quarta-feira, 17 de fevereiro de 2016

GUEST POST: CARTA ABERTA AO ATLÉTICO MINEIRO

Recebi este email da Jamille me informando do último insulto:
"O clube Atlético-MG assinou com uma fornecedora de material esportivo chamada DryWorld. 
Na apresentação dos novos uniformes, um desfile de homens portando o uniforme completo e, pasme, mulheres de calcinha e camisa do time. Foi o cúmulo da objetificação da mulher. No entanto, teve jornalista batendo palma para a ação. Então, resolvi escrever uma carta ao clube, repudiando essa atitude lamentável de depreciação da mulher. Outro ultraje: a instrução de lavagem na etiqueta interna da camisa diz: 'Give it to your wife'."
Ontem também um grupo de mulheres, encabeçadas por Elen Campos, publicou uma nota de repúdio. No final, elas dizem: "Somos Galo, mas somos, sobretudo, contra o #machismonofutebol". Elen agora está sendo ameaçada de morte.
Eu fico ainda mais revoltada que, no país do futebol masculino, em que jogadoras talentosas recebem pouquíssimo apoio, mulheres desfilem sem short e de salto alto. 
Os clubes parecem se esquecer que mulheres também são torcedoras e, se tivessem o mínimo de patrocínio, poderiam ser jogadoras em larga escala.
Jamille Bullé é estudante de Jornalismo da UFRJ e trabalha no Esporte Interativo, onde ela originalmente publicou seu texto.

Caro Atlético-MG,
Você, como um clube de massa, e a DryWorld, deveriam pensar melhor antes de ferir uma categoria que forma uma parte significativa de sua torcida: as mulheres. Apresentar modelos, no alto de seus saltos, desfilando só de calcinha e camisa do time passa muito longe da valorização feminina. 
É justamente o oposto: a depreciação. Na apresentação do novo uniforme, você colocou no palco o estereótipo que abriga o imaginário dos machistas amantes do futebol: a mulher seminua vestida com uniforme esportivo.
Além disso, para piorar, a instrução de lavagem das roupas da marca diz “Give it to your wife”, que significa “Dê à sua mulher”. É triste ver esse tipo de postura, ainda mais em um momento em que nós estamos no auge da reivindicação por voz e direitos de igualdade. Você reforçou a ideia absurda e retrógrada de que somos um objeto.
Comentarista Mário Marra do ESPN
se incomoda com o politicamente cor-
reto, mas pelo menos se incomoda
com o machismo também.
Já outros... (veja abaixo)
Atlético, aprenda, não somos. Somos torcedoras, apaixonadas pelo esporte, fanáticas pelos nossos clubes. Somos tão fãs de nossos times quanto qualquer homem por aí. Se a presença feminina nas arquibancadas ainda não é a mesma que a masculina, saiba que isso se trata de um reflexo de uma imposição histórica da sociedade machista de que nosso lugar é em casa, agradando homem, e que você fez questão de reafirmar quando colocou as moças sem short na passarela.
Galo, meu querido, nós já provamos que nosso lugar é onde nós quisermos. E isso inclui, é claro, os estádios, como você mesmo já deve ter percebido quando as atleticanas comparecem para te apoiar. Hoje, esta carta é para você, mas pode ser enviada para qualquer time que tome atitudes, intencionais ou não, que prejudiquem a luta feminina. Não somos uma distração para homens. 
Não somos um parque de diversões masculino. Nossos corpos não são objetos. Nós merecemos respeito.

Atenciosamente, mulheres.

124 comentários:

Anônimo disse...

Como de costume somos ameaçadas de morte por falar a verdade.

Anônimo disse...

Uma vez eu vi que em MG as mulheres fazem reconstrução de hímen, minas é muito machista e nojenta.

E essas mulheres desnudas enquanto os homens estão cobertos mostra o contraste do machismo e como somos tratadas como lixo.

Anônimo disse...

E Desculpe os mineiros referi o nojenta a cultura de casar virgem e fazer reconstrução de himen, eu adoro minas.

Anônimo disse...

Ainda bem que houve manifestação, antes não havia nem sabíamos disso. Antes isso ficava pra gente relevar deixar pra lá pq sempre foi assim, mas hj nós falamos mesmo sendo ameaçadas,


PS: cuidado com esses animais que brigam por torcidas rivais pra eles matar qualquer um não é nada.

Anônimo disse...

Eu não acompanho nenhum tipo de esporte masculino, só feminino.
Primeiro porque não acho graça em ficar torcendo por homem.
Segundo por ocasiões como essas. Mulheres gastam dinheiro, se arriscam para assistir jogos em estádio, perdem tempo torcendo para exemplares desses merdas e isso que acontece.

Apoiem os esportes femininos e ignorem os masculinos.

Anônimo disse...

O futebol é machista se eu fosse as mulheres eu começava a curtir o futebol feminino, ou outro tipo de esporte, futebol é claramente não para mulheres.

É o mesmo que acontece no mundo dos games vai uma mulher tentar jogar lá no meio dos homens, vai ser xingada até última geração.

Cecilia disse...

Bom, se aparecer uma roupa com uma etiqueta dessas na minha casa, só há uma coisa a fazer... lavar bem lavadinha... com água sanitária!!!!

Anônimo disse...

Desculpe falar mas futebol é coisa de homem idiota, antigamente eu até gostava, mas uma mulher que mesmo goste não pode nem comentar pq acham que ela não sabe porra nenhuma.

Futebol é tão idiota que esses homens que ficam descendo a porrada nos outros por causa de time, como se fosse o pão de cada dia deles.

Anônimo disse...

Futebol além de ser um dos esportes mais corruptos é machista pra caralho. Quem acreditou naqueles sete a um da copa passada... eu que não torço mais pra futebol, e sei que ocorre em todos os esportes mais nesse além de tudo é um machismo miserável.

Anônimo disse...

Ainda tem aqueles jogadores escrotos que só se envolvem com putas e travestis e cheiram cocaina e ainda são idolatrados, agora imagina se as nossas jogadoras tivessem essa postura mundana.

Anônimo disse...

Não sabia que minas era tão machista, parece interior.

Anônimo disse...

