segunda-feira, 2 de fevereiro de 2015

ESQUEÇA O PADRÃO, VIVA A BELEZA

Segunda passada recebi um email muito simpático da jornalista Ana Carolina Pinto, que estava fazendo uma matéria para o site do jornal Extra. Ela queria um depoimento meu sobre um assunto que eu nem estava a par.
Era sobre Vanessa, uma adolescente de 14 anos, 1,61m de altura e 70 quilos, moradora da zona rural da pequena cidade gaúcha de Canguçu. Instigada pela mãe, Vanessa se inscreveu para participar da seletiva do Garota Verão. Ela desfilou diante de um público de 3 mil pessoas. Não venceu o concurso, mas foi muitíssimo aplaudida. 
Assim que me informei sobre o caso, respondi a Ana: 
"Vanessa é linda e foi corajosa em participar de um concurso que só reforça um único padrão de beleza. Mas não creio que deveria haver concursos de beleza para menores de idade. O problema nem é o concurso de beleza em si, e sim com a sociedade, que julga as mulheres somente pelo lado estético o tempo todo. 
Dilma na posse: comparada a um
botijão de gás
"Assim como julgam Vanessa, de apenas 14 anos, julgam Dilma, uma senhora de 67 anos que não foi eleita para ser miss, e sim para governar um país. Então fica a lição de que, se você é mulher, não há data de validade para que seu corpo pare de ser avaliado. Começa quando você nasce e acaba só quando você morre. 
"A mensagem de Vanessa parece ser 'levante a cabeça e seja feliz, independente da sua forma física', e eu concordo totalmente com essa mensagem. O chato é que seja preciso uma adolescente desfilar de biquíni num concurso de beleza para passar essa mensagem. Se essa mensagem fosse óbvia para todo mundo, talvez concursos de beleza nem existissem."
Além da minha opinião, o jornal publicou também as excelentes palavras de Daniela Lima, coordenadora do coletivo feminista Jandira:
"Ainda hoje, nós acabamos achando que se empoderar é ser reconhecida num espaço que serve ao desejo do homem. Num primeiro momento, acho muito importante que as mulheres reais se vejam representadas por uma mulher real, já que isso é empoderador. 
Garota Verão 2014
"Mas não podemos separar essa representação de seu contexto: um concurso de beleza. Então, existe uma subversão muito importante para todas nós do padrão de beleza. Mas essa subversão ainda é feita através de uma estrutura de dominação. Talvez seja o momento de questionar a própria estrutura, que permite a objetificação da mulher e o julgamento do seu corpo em espaço público. Vanessa deu um passo muito importante, agora precisamos continuar caminhando".
Concordo totalmente com Daniela. E o Secretário de Cultura de Canguçu lançou uma nota bacana na página da Prefeitura no FB, onde a foto de Vanessa recebeu onze mil curtidas:
"Devido à repercussão desta postagem e aos questionamentos que recebemos optamos por esclarecer alguns pontos. A candidata Vanessa Braga participou de um desfile realizado em Canguçu (RS) no dia 18 de janeiro. Vanessa não foi a vencedora oficial, mas seu exemplo serviu de inspiração para milhares de pessoas que curtiram, enviaram mensagens de apoio à candidata e se sentiram, de alguma forma, representadas. 
"Apoiamos a diversidade de pensamento, o questionamento aos padrões estéticos tradicionais e a ruptura de conceitos machistas e conservadores. Da mesma forma, repudiamos toda e qualquer manifestação de ódio ou preconceito externada nesta publicação. Canguçu, um município para todos e todas.”
Creio que podemos dizer que a atitude de Vanessa fez um evento medíocre e desnecessário ter um pouco mais de importância. 
Um dia antes, no domingo, aconteceu o concurso de Miss Universo. Eu nem teria ficado sabendo se ele não tivesse entrado nos Trending Topics do Twitter. Não falei nada do concurso. Me limitei a dar RT nesses dois tuítes que achei engraçadinhos:
Porque, mesmo que
algumas mulheres
não mereçam ser
estupradas, é o que
todas querem
Mas, óbvio, isso não impediu que o lixo da internet (rapazes que parecem não ter saído da quarta série e que têm como missão na vida fazer stand-up bullying contra feministas e demais ativistas sociais) usasse imagens minhas para tratar do concurso. Este tuíte foi apenas um entre vários que chegaram até mim.
Alguma dúvida que essa gente que ataca feministas (que lutam contra a opressão das mulheres) é a mesma que acha que mulher só serve pra ser decorativa, e que qualquer mulher fora do padrão de beleza não deveria sequer existir? Alguma dúvida que essa galera zoa também Vanessa e qualquer menina que desafie a ditadura do padrão único?
Ao mesmo tempo em que esses rapazes (atenção: não adolescentes, e sim adultos que ficaram presos no primário) tiram sarro da menina gordinha que ousa entrar num concurso que não foi feito pra ela, eles também riem dos concursos em si. Todas as participantes, segundo eles, são burras como uma porta. Todas são interesseiras que só querem sair na Playboy ou descolar um marido rico, enfim, tirar algum proveito da sua beleza (dãã, elas estão num concurso de miss, que mede centímetros da cintura e dos seios, não QI).
Não é incrível? Machistas não criticam instituições, não criticam a Playboy ou toda uma indústria de entretenimento para adultos que os atende. Eles criticam as mulheres que participam dessas instituições. São elas as putas, as vadias, as que vão envelhecer logo e não terão mais nada a oferecer, as que querem sugar seu dinheiro. 
Feministas são o contrário: criticamos o sistema. 
Mulheres fazem protesto na Urca
contra gordofobia
Feminista não critica participante de concurso de beleza. Feminista critica o concurso, os padrões impostos por esses concursos, a influência que esses concursos têm sobre meninas jovens, a imposição de um padrão único de beleza, a ideia de que mulheres devem ser avaliadas por sua aparência, e ainda por cima competir entre si para o deleite do patriarcado. Quem critica participante de concurso de beleza são os machistas.
Mas quer misoginia mais confortável do que essa? Olha que lindo: o machistóide ataca as mulheres que estão fora do padrão e por isso não têm como participar de um concurso de beleza (não querer parece não ser uma opção), e ataca as mulheres que participam, porque ser bela, pra eles, equivale a ser ignorante, fútil e interesseira. Só aí o cara já atacou todas as mulheres do mundo. De lambuja, ainda ataca as feministas, que são nada mais nada menos que defensoras de mulheres. Além disso, faz questão de comparar feministas com participantes de concursos, para reforçar o falso estereótipo de 160 anos de que feministas são feias e peludas. 
Tem mais: o machista pode relaxar e atacar e avaliar todas as mulheres sem ele mesmo ser avaliado. Ou seu rosto está escondido por trás de um avatar, ou ele sabe que aparência física só é realmente importante para mulheres. Sim, óbvio, a beleza convencional ajuda a todos, inclusive aos homens, e sim, óbvio, homens fora do padrão também são xingados de feios horrorosos (é só ver que, na mesma semana, Edu Testosterona exigiu nudes de ruivas e foi parar nos TT do Twitter, com muita gente condenando sua aparência; um clássico "feitiço contra o feiticeiro", pois a carreira inteira de Edu consiste em xingar mulheres fora do padrão).
Porém, não dá pra embarcar na lenga-lenga que isso é igual pra homens e mulheres, porque evidentemente não é. Pra homens, não existem termos como barangos, mocreios e dragões. Homens são julgados pelo que fazem e pelo que têm, não pelo que são. Um homem pode se destacar de diversas formas, enquanto uma mulher, independente do quanto ela se destaque, sempre será avaliada por sua aparência.
Quer um exemplo? Na quinta saiu o obituário num jornal falando de uma das escritoras mais populares da história da Austrália, Colleen McCullough. Além de publicar bestsellers, McCullough também foi neurocientista. Seu obituário, que descreve sua vida, começa com: "McCullough, autora que mais vendia livros na Austrália, era um charme. Sem atrativos físicos, e certamente acima do peso, ela era, de qualquer jeito, uma mulher calorosa e irônica. Numa entrevista, ela disse: 'Nunca me preocupei com roupas e o interessante é que nunca tive problemas em atrair homens'."
Você consegue imaginar um obituário assim para descrever algum homem? Não, e não é porque escritores fora do padrão de beleza estejam em falta. É apenas que isso não é considerado importante para um homem. Ele será avaliado pelo seu talento. Já McCullough, que nunca foi candidata a miss, não teve escolha. Como era mulher, as matérias sobre ela tinham que falar sobre sua aparência. 
Recebo com certa frequência emails de meninas jovens, de doze, treze anos, que estão desesperadas. Uma era insultada por desconhecidos na rua. Outra foi escolhida numa eleição informal a menina mais feia da escola. Só repetindo: essas meninas têm 12 e 13 anos. E se tivessem 14, 18, 30, 45 ou 80 também não seria aceitável. Mas com 30, 45 e 80 já nos gostamos mais, nos aceitamos, e temos força para dizer um belo de um "Vai se danar, seu babaca" pra quem insiste em julgar sua aparência. Com 12 ou 13 é bem diferente. Queremos pertencer. Ainda estamos tentando entender como o mundo funciona. E não compreendemos a misoginia. Levamos pelo lado pessoal, sem saber que você está sendo avaliada por ser mulher, não por ser você.
Mas eu digo pra essas meninas: não aceitem ser colocadas nessa passarela. Não aceitem ser julgadas. Vocês não estão num concurso de miss. O mundo não é um concurso vitalício de miss a céu aberto, como a sociedade quer fazer você acreditar. Se alguém te julga, dê de ombros. Aquela opinião simplesmente não deveria ser relevante pra você. Tipo, quem morreu e o nomeou deus? Dane-se o que ele pensa. Só quem tem que gostar de você é você mesma. E você tem todo o direito de gostar dos seus seios, da sua barriga, das suas coxas, do seu nariz, por mais que estejam fora do padrão. 
E se você não gostar, paciência. Arranje outras qualidades em você pra gostar. Goste-se por ser divertida, por ser inteligente, por ser boa atleta, por ser uma excelente amiga. E não acredite nunca quando te disserem que você morrerá sozinha. Volte ao obituário da McCullough (pra alguma coisa ele tem que servir) e leia a parte em que ela afirma que, embora não fosse bonita, nunca lhe faltou homem. Porque tem um montão de gente que não se deixa guiar pela ditadura da beleza. Tem um montão de gente que vai se apaixonar por outras qualidades suas. E mesmo aqueles que gastam tanto tempo e energia te chamando de dragão devem sentir um tesão muito enrustido por você, ou eles gastariam seu tempo e energia em coisas mais úteis que insistir que não te desejam.
E sabe o que mais aconteceu na semana passada? A fantástica atriz Viola Davis ganhou o prêmio do sindicato dos atores para melhor atriz numa série dramática, por seu trabalho em How to Get Away with Murder (eu vi quatro episódios e achei tudo, menos a atuação de Viola, bem fraquinho). Ela foi a terceira atriz não branca a ganhar este prêmio. E ela fez um belo discurso de agradecimento. Agradeceu por aceitarem que uma personagem "sexualizada, misteriosa, problemática, pudesse ser uma mulher afro-americana de pele escura e de 49 anos que se parecesse comigo". 
No final, ela agradeceu a todas as pessoas que a amam exatamente como deus a fez, e especificou que essas pessoas eram seu marido, sua filha de 4 anos, e sua mãe. Podia ter me colocado na sua listinha também, Viola. Mas, sinceramente, precisa mais? 
Pra mim, já basta ser amada pelas pessoas que me amam. E por mim mesma. 

