quinta-feira, 24 de julho de 2014

GUEST POST: SUA VIDA SEXUAL DEPENDE DO SEU SEXO

Da F., de 23 anos:

Esta é uma história chocante sobre como meus pais assinaram embaixo da minha suspeita do seu machismo cultural. Sempre tive vontade de te escrever, já perdi as contas de quanto tempo faz que leio seu blog, mas tenho certeza que há mais de 4 anos. E já li absolutamente todos os textos que estão postados. O fato é que nunca tive motivos concretos pra te escrever, ou nunca tive uma história que fosse fácil de ser contada. Bom, agora essa história aconteceu, e eu não consigo superar o "drama" todo.
Estive até o começo do ano passado num relacionamento que me fazia muito mal, e que fazia muito mal para esse meu antigo namorado. Mas não entenda mal, somos duas pessoas muito legais, só não éramos assim tão legais juntos. Após uns meses eu já estava muito bem obrigada, restabelecida dos machucadinhos que acontecem no fim de toda relação. E, com uma ida a um bar, algumas cervejas e muita boa conversa, comecei a me relacionar com um amigo.
Uma noite, meus pais foram a outra cidade. Disseram que dormiriam por lá. Acabei convidando o menino pra vir a minha casa. Somos amigos há uns dois anos, e não vi nenhum perigo nisso. Entre a desculpa de um filme, um vinho e umas caricias, não demorou muito e estávamos no meu quarto. Tudo normal, na minha concepção.
Só que, por volta das duas ou três da manhã meus pais voltaram. Eu produzia alguns sons característicos neste momento, e não pude dizer que não estava acompanhada. Ninguém se sente confortável nessa situação, então meu -- até então -- amigo, resolveu levantar e fugir lá de casa.
Acabou não acontecendo nada mais do que umas carícias, pela chegada inconveniente.
No outro dia meus pais quiseram saber quem era aquela pessoa que estava na casa deles. Entendo o lado deles pela desconfiança em uma pessoa que eles não conheciam.
Eu, muito ingênua, querendo deixá-los tranquilos, disse que conheço bem o garoto, que somos amigos, e que nada de mais havia acontecido, se não as já mencionadas carícias. Nesse momento a coisa mais improvável aconteceu. Meus pais ficaram horrorizados por eu ter "transado" com um amigo. "Amigo é amigo, namorado é outra coisa."
Argumentei dizendo que ele não era meu namorado, e que na verdade eu não tinha nenhuma pretensão de que ele fosse vir a ser meu namorado, estávamos apenas curtindo um momento juntos. 
O drama foi maior do que eu jamais pensei que seria. Disseram que eu era viciada em sexo. Que tinha acabado de terminar um namoro, que nada deve ser tão rápido assim, que eu estava "pisando nos princípios da família".
Logo me veio à cabeça -- e por consequência à boca -- que princípios?! Quando eu nasci nessa família assinei algum documento que me proibia de me relacionar sexualmente com uma pessoa dois meses depois de terminar um namoro? Alguma família faz seus filhos assinarem "princípios"? Que diabos é isso?
Eu já sabia que meus pais são machistas. Sempre foram, mas poliam as palavras machistas para que fossem "agradáveis aos ouvidos" e para que "não ofendessem" -- muito.
Aconteceram outros episódios menores que me mostraram que meus pais -- hippies, que viveram na era Rock'n Roll, que acampavam, que burlavam regras, bebiam até cair e que (eu tenho sérias desconfianças) já fumaram maconha e por que não usariam outras drogas?, etc -- são machistas. Mas esse episódio foi incrivelmente chocante. 
Não discuti mais o assunto. Escrevi seu blog, Lola, num papel e apresentei a minha mãe. Pedi que ela lesse, que se informasse, que não estávamos mais no século XVI, e mesmo nesse século esta maneira de "pudor" ou sei lá o nome que posso dar a isso, estava errada. Mas não teve jeito, esse acontecimento foi um choque.
Algumas semanas depois, meu irmãozinho (de 20 anos) saiu para uma festa, dizendo que não voltaria para dormir. Minha mãe fez uma piada sobre as "gatinhas" que ele pegaria na festa e disse com certa seriedade: "Encapa esse pinto, se cuida com as pessoas".
Lola! Por que a reação comigo é diferente, me diz? Acho incrível a pessoa tomar duas atitudes tão contraditórias, e não se dar conta! Não conseguir enxergar o quão baixo isso é, e ainda mais quando se tem um casal de filhos e existe a comparação? Então o menino pode traçar as "gatinhas" desde que "encape o pinto", mas a menina não? Ela deve esperar calmamente por uma relação estável, uma relação socialmente aceitável?
Acontece que hoje eu namoro esse menino (homem, de 30 anos, barbado e bem formado, na verdade) que tinha levado pra casa e nunca consegui dizer a eles que se trata da mesma pessoa. E isso está engasgado na minha garganta!
Enfim Lola, ainda não descobri que "princípios" são esses, e este acontecimento ficará marcado para sempre em mim. Quero mostrar esse e-mail pros meus pais, ainda quero que eles entendam o quão errados estão, diferenciando seus filhos tão descaradamente. 

Meu comentário: F. querida, infelizmente, ter sido "rebelde" na juventude não quer dizer que a pessoa não vai virar conservadora com o tempo. E também, é possível ser transgressor em algumas coisas (usar drogas, por exemplo), e ainda assim ser o maior machista. E tem o pessoal que é liberal no discurso, mas quando se trata da filha deles... sai de baixo!
Seus pais acreditam em determinados estereótipos de gênero e no famigerado padrão duplo de sexualidade. Até hoje essa é uma coisa que não entendo: por que é bacana que um jovem rapaz transe, experimente por aí, desde que com responsabilidade, e pra uma moça é motivo de escândalo? Os dois não estão fazendo exatamente a mesma coisa -- sexo? Quem "tenta" explicar (ha ha) apela pro exemplo do "uma chave que abre qualquer fechadura é boa, mas uma fechadura que é aberta por qualquer chave é imprestável". Aí você responde com "um apontador que aponta vários lápis é bom, mas um lápis apontado muitas vezes gasta", torcendo pra que o idiota da fechadura se dê conta de como fala bobagem, mas não. 
Outra coisa que não entendo é por que os pais não deixam que suas filhas e filhos levem namoradxs pra casa. É muito mais seguro que namorar dentro de carro, ainda mais numa cidade grande, e obviamente mais barato que ir a motel (o que é muito complicado se o casal é menor de idade). Se a pessoa é de classe média e tem seu próprio quarto, com porta e tal, o que importa o que ela faz lá dentro? 
Eu tive o privilégio de ter pais que aceitavam numa boa que tanto eu como meu irmão e minha irmã trouxéssemos namoradxs e paqueras pra casa, sem distinção. Não era que meu irmão podia, por ser homem, e eu e minha irmã não. Inclusive, meu primeiro namorado firme, sério, dormiu no meu quarto, na casa dos meus pais (e eu na dos pais dele) inúmeras vezes. É o maridão. 

123 comentários:

Anônimo disse...

ew, sexo é nojento.

Anônimo disse...

A sociedade evoluiu um pouco, pelo menos a família não a crucificou por não ser mais virgem. No entanto, infelizmente, ainda há um duplo padrão moral, fruto de séculos de repressão.


Devemos lutar contra essas atitudes absurdas. Transar é bom, todo mundo faz, quase todo mundo gosta. Não dá para haver repressão.


Imaginem se a leitora estivesse transando com dois homens ao mesmo tempo? Ia ser o drama. A família teria certeza de que ela é TARADA, rss, viciada em sexo. Poderiam tentar interná-la numa clínica!



O mundo ainda vai ter de melhorar muito.

Namorado Liberal

Gle disse...

Somos em duas irmãs, eu sou a caçula. Dormir com outra pessoa debaixo do teto da casa dos meus pais, jamais! Dormir juntos, só depois de casados e mimimi.
E foi por isso (também) que eu saí de casa aos 20 anos.

Cansei de ficar fazendo tudo "escondido". Afinal, depois de passar a noite em um motel e chegar em casa, sua mãe pode perguntar: "E aí? Como foi a noite? Aonde foram?" você não vai responder "Ficamos num motel e transamos a noite toda", né?

Anônimo disse...

As famílias ainda reprimem muito as pessoas.

Anônimo disse...

"F. querida, infelizmente, ter sido "rebelde" na juventude não quer dizer que a pessoa não vai virar conservadora com o tempo. E também, é possível ser transgressor em algumas coisas (usar drogas, por exemplo), e ainda assim ser o maior machista. E tem o pessoal que é liberal no discurso, mas quando se trata da filha deles... sai de baixo!"