Vai pra puta q pariu vc, os padres e os pastores. De quebra leva o FDP do teu Jesus contigo. Só uma trouxa p quere casar em igreja hoje em dia!!!!!!!

Anônimo disse...

Eu quero casar na igreja sendo oprimida pelo patriarcado, sempre achei lindo!!!

Anônimo disse...

O Brasil só não é mais machista por falta de espaço.

Anônimo disse...

Eu prefiro assistir um espetáculo de balé clássico que ficar vendo um bando homi correndo atrás de uma bola.

Anônimo disse...

qual a graça de ver um bando de mimadinho inventando falta pra bater o gol.

Anônimo disse...

Vamos lutar para que o serviço militar masculino seja obrigatório igual na turquia, homem brasileiro é muito folgado.

Anônimo disse...

Futebol é pra trouxa. Um oceano de assalariado financiando um grupo de mal acabado, pra eles terem uma vida de rei, enquanto o torcedor tem que acordar cedo noutro dia pra pegar transporte público.

http://www.artigos.etc.br/a-alienacao-do-futebol-2.html

Anônimo disse...

15:07
apoiada companheira esses mascus tivessem na guerra não estariam ameaçando ninguém de morte ou estuprando por aí.

carol disse...

Ridículo isso. Sou de Minas e fico imaginando meus primos (atleticanos) vendo um desfile como esse. O menino vê um cara com o novo uniforme e acha lindo, pede uma camisa de aniversário. A menina olha pras mulheres e sente vergonha. Isso só reforça que futebol não é coisa de mulher. Os caras estão de uniforme completo, prontos para jogar. As mulheres estão sexy, prontas pra...enfeitar. E lavar a roupa. Vsf

Anônimo disse...

to adorando a silenciação deles aqui no blog, apaga essas merdas mesmo. Quanto mais homem silenciado menos besteria a gente ouve.

Rafael Cherem disse...

Acho que a ideia do glorioso Atlético, ou melhor do departamento de marketing do clube é justamente reforçar os esteriotipos, buscando um torcedor que não pensa, próximo dos instintos mais básicos,a camisa do rival, cruzeiro, ao contrário, inovou, ao invés de "dê para sua mulher lavar" ela vem dizendo "deixa que seu namorado cuida disso, cara"

Desculpa, não resisti.

O futebol é o último lugar que certas questões são discutidas,vide o racismo que passou anos e anos incólume nos assuntos ligados aos clubes,nesse contexto, está explicado o comportamento do glorioso galo.Explicado, mas não justificado.

Em tempo, sem machismo, futebol feminino é péssimo, e não é por falta de talento, ou excesso de machismo.

Jonas Klein disse...

Olá Lola

Olha sinceramente eu ate nao me surpreendi muito com isso pois sei que a machistaida, não perde uma oportunidade se quer de por as garras de fora.

a parte do desfile eu so achei muto babaca, mas não das piores coisa, agora a parte de entregar camiseta para a mulher lavar em casa, essa sim foi um tapa com mão de luva na cara das torcedoras do time este.

Futebol e uma coisa que nem me atrai para dizer verdade, mas se torcesse por um time e o meu time, protagonizasse uma coisa absurda destas eu nunca mais torcia pelo time.

Ate podem dizer que estou sendo radical demais, só que com machismo a tolerância tem que ser zero mesmo.

Boa tarde

Jonas Klein disse...

Anon 15:07

Para mim sem problema, o meu tempo de quartel já passou msm, kkkkkkk

Unknown disse...

Claro que tinha que vir um mongolóide pra aproveitar uma discussão sobre machismo pra destilar homofobia.

Anônimo disse...

Se a presença feminina nas arquibancadas ainda não é a mesma que a masculina, saiba que isso se trata de um reflexo de uma imposição histórica da sociedade machista


Isso é uma imposição histórica ou é pq o número de mulheres que curte futebol é menor do que os homens

@vbfri disse...

Eu fico impressionada com a capacidade desse povo decontinuar me surpreendendo fazendo merda.

Não tinha uma equipe de avaliação prévia? De marketing? Sei lá.

Mil empresas entrando na onda da inclusão e do feminismo e eles fazendo merda... aiai....

Anônimo disse...

Para o Anônimo de 15:45
Pra vc ter uma ideia do quanto é cultural, lembre-se que nos EUA futebol é visto mais como um esporte feminino.

Dá muito nojo do Atlético numa hora dessas! Eu, que nunca peguei numa lata de spray, tive que me concentrar aqui pra relaxar um pouco e não ir procurar um jeito de conseguir uma e pixar umas verdades naquele espaço do atlético perto do Diamond Mall... vontade de jogar umas pedras por lá é que não falta...

A propósito, alguém sabe se tem alguma manifestação contra marcada?

Anônimo disse...

Revoltante ver esse tipo de marketing que vulgariza a mulher brasileira, como nas propagandas de cerveja,etc, no qual os homens em sua maioria aprovam, mas depois os mesmos culpam as brasileiras pela sua imagem de libertina. Em suma, o homem brasileiro adora se mostrar de conservador e chamar a brasileira de puta, mas não mexe um dedo sequer contra dançarinas semi-nuas e objetificação feminina. E no final, ainda somos culpadas por tudo, pela hipocrisia de outros.

Anônimo disse...

Vc não tem coragem de puxar nada, deixa a Galoucura te pegar vandalizando para vc ver.
Agora volta e vai tomar seu toddynho

Anônimo disse...

"o estereótipo que abriga o imaginário dos machistas amantes do futebol: a mulher seminua vestida com uniforme esportivo"


Odoro, minha namorada sempre usa a camisa do Corinthians quando a gente faz sexo, eu peço ela usa. Quanto as modelos o corpo delas as regras delas. O publico alvo ai era o masculino portanto não se metam.

B. disse...

"Em tempo, sem machismo, futebol feminino é péssimo, e não é por falta de talento, ou excesso de machismo."

Então, pq?

Anônimo disse...

Tem marcas que usam machismo como estratégia de marketing mesmo. Não é má informação. O problema é bem maior.

Jonas Klein disse...

Anon 16:00

"Revoltante ver esse tipo de marketing que vulgariza a mulher brasileira"

Eu como profissional de marketing, qualifico isso como sendo um anti-marketing, esse tipo de ato prejudica a imagem do clube, mais do que contribui com ela.

