domingo, 12 de abril de 2015

NÃO INVENTARAM ALGUÉM MAIS VITIMISTA QUE UM REAÇA

Só quem está no mais alto grau de dificuldade pode reclamar da vida

Um dos adjetivos mais empregados contra qualquer pessoa que pertence a um grupo historicamente oprimido é vitimista
Outro tuíte falso que mascus pretendiam
divulgar hoje. Será que Luciano
Ayayan faria post?
Eu, por ser mulher e feminista, vivo sendo acusada de me vitimizar. Se eu narro um ataque orquestrado que sofri na páscoa, em que mascus sanctos criaram tuítes falsos e reaças fizeram de tudo para divulgá-los, com a intenção de me difamar (já fiz outro boletim de ocorrência), é porque estou me fazendo de vítima. Se exponho as ameaças de morte, estupro e tortura que recebo diariamente, reaças dizem que estou me vitimizando. É como se as falsificações e ameaças não existissem, como se fossem coisa da minha cabeça!
Se racismo não existe, exigir cotas
só pode ser vitimismo
Para reaças, lutar por direitos é igual a se vitimizar. Por exemplo, o movimento negro, baseado em estatísticas incontestáveis de que o racismo continua fortíssimo no Brasil, defende cotas sociais e raciais nas universidades públicas. Isso, de acordo com o pessoal de direita, é vitimização. Certo seria esquecer esse negócio de racismo e dar duro num sistema que conspira contra você para tirar uma nota boa no Enem ou no vestibular. Se não conseguir, bico calado. Se falar alguma coisa, estará se vitimizando.
Mas tem uma categoria que nunca se vitimiza: eles mesmos, os homens brancos héteros de direita. Todas suas reclamações são justas e razoáveis, pois são eles as verdadeiras vítimas da sociedade atual. Eles até foram às ruas hoje para mostrar o quanto estão descontentes.

Pra qualquer pessoa com um mínimo de sensatez, quem se vitimiza são eles. Vitimista é quem reclama de barriga cheia, quem é privilegiado e tem poucos motivos pra reclamar, quem desmerece protestos justos dos outros e acha que só ele tem direito de protestar. 
Bolsonaro deu um excelente exemplo de vitimização durante a semana, ao divulgar um vídeo em que Jean Wyllys trocou de lugar no avião para não ter que se sentar ao lado dele. Para Bolso, isso foi heterofobia (reaças acreditam em heterofobia, misandria, racismo inverso, teorias conspiratórias, e várias outras ficções científicas).
O blog atual mais chorão da internet é um de um mascu de finanças. 
Já falei algumas vezes dele, mas desculpe, não coloco aqui link pra site de ódio. De qualquer jeito, você pode encontrar o blog facilmente com algumas palavras-chave (já que o blog em questão tem AdSense, inclusive; blogs feministas não podem ter AdSense, pois lidam com conteúdo "inapropriado" como aborto, estupro, violência doméstica, orgasmo etc, mas parece que misoginia e racismo, tudo bem, tá liberado). 
Print da página mascu
denunciada. Pelo menos
foi retirada do ar em
dois dias. Agora é
processar os autores!
E, por favor, se encontrar o blog, denuncie para a Humaniza Redes. Anteontem, mascus sanctos criaram uma página hiper racista no Facebook, e eu a denunciei. Todxs sabemos quanto o FB demora para remover essas páginas. Felizmente, em dois dias, antes que a página viralizasse, parte do problema estava resolvido. Agora só falta os autores serem processados por crime de racismo. 
Voltando ao mascu do site de finanças, ele tem curso superior, faz MBA, trabalha num escritório onde ganha mais de 6 mil reais por mês, tem R$ 220 mil no banco, mas se julga pobre por não possuir um Camaro e um harém de Panicats. Seus leitores pensam igual. E sobra ódio para todo mundo (clique para ampliar).
Odeiam esquerdistas (só printo isso porque sempre vem algum reaça dizer que esses sites de ódio não são de direita).
Se isso não é racismo, não sei o que é.

Odeiam playboys, a menos que este playboy seja o Aécio. Adoram o Aécio. É o maior herói político deles na atualidade.

Vitimista é também alguém que comete crimes, é denunciado, preso, julgado e condenado, e passa o resto da vida se queixando como foi injustiçado, jurando vingança contra aqueles que o denunciaram. Porque, segundo esses caras, eles não fizeram nada de errado -- quem fez foi quem os denunciou.
Tipo Emerson Eduardo Rodrigues, um dos dois mascus sanctos presos pela Operação Intolerância. Emerson continua destilando ódio contra todos que falam um ai dele. Ele inventou ser Nessahan Alita, e apenas o libertotário e difamador profissional Luciano Ayan acreditou. Não sei qual foi a briga entre Emerson e uma musa olavete, mas a resposta de Emersão (parafraseando Chico: agora ele se chama Nessahan) prova que ele nunca vai mudar. Será sempre um misógino racista e homofóbico. Tão repulsivo que me faz ser solidária até com uma reaça anti-feminista muito ignorante.
E, para mostrar que o crime não compensa, ontem Marcelo Mello, ex-comparsa de Emersão, hoje inimigos declarados, deu uma aula de chorume em seu chan. 
Ele culpa todo mundo por ele estar desempregado, menos ele, claro. Não é que Marcelo se arrependeu e se reabilitou após um ano e pouco de prisão. Nada disso. Ele saiu pra fazer exatamente o que fazia antes -- ameaçar, espalhar ódio, tentar motivar alguém tão doente quanto ele a cometer um novo massacre.
No entanto, Marcelo nem precisa trabalhar. 
Aos 29 anos, ele segue sendo mantido pela mãe. Quando foi preso, em março de 2012, 400 mil reais foram descobertos na conta de Marcelo. Os desajustados que o celebram juram que ele fez essa grana hackeando cartões de crédito na internet, mas não é verdade (Marcelo não é nenhum exímio programador; lembro quando eles comemoraram ter hackeado algum site usando Internet Explorer). É mesada da mãe mesmo, herança do pai.

