sexta-feira, 26 de fevereiro de 2016

SIM, SOU GORDA. E TUDO BEM

Este excelente artigo de Sarai Walker publicado na revista do The New York Times foi traduzido por Renata Vilarinho (super obrigada, Renata!).

"POR QUE você usa a palavra 'gorda'”?
Não faz muito tempo uma mulher num encontro do clube do livro me fez essa pergunta. Eu tinha sido posta numa sala para conversar via Skype sobre meu romance com um grupo de mulheres profissionais que bebiam vinho e beliscavam esperando pela minha resposta. Eu sabia que minha cara estava num monitor flat-screen gigante, sorri para esconder meu pânico e respondi a ela e ao resto do grupo no piloto automático.
Eu já fui questionada pelo uso da palavra com G muitas vezes, por leitores e jornalistas. Às vezes, eles tropeçam na palavra, como se ficasse presa na garganta.
A maioria das pessoas fica chocada pelo meu uso desavergonhado da palavra “gorda” não apenas para descrever a heroína do meu romance, mas também para descrever meu corpo. Para muitos não há possibilidade de “gorda” ser qualquer coisa além de insulto. Então eu expliquei e expliquei que xs ativistas usam a palavra com orgulho num esforço de desestigmatizar não só a palavra em si, mas, por extensão, o corpo gordo.
No começo eu ficava entusiasmada com esse tipo de conversa, mas não posso negar que me desiludi. Depois de meses presenciando tamanha ansiedade por causa de um inofensivo adjetivo, ficou claro que gorda -– não só a palavra, mas o "ser" gorda –- é aparentemente tão ruim que é impronunciável. 
Mês passado a Matel lançou uma nova “Barbie Curvilínea” –- “curvilínea” sendo o único eufemismo elogioso para uma mulher “gordinha”. Uma Barbie gorda seria, óbvio, o fim da picada. Em uma história de capa da revista Time sobre a boneca, garotinhas testando o brinquedo na sede da empresa riam entre si por causa da Barbie gorda. A nova Barbie na verdade não passa de uma aproximação  do que seria o corpo natural de uma mulher comum, mas parece gorda em comparação às proporções irreais da Barbie original. As meninas enxergavam a nova Barbie como gorda, mas vacilavam em dizer a palavra na frente dos adultos. Uma das meninas soletrou a palavra “G-O-R-D-A”, como fazemos com outros palavrões. “Eu não quero magoar ela”, disse. 
Americanos são obcecados com obesidade, ainda que factualmente pessoas gordas não estejam representadas no nosso panorama cultural. Com poucas exceções, a maioria dos gordos que vemos na mídia e cultura pop odeiam seus corpos -– desde os concorrentes de shows como O Grande Perdedor em que são exibidos como animais de circo até celebridades que se vendem barato em comerciais de redução de peso em rede nacional. Americanos esperam e divertem-se com o espetáculo do gordo infeliz, então desafiar essa narrativa é um ato radical. 
Falar com as pessoas a respeito do meu livro me ensinou que, apesar de acreditarmos viver numa época em que é impossível se chocar com alguma coisa, um romance sobre uma mulher de 136 kg que aprende a amar seu corpo como ele é –- sem perder peso –- é um tremendo tabu. Como eu não apenas me atrevi a escrever tal livro, mas também a aparecer em público como mulher obesa eu mesma –- me recusando a pedir desculpas pela minha existência ou me escondendo num saco de estopa -– acabei virando sem querer uma embaixadora dessa ideia revolucionária de que não tem nada de errado em ser gorda e mulher. 
A autora do artigo, Sarai Walker
Então, respondo perguntas que seriam melhor dirigidas a um terapeuta ou nutricionista do que a uma romancista. Perguntam-me sobre meu histórico de dietas e de luta com minha autoimagem. Sou molestada por bandos de trolls online dedicados a praticar bullying contra mulheres gordas. 
Alguns meses após a publicação do meu livro nos Estados Unidos, eu viajei para a Austrália para promover o livro lá. 
Sarai com Will Self, escritor que
acha pessoas gordas feias e doentias
No meu primeiro dia, durante uma entrevista ao vivo no rádio, um outro escritor, Will Self, monopolizou a discussão para me palestrar sobre como pessoas gordas eram doentias e feias. Citou o Holocausto para provar seu ponto sobre a relação entre tamanho corporal, exercícios e consumo de alimentos (“Você nunca viu um gordo sair de Auschwitz”, ele disse, citando um consultor sobre abuso de drogas); e para espalhar horror acerca do iminente apocalipse gordo, declarando, entre outras coisas, que “estatisticamente, no lugar onde moro na Inglaterra, até 2030 ninguém mais vai conseguir andar.” 
Em outro show eu debati com um especialista em obesidade e ainda em outro tive de responder chamadas ao vivo de ouvintes sobre se era ok ser gorda –- um debate que se seguiu depois de uma discussão sobre a a guerra na Síria. 
O último evento da minha turnê na Austrália foi um discurso no Festival de Ideias Perigosas. No palco do Sydney Opera House eu abri minha fala sobre como era ok ser gorda dividindo um exemplo da minha própria vida. Alguns anos atrás eu postei no Twitter um link para uma entrevista de 1969 de Jim Morrison em que ele dizia “gordo é lindo”. Minutos depois uma amiga me respondeu, furiosa, que ser gordo não é saudável porque causa pressão alta e outros problemas de saúde. Esse tipo de resposta, eu disse aos presentes, é um exemplo do que chamo de “Síndrome da Desordem Gorda”, onde até pessoas que se consideram mentes abertas, pensadoras críticas, ficam perplexas se o assunto "ser gordo" seja tratado de maneira positiva.
Durante a sessão de perguntas e respostas, as pessoas se levantavam uma após a outra fazendo comentários negativos sobre meu corpo. Me senti como uma bruxa cercada por aldeãos com tochas. Era claro que, mesmo para sofisticados cosmopolitas que pagaram para estar num festival sobre ideias difíceis, pensar em gordura como outra coisa que não fosse ruim era impossível. Como a minha protagonista percebe no romance, uma pessoa nunca pode ser simplesmente gorda; um corpo gordo precisa sempre ser consertado. 
Nos bastidores, membros da turnê me perguntaram se eu estava bem. Não era  a primeira vez que alguém me puxava num canto para me perguntar a mesma coisa. Eu disse que sim, mas de volta ao hotel, eu simplesmente me enfiei na cama, aliviada de não precisar me apresentar como gorda profissional. Eu queria ir pra casa e me esconder. Tenho vergonha dessa reação. Escrevi um romance para dar voz às mulheres gordas, mas me esgotei usando a minha. Eu começava a me sentir como aquela mulher gorda num freak show -– exibida em público para divertimento. 
As trincheiras do debate sobre obesidade são um péssimo lugar para quem quer que desafie a retórica onipresente do “gordura é ruim” e alegue que o principal problema das pessoas gordas não são seus corpos, mas o ódio e o abuso da sociedade. Em um dos lados do debate está a multibilionária indústria de perda de peso e cuidados de saúde, além do preconceito enraizado. Do outro lado está um pequeno grupo de ativistas relativamente sem poder.
No centro deste debate sobre obesidade está um declarado cuidado de saúde, como se a dignidade de qualquer grupo devesse se atrelar à condição de seus membros serem saudáveis. Mas assuntos de saúde não são preto-no-branco e movimentos como “Health at Every Size” (Saúde em Qualquer Tamanho) oferecem uma crítica legítima das abordagens simplistas de perda de peso para saúde.
Numa cultura em que a maior parte das pessoas gordas na mídia não têm cabeça -- os borrões anônimos, decapitados, intercaláveis cujas fotos acompanham notícias assustadoras sobre obesidade -- uma mulher gorda com voz pode ser ameaçadora, não apenas para bullies, misóginos e "guerreiros" anti-obesidade, mas para muitos daqueles que se consideram iluminados. Às vezes penso que seria mais fácil ser uma dessas pessoas gordas anônimas e sem cabeça. Mas se você não tem cabeça, você não pode falar alto. 

136 comentários:

S. disse...

É simples anônimo, se mata que você não vê mais nada ou arranca os olhos.

Anônimo disse...

Não há nada de errado em ser gorda, melhor do que ser excessivamente magra. Peso nunca foi algo que importou para mim. Hoje em dia eu só me encaixo no padrão social de beleza por gostar muito de esportes, e não por realmente me importar.

Sofia L.B. disse...

Nossa, esse livro deve ser muito legal!
Não consigo imaginar o horror que deve ter sido essa parte da palestra em que o público começou a falar do corpo dela! Que gente sem noção! Aquele outro escritor com quem ela conversou na rádio chega a parecer uma pessoa ponderada perto deles...

S. disse...

As pessoas tem esse comportamento bizarro e não veem nada de errado, pelo que ela falou pareciam um bando de animais raivosos.
Gordofóbicos nunca vão assumir a gordofobia, porque aí vão perder o direito de humilhar os gordos fingindo que é é brincadeira e preocupação com a nossa saúde.
Ri muito com a foto do cara que acha gordos doentes, ele é a imagem da saúde kkkkkkkk

Sempre assim, um bando de gente hipócrita que não cuida da própria saúde, come besteira, não faz exercício, mas quer dar lição de moral na pessoa gorda como se fosse muito saudável.
Só vejo um bando de gente magra dizendo que isso não existe, como se tivessem alguma credibilidade nisso, mesmo não sofrendo preconceito por serem gordos, porque eles são o centro do universo, se algo não acontece com eles, não acontece com mais ninguém.

Até mesmo gordos que tiveram a sorte de não sofrer preconceito, acham que são parâmetro para o resto do mundo. Então, quem diz que passa por isso tá de frescura.
A raiva é tanta que se uma pessoa gorda falar que está bem assim e que merece respeito, eles distorcem completamente a historia e juram que os gordos querem obrigar o mundo a achar pessoas gordas bonitas, a namorar com gordos, a engordar, tá promovendo obesidade.

