: A CULTURA DA INDIGNAÇÃO IMPOTENTE NO FB E A ESQUERDA QUE NÃO MOBILIZA

Dois anos atrás

Faz um ano que não publico um guest post do Robson, autor dos blogs Consciência e Veganagente.  
Este ativista de Recife sempre contribui com excelentes textos sobre os mais variados assuntos
Nem sempre concordo com tudo que Robson escreve (e o texto abaixo é um desses casos), mas ler o que ele tem a dizer é sempre educativo. 

É costume de muitas pessoas de esquerda ver seu mural do Facebook todo dia parecer um rio caudaloso de notícias ruins que dão a impressão de que a humanidade “não tem jeito”. E isso aparenta ter piorado em 2015, com as tantas postagens e artigos de fanpages, sites e blogs de esquerda incitando a consternação diante de um Congresso e um governo federal totalmente desconectados do interesse público. Vale refletir sobre essa cultura de indignação impotente, e como a esquerda brasileira contemporânea não tem mais conseguido converter a comoção das pessoas em ação política popular –- leia-se protestos e demonstrações físicas de revolta sociopolítica.
Esse primeiro semestre do segundo mandato de Dilma Rousseff e do plantel parlamentar mais conservador desde o golpe militar de 1964 tem proporcionado o recrudescimento desse “rio de más notícias”. Aparentemente mais do que em outros anos, facebookianos brasileiros progressistas têm se deparado com uma esmagadora vazão de novidades negativas.
Ataques ininterruptos aos direitos civis, humanos, trabalhistas e ambientais; corrupção de opositores do governo petista protegidos pela impunidade e pelo silêncio cúmplice da imprensa e da direita militante; malícias diversas de gente como o deputado Eduardo Cunha; radicalização da corrosão do já precário sistema político brasileiro; medidas governamentais opressoras que nos dão a impressão de que elegemos Dilma mas quem assumiu foi Aécio Neves ou Pastor Everaldo; 
desmatamento urbano que não para em incontáveis cidades brasileiras; “guerra às drogas” que continua assassinando em massa jovens negros pobres; obras da Copa do Mundo inacabadas ou virando “elefantes brancos”; reacionarismo autoritário e fanático em desimpedida ascensão; consciência ambientalista praticamente esquecida… São incontáveis as notícias ruins que fazem tanta gente, como diz a expressão popular, “inchar feito baiacu”.
O agravante é que muitas delas têm sido compartilhadas, por exemplo, pelas páginas de deputados do PSOL, único partido brasileiro ainda de esquerda com representação parlamentar federal; movimentos sociais que, até pouco tempo atrás, não tinham tanta dificuldade para mobilizar pessoas, nem que fossem em passeatas de pouca gente; portais e opinadores defensores da esquerda e fanpages progressistas com dezenas de milhares de curtidores.
As notícias são dadas de uma maneira que o público leitor se sente totalmente impotente, incapaz de reagir também fora de casa e longe do computador doméstico. Deixam claro que essa imprensa alternativa tem agido igual à mídia hegemônica, dando notícias ruins de uma maneira que ao mesmo tempo planta a indignação e a faz decair em resignação, em sensação de impotência e no fatalismo de achar que “o Brasil não tem solução” e a humanidade vai apodrecer viva sem que nada possa ser feito contra isso.
Textos e mais textos aparecem todos os dias, opinando sobre a última “sacanagem” antipopular cometida pelo Congresso conservador ou a mais nova medida de arrocho trabalhista do governo Dilma. Mas nada além de textos. Ignora-se que Dilma, o ministro da Fazenda Joaquim Levy, Eduardo Cunha e seus aliados das bancadas BBB -– Boi, Bíblia e Bala -- já mostraram múltiplas vezes ser insensíveis à indignação de grande parte da internet brasileira.
Fica a impressão de que os veículos alternativos de comunicação online e os políticos do PSOL acreditam que o mundo pode ser (re)construído e modificado apenas ou principalmente a partir da mera emissão de palavras e opiniões, sem a necessidade ou possibilidade da ação física, dos protestos e ocupações. 
Outra impressão que se fixa é que o levante das massas de junho de 2013 e mesmo aqueles protestos de porte menor contra Jair Bolsonaro, Renan Calheiros, Marco Feliciano, a usina de Belo Monte, o super-reajuste salarial de deputados e senadores e o novo Código “Florestal” nada mais são hoje do que lendas de tempos remotos e saudosos.
Tem havido exceções para esse fenômeno, como o #OcupeEstelita no Recife, que tem conseguido mobilizar on e offline um número robusto de manifestantes para uma cidade do tamanho e população da capital pernambucana. Mas o quadro geral, nacional, é de desânimo e conformismo, e o movimento recifense parece um “corpo estranho” num país de resignados.
Está mais do que na hora de repensarmos essa postura de passividade diante do que tem acontecido de negativo para a esquerda. Precisamos problematizar essa sensação de impotência e a carência de incitações diretas à mobilização de rua. É muito necessário refletir sobre por que não estamos mais conseguindo transformar a indignação emocional em ação e mobilização, nem mais fazer valer nossas pautas de reivindicações.
Pensemos: por que estamos agindo como se não houvesse mais esperança? Por que estamos ou parecemos estar esperando que a esperança seja incitada de fora para dentro ao invés de alimentada pela consciência, de dentro para fora? O que aconteceu que nos divorciou silenciosamente das ruas?

