terça-feira, 16 de junho de 2015

GUEST POST: O QUE NOS DEFINE COMO MULHER NO ESPORTE?

Mila, que é jornalista, me enviou um texto que faz pensar:

Uma das coisas que sempre me intrigou quando comecei a estudar gênero (lá por 2011) era a discussão sobre o que era ser mulher e o que era ser homem. São as nossas vivências, fatores culturais, biológicos, socialização? 
Há algum tempo, essa discussão permeia os comentários aqui no blog e suscita debates com diferentes pontos de vista. Mas e quando a questão ultrapassa a auto identificação?
No dia 6 de junho começou a Copa do Mundo de Futebol Feminino. Como aficionada por futebol, me deparei com uma matéria do El País Brasil sobre a obrigatoriedade de um teste de feminilidade para as jogadoras. 
Além disso, as atletas podem ser testadas a qualquer momento se alguém desconfiar que elas não são mulheres. A federação alemã, por exemplo, já enviou um laudo contendo os últimos exames ginecológicos de suas jogadoras para atestar que elas são sim do sexo feminino, assim como as inglesas.
A polêmica com as jogadoras de futebol surgiu na última edição da Copa do Mundo (Alemanha, 2011) com a desconfiança que esportistas da Guiné Equatorial, as irmãs Salimata e Bilguisa Simpore e Genoveva Anomna, seriam homens. Por conta do aspecto masculino (olha só a FIFA e o COI querendo forçar normalidade!), as três tiveram que provar que eram mulheres. 
Anomna chegou a declarar que as três não passaram por exames clínicos e sim tiveram que ficar nuas na frente dos dirigentes da Confederação Africana de Futebol (CAF) e colegas de equipe. 
Além das jogadoras africanas, a sul-coreana Park Eun Seon também foi contestada e seis dos oito clubes que disputam a liga nacional da Coreia do Sul ameaçaram de boicote se a atleta não fosse submetida a novo exame de feminilidade (aos 15 anos, ela passou por um procedimento igual). A principal suspeita é que ela é alta demais (1,80) para ser mulher.
No Irã, a federação exigiu, em 2014, que as jogadoras fizessem exames para comprovar ser do sexo feminino sob pena de exclusão de competições. Na ocasião, quatro atletas que não tinham concluído a cirurgia de redesignação de gênero foram pegas (o Irã é um dos países que mais faz esse tipo de procedimento no mundo. Desde 1979, a cirurgia foi liberada sob o pretexto de não permitir homossexualidade na sociedade iraniana). [Esta notícia trata essas atletas trans como farsantes, sem entender que a transição está longe de ser um processo imediato].
Fora do futebol, um dos casos mais famosos foi a da atleta Caster Semenya. Em 2009, depois que foi submetida a esse tipo de exame, comprovou-se que Semenya, apesar de possuir órgãos genitais externos femininos, não possuía ovários e útero e sim testículos ocultos internamente. A recomendação da Federação Internacional de Atletismo (IAFF) é que mulheres punidas (como a corredora indiana Dutee Chand, que foi reprovada) corrijam seus níveis hormonais com cirurgia ou tratamentos químicos.
A indiana Dutee Chand
A “carteira rosa”, como é conhecida a comprovação de sexo biológico, data dos anos 1960, quando a ciência esportiva trabalhava com a influência dos hormônios, como a testosterona, no rendimento do atleta. No começo, o exame era meramente visual, mas depois avaliações genéticas começaram a entrar no rol de procedimentos. 
Entretanto, a IAFF ainda usa alguns parâmetros para árbitros “desconfiarem” de altos índices de testosterona, por exemplo, da quantidade de pelos na face, no peitoral, costas e baixo abdômen. No mundo do esporte, a elevada taxa de testosterona é tratada como vantagem. Em relação ao esporte feminino, significa massa muscular e altura que em algumas modalidades, como o futebol, trariam vantagens.
A jogadora de vôlei Érika Coimbra
teve seu gênero questionado pelo
seu alto índice de testosterona
Porém, um estudo encomendado pelo Comitê Olímpico Internacional (COI) suscitou dúvidas sobre o nível de testosterona e rendimento. Foi feita uma análise com 700 atletas de elite e os resultados mostraram que 16,6% dos homens possuem um índice de testosterona abaixo da faixa esperada e 13,5% das mulheres tinham esse mesmo índice acima do que era esperado. Os pesquisadores concluíram que as taxas de testosterona em mulheres estabelecidas pelo COI eram “insustentáveis”.
Exames cromossômicos também podem ser realizados, mas esbarram numa outra parcela da população que não é XX e XY. Pessoas diagnosticadas como sendo pseudo hermafroditas [hoje prefere-se o termo intersexuais], como a campeã olímpica Stanisława Walasiewicz, correspondem a uma parcela em que a avaliação cromossômica não é definitiva.
Deixo a(o)s comentaristas as dúvidas em relação a esses casos. Em situações em que autoidentificação e as vivências sociais não definem sexo, o que acontece com as exceções (pessoas trans e intersexuais)? Qual seria o espaço dessas pessoas no esporte?

Um comentário meu: Não tenho opinião formada sobre este assunto. Entendo que homens têm algumas diferenças que poderiam configurar vantagens nos esportes, e por isso não deveriam competir junto com mulheres. Seria injusto para mulheres cis. Por outro lado, essa regra praticamente proíbe que mulheres trans sejam esportistas. Elas teriam que competir em modalidades masculinas, o que vai contra o que elas são.
E como fica o caso de pessoas intersex, que não se submeteram a nenhum tratamento hormonal ou cirurgia, como é o caso da sul-africana Caster Semenya, citada acima? Conhecemos bem o caso da judoca Edinanci Silva, que nasceu intersex e precisou provar ser mulher para competir nas Olimpíadas de 1996. Parece muito arbitrário impedi-las de competir.
Fico com a especialista em bioética da Universidade de Stanford Katrina Karkasis, e com a diretora de Saúde e Esporte do Conselho Superior de Desporto da Espanha. Karkasis é bastante categórica: "Não existe um marcador biológico que sirva para determinar o sexo de uma pessoa". 
Ley concorda: "Em muitas ocasiões não é possível determinar o sexo de um indivíduo mediante parâmetros biológicos e, portanto, a opção mais razoável é levar em conta unicamente a identidade sexual de cada indivíduo". 
Que os testes físicos impostos para as atletas "provarem" que são mulheres, não resta muita dúvida que sejam absurdos e humilhantes. Como diz Karkasis: "São mulheres que viveram e competiram como mulheres a vida inteira. Seus documentos legais dizem que são mulheres. Assim, por que estão exigindo-lhes a verificação de sexo?"

162 comentários:

Anônimo disse...

Teve esse caso recente também, onde uma lutadora trans destruiu uma lutadora cis
https://translate.google.com.br/translate?hl=en&sl=auto&tl=pt&u=thelibertarianrepublic.com%2Ftransgender-mma-fighter-destroys-female-opponent%2F (Traduzido pelo google translate)

É um lance extremamente complicado esse, pois trans ainda podem produzir mais testosterona do que uma mulher cis e mais testosterona significa mais força e agilidade nos esportes (tanto que o doping padrão é de injeção de testo) então fica difícil dizer se eu concordaria ou não com trans nos esportes femininos...

Ariel disse...

"Por outro lado, essa regra praticamente proíbe que mulheres trans sejam esportistas. "

Alguém comentou antes de mim o caso da Fallon Fox e acho que não tenho elementos para ter uma opinião bem informada sobre.

Tem estudo dizendo que a pessoa que passou pela transição no final poderia ter até desvantagem em relação a uma mulher cis, o que não se verificou na luta mais recente da atleta. Assisti ao vídeo com muito desconforto.

Anônimo disse...

No esporte em geral fora o Dopping homens tem que provar que são homens?
Exigir que as atletas fiquem nuas, pedir exames ginecológicos entre outras praticas é uma pratica no minimo desconfortável, é invasivo e cruel...
O padrão de beleza ou visual dita quem se parece com uma mulher ou não, e isso é absurdo...
Vale lembrar que o esporte feminino não é tão incentivado quanto o masculino e todas essas "desculpas" ao meu ver tem a clara intenção de afastar ainda mais as mulheres das praticas desportivas.
No caso das lutadoras de MMA o vídeo é bem chocante e desconfortável, mas arrisco-me a dizer que pode ter sido uma ação pra criar polemica msm, afinal seria o combate de uma cys e uma trns. A definição já é tão confusa para a maioria da população, eles ainda promovem um "combate" pra alimentar ainda mais a discussão sem fundamentos. Acredito que pelo menos pesquisas cientificas sobre o assunto fossem financiadas pelos comitês de esportes, afinal é sim de interesse deles os rumos que estão sendo tomados.

Agora uma duvida minha, eu já vi em inúmeras fontes que a cirurgia de mudança de sexo em alguns países islâmicos é permitida, a homossexualidade é que não é. Acredito que nem tds os operados querem ser mulher, outros sim. Mas em geral como eles são tratados após isso? São aceitos pela sociedade? As "regras" que se aplicam às mulheres são seguidas integralmente por eles?

Anônimo disse...

Ficou meio estranho o texto.

Tipo, um homem com 15 % de testosterona abaixo da média, ainda tem muito mais testosterona que uma mulher 15 % acima da média.

Anônimo disse...

Tava vendo um jogo ontem dessa Copa do Mundo feminina. O troço é quase intragável de assistir.

Para quem entende de futebol, dá pra perceber que a diferença de nível técnico entre o jogo masculino e o feminino é ABISMAL. A dificuldade de controle de bolas delas é perceptível.

Mais o pior é que o jogo é incrivelmente lento quando comparado ao masculino. Parece o futebol masculino de 50 anos atrás.

É um troço ridículo não dá pra ver.

Melhor se dedicarem a patinação artística, isso sim é esporte feminino (onde elas se destacam muito mais do que eles)

Anônimo disse...

ora, já basta se dizer mulher para ser uma, basta botar onze pirocos dentro de campo.

A FIFA vai ter de aceitar. Ou não ?

Anônimo disse...

"No caso das lutadoras de MMA o vídeo é bem chocante e desconfortável, mas arrisco-me a dizer que pode ter sido uma ação pra criar polemica msm, afinal seria o combate de uma cys e uma trns. A definição já é tão confusa para a maioria da população, eles ainda promovem um "combate" pra alimentar ainda mais a discussão sem fundamentos."

E qual a sua sugestão, Anônima das 11:48? Proibir lutadoras trans de desafiarem as cis? Aí teriam que provar que não são trans e provar que são mulheres de verdade, o que vc é visivelmente contra.

Homens não precisam provar que são homens pq se uma mulher se disfarçar de homem e competir entre eles não tem uma vantagem. É difícil entender isso ou sua ideologia a torna tão cega que não quer ver uma coisa óbvia dessas?

Anônimo disse...

Anon 12:08 Eu não sou contra provar que é mulher eu sou contra a maneira que isso foi feito nos relatos do guest.
Eu não possuo uma ideologia, acredito que vc não saiba disso sabendo que nem me conhece. Em alguns esportes sim mulheres tem vantagens (seja física ou por puro tradicionalismo). Só digo que a questão é uma questão muito recente e que os comitês esportivos fecham os olhos e fingem não existir.

As e os trans têm todo direito de competir igualmente, como eu não entendo de genética, taxas hormonais, bioquímica e etc não posso afirmar que o desempenho de um é superior ao outro, mas com certeza existem pessoas que podem. Gostaria que essas pessoas fossem ouvidas e não meia duzia de machos que dizem olha eu sou melhor pq sou homem vc é ruim pq é mulher... Gostaria de ver argumentos científicos da coisa senso comum tá cheio por aí...

Anon 11:48

radscum disse...

Germaine Greer foi a que melhor escreveu sobre o caso Caster Semenya:

http://www.theguardian.com/sport/2009/aug/20/germaine-greer-caster-semenya

Germaine maravilhosa!

No caso de transexuais nos esportes, Gloria Steinem na década de 70 sambou na cara da transexual Renée Richards. Cathy Brennan disponibilizou o texto de Steinem aqui: http://bugbrennan.com/2012/09/30/gloria-steinems-awesome-relevant-statements-about-gender-identity/

Bom, duas grandes líderes feministas já responderam suas dúvidas, Lola.

