domingo, 22 de fevereiro de 2015

"NOSSA VIDA NÃO GIRA EM TORNO DE UM SACO"

No guest post da Tuany sobre a novela das 7, um tal de Marcos deixou este comentário confuso:
"Cadê o absurdo? Retratar mulheres desse tipo não pode? Não existem? Que armam para prejudicar homens, brigam por causa de homem. Tem que fingir que todas são fodonas e feministas? kkkkk Infelizmente para vocês, a realidade é essa. Como disseram aí, só é absurdo retratar o que tem de pior nas mulheres, esculachar os homens em novelas, como se todos fossem psicopatas traiçoeiros, tá valendo, não revolta tanto. Comendador já foi estuprado pela maria marta pobre indefesa oprimida pelo patriarcado. E sofreu outra tentativa de estupro. Também não podiam ter passado né, já que estupradoras nâo existem."

Uma comentarista anônima (podia ter assinado!) respondeu brilhantemente:

"Marcos, meu caro:
Claro que pode-se retratar mulheres que armam pra prejudicar homens. O problema é que há séculos, nas novelas, são SÓ as mulheres que prejudicam os homens, enquanto que na vida real quem mais ferra os homens são outros homens. As mulheres reais têm mais o que fazer da vida do que ficar orbitando em torno de macho e arquitetando planos maléficos pra ferrá-los porque ele disse que não gostou do cabelo dela. Nossa vida não gira em torno de um saco.
Problema nenhum em retratar mulheres que brigam por causa de homem. Mas isso devia ser mostrado como algo errado, não como a coisa 'certa' e 'natural' a fazer, que é como roteiristas babacas fazem. Aliás, quem mais briga por causa de sexo e relacionamento são homens. 
Brigam com as mulheres que não os quiseram, com os homens que elas quiseram em vez deles, com xs amigxs que apoiaram o romance da mulher com outrem, até com o cara que eles ACHAM que a mulher preferiu a eles. E, não raro, essas brigas terminam em morte porque o psicopata mimadinho não pode aceitar que alguém rejeitou seu precioso pênis. Nossa vida não gira em torno de um saco.
Não é problema que retratem mulheres machistas. Mas não mostrar a verdade: elas são desrespeitadas, agredidas, violentadas, não têm nenhuma empatia do clube do bolinha e em geral terminam mal. Enquanto na novela mulher machista é a heroína recompensada com um belo casamento, um noivo rico e que a trata como uma princesa, na vida real os homens machistas veem essa mulher como objeto, coisa, brinquedinho, do mesmo jeito que veem as 'vadias', e na hora que ela der um passo em falso na linha que a define como santa, ela vai virar p*ta e ser tratada como tal porque não agiu como os homens queriam que ela agisse. Nossa vida não gira em torno de um saco.
Não é absurdo retratar o que tem de pior nas mulheres. O absurdo é reduzir as mulheres a SÓ ISSO. Quantas vilãs eram más SÓ porque odiavam as mocinhas mais jovens e mais bonitas (boazinhas sonsas e machistas) enquanto na vida real nem a mulher mais massacrada por essa busca de uma beleza irreal é tão limitada como essas vilãs unidimensionais. Quantas mulheres competiram com um homem de forma honesta por poder nas novelas, enquanto na vida real as mulheres tem que brigar com homens pra se provar numa profissão, numa faculdade 'tipicamente' masculinas, e ainda sofrendo desrespeitos e abusos? 
Quantas vilãs são as que deram 'golpe' no homem quando na vida real são os homens que engravidam as mulheres porque não se preveniram e preferem que o filho passe fome a pagar um centavo de pensão, como se só o que importa fosse a vontade deles de gozar sem assumir responsabilidades? Nossa vida não gira em torno de um saco.
Se o comendador foi estuprado e zoaram, não levaram a sério, foi tratado como besteira, não venha culpar o feminismo. Quem diz que homem não pode recusar sexo, se recusar é viado e não acredita que homem pode ser estuprado é o machismo. Já viu alguém aqui dizer que homem não pode ser estuprado? Já viu alguém aqui dizer que homem estuprado é viado chorão? Não, provavelmente não. Mas machista dizendo isso com certeza você já viu de penca. Machista é desesperado pra se provar macho comendo todo mundo e fica revoltadinho quando descobre que a vida dos outros não gira em torno de um saco, menos ainda do dele.
Resumindo: o problema é retratar as mulheres como se nossa vida fosse fundamentada num homem, girasse ao redor de um homem e por causa de um homem fôssemos capazes de esquecer nosso caráter e empatia por outros e outras, e fazer maldades. O problema é retratar mulheres como más e selvagens que só podem ser 'civilizada' e felizes se um homem der um 'corretivo' nelas, seja com violência física ou premiando-a com sua p*ca de ouro. Por fim, NOSSA VIDA NÃO GIRA EM TORNO DE UM SACO, e é absurdo retratar as mulheres como se nossa vida girasse em torno de um saco. Entendeu, fofo?"

74 comentários:

Vanessa disse...

Respondeu "brilhantemente" na base da mentira.
Geralmente só homens ferram homens na realidade? Então vocês devem viver em outro planeta.Sou feminista,não sou cega.
Novelas raramente tem personagens decentes,seja homem ou mulher,reclamar que só mulher é mal vista é ridículo.

Andrey Brugger disse...

Sensacional!

Anônimo disse...

Mas infelizmente a vida de muitas mulheres gira em torno de um saco. Estou cansada de ver filmes onde a preocupação das personagens eh um carinha. To cansada de chegar em um lugar e as mulheres ficarem se olhando de cima abaixo. To cansada desse papinho de academia, de aparência soh pra agradar aos homens. To cansada de sempre acharem que pra uma mulher ter bens materiais ela precisa de um "marido rico" como se não tivesse competência de conseguir as coisas pelo seu próprio merito. To cansada de não ter mais nada pra conversar com outras mulheres, de não ter assunto com a maioria delas. E to cansada de tanta superficialidade de algumas delas. Sou mulher e mal consigo conviver com outras mulheres.

Itárcio Claudicando Ferreira disse...