138 comentários:

Anônimo disse...

Tão difícil... concordo com tudo que você disse na teoria, mas ainda me pego pensando em dietas malucas pra ficar dentro do "pegável"... q vergonha de meus próprios pensamentos machistas...

Anônimo disse...

Todas as mulheres são reais. Talvez fosse mais adequado falar em "mulher comum".

Anônimo disse...

O maior inimigo das mulheres é a indústria cultural que vende mais mentiras.

Acredito que todos e todas devem ser alertados contra esses mentirosos que invadem nossas telas e bancas de jornal.


Por causa deles vivemos num mundo de mentiras.


As pessoas devem se sentir bem como são, independente de modas vendidas pela tv.

Anônimo disse...

"Pra homens, não existem termos como barangos, mocreios e dragões"

Tem razão Lola, ate porque mulher ta pouco se lixanso peã aparência de homem, que gosta de homem bonito, e homissexual masculino.
Para homem existem os termos: " fracassado, perdedor, Zé ninguém etc.
Mulheres vêem homens como utilitários, nunhuma mulher ama um homem em sim, ana sua utilidade, seja provedora ou fetichista.
Que e o objeto então Lola?

Anônimo disse...

"Pra homens, não existem termos como barangos, mocreios e dragões"

Tem razão Lola, ate porque mulher ta pouco se lixando pera aparência de homem, que gosta de homem bonito, e homissexual masculino.
Para homem existem os termos: " fracassado, perdedor, Zé ninguém etc.
Mulheres vêem homens como utilitários, nunhuma mulher ama um homem em sim, ama sua utilidade, seja provedora ou fetichista.
Quem e o objeto então Lola?

Anônimo disse...

Lola, você poderia fazer um post falando sobre ''músicas feministas'', lembrei disso porque nesse post você escreveu que as feministas não criticam as meninas que fazem concursos de beleza, e sim o padrão de beleza que esses concursos impõem, quando li essa parte lembrei daquele vídeo da Beyoncé, chamado Pretty Hurts, eu gostei da letra, aliás, Pretty Hurts foi escrita pela Sia, que vendeu a música pra Beyoncé, e olhando os comentários do vídeo, muito gente critica a Beyoncé por cantar essa música, porque segundo eles, ela não é o melhor exemplo pra cantar a música...Enfim, Lola, você já viu esse vídeo ? Outra curiosidade que eu tenho é, o que você acha do feminismo da Beyoncé ? Têm gente que diz que ela não é feminista coisa nenhuma, e que só está se aproveitando do feminismo.

Ana A disse...

Que post lindo, Lola! Queria que todas as mulheres lessem.

Anônimo disse...

Sou mulher hetero e gosto de homem bonito (com conteúdo) sim. Legal esses homens falando o que mulher gosta e não gosta. São trans e querem virar mulher? Porque já estão super por dentro da mente feminina -sqn

Jonas Klein disse...

Ola Lola.


Ate achei interessante o artigo, agora e importante que deixe claro aqui que, não existe um estilo de corpo feminino, universalmente aceito como bonito, e isso eu constato todos os dias na internet, apenas que existe e alguns estilos de corpo que são considerados bonitos pela maioria e outros que não.

E nesses concursos de Miss seja la que for, atualmente (não sei se sempre) tem mulheres que são juradas, por tanto não só homem que decidi quem vai ganha o concurso.

Quanto Vanessa propriamente dito, eu ate comprimento ela, pela coragem de ter se exposto desta forma, e por ter entrado nesse concurso, com os objetives que a levaram a entrar.

Agora quanto parte física dela, se pode constata só de olhar para as fotos e vê o peso e altura dela, que ela ja tem quadro leve de obesidade, com 1,61 mais do que 55kg já e um peso acima do normal para ela, amenos que ela fosse muto musculosa, ai talvez esse peso ainda fosse normal para ela.

E sempre lembra que peso em excesso prejudica muito a saúde.

Anônimo disse...

"Feminista não critica participante de concurso de beleza. Feminista critica o concurso, os padrões impostos por esses concursos,"

Desculpa mas isso simplesmente não é verdade. Tem muita, mas muita feminista de carteirinha inconfiscável que critica as tais "validadoras do patriarcado" com argumentos borderline com a ideia de "se dar ao respeito". Sororidade pra quê?

Jonas Klein disse...

Anonima das 11:08.

OBS: 1 você não precisa inventa dietas malucas para emagrecer, e só para de come demais, comer besteira e começa fazer atividade física (o ideal e academia) que logo você já fica com seu corpo em dia.

OBS: 2 você querer se torna esteticamente atraente para os homens isso não nem de longe machismo, mas se você disse que quer casa virgem, porque algum retardado(a) te disse que isso seria certo, por você ser mulher ai sim seria machismo direto.

Boa tarde.

------------------------------------

Anonimo das 11:41 ou melhor Claudio (seu fracassado msm), o que que foi ta com medo de mim? e por causa daquela moco que te fis paga aqui ha algumas semanas atras? e por isso que você não assina mais os comentários?

Trícia disse...

Anônimx das 11:39
"O maior inimigo das mulheres é a indústria cultural que vende mais mentiras"
Onde é que eu assino?
Lolíssima, tô pensando em participar pela primeira vez do bolão do Oscar!
Ontém assisti Big Eyes e pensei em você o TEMPO TODO, vc já viu? Das produções 2014 que eu vi até agora é o melhor disparado! O Livre (Wild) com a Reese Witherspoon também é ótimo, mas eu li o livro em ritmo ultra acelerado (já tinha, a essa altura, baixado o filme) ANTES do filme (sempre antes, claro!), então o livro foi muito mais impactante prá mim. O filme foi muito bem adapatado e produzido, mas, .... Big eyes ganhou meu coração e mente! E tem a maravilhosa Amy Adams!