Na minha opinião, trans e intersexuais não precisam deixar de jogar não, mas sei lá, teriam que competir só entre elxs mesmo. Assim como deficientes não são proibidos de praticarem esportes. Uma coisa é fato, intersexual não é mulher. Todos os biólogos sabem que independente da socialização que o intersexual recebeu, intersexuais biologicamente são homens defeituosos.

Anônimo disse...

Olha, em esporte nao deve existir igualdade de genero mesmo. Homens sao mais fortes e tem vantagens perante as mulheres sim, nao da pra negar. Mesmo uma mulher trans e mais forte que uma mulher cis. Lembro da epoca de educacao fisica na escola, a maioria das meninas de 10 anos nao gostava de praticar esportes porque os meninos eram mais rapidos e sempre as derrubavam. Alias, alguem sabe informar se aula de educacao fisica ainda e coletiva? Na minha epoca (30 anos atras) era. O problema nao e ter que provar que e mulher, e sim como isto foi feito, no caso das africanas. A humilhacao pela qual elas passaram de ficar nua na frente de qq um e que foi o problema.
Agora, infelizmente, mesmo sendo mulher, tenho que concordar com anonimo das 12:00, o futebol feminino nao e bom de assistir. O jogo e lento demais, cansativo demais.

Anônimo disse...

Mulheres infinitamente mais fracas que os homens. Aceitam q dói menos, ou nao... rs

Anônimo disse...

Homem arrebenta e manda mulher para o hospital na vida: cadeia

Homem arrebenta e manda mulher para o hospital dentro de uma arena, com espectadores, patrocinadores e transmissão ao vivo pela tv paga: esporte

Digam-me como vocês se sentem

http://www.tmz.com/2013/03/08/transgender-mma-fighter-fallon-fox-sex-change/

Arrumar emprego, ter oportunidades, direitos humanos assegurados e tudo mais NÃO É A MESMA COISA que ter o direito de quebrar a cara de uma mulher e ganhar com isso, gente é absurdo!

Se o Tyson fizesse isso, seria campeão de boxe feminino por 50 anos.

Pelo menos as atletas podem recusar o combate.

Anônimo disse...

http://www.gease.pro.br/artigo_visualizar.php?id=64

Anônimo disse...

do facebook:


"Alexandre Borges

Fallon Fox, 40 anos, é o primeiro transsexual a disputar lutas oficiais de MMA. Até agora foram 6 lutas com 5 vitórias, 3 por nocaute. Fox só "confessou" que era transsexual depois das duas primeiras lutas, dois massacres vencidos no primeiro assalto.

Fox teve vida heterossexual, casou com a namorada da adolescência, teve uma filha, foi militar, caminhoneiro, mas depois resolveu mudar de sexo e hoje é uma "mulher" que tem como profissão bater em mulheres. Quando alguém diz que Fox não poderia estar nessa competição, "ela" reage dizendo que está sendo "atacada como mulher". Ou seja, "preconceito".

Será que é preciso mesmo explicar as diferenças do corpo de um homem e de uma mulher? Onde essa sandice vai parar? Se um esportista não pode usar esteróides e hormônios, o que dizer de uma "mulher" que durante anos recebeu testosterona produzida pelos próprios testículos? Se Fox pode lutar contra mulheres, por que não Jon Jones ou Chris Weidman? Ah, tenham dó!

Muitas "feministas" dizem que lutam contra a "sociedade patriarcal" (que preguiça) que trata as mulheres apenas como objeto sexual. Mas se para o movimento basta cortar a genitália masculina para "virar mulher", quem é que está tratando mulher como apenas sua genitália? Qual dos dois lados que está sempre lembrando que mulher é mais do que apenas o sexo biológico?

Cada soco que esse ex-caminhoneiro e ex-militar dá numa mulher, todas apanham juntas. Fallon Fox, ao menos quando está num octógono, é um homem batendo em mulher, mas como a agressão é acompanhada de uma agenda política é justificável pelos perversos e tarados ideológicos."

Mila disse...

Anon da 11h51, o estudo averiguou que existem homens abaixo da taxa média de testosterona estipulada pelo COI e atletas olímpicos que possuem uma taxa comparável a de mulheres. Mesma coisa com mulheres (mulheres acima da taxa estabelecida pelo COI e mulheres dentro da faixa masculina). A conclusão deste estudo é que existe uma faixa de erro na taxa estabelecida pelo COI e, portanto, outros índices (não só o de testosterona) devem ser utilizados.

Anônimo disse...

Radscum Escreveu às 12:49:
"Na minha opinião, trans e intersexuais não precisam deixar de jogar não, mas sei lá, teriam que competir só entre elxs mesmo. Assim como deficientes não são proibidos de praticarem esportes. Uma coisa é fato, intersexual não é mulher. Todos os biólogos sabem que independente da socialização que o intersexual recebeu, intersexuais biologicamente são homens defeituosos."

ALELUIA!!!!!
Até que enfim vi, li, reli e printei um post de uma FEMINISTA dizendo o que todos nós sabem, mas que vcs teimam em esconder: TRANS E INTERSEXUAIS e todos os troços semelhantes são, na verdade, DEFICIENTES!!!! Isso é fato! Comprovado!!! Possuem uma deficiência intelectual enorme na cabeça, pra se sujeitar a serem essas aberrações na sociedade! Só sendo muito deficientes da cabeça, mesmo!!!

Anônimo disse...

"TRANS E INTERSEXUAIS e todos os troços semelhantes são, na verdade, DEFICIENTES!!!! Isso é fato! Comprovado!!! Possuem uma deficiência intelectual enorme na cabeça, pra se sujeitar a serem essas aberrações na sociedade! Só sendo muito deficientes da cabeça, mesmo!!!"

Então a pessoa nasce com uma condição (intersexualidade, antigamente chamada de "hermafroditismo") e ela é deficiente da cabeça porque se sujeita a ser uma aberração na sociedade?

Bacana parça, muito bom esse pensamento ae.

lola aronovich disse...

Vc não está muito familiarizado com feministas radicais, está, ô anon das 14:48? Muitas delas têm essas opiniões transfóbicas de chamar trans e intersex de deficientes, blackface, doentes mentais, whatever... O que é muito triste se considerarmos que qualquer feminismo deveria ser um movimento contra opressões. E aí vemos pessoas de uma vertente do feminismo ajudando a oprimir outro grupo. Aberração é a sua cabeça, anon (e a de radfems como a Radscum, que chama diversidade e diferenças de defeitos).

Anônimo disse...

Minha mãe e minha irmã não são feministas radicais e pensam que transexualidade é doença mental e acham que trans são na verdade homens (malucos, que dizem ser mulher só porque gostariam de parecer com uma ou então tarados safados querendo entrar em vestiários, banheiros ou outros ambientes onde mulheres estão mais vulneráveis e precisam de mais privacidade, espaços que geralmente envolvem mulheres se trocando, com menos roupa, etc). Elas também são TERFS? Que piada péssima e de mau gosto...

Anônimo disse...

Nossa, esses comentários já passaram de todos os limites! Chamar um intersexual de aberração é o mesmo que chamar alguém com síndrome de Down de aberração ou mongol... Triste mesmo...

Anônimo disse...

Esporte é algo injusto por natureza. Ok, suponhamos que uma mulher com mais testosterona possa levar vantagem. Mas outra treinada num país com tecnologia de ponta, com os melhores suplementos e drogas (ou alguém acha que os atletas de hoje não estão quase todos dopados?) também vai levar!

Anônimo disse...

Adoraria ver a Cyborg arrebentando a mulheridade de Fallon (falo até no nome aff)

Anônimo disse...

Por tantos comentários absurdos que defendo o investimento de pesquisas cientificas que ajudem a toda comunidade a compreender o desempenho esportivo dxs trans...
Me lembro há alguns anos atras falas que diziam que mulheres não serviam para ciências exatas, e que isso era biologicamente provado. Acontece que não é, homens tiveram a história para reforçar a mensagem que eram realmente bons eqto as mulheres tiveram que provar que conseguiriam. Agora as mulheres tem que provar que são mulheres para participar de competições esportivas. Trans se encontram imersas em argumentações que só excluem ainda mais.

Trans não são deficientes!!!
Mulheres não são deficientes!!!

Não critiquem o desempenho esportivo feminino com um padrão estabelecido pelos homens, não tornem o padrão masculino uma regra a própria história já o fez...

Anônimo disse...

KKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKK

lola aronovich disse...

Anon das 15:15, pergunte a Marco Feliciano, Eduardo Cunha, Bolsonaro, Malafaia, e montes de outros reaças o que eles acham de pessoas trans e travestis. E vc vai escutar a mesma coisa -- que são doentes mentais, malucos, aberrações, etc. E DAÍ? Quero dizer, que radfems, mascus e reaças e pessoas leigas e ignorantes (possivelmente o caso da sua mãe e irmã) tenham a mesma opinião transfóbica sobre trans faz com que todos esses grupos estejam certos, ou errados? Sua pergunta não faz nenhum sentido. Se sua mãe e irmã não são feministas radicais, elas não são TERFS, ué. Porque TERF quer dizer Feminista Radical que Exclui Trans.
Mas sua mãe e irmã continuam sendo transfóbicas. Transfobia não é exclusividade de radfem. O que choca é que alguma feminista seja preconceituosa.

Anônimo disse...

com os jogadores homens nao fazem isso.

essa é mais uma forma de opressao que so atinge as mulheres.

sophia

radscum disse...

Nossa, Lola, incrível como vocês feministas liberais são pós-modernas. Tudo que eu falo vocês dão um jeito de distorcer. Eu falo pau vocês entendem pedra. É o que venho te falando, você é cheia de acusar defeitos em todo mundo mesmo você tendo todos eles. Reclama que as feministas negras não entenderam teu post sobre o fato de você ter sido identificada como negra, mas você por ser pós-moderna como elas age da mesma forma! Não é muito diferente de todas as outras que visitam isso aqui, não sei se você se lembra de quando a Rê Bordosa distorceu meu comentário num outro post para os outros achar que eu tinha chamado ela de "vadia"! Nossa, tá feio, você não sabe mais o que faz pra sujar o feminismo radical! Eu ainda pensei antes de enviar o comentário: "Isso tá meio estranho, essas doidas vão falar que eu tô comparando transexuais com deficientes". Dito e feito. Aliás, isso não seria uma forma de preconceito da tua parte e de travestis/trans se incomodar em ser comparadas com PESSOAS (gente como a gente) deficientes? O fato é que não comparei, eu usei como exemplo (um exemplo perigoso, é verdade, mesmo pq estou lidando com gente que tem dificuldade de interpretação, pelo visto) um grupo de deficientes que praticam esportes, sugeri que sei lá, que as travestis, transexuais e intersex tivessem seu próprio grupo também, ué. Se eu dissesse que não já estariam me chamando de segregacionista e mais não sei o que. O problema de feministas liberais é achar que as mulheres tem obrigação de resolver todos os problemas do mundo. Homem bate em trans no banheiro masculino: "ah, deixa ozome, é da natureza deles, as trans que usem o banheiro feminino", mesma coisa com celas de prisões e agora até esporte? Ai, paciência zero com esse feminismo colonizado de vcs.
O que eu realmente disse e não volto atrás é o fato de independente de como o intersex tenha sido socializado (como homem ou mulher) todos os biólogos sabem que eles não são mulheres, mas homens defeituosos, sim. Inclusive, mesmo o homem XY legítimo, tecnicamente normal é biologicamente uma mulher defeituosa. Isso que a Germaine falou que o Y é um X sem uma perna não é brincadeirinha dela, é um fato! O homem tanto é um acidente biológico que mesmo algumas espécies de fêmeas são capazes de reproduzir sem o macho. Depois pesquisa "partenogênese". Feminista liberal não entende biologia.

radscum disse...

Susan Brownmiller tava falando no twitter que agora qualquer um que questiona a definição de feminilidade de transexuais é automaticamente TERF, um termo completamente imbecil (afinal não tem como ser Feminista Radical e ser Trans 'Inclusiva'. Na verdade não somos excludentes ou segregacionistas, mas não tem como ser Feminista Radical e partilhar a Teoria Trans, é uma contradição.)