Esses dias falei disso no Twitter, e Marcelo fez questão de deixar um recado pra mim em seu chan, com print para o patrimônio declarado em seu imposto de renda.
Com meio milhão de reais na conta e sem despesas, se ele voltasse a viver com a mãe, ele poderia viver trancado num quarto jogando videogame. Mas ele precisa atacar, E precisa, acima de tudo, se vitimizar. 

É o que eles fazem. 

95 comentários:

Jonas Klein disse...

Olá Lola.

"Um dos adjetivos mais empregados contra qualquer pessoa que pertence a um grupo historicamente oprimido é vitimista."

Que existe um pouco de vitimismo por parte de certos grupos, existe mas na media, os maiores adeptos do vitimismo (que eu chamo de coitadismo profissional), são os tais de reaças como você chama, apesar de que foi com a esquerda que estes tontos aprenderam a ser vitimistas assim.

Já ouviram que frase: nada se inventa tudo se copia!!!

"Para Bolso, isso foi heterofobia (reaças acreditam em heterofobia, misandria, racismo inverso, teorias conspiratórias, e várias outras ficções científicas)."

Heterofobia, não existe mesmo, mas misandria (eu vejo isso quase todos os dias neste blog) e racismo inverso, embora seja pouco na comparação, coma misoginia e a homofobia existe sim.

Se não existe isso me tragam provas então.

"você pode encontrar o blog facilmente com algumas palavras-chave (já que o blog em questão tem AdSense, inclusive; blogs feministas não podem ter AdSense, pois lidam com conteúdo "inapropriado" como aborto, estupro, violência doméstica, orgasmo etc, mas parece que misoginia e racismo, tudo bem, tá liberado)."

Eu já devia ter falado aqui sobre isso antes, mas deixei passar, agora vamos lá.

Lola tem muitas formas ate melhores de monetizar um blog, além do Adsense.

Pesquise no Google por "monetização de sites"

Só tire as aspas, Que você vai encontra algumas maneiras alternativas bem inteligentes e eficientes para monetiza o teu blog, no fim quando dinheiro começa jorrar na tua conta bancaria, você vai ate agradecer ao Google por não aceitar o seu blog no Adsense, e a mim por te da esta dica.

Boa noite

D Stoffel disse...

Só de se intitular por alfa e beta já sei que é idiota.

Misandria Jonas só se vê na internet e não é bem misandria é só um choque de realidade do que aguentamos todos os dias desde que nascemos só que ao contrário, misandria só deixa você chateado na internet misóginia é na vida real.
Assim como racismo reverso porque você vê pouco simplesmente porque não é um problema na sociedade ser branco nem homem nem hetero.

Anônimo disse...

Esse autor que ganha bons mils com anuncios, ele nao entende que ele (jovem pobre beta feio) é a versao masculina das FGV (feias, gordas, velhas).

Se todas mulheres pensarem que nem ele, nenhuma vai querer ele.

D Stoffel disse...

Lola eu vim aqui falar uma coisa que venho pensando sobre a libertação sexual das mulheres, sei que não tem nada a ver com o tópico mas hoje eu vi uma garota dizendo que tirava foto da vagina e mandava pra todo mundo, ela mostrou a pasta, aí reclamaram com ela.
E ela chamou o povo de falso moralista, santinhas, eu fiquei me perguntando se ela estava certa ou errada pq o corpo é dela, mas será que precisa ser liberal a esse ponto, e ela estava achando aquilo lindo.
Será que ela achava que aquilo era libertação sexual e que o povo é atrasado porque eu não vi assim.

Lucas Monte disse...

Debatendo com algumas pessoas essa semana, ou melhor, tentando debater no Facebook sobre redução da maioridade penal me vieram com o seguinte "mais uma vez essa ideia de vitimização e de colocar o menor como inferior" e mais alguns blá blá blá, só que ao ler tudo que a pessoa diz é fácil notar que ela se coloca no patamar de superioridade, então, além do adjetivo mencionado no texto, a ideia de superioridade, de "pessoas de bem", está sendo bastante usada.

lola aronovich disse...

Jonas, obrigada pela dica de monetização de sites, mas o maior problema não é que eu não consigo colocar AdSense, e sim os critérios do blogspot. Entende? Nenhum blog feminista que fale de assuntos que interessam ao feminismo (aborto, estupro, violência doméstica, mutilação genital, orgasmo, clitóris etc etc) pode ter AdSense, porque o Google considera "conteúdo impróprio". Já sites de ódio, como esse que eu citei -- um site claramente misógino, racista, homofóbico -- pode ter AdSense.

lola aronovich disse...

D Stoffel, não conheço esse caso que vc menciona, mas não acho uma boa ideia tirar fotos íntimas, porque muita gente vai fazer mau uso delas (tipo stalkear a moça ou colocar as fotos em sites pornôs). Mas é aquele negócio: o corpo é dela, e se ela quer mandar fotos solicitadas da vagina para amigxs, a escolha é dela. Isso não é necessariamente objetificação (acho que estou devendo um post sobre objetificação, né?), tampouco libertação sexual. Acho que é apenas uma moça mostrando a vagina.

Anônimo disse...

Eu concordo com vc Lola, mas pelo que eu entendi a moça envia fotos não solicitadas. Muito deselegante, fotos de pintos ou periquitas n solicitadas são a mesma coisa para mim.

D Stoffel disse...

Eu lembrei daquele prof idelber avelar que mandava o paufie, eu achei feio com ele e com ela tbm.
E O PIOR DE TUDO ELA AINDA EDITAVA A FOTO DA PPK.
Sim por favor faça um post principalmente sobre essa falácia da libertação sexual feminina, eu li em algum lugar que mesmo que a mulher tome iniciativa, o homem é quem fica com o mérito, ele vai ser o que pegou.



Anônimo disse...

Vitimista é também alguém que comete crimes, é denunciado, preso, julgado e condenado, e passa o resto da vida se queixando como foi injustiçado, jurando vingança contra aqueles que o denunciaram. Porque, segundo esses caras, eles não fizeram nada de errado -- quem fez foi quem os denunciou.

