sexta-feira, 18 de maio de 2018

MULHER DE FORMAS INACEITÁVEIS

Foi assim que um troll me chamou outro dia: "mulher de formas inaceitáveis". 
Eu acho que era um troll porque ele colocou um meme de carinha de vômito no final do tuíte, mas, dependendo de como se olha a frase, podia ser um elogio, né? De todo modo, eu adorei. Quase podia ser o título da minha autobiografia não autorizada.
Porque "inaceitável", tanto nas formas quanto no conteúdo, é o que eu sou pra eles. Eu represento tudo o que é inaceitável pra eles. E tenho o maior orgulho disso. Imagina ser aceitável pra um bando de marmanjo mimado que odeia todas as mulheres (até suas próprias mães) e não tem contato com nenhuma?! (Por isso que eu me preocupo sinceramente com as moças que têm a autoestima tão baixa que entram em fóruns mascus para tentar conseguir ser aprovadas por eles). 
"Inaceitável" pra eles é que uma mulher gorda, fora dos padrões de beleza, tenha namorado, respeito, admiração, amor dos outros, amor próprio. É tão difícil eles aceitarem isso que passaram anos espalhando teorias da conspiração de que meu marido não existia! Serião: eles preferiam acreditar que o maridão que aparece sorridente nas fotos comigo era um ator contratado ou photoshop. Essas ideias malucas eram mais aceitáveis que uma gorda ser casada com um bonitão por quase três décadas.
Eu sei que não deveria rir -- vai que é doença --, sei que tantos insultos deveriam me afetar de alguma forma (como disse uma feminista mais famosa do que eu, Jessica Valenti: "Você não pode ser chamada de puta dia sim, dia não, por dez anos, e isso não ter um impacto muito sério em sua psique"), mas não consigo. É que eu tenho muita segurança de onde estou e de onde esses caras que tanto me odeiam estão. Sei quem eu sou e sei quem são eles. 
Homens tão horrorosos por dentro e por fora que precisam se esconder nos porões da internet e não podem falar o que pensam em público, já que serão imediatamente afastados. Por que a opinião de gente tão infeliz e fracassada deveria me atingir de algum modo? Euzinha, uma mulher linda, poderosa, realizada, feliz, que tem a vida que quer?
Claro, sou uma velhinha de 50 anos, mas menina nenhuma precisa esperar tanto pra dar de ombros pro que misóginos acham ou deixam de achar de você. Repita desde já um mantra: dane-se o que eles pensam (em inglês é mais incisivo, creio eu: Fuck what they think). 
Inaceitável, pra eles, é que as opiniões dementes deles sobre qualquer coisa na vida sejam completamente desprezadas.

45 comentários:

Anônimo disse...

Linda, arrasou!
uma aula de amor próprio, espero que todas aprendamos essa valiosa lição.
Afinal, só temos essa chance de realizar tudo o que queremos. É uma vida, antecedida por nada e sucedida por outro nada, limbo. Existir - e tudo o que envolve existir - a tente só pode fazer por uns 90 anos. O tempo é finito, saiba o que fazer com ele. Agradar quem quer que seja não deveria ser uma opção para ninguém.
Então, viva para você e por você. realize os seus sonhos e agrade-se, admire-se.
alícia

Anônimo disse...

O fato é que as opiniões deles mereceram vários posts aqui, uma considerável parte do blog nos anos recentes, logo não foram desprezadas ;-)

lola aronovich disse...

Digamos que 99% do que li nos fóruns mascus nos últimos anos foi totalmente ignorado e desprezado por mim. E essa é uma estimativa conservadora.


Obrigada, Alicia.

Felipe Roberto Martins disse...

Muito bom Lola. Ninguém pode ser dono do nosso corpo e nem da nossa alma. Abraços.

Mila disse...

Inaceitável para quem?
Há uma grande dose de narcisismo e egocentrismo em certos indivíduos da Internet, sejam trolls ou não, de que os outros é que precisam se adequar aos seus padrões e aos seus gostos ao mesmo tempo em que eles não estão no padrão alheio. É uma síndrome de "eu sou a régua do mundo" incrível.
Imagino que muitos desses, muitos mesmos, não estejam no padrão de mulheres que eles "almejam". No entanto, apesar de eu pessoalmente achar escrotíssimo pessoas que tomam conclusões pela aparência e utilizam isso de parâmetro para se relacionar ou respeitar um indivíduo, no caso dos mascus acho bom eles tomarem do próprio veneno. Sempre.

Anônimo disse...

A grande maioria dos mascus estão fora dos padrões das mulheres que eles querem, mas ainda assim, eles forçam a barra para desrespeitar mulheres pela cor, idade, corpo etc.

