terça-feira, 30 de dezembro de 2014

MEU BOLETIM DE OCORRÊNCIA CONTRA OS MASCUS SANCTOS

Agora a pouco fui à delegacia fazer um boletim de ocorrência (aliás, dois). Foi a segunda vez que fiz isso na vida. A primeira foi em janeiro de 2012, quase três anos atrás, após ameaças intensas dos mascus. Naquela época não tinha nomes, só suspeitas. Hoje tenho nomes.
Meu blog vai completar sete anos de vida agora em janeiro. Recebo ameaças de morte, estupro, desmembramento, tortura, rapto etc há pelo menos quatro anos. Não estou contando xingamentos, injúrias, difamações, só ameaças mesmo. Em outubro reuni algumas das centenas que recebo. Toda semana, às vezes todo dia, tem alguma nova. 
Ontem, no chan mascu sancto
É muito ruim, e é péssimo que a gente fale tanto de ameaças sofridas por blogueiras e mulheres gamers americanas e se esqueça do que acontece bem aqui, não só comigo. Como já disse antes, eu não sou ameaçada por ser Lola ou por meus lindos olhos verdes. Sou ameaçada por ter um blog feminista. Só isso. Tipo: qual foi seu crime pra ter sido jurada de morte por um bando de misóginos? Ter um blog feminista. 

Hoje na delegacia, esperando pra ser atendida, sentei ao lado de uma moça que já estava aguardando havia meia hora. Ela ia fazer BO pra tentar descobrir quem deixava mensagens mentirosas na página da pousada do seu pai. Não eram ameaças ou insultos, só coisas falsas, que não correspondiam à realidade, e que depois os clientes poderiam reclamar. A gente ficou conversando, e eu disse que meu BO também era por assuntos relacionados à internet. Expliquei que tenho um blog feminista. Ela não sabia direito o que era feminismo. Eu: "Sabe, um movimento que luta pelos direitos das mulheres, que luta por direitos iguais?". Ela: "Ah, isso é muito legal". 
Foi bem mais difícil explicar que havia homens que odiavam mulheres a ponto de ameaçá-las por lutarem por direitos. O rosto dela era de incredibilidade, de "isso não existe". 
Sete anos atrás, eu também achava que não. Não conhecia um só misógino. Claramente eu via pessoas que tinham, digamos, "problemas com mulheres". Mas odiar mulheres, querer que elas sejam espancadas, estupradas, mortas? Não. Esse universo não existia pra mim. Isso surgiu na minha vida em 2008, e se intensificou a partir de 2011.
Quem costuma me fazer as piores ameaças são os masculinistas que se autodenominam sanctos. Dois deles, Marcelo Valle Silveira Mello e Emerson Eduardo Rodrigues, foram presos em março de 2012, na Operação Intolerância. Ficaram na cadeia por um ano. Durante esse tempo, foram julgados e condenados (a uma pena de 6,6 anos) por criarem um site de ódio, o Silvio Koerich, onde ameaçavam pessoas abertamente (eu sempre fui uma das preferidas), planejavam um atentado à UnB para matar "esquerdistas e vadias", se vangloriavam de estar por trás do massacre de Realengo, e pregavam aberrações, como o assassinato de mulheres, homossexuais e negros, a legalização do estupro e da pedofilia (só para meninas), o estupro corretivo para lésbicas etc. 
Óbvio que, na hora do julgamento, esses rambos do teclado viram carneirinhos, como se pode ver na transcrição
Marcelo e Emerson saíram da cadeia em maio de 2013. Emerson se diz um perseguido político e alega que tentaram destruir sua reputação, só por ele ser de direita (e põe direita nisso). Já Marcelo procurou todos seus desafetos para xingá-los e voltar com as ameaças. Tentou recomeçar vários sites de ódio, mas nenhum emplacou, e tampouco está tendo sorte para arranjar um emprego. Mais ou menos em maio deste ano, iniciou seu próprio chan, em que outros sanctos, todos anônimos, se reúnem para destilar seu ódio. Ele e Emerson brigaram, e hoje se acusam mutuamente de serem delatores e de terem sido agredidos e abusados na prisão.
Marcelo tem sérios problemas mentais e é obcecado por mim. Ele frequentemente me envia comentários (não aprovados) com seu próprio nome. Como ele não tem total discernimento de sua psicopatia, não entende que suas mensagens são ameaças. E ele atrai rapazes que também são incapazes de socialização. Um deles é Gustavo Rizzotto Guerra, 22 anos, residente em Caxias do Sul. 
O plano confesso de Gustavo é se tornar um serial killer superstar como Charles Manson. Para tanto, ele grava vídeos sobre tudo (ele mandou uma gravação para se inscrever no BBB), principalmente contra judeus, negros (ele é um neonazista), e feministas. Em junho, ele foi indiciado pelo Ministério Público por incitação ao racismo, pedofilia e estupro. Ele se considera inimputável por ter problemas psiquiátricos (aliás, ele vive com pensão do governo por incapacidade).
Entre os dias 17 e 21 de dezembro, ele me telefonou (usando o skype) para passar ameaças gravadas. Uma delas é esta, que ele próprio divulgou: "Alô alô avisa a Dolores aí que a caminhada tá pronta a fita tá pronta vamu abater o porco gorda filha da puta vamu te furar toda".
No chan ele admite os trotes.

Marcelo, que o orientou, não gostou do resultado.

Nas festas de fim de ano, essa gente sem vida social fica mais carente. Eles se deprimem, se entediam, e se revoltam contra todos, e principalmente contra todas (eles chamam mulheres de depósitos e merdalheres). Creio que foi essa depressão natalina que fez com que os mascus sanctos ficassem ainda mais agressivos. Marcelo me enviou vários comentários (não aprovados), alguns com seu nome, outros sem.

No domingo (ele mudou o ano para 1998, mas acredite, é de 2014 mesmo), ele criou uma thread no seu chan com instruções para me acusar de plágio.
Gustavo respondeu (ele costuma escrever em caixa alta e sem qualquer pontuação):

Gustavo continuou com sua ficção, achando que eu fiquei com medo do piá (escutem o primeiro trote, e meu "alô" na gravação do segundo trote -- é só isso que eu falo -- e vejam se é voz chorosa ou de medo):

Na mesma thread, que se manteve ativa por dois dias, alguém (Gustavo?) sugeriu pichar minha casa. Marcelo (Psy é como seus comparsas o chamam) continua com as ameaças:

E Gustavo encerra:

Como sempre faço, mandei os prints com essas ameaças para um contato que tenho na Polícia Federal. Ele não trabalha com crimes cibernéticos, mas encaminha os emails para esses agentes. Ele recomendou que eu mudasse o número do meu telefone e fizesse BO. Quando anunciei no meu Twitter que iria à delegacia, os sanctos do chan foram ao delírio.

Esta mensagem se refere ao Rodeio de Gordas, ocorrido na Unesp de Araraquara em 2010. A ideia dos mascus de recriar o "rodeio" comigo é antiga. Esta mensagem é de um chan de junho de 2012:

As ideias de trotes vararam a madrugada de hoje, com direito a montagens pornôs grotescas:

Mais uma vez, divulgaram meu endereço residencial:

As ideias não paravam. Como disse uma leitora, parecia um brainstorming do Cebolinha e seus "planos infalíveis" para acabar com a Mônica:

O momento perfeito para me "abater" seria quando eu palestrasse em alguma universidade federal:

Os mais solícitos sempre aparecem:

E aí eles colocam fotos da frente da minha casa (tiradas do Google satélite):

Este rapaz não dá pra saber quem é:

Guerra surtou várias vezes, ainda mais ao descobrir que sou argentina:
Eu não sei de onde eles tiraram que eu alguma vez na vida torci para que alguém (qualquer pessoa) fosse estuprado na cadeia. Mas eles repetem as mentiras tantas vezes que acabam virando verdades, pra eles.
Bom, chega. Já é possível ter uma noção de como eles estão nervosos. Então hoje, no meio de muito apoio no Twitter, me dirigi à delegacia para o tal BO, que é um resuminho minúsculo do que está acontecendo. Incluí o nome completo e CPF de Marcelo e Gustavo. Ainda tenho que ir a uma outra delegacia anexar as sete folhas de prints que juntei.
Aproveitei que já estava na delegacia e fiz também BO por difamação contra Christoffer Yuri Barbosa Greffe Rodrigues, do Mato Grosso do Sul, que há um ano e meio vem me xingando em seu site antifeminista (entre mil e outras coisas, me chamou de assassina de crianças, o maridão, de gigolô, e meu finado pai, de estuprador). Nos últimos dias Chris vem deletando todos os quinhentos posts que escreveu sobre mim. Hoje ele deletou seu perfil no Twitter. Mas ele já fez isso outras vezes e acabou voltando.
A escrivã que redigiu os BOs (e nunca é bem o que você quer dizer, né? Por exemplo, ela escreveu que eu estava "amedrontada". Não tenho medo desses manés. Mas sinto-me bem por ter feito os BOs, mesmo que não deem em nada) disse que esses três indivíduos serão chamados para depor na delegacia das cidades onde vivem (Marcelo, em Curitiba; Gustavo, em Caxias; Chris, em Anastácio). Será interessante ver dois caras que já estiveram na prisão tendo que comparecer à delegacia. 
Espero também que a Polícia Federal esteja de olho, porque os crimes de ódio dos mascus não param. A gente não queria fazer da internet um ambiente mais seguro?
No final, a escrivã, muito profissional, perguntou pra mim há quanto tempo eu tinha o blog. Sete anos, respondi. Ela fez outra pergunta: "A senhora imaginava que ter o blog iria trazer esses problemas?" Eu disse que não. Que eu nem sabia que esse tipo de gente tão ruim existia. Que, felizmente, só existe na internet.

173 comentários:

Anônimo disse...

Não sei o que leva uma pessoa a chegar a esse ponto, sério.
Sofro do mesmo problema desses caras: depressão, carência, sempre fui rejeitado e considerado estranho. Mas isso nunca foi justificativa para destilar ódio, até porque isso só piora o problema.

Raven Deschain disse...

Cruz credo. Esse treco mora em Curitiba? Vade retro!

Anônimo disse...

O ano ainda não terminou e, Lola, querida, você fez uma ótima ação!
bj queridona!!!

Anônimo disse...

Ontem eu estava no chan, ignorei o mar de bosta em cima de você porque achava que era um nada e não daria em nada, e continuei a cuidar da minha vida. Hoje lendo o texto percebi a gravidade da situação. Assim como Hitler transformou o judaísmo no vilão da alemanha, esses caras transformaram você no vilão deles. Eu não me considero feminista nem machista, não entendo o feminismo transformar o homem branco de classe média heterosexual cisgênero num vilão, mas não vejo porque esses caras se emputecem tanto com isso.Boa sorte ai na sua vida e tals, espero que nada de ruim aconteça com vocês (o que eu acredito fortemente que vai rolar, esses caras falam, falam, mas nunca fazem nada...)

Anônimo disse...

Ótimo fazer um BO, quem sabe assim esses vagabundos tenham a oportunidade de virar gente (não funcionou com os dois sanctus presos, mas enfim, vai que algum ainda se salva né?). Patéticos. Só são machos na internet, quando a polícia bater na porta mandando se explicar vão borrar as calças e correr pra saia da mamãe. Esses lixos se fingem de machos mas são é um bando de frouxos, covardes, incapazes de conviverem em sociedade e que só existem pra servir de adubo quando morrerem. Não terão nada das mulheres a não ser repulsa e desprezo. Deviam ir comprar bonecas infláveis e se isolar do mundo logo.

Sofia L.B. disse...

Sinto muito que vc tenha de lidar com esse nível de coisa...
Mas parabéns por ter feito o B.O., Lola! \o/

Joana disse...