Decidam-se,não são vocês que juram que bandidos são vítimas da sociedade?
Pela lógica de vcs,sim eles são coitadinhos e a culpa é toda de vcs,do mundo inteiro,menos deles.

Anônimo disse...

Reaças... quando será que vão aprender que ninguém vai recuar na luta por direitos apenas porque eles são uns bundas moles incapazes de viver na vida real?

E quanto ao Marcelo (favor visualizar a Ursula da pequena sereia cantando corações infelizes): patético!

Anônimo disse...

Ora, e alguém nega que o discurso feminista seja vitimista ao extremo? É o discurso de quem não quer deixar de ser vítima por nada neste mundo, pois o coloca (ou a coloca) numa posição de fazer chantagem moral e espiritual com o resto da sociedade; uma relação mutuamente maléfica, não tenho dúvidas, mas que em certas lógicas distorcidas parece ser bom para o chantagista. Prova disso é que mulheres educadas europeias e americanas têm a coragem de dizer que sofrem opressão similar ou comparável ao que ocorre na Arábia. A chantagem funciona convencendo os ouvintes de que eles são culpados por associação de crimes terríveis como esse, e sente-se então obrigado a expiá-los defendendo a causa da vez (feminismo, consciência negra, direitos dos anões; escolha o seu); se disser algo contra, estará automaticamente do lado dos assassinos, estupradores e preconceituosos.

Larissa disse...

Dizer que tem gente vitimista não é o mesmo que negar que exista preconceito.
Tem gente que acha que qualquer coisa que aconteça com uma mulher é machismo,não há outra razão,com gay só pode ser porque é gay e assim vai.
Tem gente vitimista sim,que pega algo que está claro que não houve preconceito mas jura que houve.
Na minha rua tem um cara gay e muita gente não gosta dele porque ele é fofoqueiro,fala mal dos outros pelas costas e não sabe falar,dá para ouvir ele berrando na rua,até no quintal de trás da minha casa.É por isso,ele é insuportável mas ele choraminga que tá sofrendo homofobia,n tem nada a ver com as atitudes escrotas dele.
A Amanda do bbbosta,só faltou falarem que ela foi obrigada a ficar com o babaca,várias vezes a mulher é tratada como imbecil,incapaz de pensar por si,incapaz de cometer erros,porque quando o faz a culpa é do macho opressor,a gente n pode errar e fazer merda como qualquer ser humano,sem que tenha rolado manipulação do patriarcado.
A jornalista Gloria Maria,alegando que sofreu racismo na net porque disseram que sua maquiagem estava feia.Ridículo demais.

Jesse disse...

Não, não somos "nós" (quem?) que defendemos que todo bandido é vítima da sociedade e que a culpa pelo crime cometido não é dele.

Anônimo disse...

Lola, sem querer defender ninguém em particular, mas foto com a placa "tem 6 meses que não vou ao Fasano" é uma evidente e mal feita montagem. Não sei o conteúdo original, desconheço as pessoas da foto, não sei se você pediu permissão a elas para postar a foto, mas que é montagem é, e feita ainda por cima por alguém que desconhece os costumes da elite, pois o Fasano deixou há tempos de ser sinônimo de status. Hoje em dia, poder mesmo é comer no Jun Sakamoto.

lola aronovich disse...

Não sei quem são as pessoas. Foi uma das várias imagens que vi e peguei da minha TL hoje. A história que li explicando a foto foi que alguém (não sei qual das pessoas da foto) levou o cartaz irônico pra desmoralizar a marcha, mas que reaças não entenderam a ironia e pediram pra posar pra uma foto. De acordo com essa explicação, não é montagem. Mas tem tanta foto e tanta montagem (inclusive jornais usaram fotos de 15 de março para ilustrar as marchas de hoje, muito menores) que realmente é difícil saber o que é ou não real.

Anônimo disse...

Não acho que a Lola seja vitimista, mas acho que se fala demais nesses caras nojentos. Quando se fala muito dar ibope para eles, procurar os meios legais é a melhor solução e seguir com a vida.

Julia disse...

Esses reaças são uma corja mesmo, viu? Ô gentinha.

Uma manifestação do vitimismo de machistas que eu acho muito engraçado é quando eles reclamam que as feministas não lutam pelos direitos dos homens. Quer dizer, depois de nos chamar de vitimistas por brigar pelos nossos interesses, reclamam que não lutamos pelos interesses deles tipo o infame ~alistamento obrigatório~.
Aí quando dizemos que o feminismo é contra o alistamento obrigatório eles dizem ""e quem vai lutar pra defender o país?????""

Quer dizer, eles não se decidem. Só querem encher o saco, chorar.
Se vitimizar.

Por isso mando todos à merda logo :)

Anônimo disse...

Não sei porque vocês esquentam a cabeça com essas coisas. A internet é cheia de lixo. Antes eu me irritava, mas hoje nem dou bola. Se eu me irritar, é porque estou perdendo, ou seja, caindo na armadilha.

Julia disse...

Morrendo de rir com os comentários da D Stoffel.

~paufie~ rs

Anônimo disse...

Jesse
Veja o post sobre diminuir a maioridade penal,várias feministas morrendo de dó de bandido,eles que são as vítimas,não são só vcs claro.

Homem disse...

Julia
É hilário como vcs falam merda e depois n sabem o porque da reação dos outros.
Homens falam que vcs cagam e andam para problemas masculinos,simplesmente pq já vi várias vezes feministas dizendo que se tão boas e maravilhosas que se importam com o mundo inteiro,que o feminismo vai ajudar homens tb e aí a gente vê que só se interessam com os problemas das mulheres,até ajudam homens mas só se forem gays.
Ao restante,ajudam bastante com o male tears.
E ainda tem a cara de pau de
Se pararem com a hipocrisia,n vão ouvir reclamação.
Acha que ninguém percebe que o discurso de vcs é bem diferente das atitudes?

Noiado disse...

Lógica da Lola e Olavo, os opostos idênticos....

o mais claro exemplo da estupidez brasileira, pseudo-intelectuais que só falam bosta e ainda tem seguidores, mostrando que esse país de merda só tem a afundar mais.

ambos acreditam e propagam bostas ao vento com extremo orgulho, um acredita em deus ainda depois de velho (e bota velho), o outro acredita no comunismo.

quem discordar deles é inimigo, o mundo é adversário e é só do bem ele e seus concordantes.

ambos pensam exatamente igual, em lados diferentes, num cenário politico mais do que ridículo de um país falido.