Babacas gordofóbicos, a única coisa que queremos é respeito, não precisa nos achar bonitos, nem namorar conosco, na verdade quanto mais longe ficarem da gente melhor.
E são tão burros que na mesma frase que usam para dizer como eles não são gordofóbicos, eles provam que são. Sempre algo assim :

"Não tenho preconceito, o que é que essa gorda tá falando?"
"Para de falar merda e vai emagrecer."
" Muito linda hein? (ironizando a aparência da pessoa)

Com certeza se ela estivesse dando entrevista dizendo o quanto se odeia e quer emagrecer, estaria sendo aplaudida de pé, ela seria guerreira, vitoriosa, blá, blá blá...

Anônimo disse...

3, 2, 1...
CONTAGEM REGRESSIVA para aparecer pessoas "de bom coração" e "super preocupadas com o bem estar alheio" que vao vir falar "blá blá blá to preocupado com a saúde".

S. disse...

13:19

Pois é, não vejo esse povo de bom coração se preocupando com as pobres pessoas magras que se alimentam mal, que não se exercitam, que fumam...


Cadê a bondade de vocês, não ignorem os magros! Porque se realmente é a saúde, tem que se preocuparem com a de todos.

Esqueçam babacas, ninguém engole mais o mimimi sou tão bonzinho, mimimi saúde.

Bella Soares disse...

Tenho muita pena de pessoas que alegam "preocupação" com o peso dos gordos e usam isso para recriminar as pessoas e darem suas dicas de dietas infalíveis. Pois é claro, tomar água de pepino ou qualquer merda do tipo é muito saudável...
Esse preconceito velado e "aceitável" é muito mais perigoso do que aquele que é explicito, pois a pessoa gorda muitas vezes acredita que está errada, e que aquele que lhe estende a mão para "ajudar" e deixar "bonita" é uma pessoa caridosa. Quantas mães enchem a cabeça de suas filhas de paranoias, quantos profissionais da saúde deixam de lado o psicológico de crianças e adolescentes e se preocupam somente com os números da balança? Ser gordo é difícil, mas não somente pelos problemas de saúde que isso pode acarretar, e sim pelo pior, a pressão e o rótulo de que são feios. Não digo que ser gordo ou magro é bonito, pois eu não tenho o direito de definir e decidir isso. Mas digo que se aceitar é lindo, e deixar que as pessoas vivam sua vida e façam suas próprias escolhas é mais lindo ainda.

Anônimo disse...

As gordas vivem atacando as magras, aqui mesmo nesse post já comentaram que é melhor gorda do que muito magra. Legal isso né? Defendem os seus corpos, mas atacam os das outras.

titia disse...

Vou morrer sem entender porque as pessoas acham tão difícil calar a maldita boca e não sair humilhando os outros pra se sentir melhor. Filhote, seguinte, se tua auto estima tá tão baixa que você só consegue sair da cama se for pra insultar quem não tem nada a ver com os seus complexos de inferioridade você precisa de um psiquiatra e de alguns remédios pra depressão, não sair por aí fazendo ouvido das pessoas gordas de penico.

Esse tal Will Self acha pessoas gordas feias e doentias porque nunca se olhou no espelho, né?

Anônimo disse...

Eu tenho sobrepeso (tá, se eu perdesse 3 kilos já voltaria ao IMC normal, mas ainda assim é sobrepeso).

Mas...
minha alimentação é controladissima: sou vegana, raramente como doces (a nao ser frutas), nao bebo, sou bem natureba mesmo
E pratico esportes (nao todos os dias, mas com boa frequencia)

E minha saúde tá ok.
Mas mesmo assim, tenho esses 3 quilos a mais que me deixam no sobrepeso.

E já ouvi muita gente (esse pessoal que quer que eu acredite que sao bondosos e estao preocupados com a saúde) falando que "na epoca de guerra nao tinha gordo nao...pq faltava comida".
Eu tive anorexia quando mais nova. Foi uma luta pra me livrar dela. E ainda vem gente ("de bom coração...pq né ?") sugerindo que eu devo passar fome pq daí eu vou provar que minha gordura é pq eu como demais.

Como tem gente desnecessária no mundo.
Torço a Deus que essas pessoas sejam inferteis. Pq se uma pessoa dessa tem um filho que nao se enquadra aos padroes dos pais...fico imaginando a tristeza que deve ser pra criança.

Anônimo disse...

É difícil vc esperar imparcialidade de um blog de uma pessoa que está acima do peso e vem falar sobre pessoas gordas.
A obesidade é um problema de saúde pública, assim como a depressão, a dependência de drogas a dengue, etc.
Não devemos humilhar e esculachar essas pessoas, agora vir dizer que e legal ser gordo, nada a ver

Anônimo disse...

Gordos incomodam em ônibus e metrôs, agora tem gente que ainda quer dar lugar reservado para gordos, que obrigação eu tenho de me levantar para um gordo sentar?
Daqui a pouco vão querer cotas para gordos

Rafael Cherem disse...

Impressão minha ou a vigília pelo peso entre mulheres é mais voraz não?

Uma dúvida, grupos como vigilantes do peso se inserem onde no feminismo?

Anônimo disse...

Tecnicamente já existem cotas para gordos, se você pesa mais de 160kg você é considerado deficiente físico e pode concorrer a cotas

Kittsu disse...

Obesidade é uma doença metabólica. Não é feio estar gordo assim como não é feio estar com gripe, artrite, ler. Mas é o sintoma de uma doença.

Anônimo disse...

15:30hs

se vc nunca prestou atenção a sua volta,
faça um favor , ou fique de boca caladinha ou passa a dar uma olhada a sua volta
e veja que tem familias onde as crianças comem as mesmas coisas, fazem as mesmas atividades físicas e apenas uma é gordinha

Se essa criança é saudável, come comida de qualidade nutritiva e faz atividade fisica. Que diabos vc quer que ela faça dieta ? Pelo amor de Deus...vamos pensar antes de falar as coisas!
Essa criança tem que aprender a se amar ! Tem que aprender que nao tem problema nenhum em ser cm ela é !

E por comentários como o seu que muita gente chega à adolescencia e desenvolve transtornos alimentares.
Mais empatia , por favor !
Vc nao é obrigado a gostar de gorda, a namorar com gorda, a querer ser gordo. Mas se nao tem nada a acrescentar de positivo...é sempre melhor ficar quieto, né ? Ou vai querer levar o fardo de ser causador de disturbio alimentar em adolescentes ?

Anônimo disse...

Estar a 3 kg do imc normal não é gorda da forma que está sendo falado aqui. Aposto que vc deve ser muito bonita. A questão é obesidade, querem que a sociedade encare como normal, natural, e pior, belo. Forçam a barra demais.

Clara Azevedo disse...

Vamos supor que todo gordo seja doente, se na sua cabeça não cabe outra coisa. Então, claramente a melhor alternativa não é ficar chamando ele de doente e feio! Você faria isso com outras doenças!?

Mas porque eu me pergunto... Eu tenho depressao há anos e as pessoas ainda acham que é falta de reza ou vergonha na cara.

Apenas melhorem....

Anônimo disse...

A diferença é que você não cura outras doenças com dieta, exercício e vergonha na cara, já obesidade cura

Anônimo disse...

Isso também se encaixa em um assunto já comentado nesse blog: padrão de beleza é uma construção social. Antigamente, ser magra era feio, ser gorda é que era considerado belo. Afinal, ser gorda era sinônimo de abundância, riqueza, e ser magra indicava pobreza. Não estou dizendo que era uma época melhor, mas mostra como esses padrões são socialmente construídos.

Kittsu disse...

Vergonha na cara não cura doenças. Estamos em uma epidemia de obesidade e doenças crônicas porque a medicina desaprendeu a prevenir e a tratar essa condição.
Não é culpa do obeso o desequilíbrio hormonal que ela/e está sofrendo, e não é brincadeira seguir dieta de fome em meio à compulsão e à fome eterna que esse desequilíbrio causa.

Anônimo disse...

Mentira, anonimo. Aqui se esta falando de ser gordo, de qualqer tipo, obesidade incluso. E a sociedade tem que encarar SIM que é normal. Não é um padrão que todos devem seguir, mas é algo que todos devem respeitar por que ser gordo nem sempre é por que comeu demais ou por que é cheio de doença. Não vejo esse impedimento todo em aceitar quem é magro além do ideal ou até mesmo anorexico (talvez quando ja se está esquelético).
Quanto a obesidade em si, basta se fazer como TODO MUNDO DE QUALQUER TAMANHO deveria fazer, ir no médico regularmente pra ver e resolver possíveis problemas de saúde.

Anônimo disse...

Sabe o que é legal? Respeitar. Pq nessa sociedade oq mais tem são pessoas querendo opinar qal é o padrão "certo" ser gordo é legal sim, pois ser gordo não é ser doente. Vai me dizer q dos 7 bilhoes de pessoas no mundo, apenas os gordos ficam doentes? Será que vc não estaria falando de obesos, q devem ter um pouco mais de cuidado com a saúde? Ou sera que pq eu fiqei cinco quilos acimo do ideal, eu deixei de ser "legal" (oq seria isso?) e cade toda essa preocupação com a saúde pública com os anorexicos? Ou com quem se encontra cinco quilos abaixo do peso? Pq o que costumo ver são pessoas incentivando qdo isso acontece. Será que na cabeça das pessoas, ser magro é sinônimo de saude máxima? Pq se o gordo é aquele q é o unico a adoecer e ter problemas de saúde, obviamente o magro é aquele que nunca pega sequer uma gripe, certo? Não, errado. Daí, fica minha dúvida, pq na cabeça das pessoas o certo é ser magro e errado ser gordo qdo ambos estão sujeitos a ter problemas de saúde? E note-se que a ultima pergunta foi com relação a gordos e magros normais, não a obesos e anorexicos ( que correm mais riscos)

titia disse...

16:21 não sei se já te disseram isso, mas o objetivo das mulheres não é ser alguém que você ou outros mascus e machistas idiotas gostariam de comer. Eu mesma vou dar um jeito de ganhar uns 10 quilos pra evitar gente como você. Entenda, colega, você e seu pinto não são tão importantes assim. Não são. Repita isso na frente do espelho umas 500 vezes por dia até entender que você e seu pinto não são tão importantes assim.