Exatamente meu caso! Vocês sabem o que é ter uma mãe que foi pra WOODSTOCK, que tem fotos absolutamente icônicas dela espalhadas por aí há 45 anos, que viveu todo o sonho americano de uma flor desenhada no rosto, uma mochila de couro e uma Kombi, que fez dois abortos, que defendia a maconha no tempo em que isso podia te mandar pra cadeia, que lutava contra a opressão do patriarcado em época que ninguém sabia o que era isso, que viajou o mundo todinho, que falava sobre o benefício das drogas lisérgicas à mesa de jantar, enfim, pensem nessa mãe FLOWER POWER um belo dia descobrir que sua filha mais nova, euzinha, não era mais virgem e surrar e me mudar de cidade pra eu não encontrar mais meu "namorado", que nem namorado era, foi só um rolo que pra mim foi excelente e não teve nenhuma consequência porque diferente dela eu me cuidava e nunca precisei abortar ninguém?

Fui morar com a minha avó e no fim foi ótimo, graças aos deuses e deusas nunca encaretou na vida e morreu aos 103 anos de idade com a cabeça muito mais jovem e lúcida que a minha, progressista, muito fodona mesmo, era minha avó que deveria estar nas tais fotos icônicas. Mas o fato é que essa hippie "mãe" projetou todas as merdas que ela deve ter feito na vida por escolha própria e sem nenhum tipo de impedimento em mim e queria que eu fosse diferente? Ainda mais sem ter feito nada demais? Gente, eu nunca nem fumei maconha, tenho aversão ao cheiro, mais que de cigarro até. E a mulher ficou paranóica quando descobriu que eu não era mais uma simples menina.

Tudo isso já é mais que passado, as neuroses da minha já falecida mãe não determinaram meu futuro e vou bem, obrigada. Mas toda vez que vejo qualquer coisa sobre Woodstock e o movimento hippie, tá lá a minha mãe, fazendo as vezes de símbolo da liberdade e eu tenho vontade de rir e contar pra todo mundo a história do dia que apanhei por não ser mais virgem.

Anônimo disse...

Simples.
Se o idiota não tem nem condições de arrumar sequer um lugar para meter, não tem responsabilidade e maturidade suficientes para levar sua foda para dentro da casa dos pais.
Quer levar quem quiser para casa? quer meter até esfolar? Pois vá morar sozinh@.
Bando de folgados.

Anônimo disse...

É preciso lutar para ter liberdade todos os dias....

Sara disse...

Ainda bem q não conheço seus pais F.
pois já armei um barraco daqueles dentro de um shopping com uma "amiga" que soltou essa pérola de que o filho dela pode levar quantas namoradas quiser na casa dela, mas a filha nem pensar.
Nunca mais vi essa pessoa (nem quero) mas acho q gente q faz isso só esta perpetuando um machismo asqueroso e nojento, me desculpe.
Espero que nunca mais apareça nenhum babaca me falando coisas assim, pq se falar na minha frente, leva...
Minhas filhas são totalmente livres, pra fazerem o q bem entenderem de suas vidas e sexualidade, desde que sejam responsáveis pelo q fazem, pq tb já disse q eu não vou arcar com irresponsabilidade de nenhuma delas.
Por enquanto nos damos muito bem aqui no meu ap. cada uma tem seu quarto e dele faz o q quiser (inclusive a limpeza).

Anônimo disse...

Minha mãe é BEM mais machista do que o meu pai. Eles são divorciados desde os meus sete anos; ano passado sai de casa porque não aguentava mais o culto a virgindade, o só "ser mulher" do seu marido, mulher bêbeda é mais feio do que homem bêbado, não chame palavrão que é bem mais feio pra mulher, julgava as mulheres de putas ou santas, e mais um monte de coisas do tipo. Já meu pai não da a mínima, só se preocupa se minha saúde esta bem, estudos, trabalho... Saímos pra barzinhos e festas junto com meus irmãos, e minha mãe fica perplexa. É a vida. Hoje estou bem mais tranquila morando longe dela, uma pena mas eu tive que decidir.

Anônimo disse...

O que acontece na minha casa não é diferente tudo que fiz foi escondido. Pois para minha mãe tudo é um escândalo, pros homens como sempre mais fácil, ruim pro homem é sair na noite e não pegar ninguém.
Mas hoje em dia tem mulheres que fazem e acontecem assumem isso sem vergonha nenhuma é melhor assim quem sabe nós perdemos essa vergonha.

Anônimo disse...

Olha a entrevista absurda desse cara que testemunhou contra os manifestantes do RJ, transborda misoginia: http://odia.ig.com.br/noticia/rio-de-janeiro/2014-07-24/ex-lider-da-fip-e-a-principal-testemunha-em-inquerito-contra-ativistas.html

lola aronovich disse...

Vcs conhecem muita gente que limita o sexo, uma atividade tão cheia de possibilidades e de prazer, a "meter"? Só os mascus. Por isso que acho que o cara das 16:13, tão revoltadinho, é um mascu. Porque dizer uma coisa assim resolve dois problemas com uma só explicação: eles não levam ninguém pra "meter" na casa dos pais porque moram na casa dos pais. A maior parte dos mascus mora na casa dos pais, mesmo com trinta e poucos anos, e não têm nenhuma previsão de sair de lá. E a maior parte dos mascus só faz sexo com prostitutas. E, como é típico de mascus, eles gostam de condenar as coisas que eles não fazem ou não podem fazer (transar. Na casa dos pais).

D Stoffel disse...

Eu já vi mulheres se gabando de ter beijado vários homens.
Uma dizia homem tá fácil, pq ela era feia e pegava geral,realmente pra fufu é fácil fácil, mas pra namorar...

Anônimo disse...

Também já observei isso normalmente são filhotes de mamãe que não lavam um prato.
E Fazem sexo com prost e travecos opa contei! ou com as desesperadas.
A EX CUNHADA DA MINHA IRMÃ NAMORA UM MACHISTA E ELE FAZIA ELA CARREGAR A MOCHILA PESADA DELE NAS COSTAS E AINDA DE SALTO ALTO.
MINHA IRMÃ FICOU HORRORIZADA COMO A GAROTA SE PRESTOU AQUELE PAPEL

angel de luz disse...

Hoje eu estava vendo em fátima enquete se as mulheres preferem os homens modernos ou a moda antiga e a moda antiga ganhou Oo.
O que será que entenderam por a moda antiga

Anônimo disse...

Homem machista vive dando a bunda em motel.
A bruna surfistinha que falou ela e a lola que não é do blog é uma lola benvenutti prostituta famosa, faz sucesso com us homi adivinha pq kkkkkkkkk.

Anônimo disse...

É pros mascus sexo é só um buraco
na verdade é o buraco da mão do mascu que é pobre não renda pra pagar p...
mas se bem que tem garotas de estrada que cobram 50 centavos aquelas que os caminhoneiros pegam,
quem namora caminhoneiro boa sorte pq são tudo pega puta

Anônimo disse...

É o medo de a filha ficar falada, nunca casar e a família ter de sustentá-la. Tudo gira em torno do medo de perder dinheiro....

Anônimo disse...

tem um país mulçumano que quer mutilar as mulheres pra elas não ficarem livres demais, esse povo sofre, é nojento ver o que eles fazem. TUDO EM NOME DA "RELIGIÃO"

Lara disse...

Transar nas casas dos pais? Todo mundo ouvindo sua atividade? Constrangedor no mínimo.
Já era ruim ter que ouvir os pais transando,as vezes se empolgavam demais,mas a casa era deles,n tinha como reclamar.
Mas são machistas sim,o filho pode ser mais "rodado" que prostituta e a filha n.

Anônimo disse...

Engraçado que o mascu aí manda todo mundo ir morar sozinho, mas tenho certeza que não faz nenhum esforço pra ir ele mesmo pruma casa própria sem os pais... rsrsrs. Também tenho um lado da família machista que só eles, e que adoram castrar as meninas. Já fui mais suscetível, hoje evito-os como se fossem a peste e se tiver sobrinhxs algum dia brigo com a família inteira se for preciso mas não deixo eles chegarem perto das crianças.

Fernanda disse...

Gente,

Morar sozinho é libertador. Sério. Sempre tentem ir por essa alternativa.

No MEU caso, eu tenho uma convicção que me ajuda muito: minha relação familiar não é confessionário. Simples assim. Não moro com eles, mas nos vemos pelo menos uma vez por semana, a relação é agradavel, mas eles não sabem de absolutamente nada que se passa comigo no campo sexual. Eles sabem que tenho vida sexual ativa, mas é só. (Eu também não pergunto nada, imagina eu chegar no almoço e falar "e aí, mãe, pai tá te dando aquele trato que só você merece?" ?!?!?! Me parece tão invasivo quanto.)

Anônimo disse...

tenho liberdade de levar quem eu quero pra dormir em casa, mas não me sinto a vontade. trabalho e meu namorado também, então n vejo nada demais em pagar motel. mas entendo que essa repressão n é boa coisa

Anônimo disse...