Anônimo disse...

“INTOXICAÇÃO POR TESTOSTERONA: ... ‘Até agora era pensado que o nível de testosterona em um homem é normal simplesmente porque eles o tem. Mas se você considerar como o comportamento deles é anormal, então você é levada à hipótese que quase todos os homens estão sofrendo de “intoxicação por testosterona.”

de ‘Um Dicionário Feminista”, ed. Kramarae & Treichler, Pandora Press, 1985.

radscum disse...

Desonestidade intelectual nos comparar com religiosos, reacionários, mascus e afins. Não dá pra levar a sério. Mas eu pergunto: quantos religiosos e reacionários leem teoria feminista radical? 0. Essa gente nega-lhes direitos, são moralistas e sequer fazem diferenciação entre trans/gay/lésbica etc.

Anônimo disse...

Não, são ignorantes mesmo.

Promotor disse...

RADSCUM, como vc tem coragem de dizer q entende de biologia se num post passado vc disse q não há comprovação da superioridade física entre homens e mulheres. Q mulheres são mais fracas por manha. Q se uma mulher treinasse desde a infancia provavelmente teria o mesmo desempenho fisico q os homens. Vc só esqueceu q essas mulheres existem: as tais atletas. Se vc conhecesse a história dessas guerreiras, saberia q treinam o mesmo q homens e, mesmo assim, sequer teriam indices pra competir profissionalmente com atletas masculinos. A superioridade física dos homens é inquestionável. E o motivo é biológico.

Anônimo disse...

Mulheres formulando ideias e tirando conclusões de acordo com as próprias experiências de suas vidas são ignorantes, leigas, preconceituosas, loucas, etc. Pra se instruírem elas precisam consultar os homens, que são entendidos e sabem mais (de qualquer assunto, até das vidas das mulheres, ou especialmente disso, pelo visto).

Afinal, todo mundo sabe que homem além de ser mais forte, é mais inteligente, tem mais conhecimento, é mais sábio e sensato que qualquer mulher, né? ¬¬

donadio disse...

"Alguém comentou antes de mim o caso da Fallon Fox e acho que não tenho elementos para ter uma opinião bem informada sobre."

Acho que a opinião bem informada é que esse tipo de luta, independentemente do sexo/gênero dos lutadores, é absurda e criminosa. Não há justificativa para esse tipo de massacre a pretexto de "esporte".

Anônimo disse...

Diva

Para Anônimo IMBECIL, INSEGURO e MISÓGINO DAS 12:00

Se vc não gosta de futebol feminino isso é um direito que você tem, assim como não gostar de ver qualquer outro esporte realizado por homem ou por mulher.

Mas não venha CAGAR REGRAS do que você acha que sabe. Primeiro você não é a PORRA DO DONO DA RAZÃO!! Quem te deu este título? Vc mesmo ou as vozes que escuta?
Elas tem um ÓTIMO controle de bola, não fale MERDA!!
Sim é mais lento, afinal o físico de mulheres é diferente do físico de homens, é natural que seja mais lento!
O Futebol Masculino de 50 anos atrás, apesar de jovem eu vejo vários documentários sobre esportes, e posso afirmar que é BEM MELHOR que este "pseudo-futebol" "modernoso", mercenário, plastificado e sem alma do futebol masculino atual brasileiro!!
Seleções européias estão dando uma SURRA no futebol brasileiro que se importa mais com patrocinadores e dinheiro embolsado pelos cartolas do que por competência.
Sabe o que é ridículo? É sua opinião preconceituosa e imbecil sobre as valentes e talentosas jogadoras de futebol masculino!! Isso sim é ridículo!
Por causa de babacas machistas como você, que meninas talentosas são desestimuladas à jogar futebol, enquanto seus irmãos e primos medíocres são empurrados pra praticar um esporte, o futebol, quando não tem nenhum talento pra isso!
Ps: a Marta sabe tanto que vc existe, que ela vai devolver TODOS os prêmios de Melhor Jogadora de Futebol do Mundo(prêmio do qual ela ganhou DUAS vezes de jogadores homens).
Quanto à patinação, sim é um lindo esporte, lindo tanto praticado por mulheres quanto por homens.
Sim, patinação tem um tom mais delicado e feminino, mas, não é por causa de sua opinião de merda, e preconceitos que jogadoras de futebol e handebol(que ganharam a Copa do Mundo!), lutadoras de MMA, boxeadoras, etc, largaram suas carreiras porque babacas como você acham que podem ditar o que mulher deve ou não fazer!
Sim, futebol ainda é um esporte bem mais masculino, embora a seleção masculina brasileira ande bem medíocre, mas uma coisa sr anônimo imbecil caga-regras nós temos MUITO em comum, nós dois adoramos ver MACHOS SUADOS, COM BELAS BUNDAS E MÚSCULOS BEM DEFINIDOS correndo atrás de uma bola.
Cagar regras nas mulheres não fará você ser o homem que NUNCA será.

Donatien Alphonse François disse...

radscum disse...

"O homem tanto é um acidente biológico que mesmo algumas espécies de fêmeas são capazes de reproduzir sem o macho. Depois pesquisa "partenogênese"

A partenogênese, também conhecida como partogênese, diz respeito ao crescimento e desenvolvimento de um embrião sem que ocorra a fertilização, ou seja, ocorre por reprodução assexuada. São fêmeas que apresentam a habilidade de procriar sem que haja um parceiro sexual, havendo a participação apenas do gameta feminino.
Hoje em dia, a biologia evolutiva optou por utilizar o termo telitoquia, por achá-lo mais restritivo, quando em comparação com o termo partenogênese.
Este fenômeno acontece naturalmente em plantas agamospérmicas, seres invertebrados (como pulgas de água, abelhas, entre outros) e determinados vertebrados (como lagartos, salamandras, alguns peixes e perus). Os seres que se reproduzem desta maneira geralmente estão relacionados à ambientes isolados, como ilhas oceânicas. Contudo, geralmente a partenogênese é apenas uma possibilidade de forma reprodutiva, sendo que a reprodução sexuada (com a participação do gameta masculino) é a mais comum. Esta intercalação pode ocorrer como resposta da pressão ambiental e recebe o nome de heterogamia.
A partenogênese pode ser alcançada artificialmente em laboratório, com o uso de recursos experimentais que estimulam a clivagem do gameta feminino. Para isso, utilizam-se óvulos de espécies que geralmente não se reproduzem por esse processo. Todavia, é notável que muitas espécies inferiores utilizam esse mecanismo como forma comum de reprodução e o fazem espontaneamente. Assim, devemos considerar a partenogênese artificial ou experimental e a partenogênese natural.
Na comunidade das abelhas melíferas, por exemplo, a rainha produz ovos, podendo fertilizá-los ou não, sendo que os fertilizados tornam-se fêmeas diplóides (rainhas ou operárias), e os ovos que não foram fertilizados tornam-se machos haplóides, conhecidos como zangões. Este tipo de definição do sexo é chamada de haplodiploidia.
Muitos outros animais, como o pulgão das videiras, o Bombyx mori (mariposa que, na fase de larva, é conhecida como bicho-da-seda) e a dáfnia ou pulga d’água realizam em certas circunstâncias, naturalmente, a partenogênese. Por outro lado, óvulos de ouriços-do-mar, de estrelas-do-mar, de rãs e de coelhos já se desenvolveram partenogeneticamente em laboratórios, sob estímulos físicos, químicos ou biológicos.
Ocasionalmente, em certos animais, como a mosca Myastor metraloa, as larvas conseguem produzir precocemente seus óvulos, os quais logo a seguir, evoluem partenogeneticamente, originando novas larvas. Essa partenogênese na fase larvária recebe o nome de pedogênese.

Homem é o macho da especie humana, que naturalmente não se reproduz por partenogênese, assim como todos os demais primatas, ou seja, no seu caso, seu PAI precisou gozar na buceta da sua mãe, para que você viesse a existir. Tá sabendo muito de Biologia né? SQN

Anônimo disse...

Essa história de ignorar a natureza, biologia, realidade, já passou dos limites. Aí acontece isso aí, homens competindo covardemente com mulheres. O pior é o cara lutando com mulher??????? Deve se achar o máximo por vencer quase sempre, quando n foi por competência e sim por ser mais forte. Isso é um absurdo, ele pode achar que é mulher, mas o corpo e a força é de homem.
Ou disputam com outros trans ou com homens, mas claro que é a mulher q deve se fuder para agradar macho, nojento.

lola aronovich disse...

Muito bem dito, Donadio. Quando ouço falar em verbos como DESTRUIR e MASSACRAR para descrever uma modalidade esportiva, fico pensando por que isso deve ser considerado esporte. Se dependesse de mim, "gladiadores modernos" de qualquer gênero não existiriam.

Anônimo disse...

"Mais o pior é que o jogo é incrivelmente lento quando comparado ao masculino. Parece o futebol masculino de 50 anos atrás."

Então o que aconteceu pro futebol masculino ter ficado tão rápido em 50 anos?
Drogas? Anabolizantes? Ou ninguém acha que não tem nada de estranho esses jogadores serem tão diferentes, musculosos com as veias saltando, comparados com os atletas de antigamente?

D Stoffel disse...

Eu nem ia comentar hoje mas
anom idiota 12:00

Sério? Porque o Brasil que tava parecendo umas lesmas na copa do mundo o goleiro da alemanha correu mais que fred a copa toda, e tu vem me falar de lerdeza? o futebol feminino é bom sim, sem estimulo e visibilidade no Brasil ainda ter uma das melhores jogadoras do mundo senão a melhor. Eu acho uma pena é que o técnico seja homem isso sim.
Quem quiser assistir a copa do mundo feminina tá passando na tv cultura ou tv brasil eu acho, a Globo já prefere passar a copa américa que eu acho um saco.

Lu disse...

"Mais o pior é que o jogo é incrivelmente lento quando comparado ao masculino. Parece o futebol masculino de 50 anos atrás."

Quem dera se fosse o futebol masculino de 50 anos atrás! Em questão de estrutura, o futebol feminino parece o masculino da década de 30 ou 40. Ligas praticamente amadoras, restos de restos de investimentos... E as gurias representam um país que lhes dão as costas, fazendo o possível contra países mais estruturados.
Enquanto isso, o futebol masculino brasileiros com seus dublês de jogadores leva uma sapecada em casa (aliás, numa casa bem cara viu?) do futebol alemão.
Falta nível técnico? Possível, comparando com o masculino. Ou melhor, pra que usar os homens de parâmetro, há coisas específicas. Até pq a galera ignorante adora comparar jogadores que recebem 1 milhão pra frequentar o campo, com acesso a treinadores, médicos, regularidade de partidas e uma gama de procedimentos tecnológicos com quem não sabe nem se vai ter um time pra jogar noutro dia.

Camila S/A disse...

Muito bom o texto, Lola.
Eu tenho um instagram e página do Facebook em que faço menções a mulheres que fizeram história. Uma delas é GERTRUDE EDERLE: a primeira mulher a atravessar o Canal da Mancha a nado em 1926. Na época ela tinha 19 anos e levou 14 horas e 35 minutos quebrando o recorde masculino por mais de 2 horas. Ela ganhou mais de 100 medalhas, dentre elas 3 olímpicas.
LI alguma coisa em que disse que ela foi burlada enquanto atravessava o Canal da Mancha. Era para ela parar em algum momento e não deixaram, mas mesmo assim ela foi até o fim e passou na frente de todos os homens.

Inclusive, acho que você vai gostar desta minha página.
Seria um grande prazer se pudesse sugerir mulheres que você acha que fizeram diferença:

https://www.facebook.com/pages/Mulheres-que-Admiramos/1621274674754005?ref=hl
https://instagram.com/mulheres_que_admiramos/

Se gostar, me fala.

Beijão

Anônimo disse...

Donadio:"Acho que a opinião bem informada é que esse tipo de luta, independentemente do sexo/gênero dos lutadores, é absurda e criminosa. Não há justificativa para esse tipo de massacre a pretexto de esporte."