46 comentários:

Anônimo disse...

A esquerda no Brasil está moribunda, e logo logo estará morta e enterrada.

Tudo graças aos (des)governos inconsequentes do PT, que governam pela agenda do poder a qualquer custo, e não pela agenda de governo.

O primeiro embate ( e a primeira derrota) deu-se no STF, com o saudoso Joaquim Barbosa, que dizem que voltará como a última pedra a ser colocada sobre a sepultura deste partido;

O segundo embate, que seguem perdendo, é com a Câmara dos Deputados (e talvez com o Congresso), que aprovará, p.ex, a PEC 171 - já não sem tempo - fazendo valer a verdadeira democracia (vontade DO POVO, pelo POVO e para o POVO), o que o PT e os partidos de esquerda são CONTRA (para eles, a vontade de 10% da população vale mais que a vontade de 90% da população) - e ainda se dizem ser partidos "democráticos"?? Onde??? Só quando a "democracia" vem ao encontro da agenda de interesses deles??

Faz muito bem colocar o assunto como referendo popular - somente para escancarar aos quatro ventos a absurda "surra" que o "não" levará - assim como foi no plebiscito estúpido do "pela paz" - que perderam de 70% a 30%. Desta vez será uma perda de 90% a 10%.

Aguardem que o fim da esquerda está próximo, e o início de um novo Brasil, melhor, mais competente, eficaz, educado e correto também!

Oxalá!

Gle disse...

O dia em que os protestos tiverem um legítimo e coerente objetivo, eu estarei nas ruas.

Enquanto existirem Brasileiros com a camiseta da CBF marchando contra a corrupção e a favor do retorno da ditadura, estarei em casa, de boas, tomando uma gelada e pensando no que eles esperam com aquilo...

Anônimo disse...

Voces acreditam que existe direita e esquerda no brasil? Desde sempre estamos num feudalismo inplicito, pois 99% dos ricos continuarao ricos e 99% dos pobres continuarao pobres!

Anônimo disse...

Repassando. Importante:
Pessoal, atentem a uma votação online que está acontecendo na câmara de deputados.
Hoje a votação está apertada, pois o grupo conservador iniciou uma guerra aberta contra a definição de que todo formato de familia é valido. Votem e divulguem em seus grupos Podemos votar pelo celular mesmo, basta clicar no link e votar. A Câmara dos deputados está promovendo uma enquete querendo saber se: "Você concorda com a definição de família como núcleo formado a partir da união entre homem e mulher, prevista no projeto que cria o Estatuto da Família? "Os conservadores estão votando SIM em massa e estão ganhando, mas a votação está apertada! Divulguem
http://www2.camara.leg.br/enquetes/votarEnquete/enquete/101CE64E-8EC3-436C-BB4A-457EBC94DF4E;jsessionid=FA7066174855BEA9BC86F7EBDA0EDDA3.node2 REPASSEM para os contatos NÃO!! Isso é muito importante. Votem e repassem para o máximo de pessoas que puder!!! Não podemos nos omitir! Leia, vote NÃO e divulgue.
Vote e repasse para aqueles que acreditam que FAMÍLIA É TODO NÚCLEO CAPAZ DE AMAR!

Anônimo disse...

Lolinha querida, não obstante o post utilizar a falida distinção direita e esquerda, vou honrá-lo um comentário.

Como foi aventado acima, a raiz do problema reside no fato de o PT ter "encarnado" a dita esquerda, mas logo mostrado suas garras, fazendo o oposto do que prometera. E isso já com o Lula. Lembra-se da contribuição previdenciaria para aposentados?
Daí, foi de mal para pior... E as alianças? Sarney, Maluf, Barbalho. ..
Enquanto a sorte sorriu para o Brasil e a situação econômica floresceu, graças às reformas de FhC e Lula 1, a maioria não se importou com as incoerênciasuas.
Mas depois de muito a cigarra cantar, chegou o inverno.
A política econômica de Dilma foi desastrosa (Lula 2 já fora ruim...), daí só restou chamar, de novo (lembram-se do Meirelles?) um economista sério do Psdb, para consertar a lambança.
Mais aí veio a decepção maior para os inocentes úteis. Todo aquele paraíso decantado na campanha eleitoral era feito de areia e ruiu em segundos.
Agora, como faze-los acreditar que seus sonhos acalentados há anos também não são meras ilusões?

