domingo, 3 de setembro de 2017

OI, GORDOFÓBICOS, TUDO BEM?

Só um recado pra vocês hoje: valorizem suas curvas. Imagino que até vocês devem tê-las, gordofóbicos.

12 comentários:

Charle Coimbra disse...

Valorize suas curvas, valorize sua magreza, valorize sua cor de pele, seja ela qual for, valorize sua altura, valorize seu gênero, sua orientação sexual, valorize o que você é, é seu direito. Ninguém tem nada com o que você é, do que gosta e como procura se sentir bem e ser feliz.

Felipe Roberto Martins disse...

Isto mesmo, valorize-se e seja Você quem Você é! Nada pode nos definir. Vejam este clipe: https://www.youtube.com/watch?v=lKmYTHgBNoE é bem isto:).

Anônimo disse...

Valorize sua saúde!

Joana disse...

Valorize sua saúde, a começar pela saúde mental. Gordofobia é doença.

titia disse...

O dia tem 24 horas, pelo menos 12 disponíveis pra se ocupar com qualquer coisa que não seja dormir, e esses imbecis não conseguem encontrar nada pra fazer com esse tempo além e ficar reparando no corpo alheio e humilhando as pessoas? Vão achar algo pra fazer da vida, porra.

Anônimo disse...

Da-lhe titia!!!
Você me empodera!!!!

Anônimo disse...

O dia tem 24 horas, pelo menos 12 disponíveis pra se ocupar com qualquer coisa que não seja dormir, e vc não tem coragem de caminhar por 30 minutinhos?

Joana disse...

O dia tem 24h, das quais, ao menos 12 são ocupáveis com outras atividades além de distorcer o discurso alheio. Na boa, pessoa? Quando der vontade de escrever bobagem, vá dormir porque vontade dá e passa.

titia disse...

17:00 todas juntas nos emponderamos umas às outras. E viva as manas.

17:09 é disso que eu estou falando. Você poderia estar caminhando na esteira, correndo, fazendo abdominais, halteres, flexões, lavando cueca, lavando louça, estudando, trabalhando, procurando emprego, cortando as unhas do pé, depilando a bunda, assando um bolo, lendo um livro, assistindo uma TV, comprando pão, lendo um jornal, escovando os dentes, arrancando os cabelos do saco, assoviando uma marchinha dos anos 20 mas está aqui reclamando das feministas feias, bobas e caras de mamão que estão exigindo que vocês parem de ofender e humilhar as pessoas gordas. Você tem literalmente milhões de coisas melhores que poderia estar fazendo, mas prefere ficar bostejando pelos dedos sobre como é legal ofender e humilhar pessoas só porque elas estão fora dos padrões que você considera belos.

Marcos Sousa disse...

Convencer uma pessoa obesa ou com sobrepeso a ter uma dieta mais balanceada e fazer exercícios não é intromissão, ou "imposição de modelo físico" - é uma prova de amor e carinho para com as pessoas. Digo isso pois minha família toda é de obesos (eu mesmo meço 1,63 m, e peso 97,5 kg) e quase todos nós desenvolvemos glicose alta, diabetes, insuficiência cardíaca e respiratória e colesterol alto, o que nos acarreta muita dor de cabeça e visão turva quando nossa diabetes altera...

Eu e a mãe de minha filha decidimos melhorar a nossa alimentação e fazer exercícios (caminhada e academia); fisicamente eu não mudei muito, mas vejo que minha vida sexual melhorou 50%, pois, me canso bem menos e me recupero mais rápido.

Claro que xingamentos por conta da gordura são desnecessários (passei a vida escutando isso!), mas pior é, em vez de lutar para melhorar, é ficar parado, se achar o ser mais lindo do mundo se olhando no espelho, pra depois, resolver todas as suas tristezas com a geladeira e selfies pseudo-felizes no Instagram...

Só quem é gordo sabe o que é CAMINHAR (não correr!) 10 metros e se sentar pra recuperar o fôlego.

Enquanto pra sociedade e principalmente pra internet, mantemos a pose de arrogantes, desdenhando dos perigos futuros, querendo "tampar o sol com a peneira", dizendo que ama seu corpo, sendo que você chora por dentro, só vai piorar a situação e definhar sua saúde.

Enquanto você vai "amando o seu corpo", o seu corpo vai sofrendo com sua falta de simplicidade; pois, enquanto você "enaltece" seu corpo gordo na internet, você pode sofrer um ataque cardíaco e se sobreviver, vai ter aguentar o seu médico cardiologista lhe enchendo de lição-de-moral e você naquela dúvida: se dá valor ao pensamento imutável da mídia atual, ou se dá valor à sua saúde - pois, se ocorrer um AVC por conta do colesterol alto, ninguém dessa "Imprensa de Facebook" vai cuidar de você; só os seus amigos que eram aqueles "chatos-de-galocha", que insistiam em lhes avisar que você precisava dar uma mudada na sua forma de encarar a vida...

Ame o seu corpo, mas não faça como os avestruzes, que "resolvem" resolvem seus problemas "colocando a cabeça em um buraco no chão" - os leões e hienas podem vir em forma de diabetes, ataques cardíacos, e qualidade de vida reduzida...

Anônimo disse...

Tem muuuuita gente magra com saúde ruim. Bj.

donadio disse...

"Convencer uma pessoa obesa ou com sobrepeso a ter uma dieta mais balanceada e fazer exercícios não é intromissão, ou "imposição de modelo físico" - é uma prova de amor e carinho para com as pessoas."

Quando feito por um profissional da área de saúde ou por alguém que tem relações de amizade ou parentesco com a pessoa obesa. Quando feito por troll de internet, com a óbvia intenção de machucar, é intromissão ou coisa pior.