Porque dizer uma coisa assim resolve dois problemas com uma só explicação: eles não levam ninguém pra "meter" na casa dos pais porque moram na casa dos pais.

kkkkkkkkkk a hipocrisia de vcs é hilária.
falou a senhora independência que parasitou na casa dos pais até os 25 anos e que achava que era independente só pq trabalhava,enquanto os pais provavelmente pagavam a maior parte das contas.

tb vivi nesses termos,até os 24 anos e só depois que fui morar sozinho e pagar tudo,pude encher a boca para falar que era independente.

Anônimo disse...

Vou falar. Verdade, acho um absurdo levarem seja la quem pra transar na casa dos pais. Quer transar sem gente enchendo o saco vai pru, motel ou vai morar sozinho. A casa e dis pais, nao dela.

Anônimo disse...

Acho que AS FAMÍLIAS AINDA PRECISAM MELHORAR...

Anônimo disse...

Eu lembro do policiamento intensivo que eu sofri na adolescência. Minha mãe chegava a revirar a lixeira do meu banheiro para ver se eu estava menstruando regularmente. O maior pavor dela era eu "envergonhar a família". E o medo não era de gravidez precoce ou DST não! Isso era só a desculpa. Ter uma filha que faz sexo era era a maior desonra e humilhação que minha mãe poderia passar.

Meu irmão... ah, ele sempre fez o que quis e nunca ninguém disse nada ou se envergonhou de nada!!!


Jane Doe

Cheio de Luz disse...

"É PRECISO LUTAR PARA TER LIBERDADE TODOS OS DIAS..."
Frase do "anônimo"que foi bem colocada; entendo que fazer sexo na casa do papai e da mamãe não tem nada de "avanço sexual" ou liberdade para a filha(filho),pois, se tratando de jovens que ainda mamam na comodidade de ter roupa passada,lavada,comida pronta,casa limpa e etc... o que tange à busca de experiências sexuais deve ter local e hora marcada em qualquer lugar;menos na casa onde não capazes de gerenciar e devem sim respeitar o teto compartilhado;que e´de quem lutou para dar vazão a liberdade em todos os sentidos;minha filha namora no quarto e imponho que a porta fique entreaberta,agindo desta forma acredito que a incentivo a LUTAR para um dia alcançar seu próprio espaço e fazer dele o que quiser;tenho uma conhecida que liberou geral,sabe o que deu? o filho se tornou papai aos 17 aninhos. Sou a favor de sexo entre jovens com maturidade, conhecendo seu corpo e desejos,se permitindo a quebrar tabus com consciênia de quem sabe o que quer,e,acontecendo algo não previsto saber lidar sem desespero.Se uma jovem, mal conhece a si mesma,seu corpo;como pode querer pular fases, se aventurando de forma inconsequente. Perdi minha virgindade de forma totalmente diferente do que imaginava(iniciar a vida sexual),foi num local onde senti a vontade ;com certeza poderia ser até numa praia deserta;MENOS NA CASA DE MEUS PAIS!

Danilo disse...

Resposta: Este texto ficou subtendido que ainda existe repressão sexual. Não acredito nisso. Eu não acredito como de fato não existe. Repressão sexual é impedir uma pessoa de ter vida sexual. Nenhuma mulher é proibida de fazer sexo no Brasil. Não existe repressão sexual no Ocidente.

O Brasil não é África e nem o Oriente médio. Lá há exemplos claros de repressão sexual. Nesses lugares as religiões tribais e o islamismo mantêm um padrão fortemente repressivo.

A repressão sexual no Brasil é apenas um fenômeno psicológico e não uma repressão sexual real. A crítica da repressão sexual no ocidente é na verdade uma crítica deste fenômeno psicológico. Ou seja, a mulher quer transar com todos, mas não quer ser estigmatizada por isso.

Os termos "vadias" e "putas" são termos pejorativos pra botar "medo" na mulher e assim ela não poder transar livremente. Seria uma espécie de controle da liberdade sexual feminina Mas isso não é repressão sexual real. A mulher adulta pode transar com quem ela quiser e com quantos ela quiser.

Eu apenas quis teorizar um pouco para dar mais ênfase. Porém isso poderia ser reduzido pelo simples fato. Existe repressão sexual? Não existe. Por que não existe? Ora, nada proibi a mulher e fazer sexo no Brasil.

Danilo disse...

Resposta: Transar com prostitutas não é nem pior e nem melhor. No físico pelo físico, é a mesma coisa que uma mulher "comum". Vocês falam de um jeito como se prostitutas fosse uma outra "entidade feminina".

MonaLisa disse...

É por isso que nunca apresentei nenhum namorado pra família antes dos 18 e de trabalhar. Depois sempre começa o mimimi, de ter que ficar de mãozinhas dadas na frente da casa, aquelas conversas cretinas sobre se valorizar, parentes idiotas jogando praga dizendo que tu vai engravidar.

Sai transando a rodo, mas nunca dei o gostinho deles de contar pra todo mundo que a filhinha direita tem um namoradinho. Eca.

Como bem falaram ai em cima, tudo é por causa de dinheiro. Quando meu pai veio dar piti pq eu tava dormindo na casa do meu namorado, eu disse que então, ele que contratasse alguém pra trabalhar no comércio dele pq eu não era criança e muito menos escrava. Ele nunca mais tocou no assunto.

Raven~ disse...

Sabe que sinto esse conservadorismo nos meus amigos?

A uns cinco ou seis anos atrás, minha galera pegava geral. Era todo mundo pegando todo mundo. Não tinha um ou uma que escapava. Sério. Hoje estão todos casados, com um casal de filhos, cachorro e carro e quase arrancam os cabelos quando digo que ainda sou bi. Q não era modinha. Q gosto de xoxota mesmo.

Vai entender. Gente que até outro dia beijava maçaneta, hoje vem falar em reputação. Eu hein?!

Raven~ disse...

Nossa, essa parte de gostar de xoxota foi horrorosa. Desculpem.

Soei como um mascu.

Anônimo disse...

AH sei lá. Acho que tudo tem limites transar em casa é muito constrangedor.Poxa, querendo ou não, são seus pais ali, aqueles que te vêem como o bebê deles , as vezes, te sustentam e tals. Meu namorado até dorme em casa, realmente dorme, sexo, a gente encontra outro lugar.E se foi dormir quando comecei a trabalhar e me tornei mais independente, e eles já conheciam ele há bastante tempo.Existe machismo sim, mas a bom senso também. Meu irmão também só pode dormir com a namorada em casa depois de mais velho, independente e com ela sendo bem conhecida aqui em casa. Sei lá varia de família para família, mas ainda sim cabe o bom senso.

Anônimo disse...

Raven, você é o ponto alto dessa sessão de comentários... uahuahuahuaha

André disse...

Se o anônimo de 17:04 for feminista, ele está bem equivocado. Ser prostituta é crime?

Anônimo disse...

André, ser prostituta não é crime, mas o problema é que quem transa com prostitutas são machos fracassados, incompetentes e desonrados, que não conseguem conquistar uma mulher.
Por isso mascus só transam com prostitutas.

Carlos Eduardo disse...

Maçaranduba cultural. XD

Carlos Eduardo disse...

D Stoffel subindo de level.

Anônimo disse...

Cara(o), anônima(o)das 19:41

1 - Mulher não é prêmio, logo, não pode ser conquistada. Sexo não é um torneio que calcula competência ou honra, mas uma atividade interativa consentida, que pode ser prazerosa e saudável em várias circunstâncias. Fazer sexo não faz ninguém mais ou menos digno ou competente.
Sexo não é questão de competência, mas de consentimento e prazer.

2 - Masculinistas são conservadoras, sua/seu animal primitivo sem raciocínio, o que praticamente anula qualquer possibilidade deles terem sexo com prostitutas. Eles acham as prostitutas impuras e pecaminosas, já que são extremamente retrógrados. Como eles fariam sexo com prostitutas?

3 - Fracassado(a) é você, que quer impor um padrão sexual adequado, quando o mesmo só depende das preferências da pessoa.

Renata disse...

Vish, meus irmãos sempre levaram quem quisessem pra casa.. eu não podia, claro que não.. 'menina' levar rapaz pra casa? Que absurdo!!

Um dia joguei na cara deles (dos meus irmão e dos meus pais) essas coisas e todo mundo começou com a ladainha machista. Mandei todo mundo catar cocos, fui embora e fiz minha vida.

Algumas coisas melhoraram com o tempo e de tanto eu 'brigar'. O que fez a diferença mesmo, foi eu ter ido embora =]

Anônimo disse...

Anônimo das 19:41

Eu transo com prostitutas e não sou machista nem fracassado, e quando estou com vontade eu contrato o serviço dessas moças sim, e respeito muito elas. Sei lá, quando eu converso com uma mulher eu não consigo levar a conversa pra esse lado e pronto, mas um dia, quem sabe.

Claudio disse...

Isso é normal... você compraria uma fechadura que abrisse para qualquer chave?

Mulher ficar com amigo? Meio estranho essa estória.

Anônimo disse...