Anônimo disse...

Eduardo Cunha, corrupto, o cara que quer impedir que mulheres vítimas de violência sexual recebam atendimento básico, coloca na comissão de constituição de justiça um outro corrupto que por sinal é agressor de mulher.

Tá bonito, tá bacana, tá Brasil.

Anônimo disse...

Lola você sabe quem é esta moça na capa da playboy que vc postou no texto?

Anônimo disse...

a questao ela ser julgada pela aparencia e nao pelo trabalho....critica-la pelo trabalho sem tocar na aparencia é totalmente diferente

Anônimo disse...

É tudo muito lindo mas, como alguém que está bem fora dos padrões, sou honesta quanto a essas coisas.

Todo esse destaque pra ela foi pela "coragem". Ou seja, por ter coragem de se mostrar... assim. Podem falar que ela é bonita (e é mesmo), mas, aos olhos da maioria das pessoas, é como se fosse um ser de outro planeta tendo a audácia de se mostrar por aqui.

Não acho que esses casos ajudem a mudar muita coisa.

Anônimo disse...

"A mensagem de Vanessa parece ser 'levante a cabeça e seja feliz, independente da sua forma física'//

Mas deveria ser: tome vergonha na cara e perca o peso excessivo que a está deformando e a fazendo infeliz e fique de bem com a vida (que já é complicada o suficiente).

Anônimo disse...

"e sim com a sociedade, que julga as mulheres somente pelo lado estético o tempo todo."

As PROPRIAS MULHERES se julgam pela aparencia fisica! Pelo menos as mulheres são julgadas pelo o que são...

Pior são os homens que sao julgados pela sua utilidade!

Ta-chan disse...

"Anônimo disse...

"Feminista não critica participante de concurso de beleza. Feminista critica o concurso, os padrões impostos por esses concursos,"

Desculpa mas isso simplesmente não é verdade. Tem muita, mas muita feminista de carteirinha inconfiscável que critica as tais "validadoras do patriarcado" com argumentos borderline com a ideia de "se dar ao respeito". Sororidade pra quê?
2 de fevereiro de 2015 13:07"

Esse esquizofrenia feminista de não poder criticar mulher alguma...Pelamor gente se não criticar comportamentos machistas e preconceituosos no nosso próprio meio como vamos crescer???
Essa sororidade cega não vai levar a lugar algum.

Anônimo disse...

dorei essa postagem eu vi ela no encontro a mãe disse que nem ela mesmo queria participar, ela tinha auto estima baixa como muitas mulheres pois o que se vende é isso aí veja o exemplo de andressa urach quase morreu em nome da beleza.

Anônimo disse...

Claro que a moça é muita bonita, quem disse que mulheres gordas não são bonitas? Conheço várias que dão de dez a zero em qualquer supermodelo magérrima. O que me espantou foram os comentários da notícia, uma porrada de mulheres (que provavelmente não estão dentro do padrão) vomitando críticas na garota por ter se atrevido a gostar de si mesma como é e mostrar isso pro mundo. O recalque foi grande. A felicidade alheia realmente incomoda os outros.

Anon repetitivo das 11:43, qual é o problema, hun? Você pode considerar as mulheres como objetos mas elas tem que te ver como ser humano? Você quer tratá-las como objeto decorativo e descartável, mas não quer ter o mesmo tratamento? Me diz, pra quê gente como você existe mesmo?

Anon das 14:49 sério mesmo? Você acha que toda mulher fora desse padrão mulher-esqueleto de beleza é infeliz, feia e "deformada"? Repito a pergunta que fiz ao anon acima: pra quê gente como você existe? Pra quê vocês servem?

Anônimo disse...

"Esse esquizofrenia feminista de não poder criticar mulher alguma...Pelamor gente se não criticar comportamentos machistas e preconceituosos no nosso próprio meio como vamos crescer???
Essa sororidade cega não vai levar a lugar algum."

A mulher é tratada feito lixo pelo patriarcado. Aí vem o feminismo e a trata como lixo também.

Qual a opção?

Continuar servindo ao patriarcado ou ser condenada pelo feminismo (você não se dá ao respeito, sua validadora) E pelo patriarcado (feminazi peluda e gorda)?

A opção é a inteligência, o esclarecimento e antes de qualquer coisa o acolhimento.

D Stoffel disse...

Aff e todo ano passa miss na tv e o mister agente nunca sabe quem é coincidência só q não...
No entanto essa da garota acima do peso eu gostei, porque tem haver sempre o mesmo padrões e não se pode ser bonito num outro padrão,parece que todo mundo tem que ser igual
Tem mulher querendo ser loira e magra a qualquer custo mesmo sem nem combinar com o tipo dela.

Concordo com você algum deles são mesmo burros se perguntam pq as mulheres se sujeitam a isso seja pra filme porno, revistas ou coisas humilhantes, quando a resposta está na cara $$$
pq simplesmente não param com isso chega de globeleza e afins.

E Só de olhar a cara desse zé bundão vulgo edu testosterona me dá vontade de vomitar odeio esse cara. ELE ENSINA BASICAMENTE COMO ESTUPRAR MULHERES. E pensar que as antas machistas seguem ele e ainda acham ele o máximo.

D Stoffel disse...

Semana passada Paola oliveira fez uma cena de fio-dental que já é normal na Globo, a mídia começou a endeusar a bunda da moça, mais uma vez a mídia caiu matando pra que todo mundo endeusasse uma bunda(como se já não tivesse muitas)
Depois já tava nos sites como ficar com o corpo de Paola Oliveira.

D Stoffel disse...

anom
Quem vê a mulher como utilitário é o homem afinal quem é que mais consome pornografia e faz exploração sexual/prostituição, trafico de mulheres e crianças.Isso é tudo voltado só para um público e consumido pelo mesmo.
Feministas tentam mudar esse horror há anos, sabia que muitas atrizes pornos tem seu anus caídos de tanta violência nas cenas e depois tem que costura-los, sim elas fazem por dinheiro mas é violência que os homens querem ver e fazer com as mulheres e isso vende.
Pois é essa objetificação e violência contra mulheres que queremos destruir.

Anônimo disse...

"Pois é essa objetificação e violência contra mulheres que queremos destruir. "

Apenas pra pegar um exemplo, meu comentário não é uma resposta direta a isso.

Não sou anti-porn mas sou bem pró-discussão. Acho super válido o debate. E acho muito melhor deslocar a base da discussão para o sistema de opressão do que ficar oprimindo a mulher que se vende, porque isso o patriarcado já faz, feminista não precisa fazer também.

Anônimo disse...

Stoffel...

As mulheres estao nos filmes pornos porque querem, ninguem as obriga!

Anônimo disse...

"Mas deveria ser: tome vergonha na cara e perca o peso excessivo que a está deformando e a fazendo infeliz e fique de bem com a vida (que já é complicada o suficiente)."

Que lindo, anon. Mas sabia que existe mulher que é magra e continua insatisfeita e infeliz com a própria aparência?
Porque será, hein?
Você tem uma solução pra esses casos também?

Quer dizer, um ser desprezível como você chama essa menina de "deformada" e o problema é com ela? Tem certeza disso?

Anônimo disse...

"As mulheres estao nos filmes pornos porque querem, ninguem as obriga!"

E quem consome os filmes pornôs, quem sustenta essa indústria milionária?
Pois eu vi um documentário sobre isso outro dia falando de como muitas dessas atrizes que fazem essas cenas violentas são jovens, chegam pra fazer essas cenas achando que é tudo normal, é assim mesmo, elas tem que aturar. Eu me pergunto quem foi que normatizou essa merda toda? As atrizes que tem poder de escolher as cenas e impor condições são as que estão há muito mais tempo na indústria e já tem um nome.
Então muitas outras são obrigadas SIM!

Raven Deschain disse...

Haha já fui eleita a menina mais feia da sala. Moças, vcs crescem. Nem esquentem. Daqui a uns anos, esses meninos (sim, as meninas não faziam essas eleições bestas) vêem o quanto foram bocós e vão ficar no pé de vcs. Rsrs


Raven Deschain disse...

Stoffel, nas suas fotos de perfil é vc mesma? São bonitas.

Anônimo disse...

Estes concursos acabam impondo o velho padrão, loira e magra.

a) Sou negra fui tratada como feia, boa parte da minha adolescência.

b) Quando fiz 15 anos, um menino loiro descendente de italiano, apaixonou- se por mim, começamos a namorar, de repente todo mundo me achou bonita.

c) Descobri o feminismo e percebi que não precisava de ninguém, para sentir- se bonita, é um estado de espiríto.