Crimonosa? Esquerdista não gosta de democracia mesmo.
Vivemos em um mundo liberal, e ninguém entra no ringue porque é obrigado. Eles estão lá porque querem, porque gostam, porque tem publico, porque ganham para isso. Os lutadores são adultos com pleno poder de decisão, e ciente das conseqüências de seus atos. Além de ser uma liberdade de escolha, faz parte da lei do mercado. Proibir esse tipo de esporte seria uma medida reacionário e anti-democrática.

Criminoso deveria ser rodeios, rinhas de cães e galos, tortura de animais por diversão, na qual você em diversas ocasiões demonstrou ser a favor. De qualquer forma, ética e coerência não é algo que faz parte do vocabulário de petista.

Anônimo disse...

donaldino, a espécie humana não se reproduz naturalmente por partenogênese, mas é possivel artificialmente (clonagem por exemplo). O sistema reprodutor feminino acaba sendo muito mais independente do que em relação ao maculino, visto que até se um homem quiser fazer uma clonagem dele, é necessário ter um óvulo e um útero, enquanto que a mulher não precisaria de nenhuma parcela masculina. Me lembro até hoje do que um biólogo da unicamp que trabalha com partenogênese disse : se deus existeir, "ele" é mulher.

Anônimo disse...

Acho que o melhor teste seria o de análise dos cromossomos, mesmo que tenha que deixar os intersexuais de fora ( que normalmente possuem hormônios sexuais que podem dar vantagens ).

Anônimo disse...

o donadio demonstrou em VÁRIAS OCASIÕES ser a favor de tortura de animais por qualquer motivo??? Serio? Eu leio o blog e os comentários todo dia!!! Perdi essas várias manifestações aí. Mas o Anon 18:16 deve estar certo, pois não é petista e portanto, é ético e coerente. E se pessoas acordam em contrato que irão mutilar umas às outras, quem é o Estado para intervir? Só um Estado petista mesmo, anti-ético e incoerente, para proibir massacres contratualmente estabelecidos.

Anônimo disse...

A falta de perspectiva histórica aqui está grave.

Alguém se perguntou de onde surgiu a separção entre esporte feminino e masculino? Ela nasce das *proibições* contra a prática de esportes pelas mulheres, e da luta das mulheres, desde o século XIX, para simplesmente *poderem fazer esporte*.

Muitas mulheres lutaram e sofreram por isso; e foi um processo longo - até a década de 1970, boa parte das categorias olímpicas ainda não era permitida para mulheres (googlem aí).

Agora: a única coisa mesmo que faltava é, depois de toda essa luta, ter que aceitar homens colonizando esse espaço. É de chorar.

Sim eu disse homens: tem homem se passando por mulher pra competir sim. Fallon Fox é só um exemplo (Googlem, ii).

E a gente tem que achar legal?

Vocês não percebem que, de novo, é a sociedade esperando que as mulheres concedam, incluam, sejam maleáveis?

Vocês feministas liberais - não ficam cansadas disso, não?

Camila D disse...

http://papodeprimata.com.br/dawkins-e-os-fetos-com-sindrome-de-down/

Bem parecido com isso, né? Não faz parte da normatização, logo, aberração. E isso proferido por alguém que se diz feminista :/

Anônimo disse...

Realmente é imoral produzir deliberadamente pessoas com deficiências. Quando as mulheres tiverem o controle total da reprodução, terão que, por exemplo, produzir bebês cegos em nome de um discurso de suposta "defesa da diversidade"? Muita gente adora dizer que "defende a diversidade" sem nem pensar direito nisso e mais ainda sem nem saber o que realmente defendem...

Anônimo disse...

Anônimo disse...
"Mais o pior é que o jogo é incrivelmente lento quando comparado ao masculino. Parece o futebol masculino de 50 anos atrás."

Então o que aconteceu pro futebol masculino ter ficado tão rápido em 50 anos?
Drogas? Anabolizantes? Ou ninguém acha que não tem nada de estranho esses jogadores serem tão diferentes, musculosos com as veias saltando, comparados com os atletas de antigamente?

--------

Evolução na preparação física, só isso. Não é que não fosse rápidos, é que, com o preparação física daquela época, se corressem como hoje, não aguentariam jogar os 90 minutos,

E as mulheres de hoje se beneficiam da mesma evolução na preparação física disponível ao homens. E o resultado é esse lá que todo mundo vê (leeeento).

Anônimo disse...

Respondendo à "Diva".

Eita, mas aí não tem boquinha não, heim ? Aí é mais grossa que papel de enrolar prego.

=> olha, o controle de bola delas é bom, se comparado a um amador. comparado a um jogador profissional de seleção masculina, não é!!! quem entende de bola, vê que a bola quase sempre dá uma "sapecada" na hora do domínio. no masculino, a bola praticamente "gruda" no pé, como se houvesse um imã (repito, a diferença de habilidade é abismal, não é só questão de velocidade).

=> e o problema é exatamente esse que você mencionou. o futebol é um esporte criado por homens, para homens jogarem. Adaptar uma modalidade feminina, ficou essa tosqueira aí.

=> uma sugestão, criem seus próprios esportes, projetem e construam estádios gigantescos, encham ele com multidões de mulheres e transformem a coisa num negócio-espetáculo milionário.

essa história de macaquear coisas tipicamente masculinas, nem sempre da bom resultado. o futebol feminino é o exemplo perfeito

Anônimo disse...

Jox

Para Anônimo ridículo e patético das 19:01

Nossa, vc se acha né imbecil? Coitado de vc, coitada da sua mãe que vc tb deve achar uma "putinha"(afinal se seguir pela sua linha de raciocínio, se "toda mulher" é "putinha" sua mãe que é...MULHER, tb É UMA PUTINHA!).
Vocês deixaram de ser o sexo dominante há MUITO TEMPO!! O que existe é espaço(em países evoluídos e democráticos) pra quem tem talento, inteligência, caráter e personalidade(tudo isso que vc NÃO tem e nem NUNCA terá).
Vc é um pobre coitado, um analfabeto funcional que acha que por ter um mero e inútil pedaço de carne entre as pernas é superior às mulheres, coitado!!
Homem de verdade, ama, respeita e trata mulher no mesmo patamar de importância.
Destrata as mulheres desse jeito seu VERME, pq vc deve odiar sua mãe, não deve ter irmã nem filha, deve ser um mimadinho sustentado à Toddynho querendo bancar "o machão", vc é ridículo!
Espero que com seu comentário, vc tenha agradado algum mascu viadinho como vc e vc esteja agora sendo a "putinha" de algum rapaz cheio de testosterona(afinal, um enrustido cheio de ódio de mulher, é disso que gosta de verdade, de "muita testosterona", kkkkkk).

Ps: Nós NÃO SOMOS SUAS "PUTINHAS" Vc NÃO É HOMEM DE VERDADE!!

Anônimo disse...



O MMA é esporte brutal, coisa de macho mesmo. Por isso o Dana White, dono do UFC, não queria modalidade feminina.

Mas as mulheres ficaram pentelhando tanto o cara, que ela acabou aceitando. Agora ficam de mimimi.


Anônimo disse...

Diva

Para Anônimo das 19:42


Vamos lá, primeiro a boca é minha e eu falo a merda que eu quiser, tá triste nenê? Chora mais que eu gosto, kkk
Futebol foi criado para homens, escola foi criada para homens, voto foi criado para homens, etc.
Então, se nós mulheres NÃO fossemos adaptar esportes e situações que foram...criadas para homens, continuaríamos escravas do lar, criando
e parindo filhos, e tendo que aturar trastes como vocês, mas, o Mundo evolui não é(tirando: Congo, Índia, Afeganistão, etc, lugares onde misóginos como vc fuderam com vontade, pq são os países mais miseráveis do Mundo)?
Futebol maculino teve ANOS de incentivo, patrocínio, o caralho de asa(sim eu falo como quero, se meu marido não vê problema, cago pra um estranho como você).
As jogadoras ainda tem muito que aperfeiçoar a modalidade, mas, o Futebol Feminino no Brasil mesmo SEM patrocínio, incentivo, etc, é MUITO BOM, e se comparado com o FRACO
ATUAL Futebol Masculino, as jogadoras apresentam qualidades como: amor à camisa, espírito de equipe(ao contrário do estrelismo dos jogadores), boas habilidades, etc.
Sim, se comparado ao masculino tem que melhorar muito, mas, muita coisa evoluiu, e boa parte dos esportes surgiram através de atletas homens, e agora existem ótimas atletas mulheres, exemplos: handebol, boxe, mma, etc.
É facil, cagar regras e vir com merda que "futebol é um esporte criado por homens, para homens jogarem". É fácil querer jogar mulheres em guetos domésticos,
apagar os talentos que elas tem, pra se sentir "mais homem".
O que vc disse NÃO foi diferente do que outro imbecil misógino como vc falou sobre mulheres em games. Que "games foi criado por homens, para homens jogarem".
Que insegurança e COVARDIA é essa de vocês homenzinhos machistas e babacas de querer enfiar mulheres talentosas e fodásticas dentro de casa? Vocês precisam achar que mulher
tem que ser escravizada, humilhada, e discriminada pra vocês se sentirem mais homens?!
To aqui teclando, bebendo minha cerveja Baden Baden e vendo Vikings, enquanto to olhando o corpo delicioso do meu marido no chuveiro, e já gritei pra ele "vem pra cama que vou te usar", kk".
Mas, claro no seu caso vc prefere ser "machão" pra agradar outros machos, seja feliz.
Vamos macaquear TUDO que tivermos talento e competência pra realizar.
Quem for homem seguro de si não se sentirá afrontado, quem for imbecil e misógino como vc e seus amiguinhos, meu caro, quero mais que se foda com seu veneno!!
Quem sabe quando vc tiver uma filha, vc não vira um ser humano melhor quando ela te falar que quer ser a próxima Marta?

Anônimo disse...

P.S. "Respondendo" a mim mesma para esclarecer um ponto.

Antes que me esfolem viva: não estou falando do caso das transexuais. Acho que a diferença é tão gritante que nem precisaria dizer isso, mas as coisas andam tensas.

Enfim: quando falo de homens colonizando o espaço feminino no esporte, não estou nem de longe falando da Edinanci, por exemplo. Não acho que ela seja um homem! É uma transexual. E acho que nesses casos específicos, vale a questão colocada pela Lola: as transexuais ficarem sem lugar no esporte seria desumano.

Mas... Não tem nada a ver comparar a Edinanci com Fallon Fox, pelo amor.

Casos de transexualismo são *raríssimos*; repito, *raríssimos*. E como são raros, podem sim ser decididos um a um.

Anônimo disse...


Para Jox


"sua mãe que é...MULHER, tb É UMA PUTINHA!)"

=> não é exatamente assim. ela foi a putinha do meu pai. já eu, tenho minhas próprias putinhas.


"Vocês deixaram de ser o sexo dominante há MUITO TEMPO!! "

=> Então pra que feminismo ? Contraditório. Suspeito que nem vcs acreditam muito nisso.

"acha que por ter um mero e inútil pedaço de carne entre as pernas é superior às mulheres, coitado!!"

= já começou a inveja do meu poderoso Phalus erectus...


"Homem de verdade, ama, respeita e trata mulher no mesmo patamar de importância."

=> A importância da mulher não é maior nem menor que a do homem. É apenas diferente.

"Destrata as mulheres desse jeito seu VERME, pq vc deve odiar sua mãe, não deve ter irmã nem filha, deve ser um mimadinho sustentado à Toddynho querendo bancar "o machão", vc é ridículo!"

=> Começou a sessão Mãe Dinah.

"Espero que com seu comentário, vc tenha agradado algum mascu viadinho como vc e vc esteja agora sendo a "putinha" de algum rapaz cheio de testosterona(afinal, um enrustido cheio de ódio de mulher, é disso que gosta de verdade, de "muita testosterona", kkkkkk)."

=> e eu aqui pensando que ser gay fosse uma coisa muito boa, acreditando no que vcs falam. Pelo jeito que vc tá falando agora to começando a duvidar, heim. Tá vendo que não se pode acreditar em feminista ?


Carlos Eduardo disse...