Mila disse...

O que me incomoda politicamente no Brasil são: primeiramente o binarismo de pensamento político-social, que divide as pessoas entre petralhas e coxinhas; a oposição mimizenta, que não é crítica ou propositiva, gosta de impedir a governabilidade; falta de reflexão política mais aprofundada dos fatos; a má vontade política do brasileiro comum, que acha que os problemas do Brasil são causados exclusivamente pela Dilma; o sistema político brasileiro recheado de fisiologistas e figurinhas carimbadas. É tudo mais do mesmo.
No mais, acho que PT não mais representa a esquerda brasileira. No máximo, são um partido de centro. Para chegar ao poder, tiveram de abrir mão de muita coisa, fazer acordos duvidosos. Hoje estão sendo vítimas dos próprios "aliados". Muita gente do PT se beneficiou demais enquanto estava no poder. A imagem que eu tenho do PT não é a do partido dos trabalhadores e sim, de engomadinhos de classe média-alta se escondendo atrás da ideologia de esquerda.

Anônimo disse...

Anônim(a) das 13:37,
OK!
Obrigado por avisar!

Já fui lá e votei meu SIM com orgulho!!!

Enquete atual: 52% SIM; a 47% NÃO!

Já repassei a todos meus contatos e todos deverão votar, SIM, no SIM!!!!

Abs,

Arnold Sincero disse...

Queren parar a revolusçaun! dezistam esquerdistas o Brasil nunca vai virar uma republica bolivariana!

chora mais que ta gostozo.

Anônimo disse...

para GLE:

concordo com vc!!
Quando eu via o povo postando selfie no Instagram com a camisa da CBF no protesto de março, senti vontade de me esconder debaixo da cama de tanta vergonha alheia.
O pessoa foi pra rua sem nem saber ao certo a causa. Eu nem perdi meu tempinho, óbvio.
Era um lindo domingo de sol onde eu e o meu marido tiramos um ótimo cochilo depois de um almoço gostoso que nós preparamos.

A partir do momento que realmente o protesto tiver causa, coerência e for mesmo um PROTESTO, daí estarei lá.

Pepper.

Camila D disse...

Votei. Engraçado os comentários dos conservadores. Tem gente votando "sim" e justificando q do jeito que tá, daqui a pouco vão liberar geral pra casar com animais, crianças etc kkkk olha azidéia

Camila D disse...

Concordo Mila. Não dá pra aguentar nenhum dos lados dessa "dicotomia", mas devo dizer que os coxinhas são insuportáveis.. Toda hora falando de matar a Dilma, impeachment, bolivarismo, ditadura comunista (kkkkkkk)... povo mt noiado esse.
Não sei se pode postar link (qlq coisa podem deletar), mas vou deixar aqui um interessante que li esses dias falando sobre essa tal de "conspiração petista-comunista".

Camila D disse...

http://www.cartacapital.com.br/politica/corram-os-comunistas-estao-chegando-8968.html

Zero disse...

estamos fudidos seja quem for no governo. todos roubam, nenhum presta. mesmo lixo, caçamba diferente.

mas ambos lados defendem seus "protegidos" de forma tão infantil que politica virou futebol no Brasil. me refiro a gente que passa o dia inteiro falando de politica. tem nego no twitter que é só isso. o dia inteiro.

uma vez discuti com um perfil chamado "Liberdade de Expressão" (mas era de extrema-direita) que vejam só, defendia livre expressão até eu discordar dele.

ele ficou louco quando eu disse que haveria essa mesma "ditadura bolivariana" com a direita no poder novamente, só que com outros pretextos.

Anônimo disse...

Camila,
Só de vc postar qquer coisa desse sitezinho de meia-tigela patrocinado pelo PT (carta capital), vc já começa errada, querida.
Nada que vem de lá presta. NADA!!!!
O mundo maravilhoso deles é a Coreia do Norte, Bolívia, Cuba, Ex-URSS, Venezuela...
Vcs que lêem e defendem essas M* deveriam passar uns 5 anos em qualquer um desses países e depois voltem e deixem aqui a opinião de vcs. Vc é muito criança ainda pra saber de alguma coisa na vida, menina!! E ainda é tupetuda!!!
Ah, só lembrando: Lá não pode usar I-Phone, não viu!! E em alguns deles, nem Internet!!
Boa viagem!! Vai com Deus!!! Se gostar, não precisa nem voltar!! Não vai fazer falta!