Anônimo disse...

Ok, meu olho encheu de água..
sabe pq? Sou gorda e namoro há 6 anos... as vzs me acho tão horrorosa que tenho vergonha de falar que namoro.. acho que as pessoas vão pensar: "como assim, essa gorda namora? aposto que é mentira."
Tenho que mudar essa mentalidade urgente, né?
obrigada por ser tão sensacional!
bjs

forasteiro disse...

Parabéns Lola, foda como sempre. tamojunto

Rebeca disse...

Mulher, eu te amo!! Vc e seu blog são importantões pra minha formação e pra dar de ombros para a opinião doentia de gente como os mascus e cia. Bjão e muita saúde, paz e amor pra vc!

Anônimo disse...

Tenho problemas de peso desde a adolescência. Comecei a fazer dieta com 13 anos. Comia escondido dos meus pais. Sofri anorexia e bulimia - eu sempre me preocupei em estar 'em forma'. Hoje, totalmente ciente que quem gosta de mim pouca se importa - se estou gorda ou magra, finalmente, respeito a minha saúde. O resto, pouco me importa.

Anônimo disse...

Padrões de "beleza" existem para o benefício dos homens em termos de roubo do nosso tempo e de manter nossa estima baixa: cabelos longos obrigatórios, extensões, unhas postiças, cílios postiços, remoção de pêlos das sobrancelhas, remoção de pêlos nas pernas, maquiagem, remoção de pêlos das axilas, remoção de pêlos pubianos, dietas malucas que estão bem longe de serem saudáveis, cirurgias plásticas e até mesmo aplicação de maquiagem 'definitiva' no rosto como uma tatuagem!

Há algo profundo aqui; um sinal de conformidade que coloca as mulheres na posição suplicante. É uma exibição de subserviência. Não fazer nenhuma dessas coisas não impediria os homens de querer mulheres, mas reformularia tudo.

Nós poderíamos usar sacos de pano e estar cobertas de lama e ainda assim eles estariam ao redor farejando (como costumavam fazer).

titia disse...

Aí você fuça m pouquinho a vida dos mascus e vê que eles são uns merdas que não se encaixam em nenhum padrão, nem estético, nem financeiro, nem profissional, nem nada. Até mesmo os perdedores normais querem distância deles, e aí você só ri da cara deles e vai ser feliz, com o bônus de saber que isso vai deixa-los putinhos. Lola, você é um exemplo.

Anônimo disse...

Pra ele inaceitável.... E?

Anônimo disse...

Maravilhosa, Lola!!!! Você é uma inspiração em tudo!!!!! 💖💖💖💖

Panthro disse...

Eu acho que isso poderia ter impacto se você estivesse solteira, porque aí bate uma insegurança de ser "digno do amor", mesmo. Claro, é idiota, se você não é um arrematado babaca, você é digno de amor. Mas bate insegurança com o corpo mesmo. Mas você está casada há anos, tá bem amada, pra que ficaria insegura com gente te chamando de gorda?

Anônimo disse...

O que eu posso dizer por experiência pessoal, é que na grande maioria das vezes quem esta na frente desses grupos são lésbicas! Sim, essa é a nova tática delas. Elas ficam falando como se todo homem fosse bizarro para depois começar com o papo que "só mulheres entendem outras mulheres", depois disso é um pulo para começar com aquele papo velho: "porque você não fica com mulheres? Não se deixe reprimir, experimente!", "Como você vai saber se nunca experimentou? (e ainda tem cara de pau de insistir com as que experimentaram falando que "só não era a certa", ou ainda as que tem um pouco mais de argumentação falando que isso é o subconsciente dela que não permite que elas curtam, etc)", "homem não serve pra nada", etc. Fora que nesses grupos existe uma "pressão em ritmo de zoação" com as que ficam com homens, além claro da pressão descarada. Acredito MUITO na importância do feminismo, mas o que mais vemos hoje em dia é papo de lésbica fazendo o terror para pegar mais meninas. Elas distorcem o feminismo apenas para manter um local que elas podem pegar "geral". Quantas vezes não vi nesse meio "feministas" que só faltavam querer bater quando um cara chegava em uma amiga delas (até mesmo de forma super normal, sem ser invasivo/inconveniente) dizendo que "ele não podia pegar na sua mão", "ele não pode chegar se insinuando", etc. Mas quando são elas, isso não vale de nada. Elas chegam se esfregando, atiçando e agarrando na cara de pau. Agora se um homem faz isso? "Cara escroto, totalmente sem noção e respeito". Elas estão conseguindo impor como "normal" as mulheres estarem sempre na defensiva quando um homem chega perto com intenções SIM SEXUAIS, mas quando uma mulher chega e faz exatamente o mesmo "ela só é decidida". Uma mulher pode chegar e falar tudo que faz muito bem na cama com outra mulher, dizer que chupa horrores, que nenhuma mulher deixa de gozar com ela, e outras coisas. Agora se um homem chega e fala esse tipo de coisa "em uma conversa aleatória", apenas se vangloriando de suas habilidades (como elas fazem, insinuam ou dizem com termos dissimulados na "zoação e brincadeira") o cara é o verdadeiro babaca. Não caiam nessa pressão dessas "feministas" lésbicas manipuladoras.