Aplausos, a resposta da anônima.

Anônimo disse...

Concordo com anon de 13:06,novela retrata bastante a realidade,vocês juram que não é assim,mas acho que só devem se relacionar com feministas,eu não conheço nenhuma além de mim.As mulheres no meio onde vivo,só sabem falar de homens,falar mal de outras mulheres,se fulana é bonita ou não,se é vadia.Querem cara com grana,essa é a realidade infelizmente.

Anônimo disse...

Exatamente. Nas novelas, raramente existem homens decentes. O mesmo para mulheres.
-
OFF topic. O que acham desta propaganda aqui? https://www.youtube.com/watch?v=kAwtFFS5ov8

Anônimo disse...

Engraçado que a veracidade do fato de homens sempre serem retratos como a escória nas novelas,não é contestada,porque é a "realidade",mas mulheres sendo a escória tem que contestar,afinal é tudo mentira.
O feminismo perde credibilidade por isso,sempre vitimizando mulheres e homens sendo demonizados.Como eu não vivo no mundo distorcido que vocês criaram para validar seus argumentos,eu sei que tem muito homem podre sim,assim como também tem muita mulher podre.

Anônimo disse...

Anônima das 13h06 - Seu comentário poderia perfeitamente se referir ao sexo masculino. A superficialidade reina na nossa sociedade e cultura. É difícil ter assunto com quase todo mundo hoje. Nossa sociedade está doente. Egocêntrica, egoísta e muitos outros 'egos...'.

Não se iluda, as conversas no clube do bolinhas são superficial e vazias também, pra pegar leve nos adjetivos.

E concordo com a Vanessa: raramente tem personagem decente em novela, homem ou mulher. As mensagens passadas são TODAS erradas!!! Claro que as mulheres sofrem mais, mas não é privilégio da televisão.

Anônimo disse...

apesar do título, nunca vi um guest post com tanto saco :)

Anônimo disse...

Pior que o Marcos tá certo,homens canalhas é realidade e mulheres canalhas é fantasia?Podem argumentar e rebater o quanto quiserem.
E a vida de muitas mulheres gira em torno de um saco,infelizmente,melhor ainda se o dono do saco tiver poder,status e muito,muito dinheiro.O sucesso desse lixo intitulado Tons de Cinza está aí só pra comprovar isso.

Musicista Feminista disse...

AAAAAAAAF, o povo dos comentários aqui fica baseando a vida real nos filmes.
Filmes são pra vender gente, ou vcs concordam que o Brasil é somente uma selva e todos aqui vivem no meio de macacos? Se formos aceitar a realidade dos filmes, é assim que nós vivemos.

Feminismo demoniza os homens...tadinhos gente! Não entendo tamanho talento para se fazer de vítima! Uma pouco de empatia é bom sabe, se colocar no lugar dos outros e entender que vc não é o centro do mundo.

Na minha família eu sou a única mulher que não vive em torno de um saco, mas não culpo as outras mulheres. Minhas tias e avós não viveram na mesma época que eu, e não tiveram oportunidade de dizer não a muitas coisas que tive.

Musicista Feminista disse...

Reconhece que muitas mulheres são mal retratadas nas novelas não significa excluir os homens que também são.
E novelas são escritas na maioria das vezes por homens que viveram os "anos dourados da família tradicional" sabe, essa é a única visão de mundo que têm. O que significa que eles estão retratando os homens bem mal, não nós. Reclamem com o Agnaldo Silva.

Anônimo disse...

Eu não entendo com as pessoas acham que reconhecer que as mulheres são mal retratadas significa excluir os homens que também são. Queria saber se em algum momento iremos lutar juntos sabe.
Do mesmo modo que muitas mulheres vivem atrás de um saco, muitos homens vivem atrás de buceta. Brasileiro vê putaria em tudo, vivem para provar que podem pegar mulher, são escravos disso.
Deveríamos parar para refletir porque fazemos determinadas coisas, desde ler 50 tons de cinza ou playboy.

Anônimo disse...


Musicista feminista concordo com vc. Mas faço alguns comentários

a) Minha vida não gira em torno de um saco, trabalho e estudo, tenho luz própria. Mas vejo mulheres que vivem assim, aprenderam com o machismo, que o homem é o centro de tudo.

b) Já conversei com alguns homens e eles reclamam que nunca podem recusar uma mulher, porque os amigos caem em cima, chamam de veado, mas sempre argumento, que a culpa deste fato é do machismo, que os força a serem os pegadores.

c) Lola querida eu adoro seus posts políticos, gostaria que vc escrevesse um para debatermos este movimento golpista de impeachment da presidente Dilma

Anônimo disse...

Todo mundo é mal retratado em novelas, são sempre personagens ruins, estereotipados e rasos, independente do gênero.

Musicista Feminista disse...

Anônimo as 14:36, é disso que estou falando. Não se pode dizer que mulheres são vítimas do machismo, já vem um bando de caras dizendo que estamos excluindo o sofrimento deles. Se nos juntássemos ao invés nos separarmos...
Esses caras acabam sendo "escravos de buceta" por não poder recusar mulher para não serem considerados menos homens. Tem mulher sim que é escrava de saco, vive pela aprovação dos homens, pq não entende que ela não precisa disso. Ela só precisa da aprovação dela mesma sobre a aparência, mas isso é muito difícil de tirar da cabeça, eu sei.

O que acontece nos comentários desse blog é tipo brasileiros que vão para os EUA e sofrem discriminação. Uma hora eles pegam os costumes dos americanos, se submetem à vida deles e começam a fazer a mesma coisa com os brasileiros que chegam lá.
Os caras precisam pegar mulher que não querem pelo mesmo motivo que temos que ficar peitudas para atrair mais machos, para provar aos outros que alguém nos quis, que somos alguma coisa.Pois um homem nos aprovou.

Julia disse...

Tinha que ter mais mulheres roteiristas, autoras de novelas, diretoras e câmeras também!

Recentemente a Globo colocou uma voz feminina pra narrar a chamadas de uma novela (que foi escrita por duas mulheres, inclusive) e as pessoas adoraram. Aí a tal voz começou a narrar as chamadas de outros programas depois disso.