Na verdade, 17:04, dieta, exercício e que vocês chamam de vergonha na cara nem sempre podem acabar com a obesidade. Eu já tive sobrepeso (nem obesidade, sobrepeso) causado por distúrbio na tireoide e só consegui perder esse peso com remédios pra tratar o distúrbio e uma reorganização hormonal completa com anticoncepcional, porque quando a tireoide fica desregulada TODAS as glândulas do corpo se desregulam juntas. Então, que tal você FECHAR O CUSPIDOR DE MERDA da próxima vez que vir uma pessoa obesa? :) Faz bem ao coração, ao figo, ao juízo e faz bem aos seus dentes no dia que você encontrar alguém disposto a socar o próximo que vier com esse papinho mentiroso de "Eu só me preocupo com a sua saúde".

Anônimo disse...

Não anon das 17:04, não é tão simples assim. E pra você dar esta resposta tão fútil, logo se vê que nunca precisou passar por isso. Assim fica mais fácil de julgar exercer seu preconceito não é mesmo? Afinal pimenta nos olhos dos outros é refresco.

S. disse...

Falar q obesidade é doença é preconceito puro, tem muita gente gorda que está com a saúde ótima, eu por ex.
Os resultados dos meu exames deram tudo normal. Então é doença por que?
Acho que as pessoas pensam que magro n adoece e nem morre.

Anônimo disse...

16:29

sou a anonima dos 3 quilos a mais
sim, eu sei que posso ser considerada bonita por vários
Mas o que eu quis dizer é...

eu como muito pouco ( e de forma saudavel) e mesmo assim tenho 3 quilos acima do IMC normal.
Imagina quantos quilos eu teria se eu fosse comer como a media da população da minha faixa de renda come ?
Eu quase nunca como fritura, nao tomo refrigerante, cerveja e nem sucos adoçados, pra vc ter ideia...nem açucar temos aqui em casa.
Só que... nem todo mundo é obrigado a comer cm eu como (eu faço uma opcao pelos animais, o veganismo... e nao tem nada a ver com o peso). Tem muita gente que come muito mais que eu (e comidas mais caloricas) e ainda assim mantem uma alimentação saudavel. E daí a pessoa deve ser natureba pra emagrecer ? (assim como tem veganos que optam por dietas bem mais calóricas)

Tenho amigas (várias e magras) que comem bolacha todo dia, que vao em fast food 3-4 vezes por semana (algumas confessaram que almoçam fast food quase todos os dias), tomam refrigerante todos os dias...e sao magras. E nao vejo ninguem indo aporrinhar falando que no futuro elas podem vir a ter doença.

O que eu quero dizer...ninguém está preocupado com a nossa saúde, é que o pessoal gosta de ser preconceituoso (deve fazer bem pra alma deles) e pra aliviar eles disfarçam com o "preocupação com a saúde"

Anônimo disse...

Eu era gorda e não era feliz. Caminhar era um sacrifício para mim e tb eu me achava mto feia com os seios enormes. Decidi mudar de vida, antes soh comia massa e não ficava sem refrigerante. Agora minha dieta eh balanceada e pratico esportes. Me sinto tão bem!

Cada um sabe de sua vida, se pessoa eh feliz gorda e se sente bem qual o problema?

Anônimo disse...

(Viviane)
Rafael, para saber por que a vigilância do peso entre mulheres é mais voraz, sugiro ler posts anteriores aqui do blog sobre padrão de beleza e os motivos pelos quais isso é imposto às mulheres... ou ler os comentários dos mascus neste post. Sobre os "vigilantes do peso", eu não sei, mas desconfio que, por ser uma empresa, eles obtém lucro com imposição de padrões de beleza (não posso afirmar, apenas suponho).
Estou tentando responder porque quero acreditar que sua primeira pergunta não contém nenhuma ironia sobre um suposto "preconceito feminino". Do contrário, recomendo refletir, pois sua pergunta se assemelha muito a quem diz que "negros são racistas entre si"... Cuidado!

Anônimo disse...

O cigarro faz muito mal.
Causa doenças que , acredito, oneram o sistema publico de saude
Faz mal para as pessoas ao redor (fumantes passivos)

e mesmo assim vejo uma tolerância muito maior com o cigarro.

Por mais que apareça um monte de gente aqui falando dos maleficios do cigarro, ninguem fica apontando pro fumante na rua e rindo da cara dele, nem zuando o amigo que namora a menina fumante, e nem chamando a pessoa de feia .
Talvez pq nao seja algo inerente à ela.

No fundo, quem é do bem e está feliz nao está nem aí pro peso do outro. Quem implica, , zoa e faz piada... sao, na minnha opiniao, pessoas maldosas e infelizes.

Anônimo disse...

Deve ter muito fumante com os exames atuais perfeitos também.

Anônimo disse...

Da mesma se você manda um gordo sedentário que passa o dia comendo baconzitos e tomando coca-cola fazer exercício e dieta vocês vem dizer que é gordofobia.

Se você manda um cara que fuma 2 carteras de cigarro por dia parar de fumar é aceitável e precupação com a saúde.

Anônimo disse...

Não entendi pq apagou meu comentário. Falei que dizer que "magro tb fica doente" é o mesmo que continuar fumando pq "não fumante tb fica doente". Ofendi alguém? Falei algum absurdo odioso? Ou foi pq viu que estou certa em falar isso e ficaram sem saber como contra-argumentar?

Anônimo disse...

Cuidado que daqui a pouco vão apagar seu comentário porque ONDE JA SE VIU GORDA NAO SER FELIZ? ONDE JÁ SE VIU ASSOCIAR GORDURA A MÁ ALIMENTAÇÃO??

Anônimo disse...

Tem razão, eu ia parar de fumar, mas não fumante tb tem câncer! Vou fumar feliz agoraA

Anônimo disse...

Não, anon das 18:39, o aceitável é não se meter na vida alheia. O fumante tem agravante de fazer os outros serem fumantes passivos e por mais que o vício seja forte, é desleal comparar fumante com gordos pois ninguem nasce fumante, além do fumo ser um vício. Eu sei pois sou fumante a anos. Já ser gordo não é um vício e vai além de comer demais e ser doente. Mas em ambos os casos, não é da conta de ninguém, além da própria pessoa. Com a diferença de que se eu estiver fumando e entupindo alguém que esteja perto de fumaça, a pessoa pode se incomodar e sair de perto, mas jamais me dizer que eu devo parar de fumar. Não vejo como ser gordo tenha qualqer relação com isso.

Anônimo disse...

Comentários gordofóbicos serão apagados

Anônimo disse...

Refutar argumentacao com lógica é gordofobia?

Anônimo disse...

Lola ou Samantha, porque vc está apagando meus comentários sobre o satanismo no outro post? Vc tem preconceito, é isso? Poxa, procura se informar, é uma religião como qualquer outra, decepcionada com essa censura aqui, nunca esperaria isso do seu blog.

Anônimo disse...

É mesmo né gente, por que assim como tem gente que nasce acima do peso, tem gente que já nasce com cigarro na boca. Assim como um fumante que fuma a cada dez minutos, tem aqueles que ficam gordos a cada dez minutos. Como aqueles que não fumam dentro de um avião, tem aqueles que assim que entram na aeronave, emagrecem e trazem o sobrepeso novamente depois que desembarcam. Comparar as duas coisas é totalmente desonesto e ignorante. E sim o argumento de dizer que tanto magro qto gordo adoecem é válido pois, ser gordo e ser magro pode ser algo de nascença, genético. Vai muito além de ser doente ou de comer demais.
Eu sou fumante e não sou gorda e posso falar que não nasci fumando, aprendi a fumar com o tempo e se eu fumo não existe nada de genético nisso. E sem falar que isso também é apenas da minha conta e de ninguém mais. Sempre que alguém vem falar que eu deveria parar, eu pergunto se é a pessoa que paga meu cigarro pra estar se metendo onde não foi chamada e digo também que ninguém que fuma acha que faz bem pra saude fumar. Como fumante acho RIDÍCULO essas pessoas que ficam comparando ser fumante com ser gordo como se fossem coisas parecidas, relacionadas só pra validar o argumento da saúde de quem é gordo.
Todo mundo merece respeito e ninguém merece ser diminuido por não estar no padrão da sociedade. O gordo não faz mal a ninguém por ser gordo. Nunca ouvi falar de gordo passivo. O fumante, desde que não esteja fazendo ninguem ser passivo, também ninguém tem nada haver com isso. Como estão relacionados? Em todo caso, ambos merecem e devem ser respeitados.
Mas tenho certeza absoluta que um nada tem haver com o outro e quem usa o fumo pra comparar é de uma desonestidade tão grande que logo se ver que não sabe argumentar e usas de critérios patéticos apenas pra ver se ganha uma discussão. O que não acontece (não se ganha usando argumentos chulos e inválidos).

Anônimo disse...

Tô achando que qualquer discordância com o que vcs falam é gordofobia.

lola aronovich disse...

Deixa de ser chato, anon das 19:13. Se vc quiser falar sobre satanismo, tudo bem, dane-se, eu publico. Mas vc dizer que satanismo é a única religião que as feministas podem ter é bem diferente. Não se faça de sonso.


Ai, ai, não sei se são os trolls de sempre sendo gordofóbicos ou se temos trolls especialmente gordofóbicos em todo e qualquer post sobre aceitação do corpo.

Anônimo disse...

Anônimo das 18:52, apenas na sua cabeça comparar gordo com fumante possui alguma lógica. Isso é de uma ignorância e desonestidade sem tamanho.
E falo isso como fumante, ou seja tenho entendimento de causa.
Ser fumante nunca vai ser algo saudável, mas ser gordo não é sinônimo de falta de saúde. Se você não é nem um nem outro, tá só verbalizando o que a cartilha social vive dizendo e fazendo uma comparação bem desonesta.

Anônimo disse...

Sério mesmo Lola? Onde eu disse que satanismo é a única religião que as feministas podem ter? Eu falei que satanismo é a única religião que te permite ser 100% feminista sem culpa. Não to dizendo que feministas não podem ter outra religião! Agora chamar de chata, sonsa, pra que isso? Não te acusei de nada, só perguntei se vc tinha algum tipo de preconceito, e pelo visto tem mesmo, pra apagar os comentários sem antes lê-los direito! Decepção

Anônimo disse...