"Nas festas de fim de ano, essa gente sem vida social fica mais carente. Eles se deprimem, se entediam, e se revoltam contra todos, e principalmente contra todas (eles chamam mulheres de depósitos e merdalheres). Creio que foi essa depressão natalina que fez com que os mascus sanctos ficassem ainda mais agressivos."
Você está cometendo um grande equívoco, não são todos rapazes reclusos que se comportam assim sei disso pois tenho um filho sem vida social, sem amigos e recluso, e conheço pessoas que tem filhos na mesma situação, e me senti discriminada por mim e por ele e todos os rapazes e suas respectivas famílias assim, com essa colocação, sinceramente Lola me senti ofendida com esse comentário. A senhora não sabe o que é ter um filho com depressão, gastar com psicólogos, psiquiatras, ver a dor a apatia nele, quero ver o dia que a senhora ter um filho assim, ai sim a senhora mudaria esse pensamento arbitrário e preconceituoso sobre um grupo de pessoas. Meu filho que acessa esses sites chamados de "chans" justamente por ele não ter com quem interagir além de mim, meu marido e seus avós, que ele mesmo me mostrou, acabou de me mostrar esse post revoltado. Eu conheço o seu blog, e admiro a sua luta, mas esse post foi um grande equívoco. Sugiro que apague ou altere isto, ou quem sabe sou eu quem fará um boletim de ocorrência.

lola aronovich disse...

Joana, por "essa gente sem vida social" eu quis dizer, ahn, essa gente que é o alvo do post. Sabe, os mascus sanctos? Frequentadores do chan deles? Conheço muito pouco sobre chans, mas, até hoje, nunca vi um que não estivesse cheio de rapazes perturbados e preconceituosos. Converse com seu filho para que ele tenha ambientes virtuais mais saudáveis do que chans (ou como vc se sente por seu filho frequentar um lugar em que a palavra "MULHER" é automaticamente trocada por "DEPÓSITO"?). De resto, fique à vontade para fazer um boletim de ocorrência por seu filho ter se sentido ofendido.

Edson disse...

Eu tenho medo desse doente do Gustavo Guerra!
Esse cara é assustador!
Escória, merecia ser internado num sanatório e ficar lá pra sempre.

Rodrigo disse...

Caramba, eu mal posso imaginar como é viver com tudo isso que você passa, Lola. Você é guerreira mesmo.

E sobre o pessoal sem vida social, até eu tenho problemas de relacionamento, mas se é pra frequentar sites por "não ter com quem conversar", esse blog é muito mais saudável que qualquer chan...

Catarina Oliveira disse...

Não sei o que é chan, não entendi perfeitamente tudo, mas entendi a idéia. Estou horrorizada. Escrevo para enviar forças à Lola. Parabéns por sua coragem e determinação e conte conosco! Estamos juntas.

Kolesterol disse...

Lola,esses caras são assustadores.Me surpreende demais que eles realmente tomem o dia simplesmente para tentar atrapalhar a vida de alguém!E a vida deles?Eles não tem?O cara tava propondo passar o dia fazendo sites caluniosos de vc,poxa,o dia!Quanta coisa ele podia fazer para se sentir melhor consigo mesmo em um dia!E aquele cara que se diz inimputável,hein,ele não poderia ser preso ao menos num sanatório para criminosos doentes mentais?Pq se fosse fácil como ele diz o mundo tava perdido cheio de inimputáveis como ele soltos por aí.

tulio.montenegro disse...

Atenção mulheres, vcs tem idéia de quantos e como os homens às odeiam? Claro que seu pai, seus irmãos, seus tios, cunhados, seus maridos ou namorados e até vc, vão negar isso, mas, vc já leu um blog ou um texto feminista????? Não, mas já tem sua opinião né???? Esse texto abaixo é de uma das mais conceituadas feministas do Brasil. Observem o que ela passa no dia a dia. Com certeza algumas (ou alguns que se atreverem a ler) vão achar que a culpa é dela. Algumas (ou outros) vão dizer que essas ameaças são de psicopatas (aliás, em determinado momento do texto, a própria autora, equivocadamente no meu entender, deixa o leitor entender que esses atos são exclusivos de psicopatas). NÀO, NÃO são meros atos de psicopatas, são apenas o extremo do comportamento masculino. Mulheres, libertem-se disso, acompanhem os textos, blogs e movimentos feministas, não sejam omissas, quem se omite diante da opressão e da injustiça, se alia ao opressor. Dedico esse texto especialmente à Bel Diniz de Barros (minha mulher) e à Amanda Barros de Araújo (minha filha)

Anônimo disse...

Fica firme, Lola. Não se pode deixar calar por causa de gente assim.

Jonas Klein disse...

Olá Lola.

Bela atitude a sua, já estava na hora mesmo de fazer estes vagabundos, começarem a responder criminalmente pelos seus atos criminosos.

Boa noite

Flavia disse...

O mais assustador, para além das ameaças grotescas, é o fato de que esses vermes sabem tudo sobre sua vida: endereço, telefone, etc, etc. E ainda se comprazem ao torturarem psicologicamente uma mulher que eles não conhecem! Só pode ser inveja (dor-de-cotovelo, recalque) desses misóginos infelizes: ver uma mulher bem-sucedida, benquista e bem relacionada como você sendo tudo o que eles gostariam de ser, mas não são.

Anônimo disse...

que horror =( coragem Lola, e insista com a polícia mesmo, não dá pra deixar isso quieto!!! beijos

Kittsu disse...

Gente, que situaçãozinha complicada...
Esse rapaz aí que está se achando muito seguro em seus crimes por se considerar inimputável não sabe a sinuca de bico onde ele está se enfiando. A pessoa ser inimputavel pode até garantir que a pena não seja cumprida em uma prisão comum... Mas caso fique demonstrado que não é seguro a convivência desta pessoa em sociedade pode ser determinado que ela fique em tratamento em um manicômio judiciário até que seja considerado são ou seguro para a convivência... E como teoricamente é tratamento de saúde não existe pena mínima, progressão, saidão. Se ele tivesse a mínima idéia da realidade de um manicômio judiciário, pararia com essa sandice pra ontem.
E o pior de tudo é que ultimamente vi gente próxima, que se diz muuuito espiritualizada, se juntando a esses grupos de ódio - Sendo um alvo em potencial. Será que esse povo não vê o lamaçal onde está enfiando a cabeça?

Anônimo disse...

Lola, eu entraria tb com uma ação civil sobre difamação e calunia. Esses caras só tem tempo pra ficar fazendo isso pq tem alguém financiando. Follow the money - como vc disse. Aliás, pelas ameaças e por tudo o q é dito, as diferentes frentes do feminismo brasileiro deveriam processar esses caras até o último centavo e doar a indenização para casa de acolhimento de mulheres vítimas de violência. Chega desse bando de moleque se achando o máximo por detrás de um computador.

Anônimo disse...

vendo os rostinhos só fico imaginando eles esperando a mamãe preparando o jantarzin...

Matheus Monteiro disse...

Nossa Lola que coisa horrível. Desejo força e tudo de bom para você, admiro sua luta e espero que esses marginais vá para detrás das grades. Isso não são homens, são projetos abortados e escarrados que merecem passar a vida dentro de uma prisão. Força Lola, você é uma guerreira!

Anônimo disse...

Joana, eu entendo que esteja aborrecida. O que acontece é que não ter vida social É uma característica desses monstros. Não é uma ofensa pessoal ao seu filho, nem a quem não tem vida social; eu mesma tenho fobia social e hoje já estou melhor, mas antes de começar a terapia específica eu não tinha vida social nenhuma. Nem mesmo fazia trabalhos em grupo na escola, tirava zero mas não fazia. E mesmo assim eu não virei uma misantropa revoltada, querendo a morte de todos os homens do mundo. Não me ofendo quando dizem que um psicopata ou criminoso não tem vida social, simplesmente pq faz parte. Pessoas sem vida social podem somente ter alguma dificuldade em interagir e serem normais, e outras são monstros como esses mascus. Como quase tudo nessa vida é uma situação que tem dois lados e seu filho não precisa vestir uma carapuça que não serve nele. Você poderia aconselhar o rapaz a encontrar fóruns e chats mais saudáveis, sem tantos desequlibrados espalhando ódio; ou vc quer que ele sofre lavagem cerebral enquanto está vulnerabilizado pela depressão e fique como esses mascus?

Anônimo disse...

Lola, prazer, nunca lhe escrevi, embora acompanhe seu blog há algum tempo.
Antes, entretanto, escrevo à Joana: se seu filho entrou neste blog por ter visto o link em algum chan, há uma grande chance de ele estar sendo educado por esses sujeitos inseguros que ameaçam Lola. Lamento, achar que a Lola errou nos termos e não tirar seu filho dos chans é tão eficiente quando chegar em casa, encontrar seu marido com outra no sofá e, para resolver o problema, jogar fora o sofá. Seu filho está frequentando um ambiente em que os usuários se sentem à vontade para postar muita coisa que vc não gostaria que ele visse. Na dúvida, ponha o computador na sua sala e veja a reação dele. Se ele estiver fazendo, vendo ou lendo coisas inapropriadas, certamente reagirá agressivamente. Ainda dá tempo para educá-lo.

Lola, eu não vou pedir desculpa em nome dos homens pq sou homem e não fiz nada de errado. Aliás, nenhum homem fez algo de errado, já que eu me recuso a considerar que sejam homens esse tipo de verme. Não consigo acreditar que o cara tenha, em são consciência, estimulado o maluco a agir em Realengo..

Fico muito triste por ver que ainda existem homens que acham esses idiotas corretos.

Carolina M. disse...

Nossa, meu coração até acelera de ler isso... Pq é com vc, mas é comigo tb, né? E com todas nós. FORÇA SEMPRE, Lola!

Anônimo disse...

Eu acho uma boa ideia o Gustavo Guerra ficar preso pra sempre igual ao Champinha.

Anônimo disse...

Lola, B.O. só serve pra notificar, raramente (no BR) é iniciada uma investigação. Vide os milhares de casos onde mulheres fizeram B.O. contra seus ex-companheiros diversas vezes sem dar em nada até o pior acontecer... a sugestão de um comentário aqui é bastante válida: entrar com uma ação Civil. Tem mais chances de que haja alguma justiça.

Erres Errantes disse...

A internet é maravilhosa, mas infelizmente alguns canalhas a aproveitam para descarregar todo o seu ódio contra o que não lhes agrada. Protegidos atrás do teclado do computador, sentem-se bem machões e valentes.
É por isso que muitas pessoas preferem ter blogs sem revelar suas identidades, adotando pseudônimos. Por isso, Lola, admiro a sua coragem em expor seu rosto, nome e profissão, além de compartilhar alguns eventos do seu cotidiano conosco. Seu blog presta um excelente serviço. Eu, e creio que muitas outras pessoas também, jamais fariam ideia do que é o feminismo se não fosse o Escreva Lola Escreva.
Parabéns pela coragem de denunciar os agressores.

Cris disse...

"hurr durr eu sou inimputávelll". num é não, é BURRO mesmo. ninguém´maior de idade É inimputável, mas ESTÁ. a inimputabilidade é aferida no momento em que se comete o crime. e inimputabilidade é o estado momentâneo de incompreensão do caráter ilícito da conduta.
mas ele tá demonstrando a todo tempo que compreende SIM que seus atos são criminosos.

ademais, o probleminha dele é psicopatia, e isso não é causa de inimputabilidade justamente porque não retira a compreensão do ilícito, apenas lhe tira a capacidade de dar a mínima pra isso. e não dar a mínima pra legalidade não é ser inimputável, muito ao contrário...

Anônimo disse...

Boa sorte guerreira

Anônimo disse...

A única coisa que pensei quando li as ameaças foi: - Que horror!!!. Que medo desse Guerra!

Carol disse...

Lola, obrigada por compartilhar isso. Há muito tempo você é ombro, agregadora e porta-voz. Uma força muito além do que eu consigo imaginar. Obrigada por tudo, tudo. Mandou bem em nomear esses merdas. Estamos com você.

Anônimo disse...

Com uma mãe como vc, é fácil entender pq seu filho é assim. Se ele já tem as suas perturbações ele não precisa de chan e sim de PSICÓLOGO! Aproveite e faça terapia junto com seu filho.