Nunca vi uma mulher chamar "ele" de "mero" e "inutil" quando tá por cima dele, tendo um orgasmo astronomico....

Anônimo disse...

As mulheres são putinhas para os homens? Saiba que para mim, os embriões homens são apenas parasitas e futuros estuoradores. Estupre suas "putinhas" que eu mato os parasitas. Não machuque as mulheres que eu deixo os parasitas viver. Ok ?

Anônimo disse...

Carlos eduardo, a maioria das mulheres são estupradas.

Julia disse...

Bom, eu já comprei meu ingresso para assistir o futebol feminino nas Olimpíadas.
Estarei lá no estádio. Espero poder ver a Seleção Brasileira jogar :D
Agora só me interessa esporte se tiver mulher participando. Estou levando a misandria para outras áreas da minha vida. Aconselho vocês a fazerem o mesmo.

Anônimo disse...

Jox

Pra Anônimo das 20:04

Se vc considera sua PRÓPRIA mãe "putinha"(eu torcia pra vc rebater o que eu disse, pq aí eu te consideraria um SER HUMANO), falar mais o que né? Vc é um LIXO que tua mãe devia ter abortado!

Poderoso "Phalus erectus", PQP!! Vei que viadagem PURA vc disse!! Como vc é apaixonado e fascinado por uma boa ROLA hein! vc gosta mais do que eu, KKKKKKK

Sim, o que falei a importância de mulher é tanta quanto a de homem, diferente pois são biologicamente diferentes, vc apenas repetiu o que falei.

Ser gay não é ruim, sou amiga e até transei com alguns depois que me separei do meu primeiro marido. Eu falo de bichonas enrustidas como vc! Não to falando do homem gay que cuida da sua própria vida e é mais MACHO que vc! Eu to falando dos misoginozinhos de merda como vc que acham que tem que ficar bancando os machões pra pagar pau pra outros machos, invés de serem gentis pra conquistar alguma mulher.
Vc deve ser do tipo que deve pagar prostituta q é o ÚNICO tipo de mulher que fica com um ser tão decadente e ridículo como vc!

Vou repetir, sou mulher, minha mãe tb, minha irmã, milhões de mulheres no Brasil, bilhões no Mundo, somos jogadoras, professoras, médicas, engenheiras, policiais, presidentes, etc.
E as que são prostitutas, não deixam de ser mulheres.
Já as "putinhas", bom mulher NÃO É PUTINHA.
Putinha é uma rola gigante no teu rabo!! Tá satisfeito querido?
E não adianta me desejar o mesmo porque o ÚNICO anal que fiz na vida, foi com um ex e foi enrabando ele!
Abraço e tente ser um ser humano melhor algum dia, invés de falar tanta MERDA!!

Anônimo disse...

orgasmo anatômico?
aham sei...

Julia disse...

E a Natalie Portman está seguindo os meus passos. Vocês vão ficar fora dessa?

http://oglobo.globo.com/cultura/filmes/natalie-portman-atrasou-producao-de-filme-sobre-juiza-por-exigir-ser-dirigida-por-uma-mulher-16459259


SELO 100% MISANDRIA OPRESSORA

Anônimo disse...

Bela

Carlos Eduardo

As únicas mulheres que vc transou foram as que vc precisou pagar.
E mesmo estas tiveram que colocar Viagra em sua bebida e enfiar dedo no teu rabo.
E mesmo estas FINGIRAM orgasmo com um merda como vc.
Tente não se matar depois destas revelações e bons sonhosss kkkk

Anônimo disse...

Bela

Anônimo nojento das 20:13

Graças a Deus a maioria das mulheres NÃO são estupradas mas infelizmente correm este risco, pq covardes como vc devem achar que "estuprar" é sinônimo de masculinidade.
PQ vc infeliz, filho de chocadeira, não senta numa rola gigante, engole as merdas que fala, deixa de ter ódio de mulher e simplesmente não vai pra puta que te pariu!

D Stoffel disse...

Jox

E Eu desejo é que esses mascus de merda façam só anal pelo assim eles não se reproduzem.

D Stoffel disse...

Bela
é melhor mandar ele ir pro voltar pro saco do puto que o ejaculou.
Essa é a geração de meninos toddynho babaquinhas, que acham o máximo dar uma de revoltado com as mulheres.

Anônimo disse...

deviam dar um chute no saco de cada mascu pra virarem esteril seria uma boa.
o mundo agradece!

Anônimo disse...

LOLA,
EU EXIJO que vc identifique a anônima das 20:08hs e nos repasse os dados dessa criminosa para nós podermos fazer uma DENÚNCIA FORMAL DE CRIME de TENTATIVA DE ABORTO JUNTO AO MINISTÉRIO PÚBLICO!!!!

E vc TEM A OBRIGAÇÃO de denunciar esta criminosa assassina também, sob pena de lhe ser imputado o crime como partícipe de tentativa de aborto criminoso. VC pode ser incriminada, também, no crime de FAVORECIMENTO PESSOAL E REAL, caso acoberte essa assassina desgraçada aí!!

O fato de vc ser uma feminista é uma coisa, ter opiniões contrárias às nossas, OK! Tudo dentro de uma normalidade, OK!!! Mas ACOBERTAR filhas-de–uma-PUTA CRIMINOSAS como essa bandida, aí já não se trata de mera divergência de opiniões e o ato passa a ser um caso de polícia!!!!!! E vc sabe muito bem disso, pq pelo que sabemos vc já fez vários B.O’s por supostas “ameaças virtuais” que teria recebido que, se não me engano, até levou um rapaz até à prisão.

ESSA CRIMINOSA BANDIDA das 20:08 tem que ser denunciada, condenada, presa e trancafiada e, se possível, ter suas trompas cortadas (e não amarradas) => SER DEFINITIVAMENTE CASTRADA –>para NUNCA engravidar. Afinal, ela está planejando ardilosamente um CRIME contra um bebê que NUNCA TERÁ COMO SE DEFENDER de uma mãe assassina criminosa desgraçada como essa Filha de uma Puta!!!!

Faça sua escolha, LOLA!! Vc sabe que o que é certo e o que é errado, e sabe, sim, que o que está acontecendo em seu blog é MUITO ERRADO!!!

Sugerimos que não acoberte uma criminosa, sob pena de se tornar também uma!! DENUNCIE ESSE CRIME AO MP!!!

Atenciosamente,

Anônimo disse...

Anja

que vergonha alheia nos comentários esses garotos são sem noção total! um chama a mãe de puta o outro fala de orgasmo como se toda mulher tivesse, sabia que 70% das mulheres não gozam com penetração? não sabe nem onde fica o ponto G feminino né.
Mulher usa homem e joga fora se for ruim de cama e com rola fina já era, ou vocês homens pensam que as mulheres não zoam vocês por aí.
Quanto mais rodado mais mal falado fica, e se for ruim de cama ninguém quer.

Anônimo disse...

Anon das 20:04 liga não. Elas não acreditam que você tem putinhas porque não acreditam que papai te deu dinheiro pra comprar as duas bonequinhas infláveis que você tanto queria. Mas pelo visto ele comprou e você está feliz. Ou, assim, foi promoção tipo pague uma e leve duas? Comprou as bonecas de segunda mão? Ou o que teu pai te comprou foi um computador novo com acesso liberado pra pornografia depois que você fez 18? Enfim, divirta-se. Mas não esqueça de esconder tudo quando sua mãe vier te trazer o Toddyinho.

Anônimo disse...

tadinho tão preocupado com aborto, porque não te preocupas com as ameaças de estupro morte na internet que fazem por aí?
eu preferia ser abortada que viver num mundo de gente hipócrita que nem vc

Anônimo disse...

Você vai exigir que prende os caras que querem estuprar mulheres nos blogs também 20:37 ?

lola aronovich disse...

Anon das 20:37, eu não tenho como ver o IP de ninguém aqui. O blogspot é uma droga pra isso. Mas, se vc quiser descobrir, vá no Site Meter e... boa sorte. Eu não sei fazer isso. Mas não faça tanto drama por causa de alguém que escreveu "Vou abortar todos os fetos masculinos que eu tiver". É ridículo demais pra levar a sério. E não é nem apologia ao crime, porque a pessoa não está dizendo pra alguém abortar. A pessoa é capaz de nunca engravidar, então não abortar nada. A pessoa é capaz de nem ser mulher. Não faz muito tempo, um texto totalmente FAKE em inglês viralizou entre os reaças americanos. E o texto foi traduzido e divulgado entre os reaças brasileiros também. Era de uma mulher que estava grávida e que, ao saber que o feto era masculino, decidiu abortar. Só um relato falso pra acirrar os ânimos.
Anyway, deletei o comentário das 20:08 assim que o vi, antes de ler seu email. Aliás, o nível de agressividade aqui tá um horror, hein?
Agora com licença, que estou trabalhando.

Anônimo disse...

Eu também quero exijir em todos os blogs ultra-religiosos que eles parem de fazer apologia a violência doméstica. Mas ai não pode né?

Anônimo disse...

Anon das 20:37 ZZZZZZZZZZZZ com Z maiúsculo pra esse seu papo furado. Se quer salvar embriões de serem abortados, sente numa piroca ao invés de tentar meter esse seu pinto sujo em mulheres. Faça sua parte que o resto da humanidade não é da sua conta.

Anônimo disse...



"Eu falo de bichonas enrustidas como vc! "

=> Bichona enrustida também é gay, né ? Decide aí, isso é bom ou é ruim ?



"invés de serem gentis pra conquistar alguma mulher"

=> Pra cima de moi ? Se o comesse mulher o Adriles tinha comido na casa. Mas quem comeu foi o careca putão e safado (por isso sou adepto dessa filosofia). E quem disse que eu distrato mulheres ? A regra número 1 para comer buceta: Mulher não quer que vc diga a verdade, quer que vc diga aquilo que ela quer ouvir.

"Vc deve ser do tipo que deve pagar prostituta q é o ÚNICO tipo de mulher que fica com um ser tão decadente e ridículo como vc!"

=> Nada contra as putas pagas. Como também, rs


"E não adianta me desejar o mesmo porque o ÚNICO anal que fiz na vida, foi com um ex e foi enrabando ele! "

=> Se vc namora com fio-terrista é problema sexual seu. Tenho nada a ver com isso.

Anônimo disse...

Porque ele não exige que prendam ameaças de estupros e morte pelos blogs

Resposta= porque ele gosta de mulheres assassinadas e estupradas, mas não gosta que uma mulher aborte. porque ele deve ser do grupinho do estupradores do piaui que estupram jogam na ribanceira tacam pedras tentando matar, mas graças a Deus as vítimas sobreviveram e os criminosos estão presos e vão sofrer o pão que o demo amassou, tudo que vai volta uma hora é a vez de quem fazer o mal pagar.

Anônimo disse...

ABORTO É CRIME!!!!!!!! E é um crime CONTRA A VIDA!!! E A VIDA É O BEM MAIOR PROTEGIDO PELA CONSTITUIÇÃO FEDERAL DESTE PAÍS!!!

Quem comete ou quer cometer aborto tem que ser PRESA, CASTRADA, e pagar pelo CRIME COMETIDO!!!!!!

E PONTO FINAL!!! NÃO CABE DISCUSSÃO QUANTO A ISTO!!!!!

Anônimo disse...

ai anonimo na boa vc não é engraçado não sabe nem ser troll, fala as mesmas coisas de sempre porque não vai lá na página misógina falar mal de mulher lá que é o teu meio, vc pode falar que vai matar estuprar e todos vão bater palminha pra vc mas com uma mão só é claro a outra é da sagrada punheta.

Se eu fosse você apagava que dá tempo vergonha alheia total

Anônimo disse...

E os indianos que abortam meninas? Ah, perae, são mulheres, então nesse caso o aborto estaria de boa para você...

Anônimo disse...

Aborto é crime nada vocês homens são os que mais abortam punhentando , isso é crime viu, não pode jogar leitinho fedorento fora.
E sexo só pra reprodução então sem camisinha, porque jogar leite fora é crime ,vocês vão é pro #.

Só indianos não todo oriente médio faz isso, há séculos.

Anônimo disse...