Anônimo disse...

15:53, foi você quem escreveu esse tweet?

https://twitter.com/choracuica/status/699948702895620096

Anônimo disse...

"Se a presença feminina nas arquibancadas ainda não é a mesma que a masculina, saiba que isso se trata de um reflexo de uma imposição histórica da sociedade machista"

Eu quero que as mulheres prestigiem o esporte feminino. Se é disso que você está falando eu concordo. Não quero que mulheres sejam 50% do público nos estádios em jogos do futebol masculino. Não tem o menor sentido mulher ficar torcendo pra homem.

Anônimo disse...

Sou a anon das 16:00
Na verdade 16:02, essa é justamente um ponto que critico sobre a marcha das vadias, sou totalmente a favor delas em relação as suas lutas, mas sou contra o modo que o corpo feminino é exposto. Contudo, se eu tiver que comparar a nudez de marchas feministas com a midiatica, a primeira seria com certeza a menos pior, visto que pelo menos é uma forma de protesto e não apenas uma exposição exdruxula e banalizante do corpo. Resumindo, vivemos em um pais hipocrita, onde a nudez feminina é permitida apenas de forma sexual e util ao macho. Mulher pelada no carnaval,mas que suja a imagem da mulher brasileira? Permitido. Mães que amamentam seus filhos? Sujo,degradante. Musicas que sexualizam meninas? Permitido. No final, os homens brasileiros que aprovam o sistema se mostram hipocritas e os verdadeiros devassos degradantes. Pelo menos, é esperado que as pessoas de mente mais atenta e minuciosa descubram os verdadeiros culpados...

Anônimo disse...

Brasileiro é assim ou quer expor demais ou esconder demais senão é a mulher com a bunda fora tem que ser de burca né, como se não houvesse calça jeans ou short.

@vbfri disse...

"Não quero que mulheres sejam 50% do público nos estádios em jogos do futebol masculino. Não tem o menor sentido mulher ficar torcendo pra homem."

Mas, mas, mas... OÊEEEEE????

Daí depois reclama que mimimi mulher não acompanha o omi no jogo de futebol.

Affff....

Anônimo disse...

Brasileiro é aquele tipo que cita a bíblia mas estão em prostíbulos.
Parece os mulçumanos que estupram em nome de alá!!!

Anônimo disse...

Não acho que não tem o menos sentido mas acho que futebol não é lugar pra mulher, ela vai pra lá pra ouvir que mãe do juiz é puta ou que o juiz é viado, é bater palma pra a maluco.

Anônimo disse...

Brasileiro é o tipo que se choca com o beijo gay na globo e vai ver filme porno de lesbica.

Anônimo disse...

E garante que gay é só quem dá a bunda como se gay transasse sozinho. É nessa que eles enganam as mulheres, mas não é só no Brasil existem vários países que compartilham do mesmo pensamento.

Anônimo disse...

Brasileiro é desse tipo, eu não sou gay mas meu namorado é.

Anônimo disse...

A verdade é que o Futebol tá cheio gays enrustidos, igual a maioria dos zomi brazileiroz.
aqui ser gay é mais pecado que estuprar.

Anônimo disse...

são aqueles heteros , que só não gostam de buceta.

Anônimo disse...

Para acrescentar, brasileiro é quem chama a brasileira de piriguete mas xinga quem for contra o marketing citado acima.

Anônimo disse...

16:38
por isso que eu digo , mulher quando casa vira homem. a maioria tem que ter um comportamento sexual masculino aceitar as parafilias deles.

No futebol tem um monte te poser mulher que finge que gosta de futebol só pra ser a cool pros homens.

Anônimo disse...

Estuprador ser mais defendido que gay, pode ter certeza que tem algo errado e não digo bobeira, qqr noticia vera homens tentando dizer que foi a mulher que provocou alguma atitude suspeita para que o homem tivesse aquela atitude, ele foi a vitima.

Anônimo disse...

Isso aí é a objetificação clara e nítida, quem diz que é mimimi são os homens. que não passam a vida toda em sites e revistas expostos pra consumo, até no yahoo quando a gente abre tem uma bunda lá.

Anônimo disse...

o homem e sua eterna inveja do feminino, sempre tentaram fazer a gente odiar ser mulher e odiar mulheres.

Anônimo disse...

não se cria homens se cria monstros.

Anônimo disse...

Anonima das 16 e 49

Vai devagar que também n e assim, alguém dizer que a mulher que foi estuprada, fez algo que fez o estuprador agir, não e mesma coisa que dizer bem feito tinha que ter estuprado mesmo, em noticia assim falar do comportamento da vitima e errado, mas não e a mesma coisa apoiar o estuprador.

Anônimo disse...

homem é praticamente obrigado a fingir que gosta de mulher mas só na teoria, na prática ensinam o contrário.

Anônimo disse...

16:59
claro que é ... julgam o comportamento dele por acaso? perguntam o que ele tava querendo na rua aquele horário, só falam que deve ser um doente mental.

Anônimo disse...

17:00
concordo plenamente

Anônimo disse...

Será que alguma mãe ou pai ensinou ao filho que ele não deve tocar no corpo da mulher sem permissão.

Anônimo disse...

super sexualizadas e sexualmente reprimidas.

Anônimo disse...

vcs viram a mulher que não aceitou o desafio de ser mãe?

http://www.brasilpost.com.br/2016/02/17/desafio-da-maternidade-_n_9253008.html?ncid=fcbklnkbrhpmg00000004

Anônimo disse...

Natália foi criticada nas redes, principalmente por homens, e relatou ter sido ameaçada por alguns deles. "Me mandaram mensagens falando que eu deveria ser abortada, estuprada e morta". Em resposta a isso ela também publicou:


ameaçada de morte e estupros por homens nada de novo né..

Anônimo disse...