Mas antes disso só havia vozes masculinas..

Anônimo disse...

É claro que a vida delas nao gira em torno de um 'saco', leia o livro 'o homem domado' de esther vilar, que vera que as mulheres querem o reconhecimento de outras mulheres!

Vanessa disse...

Eu não entendo com as pessoas acham que reconhecer que as mulheres são mal retratadas significa excluir os homens que também são.

Uma coisa não exclui a outra,mas a mulher do texto está claramente excluindo.
Se ela estivesse falando sobre como nós somos mal retratadas,ok, mas ela diz que só mulheres são mal retratadas,só mulheres armam para homens em novelas,só mulheres são canalhas,na realidade praticamente só mulheres são vítimas de homens...
Para falar dos problemas das mulheres tem que ficar nessa vitimização,fingindo que só a gente sofre?

Anônimo disse...

Eu penso que não é tão simples como "viver atrás de um saco", vejo que a sociedade nos educa a viver um conflito emocional tão forte que muitas não conseguem se desvencilhar da dependência masculina.
A maioria das famílias ainda criam as meninas para se casar e o insucesso realmente nos faz sentir fracassadas.
Minhas leituras sobre o feminismo são recentes e confesso que motivadas pelo insucesso em me encaixar nesse padrão imposto pelo senso comum. Gostei muito do post.

Anônimo disse...

Vanessa, fui eu que fiz esse comentário e deixa eu repetir o que eu disse ao Marcos: mulheres PODEM sim ser retratadas como más, porque EXISTE mulher má na vida real, é claro. Em nenhum momento neguei isso. Mas quantas novelas tem como grande vilão, antagonista-mor, uma personagem tão detestável que até entra pra história (tipo Odete Roittman) um homem? A última que eu me lembro foi a Escrava Isaura, e nem mesmo o Leôncio é tão lembrado e odiado como Odete Roitman, uma mulher. Em 99% das novelas as vilãs são mulheres, por que não pode haver vilões com mais frequência? E por que as vilãs não podem ter motivações melhores que destruir a mocinha por inveja da sua beleza, juventude ou macho? A vida de muitas mulheres, talvez da maioria delas, não é limitada assim e é isso que me irrita. Se você acha que por isso eu exijo que homens sejam retratados como canalahs 100% do tempo, bom, só posso lhe pedir pra ler com mais atenção e interpretar melhor os textos.

Ah, e deixe eu chamar sua atenção pra palavra "geralmente", que eu usei e você também usou. Você sabe que 'geralmente' não é sinônimo de 'sempre', né? Não é porque marjoritariamente são so homens que ferram outros homens que mulheres nunca ferram homens. Mulheres ferram sim homens, mas na maioria (não todas) das vezes, é outro homem que faz isso.

Anon 14:13 favor ler a resposta que dei à Vanessa e pensar um pouco.

Anon 17:39 HUAHUAHUAHUAHUAHUA!! Conta a do papagaio agora.

Ah, Lola, não costumo assinar os comentários, mas meu nome é Cristina se você quiser saber.

Anônimo disse...

Thiago Lacerda é o vilão da novela das 19 (que inclusive tentar ferra o irmaõ por causa de... mulher!!!); Carmo Dalla Vechia, até onde eu vi, era o vilão da das 21. Beijo,

Anônimo disse...

Anon das 18:15 são dois homens vilões entre dezenas de mulheres vilãs. E se o personagem do Carmo Dalla Vechia era o tal do Laerte, muita gente via ele como um romântico, um cara que "amava demais",um sujeito passional; se ele foi considerado vilão, não foi por causa da violência e do abuso contra mulheres, era muito mais por causa do que ele fazia contra homens. E essa novela foi cheia de coisas bizarras que foram tratadas como normais e positivas.

Cristina

Raven Deschain disse...

Lindo nome, Cristina. E concordo com vc. Quando o vilão é homem, ele costuma ser gay (!), dos bem afetados e se arrepende no final, ao invés de simplesmente ter uma morte pavorosa (tive pesadelos com a morte da Leticia Spiller em Torre de Babel). Tem que ser muito tapado pra achar que é assim, 50% caras maus, 50% minas más. Não é.

Anônimo disse...

Lista de vilões das novelas das 21 da década (me parece equilibrado):

Passione - Clara
Insensato Coração - Leo
Fina Estampa - Tereza Cristina
Avenida Brasil - Carminha (de longe a melhor)
Salve Jorge - Lívia
Amor à vida - Felix e César (que não se mantém vilões até o final)
Em Familia - Laerte
Império - Maurilio

Anônimo disse...

Anonima das 13h06, o que você tanto fala com homens que é tao mais interessnte que com as mulheres? Porque eu acho bem machista da sua parte achar que mulheres so falam de batom, ensqunto os homens, "esses sim", tem assuntos interessantes e profundos.

Luluzinha

Anônimo disse...

Diva

Achei o link abaixo interessante.
É sobre como as atrizes estão se rebelando contra atitudes machistas de repórteres no chamado "tapete vermelho".

http://www.bbc.co.uk/portuguese/noticias/2015/02/150222_oscar2015_machismo_pai?ocid=socialflow_facebook

D Stoffel disse...

Eu achei que a lola não retratou bem a realidade é que a maioria das mulheres são bem machista e sim querem aprovação masculina não é atoa que tem muitas revistas ensinando como ser a mulher perfeita. zzzzzz
Mas voltando a vida real não acho que as mulheres só conversem sobre futilidades e os homens garanto que não conversam sobre filosofia falam muita asneira principalmente sobre sexo pra mim são piores que mulheres.

Anônimo disse...

Quem nunca esteve numa roda de homens eu garanto que é uma escrotisse mil vezes ficar numa roda de mulheres. No fundo o que eles querem é se gabar pros amiguinhos

D Stoffel disse...

Elas podem até olhar com inveja da roupa e do namorado pelo machismo, Mas em contra partida uma mulher admira fala que é linda sem apelo sexual, os homens não reconhecem isso, tudo pra homem tem que ter um lado sexual não pode ser amigo de mulher bonita não pode achar outro homem bonito.