OFF: mesmo metendo o pau num "ícone" conservador (pra ver o nível da coisa) eu serei chamado de reaça. se o blog fosse do Olavo eu seria comunista.

esse é o Brasil.

Noiado disse...

a Lola não odeia homens, o homem só tem que se adequar.

homem = mau
mas o homem é gay = bom
mas o homem é negro = bom
mas o homem é traveco = bom
mas o homem é pobre = bom
mas o homem é petista = bom
mas o homem é feminista = bom

Noiado disse...

mas se a esquerda é tão valente, porque chora com qualquer confronto? porque não reage?

porque o brasileiro seja que cor, raça, sexo, classe, gênero, ou a bosta que for, aprendeu que é mais legal ser vitima do que valente.

a profissionalização do "vou contar pra mãe". isto é uma vergonha, diria o velho broxa burro míope tarado por gari da Bandeiranxis....

eu detesto o brasólia, pais covarde burro e ignorante.

Anônimo disse...

Stoffel, eu acho que essa menina fazer isso é legal. Porque é uma quebra nos paradigmas.

Lembro uma professora contou uma vez aqui que ela ficou chocada com uma aluna uqe teve um video "vazado" - revenge porn-, mas oa inves de se envergonhar ela ajudou a passar para todo mundo e ainda falava: "vcs viram como eu fodo bem?". A professora acho de mau gosto. Eu bato palmas para essa menina. Porque teve coragem de mudar as regras do jogo.

Espero que essa menina que envia foto da periquita para todo mundo não se importe se as fotos dela cairem na rede. Se as mulheres parassem de se importar, esse tipo de crime não existiria mais!

yara

Monica S. disse...

Olá Lola,

Olha, uma coisa que eu acho horrível da parte desse blogueiro e de seus leitores é que há um forte "racismo inovador", digamos. Eles não só tem forte preconceito e perseguição com negros, mas também tem discurso de ódio contra pardos e "mães solteiras". Se isso não for crime, eu não sei mais o que é. Como faço para denunciar na Polícia por internet?

Anônimo disse...

Lola...o Luciano Ayan não é libertário, já tinha te dito...tá mais pra olavete.

Anônimo disse...

Seria legal alguém conversar com essa mãe e mostrar a ela o que essa mesadinha tá facilitando.

Não sei o equivalente em pt-br para "enabling", como avesso de "helping", mas é isso.

Raven Deschain disse...

Jonas, meu querido. Misandria não existe. Misandria seria igual a misoginia caso fosse ódio injustificado (levar pé na bunda não é justificativa). Agora as mulheres que odeiam homens o fazem por bons motivos. Muito booons mesmo. Conheço uma moça que foi estuprada pelo pai, pelo irmão e por um namorado. Hoje ela não quer saber de homens. Vc ia querer?

Sem contar que ninguém mata, ninguém estupra, ninguém espanca, ninguém chama de piranho, por misandria.

Agora homens odeiam mulheres por motivos fúteis. Como disse, levaram um pé na bunda, a guria tá de saia, a guria tá de shorts, a guria joga videogame e isso é coisa de macho, a guria é tatuada, a guria dá pra todos menos pra ele. Motivos vai lá, concorde comigo, imbecis. E mulheres morrem todos os dias por causa desse ódio.

Agora racismo inverso? Vá cagar, me recuso a explicar isso, na boa.

Agora quanto ao post: zoofilia???? Whatafuk???? Oo

Gente, sério. Pq nenhum noiado em Curitiba dá um pipoco na cara desse Emerson? Merece e bem merecido. Pessoa que só ocupa espaço e faz o mal. Credo, gente como ele quase me faz acreditar no Capiroto, pq fica difícil aceitar que um ser humano igualzinho a mim seja ruim desse jeito. Que ser horroroso, cruzes.

E continue falando sobre os mascus sim, Lola! Tem muita gente inocente na internet que não conhece esses caras e não sabem doq eles são capazes. Não se cale.

Raven Deschain disse...

q engraçadin

a lola posta uma foto de alguém na manifestação, EH MONTAGEM E PRECISA DE AUTORIZAÇÃO!

algum mascu divulga tuite falso com imagem da lola sem permissão aí eh SUA VACA EXPLIQUE AGORA SEU TWITTER BRUXA MALVADA!

Anônimo disse...

Povo reclamando que existe vitimismo dentro de grupos historicamente oprimidos. Pergunta: o que é pior, o suposto vitimismo ou a opressão implícita e explícita que eles têm que lidar todos os dias? Vc faz um post enorme explicando o machismo em determinada situação, mas algumas pessoas ignoram tudo e encontram uma brecha, por menor que seja, pra invalidar o argumento. E depois não quer ser chamado de reaça.
Que droga, eu sou branca, ja recebi apelidos infames por isso, já percebi vitimismo em negros, mas isso me dá o direito de querer que os negros lutem pelos meus direitos de branca também, afinal de contas, "somos todos humanos"? Não, porque eu tenho vergonha na cara.

Anônimo disse...

me falem em que parte do mundo existe a misandria que eu vou pra lá HOJE pq ó, tá uma bosta essa falsa equivalência entre cavalos e unicórnios.

Anônimo disse...

~ direitos de branca ~

faleci

Death disse...

Desculpem a trollagem, mas indo no gancho do anon:

Pra mim libertários são Olavettes moderadas.

sorry.

Anônimo disse...

Raven, que é montagem é evidente, por causa da disposição das letras. Perguntei da autorização justamente porque a Lola sempre bate nessa tecla: que postaram foto dela (ou de alguma outra mulher), sem autorização.

Entende? Quem primeiro questionou por várias vezes o uso de fotos de pessoas sem autorização foi a própria Lola, eu apenas lembrei.