O futebol feminino recebe pouquíssimo espaço no Brasil não sei como é nos outros países. Alguém lembra da Marta Vieira? Não? E do Pelé? Marta foi uma artilheira maior do que Pelé, mas era uma mulher, então não conta, aparentemente.
Laura

Anônimo disse...

vbfri, fui eu quem fez esse comentário. Sou mulher e feminista e acho que as mulheres deveriam dedicar mais tempo ao esporte feminino. Vi várias torcedoras do galo decepcionados com o clube por fazer essa campanha. Claramente a mensagem que o clube passou é que não respeita suas torcedoras. Para que se dedicar a um time que não te respeita? Melhor gastar tempo e dinheiro apoiando o futebol feminino.

Anônimo disse...

"até no yahoo quando a gente abre tem uma bunda lá"

No yahoo qualquer desculpa é desculpa pra mostrar bunda. Quando entro lá só vejo as "notícias".

"Veja as fotos sensuais da esposa do goleiro reserva do Bayern de Munique"



Anônimo disse...

fresco é vc otário mimiim alistamento, mimimimi exame de prostata, mimiimi friendzone.
vai tomar na raba

Anônimo disse...

mimimi feministas estão roubando os meus dureitos,
querido começou a ditadura feminazi kkkk

o jogo virou

Anônimo disse...

"Veja as esposas dos jogadores do ______ em tal lugar"
"Confira a sensualidade da irmã do jogador do ______________".
"Ex-namorada de fulaninho do ________ faz ensaio sensual"


Esse é o espaço que os jornalistas punheteiros dão às mulheres na seção de esporte.

Anônimo disse...

16:01 aqui é lugar de gente adulta e conversa séria, portanto vá brincar de boneca com sua namorada inflável e não se meta, otário bebêzão.

17:24 VSF seu fresco mimizento. Acha que ficar chorando em blog feminista que as mulheres não querem mais trocar suas fraldas vai mudar alguma coisa? Já respondo: não. Então volta pro fórum dos loseres e vai fazer troca troca com seus amigos mascus.

Anônimo disse...

Quem foi que disse que estava com saudades das brigas no blog? Bem, seja feliz.

Anônimo disse...

Não só as esportistas esses é o lugar reservado as mulheres do Brasil escravasdolarsexuais

Anônimo disse...

homem hetero sofre por___________

e também por_________-

aliás lembra daquele dia que o homem hetero foi "xingado" de gay ________

Anônimo disse...

teve aquele outro dia que o homem andou na rua e foi estuprado pq estava sem camisa, curiosos disseram que ele estava pedindo.

teve aquele outro dia que o sex tape de um homem viralizou e ele perdeu um emprego, mas a namorada que postou tá andando por aí.

o homem também tem que ficar em casa e se guardar pro casamento pq homem não pode ser rodado.

ele também ganha menos pq engravida.

ele também traiu a mulher e todo mundo chamou ele de vagabundo mas quando a mulher fez o mesmo disseram que ele era culpado por não ter feito sexo anal.

se ele engravidar a culpa é dele que abriu as pernas.

eu tbm sempre achei que isso tudo é um mimimi




Anônimo disse...

ele também é sexualizado na mídia, mas quando amamentar ou vai num protesto mostrando os seios ele não pode.

Anônimo disse...

As mulheres aceitaram fazer o desfile. 50 por cento da culpa já tá aí.... quando começar a partir delas a iniciativa pra negar expor seu corpo tão vulgar e desnecessariamente, aí já se tem um passo. Não esperem dos homens qualquer ideia nesse sentido.

Mas é que o dinheiro que se ganha com o desfile é tão bom, que obscurece tudo mais.

BLH

Anônimo disse...

quem quiser ver um bando de pernas pelo menos que vejam barcelona e real madri, agora olhar pra esses filhotes de avestruz credo!! até a torcida é mais educada.

Anônimo disse...

18:36
Discordo as pessoas se vendem por dinheiro então sempre haverá pessoas dispostas a passar pelo ridículo por conta de grana, além disso as mulheres são criadas para serem objetos.

A mídia que deveria se preocupar com o tipo de propaganda feita, propagandas depreciativas.

Anônimo disse...

18:39
Esse é o tipico de pensamento de quem não para pra pensar. É o mesmo de sempre pq elas não se guardam, pq elas estavam na rua, pq elas namoravam o canalha que as matou, pq elas...
e nunca pq eles não param.

sempre vão tentar dizer que a culpa é das mulheres que deram algum motivo para que isso ocorra.

Anônimo disse...

BLH

Senti a tua invejinha daqui.

Anônimo disse...

Não é culpa exclusiva das mulheres, deixei isso claro. Mas elas também não são inocentes. Ninguém põe uma arma na cabeça da pessoa e a manda desfilar, e a pessoa pode procurar outra opção pra ganhar dinheiro.

Essa mentalidade de "coitadinha que não tem culpa de nada" é totalmente incompatível com a ideia de que a mulher é um ser com pensamento e vontades próprias. Essa sim é a objetificação.

BLH

Anônimo disse...

18:50

qual parte que vc não entendeu de que o mercado é machista? a mídia é machista o mundo é machista!!
e não venha me dizer que é pq as mulheres tem pouco interesse sexual sendo que elas são castradas.

Vc tá dando a opinião mas é muito leigo.

Anônimo disse...

BLH, querido, desista. Aqui ninguém vai ficar tacando pedra nas modelos como se elas fossem responsáveis pelo desfile e não a marca de camisas e o clube de futebol.

Mas pode ficar tranquilo que as feministas - pelo menos as mais espertas - já sabem que não podem esperar nada de bom vindo de homem.

Anônimo disse...

É claaaaro que a culpa é das modelos. Como elas se atrevem a fazer coisas que não gostam ou que considerem humilhantes? Ainda mais por dinheiro? Que horror! Afinal, elas não precisam comer, água limpa e própria pra consumo cai do céu, roupas dão em árvores, casas pra morar e energia elétrica tem sobrando em cada esquina - ah, e não esqueçamos que se você precisar de remédio é só estalar os dedos que ele aparece na sua mão. Culpa das modelos que não precisam pagar contas nem impostos e muito menos comprar itens de primeira necessidade como comida, água, vestuário e remédios mas mesmo assim tão aí tentando trabalhar com o que gostam num ambiente machista, agressivo e objetificador.

Alguém se candidata a traduzir o sarcasmo pro BHL e outros mascus? Porque eu já enchi o saco.