Beatriz Lemos Rodrigues disse...

força, Lola. acabei de ler essa publicação. tô em choque e fico imaginando como vc tá. te mando um abraço apertado.

Anônimo disse...

Nem todo chan é, como você diz, "cheio de rapazes perturbados e preconceituosos". O magalichan ,por exemplo, era frequentado por garotas e palavra mulher não era substituída, existem alguns outros chans que aceitam mulheres numa boa.
Se informe um pouco antes de formular uma imagem tão generalizada dos chans brasileiros.

Anônimo disse...

Tenho problemas de socialização e timidez e acesso chans há alguns anos, mas constantemente tenho conflitos internos sobre continuar ou não frequentando esses lugares.

Se por um lado a maioria dos usuários é racista, misógina e homofóbica em maior ou menor grau, por outro encontrei lá ajuda mútua, companhia nos momentos ruins e troca produtiva de referências culturais, que são coisas muito importantes para quem não tem amigos ou qualquer tipo de contato com outras pessoas na vida real.

Reclusão e fracasso em relacionamentos não levam um sujeito necessariamente a cultivar ódio contra outras pessoas ou grupos de pessoas, e além de mim existem outros usuários que não são racistas, misóginos nem homofóbicos, apesar de sermos minoria absoluta. Isso é uma coisa que não consigo entender e que me deixa profundamente triste, porque não cultivar esse tipo de pensamento infantil seria o mínimo a se exigir de uma pessoa instruída e ponderada.

Enfim, gostaria de prestar solidariedade a você, Lola, e desejar que esses BOs levem efetivamente a algo, porque não compactuo com nada que os babacas Marcelo e Guerra e seus "discípulos" cabeças-ocas falam.

Adriana Gragnani disse...

Lola, registro minha solidariedade. A afronta e desrespeito é , lamentavelmente, alimento vital para certas pessoas. Não é doença. É exercício grotesco de poder.

Anônimo disse...

#psicopatas simples assim!

João disse...

Eu leio seu blog, apesar de discordar de 70% do que vc diz. Creio que vc me classificaria como alguém de"direita". Contudo, quando leio algo que considero errado ou mesmo absurdo, eu simplesmente paro de ler, vou fazer outra coisa da minha vida e não penso mais nisso. Então, eu fico horrorizado com a lealdade e a intensidade do ódio que essas pessoas dedicam a vc e mesmo discordando de vc em muita coisa, eu admiro sua coragem de continuar o blog mesmo sendo assediada e ameaçada por essa legião de doentes. Eu já teria desistido. Força aí. Espero que essas pessoas paguem pelo que elas estão fazendo.

Anônimo disse...

Infelizmente a liberdade que se tem na internet libera o pior do ser humano.

Acredito que o crime de ameaça não vai dar em nada. A pena é muito pequena.

Tb não sei se fazer um post sobre isso não ajuda a dar mais IBOPE para essa gentinha. Eles querem atenção e isso que vc está dando para eles. É tipo birra de filho pequeno.

Qual a possibilidade desses lunáticos que vivem do outro lado do país fazerem algo concreto? Para mim, isso não passa de delírios de mentes perturbadas.

Eu trocaria o número do telefone e a conta do skype por motivos de: não querer mais encheção de saco.

Mas boa sorte! Conte-nos o follow up da situação.

Thomas Castilho disse...

Força Lola, força.

Anônimo disse...

Fiquei tão impressionada com o texto que até sonhei com vc Lola!

Anônimo disse...

É isso aí Lola! Esmague o patriarcado com a força de mil sóis!

Espero que o post de hoje inspire outras mulheres a fazerem o mesmo: denunciar os abusos pelas vias oficiais!

É preciso registrar tais abusos nos órgãos do governo, produzir as estatísticas.

Nossa bravura vencerá o ódio deles!

Daniela disse...

Que merda, Lola! Senti sua dor e medo por vc. Não se abata. Esse bando de misóginos doentes uma hora tem que parar de um jeito ou de outro.
To na torcida por vc.

vivolivro disse...

Sou homem, e mesmo que não fosse feminista, diria: isso não é gente, não. É bicho, do mais rasteiro. (Também 'tou solitário e meio deprimindo, mas isso antes refreia minha agressividade, e não o contrário.)
Vamos botar esses caras na cadeia : eles se merecem, pelo jeito.

FMRezende disse...

Meu, isto tudo é muito surreal! Tenho pesquisado muito sobre a misoginia, feminismo e temas relacionados; sempre de forma crítica e aberta à discussão. Infelizmente, por conta de aspectos culturais, é difícil para alguns homens entenderem o potencial impacto negativo do chamado "catcalling" (constranger alguém com olhares, cantadas, assobios, etc), mas daí partir para uma sem noçãozisse sem tamanho é um bizarro. Não entendo como possa existir isto no mundo ainda.

Anônimo disse...

Lola,
Te admiro muito.
Leio seu blog todos os dias desde 2011, mas raramente comento. Hoje, vim comentar para que você tenha a certeza de que não está sozinha. O seu blog é um serviço social muito mais eficiente e importante do que você imagina. Você já me ajudou muito a me descobrir, me amar... E sei de muitas outras mulheres que pensam o mesmo. Obrigada, Lola. Você tem muitos inimigos, é verdade, mas tem muito mais admiradoras e admiradores. Estamos contigo, bonita!
Abraço apertado.
N. G.

Anônimo disse...

Não acompanho seu blog, mas este post fez barulho nas redes sociais, o que me fez ler alguns posts seus relacionados a esse assunto.

Ao ler meu queixo caindo com os absurdos que vi nos prints e me senti na obrigação de vir aqui manifestar meu apoio e dar os parabéns por sua força de manter o blog e as convicções apesar de tudo.

Sucesso Lola, tudo de bom.

Anônimo disse...

Ele morava aqui em Brasília. É um fidivó.

Edson disse...

Lola. Apenas deixo aqui minha força e admiração pela sua garra.
Lamento que tenha que passar por esse horror.
Se temos no congresso um deputado que faria a mesma coisa que esses crapulas fazem, por que não teriam seguidores dele por aí né...
Que a PF prenda e jogue as chaves fora esses marginais.

Anônimo disse...

Como homem cisgenero branco de classe média alta, permita-me acabar com essa sua fantasia que o feminismo (ou os direitos gays, negros e etc) nos transformam em vilões.

Não nos transformam em vilões. Apontam para nós nossos privilégios. Muitos dos quais a gente nunca percebeu antes.

Ao perceber privilégios que desfrutamos automaticamente sem qualquer esforço, é comum que pensemos "mas e todas as dificuldades que nós passamos? Não contam?". Nos sentimos acuados, responsabilizados.

Não se sinta. Usando um linguajar típico das forças reacionárias a estes movimentos: não se vitimize. Estes movimentos não são opostos a você. São empoderadores do outro. Aceite que você aproveita sim destes privilégios. E se encontrar alguém que se empodera de forma mais agressiva ou raivosa... dê ao outro o privilégio de poder expressar sua raiva também ;)

Anônimo disse...

Além de aturar esses caras, a Lola tem que aturar uma mãe claramente equivocada (ou piadista demais)... força, Lola!

O ano que vem será melhor, tenha certeza.

Kittsu disse...

Que contradição, viu. Citou como exemplo um único chan onde não ocore a tal substituição e completa com "existem alguns outros chans que aceitam mulheres numa boa."

Logo, a regra é...?

Anônimo disse...

Parabéns pela coragem Lola. Siga em frente e coloque esses malditos na cadeia. Eles são um perigo não só pra você, mas para todas as mulheres.
Faz uma campanha, estamos juntas!
Boa sorte!

Anônimo disse...

Lola, antes de tudo, minha solidariedade a você. Seu trabalho é importante, corajoso e tenho certeza que seus admiradores são em número muito maior. Acho lamentável você passar por isso e mais lamentável ainda ver esses dementes soltos por aí, livres para exercitar sua monstruosidade. A internet tem um efeito agregador que funciona como uma faca de dois gumes. Ao mesmo tempo que une pessoas com ideais justos, também aproxima psicopatas e toda sorte de pervertidos.

Também desconhecia o grau de misoginia existente na internet e, obviamente, fora dela. Talvez até duvidasse se alguém viesse me contar. Tive o desprazer de participar de alguns fóruns de tecnologia e jogos onde o público provavelmente é o mesmo dos chans. Pelo menos a mentalidade, o linguajar e as opiniões dos participantes são idênticas. Senti nojo de ler tanta merda nesses ambientes e me afastei.

Embora tenha dúvidas quanto à eficiência da policia nesses casos, espero que tomem providências em prol da sua segurança. Acho que fazer o BO foi uma decisão acertada e vale a pena pensar numa Ação Civil.

Muita força para você, estamos contigo.

Debora G. disse...

Oi Lola. Para que ocorra o crime de ameaça, é necessario que a vítima se sinta ameaçada. Ele tem essas duas pontas, caso contrário inexiste o crime. Então ao escrever no BO q você estava amedrontada, a escrevente estava sendo técnica e te ajudando. Muita força pra voce, e que a justiça aja com rigor.
Bjos

Adilson Nóbrega disse...

Sua luta não inspira somente mulheres, Lola. Inspira também muitos homens que desejam uma sociedade menos desigual. Siga em frente, nunca esmoreça :)

Ana A disse...

Lola, querida, você que acolhe tanta gente, que ajuda, que é solidária, é inacreditável e tão, mas tão absurdo que você tenha que lidar todo essa baixo astral, e ainda mais, cotidianamente. Você é muito forte, pessoalmente, eu já fico deprimida só de ler esse post.
Mas agora, pensando em medidas práticas. Eu não entendo nada de direito. Alguém falou em ação judicial. Nem sei o que é isso, mas Lola, acho que você deveria se informar com alguém muito bom na área, algum advogado, e ser orientada sobre a melhor forma de fazer algo que efetivamente detivesse essas pessoas. O melhor mesmo seria que outras mulheres que tem blogs feministas se unissem em uma ação conjunta. Acredito que você não deve ser a única a lidar com esse lamaçal asqueroso. E eu, assim como, tenho certeza, inúmeras outras leitoras, estaríamos prontas para ajudar da forma que fosse necessária, econômica ou, sei lá. Acho que você precisa de paz, seria uma atitude por você, mas também e talvez sobretudo por todas as mulheres. Não é possível que uma sociedade conviva com esse ódio por metade da sua população. Não é possível, não é razoável, não é humano. Eu não sei como qualificar esses indivíduos. Não sei se são doentes, se nasceram com alguma coisa a menos, não sei se houve algo de muito errado no caminho que os transformou nesses corcundas de Notre-Dame emocionais. São uns aleijões emocionais, esse é o único qualificativo que encontro.
Um beijo grande, muita força. Muito amor, luz, alegria e leveza pra você e sua família em 2015. Você é imprescindível, Lola.

Ane disse...

Eu já estava de queixo caído com aquele tal Christoffer - que claramente é um doente mental e uma pessoa mal resolvida - mas nunca imaginaria que difundir suas ideias pudesse levar a esse tipo de reação tão odiosa. Quanta falta do que fazer...estudar, trabalhar, progredir, evoluir que é bom ninguém quer né...mas destilar ódio pela internet é fácil. Acho difícil que as ameaças cheguem a algo real. Mas estamos aqui te apoiando sempre, Lola...seu blog sempre me ajudou. Eu mesma estou em tratamento pra depressão há 4 anos, tenho minhas crises, mas não fico agressiva, nem planejo matar ninguém.

Quanto a mãe que ficou ofendida: ao invés de fazer um BO contra a Lola, você deveria é prestar mais atenção no que seu filho anda fazendo pela internet pra não virar um parasita que nem esses aí.

Lucas disse...

Sou homem - sei que vou ler comentário, caso esse seja aprovado, do tipo "opinião de homem não importa" - e fico abismado com o tipo de cara que tem por aí. É criminoso, e ponto final. E homem que é homem não é criminoso. Assim como mulher. Ser humano decente procura se livrar do que é errado e viver em paz e de boa.