D Stoffel disse...

raven
kkk não sou bem diferente e vc é vc na foto?? :)

anom 17:16
sim elas escolhem fazer pq td mundo faz td por dinheiro e é um dinheiro alto, mas quem escolhe qual as cenas que agradam ao público=homem são os produtores,quanto mais violento melhor pra eles.
O intuito deles é fazer do sexo uma forma de estupro para mulher e ela tem que fazer cara que está adorando Não fazem sexo ser agradável a ambos. Tanto que o número de mulheres que vê porno gay ao invès de hetero é alto a mulher não gosta de se ver humilhada.
E isso tbm se torna um problema que afeta a vida sexual dos casais reais os homens vão atrás de prostitutas para conseguir o que querem, o sexo virou moeda de troca manter o casamento, e ganhar dinheiro.

Anônimo disse...

"Então muitas outras são obrigadas SIM!"

Constituição federal de 1988:

'Ninguém fará nada obrigado a nao ser em virtude do cumprimento da lei.'

Nenhuma lei diz que mulheres sao obrigadas a fazer filme porno quando selecionadas!

Raven Deschain disse...

Sou eu sim. ^^

Acho essa discussão sobre pornografia bastante válida. É problemática a forma como mulheres são retradadas no pornô e como isso se espelha em nossa realidade. Fiquei com um cara que achava que toda mulher adorava porra na cara e bom, não colega. Pare. Existe muito menino sendo escolado de acordo com o pornô hardcore e sim, há problemas nisso. Justamente pq esses filmes não chegam nem perto da realidade. Agora quanto a obrigatoriedade, é só ver os filmes de atrizes conhecidas. Gosto muito da Katja Kassin, por exemplo e quando ela era mais nova, meio desconhecida, haviam cenas absurdas. Hj, famosa, acredito que ela possa "escolher" com quem contracena e que cenas vai fazer. Anon, sério que vc não vê problema nenhum em mulheres sendo verdadeiramente espacandas em vídeos? Claro, existe o fetiche, existe BDSM, mas pela cara de umas moças que eu já vi, elas não tavam felizes com aquilo. E beleza, ninguém coloca uma pistola na cara delas, mas é um trabalho e se elas estiverem precisando vão se sujeitar a qualquer situação. Qualquer uma mesmo. Tipo, comer cocô.

Raven Deschain disse...

Mas pq é q a gente tá falando de pornô num post sobre uma menina de 14 anos? Q associação foi essa? Oo

Anônimo disse...

É verdade, anon das 19:01, a lei não obriga mulheres a fazer filme pornô. A lei também não obriga mulheres a ouvir cantada na rua, a trabalhar mais de oito horas por dia em empregos abusivos, a usar roupas consideradas moralmente adequadas pra não ser chamada de vadia, a aturar assédio caladas pra não perder o emprego, a se reprimir sexualmente pra não sofrer violência verbal, psicológica e estupro, mas adivinha? Esse monte de porcaria machista e estúpida continua sendo imposta às mulheres. Dos meios mais sutis aos mais explicitamente violentos. Uma coisa que eu tenho reparado nos últimos tempos, a sociedade e a mídia andam glorificando a ultraexposição, a nudez e a pornografia, mostrando isso indiretamente aos mais jovens e vulneráveis como algo positivo-pra depois que eles aderirem ao esquema e aceitarem se expor, jogarem pedras e serem violentas com essas pessoas. Vocês querem bater umazinhas mas ao mesmo tempo acham que as mulheres devem "se dar ao respeito" e não fazer pornografia? Cadê a coerência da machistaiada aí, hein?

Alice disse...

Os mascus de extrema direita estão agindo, são os neo-nazistas.


http://55ch.org/b/res/621749.html


http://www.brasilpost.com.br/ana-freitas/nerds-e-machismo-porque-m_b_6598174.html?ncid=fcbklnkbrhpmg00000004

Anônimo disse...

Adorei o post!

Anônimo disse...

O certo seria não ter mais concurso de beleza, sim, seria. Mas isso é tão longe da realidade que temos que começar por onde podemos.
Lembro de uma campanha para drogados que era:se drogue, mas não divida a seringa. O pessoal achou um absurdo. O correto é não se drogar. Maaaaas falar para não se drogar não ia adiantar, então que se droguem sem pegar aids.
Mesma coisa o concurso, ela assumindo seu corpo ja foi um passo enorme.

E saindo um pouco do assunto, concordo com quem disse que sororidade cega não serve pra nada. Tem muita mumher machista sim, e acho super valido apontar. Não é humilhar, é mostrar que ela està sendo machista e mostrar que ela também serà atingida agora ou no futuro. A diferença entre um homem e uma mumher machista é so uma: a mulher é mais burra, por ir contra si mesma. So isso.

Anônimo disse...

"A diferença entre um homem e uma mumher machista é so uma: a mulher é mais burra, por ir contra si mesma. So isso. "

Falta de sororidade e capacitismo, bem bacana, continue assim.

Anônimo disse...

não sou soeur de quem é machista! E sim, um homem machista é um cretino, mas dá pra entender, pois se beneficia. Agora uma mulher? Não entendo, e não tenho sororidade.

Death disse...

Queria deixar registrado na ata que acho a Raven gatinha.Não ligue para os mascus.

;D não que vc dê importância para looooooosers.

tchau

Raven Deschain disse...

Huashuahsua meldels. Deveria ter ficado no top 5. Kkkkk falecendo.


Ow Death, me gusta :3

Anônimo disse...

como assim concursos de beleza não são um problema? não são eles que geram todos os problemas citados? cade os concursos de beleza para os homens??
e um ponto crucial: por que diabos nossa auto-estima tem que estar atrelada á beleza??? por que nós mulheres acreditamos nisso ainda?

Anônimo disse...

"Iasmuié ?". Estes posts são " muieismo" puro, rsrsrs pura sofrência feminina, não aguentariam um dia como homem pobre, em uma sociedade feminista utilitarista :P

Anônimo disse...

queria soh falar que mentir o peso tambem eh patrocinar os padrões. essa menina nao tem 70kg, tem uns 15 a mais, no mínimo. e eu vim aqui dizer isso pois uma amiga que tem a mesma altura da moça leu o post e ficou triste, pois, segundo ela, sempre achou que tinha o corpo como o dessa menina, mas pesa 80kg, então "devo estar horrível mesmo". vim olhar e o corpo delas eh igual... e eu nem precisaria comparar pra saber, essa menina claramente pesa mais do que isso. e claro, nem ela, nem minha amiga maravilhosa, nem mulher nenhuma eh feia, por causa de peso ou qualquer atributo, somos todas fortes, capazes e lindas. mas quis apontar que mentir o peso - e a idade, etc - só fortifica mais as estruturas contra as quais a vanessa estava protestando.

Anônimo disse...

A beleza física possui o valor instintivo não em si própria, mas pela representação da saúde, e daí vem a atração física: ela é por aqueles considerados saudáveis. Portanto, tem inegável e clara importância. Negar patentemente a existência de objetiva beleza física e dizer que é tudo escolha é longe demais. Parte é escolha. Parte está nos genes. Não chegue-se nem a um nem a outro extremo.

Também não entendi de onde o assunto pulou pra pornô, mas naquele livro da Shelley Lubben ("A verdade por trás da fantasia da pornografia") ela afirma que a culpa da existência de tal indústria é dividida e não exclusiva. A própria autora teve oportunidades de rejeitar a objetificação, mas o dinheiro falou mais alto. Ela só largou o pornô quando teve graves problemas de saúde.

Então, não, a mulher também é algoz de si própria, não só vítima. Ela tem o mesmo problema que o homem tem com o dinheiro.

BLH.

Anônimo disse...

Absurdo estes padrões esteticos e corporais, vejam por exemplo como são apresentados os super heróis para os meninos, todos altos, fortes invencíveis. Porque não mais reais, baixinhos, barrigudos e ate carecas.
isto tem que mudar.

Anônimo disse...

Anon 19:44

Pois é, mas mulher também 'canta' homem, as canhao das minhas vizinhas nao se enxergam, nem por isso me incomodo com isso!

Anônimo disse...

Anon das 21:54 uau, dá pra ver como você entende de sexualidade feminina e como deve ser bom de cama, né? É justamente por causa disso que você só transa com sua própria mão enquanto aquele seu conhecido que sabe que sexo não é só meter, que fala com a mulher pra saber o que ela quer e FAZ o que ela quer, que não acha que as mulheres são todas iguais e por isso trata cada uma de um jeito, mas sendo sempre respeitoso e gentil, tá saindo com a gostosa que você queria pegar. E deixa eu te avisar, se você continuar assim vai morrer de tanto "poetar" e sem nenhuma mulher te querer. Fica a dica.