Por último, a própria Lola explicou acima que seriam pessoas infiltradas com o propósito de "desmoralizar a marcha". Então, a disposição das letras evidencia a montagem, mas o conteúdo original poderia até ser semelhante, porém, como disse acima, feito por alguém que desconhece os hábitos da elite, já que o Fasano perdeu muito do status há um bom tempo. Quem curte Fasano, aliás, são os novos ricos, como aquela Rosemary Noronha, que pedia jantares lá em troca de favores junto ao governo.

Larissa disse...

Yara
Isso aí é dois pesos e duas medidas,aquele professor mandando foto do pinto dele é assédio,absurdo,a mulher fazendo a mesma coisa é super legal?

Anônimo disse...

Minha teoria se confirmando:

Quando a Raven posta a Death também posta, mas dessa vez ela deixou um tempo considerável para que pessoas mais desatentas não percebessem.

Mas EU, estou de olho.Sou uma caçadora de fakes.

Julia disse...

"Prova disso é que mulheres educadas europeias e americanas têm a coragem de dizer que sofrem opressão similar ou comparável ao que ocorre na Arábia."

MENTIRA!

Isso são vocês que dizem, que mulheres sofrem discriminação apenas na África e no Oriente médio, e que o feminismo no ocidente não é necessário, que já temos todos os direitos - até mais direitos que os homens. Não é isso que vocês dizem?

Essa comparação são vocês que fazem para tentar deslegitimar a necessidade do feminismo no ocidente.



Anônimo disse...

Larissa, não falei que é legal enviar fotos da xana sem ninguém ter pedido.

Mas acho legal SIM que ela tire foto e se orgulhe, e se caso o pessoal espalhe por ai, que ela não se envergonhe. E nem venha falar em simetria porque homens desde sempre são ensinados a ser orgulharem do pau, contrariamente a nós mulheres.

Era só isso memso.

Yara

Mona disse...

Sabe o que me incomoda nesse "jovem pobre beta feio"? Me incomoda, me angustia, que a vida dele possa ser tão vazia que ele se importe com a 'barriga de catupiry' de outras mulheres. Ou se outros homens casam ou não com mães solteiras. Tenho, de verdade, MUITA PENA, de um ser humano como ele. Que podia focar nas coisas que o fazem bem, mas prefere se apegar a ditos ~ defeitos ~ alheios pra justificar as coisas que não consegue. É ser muito infeliz, ter 250,000 num banco e não ver alegria nenhuma na vida a não ser humilhar outras pessoas. É, verdadeiramente, um doente digno de pena.

Anônimo disse...

Hipocrisia ao extremo,mulheres tem ótimos motivos para odiarem os homens e n tem nada de errado.
Homens odeiam mulheres por motivos idiotas e são monstros.
Pois é,n existe mulher que fica puta como homem pq levou pé na bunda,foi traída,como tb n existe homem que foi maltratado/agredido por alguma mulher,pela própria mãe...
Realidade manda lembranças.

Raven Deschain disse...

Entendi, anon.


Mas e precisa desmoralizar essa marcha? Kkk =P

Raven Deschain disse...

Dã. Quando um anônimo tonto posta, o outro tb posta. Será que são todos o mesmo tonto? Herp derp hurr durr.

Sou uma caçadora de anônimos tontos.

Vai adotar um cachorro, porra. Aí cê cuida da vida dele e larga a minha e a da Death.

Além do mais, se vc me ama tanto assim, saberia que não sou fake. Essa foto é do meu lindo rosto e nos comentários aqui, já postei meu nome completo.

Raven Deschain disse...

Bem que eu gostaria de ser a Death. Sou fã do Neil Gailman e a Morte é linda.

Anônimo disse...

Vejam bem, quanto a misandria... Fo$#$, sou homem, não LIGO a minima, faço parte da classe dominante da sociedade, não dou a minima ae mulher tem raivinha de mim ou não, não dou a minima para demandas feministas.
Privilégios por ser homem? Tenho e vou continuar tendo, mulher nenhuma vai me tirar o que e meu.
Sexo? Eu pago e mando embora, e não pago por sexo em sim, tenho boa posição social, sou jovem e bonito, com esta geração de depravadas, sexo e a coisa mais simples do mundo de se conseguir, e só "contar historinhas "
Na realidade eu pago, para não ter que ver a cara na manha seguinte. Não, não tenho sentimentos, e sou regra entre nos homens, portanto não percam tempo com emocionalusmos baratos conosco, digam logo o preço, e podem virarem todas lésbicas depois, como já ocorre,não damos a minima. No mundo dos homens, praticamente só existem homens, mulher e acessório.
Passar bem.

B. disse...

"A Amanda do bbbosta,só faltou falarem que ela foi obrigada a ficar com o babaca,várias vezes a mulher é tratada como imbecil,incapaz de pensar por si,incapaz de cometer erros,porque quando o faz a culpa é do macho opressor,a gente n pode errar e fazer merda como qualquer ser humano,sem que tenha rolado manipulação do patriarcado."

Tenho que concordar com esse trecho.
É a mesma teoria de quem pensa que não existe mulher machista, e sim que são "cooptadas pelo patriarcado".

Uma vez um cara negro assediou uma mulher branca na rua e já vieram dizer que ela é quem tava sendo racista e xingou ele (mas ela não o xingou com termos racistas nem nada).

Uma vez, numa dessas páginas do face, meio que compararam mulheres machistas como robôs (!!), pq foram programadas para agir de forma machista.

Isso sim, pra mim, é vitimização. Fora isso, não.

Anônimo disse...

Mais uma vez, não ta enganando ninguém Niemi

Anônimo disse...

Raven, também não entendi o por quê de "desmoralizar a marcha", mas o que eu fiz foi repetir exatamente as palavras que ela escreveu em resposta ao meu comentário, é só olhar acima. Só quem poderia responder foi quem fez isso. De minha parte eu considero que dentro da democracia, todas as marchas e protestos são livres, e o deboche também é livre, de ambas as partes. O que não pode é haver violência.

Anônimo disse...

Ótimo texto! Só não concordo com a parte "reaças acreditam em heterofobia, misandria, racismo inverso, teorias conspiratórias, e várias outras ficções científicas". Ficção científica é baseada em uma teoria científica. Heterofobia, misandria e racismo inverso são baseados em falácias.