Mas a minha dúvida é: dizer que todos os homens são assim ou têm tendência a agir dessa maneira, é justo? Eu também fico indignado lendo esse tipo de coisa, seja da violência com mulher, ao negro, judeu, branco, asiático, e por aí vai, até os animais "irracionais". Enfim, espero que a situação se resolva e os culpados sejam presos novamente, moça do blog.

Anônimo disse...

O Christoffer vai melhorar se casar com uma trans. Isso é certamente falta de sexo, depressão causada por excesso de pornografia.Uma trava irá torná-lo mais feliz

É o caso de arranjarem uma namorada trans para os mascus, que adoram c..., eles são viciados em pornô. Por isso não se relacionam com ninguem de carne e osso.

Lucas Souza disse...

Que situação horrível que você tem enfrentado.

Força, Lola!

Anônimo disse...

Não entendo essas manias de homem de falar que esses lunáticos não são homens. Homem agora não comete crime não? Aposto que homem também não caga...

Lucas Souza disse...

Para o Lucas que perguntou anteriormente se é justo "dizer que todos os homens são assim ou têm tendência a agir dessa maneira"...

Rapaz, não vi em nenhum lugar a Lola dizendo uma coisa dessas, por favor me informe onde está esse texto.

Estou te pedindo o texto porque acredito que muitos dos problemas que a Lola (e outras pessoas) enfrentam por aí vem justamente dessa confusão que acontece quando você *assume* que uma pessoa disse alguma coisa/é de uma certa opinião e não se pesquisa para entender a verdade.

Por exemplo, muita gente realmente acredita que o feminismo é um movimento cujo objetivo é exterminar os homens e gastam teclado destilando ódio contra feministas na internet em vez de ir no Google (ou aqui, nesse blog fantástico) ler sobre o assunto.

Bom, é isso. Fico feliz por você também ficar "indignado lendo esse tipo de coisa, seja da violência com mulher, ao negro, judeu, branco, asiático, e por aí vai" mas acho que devemos adiar essa discussão sobre a presença ou não de justiça ao afirmar que todos os homens são assim até existirem provas de tal alegação.

Anônimo disse...

Nossa, Lola, acho até que vc demorou para fazer esse BO. O bom é que deu tempo para juntar bastante material sobre as atividades desses criminosos. Que gente louca - e burra. Esse que se crê inimputável então, uma anta. Na melhor das hipóteses fez a vida do advogado dele um inferno. Espero que a polícia aja , que esses caras sejam bem enquadrados e que este que foi solto antes do fim da pena volte já para cadeia pois me parece claro que ele voltou a cometer os mesmos crimes pelos quais foi preso da primeira vez.
Já para a mãe preocupada com o filho que sofre de depressão, gostaria de propor uma reflexão. Seu filho leu um texto onde uma pessoa relata que fez um BO por sofrer uma série de ameaças e ficou indignado, exatamente com o que? Ninguém tava falando dele? Ou tava? Me parece que ele vestiu a carapuça, ficou com medo da polícia e foi pedir ajuda da mamãe. Normal vc querr proteger seu filho, mas diante dos textos colados a esse relato, vc não fica nem um pouco preocupada com o que ele anda falando nesses chans? Sério mesmo que vc acha que a melhor forma de proteger seu filho é ameaçar de fazer um BO contra a Lola. Tenha coragem, mulher, vc ainda pode salvar seu filho, mas ameaçar a Lola definitivamente não é a melhor maneira de fazer isso.

Anônimo disse...

Lola, demorou né! Puxa, não sei como é possível que esses bandidos ainda estejam por aí, com liberdade para falar e fazer tanta merda! Eu temo por você. Admiro sua luta e sua coragem. Faz muitos anos que leio seu blog e sou representada por você. Mas por favor, tome todas medidas cabíveis, e tome cuidado! Nós sabemos que a força deles está atrás de telas de computador e identidades falsas, mas com gente assim, é melhor não pagar pra ver.

Renata disse...

São tão desprezíveis que não param de produzir provas deles mesmos.... Chega a ser impressionante, tamanha limitação e violência.

A Lei Maria da Penha não enquadra esses criminosos?

Você deveria sugerir que a escrivã retirasse o amendrontada por revoltada e indignada.

Conceição disse...

Lola,

Deixo toda a minha solidariedade a vc. Parabéns por se manter com o blog. O trabalho q vc faz de denunciá-los está sendo bastante frutífero, daí os ataques, daí a revolta, daí o ódio. Vc tá acabando com eles.

E vc vencerá, pq vc está certa. Vc tem o nosso apoio.

Abraço apertado!

Fabiano Honorato disse...

Oi. Tenho um assunto importante para falar. É sobre o chan, eu acesso ele a muitos anos. Desde o 55chan. Apenas não misture esses bobões forçadores com o resto. É um bom lugar para conhecer coisas novas.

Claudia de Curitiba disse...

Não gosto de tudo que você escreve, mas essa atitude sua foi muito acertada, não só fazer o B.O. como divulgá-lo na sua página. É isso mesmo, esse tipo de guri inútil é rambo só nos teclados, sucumbem à primeira intimação em casa. Muito bem feito mesmo.

naiara escobar disse...

Caramba a mulher esta sendo ameaçada de morte e a senhora ta preocupada com a maneira q ela fala? Minha querida, vamos rever as prioridades, ela não atacou seu filho,apenas esta se defendendo! Duvido que caiba processo! Tsc tsc tsc

Anônimo disse...

Lola, escrevo apenas para lhe dar os parabéns pelo blog e para declarar meu apoio a você. Continue escrevendo!
Abs

Anônimo disse...

Puta merda, ein? Todos oa chans têm preconceituosos e preconceituosas. Pessoas que não são racistas e homofóbicas não ficam procurando chans no Google. E a Lola está criticando chans específicos. Quero dizer: a Lola é ameaçada dessa forma bruta, e seu desabafo é esse? Tenha mais empatia, por favor!

Anônimo disse...

Já ameaçou muitas mulheres, e alguns homens também. Eu já fui ameaçadx por ele!!

Anônimo disse...

O problema é o Chan. O chan corrompe você aos poucos. O Anonimato é um estímulo à atitude imoral e antissocial. Claro, não estou dizendo que todos são assim, no chan existe gente de, literalmente, todos os tipos.

Natália disse...

Lola, tive a sorte de te conhecer na USP uma vez. Você é muito simpática e tem um sorriso maravilhoso.

Quanto a esses acontecimentos: não sei o que posso fazer além de te mandar abraços e beijos, espero que você e tua família estejam em segurança e felizes nesse fim de ano, que costuma ser caótico.

Esses psicopatas vão pagar pelo que fazem, já pagaram uma vez. Merecem ir pra cadeia, são uma ameaça pra sociedade. São covardes nojentos ameaçando mulheres.

Você disse que não tem medo. E não deve ter. Mas sei que em algum grau isso te assusta. Sinta-se abraçada. Você e tua família. Você não está sozinha. Teu blog ajuda muita gente e sei que você o escreve com integridade e responsabilidade.

Que 2015 seja um ano feminista.

Ana Eufrázio disse...

Perdi o fôlego! Poxa Lola. Não sei como lidaria com isso. Fico feliz que seja essa guerreira forte que você é.
Mas, mudando de assunto: Feliz ano novo! Tudo querida.

Anônimo disse...

Coragem Lola, afirmo que a internet, deu força a estes bichos, eles acham que nada vai acontecer, falam asneiras, desconhecem a cultura e não tem vida social

Anônimo disse...

Cara Joana, senti vergonha alheia ao ler seu comentário. Se você conhece tão bem seu filho nem deveria "se ofender" com a expressão diante da seriedade do post inteiro, assim como li que pessoas aqui não têm uma vida social comum, eu também não tenho e nem por isso me ofendi, visto que não me enquadro na descrição.

Parabéns por ser tão guerreira, Lola. Grande abraço. Força.

Anônimo disse...

Lola,pode falar um pouco sobre o suicídio da leelah alcorn?
Ela era uma garota trans de 17 anos,mas que não tinha apoio dos pais cristãos que tentavam de tudo para "consertá-la".ela sofreu muito,e deixou uma nota de suicídio culpando os pais e terapistas.
ela disse que seu último desejo era que sua morte não fosse em vão,que ajudasse pessoas trans de alguma forma,então por favor,divulgue o caso e assine o abaixo assinado para que a lei que leva o nome dela e que proíbe o tipo de 'terapia' que foi aplicado nela,seja aprovado nos EUA.

Anônimo disse...

Lola, conheci o blog agora através de um compartilhamento no facebook!!!!

Sou homem, realmente acho imbecilidade desses animais que deveriam ser presos.

Mas entendo toda a luta por igualdade das mulheres, por direitos iguais, por mesmos salários, por poderem ter mesmas liberdades que um homem.

Mas realmente ainda não consigo compreender bem o extremismo feminista, espero não ser xingado não me considero machista, embora para vocês eu esteja falando como um, mas penso que somos todos indivíduos com mesmo valor, independente de religião, cor ou gênero e qualquer outro esteriótipo que possa surgir, simplesmente somos todos iguais... e deveríamos brigar por leis e que elas sejam cumpridas no brasil, esses caras do teu post são uns doentes que necessitam urgentemente de internação psiquiátrica são um perigo para sociedade... mas os ataques e ofensas a todo homem por simplesmente não concordar com uma ou outra atitude do feminismo é o que faz estes seres doentes se manifestarem...

Sucesso na busca por igualdade eu com minhas atitudes as trato com indivíduos independente de suas escolhas, se fazem algo que é contra a LEI, irei julga-as, se fazem algo bacana, irei reverenciá-las...

Beijos de um homem que ama a todos como a si mesmo independente de quem seja...

Aline D disse...

Lola,

Fiquei preocupada contigo ao ler o post. Embora você já tenha dito que recebia ameaças, eu não imaginava que fosse algo tão intenso. Desejo do fundo do meu coração que você e a sua família fiquem bem e que esses caras sejam punidos.

Obrigada por manter o blog! Desejo muita luz, serenidade e força!

Um abraço!

Aline D disse...

Anônimx das 12:57,

Seu comentário foi extremamente transfóbico. Referir-se a alguém trans como "trava" ou dizer que os mascus devem arranjar uma namorada trans porque "adoram c..." é algo profundamente desrespeitoso. Sugiro que releia o seu comentário e pense no que escreveu.

PS: eu sou uma mulher cis, mas achei muito ofensivo o comentário.

Anônimo disse...

Lola, força pra você, para aguentar esses ataques criminosos e os comentaristas idiotas de internet (essa mãe dizendo que se ofendeu com o post foi demais hein). É impressionante, as pessoas acham que podem falar qualquer coisa online, quando não estão sendo vistas. Obrigada pelo seu trabalho e pela força que vc dá axs leitorxs.

Anônimo disse...

Parabéns pela luta! Guerreira!

Anônimo disse...

O Gustavo Guerra é um desocupado, Lola. Não trabalha, não estuda não faz nada na vida além de ficar nas redes sociais fazendo discurso de ódio contra mulheres .Ele é sustentado pelos país , são eles quem pagam a internetdo filho, as despesas dele p o cara não para em emprego nenhum .Eles também deveriam ser responsabilizados pois sabem das coisas q o filhO faz e mesmo assim pagam acesso a internet pra ele cometer crimes . Se ele ,por ser esquizofrênico e usuário de remédios controlados, é inimputável, os pais devem ser responsabilizados .

Anônimo disse...

eu lí o q vc passou e estou chocada....esses caras são doentes!!!! Espero nunca encontrar um cara desses na minha vida....Deus é mais

Raven Deschain disse...

Feliz ano novo, Lola, Silvio e Mãe. =3

Cauê Godinho disse...