Anônimo disse...

O PT traiu o povo, foi isso que aconteceu. Os protestos da direita e da esquerda deixam claro que o PT esqueceu que era um partido de esquerda, acima de tudo. Agora o partido e tao corrupto quanto o PSDB, PMDB e afins com a diferenca que serve de saco de pancada pra galera politico-analfabeta que quer acabar com a "corrupcao".

Esse papo de governabilidade nunca me desceu

Anônimo disse...

Obrigado pelo link, votei em NÃO e to espalhando para geral, para que façam o mesmo.

Anônimo disse...

Concordo Mila. Não dá pra aguentar nenhum dos lados dessa "dicotomia", mas devo dizer que os coxinhas são insuportáveis.. Toda hora falando de matar a Dilma, impeachment, bolivarismo, ditadura comunista (kkkkkkk)... povo mt noiado esse

-----------------

kkkkkkkk rsrssss hihihihihi

Foi assim que a esquerda da venezuela tratou os avisos que Chavez queria destruir a democracia. Deu no que deu. Desastre.

Mas o azar de vcs é que o Brasil não é a Venezuela. Aqui a idéia de implantar o socialismo bolivariano no país JÁ FRACASSOU. O PT nunca encontrou apoio suficiente, e, de agora em diante, ficou claro que NUNCA MAIS vai encontrar. E eles sabem disso, por isso já começou a conversinha mole de "se reinventar".

A melhor coisa que aconteceu foi a reeleição de Dilma. Se essa bomba/herança maldita de Dilma tivesse caído no colo da oposição, ela ia ser massacrada, dificilmente ia se reerguer.

Agora ela tem todo tempo do muito para destruir o PT politicamente (o que está facil de fazer). E garantir que eles não voltaram NUNCA MAIS depois.

Anônimo disse...

Pois é, como é que podem espalharem más notícias? Não conseguem ver como o nosso governo é competente e como a direita é a culpada de tudo?

Anônimo disse...

E concordo que o PT não inventou a corrupção no Brasil, que sempre foi enorme.

Mas foi o único que teve o cinismo de torná-la institucional, sob o pretexto furado de "é por uma boa causa" (ladrões caras de pau).

Anônimo disse...

O efeito colateral da rejeição ao PT, tá sendo paga por todos os esquerdistas.

E reação tá ficando cada dia maior. Ninguém imaginava isso. Todo mundo pensava que tava tudo dominado.

Anônimo disse...

E, por esquerda, leia-se: Todos os movimentos contrários à razão, ao bom sendo, ao conservadorismo, à lei natural das coisas, à família (homem + mulher + filhos), etc...

Recado tá dado. Nada desses movimentos lixos vai ter futuro aqui neste País!!!

A coisa vai voltar aos eixos, como era antigamente, de onde nunca deveria ter saído!!

O recado tá dado!!! Contrários(as), apenas aceitem e voltem ao normal enquanto ainda é tempo!

Anônimo disse...

Eu sempre me interessei muito por história e já estudei todo tipo de governo. O que ficou foi que, na minha opinião, é muita ingenuidade achar que um governo de esquerda (ou direita) ou um regime socialitsta resolveriam todos os problemas da corrupção. Governos socialistas ferraram o povo, e não adianta falar que se fosse aplicado como Marx pensou funcionaria perfeitamente; qualquer governo vai ter que ser implantado e executado por um ser humano, o ser humano que vai implementar esse regime sempre vai pensar primeiro em si mesmo e sugar o povo até a última gota. A mudança tem que ser muito mais profunda, tem que ser no caráter de quem se propôs a liderar e na consciência do povo-que precisa conhecer seus direitos e estar sempre atento pra cobrar dos seus representantes um trabalho pra todos.


Está vendo, anon das 14:45, são MERDAS como você, o anon das 19:35, e seus amigos conservadores que tornaram o mundo essa desgraça que ele é hoje, e continuam afundando o planeta na lama. Já votei um NÃO bem grande e sugiro que vocês e seus amigos voltem por lugar a que pertencem-o lixo. Pssar bem.

Anônimo disse...

Obrigado, fui lá e votei SIM!!!

Zero disse...

não posso deixar em branco, descontruirei esta grande groselha.

"E, por esquerda, leia-se: Todos os movimentos contrários à razão, ao bom sendo, ao conservadorismo, à lei natural das coisas, à família (homem + mulher + filhos), etc..."

- bom senso? sabia que homem-bomba se considera moral e sujeito de bom senso? ele é?