Bizzys disse...

"Sexo? Eu pago e mando embora, e não pago por sexo em sim, tenho boa posição social, sou jovem e bonito, com esta geração de depravadas, sexo e a coisa mais simples do mundo de se conseguir, e só "contar historinhas "
Na realidade eu pago, para não ter que ver a cara na manha seguinte."

Moço, você tá meio confuso. Primeiro você fala que paga por sexo, depois fala que não precisa pagar, depois fala que paga outra vez! Aí fala que só quer as mulheres para sexo, depois fala que não liga se todas virarem lésbicas.

Acho que toda essa mascuzisse fritou um pouco o seu cérebro. :)

Anônimo disse...

O problema desse geração é que ela foi criada da forma errada. Os homens, principalmente aqueles em que as mães mimaram muito, acabam por virar esses tipos de adultos. Quando novos, a mãe fazia de tudo para eles, mas depois que cresceram e encaram o mundo, eles viram que a vida não era aquele mar de rosa que eles pensavam que fosse. Esse cara do blog mesmo tem uma vida melhor que grande parte dos brasileiros. O cara tem um salário bom, mora no conforto da casa dos pais, o salário é só para ele, tem dinheiro guardado no banco e mesmo assim ainda diz que a vida dele é ruim. Um típico filhinho que papai que jogava vídeo game até pouco tempo atras. E o pior, é que caras como ele é o que mais tem hoje em dia.

Eles criam muitas expectativa, do tipo "Vou ter uma Camaro", "Vou ter uma loira do cu rosa", "Vou ter 1 milhão na conta", "Vou viajar pelo mundo" etc. Quando eles percebem que não vão ter nada disso, eles se revoltam e ficam reclamando da vida.

Anônimo disse...

Yara,

"homens desde sempre são ensinados a ser orgulharem do pau"

mentira, só é motivo de orgulho se for grande.

A moça que a professora citou aquela vez não tinha sido vítima de revenge porn, ela tinha mandado fotos dela nua para o colégio inteiro, não é uma heroína, só exibicionista.

E Raven, misandria e "racismo inverso" não são fatos sociais que tenham gerado consequências, mas são teorias (scum manifesto e melanin theory) com discurso de ódio que existem e são disseminadas. Sim, existem, apesar do pouco alcance e influência (mesmo que a misandria esteja bem popular na internet).
E sore os "bons motivos" para se odiar homens, é fácil ver feministas misândricas que resolveram odiar homens porque um ex "fez chantagem emocional e gaslighting" com elas ou qualquer outro motivo besta. Ou simplesmente porque a teoria rad leva a isso por distorção da imagem sobre a própria posição social, ou seja, vitimismo. Além das que vão pelo hype, porque é descolado ser malvadinha nas interwebs e se vitimizar, tipo os mascus.

Arnold Sincero disse...

Dolores, dolores! E o blogue mais choramingaun do planetas. (sóh essa distenta senhora escreve "blogue").

O Google naunb vai pagar um blog de ódeo que nem o seu, conformem-se Dolores, sua percequiçaun aos honrados homem branco ja é descriminatoria, voce mesma se sabota quando prega tanto rancor.

Tem muitas femnistas ai mesma falando, quando tem duas clase oprimindas junta dai vcs vaun pela tabela de quem é mais dai protegem mais e pode fazer tudo errado pq a pessoa é do grupos mais vitima que o outro, tanto que esquerdista da bug quando tem treta de gay com mulher por exenplo. mas naun poço dizer tudo pq seria caluniado aqui.

Doutrinador disse...

"Um dos adjetivos mais empregados contra qualquer pessoa que pertence a um grupo historicamente oprimido é vitimista. "
@ é usado contra pessoas que, fazendo parte desses grupos, posa como eterna vítima do sistema, buscando arrancar concessões ou reparações. São a minoria. A maioria quer vencer por conta própria. A maioria dos negros que eu conheço (inclusos eu e meu pai) são/somos contrários às cotas, por exemplo. Os que mais as defendem são brancos com complexo de culpa.
"Eu, por ser mulher e feminista, vivo sendo acusada de me vitimizar. (...)"
@ Qualquer pessoa que sofra tais ameaças (calúnia, estupro, morte etc) não está se vitimizando, é vítima mesmo, e de criminosos. Deve procurar os meios legais cabíveis, e que se punam os culpados.
"Para reaças, lutar por direitos é igual a se vitimizar."
@ Não sei bem o que define um reaça, mas se pensam isso estão errados.
"Por exemplo, o movimento negro, baseado em estatísticas incontestáveis de que o racismo continua fortíssimo no Brasil, defende cotas sociais e raciais nas universidades públicas. Isso, de acordo com o pessoal de direita, é vitimização."
@ Há rascismo no Brasil, e nem se precisa das tais estatísticas. A discussão é: as cotas são a melhor forma de combatê-lo? Quem se opõe a elas torna-se automaticamente rascista, o inclui, por óbvio, muitos negros?
"Certo seria esquecer esse negócio de racismo e dar duro num sistema que conspira contra você para tirar uma nota boa no Enem ou no vestibular."
@ o rascismo deve ser combatido sempre (há leis para isso), mas sim, deve-se dar duro para tirar boas notas no enem ou vestibular.
"Mas tem uma categoria que nunca se vitimiza: eles mesmos, os homens brancos héteros de direita."
@ os terríveis homens brancos, hetero e de direita. Por certo, devem ser os mesmos mascus. E que também são reaças. Fica ate dificil lidar com tantos rótulos.
"Eles até foram às ruas hoje para mostrar o quanto estão descontentes."
@ chega a ser engraçada a foto escolhida pra ilustrar os terríves homens brancos, hetero e de direita: das quatro pessoas, duas são mulheres, e dos dois homens, um deles é claramente pardo. Se são de direita, como saber? Por que estavam protestando contra o governo?
"Pra qualquer pessoa com um mínimo de sensatez, quem se vitimiza são eles. Vitimista é quem reclama de barriga cheia, quem é privilegiado"
Ou seja, o tal homem branco, hetero e de direita não tem direito de reclamar de nada. Ainda que seja pobre, morador da periferia. Ai dele se for protestar contra, sei lá, o péssimo atendimento nos hospitais, ou o precário transporte público. Aí o esquerdista (com salario de cinco dígitos e estabilidade no cargo) se invoca: "quem és tu, homem BHD, para reclamar de qualquer coisa, tu que és tão privilegiado???"
"Bolsonaro deu um excelente exemplo de vitimização durante a semana"
@ Ninguém é obrigado a gostar de Bolsonaro, mas ele falou alguma inverdade? Disse que, sendo ele a se comportar como o ex-bbb, seria execrado como homofóbico. E não seria? Pra mim, ambos podem se sentar onde bem entenderem. E quando ele disse se sentir discriminado, estava obviamente sendo irônico.
"O blog atual mais chorão da internet é um de um mascu de finanças. "
@ Páginas de ódio contra negros, mulheres, nordestinos etc devem ser combatidos. Agora a pergunta: esses são adversários ideológicos idôneos? é contra eles que se quer travar o debate? Assim fica fácil: "eu sou de esquerda, tais idiotas são de direita, pronto, venci."
"Odeiam playboys, a menos que este playboy seja o Aécio. Adoram o Aécio. É o maior herói político deles na atualidade."
@ a indefectível citação do Aécio. Ou seja, a pessoa que nutra simpatia pelo político mineiro deve ficar preocupada, pois ela mesma pode ser um mascu reaça de direita. Esses caras são caso de polícia, e não de política. Confundir conservadorismo com banditismo é uma prática comum entre extremistas, mas também acontece com inocentes desavisados.