Lolinha, help. COMO LIDAR?

http://brasil.estadao.com.br/noticias/rio-de-janeiro,traicao-amorosa-ajuda-policia-a-investigar-manifestantes-no-rio,1533578

Trecho:

"Jovem que teve namorado 'roubado' por Sininho relatou articulações dos mascarados e revelou uma tentativa de incendiar a Câmara

RIO - Uma traição amorosa na cúpula da organização rotulada pela Polícia Civil e pelo Ministério Público de quadrilha armada ajudou os investigadores a apurar
como agia o grupo responsabilizado pelo comando dos protestos violentos que ocorreram no Rio a partir de junho de 2013.

Líder dos manifestantes, Elisa Quadros Pinto Sanzi, a Sininho, é acusada em depoimento de ter "roubado" o companheiro da ativista Anne Josephine Louise
Marie Rosencrantz. Em represália, a traída relatou à polícia as articulações e os atos praticados pelos mascarados, como a tentativa de incendiar a Câmara de
Vereadores."

ROUBAR o namorado. Traição. Geeeeente.... voltei pra 1940 e nem tava sabendo.

Erres Errantes disse...

"Se a pessoa é de classe média e tem seu próprio quarto, com porta e tal..."

Não entendi onde a classe entra aí. Existem famílias pobres com poucas pessoas, às vezes com filho único, que pode muito bem ter seu próprio quarto.

lola aronovich disse...

É, Erres, tem razão. Tem muita família pobre com filho único. Mas suponho que isso de ter quarto só pra vc é coisa mais de classe média, não? E ainda assim... Eu tive que dividir quarto com minha irmã durante muitos anos (e odiava, porque ela era bagunceira). Nossa primeira e terceira casa em SP "só" tinha 3 quartos. Quer dizer, 3 quartos é muito, eram apartamentos grandes, mas ainda assim não dava pra que cada um dos filhos tivesse seu próprio quarto. Esse terceiro apê que alugamos era lindo, enorme, em plena Av. São Luis, em SP. Como só tinha 3 quartos, e eu não queria dividir um com minha irmã (ambas já adultas, não mais adolescentes), eu -- com a ajuda d o maridão, então namoradão -- fiz uma parede de madeira com isopor por dentro em parte da sala de jantar. Aí virou meu quarto. Quebrou um galhão.

Erres Errantes disse...

angel de luz disse...
"O que será que entenderam por a moda antiga"

Angel, acho que elas fazem uma ideia totalmente romântica do homem à moda antiga. Imaginam que é aquele que abre a porta do carro, manda flores etc etc. Esquecem que eram homens que podiam dispor completamente da vida da mulher e dos filhos, inclusive tendo respaldo legal até para matar as esposas, caso sentissem sua "honra" comprometida. Eram homens que proibiam as mulheres de trabalhar fora, que exigiam que elas fizessem todas as tarefas domésticas e que estivessem sempre dispostas a fazer tudo o que eles mandassem. Mas, para essas saudosistas do "homem à moda antiga", parece que isso tudo são meros detalhes...

Anônimo disse...

Claudio, um lápis apontado muitas vezes gasta; o apontador não gasta. Mas você não pega ninguém porque você é um babaca mesmo.

Raven~ disse...

Aff quando mulher fica com amigo é estranho, quando não fica é friendzone??


Qualé a de vcs, bando de chato?

Raven~ disse...

Ah obrigada anon, mas tem gente muito melhor do que eu nessa ótima sessão de comentários. :)

Raven~ disse...

E além do mais... Comparar vagina com fechadura...


Tá faltando sexo aí hein amigo?

Anônimo disse...

Não durmo com namorado aqui em casa com meus pais dentro de casa, mas qdo eles viajam trago e sempre trouxe namorados pra cá.
Minha sogra ja me deu "indiretas" que moça direita ficar dormindo na casa do namorado é estranho e principalmente meus pais não "ligarem".
Minha mãe me ensinou o que eram dst camisinha e etc... agora seu eu estou "dando" ela nunca se preocupou (nem meu pai)...
E pra variar quando fiquei adulta ( só perdi a virgindade adulta com 19 anos) eu dava pra toooooddddo mundo... por amor, por prazer por tédio... e principalmente pq o problema era meu...

Laurinha (Mulher modernex) disse...

Se o homem pode e a mulher não, é machismo, simples.
Mas quanto a isso de levar pra dormir em casa acho que já varia de família pra família.
Eu moro com minha mãe, nós duas somos solteiras, dividimos as contas meio a meio, mas nenhuma traz homem pra dormir em casa por questão de privacidade mesmo. A casa é pequena, a gente anda seminua pela casa, então uma presença estranha tiraria a liberdade dela ou a minha. Mas é questão de combinação nossa mesmo.

Anônimo disse...

Pois é, muita hipocrisia. Aqui em casa eu era obrigada a namorar de porta aberta, se quisesse ficar no meu quarto para ter um pouco de privacidade. Caso contrário, tinha que ficar na sala mesmo, com toda a família, assistindo aos programas mais abomináveis da TV , um lixo cultural. Por isso parei de trazer meu namorado aqui em casa e prefiro ir visitá-lo, já que lá não tem essas restrições... Não há nenhum problema em dormir ou ter relações com alguém no seu quarto, já que É um espaço SEU, íntimo, privado. Mas isso não entra mesmo na cabeça de algumas pessoas, especialmente do meu pai. Aposto que se ele tivesse o filho Jr. que ele tanto queria, as regras seriam beeeem diferentes.

Anônimo disse...

Sawl

Para Claudio

Véi, se é muito otário!!
Mulher NÃO é fechadura seu babaca!! Mulher é ser humano, biologicamente diferente mas com a mesma vontade de viver e curtir o momento como vocês!
Aliás um imbecil como você só pode entender mesmo de fechadura, de boneca inflável, de garota de programa ou quem sabe teu caso é um traveco mesmo!
E lembrando que perdi ótimos momentos na minha vida porque me casei com um tipo de traste como você, aliás imbecis machistas e inseguros como vc tem a mesma merda de fala (eu lembro uma vez que meu primeiro marido tinha dito pra mim que tinha orgulho de ter casado comigo porque eu era um "CADEADO" que ele(olha o romantismo do ser humano, kkk) "rompeu", e eu era tão burra e sem alto estima que encarei como um "elogio" sim eu era virgem - e me arrependo disso - mas isso não o fez me tratar melhor!).
Engraçado vocês misóginos de merda! Cobram TANTO uma suposta "decência" das mulheres, adoram cagar regras e no entanto quando conhecem uma mulher virgem ou no mínimo quase(segundo o conceito moralista de vocês que mulher tem que ter o nº ínfimo de namorados) HUMILHAM, TRAEM, MALTRATAM e fazem coisas PIORES!!
No meu primeiro casamento fui traída, humilhada, tratada como uma "coisa" e agredida(foi quando eu acordei e vi o LIXO com quem tinha me casado!). Ou seja pra vocês misóginos de merda a mulher tem que ser perfeita, mas, vocês não podem ser um pouquinho gentis e no mínimo fiéis(afinal nós não cobramos uma vida sexual pouco rodada de vocês!). Que merda de conceito sobre mulher e sobre homem vocês tem. Por isso as mulheres estão acordando e viadinhos como você ficam de mimimi reclamando de vida e dizendo que mulher não presta. Vai arrumar uma mulher(se uma que não cobre dinheiro ficar a fim de vc, pode apostar que tá no lucro!) e deixa de ser um mal amado, machista caga regra, ok?


Sawl - always the rebel

Anônimo disse...

Anonimo da inexistencia de repressao,

Meu querido nada te impede de ir ali na calcada e assassinar o primeiro que ver. Nada. A repressao policial vai vir depois que te pegarem. Entao existe ou nao existe repressao ao crime?

Anônimo disse...

Sawl, que voadora!

Ouch!

Nathy disse...

Essa questão de tratar irmão e irmã diferente sempre presenciei aqui em casa, eu e meu irmão temos só dois anos de diferença e sou a mais nova e enquanto ele sempre pode sair, ficar até mais tarde e tudo mais, eu demorei para poder fazer isso e mesmo assim sempre sou bombardeada de ligações para saber onde estou, que horas volto e isso ocorre até hoje e veja tenho 23 anos e com o meu irmão no máximo ligam para saber se volta no mesmo dia ou não. E claro desde nova tive que aprender a cozinhar, algo que odeio fazer, e a cuidar da casa enquanto meu irmão nunca teve que fazer nada disso e sempre questionava do motivo de eu ter que saber fazer tudo isso e ele não, a resposta era sempre a mesma porque eu sou mulher e ele homem, o que eu sempre respondia falando que mesmo assim ele tem que comer e quando ele morar sozinho não saberá nem cozinhar o básico, o que realmente não sabe e sempre recebia uma cara feia a essa minha resposta.

Anônimo disse...

Kkkk a chave mestra sempre termina sozinha sem um par e os caras que falam isso nem sexo fazem, então nem eles podem se auto garantir.