Anônimo disse...

Esses machistas são sempre os mesmos comentários.

Anônimo disse...

Deve ser uma merd@ ser modelo!!! Cada desfile que aparece.....aff

Anônimo disse...

Anônimo das 16:01...

Tenho pena da rua namorada que namora um fracassado como vc.

Sim o corpo é delas, e NINGUÉM aqui tá recriminando as moças, mas uma marca que está ibjetifucando as mulheres.
E as camisas não são apenas oro público masculino seu babaca!
E vamos nos meter onde quisermos seu viadinho!! Vai cagar regras na puta que te pariu.

Luiz disse...

As almas sensíveis que não aceitam ver semi nudez eu tenho uma sugestão. Mudem-se para o Irã ou para a Arábia Saudita. Lá definitivamente vocês não verão mulheres de biquíni em apresentação de camisas de time de futebol. Poderão ser felizes por lá. Um dos valores mais difundidos no ocidente "opressor" é liberdade e a busca da felicidade. Busquem a felicidade de vocês, mesmo que ela esteja nas arábias.

Quando eu morei em Berlin, cansei de ver no verão mulheres só de calcinha e sem soutien tomando sol nos parques públicos sem serem importunadas (Hoje não sei se isso é possível porque 'progressistas' vindos do Oriente Médio, onde não tem desfiles de mulheres de biquíni, costumam ataca-las por lá).

A alma sensível a nudez do presidente do Irã visitou a Itália, país berço do renascimento onde a nudez é pintada e esculpida há 500 anos. Mas como nudez provoca urticária no dito cujo, o subserviente governo italiano saiu tampando tudo que era escultura e pintura de nudes do trajeto do "iluminado".

Chato e opressor é o ocidente, onde mulheres desfilam de biquíni em apresentação de camisas de clubes no Brasil ou em estádios de futebol como é o caso do Palmeiras. Chato é os EUA e o Canadá onde as cheeleders se apresentam nos jogos de futebol americano e basquete só de biquini ou onde a Beyoncee faz show de biquíni na final do Super Bowl. Chato é a Austrália onde ocorre o mesmo em partidas de Rugby.

Ao que me consta todas as modelos contratadas aceitaram desfilar por livre e espontânea vontade e receberam pelo serviço (Digo isso porque teve gente que comparou o desfile de mulheres de biquíni, pasmem... com a escravidão!!!). O lugar de mulher é onde ela quiser. Inclusive se algumas aceitarem desfilar de calcinha em desfiles devem ser respeitadas por isso.

PS. A preocupação de alguns com a bunda alheia foi tanta que a única coisa de conotação machista no lançamento passou batido. O slogan "Give to you wife" presente em algumas camisas.

Anônimo disse...

Mas a arrogância desses omi não tem limite mesmo. Quem decide o que é machismo não é você não, Luiz. Até slogan feminista eles usam pra defender a punhetagem deles rs

Já falamos mil vezes mas vou repetir: as modelos não tem nada a ver com isso. Parem de querer jogar a responsabilidade no colo delas.

O assunto aqui é: porque a publicidade/a marca/o time de futebol ESCOLHE objetificar mulheres para vender produtos? Ignorando inclusive que mulheres consomem esses produtos?

Topless na praia é um outro assunto.

Se quiser responder a pergunta, fique à vontade. Se continuar com papo furado por favor não volte aqui.

Ps: chato é qualquer lugar em que exista machismo.
ps2: mulheres se apresentam de biquini nos estádios??? Por favor alguém diga que é mentira.
ps3: Beyoncé não estava de biquini, idiota.

Anônimo disse...

Pena que a estadia em Berlim não te ensinou nada, seu Luiz. Citar cheerleaders (uma subcultura nada objetificadora, né?) só mostra que você, realmente, tá confundindo rifle de caçar rolinha com bife de caçarolinha...

Anônimo disse...

Até agora nenhum homem apareceu para comentar sobre a hipocrisia da nudez no brasil,citada em varios comentarios acima. Obviamente, deve ser porque é um assunto que realmente coloca o c# deles na reta...quero perguntar para os cretinos presentes porque seria considerado "permitido" modelos semi-nuas para os homens mas se uma mulher, ou porque não, garota se vestir apenas com um short que não a vulgarize ja é suficiente para ela ser xingada até as ultimas gerações e ser a culpada caso for abusada. O cretino falou sobre o oriente medio é que deveria ir para la, onde toda a escoria masculina possui a permissão de se utilizar da sua sexualidade violenta e hipocrita. Entendam de uma vez: A burca é um vestimento misogino tanto quanto objetificar as mulheres. Forçar uma mulher a se prostituir é tao ruim quanto exigir que uma mulher preserve sua virgindade até o casamento. Tanto a concepção de sexualismo estremo quanto a da mãe casta são ruims. O patriarcado sempre tenta forçar as mulheres a se adequarem a um desses extremos, quando não aos dois ( quem nunca ouviu dama em casa, puta na cama?). Mas a não separação das mulheres se torna insustentavel para o patriarcado. Se todos os modelos de mulheres fossem extremamente vulgares e devassos, os homens teriam problemas ao arrumarem esposas e se todas as mulheres fossem castas, não existiria ninguem para sofrer da devassidade sexual masculina.

Anônimo disse...

08:22, me explique porque você aplaude essas modelos mas continua chamando as mulheres de vadias. Você gosta da sexualização e ao mesmo tempo não gosta. Um padre em um puteiro. Apenas uma amostra da danificante sexualidade masculina. Faço questão de dizer que se sexualidade fosse escolha, os homens morreriam virgens porque nenhuma mulher se uniria a eles, ninguém aguenta essas adequações aos modelos degradantes.

Anônimo disse...

Dollynho, a maioria das causas da morte de homens são causadas pela impulsividade e agressividade dos mesmos. Não é causada por um regime de poder historico formado para subjulga-los, como no caso feminino, mas por vocês proprios. Agora, não vejo coerencia nenhuma em aplaudir para propagandas que se baseiam em imagens vulgares mas quando for para o estrangeiro, culpar as brasileiras pela sua imagem sexualizada. A olimpiada esta chegando e quero fazer um a pergunta: quem sexualiza as brasileiras? Elas mesmas ou as musicas,propagandas, modelos patriarcais?