Feminista terceira onda disse...

Doutrinador, quero ser doutrinada por você! Como faço para fazer parte do seu harem alpha!?

Rebeca Chambers disse...

Começo a acreditar que a Lola persegue alguns comentaristas por que não consegue sustentar os seus argumentos falhos.

Força Jonas!

Anônimo disse...

Rad se passando por homem detectada

Anônimo disse...

Anon das 15:51 ódio sempre vai existir e isso é péssimo. Mas é ridículo chorar sobre misandria como se ela fosse tão socialmente danosa quanto a misoginia. Misóginos agridem física e verbalmente, assediam, humilham, estupram e matam todos os dias pra expressar seú ódio pelas mulheres; misândricas até onde eu já tenha visto se limitam a evitar os homens e odiá-los à distância pela internet. Usar misandria como desculpa pra tirar o foco dos problemas femininos e colocá-los nos homens é uma tática machista bem antiga e pouco original, que ninguém mais leva a sério.

Arnold e Doutrinador: voltem pro seu esgoto mascu. Sério. Os ratos estão com saudade.

Rebeca Chambers (ou melhor, Thomas Toddy disfarçado): se você não gosta do blog, por que ainda está se torturando aqui? Masoquismo?

Anon das 17:50 essa técnica de se passar pelo outro sexo pra deixar comentário é típica dos mascus, não das radfems-se é que alguma vem aqui.

lola aronovich disse...

Agora, além de um Thomas Toddy Fan Club, precisamos ter um movimento FREE JONAS aqui no blog?
Rebecca, além de ter certeza que vc não é mulher, começo a acreditar que vc usa qualquer pretexto pra me atacar. Desde quando eu persegui o Jonas?
Eu até gosto do Jonas, apesar d'ele ser de direita.
Arnold, tá difícil entender o que vc escreve. Não exagera tanto, rapaz! Abração pra sua irmã!

Rebeca Chambers disse...

Lola por acaso não posso demonstrar empatia por alguém que não seja feminista aqui no blog?

Prove que não sou mulher!

q disse...

O q seria exatamenre misandria? Falaram da mulher q foi estuprada várias vezes e agora n quer saber de homem. Aposto q ela n sai por aí matando homens ou criando sites de ódio.Se existem mulheres assim, são um grão de areia comparadas aos montes de caras q espalham ódio contra as mulheres. Se a pessoa é... pessoalmente contra qualquer coisa q seja, isso n é um problema, desde q ela n aja, n discrimine. Nunca vi homens com medo de misândrica, apenas irritados com elas

q disse...

Anon das 18:06, n tinha visto seu comentário, mas é bem isso q vc disse q eu quis expressar

Anônimo disse...

O que seria JPBF?




Carlos

lola aronovich disse...

Rebeca, não tenho interesse nenhum em provar qualquer coisa sobre vc. Nem sei quem vc é!


Carlos, JPBF é Jovem Pobre Beta Feio. Eu acho. Quando se fala em alfa e beta, já se pode ver que é coisa de mascu. Até horóscopo divide as pessoas em mais categorias que os mascus dividem os homens.

Anônimo disse...

Aff, rsrs

Grato Lola, esperava que fosse algo mais elaborado.




Carlos

Anônimo disse...

Free Jonas, eu apoio.

#somxstodxsjonxs

lola aronovich disse...

Desculpe te decepcionar, Carlos. Nunca espere algo mais elaborado vindo de um mascu.


Seria possível juntar o Free Jonas com o Thomas Toddy Fan Club? Tipo Free Thomas Jonas, sei lá.

Anônimo disse...

Thomas Jonas vai ser o nome do meu filho!
Obrigada, Lola!

Pode ser Jonas Toddy Free Club o movimento de libertação.

Doutrinador disse...

Feminista terceira onda, não tenho um harem, mas estou aberto a ler os seus argumentos.
Anônimo (a) das 18:06, me chamar de "mascu" (seja lá o que isso for) e "rato" não vai fazer você estar certo(a); pressuponho que vc discorda de mim, então se quiser discutir argumentos, e não a pessoa, estou aberto a ler os seus.

Anônimo disse...

A Death de Sandman é super foda mesmo! *-*

Camila

Julia disse...

aiai, os últimos comentários aqui estão hilários.

"Até horóscopo divide as pessoas em mais categorias que os mascus dividem os homens."

rs

Julia disse...

"#somxstodxsjonxs"

Sei que está tirando uma da nossa cara mas achei graça tbm.