Anônimo disse...

Virgindade não garante merda nenhuma, se garantisse eu seria feliz hoje, mas escolheram me trocar por mulheres experientes. So homem otario, ruim de cama e inseguro que acha bom tirar virgindade.

Anônimo disse...

Esse claudio é troll desde sempre. Eu conheço de outros carnavais. Não percam tempo com isso aí.

Anônimo disse...

Olha como o mundo da volta: pros mascus que tão falando de virgindade, uma vez eu tava conversando com um cara, e ele me disse que se a mulher não fosse virgem, ela não servia pra namorar. So que dia desses ele pediu uma menina que tem fama de ficar com todo mundo em namoro, e ele ta apaixonado por ela. Eu fui jogar na cara dele que a vida deu pra ele uma lição, e é isso que se acontece quando se mede carater pela vida sexual. kkkkk ele veio todo nervosinho falando que mudou de ideia e que todos mudam de opinião um dia. Pois é a vida é assim.

Anônimo disse...

O triste fato é que entre 103 milhões de mulheres esses machistas provavelmente vão encontrar uma mulher do jeito que eles querem, e vão fazer delas o que eles quiserem.

Danilo disse...

"2 - Masculinistas são conservadoras, sua/seu animal primitivo sem raciocínio, o que praticamente anula qualquer possibilidade deles terem sexo com prostitutas. Eles acham as prostitutas impuras e pecaminosas, já que são extremamente retrógrados. Como eles fariam sexo com prostitutas?"


Resposta: Que bobeira é essa? O que mais tem aí são masculinistas seculares que vivem se drogando e baladeiros. Politicamente correto barato: óóh, os masculinistas são conservadores e de extrema direita. Piada.

Danilo disse...

"André, ser prostituta não é crime, mas o problema é que quem transa com prostitutas são machos fracassados, incompetentes e desonrados, que não conseguem conquistar uma mulher.
Por isso mascus só transam com prostitutas."

Resposta: Todo homem paga pelo sexo direto ou indiretamente. Não existe sexo por caridade.

Conquistar mulher = querer comer ela. Nada mais do que isso. "Conquistar" - você vive no século XVI pra falar uma bobeira dessa? O fim do romantismo clássico já foi destruído à muito tempo.

Danilo disse...

"Mulher não é prêmio, logo, não pode ser conquistada. Sexo não é um torneio que calcula competência ou honra, mas uma atividade interativa consentida, que pode ser prazerosa e saudável em várias circunstâncias"


Resposta: Existe sim uma competição sexual. Ora, um cara que não é bonito, não é forte, uma criatura dessa vai transar com quem? Para ele superar isso terá que ser mais bonito ou mais forte do que os outros homens. A minha ideologia é: Se eu quero levar pra cama uma mulher bonita, então eu tenho que superar ou aproximar dos caras mais bonitos e de corpo musculoso para eu ser o "escolhido" por ela.

Mulher quando é bonita têm um harém de homens bonitos e fortes querendo transar com ela.Você acha que ela vai transar com um feião desajeitado? No máximo ela vai fingir inocência perante o desejo sexual dele e jogar ele na friendzone.

Obs: Lógico que sempre haverá um cara mais bonito e forte do que o outro. O importante é se esforçar.

Anônimo disse...

Regra para a vida: Não se case virgem.

Anônimo disse...

Eu realmente não me estresso com essas comparações imbecis de fechadura, cadeado, km de carro... A real é que qualquer mulher que souber o mínimo de pompoarismo pode dizer que é virgem sem problema algum. Fora que existem vários tipos de hímem. Eu gosto de pegar babacas aí, ficam cheio de cuidados kkkkk.

E conheço de perto dois casos do tipo: uma mais próxima falou que era virgem pro guerreirinho, agora estão namorando, o cara JURA que foi o primeiro. Ela me contou e eu só dou risada. O segundo caso é mais ou menos por aí também, a diferença é que hoje são casados.

(fora a velha técnica de bancarem os libertários para fazer a mina se sentir a vontade e conversar sobre o seu passado, o que já fez ou deixou de fazer. não caiam nessa! sempre alerto amigas sobre esse joguinho.)

Se for "rodado" e querer uma virgem, bom, esses dois em específico as tiveram e estão felizes da vida, hehehe. Não tenho pena alguma. Só não casaria com um machista extremo desses, mas pra passar um tempo eles servem.

Júlia disse...

Um apontador que aponta vários lápis é um ótimo apontador, já um lápis que é apontado várias vezes se acaba. Analogia sobre orgão sexual usando objetos é ridícula, cresça.

Anônimo disse...

Acho interessante que galera ouve que você mora com os pais já assumem que a mãe lava a tua roupa enquanto você fica coçando.
Com o preço dos aluguéis em cidades grandes, a maioria das pessoas na faixa dos 20 anos que eu conheço, mesmo com diploma e emprego, não consegue sair de casa porque é muito caro.

Concluo também que quem compara vagina com fechadura nunca viu vagina na vida.

Anônimo disse...

Eu sou filha única e sempre fui super reprimidinha pelos meus pais hehehehhe o q não quer dizer q eu não aprontava pacas, sabem como é, quanto maior a tranca, maior a criatividade do ladrão. Eles nunca souberam lidar comigo, coitados.

Com 15 anos de idade, me pegaram na cama pelada, peladona mesmo, com meu primeiro namoradinho em cima de mim. Hoje eu vejo que o vacilo foi deles. Eles sabiam que eu namorava, eles sabiam até quem era o cara, mas enfiaram a cabeça na areia pra não enxergarem, sabe? Pois é, e quando viram desse jeito, negócio ficou feeeeeeeeeeio pro meu lado, apanhei mais que mula de carroceiro e me mandaram pra puta que pariu morar com uma parente. Não adiantou nada pq continuei vendo meu namorado, terminamos só quando quisemos e admito que foi tudo uma aventurinha mega boa.

Nunca vou esquecer da minha mãe falando pra minha tia "Agradeça a Deus que teu filho é homem". Machismo, será? Devia ter me matado depois do parto, então, já que não sabia lidar com outra mulher em casa... cretina.

Só que isso de me pegarem na cama ali, flagrante delito, marcou eles pra valer e não só ao meu lombo.

Voltei a morar com eles depois dos 18 e peeeeeensa num povo paranóico, não me deixavam ir ali na esquina, acho que meus pais pensavam que eu ia abrir as pernas no meio da rua e dar pra todo mundo, sei lá. Eu já trabalhava mas não ganhava o suficiente pra morar sozinha, muito embora tenha tentado sim mas acabei tendo que voltar pra casa por falta de grana e nossa, era uma bosta isso, viver com o Big Brother te vigiando por uma coisa que vc fez há séculos (ok não era tanto tempo assim mas poxa, de 15 pra 18 as pessoas mudam pra cacete até pq é a época pra isso).

Isso de vigilância foi tão sério que, atenção, com VINTE E SETE ANOS DE IDADE eu me casei mas já tava meio que morando com meu então futuro marido há algum tempo, digo "meio" pq eu passava mais tempo com ele do que sem, morávamos em cidades diferentes. Acreditam que meu pai e minha mãe vieram me dar sermão por isso? Onde já se viu, nem tá casada e já tá dormindo com ele, OI MINHA FILHA???? Não fui eu quem casou grávida não hahahahahahaha..... o que a filha da hippie falou sobre projeção, acho que serve pra mim. Minha mãe ter engravidado solteira lá em 1975 deve ter sido uma super bosta e ela (e meu pai tb) projetaram essa merda, reforçada por terem me pegado no flagra.

Devia ter soltado todos os cachorros do planeta quando, com quase trinta anos e sem depender deles ($$) pra nada vieram com essa história pra cima de mim, mas no final eu fiquei triste e meio q com pena deles. Ou de mim, sei lá. Mas rolou pena. Melhor que mágoa né?

Não vou contar aqui todas as minhas super peripécias sexuais nesse tempos de vigilância porque isso eu já faço no meu blog de sacanagem mas deixo aqui aquele recadinho maroto pra todo pai e mãe idiota que estiver lendo essas palavras:

NÃO É PQ VOCÊ NÃO VÊ QUE NÃO EXISTE

NÃO É PQ VOCÊ NÃO DEIXA QUE A PESSOA NÃO FAZ

QUANTO MAIOR A DIFICULDADE, MAIOR A CRIATIVIDADE

GUARDE SEUS RECALQUES SEXUAIS PARA SI MESMO, O PROBLEMA É SEU.

Bjinho Lola, te adoro.

Anônimo disse...

sara, como sempre, ilminando so comentarios. Adorei que você brigou com a sua amiga.
Tem muita gente que fala " deixa pra la, não vale a pena", mas eu sou totalmente adepta de 'evangelizar' as pessoas do meu lado.

Eu não perco uma oportunidade. Se uma amiga minha fala uma merda dessas so meu lado, brigo também.