Pois é anônimo das 18:30.
Eu sou fumante e meus exames deram ok. Mas lhe faço umas perguntas. Quantos fumantes de nascença conhece? Quantos fumantes genéticos conhece? Eu consigo ficar alguns momentos sem cigarro, mas recinheço q sou viciada. Quantas pessoas viciadas em ser gorda conhece? Pois eu nem sabia que isso era vício. E já que vc esta comparando. Um gordo consegue ficar quantos dias sem ser gordo até que o vício ataque de novo?
Moral da história? Um gordo não é necessariamente sinônimo de doença. E mesmo eu sendo hoje em dia viciada em cigarro, eu ESCOLHI botar um na boca e apesar de meus exames darem ok, quanto mais eu fumo mais sequelas e riscos eu corro, algo bem diferente dos riscos de uma pessoa acima do peso. Alguns nascem gordos, sabia? E levam vidas super saudáveis mas nunca foram capazes de emagrecer, mesmo se quisessem. Ser gordo é sim mais saudável que ser fumante. Eu nunca poderei dizer que nasci com um cigarro na boca, que fumo de nascença. E antes que diga que tem fumantes que também levam vidas saudáveis, bom, aí te digo, magros, gordos e não-fumantes também. Daí qual a diferença? Onde fica seu argumento de que gordos são mais doentes? Meu risco foi por ESCOLHA e não poderá jamais ser dito como algo de nascença ou genético. E por mais saudável que eu seja, alguma coisinha aparece cá e lá. Já quem é gordo vai além da escolha, do ser doente ou do comer muito.

Anônimo disse...

O problema não é esse anon das 18:54, o problema é que generalizam ser gordo com ser doente e comer muito. Daí as cabeças limitadas associam que por que um teve problema com a balança e era infeliz, logo TODOS devem ser doente infelizes com o próprio corpo

S. disse...

Gordofóbicos não conseguem arrumar argumentos decentes para validar o ataque as pessoas gordas, não conseguem e nem vão conseguir.
Magros e gordos ficam doentes e morrem, se alimentam mal, são sedentários, então, por que só atacam os gordos, por que só se preocupam com a nossa saúde?????????
Comparar fumante com gordo é patético, fumar faz mal a saúde, estar gordo não é sinônimo de ser doente, cadê a lógica nesse argumento?
Sou gorda, vegetariana, não fico me entupindo de porcaria, meus exames estão normais, aceitem de uma vez, vocês não passam de fdp preconceituosos.

Anônimo disse...

Então anônimo das 18:55, eu sou de fato uma fumante e acho que sua comparação com o cigarro foi ridícula. Como ja falei mil vezes aqui, ser gordo pode ser algo de nascença, ser fumante não. Voce e eu ESCOLHEMOS fumar, mas nem todo gordo escolheu ser gordo. Existem fatores genéticos no meio, sabia? Logo se existe casos de quem nasce gordo, o fato de ser gordo não quer dizer que isso é algo ruim ou não-saudável.
Eu não sei se vc realmente fuma ou apenas usou essa pobre comparação pra "argumentar" mas eu como fumante me ofendo pois tenho plena noção que fumar (escolha e vício) e ser gordo (vários fatores) nada tem haver. E sim vai lá e fume se quiser. Tem gente que nunca botou uma bituca na boca e morreu com câncer no pulmão. Você, assim como eu, quando escolheu fumar sabia do risco da sua escolha. Cada tragada é toxina no pulmão. O gordo pode ser geneticamente gordo e mesmo com dieta, continuar assim e pasme, se aceitar do jeito que é. Eu e vc por mais saudavel que levemos nossa vida, não podemos dizer o mesmo por que o cigarro não esta no nosso corpo diariamente. Nos que o colocamos no pulmão a cada tragada. E SABIAMOS DISSO qdo o fizemos a primeira vez. Nada de genetico e de nascença isso, né não?

S. disse...

E tem muito medico gordofobico também, já li relatos de mulheres sofrendo preconceito com médicos babacas. O meu por ex, nem acreditou nos meus exames normais, para ele eu devia estar a beira da morte.
Não tem nada de errado a pessoa ir no medico, ele passar exames, pegar o resultado e mandar emagrecer, se tiver algum problema relacionado com isso. Mas concluir que a pessoa gorda é doente sim.
Vi o relato de uma mulher q entrou no consultório e o medico incompetente só olhou para ela, viu que era gorda, começou a dizer que ela ia morrer, que não ia perder tempo com quem não se cuida, mandou emagrecer e tudo sem um único exame pedido.
Outros ficam horas falando o quanto a mulher tá quase morrendo, sem perguntar porra nenhuma, sem saber o que ela come, sem exame, daí elas voltam com o exame normal e os babacas ficam com cara de merda, sem graças e mandam emagrecer assim mesmo.

Anônimo disse...

Exatamente, todo fumando ta jogando horrores de toxinas no pulmão. TODOS. Até aqueles q não são de tragar. Já quem é gordo não tá sempre enfiando gordura nas artérias. Conheço vários que levam uma vida saudável e comem coisas leves. Já o fumante não tem jeito. É toxina em cada tragada, mesmo que não esteja doente ou não manifeste nenhuma doença ao longo da vida. O risco vai ser sempre maior e o fato de não ser algo saudável pro meu corpo vai estar sempre ali.
Sou fumante e sei disso.

Natasha disse...

Tô achando que qualquer discordância com o que vcs falam é gordofobia

Não infeliz, é que vcs são gordofobicos mesmo.
Entendam de uma vez, vocês n são obrigados a gostar de gordos, achar bonito, namorar com um, mas são obrigados a respeitar, n tem direito de ficar fazendo piadinha com gordo, nem discriminar uma pessoa gorda, não podem negar emprego a alguém por ela ser gorda.
A nossa saúde n importa porra nenhuma a nenhum de vcs, seja qual for o motivo da pessoa estar gorda, vcs simplesmente n tem porra nenhuma a ver com isso, aceitem que a opinião de vcs sobre nosso corpo vale menos que merda.
N queremos seus conselhos de dieta, e n engolimos o mimimi de que se preocupam com nosso bem estar pq vcs estão pouco se fudendo, só o que incomoda é n sermos magros.

Se realmente se preocupassem com saúde, encheriam o saco de qualquer um que n seguisse uma vida saudável e n só dos gordos e principalmente viveriam a base de alface para ter alguma moral para palpitar no que os outros comem.
É isso e vão tomar no cu.

Anônimo disse...

Na verdade a tendencia a fumar esta provado ser genetica sim

Anônimo disse...

Eu concordo que ninguém tem o direito de xingar, humilhar, negar emprego. Mas vcs nao querem só isso. Querem que todo mundo ache natural e bonito.

Anônimo disse...

Gordo pode ser saudável se tiver com SOBREPESO, mas OBESO grau 2, 3? Ai me erra, vocês. Ok que o gordo de 200kg que mal consegue subir um lance de escadas (não vemos muitos gordos correndo em parques) "pode estar saudável".

Anônimo disse...

20:32

vc nao precisa achar bonito. mas ninguém precisa saber q vc acha feio.
Nao vai acrescentar.

Anônimo disse...

Sou magra mas se tem uma modinha insuportável é a da galera fitness e marombada de instagram e youtube, parecem evangélicos fanáticos cultuando músculos. Fora que o universo desse povo é academia, suplemento, batata doce e bomba, e se acham o maior exemplo de saúde da espécie humana.

Anônimo disse...

O que que tem a ver isso?

Anônimo disse...

É sério essa pergunta?

Anônimo disse...

Bom,cada um tem direito de achar o que quiser.
Os próprios gordos não gostam de gordos.Hipocrisia não admitir isso.
Mulheres gordas sempre correm atrás de caras sarados e homens gordos só querem mulheres estilo top model.
Quando as pessoas gordas pararem de nutrir preconceitos contra si mesmas,talvez as coisas comecem a mudar e melhorar.

Anônimo disse...

Tem alguém aqui defendendo moda fitness? Falando que gordo tem que comer batata doce e tomar whey?

Anônimo disse...

Interpretação de texto vai mal hein? Não falei dos comentários desse post em si e sim da sociedade que sempre quer empurrar um padrão "ideal" e estético goela abaixo.

Natasha disse...

20:37
Continuam na mesma, burrice é foda. Vc tem o exame da tal pessoa de 200 kg provando q ela está toda fudida? Minha tia tem 120 kg e n está quase morrendo, Exames ok. Ela n tem condicionamento físico, ñ aguenta correr mas está saudável, engole a seco!
Gordos q n conseguem andar, subir escada? Tem mesmo , como tem magro sem preparo físico nenhum.
N percebem? Mimimi em cima dos gordos, criticando coisas q acontecem com qualquer um, mas se for com gordo é crime, é errado, daí fingem q o mesmo n acontece com magros.

P.s cômico o cara q diz q gente gorda é feia e doente, ñ tem espelho em casa.

Anônimo disse...

Anônimo das 20:32
E por que algo não deve ser bonito e natural só por que é diferente?
Você não acha ser gordo bonito. Beleza é um direito seu ter sua opinião. Mas é algo que deveria sim ser tratado como natural, pois diferenças são naturais. E como alguém bem pontuou ali em cima, esses padrões do que é ou não bonito é algo relativo e muito social. Se pesquisar em lugares sérios, verá que nem sempre magreza era considerado bonito. Quem era magro é por que não comia direito. Já quem era gordo significava fartura. Por isso esse era o padrão antigamente.
Só por que você não acha gordo bonito, não quer dizer que não existe quem ache.
Ser gordo é sim algo natural, e pra MIM não é algo que determine beleza. Mas o natural deveria ser pra todos. Não só ser gordo mas toda e qualqer diferença que foge dos padrões estabelecidos pela sociedade atual.
Todo mundo tem que amar e namorar um gordo? Não, mas todo mundo tem que respeitar como um igual. E todo mundo tem que achar natural ser gordo? Deveria, pois somos todos seres humanos, independente de cor, gênero, peso, religião, vultura e qualqer outra coisa. Mas infelizmente nem todo mundo é capaz de perceber e entender isso

Anônimo disse...

E vc poderia citar uma fonte válida, por favor?
E mesmo que ficasse provado que é genético, ainda assim estaria milhões de anos de diferença de ser gordo. Cigarro nem sempre existiu, foi inventado, mesmo que há muitos anos atrás. Não faz parte da anatomia humana e como já foi dito, você não nasce da sua mãe com um na boca. E mesmo com a tendência, ainda vai ser sempre uma escolha fumar ou não, por mais que a tendência apele mais pra provar.
Eu mesma, sempre tive mãe fumante, mas comecei mais por curiosidade de provar depois de muitos anos sem ver minha mãe fumando.
Logo, tudo que eu falei sobre as diferenças de ser gordo e ser fumante permanecem

Anônimo disse...