Enfim, queria dizer que misoginia não é só 'ódio' a mulher. É também menosprezo ou desprezo. Quando tentam diminuir as mulheres ou qualquer coisa considerada feminina.
To falando isso porque é muito mais fácil encontrar esse tipo de misoginia do que o ódio explícito tipo "mulheres gostam de apanhar", ou "tem mulher que merece ser estuprada".

Pelo menos é assim que vejo, se estiver falando besteira me corrijam.

Death disse...

Eu e a Raven a mesma pessoa? kkk, que engraçado!

Não tenho a mesma desenvoltura para contribuir com os tópicos e nem sou tão bonita ;D

lola aronovich disse...

Do I lie, Julia, do I lie?


Achei graça também do #somxstodxsjonxs". Às vezes me pergunto se as pessoas que colocam x em todo lugar fazem isso pra sacanear ou se realmente não tem a menor ideia do uso do x.

Anônimo disse...

Não é questão de estar perdendo ou caindo na armadilha, se me permite opinar. Eu só acho que quanto mais ibope se dá pro pessoal reaça, mais baderna eles fazem.
A super Nany dá uma dica muito interessante sobre como educar crianças - quando elas não se comportam e esperneiam pra chamar atenção (depois de várias tentativas de diálogo sem sucesso), o melhor que os responsáveis podem fazer é não dar conversa. É assim que eles tem o controle da situação. A criança vai entender que não adianta gritar, chorar nem espernear - ela precisa refletir sobre o que os pais propoem como o melhor pra elas no momento e obedecer.
Olha todo esse rolo que deu com a Lola e os perfis fake que fizeram pra chamar atenção e caluniá-la; são atitudes extremamente infantis, vindas de pessoas totalmente imaturas e sem nada pra fazer de útil, que só servem pra incomodar quem está fazendo algo realmente útil.
Cabe castigar esses pirralhinhos pra que aprendam a se comportar como gente grande, se é como gente grande que querem ser tratados.
O castigo? Bota eles tudo na "cadeirinha da reflexão" chamada Processo Judicial.
Na maioria dos casos funciona. Se não, sinto muito, aí só Jesus (risos).

Anônimo disse...

~Camila

Anônimo disse...

'Pra mim libertários são Olavettes moderadas.'
Então você não sabe do que está falando, apesar de ambos não gostarem da esquerda, olavetes e libertários definitivamente NÃO são a mesma coisa e vivem brigando.Verbalmente é claro.
Libertários são apenas os que seguem o princípio da não agressão, que resumindo significa que você não tem o direito de agredir ninguém e que se alguém te agredir você tem o direito de revidar, só isso.Eles seguem isso e as implicações desse princípio, e basta um pouco de lógica pra ver que isso não tem nada contra uma sociedade feminista por exemplo
Já olavetes são uns imbecis totais, o guru deles fala tanta merda que é fácil perder a conta.No IMB ele virou uma piada depois de falar que o Ron Paul é agente russo e que a escola austríaca de economia foi criada pelos Rockfellers
Fora isso o Olavão itself é um mentiroso mal carater escroque total, tem vários blogs de ex alunos do curso lixo dele expondo várias mentiras dele, um dos meus preferidos é fácil de achar, basta botar no google 'blog ex aluno pérolas olavo de carvalho'

Death disse...

O cara me responde as seis da matina, é sério? Tem vida social?

Pode choramingar a vontade, conheço vários libertários, são iguais as Ollavetes mas o seu nível de alucinógeno é um pouco mais baixo, só.

Anônimo disse...

Death... você só repetiu o que disse antes,achismo gratuito sem argumento nenhum pra embasar nada, e sou eu que estou choramingando? haha
Esquerdistas esquerdando.

Raven Deschain disse...

Ué eu concordo com isso de libertários = olavettes. Beleza oq vc explicou, ok.

Mas se parece com um pato, grasna como um pato, anda como um pato. Esse diabo deve ser um pato!

Se vcs não são olavetes não se comportem como tal, uai.

Anônimo disse...

Estou falando! A "Death" não consegue sustentar um argumento vem a "Raven" defendê-la!

Acordem! São a mesma pessoa!!!!

Anônimo disse...

Também começo a pensar que a Death e a Raven são a mesma pessoa....

bem pensando, anonimo.

Fã Clube do Thomas disse...

E podem reparar que elas adoram atacar o Thomas....

Anônimo disse...

O fato da "Death" e da "Raven" não se defenderem (aca, sumirem) só comprova ainda mais a minha tese!

Raven Deschain disse...

Vcs são todoa retardados.

A verdade é que a Death e eu moramos juntas e entramos no blogue juntas, sentadas no colo uma da outra chupando um pirulito.

Atacar o Thomas? Pff, eu transo.

Anônimo disse...

As pessoas tem direito de gostar quem quiserem. Quer queiram ou não. Tudo é racismo hoje em dia. Vocês choram demais.

Raven Deschain disse...

Mwahaha vou confessar: comentei de propósito depois da Death só pra provocar. Consegui! Uhull júbilo!

Death disse...

E eu estou comentando depois da Raven só por pura trollagem mesmo.

Anônimo disse...

Doutrinador, você usa o nome (se não for o próprio) de um dos maiores gurus mascus do Brasil, algo que todo mundo que frequenta esse blog sabe, e jura que eu preciso explicar por que te chamei de mascu? Aham. Vai catar cajá em pé de coco, master-mascu wannabe.

Raven Deschain disse...

De puro desaforo.

Anônimo disse...

O escritor do blog toma aquele remédio de calvice que deixa o cara impotente.

Anônimo disse...

Fiquei sabendo que os mascus se reúnem para fazer orgias gays(nada contra) e cultuar falos, nas cerimonias o ritual mais importante é o beijo na ponta do pênis de um búfalo reprodutor(símbolo da máximo da masculinidade para eles).

Anônimo disse...

Misandria está aí escancarada de todas as formas na mídia. Inclusive na sociedade, trabalho e etc. Vcs não percebem pq pimenta nos olhos dos outros é refresco

Anônimo disse...

Nada a ver! Vcs não tem noção da realidade.