Anon das 22:58 e daí? O que importa seus sentimentos pras mulheres que sofrem com assédio de rua? O que importa se você não se incomoda com as brinadeiras das suas vizinhas? Desde quando sua opinião vale alguma coisa na vida das mulheres? Bom, deixa eu te dizer: essa sua opinião não vale nada pras mulheres que sofrem com assédio de rua no mundo. Nada mesmo. Sua opinião a respeito de cantadas não é importante. Não é. Sério, não é mesmo. Você não é tão importante assim. Sua opinião não é tão importante assim. E sua opinião só quer justificar e naturalizar o assédio nojento que os babacas fazem com as mulheres na rua, então aí é que ela não vale nada mesmo. Valor negativo, até. Aceita que dói menos.

Anônimo disse...

Anon das 21:23 desde quando dá pra se saber o peso de uma pessoa só olhando pra ela?

Anônimo disse...

"Mas deveria ser: tome vergonha na cara e perca o peso excessivo que a está deformando e a fazendo infeliz e fique de bem com a vida (que já é complicada o suficiente)."

Que lindo, anon. Mas sabia que existe mulher que é magra e continua insatisfeita e infeliz com a própria aparência?
Porque será, hein?
Você tem uma solução pra esses casos também?

Quer dizer, um ser desprezível como você chama essa menina de "deformada" e o problema é com ela? Tem certeza disso?//

A gordura acumulada em excesso deforma o corpo sim, senhora. Nâo reparou?

Se as magras estão com problemas, não vi nenhuma entrar em concurso de beleza pra tentar se aceitar ou mudar o padrão de beleza para PPPPPPP. Elas fazem o que dá pra fazer, põem implantes, fazem musculação, superalimentação e não ficam de mimimi.

Anon 21:23, você está certa. A adolescente do post não tem 70kg nem aqui, muito menos na China. Pode ter havido um erro de digitação.



Anônimo disse...

Dava com essa constituição na sua cara pra vc deixar de ser palhaço.

Anônimo disse...

Vanessa é uma menina linda linda linda, e a mãe dela é o máximo. Mas ainda assim, está perpetrando os padrões, pois deveria dizer mesmo seu peso real, que com certeza não é 70 kilos - parece que querem dizer "fora dos padrões sim, mas não muito".

Linda linda linda Lola, e esse tal BBB, que tem um stalker, um negro que diz que todo negro é bandido e um agressor de mulheres, que esnoba conseguir desmaiar uma ex-namorada com um único soco? affffff

Mari R disse...

Pessoas com a mesma altura e peso podem ter corpos diferentes. Depende da estrutura óssea, musculatura e acúmulo de gordura.

De todo jeito, é desnecessário ficar dizendo que a garota mente o peso. O peso de outra pessoa não nos diz respeito.Ela não precisa se explicar ou provar quanto pesa.

Anônimo disse...

Que bobagem, né, Mari? Se eu quiser ter uma ideia de quanto uma pessoa mede ou pesa, eu estou proibida de saber porque não é da minha conta. Mas quem me proíbe?

Pessoas altas têm geralmente ossos maiores (dããããã) e logicamente terão uma estrutura óssea um tanto mais pesadas do que as baixas. Não quer dizer que não possamos observar o quanto esta pessoa está magra ou gorda, e até por quanto tempo. Nenhum corpo é igual a outro. Nem os gêmeos idênticos têm exatamente as mesmas medidas.

A adolescente do post provavelmente foi uma criança robusta desde o berço (canelas grossas) mas ganhou este sobrepeso extra há relativamente pouco tempo. Ih, não é da minha conta, anyways, não foi ideia minha postar sobre ela.

Marcia Baratto disse...

Aff... e toda vez que aparece uma mulher gorda (para quem mesmo???), alguém fala da saúde...

Novidade, magros adoecem e morrem, assim como o restante dos seres humanos.

Abomino gordofobia disfarçada de 'dica de saúde', até parece que as feministas nunca ouviram antes que a 'opressão' é para o seu próprio bem...

Raven, para constar: não te acho uma gatinha, te acho uma tigresa bem poderosa, lindona!

E anon das mulheres utilitaristas... Novidade: mulheres adoram sexo, mas isso não significa que queiram fazer com você.






Anônimo disse...

Tem uma cidade na Argentina que proibiu concursos de beleza, pq acham sexistas. Não poderia concordar mais.

B. disse...

"temos força para dizer um belo de um "Vai se danar, seu babaca""

Sinceramente, se eu encontrasse hoje os guris que me humilhavam na escola, tu acha que eu ia só chamá-los de "babaca" "boboca"?? Não dá, né! Minha vontade é dar um murro na cara...

Lola, eu queria tanto ter lido o seu blog e as suas palavras durante minha adolescência, eu ia ter aprendido tanta coisa...vc fala no texto em "Não deem bola pro que eles falam, a opinião deles é irrelevante". Não é tão fácil assim, infelizmente. Eles humilham mesmo. Se fosse hoje, eu denunciaria pra polícia, e foda-se! Essas pessoas a quem me refiro não são nada "coitadinhas e vítimas da sociedade".

Carol disse...

"Se as magras estão com problemas, não vi nenhuma entrar em concurso de beleza pra tentar se aceitar ou mudar o padrão de beleza para PPPPPPP. Elas fazem o que dá pra fazer, põem implantes, fazem musculação, superalimentação e não ficam de mimimi"

Sabe por que as meninas magras demais não tentam mudar os padrões, mas somente se ajustar?
Porque ser magro já é estar dentro do padrão, mesmo que você seja horrível. Ser gordo é estar fora, mesmo que você seja linda.

E ter que "fazer o que dá pra fazer" pra ser aceito é patético demais.

Anônimo disse...

Toda vez que se usa "gordinha" pra falar de alguém mais do que gordinho ou que se diz que uma menina claramente mais pesada do que diz ser tem só 70 kg, você reforça as estruturas preconceituosas.

É como se dissesse: "olha, estou quase perto de ser magro". Se essa menina dissesse que tem uns 80 kg, aposto que os comentários seriam menos benevolentes.

Kittsu disse...

Eu também acho a raven bonita.

Raven Deschain disse...

Ah, gente. Lindas são vocês. =3

Raven Deschain disse...

E só pra constar: tou achando engraçadão esse bando de anon que não mostra a cara nem no escuro me chamando de feiosa. Falem mais, por favor.

Anônimo disse...

Achei que o fórum era pra comentar sobre a menina, não pra ficar massageando egos alheios

Se amar e mostrar isso é cada vez mais uma atitude corajosa no mundo de hoje... se todo mundo fizesse isso, talvez algo mudasse

Anônimo disse...

Anon das 09:56 se essa moça dissesse que pesa 80kg, ela continuaria sendo linda e nós ainda diríamos isso. Ninguém aqui fica fingindo se preocupar com a saúde de alguém pra ser gordofóbicx sem dar na vista. Se dizemos que a moça é linda, é porque achamos ela linda e 10 quilos a mais ou a menos no peso não vai mudar isso. Deal with it.

Anônimo disse...

Gente, totalmente fora do assunto...
Entrei num blog que costumo frequentar sempre, e lá tem um Vídeo do participante do BBB15, Douglas, admitindo que espancou a namorada até ela desmaiar..
OI?!

Alguém mais viu isso?

Pepper.

Anônimo disse...

A Raven é gatíssima, lembra minha melhor amiga na adolescência.

Anônimo disse...

Anon de 10:47 , eu não falei daqui. Eu falei no geral. Acalme-se.

Anônimo disse...

Esse papo de que homem não é cobrado para se adequar a padrão de beleza é bullshit, na boa. De uns anos pra cá tem toda uma mídia atuando para que os caras normais se sintam obrigados a ficarem "bombadões", se não você é um merda. Já cansei de ver caras babacas, machistas e escrotos fazendo sucesso com as mulheres simplesmente pq algumas ficam deslumbradas com o tipo "bofão da academia". Antigamente os galãs de filmes e novelas tinham corpos comuns, agora todos tem tanquinho, peitoral "rasgado", braços gigantes. Mas concordo que as mulheres sempre foram e sempre serão mais cobradas.

Death disse...

Achei que o "fórum" era de livre comentário, mas percebi que é um espaço para as pessoas cagarem regras.

Anônimo disse...

Ih, vamos parar com essa de dramatizar opinião alheia, gente, seja elogio ou crítica. Ninguém aqui é criança (eu acho).

Anônimo disse...