Anônimo disse...


Amigas, não levem a mal mas eu too achando ruim a discussão aqui, a maioria de vocês parece que tão e de mal por não terem ido para a passarela também. O desfile este foi feito dentro de um contexto muito inadequado, mas ate que foi um desfile bonitinho, e as modelos estavam aqui porque aceitaram e provavelmente ate estavam ganhando um bom dinheiro.

Já a camiseta com onde diz que e para a mulher lavar, ou seja, dizendo explicitamente que lugar de mulher e no tanque, isso parece que não esta gerando tanta preocupação aqui, isso sim e para o foco principal da conversa aqui.


Dollynho

cara para que ficou feio agora, uma coisa não tem nada haver com a outra.

Suellen

Anônimo disse...

Na verdade suellen, esse desfile acabou mostrando os dois lados do machismo. A objetificação de mulheres, ou seja, o modelo de mulher puta, e a etiqueta, da mulher ser a empregada casta, cachorrinha do marido.

Anônimo disse...

Anonima 09:08


" A objetificação de mulheres, ou seja, o modelo de mulher puta, e a etiqueta, da mulher ser a empregada casta"


No inicio eu discordo, ate pode se alegar que as modelos foram expostas como objeto sexual, mas "modelo de mulher puta" isso não, este foi um desfile organizado por um bando de punheteiros com intenção masturbatória principalmente, isso sim.

Suellen


Anônimo disse...

9:30, você esta no blog errado, aqui só tem ateias ou religiosas que estão pouco se fudendo em seguir a misoginia da biblia. Ademais, pretendo ser mãe solteira por inseminação artificial, não vai existir marido nenhum para mim e espero que minha futura filha seja lesbica ; )

Anônimo disse...

ai pra puta q pariu vc, os padres e os pastores. De quebra leva o FDP do teu Jesus contigo. Só uma trouxa p quere casar em igreja hoje em dia!!!!!!!

Anônimo disse...

Anonima 09:41

Esse link e para você

http://www.raversingressos.tripod.com/ufu/biblia.html

Pode pegar sua bíblia começa a usar ela como papel higiênico

Suellen

Anônimo disse...

09:41, Na verdade eu ainda estou pensando em ficar com uma mulher tambem e minha filha herdará os genes lesbicos ; ). A Teoria da evolução de manda um abraço.

Rafael Cherem disse...

Em tempo, sem machismo, futebol feminino é péssimo, e não é por falta de talento, ou excesso de machismo."

Então, pq?

Falta incentivo para as meninas jogarem, sem prática os talentos não despontam, salvo casos excepcionais como Marta, com mais garotas praticando a qualidade melhora, o público começa a se interessar, como ocorre com o masculino.

Anônimo disse...

Tem algo mais machista nesse mundo de futebol masculino do que o "Belas da Torcida"??
Campeonato onde moças seminuas vestem os """uniformes""" dos seus times e um bando de "machão" escolhem quem é a melhor!!!

Esse meio é um dos mais podres que tem.

Anônimo disse...

Sylvie

Isso mesmo Rafael.
Concordo com quase td que falou. Sobre o Futebol Feminino ele NÃO é péssimo, só tem um ritmo bem diferente do masculino.
Sobre o que vc falou td verdade, falta MUITO incentivo às meninas!
Um bando de babaca machista vem comparar a categoria masculina que por décadas recebe td que é incentivo pra feminina que despontou muito pouco tempo e com quase nada de incentivo.
Esses machistas tinham que avaliar que não é o futebol feminino que é "ruim" ou "péssimo" (aliás com td esse julgamento, as meninas levaram ouro na Copa Mundial) é o preconceito que é muito grande.

Dollynho disse...

"Dollynho, a maioria das causas da morte de homens são causadas pela impulsividade e agressividade dos mesmos."

Bom, pra começo de conversa, muitos homens (a maioria, aliás) não é agressiva. Se a maioria fosse agressiva, estaríamos vivendo um verdadeiro Walking Dead...E mesmo que fossem, me parece que existe, sim, toda uma estrutura que obriga o homem a resolver tudo na base da porrada, pois, afinal de contas, macho que é macho não leva desaforo para casa, não é mesmo? Negar esse tipo de coisa, seria negar que o machismo prejudica os homens também, o que vai na direção contrária do que o feminismo prega...

Anônimo disse...

Tô morrendo de rir com a mascuzada aqui. Uns ameaçando-nos com solteirice perpétua e não maternidade (meu sonho! Não parir nem aguentar macho lixo) como se fosse o sonho de todas nós, né? Esses realmente me matam de rir. Valeu, mascuzada, tô dodói aqui e antes de sair pra resolver minhas broncas vocês desopilaram meu figo com umas risadas, Valeu.

Mas é só pra isso que eles servem mesmo, pra fazer a mulherada rir.

Outros, que nem ao menos são crentes, vem querer jogar religião e dizer "vocês vão pro inferno suas vadias loucas, eu nunca abri uma Bíblia mas sei que vocês vão pro inferno porque eu quero". Esses eu fico entre rir e fazer facepalm porque, sabe, é muito óbvio que esses imbecis nem alfabetizados são e querem passar a impressão de que sabem tudo sobre o livro sagrado do cristianismo. Quantas vidas não seriam desperdiçadas vomitando besteiras em blogs feministas se o governo investisse um pouco mais em ensinar esses idiotas a pelo menos ler?

E tem o Luiz, que resolveu tentar o gaslighting no blog pra ver se funciona. Lamento, Luizinho, falhou miseravelmente. Gaslightin não funciona aqui do mesmo jeito que xingamentos quinta série, impor sua religião, ameaçar com solteirice e não maternidade NÃO funcionam.

E tem o guaraná de décima quinta categoria com os iuzomismo. Sorry, também nçao funciona aqui. Que tal vocês irem arrumar alguma coisa pra fazer na vida, tipo um troca troca mascuzal? Pelo menos ficam felizes e não enchem mais o saco da gente. Mas não esqueçam a camisinha, garotos.

Anônimo disse...

Será que aquela criatura visitou site que eu recomendei?