Anônimo disse...

Eu também preferia amizade masculina antes mas hoje eu prefiro feminina, homem sempre quer 2a intenção, parece que tudo tem que ser sobre aquela maldita pika deles.
Eu não vejo mal em falar de homem as mulheres trocam experiências já homens se amostram.
Nem de batom eu adoro maquiagem não é futilidade, futilidade pra mim é brigar por futebol igual esses panacas fazem.

Anônimo disse...



minha irmã disse que tava discutindo com uma amiga e o colega falou só pode ser sobre homem, ela falou nossa que machista como se os motivos pra brigar fosse macho.

Anônimo disse...

Acho que reforçam tanto que as mulheres se odeiam que isso fica na nossa cabeça mas toda mulher tem uma mulher que gosta como amiga e/ou uma ídola.
Eu acho que essa rixa é mais pela baixo auto estima que as mulheres tem, de que ela nunca será a perfeita da capa da nova que cobram tanto.

Anônimo disse...

Imagina ser homem passar o dia todo tocando uma e falando mal de mulher, ser homem deve ser horrível. A vida deles é sexo e dinheiro eles não tem empatia por nada, o sexo masculino foi criado pra ser um lixo.

Anônimo disse...

se os homens chupassem mais bucetas iam fazer mais mulheres felizes ao invés de bancar machista na net.
Eles é que são complicados.

Vanessa disse...

Já vi que quem comenta aqui não vê novela,é o que parece,para afirmar que existe mais vilã do que vilão.
Na maioria das vezes tem os dois,sem falar de outros personagens femininos ou masculinos,que podem ser ladrões, trapaceiros, tentam passar a perna em alguém e alguns poucos são legais.
O cara da novela das 7 arma para a mocinha e para qualquer que o atrapalhe de conseguir casar com ela.
Portanto é um canalha por causa de mulher.
Como eu disse personagem bom é raro,esculacham todo mundo.
E fingir que é diferente só reforça o que eu disse.

Anônimo disse...

Acho isso muita frescura,desde quando vilões tem .motivos nobres para tentarem ferrar os outros?Eu vejo novela e qualquer um que vê, sabe que sempre tem homens e mulheres FDP na história.
Esse post não condiz com a realidade.

Roxy Carmichael disse...

perpetua <3

Anônimo disse...

O homens são sim vítimas de estupro, só que os agressores de homens são, em geral, outros homens!

Anônimo disse...

Anon 18:00

Tu poderia se casar com o homem mais em tudo, mas se sentiria infeliz se caso fosse uma relaçao no anonimato, sem mostrar pra ninguem! Tu ia adorar mostra-lo para 'azamigas'!

Anônimo disse...

Não sei pq as mulheres são retratadas como desesperadas, sendo que na realidade é justamente o inverso. Praticamente todo o universo masculino é baseado em b*ceta. Trabalho num ambiente em que quase todos os funcionários são homens (e dos bem machistas) e os assuntos giram muito em torno da vizinha morena gostosona, quantas minas fulano "pegou" numa festa, que ciclana deu fácil demais e besteirol do gênero. Reparem no seguinte: uma mulher em posição de destaque, bem sucedida, caga e anda se está acompanhada ou não de um macho interessante pra exibir como troféu, já um homem poderoso, um Berlusconi da vida, vive rodeado de garotas de programa de luxo, desfilando com elas em carrões de luxo, exibindo para os outros o quanto ele é o pica das galáxias que tem foda pra toda hora com belas moças. A verdade que os mascus abominam é que homens no geral são muito mais dependentes de mulher do que o contrário.

Anônimo disse...

Eu queria tanto ter um romance de novela mexicana com um noivo rico e lindo.

Namoro a anos e meu namorado não toma uma atitude.

Desculpe o desabado.

Anônimo disse...

Ai, Anon da 13:18, você jura que só porque VOCÊ não conhece nenhuma feminista além de você e no meio onde VOCÊ vive só tem mulher com x comportamento, quer dizer que não existe o contrário? O mundo é meio grandinho, hein... Um pouco menos de ego, pf né.

Anônimo disse...

Vcs dizem que as vilãs são retratadas de forma irreal e tudo o mais. Não tiro a razão dessea argumentos. Mas eu, particularmente acho as vilãs as melhores personagens. Elas fazem todos se curvarem à elas e são agentes da própria história (enquanto os mocinhos ficam como passivos). Em todas as novelas eu sempre torço pelas mulheres "más " justamente pq elas são fortes e não medem esforços para conseguirem oq querem (levando em conta que é tudo ficção)

Anônimo disse...

'enquanto que na vida real quem mais ferra os homens são outros homens. '
Só se for a vida real na lua.Essa daí é a resposta brilhante? Pfff

Anônimo disse...

Anon das 06:33 pode não ser a melhor resposta na sua opinião, mas é a verdade. Abra um jornal que você vai ver. Ah, claro que se você for um mascutroll, não precisa nem largar o fórum; é só abrir uma página em anexo e ir nos sites de informativos. Legal, né?

Cristina

Kittsu disse...

"A verdade que os mascus abominam é que homens no geral são muito mais dependentes de mulher do que o contrário."
Mais pra se exibirem uns aos outros (como um tótem de masculinidade) do que pela nossa vontade.

Anônimo disse...

Obrigada Raven, também acho seu nome o máximo.

Vanessa, fofa, eu acho que você não vê novela. Sério, acho mesmo. Não tem personagem bom? É, provavelmente não, novela é tudo superficial e boba, mas o machismo que envolve vilãs e mocinhas é tão óbvio que só não vê quem não quer.

Da Cor do Pecado - A vilã queria a herança do avô do mocinho, e deu o golpe da barriga (pesadelo mascu, embora nem os machistas nem o mocinho banana tratem de se prevenir, pra que a culpa seja toda da mulher).

Duas Caras - Vontade de quebrar a TV. A mocinha foi enganada, roubada, deixada largada no mundo com a mãe na frente e outra atrás com um filho na barriga pelo "mocinho" e quando o reencontra pra recuperar o que perdeu, simplesmente VOLTA PRA ELE COMO SE NADA TIVESSE ACONTECIDO! Que p* é essa?! E ainda volta pra ser a mulher sonsa e obediente que faz tudo pra agradar o cara (maior sonho dos machistas). E a vilã vira vilã porque "perdeu o macho".