Admito que nunca li muito do seu blog mas tenho muitas amigas feministas que falam muito bem do seu trabalho. Vendo uma situação dessa, eu me pergunta como as mães deles reagiriam se soubessem tudo o que eles escrevem. Vivendo numa sociedade patriarcal eu sei que ainda tenho concepções erradas sobre as mulheres mas tento mudar um pouco mais todos os dias. Esses caras vivem um mundo absurdo, como se vivessem na Idade Média, querendo matar pessoas a torto e a direito, desumanizando as mulheres. Se ser homem é isso que eles pregam, prefiro muito mais ser um rato.

Anônimo disse...

O problema é que isso tudo "fica na internet". Esse tipo de movimentação não vira matéria no fantástico, ou no jornal nacional. Ninguém fala dessa gente. São só "os malucos". Lola, eu detesto falar sem ajudar, mas o caso é: será que uma professora universitária não consegue se mobilizar de uma maneira diferente para atrair a atenção da imprensa e transformar esse tipo de comportamento em pauta jornalística? Agora, nem falo pra fazer isso de um ponto de vista feminista, pq isso já ultrapassa essa e outras causas. Vemos que as pessoas reclamam de "mimi feminista, mimimi gay" sem entender o que é crime de ódio e seus impactos na sociedade. Isso NUNCA é pauta jornalística. Precisa virar. O povão (que não fica flutuando na deepwebs) precisa entender. É uma massa de gente que não vai entender se vc falar em chans, mascus etc. Não conhecem esse mundo. E Lola, desculpe falar isso, mas: em uma medida, você é como eles. Não no sentido comportamental, mas por se tornar mais uma pessoa com uma comunidade criada em torno de si e que, apesar de falar coisas importantes, fica restrita a um mundinho digital. Esse blog é o seu "chan", e ele não poderia ser. Enfim, denuncie, mas pense nisso. Essas pessoas se sentem impunes pq se sentem anônimas e inatingíveis. É preciso que elas sejam vistas, ouvidas e percebidas. Que as pessoas saibam identificar - e tratar - esse tipo de comportamento em suas famílias. Esse despercebido pelo qual passam ajuda na proliferação de mentes perdidas. E eles pegam justamente esses bebezões que sempre foram malcriados em casa com as próprias mamães e não sabem aceitar um não ou uma rejeição.

Raquel Cip disse...

Lola, quero manifestar meu apoio e minha solidariedade a você e seu esposo. É inadmissível que vocês tenham sua vida e intimidade expostas desse jeito e com esses fins por conta de seus textos feministas.
Talvez outros leitores já tenham lhe passado essa informação, mas não custa repeti-la. O melhor meio de preservar as provas de crimes cometidos pela internet é fazer uma Ata Notarial, ela tem muito mais valor e robustez jurídica do que apenas os prints. É assim: você anota o endereço do site em que o crime ocorreu, faz (e imprime) um print para gatantir, vai até um cartório de registro de títulos e documentos e pede para registrar uma Ata Notarial. O escrivão irá a cessar o site que vc forneceu (onde estão os crimes), e irá descrever o conteúdo do site. Como o escrivão tem fé pública, o relato dele, via ata notarial é prova muito mais robusta do que um mero print, já que o print sozinho pode ter autenticidade contestada.
É um caminho expendioso, pois é preciso pagar pelas atas e se não me engano os cartórios cobram por cada lauda, mas se quiser entrar com processos cíveis e criminais contra esses agressores pode ser o meio mais seguro de produção de prova.
Aqui tem um site com uma boa explicação da Ata Notarial para provar crimes na internet: http://www.anoregpr.org.br/index.php?option=com_content&view=article&id=195:ata-notarial-pode-produzir-provas-de-crimes-praticados-na-internet&catid=45:noticias

Aliás, esse caso me fez pensar que como existem muitos crimes virtuais de ódio contra mulheres, seria legal um post mostrando que providencias legais as mulheres podem tomar para punir os agressorea. Esse aspecto da preservação da prova é muito importante, ainda mais diante de um judiciário que acredita mais na palavra do homem do que na da mulher.

Lola, desejo um 2015 muito feliz para você e seu esposo!

Ana Nazaré disse...

O resultado de MÃES IDIOTAS! O resultado da "masculinidade" ! Homem sempre respeitado na sociedade, mulher nunca! Lola, Admiramos você ! estamos juntas ! Arranja um cacete e mete pau nesses menininhos e manda eles pra cadeia!

Joana disse...

"Joana, por "essa gente sem vida social" eu quis dizer, ahn, essa gente que é o alvo do post. Sabe, os mascus sanctos? Frequentadores do chan deles? Conheço muito pouco sobre chans, mas, até hoje, nunca vi um que não estivesse cheio de rapazes perturbados e preconceituosos."
Podem ser rapazes perturbados, justamente por terem sidos excluídos por toda uma vida, e não terem se encaixado em um grupinho. Agora eu lhe pergunto, eles tem culpa disso? Ai justamente eles se encontram em chans por ser um local anônimo onde não existem hierarquias sociais, nas quais eles sempre tiveram por baixo, ou sequer estiveram. E só pra lembrar, o meu filho não é misógino, ele é apenas uma pessoa que não consegue se socializar, e ao ler o trecho do seu post que eu destaquei, foi bastante doloroso pra ele, e acho que é perigoso discriminar um grupo de pessoas, essas que tem dificuldade de socialização como todos como alguém misógino e perigoso, eu vejo que o meu filho já é discriminado por ser introvertido, mas tratar essas pessoas como alguém assim só piora a situação deles, que não já não é boa. E olha, eu até entendo alguns virarem misóginos, essas pessoas sofrem MUITO mais que vocês imaginam, e boa parte do feminismo que basicamente é um repúdio aos homens, ao meu ver só piora a situação deles.

"Converse com seu filho para que ele tenha ambientes virtuais mais saudáveis do que chans (ou como vc se sente por seu filho frequentar um lugar em que a palavra "MULHER" é automaticamente trocada por "DEPÓSITO"?). De resto, fique à vontade para fazer um boletim de ocorrência por seu filho ter se sentido ofendido."
Chega a ser engraçado ver isso, feministas chamam homens de "mascus" entre outros termos. Eu até entendo um pouco o lado deles de chamar a nós como depósito, afinal, eles sempre foram rejeitados por mulheres e todos, e não conseguiram se encaixar na sociedade, afinal, eles são homens, o que é sempre cobrado uma postura "ativa" e ter iniciativa em tudo, o que é terrível para rapazes mais introvertidos como o meu filho, eu como mulher enxergo isso, diferente de nós mulheres, onde as coisas acontecem simplesmente, mesmo nós não fazendo nada. Tente entender a dificuldade de um homem pra conseguir uma parceira e uma mulher pra conseguir um parceiro, ai veja rapazes extremamente introvertidos, falando por mim, eu nunca fui uma mulher de fato bonita, tive paixonites por caras bonitos que eram bem tímidos, e nunca "chegaram" em mim na juventude, alguns veem uma parcela do feminismo simplesmente discriminando homens, e eles como nunca tiveram sucesso com mulheres e sucesso socialmente, se revoltam, na minha opinião com certa razão até, porque nós mulheres em geral "premiamos" os mais bem sucedidos socialmente, isso é inegável. Ai você conseguirá entender o que passa com eles.

lola aronovich disse...

Joana, vc é fake. Não acredito que alguma mulher de verdade escreva "até entendo que eles nos chamem de depósitos", seguido por todos os "argumentos" mascus. E vc compara caras chamando mulheres de "depósitos" num chan/fórum misógino em que se incentiva estupro, pedofilia, assassinatos de mulheres com a gente chamando masculinistas de... mascus (que é apenas um diminutivo para masculinistas. E eu não chamo homem de mascu. Chamo masculinista de mascu!).
Vc é só mais um mascu tentando se passar por mulher.

Raven Deschain disse...

Joana é mascu disfarçado. Engraçado como agora eles sabem escrever o nome (feminino) com letra maiúscula.

Anônimo disse...

Lola, na próxima vez, vê se não facilita a vida desses caras e pare de anunciar cada um de seus passos na seara policial/judicial. Sério, pare. O fator surpresa lhe é muito mais favorável do que dar tempo a cada um desses vermes de se organizarem e fugirem.

Ulisses Adirt disse...

Nossa, Lola. Bacana a sua coragem. Mas, não deixe de tomar cuidado.

Elaine Telles disse...

Joana, na verdade você descreve a si pŕoprio e está fantasiando como sua mãe deveria lhe tratar.
Nào enganou nínguém. Adeus.

Anônimo disse...

Lola, acompanho seu blog ha mais de um ano, gosto muito de todos seus posts, estou contigo, força, você é mto corajosa, te admiro bastante é uma inspiração para muitas mulheres, inclusive para mim!!! obrigada!!

Joana disse...

Lola, entenda, eu não sou "fake" ou sequer entendi o que você quis dizer com isso. Você acha que eu sou um "mascu santo" ou o meu filho se passando pela mãe dele? E se fosse, qual seria o problema, um garoto sem vida social não poderia se expressar um descontentamento na internet, logo o único lugar onde ele tem voz? Mas entenda que nem todo rapaz sem vida social é um "mascu" o meu filho ficou realmente triste com aquele texto destacado por mim entre aspas, e talvez lendo o seu post ele pode virar um deles, e até entenderia isso, já que muitas vezes pessoas, e ainda feministas discriminam pessoas como ele. Quando eu falei de feministas extremas, coisa que por sinal você não é, realmente discriminam homens, algumas propagam o extermínio dos mesmos, propagam a misandria de fato, o que faz rapazes como o meu filho, ele não pois temos um bom relacionamento e nos entendemos muito bem, mas alguns rapazes virarem realmente misóginos, basta ver no facebook, de algumas moças, conteúdos realmente misândricos que acredito que você não concorda.





lola aronovich disse...

Cara "Joana", vou publicar seu comentário, mas saiba que vc não está enganando ninguém. Além disso, seu "argumento" de que as terríveis feministas misândricas estão transformando pobres rapazes bonzinhos e introvertidos em misóginos é absolutamente ridículo. Enfim, eu não me sinto muito bem conversando com um troll.

Anônimo disse...

Só vivo minha vida e fico assistindo onde tudo isso vai dar. Pra mim tanto esse cara quanto esse feminismo, ambos são sem noção. Eu quero ver o circo pegar fogo e o palhaço queimar! Tenho "vida social" e frequento chans e acho que é um bom lugar para se adquirir boa cultura se você tenha filtros, ou vocês acham que só o que o que está na moda e na mídia é o correto (movimentos GLS, feministas e anti religião)? Lá existem pessoas de todos os tipos, desde favelados até professores de faculdades de renome, advogados, médicos e pessoas instruídas e bem sucedidas (frequento a anos). Não sou a favor de nenhum tipo de violência e medidas extremas, erros que justificam outros (feminismo moderno é um deles), mas só avisando, tome cuidado. A galera que frequenta esses lugares, além de muitas pessoas que só falam, existem muitos "sem noção", como por exemplo o Wellington (sim, o atirador do massacre de realengo era um frequentador desses lugares). Boa sorte.

Anônimo disse...

Abominável essa atitude desses pulhas...Passo por um momento bem barra pesada, cruzei com as piores pessoas que eu já vi em toda a minha vida...fiquei aterrorizado e com muita raiva...porém descobri que quando mais ódio e raiva eu sinto pior fica a minha vida... e quando senti que estava a beira da depressão parei de sentir ódio e tudo melhorou...Nunca fui um Giácomo Casanova...na verdade nem sequer me dava bem com as mulheres, seja porquê eu não era nenhum modelo de beleza nem bom com as palavras era um zero a esquerda em habilidades sociais... bom ainda sou...porém era muito canalha e um poço de arrogância... queria "pegar" tantas mulheres como o casanova...sei que tem mulheres que se casam por dinheiro e que se casa por vários motivos que não o amor...mas isso é problema delas...se existe mulheres interesseiras é por culpa desse patriarcado e desse capitalismo cruel...e quem sabe no fundo em mundo diferente em nem pensaria como um canalha estaria feliz com alguém...esses masculinistas são muito otários defendem até a morte o sistema que os oprime e os colocam na solidão.