Sim, anon das 20:37
Mas por que generalizar e botar tudo no mesmo saco?
Quando tão falando de gordo aqui estão falando de Todos os gordos, não só dos obesos. Claro que muitos vão querer disfarçar e dizer que estavam falando apenas dos obesos, mas qualqer um que estiver acompanhando os comentários sabe que essa é uma bela de uma mentira e das deslavadas. É só mais uma vez as pessoas querendo se meter na vida alheia com o argumento de saúde.

Anônimo disse...

Já parou pra pensar que muitos tem preconceito com o próprio corpo por que não são bem aceitos na sociedade? E de novo generalizando, vc falou com todos os gordos do planeta pra dizer q nem mesmo um gosta de ser gordo? Pq a mulher do post mesmo é um exemplo de pessoa que se aceita.
Ah, mais é mesmo, vc não vai acreditar que existem pessoas que se aceitam como são. Ainda mais se for uma pessoa que é de um modelo que vc não aceita. Nem a sociedade.
Quem são os verdadeiros hipócritas? A meu ver é a sociedade com todos os seus padrões do que é ou não bonito e saudável

Anônimo disse...

Agora eu vou chocar as pessoas. Mas existe uma coisa chamada sedentarismo, que faz vc não conseguir nem mesmo subir uma escada ou caminhar um km sem ficar exausto. E pasmem, da tanto em magro como em gordo. Eu mesmo tenho uma amiga que tá dentro dos padrões, mas por só comer porcaria e não se exercitar, ela mal consegue descer a escada do primeiro andar pro térreo sem parecer que correu uma maratona.
Eu já falei que ela é magra?
Pois é, chora sociedade.

Anônimo disse...

Vc tem obrigação sim. Onde tá marcado que obesos tem preferencial.
E já ouviu falar que os incomodados que se retirem? Esse é um caso, pois não to te vendo reclamando de assediadores ou baderneiros no ônibus e metrô, então você deve ser bem seletiva/o sobre quem te incomoda não é mesmo?

Anônimo disse...

O problema é que quando vc vai ver de quem parte essa militância "beleza gorda", "pare de se preocupar com minha saúde" , é de pessoas obesas. Não é de quem veste 44, 46. Tem até quem bata o pé pra dizer que quem veste 46 não é gorda. Acontece que é sim, pq existe uma diferença entre ser gorda e ser obesa!!

Anônimo disse...

Tá bom, fique enganando a si mesmo com esse papo "ain a pessoa de 200kg pode estar saudável e correr até meia maratona toda semana, seu preconceituoso." AHAN

Anônimo disse...

Pega a percentagem de obesos com esse problema e a de magros com esse problema, e depois me conta quem é que deve chorar.

Anônimo disse...

olá lola.
sou sua leitora a tempos, sou muito suspeita de fazer comentários, porque sou petista, lulista e dilmista. Mas a tempos ando sofrendo de um mal...........
sou portadora da poliomelite. Vc sabe o que é poliomelite?
voltemos aos anos 70, a poliomelite era a zica da vez...........
a poliomelite era uma desgraça, tava matando ou aleijando as crianças.
nossa, pobre não tem vez as vacinas é pros ricos, deixa a paralisia infantil matar os pobres.
cinicamente sobrevivi, hj luto de unhas e dentes pra provar que tenho poliomelite, pq até os médicos mais velhos não reconhecem a doença e acham que sou preguiçosa.
tenho dores constantemente,não consigo trabalhar, pq não poso ficar sentada......
meu quadril direito doi, meu pé esquerdo fica com o peso total de meu corpo e doi.....
meu braço direito é imóvel, somente o esquerdo se meche.
mais tome pau do inss, afinal os médicos
não sabem o que é poliomelite.
daqui a 40 anos nem vamos lembrar da zica o que sera das vitimas desse virus?

Anônimo disse...

Pois te digo que já vi muita militante gorda e não obesa. Generalizar as coisas é o grande mal do ser humano.
E muitas pessoas que às vezes se negam a se ver como gordas, é pela conotação negativa que muitos vêem na palavra. Conheço pessoas que acham as palavras gordas e velhas uma ofença mortal, como se não fosse normal do ser humano ser gordo ou envelhecer. Ainda digo que o gordo ainda chega a ser pior pra alguns, pois a palavra ainda chega a ser mais negativa pra sociedade, uma vez que envelhecer, quem não morre jovem não escapa.

Anônimo disse...

Se correr maratona é oq descreve uma pessoa como saudável, tem muito magrinho deixando a desejar.

Anônimo disse...

Todas as mulheres aqui que defendem ser gordo namoram homens gordos? Ou como sempre preferem os boys magias malhados? Sejam menos hipócritas migas. E não são os homi que oprime as gordas somos nos mesmas que criticamos as gordas sem mais

Anônimo disse...

atualmente eu sou magra. fui uma criança e adolescente gorda e há anos lido com a anorexia. acho que eu posso dar os meus dois lados da moeda. quando eu era gorda, era o mesmo discurso do rosto bonito pena q é gorda, porque não tenta um esporte, porque isso porque aquilo. detalhe que eu fiz todo e qualquer esporte q uma criança possa fazer e não comia "porcaria" tipo cheetos ou chocolate. fim da adolescencia eu comecei a emagrecer sem nenhuma razão aparente e fiquei obcecada com aquilo. todo mundo me encorajando, eu achando o máximo, dando meu melhor, me exercitando e comendo só quando tava prestes a desmaiar, ate ter N problemas relacionados a anorexia e os comentários passarem a ser "nossa, mas não tem comida em casa" "credo, parece uma crackuda" "tenho certeza que tu tá anêmica e vai desenvolver leucemia" entre outros. tá, fui forçada a comer durante um bom tempo. os anos passam, a adolescência vai embora e quando tu ferra teu metabolismo nesse nível, ele desregula legal. não é tão fácil engordar nem emagrecer. dito isso, hj eu peso 58kg, tenho 1,70. nada de quadril, peito, bunda. uso 36, 38, p, roupa da seção infantil. do que as pessoas me chamam hoje? gorda, gordinha. "poxa mas tu era gao magra, o que aconteceu" "é, tem que perder essa barriga". o que eu quero dizer com isso: NÃO TEM COMO GANHAR. seja gordo ou magro, obeso ou esquelético, não tem como evitar as críticas, não tem como evitar os olhares de nojo, não tem como evitar os comentários "preocupados" com a tua saúde, não tem. não tem. eu desenvolvi muitas doenças sim ao passar dos anos ao lidar com a anorexia, mas eu não conto isso pra cada pessoa que eu conheço. e mesmo assim elas batem na tecla que eu to gordinha. eu tenho meus pensamentos de emagrecer ainda, claro, ninguém se livra de uma doença assim só com força de vontade, mas eu não quero voltar aos 48kg de novo, eu não quero ser hospitalizada de novo, e se num mundo que uma pessoa é considerada gorda e usa um dos menores números disponíveis no mercado, realmente não tem o que fazer. cada um devia ficar quieto e no seu canto, isso é óbvio, mas olha... de anos pra cá eu parei de tentar conscientizar as pessoas sobre assuntos relativos a aparência. não adianta. algumas pessoas só mudam de atitude quando a água bate na bunda. infelizmente. então deixa os infelizes falarem e insulta eles tb. é oq eu tenho feito pra não chegar em casa e ficar 48hs sem comer trancada no quarto. não é bonito, mas é melhor que engolir gente mal educada e sem noção.

Anônimo disse...

Todo obeso é gordo, mas nem todo gordo é obeso.
Chora sociedade 2

Anônimo disse...

Todos oprimem os gordos e as gordas. E sim, já namorei gordo. Já namorei várias pessoas que não se encaixavam no padrão. E aí?
Até pq pra defender não precisa ter namorado, basta não ter denegrido nem diminuído. Respeitar sabe?
Seu biotipo de homem ou mulher não precisa ser um gordo, ninguém tá impondo isso. Basta vc respeitar e saber q são humanos dignos de respeito como qualqer outra pessoa.

Anônimo disse...

Quem diz que 46 não é gorda é quem veste 54. Que quer roubar o "movimento" para os muito gordos. A pessoa 46 se sabe gorda.

Anônimo disse...

Se todo gordo tivesse problema de tireóide eu até entenderia, mas a maioria é por preguiça e porque não quer fazer dieta e exercício.

Ainda assim, se ser gordo só afetasse a aparencia do indivíduo, também nã estaria nem aí.

Mas tem gente que é gordo por preguiça fica doente e vem sugar recurso do SUS, depois vem aqui dizer que tem q se amar, que a tia pesa 200kg e é saudável.

Ser sobrepeso é uma coisa, não é gordo e pode sim ser saudável. Agora obeso não tem como, mesmo que tenha todos exames aceitaveis vc esta estourando os joelhos, tem maior riso ce diabetes hipertensao e por ai vai

Anônimo disse...

Tem razão. Eu realmente não acredito que quem veste 50, pesa 150 se ama como é. Pra mim é tudo.mentira, a pessoa tenta enganar a si mesma pra se sentir melhor
Mas posso estar errado? Posso. Mas realmente não acredito.

Anônimo disse...

Pois é pegam os casos minoritários de gordos saudáveis e querem retorcer a argumentação pra convencer que quase todos são. Que preguiça. Pior ainda com essa de "tem magro doente" - como se isso fosse motivo pra manter-se gordo, como se gordura não aumentasse sensivelmente a chance de desenvolver algum problema.

Anônimo disse...