- "lei natural" - homossexualidade está presente na natureza. ou a natureza não é mais natural?

(homem + mulher = filho) - casal estéril não existe mais?

"Recado tá dado."
- ui.

"Nada desses movimentos lixos vai ter futuro aqui neste País!!!"

- não fala merda, cara. Brasil é a terra da cachaça e carnaval. sempre foi. brasileiro pagando de "moral" e "família" é a maior hipocrisia que existe.

"A coisa vai voltar aos eixos, como era antigamente, de onde nunca deveria ter saído!!"

- porque tudo que é do passado é bom? então vamos voltar a andar de carroça, nada de tecnologia, certo?

"O recado tá dado!!! Contrários(as), apenas aceitem e voltem ao normal enquanto ainda é tempo!"

- senão o que? os Powers Crentes comandados por Mestre Orvalho nos atacarão?

" voltem ao normal enquanto ainda é tempo!"

negros, fiquem brancos.
gays, fiquem heteros.
mulheres, fiquem homens.
homens, fiquem crentes.

Zero disse...

quando se fala em "o que é família" os crentelhos fanáticos já saem babando de suas cavernas com trechos batidos de bíblia ou mencionando pastor.

criação por tios, avós ou até tutores não existe? vocês nem pensam nessa possibilidade. já chegam gritando "gay", depois dizem que não tem fixação pelos gays. ¬¬

Anônimo disse...

Lula volta. Tenha certeza. Se estiver vivo e saudável, se concorrer, volta.

anon A. (radfem) disse...

Votei NÃO na enquete. Achei a perguntar bem suspeita... "Você concorda com a definição de família como núcleo formado a partir da união entre homem e mulher, prevista no projeto que cria o Estatuto da Família?". Dá para muita gente votar por impulso no SIM, porque parece uma resposta óbvia se a pessoa não parar para pensar ou viver a realidade dos homossexuais, já que em nenhum momento nessa pergunta tem "apenas homem e mulher" ou "excluindo homossexuais", isso está subentendido. E o "prevista no projeto" dá um tom autoritário, como se esse projeto já existisse, que favorece mais ainda votar por impulso na resposta 'óbvia'. E costuma ser regra botarem em enquetes um complemento no NÃO e no SIM, para garantir que a pessoa sabe mesmo no que está votando. Não fizeram isso também.

Perguntinha tendenciosa.

Zero disse...

que legal. então nenhum gay trabalha?

"Guria que apanhou MUITO pouco dos pais"

- que? violência contra a mulher? nunca !

"lavando a sua roupa e as dos homens da família."

- interessante. um casal lésbico com filhos, quem ou como se "lavam as roupas"?

"esse mal não existe" - claro. gay é mal.

ex-traficante virou crente = bom e moral

ateu ou gay = imoral

Cabeça vazia oficina do pastor. diabo não existe. cresça.

"Não é pq vcs se tornaram isso que são, que o resto do mundo tem que suportar vcs."

é verdade. quem eles pensam que são pra ser respeitados né? (ironia)

diz que não suporta evangélico é "perseguição religiosa". nação exemplar. e nada hipócrita.

Zero disse...

p/ anônima 21:52

mas existe diversos tipos de família. mas é sempre igual, só falam em gays (os crentes claro).

ah, crentes sugiro um pequeno "teste":

quando vocês verem uma criança órfã que é criada pelos tios / avós / tutores que diz que é feliz com sua família, chegue na cara dela e grite VOCES NÃO SÃO UMA FAMILIA !!! e veja a reação de todos a sua volta.

Zero disse...

"Então a violência contra filho HOMEM tá certa?"

- quando eu disse isso?

"Só contra filha mulher não pode?"

- "filha mulher" tem filha homem?

"Pq vcs insistem em defender só as mulheres, HEIM?"

- não me venha com "vocês". fale do que EU disse.

"Vcs se acham melhores que os homens para serem mais protegidas??? Não são direitos iguais???"

- eu sou mulher agora? e não sabia que apanhar era direito. mas ok.

" Pq vc só se manifestou só a favor das mulheres?"

- não me "manifestei", frisei seu comentário e fiz uma analogia. a maioria dos conservadores são misóginos. por isso comentei ironicamente "violência contra mulher? nunca!". mas a culpa foi minha, foi complicado demais pra você. malz.

"Seria hipocrisia?"

- seria. igual crente indo no médico.

Anônimo disse...

Embora eu me considere uma esquerdista várias coisas devem ser ditas, entre elas; a esquerda brasileira é BURRA, B-U-R-R-A.

1-A desunião da esquerda brasileira é uma coisa que beira à infantilidade. A esquerda só se junta na cadeia mesmo.

