domingo, 1 de março de 2015

PALESTRAS EM MARÇO PARA CELEBRAR AS MULHERES

Pessoas queridas, este é um post para anunciar minhas próximas palestras (eu geralmente publico este tipo de post aos domingos).
Dia 5 de março, quinta-feira, estarei na Fundação Armando Álvares Penteado (FAAP), às 14 horas, para a palestra "Mulheres na Mídia", na companhia das autoras do zine Gemada. A frente feminista Agnés Varda está promovendo uma semana inteira de oficinas, debates, cineclube e rodas de conversa sobre a mulher em diversas áreas (artes plásticas, cinema, relações internacionais, propaganda). 
Faz um tempão que não entro na FAAP! Pra quem não sabe, eu fiz faculdade de Propaganda lá entre 1986 e 88, ou seja, muito antes da maioria de vocês nascerem. 
No mesmo dia, à noite, às 20 horas, será a vez de eu estar no Sesc Santana, com a escritora e blogueira Clarah Averbuck e a socióloga Maria Lygia Quartim, com a mediação de Inês Castilho, para a mesa redonda "Caminhos e Legados". É imperdível, e é grátis (todos os eventos, tirando o último, são grátis e abertos ao público). 
Aliás, o Sesc está com toda uma agenda incrível para celebrar o Dia Internacional da Mulher, em março, através do De/Generadas. Dê uma olhada na programação
No dia seguinte, 6 de março, sexta-feira, a partir das 9 h da manhã, estarei no Largo São Francisco, na Faculdade de Direito da USP, para ser debatedora no Cinedebate a respeito do documentário O Riso dos Outros. Faz parte da calourada da faculdade, mas também é aberto a todxs.
Às 18 h, ainda no dia 6, darei a palestra "Machismo na Universidade", na Unesp de Botucatu. Fui convidada pelo coletivo feminista Genis e a Faculdade de Medicina da Unesp. Será na Casa da Arte do campus de Botucatu. 
Intervenção do Genis em
escada do campus
Fico muito feliz com esse convite (e com todos os outros também), porque em abril do ano passado publiquei um guest post do coletivo denunciando trotes violentos e estupros em repúblicas. De lá para cá, o Genis cresceu e conseguiu ser ouvido pela diretoria da universidade. Tanto que este evento é justamente para conscientizar calourxs de que não devem aceitar a violência. 
Convites são assim. Alguns se concretizam, outros não. Era pra eu ir dar uma aula magna na Universidade Federal de Rondônia no dia 10, mas acabaram não conseguindo verba, e estou no aguardo de um convite para a Universidade Federal Fluminense, em Niterói. Vamos ver se sai... 
Mas já está marcado (estou com passagem na mão e tudo) uma palestra minha no dia 15 de março (um domingo!), em Maceió, para o I Seminário Parto e Nascimento: Perspectivas de Humanização. Pois é, ao ser convidada pelo Roda Gestante, eu perguntei: "Vocês sabem que eu não sou mãe, nem nunca engravidei nem pari na vida, né?" Elas sabiam, e ainda assim consideraram minha presença importante. Minha palestra se chamará "Temas que caminham juntos: Ativismo materno e feminismo". 
Como o evento acontecerá num fim de semana (se bem que começa na sexta 13), eu ficarei lá os dois dias para ver as outras palestras e aprender. Minha segunda vez em Maceió! (a primeira foi em janeiro).
Fora isso, aulas e reuniões todos os dias na UFC. E entrevistas, muitas entrevistas. 
Ah, e tem um certo blog também pra atualizar diariamente... Não está fácil. Mas tem tanta atividade acontecendo que só gente muito sem noção poderia dizer que o feminismo está em baixa. 
Sinto-me muito honrada e feliz em fazer parte dessa movimentação toda. Assim que aparecerem outros eventos, eu aviso. E é só me convidar que faço o possível pra ir. 

13 comentários:

@dddrocha disse...