Eu tive sobrepeso, muito tempo na vida.Alguns amigos me chamavam atenção, meu namorado, nunca falou nada, ele tb era gordinho. Nunca tinha sofrido preconceito de verdade, até que recebi um primo inglês em minha casa, foram 11 dias de sermões de como minha saúde estava debilitada e eu ia morrer cedo, por ter 12 kilos a mais que deveria.Queria me fazer engolir uma dieta líquida que ele inventou e nem seguia.O semhor fumava 2 maços de cigarro por dia, tinha pressão alta e comida carne igual um inveterado, mas a pessoa com risco de morte era eu, por ter 12 kg a mais.Não passava de um preconceito chulo e imbecil.Passado estava visita, meu namorado, que tinha mais peso que eu, entrou em dieta pq se sentia mal e como a família dele era cardíaca quis emagrecer, tevw meu apoio e juntos perdemos peso.Este meu primo inglês, fez um estardalhaço no facebook, mostrando fotos de antes e depois nossas, sem autorização, além se auto intitular o produtor da minha
"beleza". Nunca me senti tão humilhada.Nunca tive problema nenhum de saúde, minha pressão , corações,açúcar sempre foi perfeita.Fazia caminhadas longas e sempre fui mt ativa. E deixando de lado, eu ser saudável ou não, as pessoas não entendem que isso não é problema delas! Eu não faço campanha pra amigas que usam 34 engordar, pessoas que comem mal , comer melhor, até fumantes eu não me envolvo. Qual é o problema de cada uma cuidar da sua vida? O que meu antigo sobrepeso afetava a vida de alguém? Carne da câncer, eu não faço campanha pra pararem de comer!Cigarro nem sse fala, sabe pq? Pq não é problema MEU. Se as pessoas soubessem cuidar cada um da sua vida, aceitar uns aos outros do jeito que são, as pessoas seriam mt mais felizes

Anônimo disse...

Nao sei como tem gente que ainda gasta dinheiro com nutricionista, bando de imbecis, é muito melhor se aceitar e continuar comendo o que quizer. Academia então depois que eu aprendi a me aceitar passo longe, só pra quem gosta de sofrer mesmo. Se as pessoas aprendessem a se amar realmente todos nutricionistas e academias iam falir

Anônimo disse...

9h34
Esqueci, é ppr isso que as pessoas não cuidam um da vida dos outros.Mascus não tem vida, no máximo vida online, por isso precisam vir aqui, para se sentir que existem. Fico triste por você, por isso estou de dando este pingo de atenção.Afinal ser um ser desprezível, não deve ser fácil pra ninguém.

9h44
Atividades médicas existem e sempre devem existir, a quem tem interesse.Ninguém é obrigado a nada.Até onde sei, todos aqui apoiam democracia, onde cada um decide o que fazer com seus bens e seu corpo.Se te encomoda algo, posso te dar o telefone de uma nutricionista maravilhosa, que respeita as pessoas e que adequa os cardápios as mesmas. Eu acho que sua aceitação cai muito além de academia,é mental mesmo, você precisa aceitar que sua opinião sobre o corpo de outras pessoas não vale NADA.

Anônimo disse...

Assim como a moça que teve anorexia,

eu também tive,
nao cheguei a entrar no IMC abaixo da linha normal, mas quase beirei nele,
e ainda assim., ainda assim eu tive que ouvir várias pessoas (e eu nao tenho adjetivo pra descrever o quanto de maldade deve ter em cada um daqueles corações podres) que no meu auge de anorexia vinham falar "mas se vc perder só mais 1 quilinho fica ótimo" , "agora é se preocupar em manter esse peso" .
Pessoas da pior qualidade. Lixos.

Anônimo disse...

Apareceu um comentario da turma do "bom coração que só está preocupado com a saúde e com o sistema de saúde publico":

pra quem esta tão preocupado com o sistema de saúde publico:
- nao vejo fazendo campanha contra o cigarro (e nem dando o mesmo tratamento e "respeito" que dao aos gordos, aos fumantes...e olha que cigarro faz fumante passivo)
- nao vejo ninguem pedindo que pessoas com predisposição a doenças na familia, nao tenham filhos (afinal, maior chance de pesar no sistema de saude)
- nao vejo alerta para uma boa alimentação PARA TODAS AS PESSOAS (só para os gordos)
- e nem vejo esse pessoal debochar e fazer piada de quem bebe e dirige (que acidentes de transito pesam muito no sistema de saúde)

e poderia citar mil exemplos,
mas paro por aqui, nao preciso de mais pq só vim falar que eu nao acredito "nessa bondade" e "boas intenções"
quem vem destilar odio contra gordo é pq sao pessoas ruins,amargas, e para atenuar essa ruindade, querem pagar de "preocupados com a saude", "preocupados com o sus". NAO COLA.

Anônimo disse...

Algumas pessoas estão usando argumentos desonestos...

Obesidade mórbida, quando o indivíduo não consegue mais nem sair da cama é completamente diferente do que estar 15-20 Kg acima do peso ideal.
Existem pessoas que tem distúrbios alimentares - comer sem parar, assim como bulimia e anorexia são sintomas de doenças mentais. Doenças que, assim como depressão, transtorno bipolar e toc, as pessoas insistem em ignorar e achar que é "piti" de gente preguiçosa e sem vergonha na cara.
E principalmente nesses casos o que a pessoa menos precisa é de gente apontando o dedo, rindo ou dando conselhos "amigáveis" de dieta.

Quando se fala em gordofobia, se fala em discriminação, estigmatização e desvalorização do gordo como ser humano. Ninguém está fazendo campanha para comer hambúrguer e fritas 4x ao dia e nem trocar água por Coca-Cola.

Quando pedimos para você não fiscalizar o prato alheio e não se "preocupar" (aspas ad infinitum) com a saúde alheia estamos apenas pedindo por RESPEITO!!!! Só isso...


Jane Doe

Anônimo disse...

Campanha contra cigarro, contra beber e dirigir e pela boa alimentação para todos tem sim pra caralho.

Carolina disse...

Campanha pela boa alimentação, sim! Campanha anti- gordo nunca. Acho que não são os gordos que são contra esse tipo de campanha, mas toda uma indústria alimentícia organizada pra deixar as pessoas doentes (não gordas, doentes). Individualmente, a resistência seria de comedores de carne compulsivos que quando escutam falar em vegetais acham que algum direito fundamental deles está sendo violado.

Natasha disse...

Agora obeso não tem como, mesmo que tenha todos exames aceitaveis vc esta estourando os joelhos, tem maior riso ce diabetes hipertensao e por ai vai


kkkkkkkkkk hilário, quando é que vão aparecer com argumentos decentes, a pessoa é gorda, está com os exames ok mas n é saudável? sei.. Agora um magro com exame ok é saudável para cacete

Anônimo disse...

2 pontos: .Ser fumante tem a ver com genética sim. Algumas pessoas são mais propensas ao vício do que outras
. Indústria da redução de peso? Me poupe. E a indústria do fast food?
Acho errado toda essa patrulha do peso de qualquer forma. Eu tenho IMC abaixo do normal e já me encheram muito o saco por causa disso. Até hoje só uso calça ou saias longas mesmo no calor do nordeste pq tenho vergonha das minhas pernas.

NATTRAMN disse...

eu só fiquie gordo por causa de drogas psiquiatricas forçadas e perseguição/bullying anos sem sair de casa. marte capricornio so pode resolver as coisas matando entao fica dificil quando me internam e tiram todas minhas armas brancas ou quando nme veem como criminoso e querem me por na prisao por gostar de armas.

Anônimo disse...

Carolina, quem come carne normalmente come vegetais também, nunca vi uma pessoa que viva exclusivamente de carne.

Quem fica enchendo o saco dos comedores de carne são os veganos e vegerarianos que acham que são os saudaveis mór e protetores da natureza.

Carolina disse...

Por isso que eu os identifiquei como 'comedores de carne compulsivos' e ainda especifiquei que são os que se sentem com os direitos violados quando se fala em vegetais. Essas pessoas (gordas ou magras) não estão abertas ao conceito de alimentação saudável e se ressentiriam com propagandas nesse sentido tanto quanto a indústria de fast food.
Se quiser exemplos, assista documentários sobre alimentação nos EUA. Os do Jamie Oliver ou que vão no mesmo sentido. Essas pessoas ficam na defensiva como se estivessem sendo atacados quando se fala em variar a alimentação.
Não precisa se doer tanto, é só ler o comentário inteiro e ver que identifico um tipo. Não estou falando de onívoros, que é o que somos, estou falando de 'comedores de carne compulsivos'.

Anônimo disse...

Tem pra caralho e pra todos. E vejam só, não só pros gordos. Isso demosntra que cuidado com a saude devemos ter todos, independente de quanto pesamos.

Anônimo disse...

Como ja foi dito, mesmo que seja genético (cade as fontes?) o VÍCIO em cigarro vai ser sempre completamente diferente do fato de SER gordo.
É só da uma lida em comentarios anteriores pra saber mais. Um nada tem haver com o outro

Anônimo disse...

Anonimo das 11:26

tem campanha contra cigarro sim.
Mas ninguem fica rindo e debochando dos fumantes,
se alguém namora uma menina fumante, isso nao é motivo de riso,

acho que vc sabe muito bem a diferença.

e olha que..to falando do cigarro...cuja fumaça incomoda mesmo (fumantes passivos). Agora nao existe nenhum gordo passivo nao.

S. disse...

Alguem sofre bullying por ser fumante? Perde emprego? É zuado por ser viciado em cigarro? Debocham de alguém q namora fumante? Dizem que fumante é feio, nojento? NÃO. Então vão a merda que vcs sabem muito bem que é completamente diferente.

Só pérolas para provar que n são gordofobicos. Para eles uma pessoa é saudável quando:

É magra e está com os exames fudidos.
É magra e está com os exames normais.

Uma pessoa não é saudável quando:

É gorda e está com os exames fudidos.
É gorda e está com os exames normais.

kkkkkkkkkkkkkkkk Quer dizer, os exames normais são irrelevantes se a pessoa for gorda, só emagrecendo um ser humano é saudável.

Anônimo disse...

Queria morrer. Eu não tenho valor nesse mundo. Sou um nada que não vale nada. Sou detestável aquela pessoa que só serve PR ser usada . Se todos me trataram assim a culpa som pode ser minha

Anônimo disse...

Sim!!!!Eu ja sofri bulyng por ser fumante. E ja perdi o emprego porque tinha cheiro de cigarro. Serio

Anônimo disse...

Tanta coisa faz mal hoje e amanha nao e mais considerada ruim....
Usar a desculpa da preocupacao com a saude para tolher a liberdade e a individualidade do outro e um absurdo.
Gordos,fumantes,onivoros e o que for:cada um sabe de si e pronto!Nao encham o nosso saco!