Se lutar contra os padrões, se lutar pra viver numa sociedade melhor e se amar é "mimimi"... não é pra menos que estamos todos indo pro buraco.

Que visão tacanha de mundo.

Anônimo disse...

Não caguei regra nenhuma
Você me viu escrevendo "não pode elogiar ninguém"?
Então, vai se catar

rachacuca disse...

> douglas disse que socou uma namorada que o perseguiu e cuspiu gelo na cara dele
> maldito machista de merda

>amanda disse que deu uma garrafada no ex-peguete, pois ele falou alto com ela
> amanda disse que só não iria agredir fernando pois seria expulsa do programa
> ninguém liga, ela é mulher e estava se defendendo.


sem duplo padrão por favor.

Fê disse...

Que lindo o discurso da Viola!

Estou louca pra ver essa série, mesmo que seja fraquinha. Só o fato de ter uma protagonista negra fugindo dos papéis tradicionais já é bem interessante.

Elen disse...

Não vi nada demais nisso,participar de concursos de beleza vai acabar com padrões de beleza,,julgamentos?
Foi incoerente,ela e a mãe acham padrões absurdos, mas foram lá servir de pedaço de carne para serem avaliadas,esperando aprovação pelo corpo da garota.
E essa de q a culpa toda é do sistema não dá,se existe concurso é porque tem quem aceite participar.
Menos coitadismo.

Anônimo disse...

Elen, não foi mais um "pedaço de carne". Foi um corpo fora do padrão, um corpo que não é esperado em lugares como esse, que é discriminado em muitos outros lugares. Acredite, não era o que eles "queriam" (só ver as outras candidatas). Foi justamente pra mostrar que alguém pode se gostar mesmo não sendo considerada bonita.

Death disse...

"Achei que o fórum era pra comentar sobre a menina, não pra ficar massageando egos alheios"

"Você me viu escrevendo "não pode elogiar ninguém"?"

Com gente louca não dá conversa.
Se vc é uma pessoa frustrada e gosta de cagar regra para as demais, por favor não externalize essa bobagem.

Vou parar por aqui, pq segundo o anon cagador de regra esse não é o escopo do tópico.

J. disse...

Melhor parar mesmo que isso de ficar mimizando com comentários alheios é chato pra caralho, gente!

J. disse...

Olha, achei bonita a atitude dela. Acho que, quanto mais gente "sair do casulo" e mostrar que se ama, mas isso vai ser considerado normal (porque no nosso mundo a regra é se odiar). Foi assim com os gays e com o feminismo, por exemplo. Tem que mostrar, não dá pra esperar a boa vontade dos outros, não!

Anônimo disse...

Eu estou muito calma, anon das 10:57. Calmíssima. Só tô a fim de deixar claro pra você e pra todo mundo que não faz diferença se ela tem 10kg a mais ou a menos, continua sendo linda. Aliás, quem precisa se acalmar é você, que nesse desespero pra desqualificar de alguma maneira a moça fica botando mil e um comentários sobre como ela foi desonesta e trapaceira mentindo que tem 10kg a menos-coisa que, aliás, você nem ninguém sabe com certeza porque não fomos lá pesar a moça. Que foi, não gostou do tom do meu comentário (bem parecido com o dos seus contra a moça) ou não gostou que eu respondesse contrariando você? Ah, colega, é uma daquelas coisas da vida que você tem que aceitar.

Raven Deschain disse...

Ora anon de 1046. Não se sinta assim. Vc é linda (o) tb.

Elen disse...

Entendi isso anon de 13:11 mas ainda assim,ela estava lá para ser julgada pela aparência,supondo que qualquer uma possa participar desses concursos,o que vai mudar se mulheres ainda serão um pedaço de carne para ser avaliado?
Essas merdas de concurso de beleza não deveriam existir.

Anônimo disse...

Sabe por que as meninas magras demais não tentam mudar os padrões, mas somente se ajustar?
Porque ser magro já é estar dentro do padrão, mesmo que você seja horrível. Ser gordo é estar fora, mesmo que você seja linda.//

Estar dentro do padrão mas estar infeliz e insatisfeita com o corpo como vc falou anteriormente, 9:38, dá na mesma. O problema dos gordos é que eles não se aceitam, não querem ser gordos, querem ser magros, querem se encaixar mas tem a maldição da compulsão alimentar, das porcarias e do sedentarismo que não as deixa em paz. E tem também os ganhos psicológicos (que os magros não têm, por sinal) que os gordos não querem perder, como atenção contínua, a vitimização, o afastamento dos homens que as molestam, e por aí vai.



E ter que "fazer o que dá pra fazer" pra ser aceito é patético demais.//

como eu já disse, a primeira pessoa que não se aceita somos nós mesmas. O que dá pra fazer é pra se aceitar, e não para ser aceita. Isso depende de outros tantos fatores que não o IMC ou a forma física. Evidentemente se alguém quer se modelo de passarela, tem que ser aceita pelos costureiros, mas aí é outra história.

Anônimo disse...

Anon das 09:56 se essa moça dissesse que pesa 80kg, ela continuaria sendo linda e nós ainda diríamos isso. Ninguém aqui fica fingindo se preocupar com a saúde de alguém pra ser gordofóbicx sem dar na vista. Se dizemos que a moça é linda, é porque achamos ela linda e 10 quilos a mais ou a menos no peso não vai mudar isso. Deal with it.//

10:47, saúde passa pela cabeça também. Inúmeros gordos pensam diuturnamente em emagrecer, sofrem com todos os efeitos colaterais da obesidade, tanto físicos como psicológicos. Então é questão de saúde sim. Saúde mental, em primeiro lugar, porque os indivíduos do reino animal sem consciência de si mesmos não têm o mínimo problema com aparência nem forma física.

Elen disse...

E tem também os ganhos psicológicos (que os magros não têm, por sinal) que os gordos não querem perder, como atenção contínua, a vitimização, o afastamento dos homens que as molestam, e por aí vai.


KKKKKKKK Hilário hein!?Qual atenção você acha que os gordos não querem perder?Serem zoados e ridicularizados por estranhos,em empregos,por conhecidos?

Ridículo!

Anônimo disse...

"você, que nesse desespero pra desqualificar de alguma maneira a moça fica botando mil e um comentários sobre como ela foi desonesta e trapaceira mentindo"

"(bem parecido com o dos seus contra a moça)"

Olha, acho que o seu nervosismo está te cegando, porque meu único comentário foi aquele, e eu não disse nada sobre o caráter ela (favor reler quando limpar a a espuma da boca).

Anônimo disse...

"Então é questão de saúde sim. Saúde mental, em primeiro lugar"

Queria saber como gays, mulheres, negros e outros grupos que também foram/são considerados inadequados pela sociedade podem tratar sua saúde mental pra se adaptarem a isso... afinal, não é um problema da sociedade, né...

Anônimo disse...

"Estar dentro do padrão mas estar infeliz e insatisfeita com o corpo como vc falou anteriormente, 9:38, dá na mesma".

Não dá, não. Gordo perde emprego por ser gordo, por exemplo. Tenho uma amiga que sempre foi infeliz por ser magra demais... e acabou sendo convidada pra ser modelo.


"mas tem a maldição da compulsão alimentar, das porcarias e do sedentarismo que não as deixa em paz"

Desculpa, mas você não pode fazer um diagnóstico de todos os gordos do mundo baseado no seu achismo.

Anônimo disse...

A saúde mental dos machistas (ou falta dela, como se vê por aqui) é tremendamente mais danosa à sociedade que mulheres acima do peso 'ideal' (para quem?) que resolveram aceitar a si mesmas.

Não existe pavor maior de um macho do que uma mulher que não se deixa validar por opiniões deturpadas de pessoas idem.

Carol disse...

Sempre aparece um paladino da saúde quando se fala em peso... sabe o que é saudável? Uma sociedade que deixa a gente se amar como a gente é.

Anônimo disse...

Anon das 06:38 você é homem, né? E daqueles que adoram desqualificar mulheres dizendo que elas estão loucas, nervosas, de TPM, espumando pela boca... principalmente se estiverem contrariando você. Insinuar que a moça mentiu o peso, como você está fazendo no seu comentário, é questionar o caráter dela. E se você tem esse direito, eu também tenho e posso questionar o seu. A moça desfilou apesar de não contar com o apoio da sociedade, quebrou um tabu, foi contra os padrões de beleza e ajudou muitas meninas a se amarem mais do jeito que são, e você quer jogar tudo isso fora porque ACHA que ela mentiu o peso? Sabe, te contrariar e te questionar não é coisa de mulher louca e furiosa. É coisa de qualquer mulher que não tenha sido idiotizada pra sempre abaixar a cabeça quando um homem falar. Se eu estivesse furiosa, fofo, você saberia. Pode apostar. Mas homem gordofóbico que não aceita pessoas que são felizes fora do padrão e reduzem as mulheres que o contrariam a loucas furiosas de TPM não merecem nem mesmo minha pena. Só um corretivo, talvez...