Depois desse indominus ae, eu até que posso entender o porque que falaram de abortar fetos masculinos, mulher nenhuma deve ser forçada a cuidar desses misoginos não.

lola aronovich disse...

Ô anon das 20:52, vc já falou, agora chega, né? Ninguém pode ser presa ou castrada por dizer que "Vai abortar fetos masculinos". Aliás, "ser castrada" não existe como pena. Não é permitido por lei, ok? Entenda a diferença: se um cara falar "Um dia vou bater num monte de mulheres", ele é um misógino babaca, mas não está cometendo crime. Se ele falar: "Amanhã, Lola, vou bater em vc", aí é crime. É uma ameaça direta. Se ele bater numa mulher, é crime. Dizer "Bata em mulheres" até pode ser considerado apologia ao crime. Mas falar genericamente é bem difícil de ser considerado crime.

D Stoffel disse...

Indominus Phalus Erectus

É mesmo nada que uma bela porrada na tua cara não resolva, eu tenho unhas bem grandes pra te rasgar sua cara.

LOLA ACHA ESSA DESGRAÇA AÍ E DENUNCIA.

Anônimo disse...

Indominus Phalus Erectus disse...
Para Julia

adoro mulher misândrica
adoro espanca-las
e estupra-las
adoro cuspir nas sua caras
de vadias desgraçadas
e vê-las sangrar até morrer
gorgolejando.

-----------------------------------

Comentario de Sanctus detectado.

sou o cara que tava falando sobre putinhas e phalus erectus. não tenho nada a ver com esse tipo verme aí, bandidão perigoso de teclado ...

a maior mal que eu já fiz a uma mulher foi mentir só pra comer, odeio vermes como esse cara aí a acima. recomendo que não respondam o comentário e esperem a dona do blog apagar.

Anônimo disse...

Post 20:48:
Ok, então, LOLA!

Espero MESMO que a postagem seja somente uma pífia tentativa de trolagem de uma feminista irresponsável e desumana, coisa não muito difícil de se encontrar por aqui!

No mais, bom trabalho pra você, que sabemos que a jornada de trabalho no meio de semana não é fácil!!

Sigamos com nossas divergências de opiniões, dentro da normalidade.

Até nas guerras têm-se um código de honra, que não pode NUNCA ser quebrado. Crimes de guerra não são tolerados, de forma alguma. Vide "O Patriota" e "Coração Valente", de Mel Gibson. Os FDP criminosos de guerra sempre se dão mal. A Honra não deve ser perdida, nunca, nem por homens, nem por mulheres, sob pena de se infligir um mal tão grande dentro de seu corpo que nunca mais será retirado, e vc apodrecerá por dentro, se perder a Honra para ganhar uma batalha.

Atenciosamente,

Anônimo disse...

anom
com um sopro da julia você caí duro
#peso pena
#brocha
#covarde

Anônimo disse...

pAbortar mulheres é visto como algo "normal" pros machos ae ( que depois acabam importando mulheres de outros paises ), mas abortar homens (que pelo menos diminuiria os indices de estupro, violência e guerras) é visto como a pior coisa que ja existiu...

Anônimo disse...

Só indianos não todo oriente médio faz isso, há séculos.

=> Como eles faziam ultra-som séculos atrás ?

Anônimo disse...

Esses caras não são igual as mulheres misândricas porque misândrica nunca vai matar homem, ela vai ignorar essa é a diferença.

Anônimo disse...

Eles asfixiavam o bebe se fosse mulher quando nascia. Tenho certeza de que muitos homens no brasil adorariam matar suas proprias filhas quando nascessem. Homens odeiam as proprias filhas.

Anônimo disse...

Anon das 21:03, larga de ser um romantico idealizador. Crimes de guerra sempre aconteceram e sempre foram bem vistos, varios homens "de familia" estupraram mulheres e escravizaram crianças e continuavam bem-vistos pela sociedade. Para de assistir filme e vá ver a realidade. Nunca existiu honra nenhuma no mundo. Os homens sempre mataram e estupraram e as mulheres sempre abortaram.

Anônimo disse...

Eles asfixiavam o bebe se fosse mulher quando nascia. Tenho certeza de que muitos homens no brasil adorariam matar suas proprias filhas quando nascessem. Homens odeiam as proprias filhas.

=> vc falou em aborto. isso não é aborto, é infanticídio.


seu achismo misandrico é comovente.

Anônimo disse...

Não é achismo. Realmente muitos homens brasileiros não querem ter de jeito nenhum ter bebe mulher. Se estivessem na india, com certeza forçariam a companheira a abortar. Sim é infanticidio mesmo, mas a ideia é de que eles sempre matavam as filhas.

Anônimo disse...

Lembrem-se da regra de ouro da internet

Não alimente os trolls.

Julia disse...

Gente, estou realmente chocada.

~gorgolejando~

Que palavra horrorosa.
Se vai escrever recadinho pra mim que seja a minha altura. E que essa merda seja no mínimo original. E isso não é um conselho, é uma ordem.

Anônimo disse...

Peraí, deixa ver seu entendi.

Mulheres vem aqui dizer entre outras coisas, que:

- Homens são mulheres falhadas por causa do cromossomo Y

- Aconselhar a abortar fetos masculinos

- Homens sofrem "intoxicação de testosterona"

E eu que sou o misógino, simplesmente por que falei em putinhas ?

hahahahhahahahhahahhahahhahahhahahahhahha

É peada ?

Anônimo disse...

Perai, deixa ver se entendi.

-Homens sempre falaram que mulheres deveriam ser relegadas a sub-espécie
-Que bêbês femininos deveriam morrer
-Que mulher é burra e por isso só deveria fazer trabalho doméstico
E agora falam que as mulheres deveriam "parar com a desunião" que deveriam "aceitar os homens". Educadamente, vão se f#der e parar de encher o saco. 22:04, acho que se você não tivesse começado a chamar as mulheres de putas e outras asneiras esses comentarios não teriam aparecido. Se os homens tratam mal as mulheres, não espere que eu vá tratá-los bem. Ah, você mataria sua filha se tivesse filhos ?

Anônimo disse...

Cromossomo Y = pequeno degenerado e deformado amontoado de mutações, acidentes e outros erros genéticos (inclusive a maior parte dos seus genes não tem função nenhuma)

Procurem fotos do cromossomo Y na internet e comparem com o cromossomo X, com o par de cromossomos X e os demais pares de cromossomos do genoma humano (autossomos) que também são perfeitamente homólogos.

Beijos ;*

Anônimo disse...

O nível dos comentários só melhorando hein?

Anônimo disse...

Queria ver todo esse pessoal cara a cara, é tanto machão e tanta mulher forte e independente que seria até engraçado colocar todos juntos e ver quem é mais covarde.

Rê Bordosa disse...

Caramba, eu não via os comentários do blog descerem a um nível tão baixo ha tempos.
Muitos misóginos e transfóbicos. Tem gente que não pode ver polêmica que já começa a baixaria.


Radscum,

To acostumada a te ver falando bosta, mas essa de chamar intersexuais de homens defeituosos foi recordista.
Nível de vergonha alheia acima de 9000!

Anônimo disse...

Muito bem colocado! !!!

Anônimo disse...

Kkkkkkkkkkkkkk

Anônimo disse...

Não faziam, eles esperavam nascer pra matar se fosse mulher. O exemplo mais famoso: China.

Anônimo disse...

Esse post teve a pior caixa de comentários dos últimos tempos!
Mas voltando ao assunto do post: trans não deveriam competir com cis, não é justo!
Intersexuais tem, realmente, uma anomalia genética (pode chamar de" condição especial" ou qualquer outro eufemismo pra ficar politicamente correto mas é um defeito! ). Aí depende da anomalia e da quantidade de hormônios ao longo do crescimento para definir em que time jogar. É raro e pode ser estudado individualmente.
Sacanagem é colocar trans para lutar contra cis!
Mulher é boba mesmo com essa coisa de querer sempre incluir....eu estou cada dia mais radical no meu feminismo (e olha que eu me descobri feminista há 6 meses aqui no blog!).

Anônimo disse...

Só pra esclarecer: uma coisa são trans (não deveriam competir com cis) e outra inter (deve ser estudado cada caso).

Anônimo disse...

A pergunta do post: o que nos define como mulheres no esporte?
Resposta1: hoje em dia o que os homens que coordenam as comissões de cada esporte acham.
Resposta 2: deveria ser ter perfil biológico XX.
Boa noite.

Anônimo disse...

Na verdade não existe realmente esse negócio de cis nem de trans.

Porque não existe identidade de gênero, o que existe é a opressão de gênero que nos enfiam goela abaixo pela socialização que recebemos desde o momento que identificam o sexo com que nascemos.

radscum disse...

Lola, vem aqui.
Tá vendo a Rê Bordosa? Tá apaixonada por mim. Tá querendo "me comer" como diz a libfem Raven. Ela me persegue em todos os posts. Não sou eu quem está dizendo que intersex são homens defeituosos, meu bem, quem diz isso são os biólogos. Eu li isso no livro da Germaine Greer. Aliás, ela apoia aborto não só para bebês do sexo masculino, mas bebês do sexo feminino. Eu apoio essa seleção por sexo, se o cristão ali em cima quiser caçar meu IP fica a vontade. Parece que na Inglaterra você não pode abortar a criança só por causa do sexo. Numa palestra que assisti, Germaine conta que uma mulher teve 5 filhas tentando realizar o sonho do marido (que era ter um filho homem), na 6a gravidez quando ela descobriu que era menina de novo ela ficou inconsolada e como não podia abortar por causa do sexo, ela mesma tentou com um cabide e morreu. O que eu defendo é aborto livre na demanda, gratuito, em qualquer época e em qualquer caso, mesmo que seja só por causa do sexo da criança. Lembrando que isso ainda não seria o bastante, nós não precisamos de reforma, precisamos de revolução. Se o mundo fosse mais gentil com as mulheres com filhos, a gravidez não seria um empecilho tão grande na vida da mulher e consequentemente mesmo os abortos não seriam tão necessários. É por isso que eu sou definitivamente uma radical e uma anarquista, não uma reformista liberal. Houve uma mulher negra e periférica que sequer pode fazer a prova do enem acompanhada de seu bebê de colo. Lembro que no meu facebook ainda tinha gente de "esquerda" zoando a mulher (!) É por isso que eu cago e ando quando alguém diz que é de esquerda ou direita pq hoje em dia é tudo a mesma bosta liberal hipócrita elitista. Da mesma forma que se alguém se dizer feminista, pra mim não significa porra nenhuma se ela não tiver postura. Sinto vontade de matar esquerdistas pós-modernos e progressistas de mente burguesa assim como quero matar os de direita. É impossível haver transformação completa num sistema neoliberal/capitalista. Deveria haver berçários em universidades, escolas, boas creches para todas as crianças de qualquer idade, escolas integrais públicas, bons salários para mulheres (os salários de homens e mulheres não deviam ser iguais, mas os das mulheres deveriam ser até maiores, não só pq são elas que criam os filhos, mas pq vivem a jornada dupla casa x trabalho).

Anônimo disse...

Ixi rad, mas nesse mundo bom aí as tarefas teriam que ser divididas igualmente entre homens e mulheres, ou não?
Tava indo bem até defender salário maior para mulheres. .....

Anônimo disse...

Muito complicado pois se uma mulher trans transicionou apenas após a puberdade, muitas características como uma maior massa óssea ou muscular em relação a mulherea cis,adquiridas nessa fase, não vão desaparecer por completo e vai configurar muitas vantagens em relação às mulheres cis :(

Rê Bordosa disse...

Radscum,

Te comer eu não topo não, canibalismo não é minha praia... Nem to apaixonada, pois já tive minha cota de relacionamentos com gente fanática e dá trabalho demais.
Mas já que vc ta carente, eu posso oferecer um abraço fraternal. Quer um abraço?
Ah! Tb posso te oferecer um emprego de comediante. Adoro rir das suas piadas.
Exemplo:

"os salários de homens e mulheres não deviam ser iguais, mas os das mulheres deveriam ser até maiores, não só pq são elas que criam os filhos, mas pq vivem a jornada dupla casa x trabalho".