Alma Gêmea - Vilã encomendou um assassinato porque tinha inveja da prima e queria roubar o que era dela, desde o macho até as joias. E quando o cara prefere outra, ela não aceita e inferniza os dois (situação patética que na vida real costuma ser muito mais protagonizada por homens que por mulheres. É só abrir um jornal pra ver os desfechos mais trágicos, ou o facebook pra ver os casos mais suaves).

Celebridade - De novo vilã tinha inveja e queria tomar tudo da mocinha. Ah, e enquanto a vilã é sexualmente livre e ousada, a mocinha é casta, só transa uma vez. Pra terminar de lascar tudo, "...a música na qual tornou a protagonista rica e famosa foi escrita por sua mãe, e ambas viviam na mais absoluta miséria, embora (a besta) Maria Clara pensasse que a música tinha sido escrita por seu ex-noivo como uma homenagem".

Senhora do Destino - Outra invejosa, sequestrou uma criança, enganou o marido (golpe da barriga) e tudo isso associado ao fato dela ser prostituta como se ela não tivesse caráter justamente pelo fato de ser GP.

Tá bom ou eu preciso dizer mais?

Fonte: http://varievo.com/tv/novelas/as-7-piores-vilas-das-novelas-da-rede-globo#ixzz3SZG5VErn

Cristina

Vanessa disse...

Você força muito a barra colega,
onde foi que eu neguei machismo? Povo aqui adora inventar coisas que você não disse,só não cola essa ideia de que só mulher é tratada como louca e fdp nas novelas.
os motivos das vilãs são idiotas mesmo mas desde quando os motivos dos vilões são super legais?
Os motivos dos vilões são praticamente os mesmos das mulheres,inveja,ganância,por causa de mulher,por vingança.

B. disse...

Quem diz que ou "imagina" que mulher não é machista pra cacete, não briga por homem, na boa, vive no mundo da imaginação.

NÃO é o caso de ninguém aqui, até agora. O pessoal disse "ahhh claro que existem mulheres más, mas não todas". Eu me refiro a alguns grupos feministas que agem como se existissem só dois grupos de mulheres: as feministas e as coitadas cooptadas pelo patriarcado, ou seja, pra elas, não existe mulher machista nem malvada.

Parece que nunca pisaram em certos lugares onde tem mulher que parte pra cima da outra se OLHOU pro namorado dela, onde tem mulher que faz da vida de outras um inferno, que faz intriga, que SIM giram em torno de saco!

"Nem todas as mulheres giram em torno de um saco" = concordo 100%

"A vida das mulheres não gira em torno do saco" - discordo. Eu ja vi mulher fazer de um tudo por causa de homem. E não venham me dizer "ai, ela foi criada assim". Somos mulheres, não amebas.

Anônimo disse...

Vanessa, minha cara, eu acho que você está fazendo de propósito, mas vamos. Não, não é só mulher que é retratada como louca e fdp nas novelas, homens também... o problema é que a proporção é completamente injusta e FORA DA REALIDADE. Na vida real quem mais ferra homens são outros homens, não mulheres-pô é tão difícil entender isso? Pode procurar aqui mesmo no blog, em sites de notícias, em outros blogs depoimentos sobre fdpzice alheia e você vai ver que os maiores empenhados nisso são homens. Eu não estou forçando a barra não, filha; você é que tá botando na minha boca palavras que eu não disse, volte lá nos meus comentários e diga quando eu falei que só homens devem ser retratados como loucos e fdps e mulheres devem ser sempre santas. Por que está me acusando de fazer o que você mesma faz?

Quanto aos motivos dos vilões, claro que não são nobres, mas por que os motivos das mulheres pra serem vilãs SEMPRE tem que ser machistas? Golpe da barriga, disputa por macho, raiva por ter perdido o macho, inveja, querer roubar o macho da outra, enquanto tem vilão (homem) que quer poder, que quer expandir negócios, quer influência política. Por que as vilãs não podem ter ambições maiores que roubar macho alheio e dar golpe da barriga? Parece até que essas novelas idiotas são escritas por mascus.

Cara, quantas vezes eu já me repeti aqui e a Vanessa continua insistindo nas mesmas coisas? Parece até que tô falando com o Marcos de novo.

B. o que mais me surpreendeu naquele post foi a revolta dos machistas. Eles sabem que existe muita mulher que centraliza a vida num saco, mas ficam indignados e sobem nas tamancas se UMA mulher que seja não o fizer. Sério, quando eu disse que minha vida não gira em torno do saco acho que o mundo deles caiu. Eles simplesmente não aceitam viver num mundo em que mulheres não os veneram, querem que TODAS vivam em função deles. Patético.

Cristina

Anônimo disse...

Querida Cristina,

tanto a Lívia (Cláudia Raia), Salve Jorge, quanto a Carminha (Adriana Esteves), Avenida Brasil, as duas últimas vilãs das novelas 21, tinham sua "vilania" por dinheiro, não por homem.

Já o Laerte (Gabriel Braga Nunes), de Em Família, era vilão por querer ficar com a Helena e desfigurou o Virgílio por isso.
Enquanto o Marcos (Thiago Lacerda), de Alto Astral, quer ficar com a (ex) namorada do irmão e ferra ele por isso.
O Silviano (Othon Bastos) de Império também arruma treta por causa da Maria Marta.
Lembrei também do Said do Clone, que era vilão por causa da Jade.

Fora isso, homens ferram uns aos outros aos montes nas novelas.

Errata pra ti: a mocinha de Duas Caras faz o marido (ex-vilão) se acertar na justiça.

E acho muita falta de noção colocar a Nazaré como uma vilã "negativa", ela era simplesmente genial.

Beijo

Vanessa disse...

A anon de 17:49,provou meu ponto.
Na tv realmente tem vários casos contra mulheres,como se n houvesse crime contra mais ninguém, raramente passa crimes de mulheres,á na NET tem crimes de todos os tipos.