E mulheres lindas do comentario: pelo amo da deusa, não virem machistas quando tiverem filhos. Porque vi muita amiga minha minha com discurso libre, e quando teve filhos virou uma machista ambulante.

Lia38

Helen Pinho disse...

minha família está longe de ser feminista, na verdade é bem machista, mas lá em casa sempre foi permitido levar os namorados, somos duas irmãs e morávamos só com a minha mãe. acho super legal essa coisa de morar sozinho e tal, mas acho bastante improvável que um adolescente de menos de 18 anos não more mais com os pais, agora que ele já tenha vida sexual ativa é bem provável, então durante uns anos temos que conviver com a situação de já transar e morar com os pais.

sua mãe era machista mas permitia dormir com namorado em casa? sim, apesar de não concordar com sexo livre, ela colocava nossa segurança acima do seu moralismo.

mas a casa é dos pais, como tu quer transar lá? a casa é da família, todos devem ter direitos e responsabilidades.

Anônimo disse...

Tenho 24 anos e só consegui sair da casa dos meus pais agora para morar em um ap dividido com outras 2 amigas. Os aluguéis realmente estão pela hora da morte, tive que fazer um bom planejamento antes. ): Estudo e trabalho com váárias pessoas que depois dos 30 ainda moram com os pais mas ajudam nas finanças da casa e não saem pq não querem mesmo.

Anônimo disse...

Comprar uma fechadura é igual a se relacionar com uma mulher? Nem começou o dia e já chega de internet por hoje...

Anônimo disse...

também falo isso sempre Lia38
quem tiver filhos os eduque sem machismo, sem divisões de gênero. não pretendo ter de maneira alguma, então passo pra frente. x)

Flavio Moreira disse...

Raven, parei no seu comentário porque estou no trabalho e não consegui segurar a gargalhada: "Gente que até outro dia beijava maçaneta, hoje vem falar em reputação" é uma das melhores frases que já li!!! Posso usar?
E você se desculpando depois pelo gostar de xoxota tbm foi muito engraçado (desculpe, mas não deu para segurar).
Abs

Cheio de Luz disse...

DANILO que leu meu comentário e o intitulou com um ode à repressão,talvez não tenha captado minha ênfase à liberdade plena que é aquela que se alcança com esforço,quem sou euzinha para proibir que meus filhos façam sexo,só comungo a idéia(pude ver em muitos comentários se referindo à postura dos pais):" minha casa,minhas regras", acreditando que alavanco em meus filhos(tenho casal de 25 e 22 anos)o desejo de terem também o seu espaço,pois,por mais que aja o discurso que o quarto na casa dos pais é o próprio espaço, entendo ser uma concepção errada, é um espaço PARCIAL, pois, não se mantem sozinho,sendo assim, fazer o que quer fica muito complicado e impede a possibidade de LUTAR por aquilo que de fato se alcança. Mulher e Homem possuem direitos iguais de fazerem o que quiserem com seus corpos ,criar estigmas se é mascus(rs acho que é assim que vocês escrevem...)ou feminismo,só contribui para o conflito entre gêneros;se a mulher resolve ter várias experiências(desde que tenha maturidade para lidar com as consequências,beleza pura;quando falo consequências é lidar com o preconceito,riscos a saúde e violência etc...),já o homem;se procura saciar seu desejo com mulheres de programa("mulher de todos") nada contra,porém,tenho uma leve intuição que no fundo no fundo ele se realizaria de forma mais completa extravazando seu climax com uma mulher que compactuasse um sentimento e tivesse a exclusividade almejada(a namorada) por ele;não com uma mulher programada para dar prazer por dinheiro;parece meio piegas...soa romântico...mas,sempre levantarei a bandeira do amorsrs

Anônimo disse...

O povo no Brasil é tão bobo, mas tão bobo, que, se aparecem duas novelas mostrando ser algo bacana os pais deixarem as filhas transarem em casa, em pouco tempo veremos mães disputando para dizer que a filha traz mais parceiros para dormir em casa que a vizinha....

Somos um país controlado pela Rede Globo, logo, se ela decidir mostrar que algum comportamento é bacana, então 80% da população irá seguir.


A guerra deve ser para influenciar a indústria cultural.

Namorado Liberal

Anônimo disse...

Olá , tudo bem?

Adoramos o post, parabéns!

Seu site é uma das fontes de inspiração para o serviço que meu marido e eu montamos, chamado Adeus Rotina.

Falando basicamente o Adeus Rotina é um serviço de assinatura que quebra a monotonia uma vez por mês. Por um valor bem baixo todos os meses você recebe novidades, sugestões, dicas, dinâmicas e brinquedinhos para dar aquele UP na relação.

Se quiser conhecer o site acesse: http://www.adeusrotina.com.br

Obrigado por escrever este ótimo site.

Anônimo disse...

Eu percebi que o danilo é inseguro, ele vive falando que se o homem não tem beleza ele não fica com ninguem, mas talvez seja ele que não tem capacidade pra isso e acha que todos são iguais.

Anônimo disse...

Jogadores de futebol, cantores sertanejos e pagodeiros, executivos e outros homens milionários procuram prostitutas. Mas Po qual motivo se eles têm acesso a dezenas de mulheres querendo transar de graça? Velocidade, pois tempo é dinheiro. Um outro fator é não ter de se preocupar com teste de dna e futuros prejuízos FINANCEIROS.

Enquanto houver homens com dinheiro e mulheres com vontade de ganhar para gastar, vai existir prostituição.


Bru disse...

"Com o preço dos aluguéis em cidades grandes, a maioria das pessoas na faixa dos 20 anos que eu conheço, mesmo com diploma e emprego, não consegue sair de casa porque é muito caro." Nossa , total! Sempre que uma menina/menino vem aqui falar sobre algum problema familiar, sempre tem alguém no comentário pra dizer "ah, sair de casa, se liberte!" Gente, alÔ! Dependendo do caso, não tem como se sustentar totalmente, pagar aluguel, ainda mais em grandes cidades?

Anônimo disse...

mulher ficar com amigo é estranho?
só não é mais natural do que respirar e mais velho do q andar p frente
sabe de nada inocente

Anônimo disse...

concordo com uma parte do que o danilo falou

sempre vai ter alguém mais bonito do que vc sendo homem ou mulher

se vc quiser alguém bonito, independente, apresentável etc, vc tbm tem deve correr atrás e fazer por onde. n é só homem q é rejeitado n, longe disso

olha, até q ele falou algo q é vdd

Ta-chan disse...

NÃO É PQ VOCÊ NÃO VÊ QUE NÃO EXISTE

" NÃO É PQ VOCÊ NÃO DEIXA QUE A PESSOA NÃO FAZ

QUANTO MAIOR A DIFICULDADE, MAIOR A CRIATIVIDADE

GUARDE SEUS RECALQUES SEXUAIS PARA SI MESMO, O PROBLEMA É SEU."


Anon. 25 de julho de 2014 05:57

Minha vida tá descrita no seu comentário! Até lembrei do primeiro namorado que apresentei em casa. A gente ficava na sala fazendo cara de paisagem ai na hora dele ir embora transávamos atras do muro da horta, em outros termos, eu dava igual chuchu no muro rsrsrsrs!
Filho é igual areia, se vc aperta escorre pelos dedos. Esse tipo de repressão só serve pra deixar as pessoas distantes.

Danilo disse...

"Jogadores de futebol, cantores sertanejos e pagodeiros, executivos e outros homens milionários procuram prostitutas. Mas Po qual motivo se eles têm acesso a dezenas de mulheres querendo transar de graça? Velocidade, pois tempo é dinheiro. Um outro fator é não ter de se preocupar com teste de dna e futuros prejuízos FINANCEIROS."


Resposta: Isto é uma obviedade que eu não tinha pensado. Bom ponto de vista. Muitos caras procuram prostitutas mesmo tendo grande poder financeiro capaz de atrair um mar de mulheres.

Anônimo disse...

A Raven é o sonho de milhares de homens: uma mulher bi. Centenas de milhares imploram, pedem, suplicam para que suas esposas transem com outras mulheres...

Beatriz Correa disse...

"Ora, um cara que não é bonito, não é forte, uma criatura dessa vai transar com quem?"


E se eu te dissesse que, igual o ditado que minha avó diz desde 1900 e lá vai bolinha, "beleza não põe mesa" ?

O que não falta aí é homem (e mulher tbm, óbvio) que está bem fora dos padrões de beleza e conseguem várixs parceirxs sexuais ao longo da vida. Até pq, o conceito do que é bonito vai de cada um.

E, vamos combinar, se só gente bonita transasse, acho que mais da metade da população mundial não existia, hein...

Lucas Pin disse...