"Feminista" defendendo que é papel das mulheres fazer jornada dupla e criar os filhos ao invés de dizer que o homem deve assumir as responsabilidades pelos filhos também.
É sério isso? Não né?
Kkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkk

Anônimo disse...

Perfeito o comentário de 8:14!
Parece que a galera, na boa vontade da inclusão, se esquece de coisas simples e determinantes como hormônios. ...

Rê Bordosa disse...

Obs:

Radscum, o emprego é seu, mas tenta pegar leve nas piadas que chamam pessoas intersexuais de defeituosos e mulheres de vadias, porque aí é humor nível CQC, perde a graça.

Anônimo disse...

Cadê a Raven que no post passado tava tão ofendida com o "transracial"?
É só porque você é negra mas não faz esporte, Raven?
Não vai se ofender dessa vez?

Anônimo disse...

Intersexuais nasceram com um defeito no código genético! É fato!

Rê Bordosa disse...

Anônimo 08:31

Gostei do comentário 11:48

"Acredito que pelo menos pesquisas cientificas sobre o assunto fossem financiadas pelos comitês de esportes, afinal é sim de interesse deles os rumos que estão sendo tomados."

Essas pesquisas definiriam até que ponto hormônios interferem no desempenho do atleta. À partir daí, competidoras seriam classificadas com critérios científicos e não por achismo masculino. Não seriam obrigadas a procedimentos invasivos e humilhantes como ficarem nuas na frente de um bando de macho babão.

Rê Bordosa disse...

Gente preconceituosa tem defeito no caráter! É fato!

Anônimo disse...

radscum

Você não passa de um psicopata, uma doente mental e perigosa, já matou alguém ou ainda vai matar? É burra e contraditória também """"""feministas"""""" como você tem mais é que se foder, você é inimiga de todas as mulheres, quem lhe outorgou o direito de falar por todas nós? O Instituto as Vozes me Disseram?

Como alguém pode dizer essa merda:

"O que eu defendo é aborto livre na demanda, gratuito, em qualquer época e em qualquer caso, mesmo que seja só por causa do sexo da criança."

E em seguida dizer isso:

"Deveria haver berçários em universidades, escolas, boas creches para todas as crianças de qualquer idade, escolas integrais públicas..."

Isso é um sintoma de mente confusa de doente mental, procura um tratamento, porque tá foda.

Anônimo disse...

Qual a opinião das TERF sobre isso?

Anônimo disse...

Ps.

Eu não sou contra o aborto, só acho que o sexo do feto não deve ser um critério, tem muita mulher que não gosta de meninas, prefere meninos, ela não deve ter o direito de matar a própria filha a seu bel prazer, isso É leviandade e uma completa loucura. Aborto só deve ser provocado em ultimo caso, porque é um mal para as mulheres também e é por isso que eu digo, você não é feminista nem aqui nem na casa do caralho, sua demente.

VOCÊ É INIMIGA DAS MULHERES E DEVE SER SILENCIADA PARA O BEM DE TODAS, ENTÃO APENAS PARE.

Anônimo disse...

Não é preconceito de forma alguma!
Mas é uma alteração genética, só isso.
Veja bem, eu estou falando de Intersexuais, aquelas pessoas que não se encaixam no XX ou XY. É uma alteração genética poxa! Inclusive, muitas vezes, vem acompanhada de uma série de patologias.

donadio disse...

"Crimonosa? Esquerdista não gosta de democracia mesmo.
Vivemos em um mundo liberal, e ninguém entra no ringue porque é obrigado. Eles estão lá porque querem, porque gostam, porque tem publico, porque ganham para isso. Os lutadores são adultos com pleno poder de decisão, e ciente das conseqüências de seus atos. Além de ser uma liberdade de escolha, faz parte da lei do mercado. Proibir esse tipo de esporte seria uma medida reacionário e anti-democrática.
"

Não há nada de anti-democrático nisso. Ou você defende a legalidade de torneios de roleta-russa? Ou, quem sabe, como seu ídolo Murray Rothbard, você é a favor do livre comércio de bebês? (https://mises.org/library/children-and-rights)

As regras do "jogo" são insanas. Não quero defender o boxe, que considero outro tipo de brutalidade organizada, mas pelo menos a regra é clara: quando um cai, a luta pára. Nesse caso, o que a gente vê é uma pessoa montada em outra, durante 45 segundos, batendo sem parar, sem que a luta seja interrompida. É óbvio que semelhante barbaridade não pode ser permitida, esse tipo de luta precisa ser ilegalizada.

Criminoso deveria ser rodeios, rinhas de cães e galos, tortura de animais por diversão, na qual você em diversas ocasiões demonstrou ser a favor. De qualquer forma, ética e coerência não é algo que faz parte do vocabulário de petista."

Acho que você está me confundindo com alguma outra pessoa. Não acho que tortura de animais por diversão deveria ser legalizada. Mas isso - e acho que essa é a fonte de sua confusão - não tem nada a ver com "direitos" dos animais.

O que eu já manifestei diversas vezes é que o direito dos praticantes de candomblé sacrificarem animais nos seus cultos é isso mesmo - um direito - e que usar de argumentos piegas a respeito dos "pobres bichinhos" (levantados por gente que não tem problema nenhum em esmagar pulgas, moscas, baratas) para justificar a perseguição religiosa é preconceituoso e hipócrita.

Entendeu, mercador de crianças?

Anônimo disse...

Quando você fala em matar a própria filha....oh.....Já está se colocando contra o aborto!
Tudo bem ser contra mas não comece o discurso com "eu não sou contra"...que fica feio e mentiroso!

donadio disse...

"Quando as mulheres tiverem o controle total da reprodução, terão que, por exemplo, produzir bebês cegos em nome de um discurso de suposta "defesa da diversidade"?"

Suponho que elas devam poder escolher. Caso contrário, não vejo muito bem como elas teriam o "controle total da reprodução" - haveria alguém (quem?) mandando elas abortarem se estiverem grávidas de bebês deficientes, não é?

Anônimo disse...

Analfabeto funcional, eu disse que deve haver critérios mais objetivos, que não seja o sexo do feto, senão vira bagunça, aborto penas em ultimo caso sou a favor, em qualquer circunstancia não. Entendeu ou quer que eu desenhe?

Anônimo disse...

Re Bordosa,
eu gosto muito dos seus comentários (e adoro o personagem do Angeli!). Mas hoje eu não entendi a sua indignação com o(a) anom que disse que intersexuais tem um defeito genético. Foi por causa da palavra defeito? Porque o conceito é realmente esse, não?
Desculpe, não quero ser grosseira mas eu realmente não entendi.

Anônimo disse...

Aborto "só em último caso" é o mesmo que ser contra.
Não precisa desenhar nem ser grosseira assim gratuitamente.

donadio disse...

"Homens odeiam as proprias filhas."

Eu sou homem, tenho uma filha, e você está profundamente enganada.

Rê Bordosa disse...

Anônimo 09:15

"Alteração" genética é diferente de "defeito".
Defeito é um termo pejorativo. Os próprios cientistas vem adequando seus termos técnicos para evitar mal estar e julgamentos aos indivíduos. A sociedade como um todo vem se adequando para melhor inclusão.
Exemplos:

"homossexualismo" -> "homossexualidade"
"perversão" -> "parafilia"
"deficiente" -> "portador de necessidades especiais"

Dizer que é ok chamar alguém de defeituoso é que nem dizer que é ok chamar uma pessoa sem um braço de aleijado ou um homosexual de bicha, afrodescendente de crioulo e mulher de parideira. É desnecessário e pejorativo.

Rê Bordosa disse...

Anõnimo 09:27,

A Radcum tb tem um histórico aqui no blog de transfobia e ódio a qualquer um que não tenha nascido com um aparelho reprodutor feminino completo... Se outra pessoa tivesse falado "defeito" eu até poderia pensar que foi um ato falho e não para ofender.

Anônimo disse...

Eu tenho uma irmã com a síndrome de Turner, que é considerada uma das condições intersexuais.
Ela tem diversos problemas de saúde decorrentes disso (mal funcionamento dos rins e problemas no coração).

Donatien Alphonse François disse...



donadio disse...

"esse tipo de luta precisa ser ilegalizada"

Você não gostar de lutas é um direito seu, eu não gosto de futebol por exemplo, mas querer que seja ilegalizada, epenas porque fere a sua sensibilidade é exagero, a meu ver. Então a vontade dos atletas de participarem desas competições não importa para você? Só importa que isso te incomoda, nada mais?

Essas são algumas da regras, tem muito mais:

http://br.ufc.com/discover/sport/rules-and-regulations

A) As seguintes ações são considerados faltas em uma competição ou exibição de artes marciais mistas, e podem resultar em penalidades, sujeitas ao critério do árbitro, se cometidas.
Dar cabeçada
Qualquer tipo de golpe que coloque o dedo no olho
Morder
Cuspir no adversário
Puxar os cabelos
Aarrar pela boca
Qualquer tipo de ataque à região genital
Manipular juntas pequenas
Golpear com o cotovelo de cima para baixo
Golpear a espinha ou parte de trás da cabeça
Golpear os rins com os calcanhares
Qualquer golpe na garganta, incluindo, sem limitação, agarrar a
Agarrar, beliscar, torcer a pele ou carne
Agarrar a clavícula
Chutar a cabeça de um adversário caído
Aplicar joelhadas na cabeça de um adversário caído
Pisar em um adversário caído
Segurar a cerca
Segurar os shorts ou as luvas do adversário
Usar linguagem abusiva no ringue ou área de luta
Usar conduta anti-desportiva que possa causar danos ao
adversário
Atacar um oponente no intervalo
Atacar um oponente quando este está sob cuidados do árbitro
Atacar um oponente depois de o gongo ter tocado no final do round
Timidez, incluindo, sem limitação, evitar contato, deixar cair o protetor
bucal intencionalmente e consistentemente, ou simular contusão.
Arremessar um oponente para fora da área de luta
Desrespeitar as instruções dadas pelo árbitro
Arremessar o adversário contra a lona sobre sua cabeça ou coluna
(bate estaca)
Interferência de um cornermen
Aplicar qualquer substância estranha no cabelo ou no corpo para obter
vantagem
B) A desqualificação poderá ocorrer se houver qualquer combinação de faltas, ou se o lutador for flagrado em uma falta, sujeita ao critério do árbitro.

Mas de qualquer forma, eu respeito a sua opinião, só não concordo com ela.

Anônimo disse...

Entendi!
Obrigada pela explicação :)

Anom 09:27

Anônimo disse...

Credo! Essa lista é horrível!
Eu concordo com o donadio: um absurdo luta ser esporte!

Rê Bordosa disse...

Donatien,

Quando se fala em MMA as pessoas tem no imaginário ainda a ideia de "luta clandestina de garagem" onde "vale tudo". Mas quem já treinou sabe que existem regras e técnicas.
Quem entra em um ringue profissional não é nenhum coitadinho. Eles não param um zé mané ali na esquina sem preparo e jogam no ringue contra a vontade dele... Os caras são casca grossa, treinam pesado e não estão ali obrigados, amam o que fazem.
Para o leigo é só pancadaria, "uma pessoa montada em outra, batendo sem parar". Mas ignoram que existe um sistema de pontos, árbitros, equipe de fiosiologistas e paramédicos à disposição... E os caras não estão só "montados", ali há uma elaborada técnica de luta (quem fez jiu-jitsu sabe).
Proibir MMA é cercear a liberdade individual de quem optou por estar ali.

As pessoas vêem um tema que não gostam e já aproveitam pra pegar um gancho dizendo "não gosto, proíbam". Mas a questão não era proibição de nada, era determinar se é justo mulher cis lutar com mulher trans.

Ah, e comparar MMA com rinha de animais façam-me o favor... Humanos podem consentir, animais não. São coisas bem diferentes. É igual comparar BDSM com zoofilia.

Rê Bordosa disse...