2-Partidos como PCB, PCO E PSTU muito pouco fazem para crescer; entrem lá no sítios oficiais desses partidos e vejam o que é que têm de informação/teoria em relação às propostas desses partidos, é minúsculo. Já existe um ódio latente em setores sociais contra às ideologias desses partidos, e ainda sim, esses partidos permanecem num estoicismo deplorável. E ainda criticam partidos ditos de esquerda que procuram crescer.

3-A esquerda é desorganizada.

4-A esquerda é lenta. Todo mundo que vive na internet vê o crescimento dos "apoiadores do mercado", e não é nenhuma surpresa que isso ocorra; isso é fruto de anos de dedicação de organizações como o Instituto Millenium e Instituto Mises Brasil, organizações que mostram em seus estatutos claramente suas intenções de propagar o liberalismo econômico pelo Brasil; e existe todo uma massa( de jovens majoritariamente) pronta pra acreditar em qualquer coisa escrita de forma inteligente e com ar arrogante de verdade. Eles vão lá se doutrinar por vontade própria, e se acham inteligentes por isso, e ainda nos xingam de ignorantes. Eu me recuso a ser doutrinada, minha opinião é fundamentada na crítica e na comparação entre diversas obras. Mas enfim. E o que a esquerda faz em relação? Sejam defensores da social-democracia, sejam socialistas, a esquerda não faz nada que realmente um dia possa ser um contraponto ideológico; apenas observa o conservadorismo crescendo a passos largos com apatia, atribuindo a isso qualquer teoria simplista ou maluca feita por um Safatle da vida.

5-A esquerda brasileira têm péssimos quadros; tanto é que o PT monopoliza o eleitorado esquerdista. E já pararam pra pensar por qual motivo isso acontece? É por que fora do PT, os quadros... Pouquíssimos políticos esquerdistas têm uma boa desenvoltura e ambição para fazer acontecer.

E antes que venham com os "ain, mas esquerda e direita não existe, sua burra", "petralha detect, uf uf" eu já caguei de antemão para esse tipo de comentário que não acrescenta em nada o debate.

Anônimo disse...

FEMINISTAS DE CURITIBA

Que querem tirar dúvidas sobre o feminismo RADICAL

https://www.facebook.com/events/446180828892578/

(SOMENTE MULHERES)

Raven tá convidada!

Anônimo disse...

Assino embaixo da anon das 23:51. Por uma esquerda mais organizada, intelectual e ambiciosa no Brasil. Os caras são muito acomodados, e os bons não querem se candidatar a cargos políticos. Pode olhar quantos intelectuais famosos de esquerda a gente não tem hoje em dia, e 90% sem interesse em seguir carreira política. Beleza que política nao se faz só com politicos, tem a pressao do povo, da mídia, dos formadores de opinião, etc, mas poxa, é gente boa que deixa de se candidatar pra continuar os mesmos boçais de sempre, ofupando os mesmos cargos de sempre, fazendo as mesmas coisas de sempre, agora movimento pra crescer: nada. Enquanto isso MBL, EPL, instituto millenium, mises, conquistando a juventude com propaganda bem feita E organização, coisa que falta na esquerda.

Anônimo disse...

Anônimo 08:58

E daí se o Zero for gay? Meça suas palavras, parça.

André disse...

1) A sociedade brasileira é majoritariamente conservadora. Então nenhum partido vai governar só com a esquerda.
2) O PT ganhou a eleição e governa fazendo concessões (as vezes irritantemente grandes) à direita. O PSOL também faz isso na prefeitura de Macapá.
3) A esquerda sempre foi desunida e uma parte significativa sempre foi acomodada.
4) O PT não fez tudo que eu gostaria, mas melhorou a vida de milhões de pessoas, investiu em infra-estrutura e tecnologia (com as políticas de conteúdo nacional, etc). Tudo isso enfrentando a maior campanha difamatória que um partido já enfrentou. Eu não acho pouca coisa.
5) O PSOL votou contra a CPMF, isso o aproxima da extrema direita mas não os faz iguais.
6) Esse negócio de direita e esquerda não existe, PT e DEM é tudo igual, político é tudo ladrão, etc. é uma estratégia política. Mesmo os quase iguais ainda são diferentes. Deixo um link que mostra bem isso:
http://www.nytimes.com/2015/06/02/upshot/gop-women-in-congress-why-so-few.html?_r=0&abt=0002&abg=0

Anônimo disse...

Anônimo das 08:58,
Pq? Vc é o namorado dele?
Dá ré no quibe também??? Tá defendendo pq?
Ah, e não meço as palavras, não. E se vc achar ruim, vem pra rua e vamos resolver na porrada!
Idiota!