Anônimo disse...

Querida Lola,

Você é a razão pela qual hoje compreendo uma série de coisas que quando mais jovem não entendia. Minha revolta com o machismo, sem nem saber o que era, por exemplo. Mudei minha maneira de pensar sobre diversos temas, como cotas para negros, questoes de generos e sociais graças a VOCÊ!

Queria muito poder conhece-la pessoalmente um dia! Estou morando fora do Brasil, sou professora de Ed Infantil, e trabalho muito para que meus pequenos sejam seres humanos maravilhosos. Tenho sorte em trabalhar em uma escola progressista e alternativa, onde meninos e meninas podem ser o que eles querem ser, sem rótulos. :)

Fique bem!! Estamos tod@s contigo!!

Machistas não passarão!

Anônimo disse...

Esses bostinhas aí só sabem falar e falar e falar. Filhos de chocadeira, é o que digo, porque quem tem mãe não se presta a isso.
Devem ter um histórico de rejeição de mulheres, só isso explica também.
O típico tipo de pessoa que precisa se engrandecer na internet pra se sentir alguém, já que na vida não passam de um saco vazio. Um saco de esterco ainda dá pra adubar alguma coisa, esses aí não servem pra nada.
Tenho pena...

Força Lola!

Anônimo disse...

Estamos com você!

Sei que é difícil, mas não se desespere... Ninguém é inimputável, e outra, ele é recorrente. Logo logo ele vai ser internado, e os outros pra cadeia.

Boa sorte, a luta feminista, ao meu ver, é uma luta amorosa e de compaixão, que busca a igualdade, e tem todo o meu apoio.

Victor

Anônimo disse...

É, a mascuzada melhorou um pouco a escrita, mas não adianta, a máscara sempre cai. Joaninho, pq você não vai arranjar um emprego, estudar ou fazer qualquer coisa útil ao invés de ficar defendendo machistas asquerosos na internet?

O anon 18:14 quer ver o circo pegar fogo e o palhaço queimar? É só se tacar fogo e se atirar debaixo de uma lona... claro que o feminismo é um grande erro, certo mesmo é violência doméstica, estupro, dois pesos e duas medidas, preconceito de gênero, etc. Às vezes eu me pergunto se esses caras tem realmente noção do que dizem.

Pilula Vermelha disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
Anônimo disse...

Nossas orações e luta estão com você! Força!

William Jaber Júnior disse...

Comento pouco, Lola, mas sempre estou lendo seu blog. Desejo força a você e todas feministas que passam por situações parecidas diariamente.
Você não tem só mulheres do seu lado, mas homens também.
Parabéns pela sua luta, continue sendo essa pessoa inspiradora que é. Abraço!

Mauro disse...

Feministas radicais são simplesmente ridículas, mas são somente isso: radicais. Pessoas assim podem ser encontradas em qualquer grupo, e ainda vale lembrar também que o feminismo possui várias correntes com visões políticas diferentes. Quem critica o feminismo geralmente se foca com exclusividade numa porção do feminismo e generaliza, como se o grupo todo fosse assim. E o pior, utilizam isso para justificar o comportamento de aberrações como a desses camaradas descritos no post. Eles tem puro e simples ódio por mulheres, injustificável. Eu tenho nojo de feministas extremistas, que, a bem dizer não são feministas de verdade, são parasitas do feminismo, mas me falta uma denominação melhor. Eu poderia chamá-las de feminazi, mas acho que é um termo coxinha demais pro meu gosto. Mas também tenho nojo do machismo. Misandria não é a culpada pela existência de tais parasitas, e sim o próprio machismo, pois esse excesso é uma mera consequência dele. Eu já andei procurando páginas que satirizassem esses comportamentos, mas não tem jeito. Uma hora ou outra eles sempre colocam as garrinhas de fora e mostram o quão machistas são de verdade. Utilizam os excessos de uma minoria para justificar misoginia, no fim é só uma desculpinha mesmo.
Eu sei que é praticamente impossível, mas eu sonho que esses caras sejam presos. Eu iria me sentir muito mais leve como alguns monstros a menos em liberdade.

Anônimo disse...

Só achei errado você avisar que fez B.O. antes deles terem sido chamados a depor na delegacia. Agora eles vão ter todo o tempo do mundo para sumirem com provas ou mesmo sumirem de fato. Se quisesse registrar "pro caso de alguma coisa te acontecer" tudo bem mas infelizmente você acabou ajudando esses machistas um pouquinho com a sua boa fé.

Anônimo disse...

Lola, muita força para você!!

Anônimo disse...

Respire um pouco e leia com calma, até mesmo a parte que você tirou. Ela realmente não atacou o seu filho.
Ela não falou que pessoas com esse problemas sociais/psicológicos são que nem esses caras. Só que esses caras são assim por esses problemas. Esse tipo de problema pode criar isso, infelizmente. Mas é óbvio que a maioria das pessoas são tranquilas como o seu filho provavelmente é.

Anônimo disse...

"Todos os chans têm preconceituosos e preconceituosas." Puta merda, hein? Existem pessoas que são simplesmente sozinhas e não tem muito o que fazer e usam o chan com o propósito de ocupar o tempo. Quem é você pra julgar quem frequenta esses lugares? Utilizo chans há quase 5 anos e repudio a atitude dessas duas aberrações (Marcello e Gustavo Guerra).

Anônimo disse...

Se a polícia bater na porta da casa do Guerra vão achar muita coisa ilegal ali. Já vi diversas imagens dele com armas, drogas e etc. Esses dias me mandaram uma imagem onde, segundo ele, estava injetando heroína.

Anônimo disse...

Sugiro que corte a internet do seu filho. Pois, tendo em vista seus problemas psicológicos, a internet torna-se uma perigosa arma na mão do mesmo. Aliás, se preza mesmo pela saúde mental dele, repreenderia-o por acessar esses sites chamados 'chans', que reproduzem estes discursos de ódio, para que assim, também, pessoas como a Lola não sejam afetadas simplesmente por expressar sua opinião.

Letícia Penteado disse...

Que merda isso, Lola!
Fiquei de cara com a capacidade das pessoas de falar bosta, devanear crueldades e encher o saco alheio.
Parece até que são eles os oprimidos. É de cair o cu da bunda...
Um abraço em você. Sei que você não está precisando, porque está cagando e andando para esses babacas, mas, enfim. Solidariedade nunca é demais.
Beijos

Anônimo disse...

Eu acho que você deve processá-los na cível. Com certeza eles serão condenados a pagar indenização pra você, que é o mínimo depois disso tudo.

Carol A. disse...

Chans não são aqueles foruns em que se fazem piadinhas, memes, sem pudores de tudo e de todos? Sinceramente Joana, eu me preocuparia com o que seu filho anda vendo na internet. Isso pode afetar muito a forma como ele vê o mundo e encara sua doença. Tente conversar con ele sobre isso.

Lucas disse...

Nem foi no texto dela. É só uma pergunta sobre o que eu vejo até como argumento comum de algumas mulheres que participam de grupos e movimentos feministas. Até acho meio estranho; ao meu ver parece que é mais querendo dividir do que unir e igualar. Não foi sobre a Lola não.

Lucas disse...

Aliás, para o xará, eu mesmo já fui vítima desse tipo de argumento e fiquei meio sem jeito de responder. Não acho que por ser homem você não pode entender a causa, opinar ou até mesmo participar. Ser contra a violência, exploração e o assédio deveria ser normal para todos, lutar contra isso em qualquer lugar independente de ser homem ou mulher. Eu me senti mal tendo que ler "sua opinião não importa porque você é homem" como eu citei antes, e também já li "você não sabe o que é porque você não é mulher". Realmente, não sei, mas tenho mãe e duas irmãs que me contam o que elas ouvem e passam diariamente com a falta de bom senso e educação da galera.

Anônimo disse...

Concordo contigo, Rodrigo. Não tem necessidade de viver em sites de chan... se tu é de bem, tem interesse em aprender, fazer amizades, se divertir e passar o tempo é ÓBVIO que existem milhaaaaares de sites interessantíssimos. Posso listar alguns, pra quem quiser. Chan é feito pra essa geração Y.. típico adolescente anti social que ainda vive na barra da saia da mãe. Vão viver, deixem a Lola em paz, bjs

Anônimo disse...

Acompanho o blog há mais de um ano. Ele tem me ajudado muito e sempre fico muito triste quando leio as ameaças e os xingamentos horrorosos para a Lola.
Sobre o fato de esses caras serem rejeitados pelas mulheres e por isso desenvolver esse ódio... É estranho. Há tantas mulheres quanto homens na mesma situação de "rejeição e "fracasso" com o sexo oposto, ou mesmo com o mesmo sexo, há mulheres consideradas esquisitas e fora do padrão que também não conseguem companhia, no entanto, por que esses caras agem assim? Quando li o primeiro post, entendi muito bem o que o autor quis dizer.

Anônimo disse...

Uma das coisas engraçadas sobre os Mascus é que a maioria dos ideais deles parecem auto-contraditórios - por exemplo - não querer competir com as mulheres no mercado de trabalho, mas, ao mesmo tempo, se irritarem com as mulheres que não trabalham fora (eu já ouvi argumentos deles ressentidos das mulheres terem a prostituição como uma alternativa à falta de moradia - ignorando totalmente a existência de homens que se prostituem - e argumentos que as mulheres ainda tomam dos homens empregos tradicionalmente femininos). Eles também tendem a gritar bem alto sobre seu ressentimento em relação ao papel masculino tradicional. Eles chamam as mulheres de puritanas, por um lado, e de vagabundas, por outro.

Parece que isso não faz qualquer sentido. Isso não é o que o seu avô machista tradicionalista conservador jamais diria; esse não é o sexismo que estamos familiarizadas. Parece tão ridículo. Será que alguém realmente é tão burro assim??

Mais parece que eles estão defendendo algum tipo de progressismo por um lado e um machismo tradicional por outro, e isso parece tão auto-contraditório...

O que estou percebendo é que não, esses caras não são realmente burros. Muitas atitudes dos Mascus são parte de uma visão de mundo auto-consistente. Vamos olhar para as coisas que muitos deles fazem parte: uma forma particularmente radicalizada de ateísmo (rejeição das religiões tradicionais). Seu avô machista era totalmente a favor de uma religião organizada. Objetivismo, embora estranhamente, por outro lado, eles parecem que querem uma forma estranha de comunismo, em que eles são apenas elogiados e admirados e recebem gratificações e aplausos sem nunca merecerem nada disso. Seu avô machista era orgulhoso demais pra isso e ainda tinha um sentimento de satisfação no trabalho duro. E também há todo o Libertarianismo e Anti-Estatismo. Seu avô machista era um velho patriótico totalmente a favor do complexo militar-industrial.

Em vez de olhar os Mascus só nos termos da sua faceta misógina, por que não analisar a imagem inteira?

Eles querem ser aristocratas. Eles têm a impressão de que esse é o direito natural de todos os homens brancos. Eles não DIZEM isso, mas... é a única maneira que a visão de mundo deles faz sentido, porque a partir desse ponto de vista, as opiniões que pareciam contraditórias, realmente fazem sentido. As hierarquias "alfa/beta", o uso constante de símbolos e marcas aristocráticas ou até mesmo brasões reais (a linguagem aristocrática aparece um monte), afinal eles não são chamados de GUERREIROS DA REAL? Real vem de realeza, aristocracia ... é a única coisa que faz com que toda essa coisa deles faça sentido.

Essa é uma razão pela qual os argumentos contra eles falham, porque a maioria das pessoas não consegue descobrir qual é realmente a posição deles, e são pegas na vacilação. Elas escutam atentamente o que está sendo dito, mas perdem o que realmente NÃO FOI DITO.