Anônimo disse...

Nossa! Tem isso??

Anônimo disse...

Ui ui ui, tem macho desesperado, extremamente inseguro e incompetente morrendo de medinho que as mulheres abram os olhos para a realidade dos homens e cagando nas calças só de imaginar que "as héteros virem lésbicas feministas". Deve ser horrível ser você. Muito patético... Hahahahaha

Amanda disse...

Nada é mais desesperador e terrível para um homem do que a grande probabilidade dele nunca ter a chance de "molhar o biscoito" KkkkKkkkKkkkkkKKkkkkKkkkkKkk Que existência mais espúria, indigna, sem valor... que seres tão deprimentes e unidimensionais, vazios, desertos espirituais ambulantes de fato, como já disse a gênia Sonia Johnson.

Anônimo disse...

Que experiência pessoal biscoiteira ?! Pra mim e lesbofobia pura mesmo, se te faz feliz continue sendo ralo de porra de macho então.

Anônimo disse...

Quanta reversão e projeção masculinista esse lixo tóxico lesbofóbico desesperado é capaz de tirar do próprio rabo imundo?

Lésbicas não são iguais aos homens, seu pedaço lesbofóbico de merda. Lésbicas não são predadoras sexuais manipuladoras bizarras desesperadas para "consumir" sexualmente o maior número possível de mulheres. Lésbicas não estão loucas para "converter" mulheres heterossexuais como se elas fossem "prêmios" ou "grandes conquistas", como os homens sonham em fazer com as lésbicas, seu bostinha. Lésbicas não são a mesma coisa que homens. Pare de ofender as lésbicas, seu lixinho lesbofóbico totalmente auto-centrado, demente em estado terminal e completamente irrelevante.

Anônimo disse...

Essa experiência pessoal aí desse comentário de cima nada tem a ver com lésbicas, isso é mais característico de um padrão comportamental de bissexualidade que é mais incomum em mulheres héteros e em lésbicas: parece que bi tem mais fogo no rabo, tem menos lenga lenga para objetivos sexuais e são sentimentalmente mais desprendidas também. Lésbicas já querem casar depois da primeira vez ahuhahuaha depois da segunda já vão morar juntas.

Anônimo disse...

"Que experiência pessoal biscoiteira ?! Pra mim e lesbofobia pura mesmo, se te faz feliz continue sendo ralo de porra de macho então..."

Vc deve ser uma dessas que o Anonimo das 14:00 descreve. Para se doer assim, a carapuça deve ter servido pra ti, né non?


Anônimo disse...

Anons das 14:08 e 16:10

Não tem nada disso. Feminismo não é isso, feministas e lésbicas não obrigam ninguém a nada, muito menos obrigar ou incentivar uma mulher heterossexual "virar" lésbica. Até porque isso não existe, orientação sexual não é escolha e não pode ser imposta por terceiros.

Anônimo disse...

Eu já rio horrores dessa sociedade doente e infeliz,imagina da mascuzada.Seres tão superficiais e fracos desse naipe SÓ me faz dar um belo e sonoro hahahaha FODA-SE!

Anônimo disse...

Isso ai é delirio puro. Ressentimento talvez. Ou paranóia. No maximo passou por uma experiência assim, ficou com raiva e quer extrapolar para todo mundo. Como se fosse todo mundo fosse assim. Melhor seria essa pessoa procurar ajuda profissional para tratar seus traumas.

Anônimo disse...

Ah, nada a ver. Uma coisa não tem nada a ver com outra, isso é visão estereotipada.

Anônimo disse...

Homens fora do padrão de beleza também são rejeitados, o cara ideal para vocês mulheres tem que ser galã de novela! Nos homens fora dos padrões tambem sofremos com a rejeição, só que ficamos calados e não culpamos as mulheres, aceitamos a condição e pronto!

Anônimo disse...

Nem todas as mulheres gostam de novelas e vc já viu forums de misóginos? O que mais tem é cara racista e misógino ofendendo mulheres pela aparência, idade, etnia etc e por não serem as ''loiras bombadas de cu rosa'' que sabe se lá quem, prometeu que eles teriam.