Lá em casa somos eu e uma irmã mais nova, eu sempre tive liberdade e ela não, porém a minha irmã por ter um gênio muito forte aos 15 anos começou a se rebelar das amarras e saia escondida e etc. Quando descobriram que ela perdeu a virgindade foram vários sermões a respeito, porém ela nunca esteve nem ai e até os 18 anos era muito rebelde sempre batia boca e não aceitava essas condições de eu poder e ela não, até que ela arrumou um namorado aos 18 e hoje dorme a maior parte do tempo na casa dele sem que meus pais encham o saco dela, ela venceu toda essa extirpação pelo cansaço e hoje é dona de si numa boa. Minha namorada já é toda amarrada, mesmo aos 21 não pode nem sonhar em dormir la em casa, então o sexo é sempre durante o dia no meu quarto onde podemos ficar lá sem que ninguém incomode, eu vivo citando minha irmã como exemplo mas ela não tem coragem de se rebelar um pouco em pró de mais liberdade comigo, fico meio triste por isso mas fazer o que né? Com certeza minha próxima namorada, se o meu atual relacionamento não der certo, será feminista ou pelo menos mais esclarecida e livre, pq é chato ter liberdade e a pessoa ao seu lado não ter.

Anônimo disse...

"A Raven é o sonho de milhares de homens: uma mulher bi. Centenas de milhares imploram, pedem, suplicam para que suas esposas transem com outras mulheres..."

Anonimo das 13:04 e desde quando mulheres são bissexuais apenas para agradar os machos? É como se a sexualidade da mulher não pertencesse a ela.
É como se a sexualidade feminina estivesse que estar sempre subordinada a sexualidade masculina.

Danilo disse...

"E se eu te dissesse que, igual o ditado que minha avó diz desde 1900 e lá vai bolinha, "beleza não põe mesa" ?

O que não falta aí é homem (e mulher tbm, óbvio) que está bem fora dos padrões de beleza e conseguem várixs parceirxs sexuais ao longo da vida. Até pq, o conceito do que é bonito vai de cada um.

E, vamos combinar, se só gente bonita transasse, acho que mais da metade da população mundial não existia, hein..."


Resposta: Frase clichê mais ridícula é essa. "Beleza não põe mesa". Isso até podia fazer sentido do século 19 pra baixo, mas a beleza hoje é tudo, ou quase tudo.

As pessoas ficam mais bonitas tentando atingir os padrões midiáticos de beleza. O bonito do padrão de beleza midiático é apenas uma imagem virtual. Ninguém nunca vai ser tão lindo e musculoso. Mas muitas pessoas chegam próximas da imagem virtual. Eu me sinto bem tentando aproximar aos padrões de beleza. Embora eu seja feio diante de muitos homens. Sou bonito em relação a muitos outros. O importante é não ser comum.

normalidaderealidade disse...

Uma vez dormi na casa de um namorado...

A mãe dele de manhã brigou COMIGO e disse pro rapaz "Minha casa não é bordel!"

Ou seja, o problema não era o filhotinho dela ser um tremendo de um "manwhore" (descobri isso depois), o problema era "as puta" que ele trazia! Eu dou risada disso hoje em dia, mas céus, foi horrível.

normalidaderealidade disse...

Ah sim, meu pai sempre só ligou pra se eu era puta ou não, ao invés de qualquer outra coisa.

Ontem fazia três anos que eu não via ele. Eu contei que me formei, que estava na pós-graduação, que estava escrevendo um artigo... Ele ignorou tudo e foi apalpar minha barriga perguntando se eu engravidei! E ele SEMPRE perguntou isso, desde que eu entrei na puberdade. Ele não tá nem aí pra minha vida, ele só quer saber se eu "fiz besteira" ou não - e aposto que se eu fizesse ia ser um tal de "eu avisei", "a culpa é sua", "eu sabia"...

Anônimo disse...

Aqui em casa vigora o critério da responsabilidade, paga as próprias contas, pode dormir com a namorada em casa, do contrário, se vira para achar lugar.

Anônimo disse...

Todo mundo que discorda da Lola é mascu? o que o rapaz falou tem sentido, liberdade deve ser uma conquista,e logicamente, isso faz parte do aprendizado humano,transar na casa dos pais sem sequer trabalhar, estudar, possuir responsabilidades é dar moleza pra vagabundo(a).

Anônimo disse...

Ora, Lola, tudo bem ser feminista defender a pátria...mas defender putaria na casa dos país... Isso é o cumulo.
A "menina" ou o "menino" querem ter moral na casa dos país, onde é o porto na maioria das vezes seguro deles.
Se a menina engravida quem cuida, o menino se acidenta ou outras coisas o que ocorre. CORREM para Mãe e Pai. Mas quando o negócio é fornicação tudo pode. Brigam falam que são proibidos e tudo mais...Tudo é legal. A maioria dos "jovens" que querem fazer puteiro da casa dos país não são aquele exemplo de "filhos" que podem enfrentar a vida numa boa. Sugestão: Querem fornicar saiam cedo de casa e "virem" BRUNA SURFISTINHA.

Ta-chan disse...

"As pessoas ficam mais bonitas tentando atingir os padrões midiáticos de beleza. O bonito do padrão de beleza midiático é apenas uma imagem virtual. Ninguém nunca vai ser tão lindo e musculoso. Mas muitas pessoas chegam próximas da imagem virtual. Eu me sinto bem tentando aproximar aos padrões de beleza. Embora eu seja feio diante de muitos homens. Sou bonito em relação a muitos outros. O importante é não ser comum."

Danilo querido, que fixação é essa? Pelos delírios que vc larga por aqui sua baixa auto estima tá lá no alto, acho bom vc procurar ajuda pra esse tipo de coisa.

O importante é não ser comum? O importante é viver, ser feliz, viajar, estudar, se realizar profissionalmente (não tô falando de dinheiro). Suas prioridades são muito pobres e vive a vida em função da sua aparência.

E sim "beleza" é uma coisa subjetiva e todos tem algo de bonito. Mas se formos colocar como "beleza" a juventude e a magreza/musculatura, isso é passageiro. Em algum momento vai desaparecer, então pra que devotar uma vida a isso?

lola aronovich disse...

Desde quando fazer sexo é putaria? Só na cabeça de alguns retrógrados aqui é que moça que transa com namorado dentro da casa é o mesmo que uma prostituta (Bruna Surfistinha). Impressionante. Não tem nada de desrespeitar os pais. Se os pais não são hipócritas nem conservadores, eles vão falar com os filhos e as filhas sobre sexo e vão saber que elxs já estão transando. Eu, hein? Acho que já contei isso uma vez. Eu tinha uma amiga maravilhosa (infelizmente perdemos contato) que estava com quase 30 anos e já namorava o namorado havia pelo menos uns 5 anos. Qual a probabilidade de uma pessoa com esse perfil ser virgem? Obviamente que ela e o namorado faziam sexo. Mas, pros pais dela, essa era uma ideia inadmissível. Então tanto ela quanto os pais faziam grandes malabarismos pra fingir que acreditavam nessa mentira. Pra todos os efeitos, quando ela, de vestido branco e véu, se casou com o namorado, ela era virgem. Eu gostava muito dos pais dela, mas é hiporcrisia, pô. Qual o problema em transar com um cara que já é namorado faz tempo, quando os dois já estão bem longe da adolescência?
Não há desrespeito nenhum em levar namorado pra casa. Pelo contrário, acho um sinal de respeito: sinal que vc não está mentindo pros seus pais. Sinal que vc e seus pais têm um bom relacionamento. Sinal de que vc estará segurx dentro de casa. Sinal de que seus pais respeitam suas escolhas e não te veem como uma criancinha.
Basta ser discretx. Logicamente tem que manter os sons em baixo volume (assim como os pais fazem). Mas não tem nada de mais. Em casa meu amado pai e eu ríamos bastante de algumas situações ("Aquele cara usou meu barbeador pra fazer a barba e ainda deixou todos os pelos na pia!", reclamava meu papi). Ou de um cara que, além de passar a noite algumas vezes lá em casa, vinha bem antes e tocava o piano (a gente tinha um piano e ele achava que sabia tocar). Meu pai, que foi músico na juventude, e que odiava TODOS os meus casinhos antes do Silvio aparecer em nossas vidas, fazia altas caretas ao ver o carinha tocar.

Anônimo disse...

Anon das 14:29,

Eu transava na casa do meu primeiro namorado. A gente tinha um lugar seguro, e a mãe dele virava e mexia chegava discretamente e colocava camisinha na mesa dele. Se a gente estivesse sozinho nessa, a gente com certeza iria se dar mal, porque a gente tinha vergonha de comprar camisinha, e queria muito fazer. Com certeza ninguém iria segurar a gente e seria um desastre.

Jovens dão um jeito de fazer, cara. Eu com certeza prefiro que meus filhos façam em casa que escondidos, sem proteção, fazendo merda. E fazer escondido com certeza deve fazer a criançada trepar mais cedo. Conheço uma amiga que a mãe dava a maior abertura, e pedia pra ela avisar quando quisesse transar, pras duas irem no ginecologista, ela tomar pílula e terem camisinha também. A menina resolveu transar aos 18 anos, que foi quando ela se sentiu a vontade pra falar com a mãe. Era quando parecia correto.