Odara disse...

Olha, eu não sei porque cismaram de comparar tanto o preconceito que as pessoas gordas sofrem com um "não preconceito" em relação aos fumantes.
Não defendo preconceito nenhum (e assino embaixo do comentário da Jane Doe) mas, como fumante, quero deixar o meu depoimento que fumantes sofrem SIM um patrulhamento social terrível nos últimos anos!
E não estou falando de fumantes sem noção que ficam jogando fumaça na cara dos outros porque aí as críticas seriam cabiveis, claro. Mas mesmo fumando beeemmm longe de todos, em locais abertos, sem jogar a bituca no chão (carrego meu cinzeirinho) e extremamente preocupada em não fazer de ninguém fumante passivo, estou cansada de receber olhares raivosos e comentários desagradáveis.
A única coisa que supera o meu vício no cigarro em relação ao patrulhamento que me fazem é o fato de eu estar deixando os meus cabelos brancos sem pintar. E é aí que noto como a preocupação com a saúde não é a real motivação dos patrulheiros de plantão...porque né, ainda não inventaram que cabelo branco faz mal a saúde!

Anônimo disse...

Mesmo sendo esse o caso. Você pode parar, por mais dificil q seja. Todo fumante pode, mesmo que nem sempre consiga de primeira. Nem todo gordo pode deixar de ser gordo. Ambos sofrem sim suas discriminações. Mas como já foi dito a exaustão aqui, um é completamente diferente do outro.
Fumante sofre sim algum preconceito (quem nunca ouviu a frase boca de cinzeiro?) mas sabe, posso trabalhar e depois acender aqele cigarro. Dificil seria se tivesse que guardar a parte gorda no meu bolso na hora de trabalhar e depois colocar de volta quando acaba o expediente.

Odara disse...

Dizem sim! Que fumante é feio e nojento.
Fumante é zoado sim! Debocham do meu marido porque eu fumo sim!
Arranja outra coisa pra comparar porque ser fumante hoje em dia está difícil viu?
É muuuiita crítica:(

Anônimo disse...

Exato, fumante sofre sim preconceito. E não são poucos. Mas é de uma grande desonestidade intelectual comparar com gordo. Cada um com sua ressalva, mas os dois tem problemas, mas daí dizer que são iguais e comparar, chega a ser ridículo.
Também sou fumante e sei o que passamos. Os olhares de reprovação como se alguém tivesse qualquer coisa haver com isso, mesmo tendo cuidado pra não fazer ninguém de passivo, são alguma das coisas que passamos. Mas fazer comparação com gordos e o que eles passam é preguiça de pensar e debater seriamente

Anônimo disse...

Eu acho que para rebater o mimimi de "é preocupação com a saúde" seria mais produtivo comparar o preconceito que os gordos sofrem com o que as pessoas com cabelo fora do padrão sofrem.

titia disse...

Dizer que preocupação com a saúde é o motivo pelo qual as pessoas perseguem e humilham os gordos é a mesma coisa que dizer que depilação é por causa da higiene: duas mentiras das grossas e desculpa pra palpiteiro vagabundo e inútil que não tem nada realmente importante pra fazer da própria vida vazia e sem significado se meter na vida dos outros.

Pessoal do "É pela saúde pública, mimimi" desistam. Vocês não estão enganando ninguém, que nem os "pró-vida" que todos já sabemos não ligam a mínima pras crianças. Só desistam.

Anônimo disse...

Sou obesa, estou cerca de 20 Kg a mais que o "peso ideal". Meus exames laboratoriais sempre foram ótimos: colesterol, glicose, etc. Mas isso quer dizer que sou saudável? Não.

A obesidade por si só já causa sobrecarga no organismo. O coração faz mais força para bombear o sangue, as articulações ficam sobrecarregadas (meus joelhos já começaram a doer), o excesso de gordura abdomninal aumenta a chance de doenças cardiovasculares, etc.

Isso sem falar nos problemas psiquiátricos e psicológicos que a obesidade causa para parte imensa dos obesos. Eu saio o mínimo possível de casa sem ser para trabalhar, nem lembro a última vez que entrei numa piscina (embora goste muito de nadar) e quase não tenho fotos com meus filhos.

Anthel.

Anônimo disse...

Anthel

e voce nao vai na piscina pq ? sai pouco de causa pq ?

E vc acha que as pessoas que te criticam estao preocupadas com a sua saúde ?

Anônimo disse...

Exatamente como cigarro. O fumante pode ter os exames todos perfeitos, mas isso significa que ele é saudável? Não. É uma circunstância que inegavelmente aumenta os riscos de se ter algum problema. Mas tem gente que tenta tapar o sol com a peneira.

Anônimo disse...

Anthel, 20 kg acima do peso ideal, a não ser que vc tenha 8 anos ou seja realmente baixinha, não é obesidade. Dito isso, concordo que pessoas gordas têm mais chance de ficar doentes que pessoas magras, e não acho que o combate à gordofobia devia ser tentar provar que pessoas gordas são tão saudáveis qt pessoas magras. Mas que a) foda-se se você acha gordo feio, escroto é quem comenta uma coisa dessas perto de gordo b) o gordo sabe que ele é gordo, e emagrecer é muito mais difícil que "fechar a boca"; gordos não querem sua dica milagrosa de dieta/motivação não solicitada c) a não ser que você esteja pagando academia e acompanhando a pessoa gorda pra ela não desmotivar, a não ser que você a acompanhe na dieta, você não está preocupado com a saúde dela; usar essa desculpa pra falar que gordo é ruim (o gordo sabe disso) é escrotidão sua d) uma mulher de 1,70m com 60 kg NÃO é gorda, caramba. O q eu acho mais foda é sociedade tachar de gorda ou que "precisa tomar cuidado" pessoas que sequer sobrepeso têm (vide jennifer lawrence, que está a anos luz de ser gorda e é referida como "gordinha" em certas matérias). Já ouvi mimimi de "agora é só perder 2 quilinhos" por causa de gordura localizada q eu tenho, uma amiga minha de 1,68m e 52 kg já ouviu de ex escroto que "se engordar um quilo, é só perder 2 que fica perfeito". Não, ser gordo não é saudável (mas muito menos é indicativo de óbito iminente). Mas terceiros não tem nada a ver com isso e pessoas que não têm "barriga 0" necessariamente são gordas por causa disso, caramba!

Anônimo disse...

Eu nao tenho nada a ver com a saúde de fumante, de forma nenhuma.

Mas eu entendo que o fumaça incomoda, e nao é só pelo cheiro...
ela causa doenças (vide fumante passivo)

Quando eu estou numa reuniao de quintal,
na casa de alguem,
mesmo sendo um ambiente relativamente aberto,
e alguém resolve acender um cigarro,
mesmo tendo crianças e cachorros no ambiente (além dos adultos)
eu penso que essa pessoa nao está nem aí pra ninguém.

Isso me incomoda. Nao me incomoda o que ela faz com a saúde dela. E nem quer dizer que ela está dando gastos publicos, uma vez que ela pode ter a saude perfeita ou mesmo fazer tudo no particular.

Mas a falta de empatia ao proximo me incomoda sim.

Quando pessoas estao grávidas e fumando ao mesmo tempo, eu sinto algo horrível dentro de mim. Mas fico na minha.

Agora,
um gordo nao incomoda ninguém, né ?
Nao existe gordo ou gordura passiva.

Se um fumante se sente tao humilhado em publico, ele ainda tem a opção de aparecer em algum lugar sem cigarro. E se for um ambiente desconhecido, ninguém saberá que ele é fumante.

Muitos gordos gostaria de ao menos algumas vezes na vida poderem deixar a gordura em casa, mas nao podem.
Já ouvi relato de muitas gordas que deixaram de ir em casamentos e formaturas pq nao se sentiam bem nas roupas.
Já soube de vários casos de pessoas gordas que pegaram ódio de almoço de família pq a gordura vira o tema central.


Eu sou a moça dos 3 quilos acima do IMC normal.
Eu sei que minha saúde tá ótima. Eu sei que eu como bem. E eu sei que 3 quilos acima do IMC normal nao é o foco desse post.

Mas mesmo com apenas 3 quilos acima do IMC normal, eu já escutei muita asneiras...que vão de comentários burros até maldosos....Que eu nao faço ideia da dor e do incomodo que pessoas maiores que eu sentem com os comentários das "pessoas de bom coração e boa intenção que so estao preocupados com a saúde".

Tem pessoas que olham as minhas fotos da época que eu tive anorexia (que meu IMC ficou no inferior da normalidade, mas ainda assim IMC normal) e falam "viu só...vc consegue ser magra. É só se esforçar de novo".
Como escrevi anteriormente, eu raramente como doces, a nao ser frutas.
Mas nas raras vezes que eu como doce, nao é raro que apareça alguém e fale "ahhh...sabia...come pouco, mas tá desse tamanho pq nao dispensa um docinho".

Eu como muito pouco ! E sim, estou 3 quilos acima do IMC normal.
Quando eu tive anorexia eu fiquei com o mesmo peso das minhas amigas magras que comiam o que bem queriam e ainda assim usavam 36.

Entao, cala a boquinha quem acha que gordo é preguiçoso, que é só fechar a boca, etc
E para os maldosos que vem falar que "na epoca de guerra nao tinha gordo", pq acaso isso é apologia à anorexia e querem que eu e os demais paramos de nos alimentar ?

titia disse...

09:27 isso que você menciona não te impede de calar a sua boca e não humilhar ou constranger as pessoas gordas. Elas te devem alguma coisa? Não. Se você acha feio ver uma pessoa gorda, faça uso das suas pálpebras ou do seu pescoço - ele gira pra outros lados, sabia? Você não é obrigado a ficar olhando a pessoa gorda que, aliás, não te deve porra nenhuma (essa é a grande verdade da vida que você TEM que lembrar) e está na dela, não te prejudicando em nada.

Anthel você não tem que se envergonhar do seu corpo. Se você quiser de algum jeito muda-lo, se quer perder um pouco de peso pra diminuir a dor ok, faça isso. Ninguém aqui vai te condenar por querer ter mais qualidade de vida, se isso é o que VOCÊ quer. Isso é o mais importante, o que você quer. Não o que seu marido quer, não o que sua mãe quer, não o que seus filhos querem, não o que esses anons babacas do blog querem. O que importa é o que VOCÊ quer. Quer perder peso pra melhorar suas juntas e seu coração? Vá em frente, dou o maior apoio. Mas faça porque você quer, por você mesma e por mais ninguém.