Clara disse...

Não concordo com esse texto,vejo novelas brasileiras,mexicanas,asiáticas e vilões masculinos não tem motivos tão diferentes das vilãs.
E eu já percebi que tem feminista eu finge que só existe mulher feminista ou pobre coitada cooptada pelo machismo,como disseram aí.Óbvio que não são todas mas tem muitas que vivem por um saco sim.
Somente na minha rua e com meus parentes escuto e vejo cada absurdo.
É mulher dando em cima de homem casado,procurando um que as sustente,armando para cima de homem casado.
Uma fez uma armação para que a esposa do cara pensasse que ele estava traindo ela,dai na mente doida dela,ele ficaria solteiro e com ela kkkkk ridículo.
Minha prima começou a namorar e só levava chifre,pegou em flagrante e casou com ele e ainda teve coragem de ter 2 filhos e levando chifre claro.
Meu primo era casado,se separou,arranjou outra e a ex ameaça a atual.
Outro primo meu,com relacionamento lindo,onde um chifrava o outro,ai não lembro bem porque brigaram,a mulher simplesmente mandou os irmãos dela meterem a porrada nele e deixaram ele bastante quebrado.
Outra chegou a fazer macumba para que o cara quisesse ficar com ela.
Enfim...Novela retrata os costumes e a cultura do país,então,é essa merda mesmo que vemos nas novelas,de forma geral.

Anônimo disse...


A autora desse texto tá variando,tem vilões psicopatas,só querem dinheiro,mas não falta vilão armando por causa de mulher.

Felix- dinheiro,inveja.

Alberto,em Flor do Caribe-dinheiro,inveja,mulher.

Leôncio-dinheiro e mulher.

Marcos- dinheiro,inveja e mulher.

Bruno,novela Sacrilégio- dinheiro e mulher

Timóteo,"Cordel Encantado"- mulher

Dalton Vigh,em O Profeta- dinheiro e mulher.

Manfred em Joia Rara -dinheiro e mulher.

Fernando em Amor Eterno Amor- mulher

Luana disse...

Ui, que samba maravilhoso. Só
discordo da ideia de querer que certas coisas sejam mostradas como certas e outras como erradas. Mas o maniqueísmo é a essência da novela né? Eu vejo q eles relativizam muito isso no horários das 11, pois possuem mais liberdade pra criar e exibir. De qualquer forma, o julgamento acerca da índole dos personagens não deveria ser nada pré estabelecido, menos ainda por preconceitos, mas sim por nossas imnpressões da história, pelo rumo do personagem, pelo trabalho do ator e da direção. No fim das contas a gente só quer ver uma boa história, e cada ano passada isso fica mais difícil de se realizar.

Raven Deschain disse...

Ok gente. Tem muita mulher conhecida de vcs vivendo por um saco. Legal.


E por causa disso, eu, a Cristina, a Lola, vcs, todas as outras devemos ser tratadas como se vivêssemos por um saco tb? Só pq essas idiotas existem não significa que todo mundo seja assim. E mostrar SÓ isso nas novelas, propagandas, revistas, livros, desenhos animados e whatever é babaquice sim!

Pombas, fui ler sobre o Batman vcs Superman e até que enfim vai ter a Mulher Maravilha mas ela vai estar amorosamente dividida entre um dos dois. Porra, sério?! Mas pra vcs de boa pq afinal existe mulher assim? Ah sefodê, sério mesmo.

Anônimo disse...

No meio desse debate de gênero, passa batida a heteronormatividade super presente nessas personagens... Todos os comentários sobre o conflito homem x mulher aí em cima se colocam em termos de relacionamentos heterossexuais.

Gays, lésbicas, bis, salvo uma ou outra menção ao Félix, continuamos invisíveis.

E aí em cima tem comentário de muita feminista reclamando de opressão mas esquecendo que tá cagando privilégio.

Esse mundo vai nos ver sorrir, já cantava Vange <3

Anônimo disse...

Pontuação é uma coisa importante pra se entender o que se quer dizer, 19:54.

Anônimo disse...

Hahahahahahahahaha apoiada!
Pura verdadji!

alexandre ferreira matos disse...

Primeiramente quero parabenizar pelo blog. Todo instrumento que nos permita exercer o diálogo é irrefutavelmente importante. Sou homem( não que seja relevante) e é a primeira vez que posto aqui. O tema desperta minha atenção até pela sua complexidade, gosto disso. Vários comentários feitos, em sua maioria, em modestas linhas, acaba por não conseguir estabelecer um norte, no sentido de se debater a verdadeira proposta do movimento ou porque não dizer ideologia feminista. Confesso que sou leigo no assunto, quero aprender, até porque sou um árduo defensor dos Direitos Humanos e até pouco tempo, pensava que o feminismo tentasse seguir esta lógica. Não raras as vezes, testemunho comentários que denotam totalmente o contrário por parte de ambos os gêneros.É importante estabelecer uma linha de raciocínio, porque como diz o ditado: "Se você não sabe aonde quer chegar, nenhum vento lhe é favorável (sêneca)". Parabéns novamente e espero ter a honra de participar mais.

Anônimo disse...

Pois é, a partir cherry pick de exemplos a favor e cherry pick de exemplos contra, o post ficou sem sustentação.

alexandre ferreira matos disse...

Acredito que ainda exista uma enorme dúvida quanto ao significado da expressão machista. Lendo os comentários, a palavra machismo é quase sempre utilizada para definir atos que se enquadram na verdade como crimes! Excluindo-se esta variável, tenho por definição, que o machismo está atrelado a um aspecto meramente cultural e, possivelmente,por uma questão biológica e/ou fisiológica. A partir deste raciocínio é que a confusão impera, o que seria machismo então? Certa vez li um comentário de um indivíduo que trabalha ha 30 anos na construção civil de que o canteiro de obras não afeminaria alguém. Ao contrário, postos de trabalho que não se exige força, afeminaria os homens!! Quase tive uma síncope. Na minha concepção, há um processo de seleção natural por afinidades. É o mesmo que dizer que a ginastica reduz o tamanho dos praticantes, enquanto que na verdade, melhores ginastas serão os mais baixos, por uma questão de física básica. Vejo ai a questão fisiológica e não discriminatória como os mais altos.