Dollynho


"me parece que existe, sim, toda uma estrutura que obriga o homem a resolver tudo na base da porrada, pois, afinal de contas, macho que é macho não leva desaforo para casa, não é mesmo?"

Nesta parte você ate tem razão, só que a grande maria dos homens que são assinados, morrem porque se envolveram com mundo do crime.


Suellen

Vicky_ disse...

A sociedade ensina mulheres (o sexo feminino) a pegar as dores alheias como se fossem suas, o feminismo liberal nos faz tentar ser "coração de mãe".

E ao sexo masculino... Ficar virando o assunto para si mesmo.
Sempre aparece nos comentários o "not all men", "Feministas são esvravocetas peludas (Ui!)" e gaslighting. Por vezes, um comentário tem todas as três coisas.

É por coisas como gaslighting que mulheres e meninas tem um número médio maior de tentativas de suicídio em relação a outra metade da humanidade.

Tão pouco se fodendo se o cara era 95% escroto com mulheres, mas sim com 5% do tempo que doava pro medicos sem fronteiras e comida pra cachorro.
Pouco.se.fodendo. (Tô falando do ex da M.K)

B. disse...

Tá um nojo essa caixa de comentários...só rindo...a caixa de comentários de blog feminista que mais acolhe mascus.

Anônimo disse...

Moças, eu sou um homem homossexual, pq vcs tem essa fixação anal e usam sistematicamente a sugestão ou acusação de homossexualismo para insultar com tanta agressividade??? Vcs consideram o homossexualismo tão abominável assim? Qual a opinião de vcs sobre as lésbicas???

Anônimo disse...

A Dry World conseguiu com o lançamento da camisa do Galo mais midia que as do Fla e Corinthians somadas. ‪#Genios

Anônimo disse...

Fracassado das 11:48

Mídia estes burros da Dry World até conseguiram quero ver é mulher comprar umas camisas de MERDA dessas. #Imbecis

Anônimo disse...

Sylvie

Oi rapaz. Peço desculpa pelas minhas colegas.
Boa parte são militantes jovens que as vezes pecam por entrar em briga com estes trolls inúteis e vagabundos que infectam a página. Como ELES se sentem ofendidos em serem tachados do pejorativo de "gay" as meninas acabam extrapolando no uso sem observar e considerar os leitores gays e lésbicas da página.
Ser gay não é ofenda e nem ser lésbica. Ofensa é nascer um preconceituoso, machista, homofóbico, racista que só vem pra este blog pra desvirtuar do assunto, aborrecer as leitoras e incitar alguns comentários desnecessários.
Sinta-se acolhido e realmente desculpe pelas palavras de minhas colegas.

Anônimo disse...

Se você conhece o feminismo, sabe que não temos nada contra os homossexuais, até porque o feminismo também é composto por eles. E todos lutamos contra um adversário em comum: o machismo. São os machistas que usam a homossexualidade para nos atacar "feministas são lésbicas, por isso odeiam os homens". E como você deve saber, os machistas não suportam ter sua masculinidade ferida, por isso as vezes usamos seu ponto fraco contra eles. Mas isso nada tem a ver com os gays de verdade, estes nos temos imenso respeito.
Eles também adorar sugerir seus órgãos sexuais como solução para os problemas, então porque não sugerir o mesmo para eles que perdem seu tempo vindo em páginas feministas para nos atacar gratuitamente?

Jovem Feminista disse...

B

" só rindo...a caixa de comentários de blog feminista que mais acolhe mascus."

E vdd amiga, blog feminista que publica comentários sem moderação primeiro vira nisso mesmo, um deposito de mascu, misogino, pedofilos, homofóbicos e o que de pior tiver.

Esperem eu publica o meu blog feminista ai vocês vão ver o como se trata esta machistada.

Luiz disse...

Só a título de informação. Pesquisando sobre o problema da bunda das moças no desfile do Atlético Mineiro, descobri que há 8 anos o desfile de apresentação das camisas do Atlético é organizado pela directora Comercial e de Marketing do Clube Atlético Mineiro, Adriana Branco. Adriana Branco, Diretora Comercial de de Marketing é do núcleo duro de gestão do clube que é composto ainda pelo diretor de Futebol, Eduardo Maluf. Diretor Jurídico, Lasaro Candido Cunha. Diretor de Gestão, Rodolfo Groppen. Diretor Financeiro, Carlos Fabel. Então pessoal, o punheteiro que vocês alegam existir é na verdade uma punheteira. O nome dela é Adriana Branco.

Essa história parece o caso do Oscar deste ano. O ano passado ganhou "12 Anos de Escravidão". Gostei muito do livro e achei o filme ruim. Na minha opinião, naquele ano "Clube de Compras de Dallas" foi melhor. mas é só uma opinião e diferente da maioria não tenho pretensão de fazer disso um dogma. Mas este ano um bando de boçais decidiu politizar ainda mais o negócio e acusar o Oscar de racismo (devem ter chegado ontem na terra e não terem visto o Oscar do ano passado). Dai chamam o presidente do Misógino e racista Oscar (Academy Awards) para se explicar. Bom um lugar racista só pode ser presidido por um ariano branco e de olhos azuis. Não meus caros, o presidente da academia é uma mulher negra e meio gorda até. Ai eu vi uma das cenas mais patéticas de nossos tempos. A chefona do Oscar, uma mulher negra, tentando explicar para um monte de jornalistas idiotas que o Oscar não é racista e não tem preconceito contra negros. Eu fiquei com vergonha alheia para certos jornalistas.

Não me surpreenderia se no Brasil o Atletico fizesse uma entrevista para explicar para certas hienas carnívoras que não é machista e a directora responsável pela aŕea, uma mulher, fosse se explicar porque ela é machista que detesta mulher.

Anônimo disse...