Anônimo disse...

"Anon das 06:38 você é homem, né? E daqueles que adoram desqualificar mulheres dizendo que elas estão loucas, nervosas, de TPM, espumando pela boca..."

Não sou, falei pela sua agressividade.



"Insinuar que a moça mentiu o peso, como você está fazendo no seu comentário, é questionar o caráter dela."

Não. Pessoas mentem por inúmeros motivos e eu nem a culparia, porque, se ela mentiu, acho que foi justamente pra atitude ser mais aceita socialmente (e como já disse, não acho que isso ajude a mudar muito).



"e você quer jogar tudo isso fora porque ACHA que ela mentiu o peso?"

Onde você viu que eu queria "jogar isso fora"? Falei que eu acho que a mentira reforçaria certos preconceitos.



Mas você cismou que sou um homem gordofóbico e entrou uma cruzada pra me "destronar", então, tchau.

Ana disse...

Chocada com o nível de hostilidade aqui nos comentários ultimamente. É tão dificil respeitar opiniões, gente?
Precisa rotular toda vez que falam algo diferente?
Fui chamada de petista em um post só porque discordei de uma coisa relacionada a médicos (nem petista eu sou).
Um pouco mais de serenidade, moças!

Anônimo disse...

Olha, aceitação do corpo é uma coisa, glamourização da obesidade é outra totalmente diferente. Eu sou da linha que se preocupa mais com a saúde do que supostamente ''quebrar padrões estéticos vigentes''. Se eu tivesse uma filha obesa e infeliz, eu a encorajaria a se exercitar, fazer esportes e melhorar a alimentação, não pra ficar ''gostosa'' pra macho nenhum e sim buscar qualidade de vida, evitar complicações futuras (diabetes, triglicerídios, dor nas articulações, etc). A estética é o de menos. Pra mim admirar as modelos anoréxicas ou as tais 'plus size' são 2 lados da mesma moeda

Anônimo disse...

Então você não é homem, anon das 14:11? Pois pensei que fosse pq já ir chamando uma mulher que te contrariou de louca furiosa é uma coisa bem masculina. De qualquer forma, por que essa fixação com o peso "real" da moça? Que diferença isso faz no contexto? Nem você mesmx sabe o peso dela, não foi lá pesá-la, mas insiste em dizer que ela diminuiu 10kg do peso. Por quê? Essa insistência em dizer que ela mentiu o peso ajuda em quê, exatamente? Que diferença faz? Vc diz que ela diminuiu o peso por causa do preconceito, mas não importa os 10kg de que vc fala, o corpo dela está fora dos padrões e ainda é o máximo que ela se goste assim e tenha desfilado pra mostrar isso.

Anônimo disse...

Anon das 15:19 e se a gorda faz exercício, tem colesterol e triglicérides perfeitos, nada de diabetes, é mais saudável que você e mesmo assim ela gostar do próprio corpo gordo? É, de acordo com suas palavras, "glamourização da obesidade" também?

Elen disse...

Então você não é homem, anon das 14:11? Pois pensei que fosse pq já ir chamando uma mulher que te contrariou de louca furiosa é uma coisa bem masculin

Você pensou que ela fosse homem,porque simplesmente é difícil demais para muitas feministas,seguirem o que pregam,como lutar para que as escolhas e gostos das mulheres sejam respeitados.
Mal conseguem respeitar uma opinião diferente,por isso que o número de "mascus" é bem menor que a realidade.

Anônimo disse...

Ok então Ellen, concordo em simplesmente discordar com ela e com você. Ela pode se preocupar se a moça mentiu o peso ou não e defendendo que era importante ela informar o peso real, e eu continuo mantendo minha opinião que o mais importante foi ela ter mostrado que ama o próprio corpo como ele é indiferente dos dígitos do peso dela.

Anônimo disse...

Mas não culpe todxs pela minha falta de paciência, principalmente porque posso falar muitas besteiras, mas não obrigo ninguém a vestir a carapuça.

Anônimo disse...

Feminista grossa chamando quem é grosso com ela de "homem".

Olha, nunca pensei que chegaria a ver isso, hahahaha

Anônimo disse...

Não obriga ninguém a vestir carapuça, só distorce o que falam, resolve que a pessoa deve ser homem e fica chamando pra briga
Ai, amiga, vamo crescer

juliana_santos disse...

Anorexia é doença, NÃO é pra ser admirada mesmo! Aliás, muitas modelos aparentemente saudáveis passam fome pra manter o peso. Já as modelos plus size tem tamanho maior do que 44... não acho que isso signifique necessariamente ser gorda, e se for, não acho que automaticamente signifique que a pessoa é doente. Então, não são exatamente 2 lados da mesma moeda...

juliana_santos disse...

Procurem fotos da modelo Robin Lawley, vocês verão que ela é uma moça normal, mas é classificada como plus size... ou seja, a indústria da moda é que tem preferência pelas moças magras demais e nos vendem como se isso fosse o ideal.

Anônimo disse...



Queria saber como gays, mulheres, negros e outros grupos que também foram/são considerados inadequados pela sociedade podem tratar sua saúde mental pra se adaptarem a isso... afinal, não é um problema da sociedade, né...//


6:47, sua falácia não colou. A saúde mental passa pela auto aceitação. Os gordos, diferentemente das mulheres, gays e negros, não se aceitam gordos. Então não adianta essa lenga lenga de exames normais que a neura continua. Mas olha que maravilha: os gordos podem deixar de serem gordos, diferentemente de novo, dos gays, mulheres e negros.

Aceitação pela sociedade passa por outros caminhos, tais como ações pró-ativas civis coletivas, individuais, processuais, etc. Tem nada a ver com saúde mental.

Anônimo disse...

A estética é o de menos.//

15:19, não exagera. A estética é importante sim, porque nossa civilização é helenística na base. Por que não podemos ter uma silhueta elegante, pelo amor de Deus?

Anônimo disse...

"Os gordos, diferentemente das mulheres, gays e negros, não se aceitam gordos."

Sim, e isso porque a sociedade os discrimina como faz com outros grupos. A diferença é que, com essa visão de que "gordos podem emagrecer" a discriminação é aberta e sem vergonha, como a sua, :)

Anônimo disse...

Uma moça acima do peso entra em um concurso e isso vira glamourização da obesidade.

Hahahahahahahahahahaha

E contra esse mal que ameaça a soeciedade, o que fazer?

Usar a carta da... SAÚDE!
Porque nenhum gordo pode se amar sem ser lembrado de que isso é errado e leva à morte!

Anônimo disse...

Cuida da SUA silhueta, colegx. Seja elegante, seja uma diva, seja o que você quiser. Mas não fale dos outros como se todo mundo fosse um organismo só e os corpos alheios te atrapalhassem de algum modo.

Anônimo disse...

Mas olha que maravilha: os gordos podem deixar de serem gordos, diferentemente de novo, dos gays, mulheres e negros

-------------------------------------

Por isso, pode avacalhar com eles, né?

E olha que dó das mulheres, dos gays e dos negros

Mas eles se aceitam porque não dá pra mudar, né

Deve ser por isso que não tem gay enrustida, ou negro sofrendo preconceito, ou mulher se fodendo na vida só por ser mulher

Eles se aceitam, então o problema magicamente some

Porque, afinal, o problema está nessas pessoas

Anônimo disse...

Sim, e isso porque a sociedade os discrimina como faz com outros grupos. A diferença é que, com essa visão de que "gordos podem emagrecer" a discriminação é aberta e sem vergonha, como a sua, :)//

Não adianta comparar obeso com gay ou negro ou mulher que você sabe quem é o sem vergonha, né?

Eu não discrimino, quem discrimina são os empregadores, porque eles percebem que obesos precisam de tudo especial, entre outras coisas. Tanto que está virando moda países classificarem obesidade mórbida como deficiência física. Já pensou, que graça, os obesos terem cota especial nas universidades, empregos públicos, estacionamento, fila de supermercado, banco, etc? E por conta disso, obrigar essas instituições a se adequarem aos novos deficientes?

Você gostaria de ser preterida num concurso público ou num vestibular por um/uma obeso/a? kkkkkkkkkk

Pra seu governo, muitos obesos sem vergonha tomaram vergonha na cara devido a comentários em seus perfis na rede social quanto ao excesso de peso. Uma hora cai a ficha estes veem a situação em que estão e decidem mudar.