Lola, vi a reportagem da folha com você e outras lindas, achei muito foda e mostrei pra várias amigas.
Aliás, uma amiga tem entrado no feminismo e compartilhado seus links, fico orgulhosa.
Queria que voltasse em BH, espero que esse ano dê certo!

Fabio Guapo disse...

Off? Até o Brasil figurava na lista antes de 1988... http://spotniks.com/leis-mais-ridiculas-ao-redor-mundo-contra-os-direitos-das-mulheres/

Anônimo disse...

Lola, você já pensou em publicar as palestras que dá? Acho que faria muito sucesso. É muito trabalho, seria bom registrá-lo.

Anônimo disse...


lOLA SOU SUA FÃ POR FAVOR VENHA FAZER PALESTRAS NO RIO DE JANEIRO

Anônimo disse...

Lolaaaa,
recebi um email pedindo pra assinar uma petição
Pra tirarem no ar o canal do youtube de um tal de gustavo guerra.
Ele tem um video contra você no canal, inclusive. E varios racistas, homofóbicos e misóginos

Ta aqui o link da petição
https://www.change.org/p/google-inc-retire-do-ar-os-v%C3%ADdeos-do-criminoso-gustavo-guerra-ele-defende-o-racismo-e-a-viol%C3%AAncia-contra-mulheres-nazistan%C3%A3o?utm_source=action_alert&utm_medium=email&utm_campaign=252476&alert_id=jFAgIdUpmZ_TGQi3IUmV2gwfzlyr2W1dpZbtZwsjkbvEtRxvEc0c2c%3D

Y.

pp disse...

Lola, queria muito que viesse a BH!!!

Anônimo disse...

Diva

Dia 04 de março será...
AUDIÊNCIA JUDICIAL DA AÇÃO CONTRA DANILO GENTILI

Em relação ao festival de ofensas que este (des) humorista fez contra a Michele Máximo, a moça que teve o título da maior doadora do Brasil.
Aqui o link do facebook com maiores informações da audiência:

https://www.facebook.com/mamatraca?fref=ts

Camila Lobo disse...

Lolaaaa, tô chocada! Eu estudo na Universidade Federal de Rondônia e faltou verba! Putz :O O convite partiu do Centro Acadêmico ou de algum Departamento? Poxa vida, que tristeeeee! Adoro suas postagens, estou aprendendo muito sobre o Movimento Feminista! Obrigada!!

Nelia disse...

Ai que legal, acho que desta vez conseguirei te ver em algum dos eventos de SP. Muito bom.

Anônimo disse...

Lola, também faço votos pra que vc venha ao Rio! Vem, Lola, vem!!!
Mariana

Anônimo disse...

Lolaaaa, vem pro Rio logo, ansiosa por essa visita!!
Não esquece de dizer que vem antes!
Beijos

Tecle Mulher disse...

MARÇO - MÊS DA MULHER MARCA O LANÇAMENTO DE SITE ESPECIALIZADO NO COMBATE À VIOLÊNCIA CONTRA A MULHER
O mês de março, MÊS DA MULHER é marcado com a inserção virtual do novo site da OSCIP Tecle Mulher – Assessoria e Pesquisa no Âmbito dos Direitos da Mulher - www.teclemulher.com.br que propicia o atendimento virtual para as questões dos direitos e violência contra meninas e mulheres. O site apresenta notícias atualizadas, campanhas e artigos, além de espaço para que profissionais das áreas do Direito e Psicologia possam divulgar seus serviços profissionais para atendimento particular das mulheres que procuram ajuda, assim como para doações de pessoas ou empresas que estejam sensibilizadas com a causa da discriminação e violência contra meninas e mulheres. Confira nosso trabalho em www.teclemulher.com.br.
Contato: teclemulher@teclemulher.com.br

Ana Nazaré disse...

Aaaaaaaaaaaah só vi agora, vou dar uma olhada no blogger, acho q eu vou