Muitos atletas profissionais aposentados, de várias modalidades, tem lesões sérias em consequência do esporte. Nós vemos um ginasta lindo, girando, leve como uma pluma e nem imaginamos como os discos da coluna dele estão ferrados de tanto impacto.
Tem nadador aposentado viciado em analgésico.
Bailarinas vivem sobre um estresse físico e psicológico tenso, muitas sofrem de depressão, ansiedade, distúrbios alimentares e vícios.
Nos esportes radicais não são raros os acidentes com lesões permanentes.
Alguém aí ta interessado em acabar com o esporte profissional? Não, né? Porque é lindoooo. Porque só a parte linda aparece para o público, o sofrimento ta escondido... Enquanto no MMA pode ser feio, esteticamente são marmanjos de shortinho colado e orelhas estouradas se atracando.

Poxa, minha gente. Vamos parar de tentar cercear a liberdade individual com base nos gostos pessoais.

Donatien Alphonse François disse...



Rê Bordosa disse...


"deficiente" -> "portador de necessidades especiais"

Já foi comentado aqui no blog da Lola, que o termo deficiente não é pejorativo, uma pessoa cega é portadora de deficiência visual, ela não tem necessidades especiais, na verdade ela precisa das mesmas coisas que qualquer outra pessoa precisa, ou seja, comer, beber, dormir e demais necessidades fisiológicas.
Dito isso, também gosto dos seus comentários, você é uma das pessoas mais lúcidas e coerentes que comentam aqui, sempre vale a pena ler.

radscum disse...

"Poxa, minha gente. Vamos parar de tentar cercear a liberdade individual com base nos gostos pessoais."

hahahahahaha vida a liberdade, viva a propriedade, viva o capitalismo!

O PESSOAL É POLÍTICO, phopha!

Donatien Alphonse François disse...

"Credo! Essa lista é horrível!
Eu concordo com o donadio: um absurdo luta ser esporte!"

Pelo menos você entendeu que a lista é de tudo que NÃO pode, ou seja, que é de tudo que é proibido? Se não gosta, não assista, simples assim.


Rê Bordosa

Você disse tudo, atletas profissionais vivem se machucando e não são poucos os que se viciam em substancias muitas vezes ilegais, se fosse como as pessoas "sensíveis" querem tudo seria proibido. Quando era mais jovem, fui convidado para fazer lutas de MMA, nunca aceitei, poderia ter feito carreira, ficado rico e famoso, na melhor hipótese, na pior teria morrido, com liberdade de escolha preferi a vida acadêmica. E que cada um faça o que quiser com a própria vida.

Rê Bordosa disse...

Valeu, Donatien!

Até a época da faculdade eu usava o termo "deficiente". Quando estávamos fazendo projetos de acessibilidade (rampas, sinalização, etc) a orientadora corrigiu dizendo que o termo técnico era "portador de necessidades especiais", a "necessidade" no caso era de equipamentos públicos adaptados. Um rapaz com quem conversei, que usa cadeira de rodas, também me disse que preferia esse termo, então eu passei a usar.
De qualquer forma a ideia é que estou disposta a usar o termo que o indivíduo ou grupo de indivíduos preferir. Não custa usar termos que promovam inclusão ao invés de exclusão (a menos que eu tenha liberdade pra isso e seja uma piada interna ou queira ofender deliberadamente).
Da vergonha alheia ver pessoas usando em tom de deboche termos pejorativos.

Rê Bordosa disse...

Donatien,

Eu treinei artes marciais por alguns anos. Estive muuuuito longe de ser profissional. Eu não era boa nisso, sempre fui muito descoordenada... Eu era o "saco de pancadas" da galera, mas adorava, kkkkkkkkkkkkkkk.
Hoje não tenho mais muito tempo nem preparo físico pra isso, mas lembro com saudade dos treinos.

Gle disse...

Oi, gente. Fiquei sem acesso ao blog no trabalho de novo. Ainda bem que existe celular.

Estou chocada com essa coisa de ter que comprovar ser mulher. Eu, sinceramente acho que gênero pra casos de esportes, deve ser definido com a identidade mesmo. Vc passa por vários exames e cientificamente comprovam se vc é do sexo feminino ou masculino ao nascer. Pode parecer preconceituoso (talvez até seja), mas acho muito constrangedor vc ter que "provar ser mulher" para participar de esportes.
Alias, nunca vi um homem se submeter a exames pra comprovar que é homem e poder jogar. Enfim.

Tô triste que o Brasil não valoriza o futebol feminino, sendo que estamos Super bem colocadas na Copa deste ano. Nem se compara a baderna da Copa do ano passado, aqui no Brasil. Vai entender!

radscum disse...

Anon 7:58
Como a "Rê Bordosa" quis tentar fazer parecer, eu não disse que é obrigação só das mulheres criar os filhos e fazer a 'jornada dupla', mas enquanto o patriarcado
não for destruído, essa é uma triste realidade. Então, num mundo neoliberal/capitalista e desigual eu acho que mulheres devem ganhar mais que os homens, sim.

Ai, Anon 8:57/9:08
Pensa o que você quiser. Eu continuo achando que o aborto deve ser livre na demanda, gratuito e seguro, não importa a época ou o motivo da demanda. Até como método contraceptivo, inclusive, caso fosse a vontade da mulher. Se você acha que seria uma violência contra a mulher e caso vc seja mesmo uma, não faça. Se uma mulher quisesse aborto como método contraceptivo, quem seria você pra impedi-la? Afinal, queremos ou não queremos uma sociedade livre, onde as pessoas possam fazer o que quiser com o próprio corpo?
Se você acha que eu não sou feminista pq eu achei um absurdo uma mulher ter 5 filhos na tentativa de ter um menino e morrer tentando fazer um aborto por conta própria na 6a gravidez pq era menina de novo e na Inglaterra não permitem abortar legalmente se for só em função do sexo do feto e acha um absurdo que eu queira que os governos sejam mais gentis com as mulheres que já são mães qd digo que "deveria haver berçários em universidades, em escolas, boas creches para todas as crianças de qualquer idade, escolas integrais públicas...etc", é pq vc quem precisa rever esse feminismo aí, hein. Pensei a mesma coisa que o Anon das 09:19 e 09:31. Se você não for macho, deve ser cristã ou a pós da pós-feminista liberal. Vai catar coquinho, vai.

donadio disse...

O futebol feminino é mais lento que o masculino. E de fato, parece o futebol masculino de 40 ou 50 anos atrás.

Na minha opinião, isso o torna mais agradável de ver do que a correria desenfreada do futebol masculino.

Mas fazer o quê, eu sou um fã confesso da seleção sueca de 1994 - lenta, elegante e fatal.

Anônimo disse...

Dat comments.... so much love!

Raven Deschain disse...

Primeiro: boa tarde anon.

Segundo: vai se foder que não sou tuas negas nem teus bibelôs pra vc vir me cobrar alguma coisa. Se quiser que eu dê minha opinião sobre tudo o tempo todo, me pague que conversaremos, antes disso, vai chupar um pirulito, criar passarinhos, ver mato crescer e larga do meu pé, porra!! !

Donatien Alphonse François disse...


Rê Bordosa

Novamente tenho que concordar com você, o que eles preferirem é o que conta.
Quanto as artes marciais, eu nunca fui muito bom nisso, mas tinha muita força e ainda tenho, então mesmo que me acertassem não adiantava muita coisa. kkkkkkk Já os meus filhos, tanto os meninos quanto as meninas, gostam bastante, cada um faz pelo menos duas artes marciais, seja para defesa pessoal ou como recreação mesmo.

Rê Bordosa disse...

Bacana, Donatien!
Eu queria ter começado a treinar desde criança (talvez assim eu tivesse desenvolvido mais habilidade, rs). Na minha infância, na onda do karatê kid, eu implorei pro meu pai pra me deixar treinar karatê e ele disse que não porque achava aquilo violento e tinha medo que batessem em mim, filhinha única, rsrs. Só uns anos mais tarde fui conseguir fazer boxe chinês, kung fu, MMA e Jiu-jitsu. É bom demais! Melhorou minha auto-estima, me fez descobrir que sou mais forte do que imaginava, além do que, dá disciplina e desestressa. Eu saia do tatame de alma lavada!

Donatien Alphonse François disse...



Rê Bordosa

Comecei ensinando eu mesmo a minha filha mais velha, porque um menino bateu nela na escola, ela tinha 8 naos, depois a matriculei junto com o irmão numa escolinha de caratê, pouco tempo depois o jiu-jitsu se tornou popular e eles foram estudar por inciativa própria. Agora todos os cinco fazem MMA combinada com outra arte marcial. É muito importante para mim e para as mães deles que eles saibam se defender sozinhos, mas nunca aceitei que se envolvessem em confusão, felizmente quanto a isso não tenho muito o que reclamar, são muito disciplinados. E isso a meu ver é a melhor parte de se fazer artes marciais quando se é criança, influencia em tudo na vida, nos estudos, nas relações sociais, no trabalho.

Raven Deschain disse...

Rê, boxe chinês é o mesmo que Tai-chi?

Rê Bordosa disse...

Donatien,

Parabéns pela iniciativa de ensinar sua filha a se defender e tratar seus filhos de maneira igual ao invés de dizer "meu filho vai lutar pq tem que ser valentão e minha filha não faz luta pq não é coisa de menina".
E realmente, artes marciais ensinam disciplina. Quando meu professor descobria que algum aluno tava brigando na escola/rua era castigo certo.

Raven,

O boxe chinês é a luta/combate com técnicas de kung-fu. O Tai Chi muitas vezes complementa a prática do kung fu, aprimorando a técnica e a concentração, podendo ser praticado associadamente.
Explicando a grosso modo, boxe chinês inclui técnicas de socos, chutes, joelhadas e quedas, semelhante ao boxe tailandês.

Raven Deschain disse...

Hua hua parece dolorido. Me interessei por Tai-chi um tempo atrás, mas Curitiba.. ah decepciona as vezes.. .

Rê Bordosa disse...

Um pouco dolorido, Raven, mas eu me divertia.
:D

Donatien Alphonse François disse...



Rê Bordosa

Eu não tenho essas ideias idiotas mesmo não, não criei minhas filhas para serem capacho de ninguém, nem meus filhos para serem dependentes de mulher, desde de criança tem que aprender a se virar, fazer tarefas domésticas, se defender e nunca abaixar a cabeça para ninguém. No começo minha mulher achou estranho, porque vem de uma família tradicional, mas com o tempo foi entendendo que é melhor assim, filho a gente cria para o mundo e eu sei muito bem como o mundo trata as mulheres.

Rê Bordosa disse...

Concordo totalmente, Donatien!

Cão do Mato disse...

Prezada Sophia, é claro que fazem a mesma coisa com os homens! A separação dos boxeadores, por exemplo, por categoria de peso, é uma forma de evitar injustiças, como colocar um peso leve ou médio pra lutar contra um peso pesado. Trans deveriam competir com Trans! Fim.

Anônimo disse...

Anonimo que disse que a Rasdscum é indoerente por defender o aborto e creches ao mesmo tempo? Tu é doente mental ou que?
Ela, como a maioria das pessoas que defende o aborto, quer a autonomia da mulher, mas quer que uma vez que a criança nasça, tenha toda assistencia. Que doidera essa sua.

Outra coisa: eu também sou totalmente a favor do aborto por sexo. Veja bem: se a pessoa NAO QUER um menino, ou uma menina, não sei porque forçar isso a pessoa. Igual no paquistao ou putros paises que as pessoas tem filhas e abandonam, maltratam, fazem de escrava. melhor não te-las, pois poupa muito osofrimento a essas meninas.

Anônimo disse...

Acho engraçado esses homens que acham que mulheres não devem fazer coisas que foram criadas por homens, qual o fundamento disso? De onde tiraram essa regrinha? E sempre escuto isso de homens fracassados, com inteligência mediana, recalcados que estão longe de inventar qualquer coisa na vida, então se apegam a essa ideia sem o menor sentido, "apesar de eu ser um bosta incapaz de inventar qualquer coisa, pelo menos sinto um pouco de orgulho por saber que pessoas brilhantes pertenciam ao mesmo sexo que eu", deve ser um alívio em suas vidas medíocres, coitados.

Os que realmente inventam alguma coisa sempre dedicam sua invenção à humanidade, formada por homens e mulheres, não a uma parcela dela.




Anônimo disse...

20:51, e olha que só foi assim porque as mulheres eram proibidas de trabalharem e estudarem.