Anônimo disse...

A inércia está no mundo inteiro, basta prestar atenção nas pessoas que acreditam em todas as notícias propagadas e bombardeadas sem exaustão pelos meios de comunicação, principalmente emissoras de televisão que abrangem uma massa significativa, porém fácil de manipular. Esquecem que nos países latino americanos, em especial o Brasil não tem liberdade de imprensa e sim de empresa, pois só vai ao ar em uma emissora de tv ou publicado em um jornal impresso o que o dono, presidente quer e não a realidade. Quando Clóvis Rossi escreveu seu livro "O que é jornalismo" não existia todo este aparato tecnológico que temos e tudo pode ser escrito e reescrito conforme a vontade não só dos donos da empresa, porém quem realmente manda, ou seja, industriários, latifundiários, empresários, pois os políticos nada mais fazem do que serem fiéis escudeiros e aprovarem estes com PEC´s e projetos de leis absurdos, caso continue esta passividade não duvido que caminharemos para uma sociedade estamental com requintes fascistas acrescidos de perseguição religiosa. Eu trabalhava em dois empregos desde 1992 e isso foi até 2008, pois faculdade era um sonho distante, quase impossível, mas o tempo passou e consegui ficar em apenas um emprego, porém consegui cursar faculdade em 2010 e me formei em 2013, lembro como era complicado mesmo em dois empregos pagar as contas, mas hoje temos o Jovem Aprendiz e outros programas sociais e voltados para educação que dão acesso a pessoas com baixa renda, não é o que podemos dizer excelente, mas funciona, pelo menos até minha formatura funcionou, mas poucos tem interesse quando ingressam nestes programas e levam a sério não só o emprego oferecido com o Jovem Aprendiz, mas também Pronatec, entre outros, muita gente desiste. Quanto ao PT, fizeram aliança com PMDB e PL, entre outras concessões, qual seria a consequência? A enxurrada que vemos aí, enquanto quem realmente governa este país passa desapercebido como deputados, vereadores com seus interesses vinculados aos fazendeiros, empresários, industriários, pois quem injeta dinheiro em suas campanhas? Eu quando trabalhava em uma prefeitura percebi uma coisa não importa o partido, pois quem realmente quer fazer algo, apenas para melhorar ou mudar o atual quadro, é perseguido, assediado moralmente até pedir exoneração do cargo, lembro quando era lotada naquele município tanto PT como PSDB tinham a mesma postura, aliás, mudava o prefeito, mas os cargos de confiança ou comissionados eram as mesmas pessoas, pela manhã faziam campanha para o PT e a noite para o PSDB para se manterem na máquina pública e com todos os privilégios, enquanto quem prestou concurso, estudou e batalhou por aquele cargo era tratado com falta de respeito humano.
E a tal PL 4330? Porque não tem bateção de panela contra? Quem bate panela tem interesse em ter este tipo de semi escravidão em vias de aprovação. Eu trabalhei terceirizada há muito tempo atrás e lembro como foi demorado e complicado o processo judicial, pois nenhum advogado queria pegar a causa devido complicações, embora eu tivesse cópia do contrato entre a contratada e contratante e se não fosse por isso não ganharia a causa, detalhe, demoraram 13 anos para ter algo que era causa ganha seu desfecho.
Quer conhecer alguém? Dê poder a esta pessoa e realmente saberá quem é.

Zero disse...

não sei quem falou e nem o que. entrei no blog agora. mas gostaria de saber o que disseram.

não sou gay. já que interessa tanto.

acho engraçado isso, eu não "defendi gay", critiquei a hipocrisia das pessoas.

mas se "defendo" gay logo sou gay? se eu defendesse arvores eu seria uma?

eu não tenho nada contra pessoas ou suas ideias, e sim contra sua hipocrisia.

Zero disse...

p/ anônimo 10:02

10h da manhã e já tá com gay na cabeça? depois dizem que não tem fixação.

"Pq? Vc é o namorado dele?"

- não sou gay. e não tenho nem namorada(o).

"Dá ré no quibe também??? Tá defendendo pq?"

- "ré no quibe"?? que tosco. fala dá a bunda. ah, não pode. o pastor não deixa falar essas coisas.

"Ah, e não meço as palavras, não."

- ui.

"E se vc achar ruim, vem pra rua e vamos resolver na porrada! Idiota!"

- sim. venha pra rua lutar e se esfregar em outro homem pra provar que não é gay (???)

Raven Deschain disse...

Ah, anônima. Que carinho! Obrigada pelo convite mas sábado eu trabalho... Puxa.

Raven Deschain disse...

Pois é neh Zero?