Essa é a única maneira que seus pontos de vista superficialmente contraditórios fazem qualquer sentido... Se eles fossem aristocratas - não estaria competindo com as mulheres, nem com outros homens, exceto com homens de status muito elevados. Qualquer mulher com fizesse par com eles viria com sua própria riqueza e status *de nascença* (mas as mulheres de baixo status seria usadas sexualmente e descartadas, é claro). Eles não teriam que lidar pessoalmente com o trabalho envolvido na gestão, funcionamento e provimento de uma casa e eles seriam elogiados, celebrados e pagos sem ter que trabalhar para isso.

Nessa perspectiva, o ponto de vista deles sobre as mulheres torna-se logicamente consistente, e se encaixa perfeitamente na visão de mundo que acomoda os seus outros pontos de vista...

Domingos Tavares disse...

Só passei aqui para dizer que sou mais um torcendo para que os ataques dos sanctos parem.

Ah, quanto ao 'inimputável', se o cara fosse de brasília ele poderia ser preso na ala psiquiátrica da papuda.

Arnold Sincero disse...

Muitos molekes estes caras que queren fazer iso com a Dolores, tem quem fazer igual eu, derrotar nos argumentos.

lola aronovich disse...

Hahahahaha, valeu pela risada, Arnold! Espero que vc consiga voltar aos velhos tempos do "vocês feministas são ingratas com o patriarcado".

Fernando Geraldes disse...

Lola, fez muito bem em denunciar! Não deixem que esses imbecis acabem com seu trabalho e, principalmente, com quem você é! Esse tipo de pessoa me dá nojo, pessoas que estão amedrontadas com a possibilidade de perderem o "poder" sobre as mulheres. Continue sendo essa mulher poderosa e decidida sobre seus ideais.

Anônimo disse...

Lola, ao invés de B.O, faça um T.C.O, que eles serão indiciados e julgados e ficarão com a ficha suja, pagarão multa ou reclusão. Já é um começo pra sujar um pouco mais o nome desses malucos maníacos frustrados.
Nao sei te explicar direitinho agora, mas da uma pesquisada na diferença deles. T.C.O é muito melhor! Uma vez me ameaçaram de morte e os linguarudos aprenderam a lição na justiça. Claro, meu caso foi de gente idiota apenas, nao tão grave como o teu. Mas funcionou aqui, sujou o nome, pagaram multa e eu tenho três anos de sossego!
boa sorte querida! Sinta-se abraçada e tens meu total apoio!
Lucy

Anônimo disse...

Nem sei se vão ler meu comentário, mas ok. Lola, antes do mais nada precisamos traçar os perfis psicológicos desses caras. Pelo que eu vi, há um sociopata e o resto apresenta transtornos psiquiátricos moderados a graves. São homens extramente imaturos, solitários, confusos e que por vezes saem da realidade e criam a realidade deles (na internet). Para ficar mais fácil, vc está lhe dando com:

1. Talvez um sociopata.
2. Psicóticos.
3. Gente burra aleatória: machão que é gay mas não tem coragem de assumir, mulher imbecil que apoia o machismo... Gente assim, engraçadonas.

O problema: o sociopata. Se ele for bom o suficiente, ele junta todas essas pessoas para encherem o saco na internet.

O Sociopata não é o Guerra. Ele é burro demais para isso. Se ele (sociopata) existe nessa pseudo organização bizarra, ele é o chefe e ele não tá nem aí pros seus subalternos.Se vc é alvo dele, então deve realmente tomar cuidado.

Mas o que eu realmente percebo? Essa galerinha toda aí é em grande parte psicótica, com inteligência limítrofe, outros com carência afetiva e imaturidade. Como não entendem nada de nada, querem tacar o terror... na internet. hsashaushau

Estou no quarto ano de Psicologia e por tudo que estudei, vejo que o maior problema são os psicóticos e os pseudosociopatas... Como eu disse, essas ameças são nada, mas tome cuido se vc notar que há sim um verdadeiro sociopata no grupo. Se há um, ele se associou por oportunidade e não partilha dos pensamentos deles. Não esta aí pra nada, na verdade. Só se aproveita. É alguém que não tem nada a perder e são justamente essas pessoas que devemos temer. Força na sua luta! \o/ Me chame de 'N'. Se precisar de mim eu volto. Não publique meu comentario.

Anônimo disse...

Joana,
Quem merece um BO é você como (ir)responsável, por defender a incitação ao crime, praticada reiteradamente por seu filho.
Tome vergonha na sua cara e pare de defender crimes.
Quem está doente - SE for doença mesmo, e não desculpa para misoginia pura e simples - precisa de tratamento, não de discurso e grupos de ÓDIO.
Thata

Anônimo disse...

"Joana" de 01/01/2015 14:41
(Mesma "Joana" pseudo "mãe", do comentário anterior a essa data)
MASCUTROLL DETECTED.

Anônimo disse...

Deve ser o filho se passando por ela...

Verô! disse...

Mexeu com uma, Mexeu com todas! Você não está sozinha, Lola! Sua coragem nos inspira! Viva Lola!

Anônimo disse...

Ou quem sabe saber separar o filho antisocial de um bando de psicopatas. Os chans não são todos de merda. A maioria é de cunho infantilizado e faz piadas rasas com assuntos em voga na Internet. Lola, não tem que ter vergonha ou mudar nada.

Hanariel disse...

Você colheu o que plantou senhorita. Quem com ferro fere, com ferro será ferido.
Nem uma gota de pena eu sinto por você Lola, pode continuar suas lamentações que pra mim é perda de tempo.

Anônimo disse...

Me solidarizo com você, sou homem, mas não consigo para de rir, isso é surreal na parte que o cara se compara ao GG Allin sera que ele sabia que nos shows dele, era recorrente ele introduzir o microfone no anus ?

Anônimo disse...

Oi, Lola.

Eu me chamo Vinícius. Botei anônimo para não ter o trabalho de logar. Faço Direito e estou trabalhando numa monografia a respeito de crimes contra a honra na internet, e vou por um capítulo a respeito de crimes de ódio. Tudo bem se eu citar o seu caso na monografia? Não sei ainda bem se vou tocar no tema, mas gostaria de ter essa possibilidade.

Boa sorte, que o Universo te proteja irmãzinha.

Anônimo disse...

Troque a Internet por uma bola, uma bicicleta e aulas de judô.......

Anônimo disse...

Na boa, eu acho q esses caras fazem isso pq gostaram ou sonham em ser abusados na cadeia! Me outra se sabe das conswquencias dos atos e se beneficia disso não pode ser considerado inimputável, processo os caras!

Anônimo disse...

Lola, muita força pra vc! gostaria que vc fosse até o fim, pois o justo seria esses crápulas estarem apodrecendo na cadeia, ou num sanatório. Lendo certos comentários, a percebendo a falta de entendimento sobre feminismo, e os achismos de muitos, penso que, ao invés dessas pessoas apenas lerem parágrafos e pequenos textos na internet, e discussões em blogs e posts do facebook, elas deveriam realmente ESTUDAR o assunto, antes de tirar conclusões precipitadas.......as vezes sinto falta do mundo sem internet, pois pelo menos naquela época eu não sabia que existia tanta, mas tanta gente escrota, violenta, desinformada, preguiçosa e egocentrica no mundo! Tamo junta, se for fazer uma ação maior conte comigo! abs

Anônimo disse...

Oi, Lola!
No final do ano passado, em uma discussão em uma page feminista, um mascu doido desses começou a ficar bem violento nos termos que ele usava. Acho q não chega a configurar ameaça, mas houve pelo menos injúria. estava querendo fazer um b.o dele (tenho nome, facebook e google+ dele), mas não consigo encontrar mais informações que eu precisaria para fazer o b.o (endereço, cpf e etc). Como vc conseguiu lidar com esse problema?

lola aronovich disse...

Pelo que eu sei, não é responsabilidade sua apresentar o endereço e cpf do cara. Isso a polícia investiga, eu acho. Quando eu fiz o BO em 2012, eu não tinha nem os nomes. Agora eu tinha os nomes completos, cpf e endereço do Marcelo e do Gustavo (são dados que circulam na internet, assim como os meus dados são facílimos de encontrar, e eles vivem divulgando). Do mascuchris eu só tinha o nome e o lugar onde ele trabalha, não o CPF ou endereço residencial. Creio que o mais importante mesmo é o endereço completo. Boa sorte!

Anônimo disse...

eles sabem seus dados, um disse que mora do seu lado, sinceramente, se vc não está com medo devia, é um risco muito grande, olha o que houve em realengo.

Luan disse...

Lola,
Você não está sozinha.
Força, sempre.

Marcia Baratto disse...

Lola queridona, você não está sozinha, mesmo. Se precisar, estamos todas aqui. Fez muito bem em fazer os B.Os, eu também procuraria um advogado para um processo civil. Pense que você poderia usar da indenização para muitos fins e, certamente, esses manés ficariam acuados de comparecer perante um juiz para explicar todas as suas 'convições' sobre mulheres.
No mais, se cuide. Você é muito importante e querida por muitas e muitos, fique bem.

donadio disse...

"É o caso de arranjarem uma namorada trans para os mascus, que adoram c..."

Olha... pessoas, sejam homens, mulheres, ou travestis, não são remedinho pra doido. O que esses sujeitos precisam é de internação psiquiátrica. Não de ter uma vítima à mão para extravasar suas loucuras, obsessões e esquisitices quando surtam.

donadio disse...

Lola, parabéns por ter feito o BO.

Polícia para quem precisa de polícia.

luiza disse...

Parabéns por toda resistência feminista e representatividade! Muita força sempre contra a opressão dos homens, principalmente desses psicopatas!

Anônimo disse...

Gente, qual deles é de Brasília? Mora em que bairro? Fiquei com medo. Se eu o vir, já atropelo para me defender.

GG disse...

Lola, não se cale! Obrigada por se manter forte!

Anônimo disse...

Falou bem: na hora que a casa cai, na hora que pega um juiz que exclui a arguição de inimputabilidade, na hora que vai pra cadeia (pior ainda os reincidentes), sem dúvida alguma fala fino, se arrepende, mente, diz que não é nada disso, enfim, o "mascus sanctus" vira uma PROSTITUTA BARATA!!!! Na favela, VIRA PROSTITUTA. Na cadeia, vira mulher de bandido!!!! É o que eles são, afinal. Prostitutas baratas e frustradas. Doentes??? Não... São evidentemente frustrados, traumatizados, covardes, enfim, são safadinhas medrosas. São homens apenas nessa virtualidade. São tão machos que procuram encrenca com uma mulher! São tão "másculos" que não declaram guerra contra o PCC, não aparecem aqui no Capão Redondo pra xingar negros... Claro que não, pois, seriam serrados ao meio... Eles sabem!!! Eles sabem que são safadinhas!!! Que são bichinhas enrustidas, com vontade de ser mulher!!!! Estão procurando isso!!! Inconscientemente, querem virar boneca da cadeia. Ficam lá no "seguro" com o brioco na mão, mas no fundo dessa psique podre, sem dúvida queriam mesmo é que fizessem fila pra transforma-los em putas da cadeia. São machos nas palavras, atrás de um computador. Só assim, no quartinho da casa da vovó, talvez ao lado da suite da mamãe que ainda deve trazer leite ninho de noite. Nunca pegou mulher de verdade, nunca fez uma mulher gozar, então, o que restou é isso mesmo: fazer que nem as mulheres barraqueiras e fofoqueiras aqui do bairro, que vivem caçando confusão com outras mulheres. Enfim, vão ser ferrados porque não tem CULHÃO (menos ainda PODERES) pra enfrentar coisa séria como CV, PCC, ETC. Querem estuprar, pois sabem o que acontece com estuprador na cadeia. Entende??? Psicologia básica... Eles QUEREM ser o que eles realmente são: BONECAS DE BANDIDO!!!!

Aline disse...

Lola, você é maravilhosa e muito corajosa. Se precisar, conta comigo e mais um monte de gente que te adora e te admira. Espero que esses absurdos tenham punições.

Um beijo e fica bem.

Anônimo disse...

"Estou no quarto ano de Psicologia e por tudo que estudei,"

Amigo(a), se você de fato estuda psicologia deve saber que o termo "sociopata" está defasado há uns bons 30 anos.