Anônimo disse...

Claro que n é legal Raven mas tb n é legal fingir q só existe feminista fodona no mundo

alexandre ferreira matos disse...

Um grave erro é a generalização! A verdadeira ideologia do feminismo tem se perdido. Existe extremismo por todo lado. algumas(algumas) mulheres se dizem feministas para tão somente vilipendiarem o sexo oposto, como se o simples fato de nós homens existirmos, se tornasse uma ameaça à existência feminina. Chega ao ponto de se eu, por ventura, reafirmar minha condição de homem, tornar-me-ei machista e devo arder-me no mármore do inferno.Por insisto que há muita incongruência e aposto no trabalho brilhante da blogueira para nos guiar.

Anônimo disse...

pô, mo paia reduzir um homem ao seu genital, pq n falar homem? pq tem quer ser "saco"

alexandre ferreira matos disse...

Raven, boa tarde. Infelizmente os produtores, tanto de Hollywood quanto os do Brasil, analisam a tendência de mercado. Em suma, eles fazem os filmes e as novelas com base no que as pessoas querem consumir enquanto telespectadores. Há pesquisas que antecedem qualquer grande produção. Muita gente pensa que novelas influenciam as pessoas enquanto que na verdade, a novela copia a vida real. Por isso faz sucesso. Ou você acha que a maioria quer ver uma trama inteligente. Imagina uma telenovela das oito em que o protagonista não seja mais o ator bonitão. Na verdade a novela prende por preencher a lacuna que existe em muitos. Porque lá as pessoas vão ter seus sonhos realizados, mesmo que virtualmente. A pessoa que realmente é batalhadora, inteligente, guerreira, dificilmente terá ânimo para assistir novelas porque dificilmente se identificará com aqueles personagens. Vou fazer um comentário, possivelmente definido como machista, mas até me reportando a uma fala de um personagem, filme King Kong do Peter Jackson. Ele era um ator galã no filme e iria contracenar com o gorila gigante. Quando o King Kong escapa ele sai correndo e diz que heróis de verdade tem barriga e são desdentados, rsrsrs. Claro que o homem tem que se cuidar mas fica evidente que , apesar de ser dito o contrário, o sonho de consumo de muitas ainda é os Gianechinni( nem sei como se escreve, se soubesse seria gay) da vida.

Anônimo disse...

@anom das 14:34 do dia 22
Eu não entendo com as pessoas acham que reconhecer que as mulheres são mal retratadas significa excluir os homens que também são. Queria saber se em algum momento iremos lutar juntos sabe.


Eu acho que, enquanto um lado não tiver empatia com o outro (homens com mulheres e mulheres com homens), acho que isso nunca vai acontecer. Vai ser sempre essa briga de gato e rato, com as mulheres levando a pior.

Quando a empatia apareceu, eu vi coisas legais acontecendo, como a campanha do laço branco e o men get free, por exemplo.

Do mesmo modo que muitas mulheres vivem atrás de um saco, muitos homens vivem atrás de buceta. Brasileiro vê putaria em tudo, vivem para provar que podem pegar mulher, são escravos disso.
Deveríamos parar para refletir porque fazemos determinadas coisas, desde ler 50 tons de cinza ou playboy.


Concordo plenamente com você. Eu vejo vários e vários homens que dedicam toda a sua vida pra tentar pegar mulher. Tudo o que o cara faz é pra pegar mulher.

Com relação às novelas, nem comento porque eu não assisto.

@vbfri disse...

Querido Alexandre,

Que bom ver uma pessoa querendo saber mais do feminismo. É, de fato, um assunto importante nos direitos humanos.

Eu não estou com tempo de explicar a diferença do machismo para a ginástica, nem da diferença de aptidão dos sexos. Mas, apenas para que vc elabore melhor o pensamento, uma ginasta não seria impedida de praticar o esporte por ser alta. Entretanto, há vários casos de mulheres engenheiras que não são contratadas num canteiro de obras por serem mulheres.

Pense no machismo como qualquer coisa que coloque a mulher num patamar menor do que o homem. Um exemplo é a questão do emprego na construção civil. A pessoa é qualificada, quer o emprego e não é contratada por ser mulher. Mesma coisa em cursos "masculinos"... Engenharia, física, geologia, estatística, matemática, etc. Veja que há um preconceito enorme nessas profissões em relação às mulheres. A mesma coisa com os homens que decidem ser professores, arquitetos, etc (profissões de "mulheres"). Por que esse preconceito?

A mulher desde sempre é levada a gostar de bonecas e casinhas. O homem brinca com carrinhos, dragões, peças de montar. Quem vai ter um raciocínio melhor espacial? Quem vai ter mais vontade de trabalhar na área de exatas?

Quanto à questão de que há uma divergência nas linhas de pensamentos dos comentários, bem, é porque o feminismo é um universo tão plural quanto qualquer outro. Vai ter mulher feminista que gosta que homem pague a conta. Outras vão ser veementemente contra. Varia demais.

O movimento prega igualdade (pelo menos a "vertente" que eu apoio e acredito).

Prega a mulher ter tanto direito quanto o homem de andar na rua sem ser atacada (e, sim, há uma diferença entre "nossa, que linda" ou "que olhos lindos" e "hum, delícia, te chuparia todinha, vem cá sua gostosa. Eii, me dá atenção, sua vadia")... De fazer o curso que quiser, exercer a profissão que quiser, sem ser desestimulada inclusive por professores.

São direitos básicos, entende?

Direito da mulher, exercendo a mesma profissão do homem, ganhar o mesmo (hoje o salário da mulher representa 70% do salário do homem, em média, exercendo a mesma função... Sendo que as mulheres tendem a ser preteridas em promoções no emprego por serem mulheres - afinal, mulher tem filho e tira licença-maternidade).

Espero ter ajudado.

Raven Deschain disse...