Os caras devem ganhar dinheiro trabalhando como catraca de cu alheio. Mas a minha curiosidade é: o que muda na vida dessas pessoas alguém gostar do mesmo sexo? Quero dizer, em que diabos isso as afeta? Elas ficam com menos dinheiro quando aparece um gay no mundo? Cai mais cabelo? O pinto não sobe? Aumenta o preço do feijão? Não entendo...

Zero disse...

p/ Raven

eles seguem seu messias, o tio espacial que fiscaliza o cu dos outros.

uma vez tweetei:

BOMBA ! NASA pesquisa ligação entre genital homossexual e cérebro de evangélicos.

a cada bunda comida é um real a menos que ganho. - diz pastor.

os crente pira. kkkkk

mas falando serio, não tem logica. é a velha mania de querer controlar a vida alheia natural de muita gente, só muda o pretexto, no caso, embasado em historinha milenar israelense de amigo imaginário. ¬¬

Anônimo disse...

A estratégia conservadora é manter as enormes diferenças sociais e tirar direitos, porquê? Por que eles são malvados, feios e bobos? Não, big time não.

Essa estratégia visa o estado mínimo e excludente. É uma forma não só de alienar a população como também negar direitos (e por consequência, gastar menos na máquina pública) e alienar as pessoas para fatos políticos como corrupção e lavagem de dinheiro. Enquanto todos estão preocupados em vigiar a vida alheia, as igrejas, políticos e empresas privadas podem fazer o que bem quiserem.

Algumas igrejas evangélicas são o melhor exemplo disso. Lavam dinheiro do tráfico, por serem instituições isentas de impostos, mas bradam contra as drogas e defendem a redução da maioridade penal. Os líderes, geralmente com presença política forte, usam da alienação e indignação da massa ignorante para lutar contra direitos fundamentais para, no meio tempo, passar a mão naquela propina (ou financiamento, agora constitucional) bacana para aprovar projetos que defendem o interesse privado.

É tudo casado, gente. Bolsonaros e Felicianos da vida realmente tão cagando para quem coloca o que no próprio cu. Eles querem é que os retardados que votam neles continuem agindo de forma intolerante porque, bem... assim eles aproveitam a mamata.

Peace!
Barbara

Anônimo disse...


Sou professora de História e gostaria de fazer algumas ponderações

a) Neste país nunca investigou- se tanto, o que aconteceu foi que a direita aproveitou- se das investigações e organizou um terceiro turno, e espalhou o ódio qualquer política afirmativa para beneficiar minorias, virou vitimismo esquerdotizante.

b) Tenho acompanhado a página do deputados Jean Willys, não concordo com todos os seus objetivos mas no geral apoio seu trabalho, nestes tempos que é moda culpar o PT por tudo ele tenta desenvolver um trabalho.

c) Este congresso é horroroso a reforma política está levando este país para o século XIX, terceirizações, redução da idade penal, aprovação para que empresários financiem campanhas, agora um shopping de 1 bilhão de reais. Mas eu durmo de consciência tranquila eu não votei neles.

d) Agora estamos vendo estes conservadores querendo boicotar novelas e agora marca de perfumes, vcs viram a confusão que eles estão armando com a perfumaria Boticário porque eles mostraram casais homos em um comercial, estamos voltando a idade média

Anônimo disse...

Já votei e gostaria de fazer uma pergunta aos conservadores humanos que querem restituir a ordem e a família no Brasil.

a) Os filhos adotivos de casais héteros não são filhos ? pois o estatuto fala em filhos biológicos,

b) Os casais gays que têm filhos tb não são famílias ? conheço gays com filhos e estão muito bem.

c) Este mundo que vcs querem eu não concordo e conheço pessoas que tb não aceitam

Anônimo disse...

Texto gigantesco para falar de que pessoas de esquerda devem se mobilizar, mas 90% dele é sobre o que faz as pessoas ficarem paralisadas, 10% reafirmando que devemos nos mobilizar e 0% dizendo COMO se mobilizar.

A Argentina tem protesto de feministas na frente da sede do governo contra o feminicídio, enquanto aqui no Brasil nós feministas debatemos nossos sentimentos em relação ao avanço do conservadorismo. Devemos parar de olhar tanto para o próprio umbigo e o tanto que nos sentimos pessoalmente ofendidos em relação às posições conservadoras e retrógradas. Devemos pensar e agir sobre as questões que de fato importam para o feminismo e o progressismo: o feminicídio, o cerceamento do direito ao aborto, a violência cotidiana contra LGBTs para citar 3.

Enquanto nossa esquerda e nosso feminismo continuar pessoalista e em-si-mesmado como está, debatendo suas dores pessoais, não seremos tão forte quanto o feminismo encontrado na Argentina.