Anônimo disse...

Lola sua linda, antes de tudo minha total solidariedade a você.

Posso dar um sermão bem rapidinho? É pá-pum, nem vai doer.

NÃO AVISE SEUS PASSOS ANTES DE TODAS AS PROVIDÊNCIAS CIVIS E CRIMINAIS TEREM SIDO TOMADAS. Em capslock, pra ser bem chata mesmo.

Dá a impressão que você avisando, outras pessoas vão pensar duas vezes antes de saírem falando merda sua por aí, ameaçando etc. Isso simplesmente não é verdadeiro.

Pense em todas as mulheres agredidas que fizeram 500 B.O.s, contaram a história pra todo mundo e agiram dentro da lei e que acabaram morrendo nas mãos de seus parceiros. Porque é o tal negócio, MANÍACO NÃO RESPEITA PAPEL.

O segredo do sucesso é o segredo. É fazer tudo bonitinho na encolha e pegar os merdinhas de surpresa.

Contar as coisas antes pode prejudicar inclusive a questão das provas. Porque se não foi feito Ata Notarial de cada uma das ameaças/injúrias/etc., cidadão contesta a validade e aí? Só Ata Notarial que tem fé pública.

Outra coisa, Lola. Trate de facilitar a sua vida e mete um Disqs aí. Ah você disse que tem preguiça, "que não sabe", mas o Disqs tem uma coisa mágica chamada REGISTRO DE IP que não serve só pra bloquear trolls mas pra fornecer esse elemento extra às autoridades policiais e judiciárias. Mesmo com proxy, dá pra rastrear. Mesmo com TOR, dá pra rastrear. Mesmo com VPN, também dá. Ninguém é verdadeiramente anônimo na internet e já passou da hora da senhorita se proteger melhor né mocinha?

Fica bem e que dê tudo certo, feliz 2015 Lola!

Anônimo disse...

Poxa, Lola, nem sempre concordo com tudo que escreve. Natural, né? Mas a que nível a intolerância está chegando... Bom, eu gostaria de poder ajudar, mas como não sei como, fica aqui apenas um registro de apoio.

Anônimo disse...

Oi, Lola, eu poderia me intrometer nessa questão trazida pela Joana? Não sei se ela é fake ou não mas acredito que é possível que não seja. Digo isso porque conheço pessoas que expressam um discurso completamente contrário aos próprios interesses e não entendem o que estão dizendo de errado. Então pode parecer surreal uma mulher dizendo que entende certos homens as chamarem de "depósitos", mas não é impossível. Também entendo a indignação do filho, presumindo que toda a história seja verdade. Mas já adianto que não estou aqui para dizer que ela e o filho estão certos no que defendem. Pelo contrário, penso que estão confusos, perdidos devido aos problemas que passam, de certo vendo apenas a parte que lhes afeta e não um quadro maior. Eu disse antes que o entendo porque já fui isolado e deprimido e me lembro que nessa condição é muito mais fácil ter raiva, montar um inimigo externo (ex: as mulheres, os "normais", "elxs"). É claro que o que é explicável ou compreensível não é necessariamente justo ou correto. E definitivamente seguir esse caminho da militância de ódio só irá fazê-lo piorar. Não sei se me escapou essa informação mas me parece que não ficou claro em que chans ele entra. Talvez não sejam os mesmos. Se forem, bom, talvez falte esclarecimento a ele e à mãe. Enfim, talvez não seja só um troll ou "mascu" disfarçado querendo causar.

Anônimo disse...

Muito obrigada, Lola! Estou correndo atrás disso e com certeza vou fazer o B.O. No momento em que nos calamos, eles venceram.
Ah, e continue a escrever sempre! Estamos contigo :)

Galvam disse...

Você está sendo perseguida, ameaçada, e tudo o mais por homens que não representam a maioria. Esses caras são doentes mentais ou idiotas. E acredite eles são poucos. No entanto me entristece perceber que você generaliza esses exceções para o restante dos homens. Pense numa situação simples como negar um emprego ou um cargo maior a uma mulher, não por ela ser mulher mas simplesmente pela opção de não escolher esta pessoa por convicções pessoais que não envolvam nenhum tipo de preconceito, com ficamos? Então sou machista? Isso está errado! E é o que você prega no seu blog. E eu não tenho que justificar nada, escolhi outra pessoa e pronto! Poderia ser outra mulher, mas não é. Sei quem eu sou, sei que a minha cultura e educação familiar me deixam longe de qualquer prática de preconceito e discriminação...no entanto ao seu ver eu sou machista e preconceituoso.

lola aronovich disse...

Galvam, onde no meu post (ou em qualquer lugar no blog inteiro) eu disse que esses caras representam todos os homens? Eu nunca disse isso. Pelo contrário, sempre disse que mascus (não só mascus sanctos, mas masculinistas em geral) são minoria. A maioria dos homens são pessoas bacanas. Eu acredito nisso. Sobre a sua situação hipotética, se você não escolher uma mulher para um emprego ou cargo maior simplesmente por ela ser mulher você está discriminando, o que é proibido por lei. Seria como não escolher um negro por ele ser negro. Não tem nada a ver com suas convicções pessoais. É discriminação pura e simples. E se vc deixa de contratar alguém por ser mulher ou por ser negro or por ser gay, vc é machista, racista e homofóbico. Lide com isso.

@dddrocha disse...

Lola, eu estava adiando a leitura desse post porque todas as vezes que você conta desses caras dá muito desânimo.
Olha você tem muita força, sei que já te disse isso, mas conheço pouca gente como você. Espero que esses criminosos sejam punidos e sua segurança esteja acima de qualquer coisa.
Sei que muita gente tem trazido apoio, mas quero reafirmar o meu aqui, pra tudo, tudo mesmo. Conta comigo, Lola!

Fernanda Muslimah disse...

Ola! Sou muçulmana. Vi que esse animal citou que é amigo de "grupos muçulmanos". O islam não apóia este tipo de violência contra as mulheres. Este garoto é um doente, deve ter visto pela TV os extremistas que distorcem o islam e fantasiou essa ameaça.
Pode contar comigo se precisar!
Força, você vai se livrar desse problema, se Deus quiser! :D

Adriana disse...

Você tem muita paciência Lola... acho que se fosse comigo estavam no mínimo deformados

Anônimo disse...

Homens que tem este tipo de pensamentos vão além de doentes pois que tem doença procura um tratamento para cura todos devem ter direitos de se expressar sem cogiar ninguém pois, livre expressão sem obrigar alguém a aderir tal ideia fala tanto em abuso contra as mulheres será que eles gostariam de ser abusados também com certeza não se eles foram abusados na cadeia foi justamente por desejarem isso para as mulheres acabaram recebendo o mesmo não que eu desejo que isso tenha acontecido mas, puxa aconteceu com ele sabe como a pessoa sente é constrangedor traumatizador humilhante então se para cada homem ou mulher também acredita existem quem chega pensar assim receber o que deseja talvez assim essa seria a única maneira de se tornar um ser humano real mas, Deus deixou nas suas escrituras que nos últimos tempos irão acontecer tais coisas ...

Anônimo disse...

Poxa isso é sério, esses caras são malucos mesmo
Agora, engraçado como vocês esquerdistas são os primeiros a defender todo tipo de bandido, são os coitadinhos, as 'vítimas da sociedade', etc etc, principalmente quando tem doença mental...
Soo, bem feito.Vocês plantaram agora aguentem.

Anônimo disse...

Infelizmente o nosso Código Penal é terrívelmente defasado. Na psiquiatria moderna existe o conceito de psicopata, resumidamente pessoas sem capacidade de ter sentimentos, desprovidas de empatia e que sentem prazer em prejudicar ao outro. Costumam preferir pessoas indefesas, idosos, crianças e mulheres para serem suas vítimas e sempre agem de forma covarde. Acredito que nesses grupos existam muitos psicopatas que se deliciam em alimentar o ódio em rapazes com problemas de auto estima e fobia social. No caso dos psicopatas, eles já nascem assim e não há tratamento conhecido infelizmente. Em lugares da Europa e Canadá, por exemplo, os presos são avaliados por especialistas e classificados em recuperáveis e não recuperáveis (psicopatas). Os não recuperáveis cumprem pena perpétua e são isolados, muitos chegam a contribuir em investigações futuras para a polícia. Os recuperáveis recebem a pena de acordo com o crime cometido, pena essa bem mais rigorosa do que acontece por aqui, em condições mais humanas e com mais chances de resocialização.

Anônimo disse...

Lola, poderíamos tentar fazer com que esse caso ganhe mais repercussão.
Quem sabe sair nos grandes jornais. Temos que nos mobilizar!

John disse...

Você soube que Roberto Flávio Cavalcanti perdeu uma ação contra um grupo LGBT e fechou um de seus blogs? Mas agora ele tem um perfil no Facebook que é bom denunciar.
Gustavo Barroso
https://www.facebook.com/profile.php?id=100009892324718&fref=ts
Tem até mais perfis com o mesmo nome e a mesma foto. Alguns não têm foto, mas são contra as regras do Facebook pois o perfil usa foto de uma personagem tentando se passar por uma pessoa. Não é uma página de homenagem. Olhe lá as fotos ofensivas contra gays que ele coloca e como ataca os homossexuais.

Albani disse...

Olá Lola ! Tudo bem ? Acredito que apesar desta perseguição que você tem passado por este bando de idiotas, esteja tudo ótimo.
Olha... não consigo acreditar que possa existir este tipo de atitude... lamentável.
Por segundos perco a fé no humano.
Abraço para você e o Silvio.
Albanir

Jaqueline Vasconcellos disse...

Lola, muito provavelmente você está recebendo milhares de mensagens de apoio de diversas pessoas da sociedade civil, bem como de jornalistas e blogueiras. Me comovi muito com sua observação à respeito dos coletivos feministas. Sou uma das organizadoras da Manifestação contra o PL 5069/2013 que houve em SP no dia 30 de outubro e estou na organização da próxima, que será no dia 12 de novembro. Esses atos foram organizados por diversos coletivos feministas da cidade e diversas mulheres "civis" como eu... O que posso te dizer é que estamos preparando um informe de repúdio ao que aconteceu contigo e com as manas do "Feminismo sem demagogia" e "Moça, você é machista", pois acreditamos que esses atos, além de crime, constituem o verdadeiro terrorismo contra o qual a PF e o governo federal deveriam lutar. estamos contigo e, eu pessoalmente, me inpiro em você para conseguir seguir. Nos conhecemos no De|Generadas em março e te disse isso: você inspira e fortalece com sua luta milhares de mulheres que também não querem calar. estamos contigo e contra os mascus. força que seguimos juntas, pois temos os lemas "Mexeu com uma, mexeu com todas" e "Companheira me ajude, eu não posso andar só. Eu sozinha ando bem, mas com vc ando melhor". Bjos.

Tilza disse...

Lola, conheci hoje seu blog e fico muito feliz de saber que não estou sozinha nessa luta por direitos iguais. Você tem o total apoio das mulheres com M maiúsculo e de bom senso, aquelas que não olham apenas para seus próprios problemas, mas tem a consciência de que estão no mundo para transforma-lo em um lugar melhor. Quanto as agressões que sofre... Por que você não faz uma denuncia no Ministério Público, já que na Delegacia não estão dando a devida atenção?? Também aconselho mover uma ação por danos morais contra o hospedeiro do blog que esses "seres humanos" fazem parte, eles tem toda a identificação do IP armazenada e o próprio google deve fornecer se constar na página de busca. Vamos a luta, guerreira! bj e fica com Deus :)

Anônimo disse...

Eu consigo rir desses caras. Não sei se é a forma como escrevem, mas é possível identificar um nível de criancisse enorme. Parecem meninos xingando alguém no orkut porque zuaram o power ranger favorito deles, kkk.

Mas como são ameaças, é preciso levar a sério. Tomara que os B.O.s deem em alguma coisa.

Anônimo disse...

Lola: https://www.youtube.com/watch?v=0iSXH1sqzw0