Anônimo disse...

11:24, ou vc é um troll ou então fale apenas por vc, o que mais tem é misógino partindo para o massacre e matando tudo e todos que aparecem pela frente apenas porque levarem fora das mulheres que eles acham que são os merecedores.

Anônimo disse...

Hahahahah!! Até parece...

Anônimo disse...

"Vc deve ser uma dessas que o Anonimo das 14:00 descreve. Para se doer assim, a carapuça deve ter servido pra ti, né non?"

VOCÊ jogou pra cima das lésbicas essa carapuça que serve perfeitamente em VOCÊ mesmo, seu cínico, escroto, filho de um puto!

Para quem ainda não tinha ficado óbvio: agora todo mundo pode ver que o comentário da "experiência" lesbofóbica é uma armadilha de mascu contra lésbicas e o feminismo.

É tudo uma projeção dele mesmo em cima das lésbicas: o predadorismo sexual, o desejo de consumir as mulheres como coisas - objetos sexuais, o sentimento de colecionismo de conquistas sexuais como troféus, o sonho de realizar "conversões" sexuais, o medo desesperado de não conseguir fisgar e consumir mulheres sexualmente, tudo se resumir a sexo, a manipulação descarada, a forçação de barra, etc, etc. Tudo vem de dentro dele mesmo, é pura projeção. Típico.

Anônimo disse...

"Nem todos os homens."
- Todos os homens

titia disse...

"Nos homens fora dos padrões tambem sofremos com a rejeição, só que ficamos calados e não culpamos as mulheres, aceitamos a condição e pronto!"

E está aqui reclamando justamente disso. Coerência para quê né?

"Que experiência pessoal biscoiteira ?! Pra mim e lesbofobia pura mesmo, se te faz feliz continue sendo ralo de porra de macho então..."

Ai, ai, como essa mascuzada cansa... já que a misoginia vai escorrer de qualquer jeito vai procurar um EJA e aprender a pelo menos escrever direito, vagabundo.

Anônimo disse...

A carapuça serve em você, pelo visto.

Anônimo disse...

Engraçado como aqui alguns comentadores parecem ter salvo conduto para dar chiliques,espernear usando palavras de baixo calão. Aí quando vc responde na mesma moeda a uma criatura dessas, seu comentário não é publicado. Muito interessante isso. Qual o critério?

Anônimo disse...

Misóginos lesbofóbicos, vão se lascar! Voltem à merda de onde nunca deveriam ter saído, seus vermes radioativos.

Anônimo disse...

Aff...Deu ruim, pirou de vez.

Senpai disse...

Se matem, trolls anônimos...

Anônimo disse...

Ser uma mulher inaceitável para o patriarcado é um baita de um elogio!

Anônimo disse...

Que cada um ame seu próprio corpo, mas deixe que o outro tenha opinião se gosta ou desgosta!
Já fui obeso, lutei incansavelmente para alcançar o corpo que tenho hoje e tenho muito orgulho do esforço e sacrifícios que tive que fazer para alcançar meu objetivo.
Se você não gosta, OK, mas não me obrigue a gostar da obesidade alheia.
Um corpo em forma e/ou musculoso é mais apreciado porque denota o esforço por trás dele.

Anônimo disse...

14:22 o cara faz o maior chororô pra ninguém obrigar ELE a gostar ou não gostar de algo (até parece que ele é tão importante ou que as pessoas aqui sequer sabem quem ele é kkk) e logo depois vem afirmar o que as pessoas apreciam com uma justificativa muito sem sentido, ilógica...

ninguém dá a mínima com o que você pessoalmente gosta ou desgosta, cara, acorda! se situa, você não é o centro do universo! bem longe disso...

Anônimo disse...

"Porque admiram os músculos e a força física, os homens acreditam que as mulheres têm igual admiração."

Elizabeth Gould Davis

Igor Riccardi de Souza disse...

Anon das 16:00


Tem muita mulher que se atrai SIM por caras "bombados" e/ou com altura acima da média.
Aliás, existem, inclusive, diversas mulheres mulheres a afirmar que homens altos inspiram confiança, proteção.

Espero não receber afrontas como resposta, afinal não foi minha intenção afrontar qualquer pessoa desse recinto.
Afinal não é nem um contraponto, e sim, uma pequena observação.

Anônimo disse...

Disse o machinho que acha que entende de mulher. Coitado. Como se algum entendesse...

O garoto mal saiu das fraldas, mas tem a audácia de afirmar o que as mulheres pensam.

Mamãe deve não ter deixado ele comer a sobremesa sem jantar, ou algo do tipo.

Macho é muito cara de pau...