Anônimo disse...

Meu Deus sempre comparando com cigarro. E no caso aqui é uma/um obesa/o, não um gordo. Todo fumante nunca vai ser saudavel ao botar cigarro na boca, mas existe sim gordos (não to falando de obesos) que apesar do peso são saudáveis.
Por isso, por favor, como fumante peço que parem com a comparação desonesta.

Anônimo disse...

Ser gordo quer dizer que algo não está normal? Blz, mas o gordo pode levar uma vida normal e saudável sim. O fumante tbm, com a diferença de que existem muitos gordos que não vivem de coisas gordurosas. Já o fumante tá sempre botando toxina no pulmão a cada tragada. E sim ambos sofrem sim preconceito. Não sou de fumar perto dos outros e ainda assim passam me olhando como se eu fosse uma aberração. Mas ser fumante e ser gordo são coisas bem diferentes.
Quem fala do SUS, não vejo reclamando de outros casos que sugam tanto quanto ou até mais.
E quem fala de que ficam usando casos minoritários para dizer que todos os gordos são saudáveis, bom não é isso que vejo. O que vejo é que tem gente que adora generalizar e se meter na vida dos outros. No fim das contas, se alguém fuma ou é gordo não é da conta de mais ninguém além deles mesmos. "Ah mas a saude", colega ainda assim não é da sua conta e se ninguém pediu sua opinião isso quer dizer que ela (a sua opinião) vale o mesmo que nada.
Não existe gordo passivo, logo o que aquela pessoa faz com o fato de ser gordo não é da sua conta pq nada influência na sua vida (a não ser que vc seja um desses infelizes demais p cuidar da propria vida por isso se mete na dos outros. Melhor ir no psicólogo). Cuide da sua vida que vai ser bem melhor. Enquanto vc ta cuidando da dos outros, a sua tá aí ao vento. E mesmo com o fumante ( que nada tem haver com o gordo) se vc não está sendo um fumante passivo, é melhor cuidar da sua vida também. Existe o passivo no caso do cigarro então entendo nesses casos o incômodo, o que só te permite reclamar de fumar por tabela não de dizer pro outro que ele tem q largar o cigarro. Mas se esse não é o caso, continua não sendo da conta nem sua nem de ninguém.
Passar bem. Que um dia a vida de vcs seja boa o suficiente pra não precisarem se meter na de ninguém.

Anônimo disse...

Nossa, já cansei de não ir a festas, casamentos, formaturas e outros eventos por causa do peso. Muitas vezes nem é exclusivamente por causa do peso, mas por não achar roupa que serve para ir nessas ocasiões.

Mas o que me deixa mais triste é não ter muitas fotos com meus filhos. Se eu morresse agora, eles teriam poucas fotos minhas como lembrança.

Anthel

Anônimo disse...

Alguém que está afirmando que fumar é genético poderia passar alguma fonte científica séria? Tipo, que não seja um wikipédia da vida.
Fiquei intrigada em saber isso pois como pode ser genético se não é uma coisa que sempre existiu no mundo. Tipo a diabetes pode ser genética por causa do metabolismo, porque é algo desenvolvido no corpo. Como explica o cigarro?
Tenho sérias duvidas quanto a veracidade dessas afirmações.
E que fique claro que não estou comparado com ser gordo. Mas não vi nenhum comentário aqui mostrando nenhuma fonte sobre esse assunto, o que me faz pensar que são apenas pessoas querendo afirmar um argumento, uma opinião com afirmações duvidosas.

Anônimo disse...

Você vem aqui atacar de graça e ser preconceituoso e pergunta se EU sou idiota?
Se existe um idiota aqui certamente não sou eu. E não fui eu que afirmei que é genético, to exatamente falando pra quem acha que é (ou ser suscetível, pra que você entenda) passar alguma fonte séria pra provar sua teoria.
Quando você crescer e aprender a agir como gente grande, aí conversamos de novo (talvez).

Anônimo disse...

Eu que não vou conversar com uma ignorante como você. Que nao sabe a diferenca entre virar fumante e sussetibilidade de ser fumante.

Anônimo disse...

A tendência a alguns tipos de vício é genética. isso já está muito claro no alcoolismo e parcialmente no tabagismo.

é explicado da seguinte forma: várias pessoas experimentam cigarro e bebida e não ficam viciadas. A tendência é parcialmente genética.

Anônimo disse...

Então explique seu argumento, oh grande cabeça pensante. Mostre suas fontes comprovando seus argumentos. Ou sua única forma de argumentação é chamar os outros de ignorantes?
Se ler meu comentário pode ver que eu não afirmei nada, falei de comentarios anteriores que falaram que fumar é genético sim (palavras de um comentário acima, não meu). Então por isso digo que quando você aprender a agir como adulto, a gente conversa. Se está esperando eu baixar meu nível, isso não vai acontecer. Diferente de alguns eu prezo pela conversa civilizada, algo que nem todos estão preparados ou sabem fazer.

Anônimo disse...

Olha, você sim é um exemplo de pessoa civilizada. Eu pedi uma fonte pois tenho duvidas sobre o assunto e expressei minha opinião sobre tal. Mas vem umas pessoas sem educação nenhuma pra atacar e sequer mostram seus argumentos. Você não citou fontes, mas pelo menos soube escrever e argumentar de forma civilizada.

Anônimo disse...

É exatamente isso que anon 28 de fevereiro de 2016 20:53 disse.
Não tenho fontes para indicar mas aprendi na faculdade de medicina.

Anônimo disse...

É uma espécie de mutação genética que faz algumas pessoas serem mais suscetíveis a serem alcoolatras que outras (o que já está mais do que comprovado). Digita tendência genética tabagismo no google e para de encher.

Anônimo disse...

Me interessei muito em ler um livro do Will Self e fico triste em saber que o autor é essa pessoa absurdamente ignorante...

Anônimo disse...

"Nossa, já cansei de não ir a festas, casamentos, formaturas e outros eventos por causa do peso. Muitas vezes nem é exclusivamente por causa do peso, mas por não achar roupa que serve para ir nessas ocasiões.

Mas o que me deixa mais triste é não ter muitas fotos com meus filhos. Se eu morresse agora, eles teriam poucas fotos minhas como lembrança."

[2]

Anônimo disse...

O pior não é ser gordo, como muita gente deve pensar. O que estraga a vida é lidar com as pessoas. É ter que engolir o preconceito que elas jogam em você, como se você não devesse nem pudesse existir. E não adianta falar que não precisa engolir, porque não dá pra lutar contra o mundo todo, especialmente quando a maior parte do preconceito vem em forma de olhares, risadinhas e outras coisas que as pessoas facilmente disfarçam e ainda dizem que não é pra você.

Eu não me importo se o mundo me acha horrível. Aliás, eu me acho. Só que é absurdo o mundo dizer pra você que você não deve existir e que gente escrota tem o direito de pisar em você. Eu vou continuar existindo, me achando pavorosa, mas vou. Só que cansa a gente precisar lutar pra existir.

Anônimo disse...

Não to enchendo não. To tentando me informar sem ser babaca com ninguém. Você devia tentar qualquer dia. Mas obrigada pela informação mesmo assim.
Uma bela vida pra você (sem ironias)

Anônimo disse...

Obrigado pelo esclarecimento. Vou pesquisar mais a fundo sobre o assunto.

Anônimo disse...

Corrigindo aqui que no lugar de babaca é melhor botar sem educação. Não é a intenção, mas pode ter soado ofensivo. E não é o caso.

Anônimo disse...

Não sei porque não foi pro lugar certo mas esse ultimo comentário foi pro anon que eu tava respondendo ali emcima sobre a dúvida do cigarro e o vício ser genético.

Anônimo disse...

Aff

Leticia Oliveira disse...

Nem todas,tenho amigas magras

Leticia Oliveira disse...

Sabe de uma coisa
Sou Gorda bem gorda
Sofri
Chorei
Teve um dia,estava no mercado eu falei assim,hum tem dia que da vontade de comer tudo,acontece vom muitas pessoas.
Mulher que me conhece ,ela disse ela era nem magra e gorda sim tbm fico assim.
Ai na fila um senhor disse voce esta pesadinha,antes disso ele estava na parte do acougue dei boa tarde,e cliente ,boltando fisse voce esta bem pesadinha ha nunca tinha respondida falei:
O senhor paga meu plano de saude,meu plano funerario,se eu morrer vai chorar no meu cachao,eu pago minha comida COM O MEU DINHEIRO,FILA povo ja nao gosta .
Nao sou disso mas era uma pessoa de idade magra abusada,.
Ele se foi , Menina do caixa disse ,ele chato mesmo ,conheco ele ,ele tem nada haver com que voce compra.
Baseado em fatos Reais da minha vida kk

Leticia Oliveira disse...

Tentei de tudo chegou meus 18 disse ,tentar dimuniur quantidade ,se ate 21 nao emagrecer.
Estou nem ai ,as vezs me tira do serio,mas hoje quem me conhece nem esquenta.
Falam Leticia e uma gorda bem arrumada,estudiosa,culta,nem parece onde nos moramos,interior do RJ
As vezes reparam na minha roupa ,tenho classe.
Mas e de mim ,sempre fui mesmo na fase da adolecencia ate minha decisao ,digo nasci assim amo moda,7 anos moda plus size se espalhou no Brasil,Roupas brm melhores acham que me escondo .
Eu viajo,leio,momento tendos ainda quando e na latan,fala algo 1 coisa acham vao atigir e gordura dependendo do meu humor eu respondo ou nao com classe obvio.
Ano que vem depois 12 anos nao ia no rJ mais a praia eu vo no nordeste comprar os maios ,nao sou fa de praia, gosto do inverno ,mas tem lugares mais quentes e bonitos e me permito a isso.
Sou sincera a vida deixa marcas ue so tempo ameniza.
Gosto pessoas meu redor felizes wuando comem ,tem muita gente que nao tem o que comer,nesse mundo.
Cara se gostar um dia de min,e assim ou pronto,gorda pode ser exigente sim.