Homes ignorando novamente as informações da noticia que foram um grupo de homens que organizaram o marketing do Atlético e que inclusive acharam uma "brincadeira" colocar as modelos e as etiquetas. Como sempre, o machismo é visto como simplesmente uma brincadeira. Respondendo o dollynho, não vejo que a estrutura que força os homens a serem violentos seja ruim para os mesmos, porque pelo que eu saiba, nenhum homem que esteve em uma situação de poder se virou contra o "machismo masculino " e a maioria dos homens aprovam essas attitudes agressivas. E mais, a maioria dos homens são sim agressivos ,mas seus comportamentos são extravasados de outras formas, pela catarse, visto que pelas leis e punições elas precisam ser escondidas. Eu sinceramente sou uma feminista que não acredita na existencia de um "machismo ruim para os homens " porque se essa situação fosse tão ruim ja não existiria faz muito tempo. E é vantajoso para os homens de poder que outros homens morram.

Anônimo disse...

12:02
Aguarde os resultados de vendas

Anônimo disse...

13:58

O resultado das vendas sendo positivo ou negativo NÃO tira o fato que foi um Marketing machista e de MERDA feita por esta empresa misógina e de baixa qualidade chamada Dry World. Tchau.

Anônimo disse...



Sim , em nenhum momento eu disse o contrário ou questionei o lado moral da coisa ( e nem irei faze-lo pois não discordo do post). Apenas afirmei que como jogada de marketing foi genial. Uma grande parcela da população não se importa com isso e a parte que se importa acabou alavancando isso tudo até a grande mídia nacional.

Anônimo disse...

Ok anonimo das 14:23 vc pode até ter gostado mas pergunte pra alguma parente sua se ela gostou, e não venha com história que "mulher não gosta de futebol" pq quase metade da população que vai otos estádios são de mulheres.
Td bem respeito sua opinião nas não concordo.
Não há NADA de "genial" em uma jornada de Marketing machista e velha que até publicitário dos anos 50 faria sem dificuldade. Publicitários vomitarem preconceitos é algo tão antigo quanto o ato de cagar no vaso sanitário kkk.

Anônimo disse...

Luiz, cala a sua boca. Olha você de novo querendo jogar a culpa em cima de mulheres.
Seus argumentos me causam vergonha alheia.

Olha o que a presidente da academia do Osca disse

http://cinema.uol.com.br/noticias/redacao/2016/01/19/presidente-da-academia-se-diz-frustrada-com-a-ausencia-de-negros-no-oscar.htm


Pra que mentir, querido? Mesmo que isso fosse verdade você acha que convenceria alguma feminista aqui?

Nós estamos certas. Há machismo em todo lugar e vamos apontá-lo!!!!!!!!!!!!!!!

Ta achando ruim vai chorar na cama.

Anônimo disse...

Anon, pode ficar tranquilo que feministas estarão sempre dispostas a fazer propaganda NEGATIVA pra qualquer marca que fizer uma propaganda machista.

Fique tranquilo que não deixaremos passar em branco.

Faremos isso com cerveja, esmalte, camisa, produto de limpeza e o que mais tiver.
Vamos criticar, propor boicote, explicar em textos porque a campanha é machista e conscientizar mulheres (e homens) a enxergar onde está o machismo em coisas que muitos já consideram normal ou natural

Não vamos deixar passar nada.

Vamos fazer isso até o dia que só existir propaganda degradando homens, aí vocês vão poder deixar passar em branco o quanto puderam porque não será mais problema nosso.

Anônimo disse...

14:45

Eu mesmo não gostei, meu post lá em cima foi apenas em relação a dar visão a uma marca de uma forma exponencial a partir de uma polêmica (jogada de marketing). Infelizmente funciona porque vivemos em um país em que o cidadão médio tende muito mais para reproduzir/praticar o machismo do que o combate-lo (não sei , talvez a esmagadora maioria, observando as pessoas que me rodeiam na vizinhança/trabalho/internet/família/etc). Então esse tipo de polêmica faz mais bem do que mal para uma empresa pois alcança um número absurdamente maior quando viraliza e mesmo com protestos , ganha bem mais do que perde.
Não estou diminuindo/ironizando/opondo/discordando/etc a luta contra isso tudo e me desculpa se me fiz entender dessa forma.

Anônimo disse...

Oi anônimo das 15:41

Desculpas aceitas. :)
Eu interpretei mal seu comentário, tb peço desculpa pelo um tom pouco rude da minha resposta. Rude porém sincera no que se refere à péssima publicidade brasileira e tb à esse episódio lamentável de um Time que desconsidera suas torcedoras.
A reprodução não só do machismo, mas tb do racismo e outras formas de preconceitos, se deve à educação ruim e falida e uma cultura de terceiro Mundo que estimula discriminação às minorias que na verdade são todos nós.
Metade da população é mulher, a maioria dos brasileiros são pardos ou negros, então essas "minorias" são maioria em pessoas e "minoria" em direitos e representatividade.
Enquanto mulheres e negros continuarem sendo destratados pela Publicidade, pela mídia e principalmente pela sociedade, continuaremos sendo uma republiqueta semi-desenvolvida de terceiro mundo e achando que os outros que são "inferiores".

Anônimo disse...

Se fosse mulher vestida e homem de sunga não iam falar nada, iam adorar.

Anônimo disse...

"Se fosse mulher vestida e homem de sunga não iam falar nada, iam adorar."


SE acontecesse, SE fosse tradição cultural vestir mulheres e desnudar homens, SE o mundo fosse invertido, talvez numa dimensão paralela, SE, SE, SE... veríamos a reação masculina. De modo geral, o homem simplesmente não suporta ser tratado pela mulher da mesma forma que trata a mulher. O homem quer controlar a mulher, mas abomina ser controlado pela mulher. Quer determinar o que mulher pode ou não fazer, mas abomina ingerência feminina sobre a sua vida. Quer trair mas não suporta ser traído. Quer xingar, mas não admite ser xingado. Quer humilhar, mas se revolta quando é humilhado. Quer ser arrogante com a mulher, mas não suporta a mulher arrogante. Quer se exibir, mas se revolta com a mulher que se exibe. Quer limitar a vida feminina, mas não suporta ter a própria vida limitada. Quer abandonar a mulher, mas não admite ser abandonado. Quer ser cuidado pela mulher, mas não quer cuidar da mulher.

Anônimo disse...

Quer avaliar a mulher, mas não suporta ser avaliado pela mulher. Quer escolher, mas não admite que a mulher escolha. Quer falar, mas não quer que a mulher fale. Quer ser ouvido pela mulher, mas não quer ouvir a mulher.