Anônimo disse...

Deve ser por isso que não tem gay enrustida, ou negro sofrendo preconceito, ou mulher se fodendo na vida só por ser mulher//

Alguns gays realmente não se conformam, como o saudoso Clodovil.

A maioria dos gays, entretanto, têm orgulho de serem gay. Já ouviu falar da parada Orgulho Gay?

Mesma coisa os negros. Tem negros que não se aceitam, mas a maioria tem orgulho de suas raízes. O carnaval está aí, que não me deixa mentir. A música de raízes africanas tomaram conta do país de norte a sul. Eles se dão maravilhosamente nos esportes.
O que você não vê é negro chorando pelos cantos como os obesos na fila da bariátrica pedindo pelo amor de deus que alguém os emagreça.

Eu também acho que ser mulher neste mundo é uma merda. Nem por isso eu tenho problemas internos com relação ao meu gênero. Já quem não gosta de ser mulher, se vestir de mulher, etc, vai à luta e não fica de mimimi. Homens idem, aliás, muito mais homens estão insatisfeitos com o gênero masculino do que as mulheres. E aí?


Anônimo disse...

BTW, hoje eu comprei pra mim uma camisa masculina de linho e algodão, super bem cortada, cor linda. Ficou muito bem em mim, mesmo meio larguinha, igual as personagens de filmes que vestem a camisa do namorado, rsrs; apenas 20 reais mais cara do que a chemise feminina de viscose florida sem graça. Será que estou com problemas de aceitação da minha feminilidade?

Anônimo disse...

Gostei taanto do texto!
Uma amiga me enviou porque praticamente no mesmo dia dessa postagem, eu fiz uma pequena postagem no meu facebook sobre a exigencia dos padroes de beleza serem cruéis para todos, mas muuuito mais para mulheres. E precisei ler os machismos de sempre, aquele mimimi de que homem fora do padrão sofre igualzinho e que se a mulher sofre mais com isso é por que elas fazem questao de competir e criticar umas as outras. Ou seja, culpa é da vitima. Cansa , sabe, eu posto pouco, tenho preguiça de polemica, mas sei que a gente nao pode se calar, neh.

Anônimo disse...

Bom, cada um nasce pra uma coisa. O problema é que todo mundo quer ser Gisele Bundchen. Mas mesmo a Gisele teve que ser aceita pela indústria da moda e seu padrão de beleza. Não operou o nariz, mas quanto ao resto, ela se encaixou direitinho e fez até melhor.

Mesmo que a população inteira mundial se torne obesa, os filmes, as passarelas e os holofotes estarão em cima dos muito magros e não dos gordos, salvo honrosas exceções...Mas quem quer ser exceção, que pague o preço.

Eu assisto a uma série chamada O Último Policial, que é um alemão delicioso, que arrasta uma asa sentida pra sua chefe, uma mulher horrível(pelos padrões de beleza de Hollywood), mas magérrima. Por que esta mulher não é mais cheinha? Não tem aquela que as gordinhas são mais quentes na cama? Mas na telinha, o buraco é mais embaixo...Lidem com isso, limpem as lágrimas e decidam tirar as porcarias do cardápio.

Anônimo disse...

"Você gostaria de ser preterida num concurso público ou num vestibular por um/uma obeso/a?"

Desculpa, não dá pra te levar a sério. Seu preconceito é tão cego que chega a ser incoerente.

Ou você acha que um obeso passaria no concurso por ser obeso???

Ué, não são os empregadores que dispensam obesos porque "são como doentes" e podem dar trabalho?

Portanto, respondendo: gostaria, caso ele merecesse, e não é a gordura de alguém que diz isso.


Mas como a sua raiva cega te impediu de ler direito, eu repito: falei sobre GORDOS. Sabe, nem todo gordo é obeso. Você quer pensar que sim, pra poder chamar todo mundo de doente e se convencer que, nesse caso, você tem algum direito de falar mal sobre as pessoas. Triste.

Anônimo disse...

Ou você acha que um obeso passaria no concurso por ser obeso??? //

Passa sim, basta ter mais pontos que os verdadeiros deficientes físicos, que têm um número de vagas garantido. É lógico que a concorrência entre os deficientes físicos será infinitamente menor do que entre os não deficientes,portanto, se passar, será por ser obeso. Olha que xuá...

Anônimo disse...

"Lidem com isso, limpem as lágrimas e decidam tirar as porcarias do cardápio."

Tenho uma opção melhor: se amem, sorriam e caguem pra gente escrota.

Anônimo disse...

Tenho uma opção melhor: se amem, sorriam e caguem pra gente escrota.//

Falácia ad hominen muito usada por losers.

Anônimo disse...

Infelizmente nosso mundo é assim, dividido entre pessoas feias e pessoas bonitas... inconscientemente, basta olhar a sua volta

Anônimo disse...

"Falácia", "losers", hahahahahaha

Gente, quanto ódio

Anônimo disse...

FALÁCIAS
TUDO FALÁCIA
FUJAM PARA AS COLINAS

Anônimo disse...

eu repito: falei sobre GORDOS. Sabe, nem todo gordo é obeso. //

A adolescente do post, aos 14 anos, já estará obesa com 78kg. Se não for este o peso dela, está bem perto disso. Estamos sim, falando dos obesos. Gordo, gordinho, é mero eufemismo.

Ana disse...

Queridx anônimx gordofóbicx, queria muito saber o que te magoa tanto com relação à beleza alheia. Sério. Você deve ser lindão/lindona, pra ter tantas certezas sobre o assunto. E, como nosso mundo é todo baseado em beleza, você deve ser muito feliz. Fala pra gente porque você está aqui, tão cheix de rancor, quando seria melhor ir viver sua vida maravilhosa.

Anônimo disse...

Será que a Lola lê essas coisas agora que liberou os comentários... tá ótimo, kkkkk

Anônimo disse...

Ué, não são os empregadores que dispensam obesos porque "são como doentes" e podem dar trabalho?//

Deficiente físico não é doente. Obesidade é doença, mas sabe, classificar o obeso como deficiente físico é o mesmo que dizer: continue obeso, se entupa de porcaria porque agora você é um saudável deficiente físico. Agora mesmo vai ter corrida às coxinhas e batatas fritas com refrigerante INTENCIONALMENTE pra se ganhar status de deficiente e as vantagens de acordo. Bariátrica, nem pensar.

A isto chamamos efeito perverso.

Anônimo disse...

Agora os obesos vão "ganhar privilégios"?

Nossa, gente, é o mesmo discurso pra negro, pobre, mulher, gay, etc... a mesma coisa... que nojo...

Anônimo disse...

Ana, quando o debate passa a debater o debatedor, é indicativo de falta de argumento.

Um bom dia pra você.

Anônimo disse...

Imaginando todo mundo engordando de propósito que nem o Homer Simpson naquele episódio, hahahahahaha

Anônimo disse...

Agora os obesos vão "ganhar privilégios"?//

Claro, cleide, caso obesidade vire deficiência física. Você não tinha visto?

Anônimo disse...

"cleide"

HAHAHAHAHAHA

Anônimo disse...

Imaginando todo mundo engordando de propósito que nem o Homer Simpson naquele episódio, hahahahahaha//

É pra rir mesmo. Quem está beirando a obesidade, ao invés de emagrecer, vai engordar mais ainda. Que nem quem quer fazer bariátrica e tem que atingir o IMC de obesidade mórbida.

Ana disse...

Bom, agora o cara lembrou que odeia outros grupos também e resolveu externalizar.

Você é o doente aqui. Só que nenhuma dieta cura isso, sinto muito.

Anônimo disse...

Que coleção de preconceito e intolerância nesses comentários, que horror

Anônimo disse...

Chorar faz bem.

Grazieli Demoliner disse...

Oi Lola,
nunca comentei aqui mas adoro seu blog, gostaria de dizer que nunca tive problemas com peso, mas acredito que a forma física das mulheres é uma gota num copo já pela borda.
Gosto do seu blog porque vejo que a discussão não é a gota mas todo o copo.
Fui criada em uma família machista, minha mãe é bem machista e isso me afeta muito pois penso muito antes de falar algo para que eu não fale com resquício deste machismo passado a mim por minha mãe.
Tenho colegas mulheres de trabalho que dizem algo como: "Ela precisa de homem", eu não respondo nada, sei que isso é muito machista, mas não tenho vontade de perder meu tempo com essas pessoas, penso que elas são coitadas que tiveram a mesma "cultura" passadas por suas mães.
Minha mãe está mudando, mas a raiz é forte e sei que o que posso fazer de bom é não reproduzir isso.
Obrigada pelo blog
Abraços.