Oi Alexandre. =)

Mas o problema é justamente isso. Nunca muda pq o público quer sempre a mesma coisa. O público quer sempre a mesma coisa pq nunca tem nada de diferente. E adorei o King Kong do Jackson. Pombas! Gorilaa gigantes, dinossauros e Naomi Watson! Haha tem como não gostar?

Anônimo disse...

Anon das 15:54 coloquei assim porque os homens costumam ser considerados superiores às mulheres (no machismo) pelo seu gênero, cuja maior representação é o genital. Além disso, não percebeu que muitos homens acabam se resumindo a sexo em todos os aspectos da vida? Falam de sexo no trabalho, no restaurante, no barzinho da happy hour, no cinema, com os amigos. E tendem a sexualizar quase todas as mulheres que veem: a desconhecida na rua, a chefe, a secretária, a estagiária, a garçonete que só serviu uma cerveja no bar, a enfermeira que colocou o soro glicosado na veia dele... de alguma maneira eles enfiam sexo em tudo, fazem a vida girar em torno do seu genital, reduzem-se ao seu saco de certa forma. Então eu fiz o mesmo por um post.

Ai, Vanessa, tá bom, se você acha que tá tudo de boa com os vilões e vilãs, pode continuar pensando assim. Mas as vilãs não são nem a metade do problema. Tem os mocinhos machistas, que controlam e limitam a mulher e todo mundo acha normal, tem as mocinhas que seguem os princípios machistas à risca (sem grandes aspirações além de casar e ter filho, castas, só fazem papai-mamãe, são obedientes, sem vontade própria, vivem pro homem), tem os finais em que o vilão se arrepende e vira bonzinho, mas a vilã tem uma morte horrível, etc. Mas ainda quero saber POR QUE você acha que eu reclamar da má representação das mulheres e falar a verdade (HOMENS SÃO MUITO MAIS VITIMADOS POR OUTROS HOMENS QUE POR MULHERES NA VIDA REAL) te indigna tanto.

Cristina.

Anônimo disse...

Anon das 17:49 por mais que a mocinha tenha botado o cara na justiça, é absurdo ela voltar pra ele depois como se nada tivesse acontecido. Isso num país onde mulheres morrem todos os dias pelas mães dos companheiros e meninas são ensinadas a relevar agressões e violência o tempo todo é de uma irresponsabilidade enorme. É dar apoio a todo um sistema que mata. A Nazaré foi icônica mesmo, o problema pra mim foi colocarem a prostituição como justificativa pro mau caráter dela. Ora, ao invés de uma prostituta ela podia ser uma dona de casa obediente e recatada que roubaria um bebê pra manter o marido. Por que não? E por que até onde eu lembre nenhuma das prostitutas na novela foi retratada como tendo caráter? Em "Fascinação" havia prostitutas boas e más, como as pessoas são na vida real, e olhe que essa novela é mais antiga q Senhora do Destino.

E pra quem tá me enchendo o saco dizendo que tem vilão homem também, EU JÁ SEI CACETE! Mas ter homens vilões com objetivos parecidos NÃO muda a realidade da má representação feminina nas novelas, e não muda o fato de que as vilãs sempre são retratadas com preconceitos machistas (vilãs fazem sexo, são independentes, bebem, fumam, não são obedientes e caladinhas, usam roupas consideradas mais 'provocantes', etc.)

Anon das 15:09, você realmente usa a expressão "cherry pick" (expressão altamente suspeita de machismo, porque cherry é um apelido inglês pra vagina) no seu dia a dia ou só usou agora pra soar cool?

Cristina

Anônimo disse...

Cristina,

Primeiro, se Nazaré fosse uma dona de casa recatada querendo segurar o marido você estaria reclamando do mesmo jeito. A Nazaré podia ter sido dona de casa? Podia. Entretanto Rosa Palmeirão e seu bordel discordam da sua afirmação sobre a vilania de prostitutas em novela. A Bebel de Camila Pitanga não era boazinha, mas também não chegava a ser antagonista. As meninas de Salve Jorge não eram todas "malvadas e sem escrúpulos".
E claro que vilões vão ter sempre o apelo sexual, os mocinhos das novelas também não são representados por caras de camisa aberta até o umbigo dizendo "te quiero" pra todas. José Alfredo de Império não é considerado um "mocinho" justamente por isso, ele é protagonista e desperta paixões, mas não tem uma índole perfeita, tal como a Suelen de Avenida Brasil.
Os mocinhos querem as mocinhas e vice-versa, porque as novelas sempre tem seus casais de "mocinhos" pelo qual a audiência deve torcer, onde colocar outros elementos nessa relação romântica cria o conflito (que sempre deve ser de origem externa). Às vezes esse casal é protagonista, como em praticamente todas as novelas da Glória Perez, outras vezes não.

Lembrei desse post essa semana quando em Alto Astral o Marcos (Thiago Lacerda) resolve ceder e fazer sexo com a Sueli (Débora Nascimento) para provar o comprometimento dele com a relação dos dois. Ele estava usando a mesma estratégia de manipulação por sexo que normalmente se atribui às mulheres vilãs.

Isso não quer dizer que não existe machismo em novelas, em Alto Astral mesmo teve até beijo forçado do "cara bonzinho" na "menina boazinha". Mas sua visão sobre a construção de personagens está super tendenciosa e não corresponde ao status atual do que é exibido, os exemplos já foram dados aos montes.

Anônimo disse...

Anon das 11:14 isso é um esforço atual e não constante, veja-se novelas como "Amor à Vida". E se as pessoas se calarem e se contentarem com essas migalhinhas, não fizerem absolutamente nada, simplesmente vão continuar escrevendo novelas machistas e ridículas. E como eu já disse, os vilões não são o único problema: mesmo que os vilões tenham mudado, as mocinhas ainda são estereótipos machistas e ensinam coisas péssimas às pessoas, principalmente meninas e jovens. O que eu quero é acabar com a má representação feminina, mas por algum motivo bizarro vocês acham que isso significa que os homens sejam mal representados e sempre como monstros. Vá entender, viu? Parece que pra vocês não representar as mulheres com os estereótipos perigosos e daninhos de sempre é diminuir os homens.