Eu particularmente fico super desconfortável com gente transando na mesma casa que eu, óbvio. Eu odiava dividir apartamento porque as outras meninas faziam sexo todo dia e era super barulhento. Então eu acho que filho meu transando seria um puta de um mindfuck, eu iria odiar, mas eu penso na segurança deles. E provavelmente com a minha permissão eles iriam pensar bem se tá na hora certa, né.

Anônimo disse...

" Ora, um cara que não é bonito, não é forte, uma criatura dessa vai transar com quem? Para ele superar isso terá que ser mais bonito ou mais forte do que os outros homens. A minha ideologia é: Se eu quero levar pra cama uma mulher bonita, então eu tenho que superar ou aproximar dos caras mais bonitos e de corpo musculoso para eu ser o "escolhido" por ela."

Danilo, é uma pena que você tenha esse pensamento primitivo e imbecil de achar que sexo é questão de competição.
O bonito reside nos olhos de quem vê. O que pode ser bonito pra você pode não ser para outra pessoa.

Danilo disse...

"E sim "beleza" é uma coisa subjetiva e todos tem algo de bonito. Mas se formos colocar como "beleza" a juventude e a magreza/musculatura, isso é passageiro. Em algum momento vai desaparecer, então pra que devotar uma vida a isso?"


Resposta: E eu lá quero saber do futuro, não sei nem se estarei vivo amanhã, ou daqui a 5, 10, 15 anos. Óbvio que a beleza vai embora quando a pessoa envelhece, mas ninguém tem a certeza de que estará viva no mundo futuro.

E o homem consegue manter uma beleza suficiente até os 60 anos se cuidando.

Anônimo disse...

"Ninguém nunca vai ser tão lindo e musculoso. Mas muitas pessoas chegam próximas da imagem virtual. Eu me sinto bem tentando aproximar aos padrões de beleza. Embora eu seja feio diante de muitos homens. Sou bonito em relação a muitos outros. O importante é não ser comum."
Então ela está MAIS certa ainda, porque mais da metade da população mundial não se ajusta ao padrão de beleza instrumentado pela mídia. Assim, metade da população mundial NÃO transa. Como faz agora?

Raven~ disse...

Oww anon do blog de sacanagem! Passa teu link aí! :D

Raven~ disse...

Claro, Flavio. Pode usar em qualquer lugar. :3

Credo anon, se vc implora pra sua mulher transar com outra e ela não quer, quem sabe vc podia parar de ser chato?

E se eu pedisse, implorasse e chorasse pra vc dar a bunda, ia curtir? Credo.

Danilo disse...

"Então ela está MAIS certa ainda, porque mais da metade da população mundial não se ajusta ao padrão de beleza instrumentado pela mídia."


Resposta: Acabei de falar que o padrão de beleza é uma imagem virtual, é uma teoria. Muitas pessoas são bonitas sem corresponder em absoluto ao padrão midiático de beleza.

Segundo as feministas, o padrão de beleza. É o padrão nórdico - "Branca, magra, cabelo liso e sei lá o que". Isso é uma piada. O que mais têm aí são morenas e negras que "espancam" em critério de beleza do que uma branca, magra e de cabelo liso.

Esse papinho de que a metade da população mundial não corresponde aos padrões de beleza é conversa pra boi dormir. Existem muitas pessoas bonitas, sim. Isso é conversinha de frustrado (a) querendo anular a beleza do outro.

Anônimo disse...

Olá Lola! Blog show de bola. Dou muitas risadas com os comentários e as polêmicas.
Me fez lembrar as palestras do Luiz Antonio Gasparetto kkkkk...existe um vídeo muito interessante sobre SEXO no qual ele aborda tudo isso e muito mais. Mas ao ler tudo me lembrei da célebre frase dele: " a pitrica é dos pais e dos irmãos" kkkk realmente...quanta vigilância sobre a pitrica. Parece que esses conceitos viverão por mais séculos affff

Anônimo disse...

"Jogadores de futebol, cantores sertanejos e pagodeiros, executivos e outros homens milionários procuram prostitutas. Mas Po qual motivo se eles têm acesso a dezenas de mulheres querendo transar de graça? Velocidade, pois tempo é dinheiro."

É. Mas esse não é o caso de vocês mascus. Que ou pagam ou ficam sem sexo. E ainda pensando que o que prostituta faz com você pagando, faz em dobro com outro de graça.

Anônimo disse...

Com esse pensamento de que todo homem paga por sexo, imagina quanto dinheiro suado esse Danilo já desperdiçou por aí.
Como tem homem otário. Tá pagando mulher que se encontra com outro, transa com ele por gosto e ainda ri da sua cara.

Anônimo disse...

"Esse papinho de que a metade da população mundial não corresponde aos padrões de beleza é conversa pra boi dormir. Existem muitas pessoas bonitas, sim. Isso é conversinha de frustrado (a) querendo anular a beleza do outro."

Você é muito burro, não adianta querer argumentar com você.
Beleza reside NOS OLHOS DE QUEM VÊ. O que pode parecer bonito para você pode ser feio para uma outra pessoa e assim por diante. Cada indivíduo tem suas preferências, não existe um cálculo objetivo que defina as propriedades da beleza, simplesmente porque ela só depende do observador para existir. Você é um fútil.

Anônimo disse...

Sawl

Anônimo das 13:04
Faz a seguinte combinação, pede pra sua mulher transar com outra mulher e em troca se ela pedir pra vc fazer um boquete em um cara você vai TER QUE ACEITAR!!
Ué? Sua mulher é obrigada a satisfazer seus fetiches e vc tira o teu da reta?! Cadê a igualdade nessa porra? kkk
Meu caro, mulheres bissexuais ou lésbicas são assim porque isso faz parte da sexualidade, da natureza delas, é um absurdo que o cara seja tão BABACA que ache que sua namorada hétero que só tem tesão por homem beije ou transe com mulheres né? Lembre sua mulher NÃO é a porra de uma boneca inflável! Nenhuma mulher é boneca, e sim ser humano, seu otário!!!


Sawl - always the rebel

Raven~ disse...

Sawl, eu te amo! >D

Anônimo disse...

"É. Mas esse não é o caso de vocês mascus. Que ou pagam ou ficam sem sexo. E ainda pensando que o que prostituta faz com você pagando, faz em dobro com outro de graça."

1 - A prostituta oferece sexo de maior qualidade, visto que ela tem especialidade no ato sexual, o que impulsiona o desenvolvimento de um desempenho superior ao normal.

2 - Qual é o problema da pessoa pagar por sexo? Sexo para você é questão de competição, triunfo e prêmio, ou é uma atividade que envolve interação consensual de adultos? Caso seja a primeira, que lamentável para você, um anônimo vazio e desprovido de pensamento lógico.
Pagar por sexo proporciona maior conforto e qualidade para quem assim desejar. Quem for otário e quiser submeter-se aos padrões sociais da conquista, que seja otário sozinho. jajajajajaja

3 - Não me interessa o que a prostituta faça com outros, pois não estou competindo com ninguém.

4 - Quem paga por sexo tem mais chance de ter uma vida sexual saudável do que você, anônimo estúpido que enxerga a atividade sexual como medição de valor. Na verdade, você não tem valor nenhum, nem mesmo sexual. Não é á toa que está tão preocupado com os outros. Qualquer pessoa de consciência clara preferiria uma prostituta do que você. Até a masturbação é mais satisfatória do que você.

5 - Beijinho no ombro.

Anônimo disse...

Minha gente, vocês não tão se ligando em qual é o objetivo do "guest post". Não é discutir se é errado ou não fazer sexo na casa dos pais, é discutir as diferenças que os pais fazem com filhos e filhas. Ok?

Anônimo disse...

Sou mulher e não acho que transar com garotos ou garotas de programa o faz de você um frustado. Sinceramente não tem nada a ver, só parece ser mais prático. Sexo é sexo.

Danilo disse...

"Você é muito burro, não adianta querer argumentar com você.
Beleza reside NOS OLHOS DE QUEM VÊ. O que pode parecer bonito para você pode ser feio para uma outra pessoa e assim por diante. Cada indivíduo tem suas preferências, não existe um cálculo objetivo que defina as propriedades da beleza, simplesmente porque ela só depende do observador para existir. Você é um fútil."


Resposta: Papo furado. Se a pessoa é feia as pessoas reconhecem que ela é feia se é bonita as pessoas reconhece que ela é bonita.

Anônimo disse...

Com a nova prostituta mais famosa, Lola Benventurini, percebi uma coisa. Como os homens amam prostitutas e as endeusam por coisas insignificantes, como serem leitoras de literatura nacional, graduadas. Parece que o fato de elas terem estudado, e apesar disso estarem ali, a disposicao para sexo a hora que o homem pagar por, as torna seres especiais. Para mim, parece o seguinte: ela nao esta concorrendo com ele no emprego, nao esta em posicao de poder, e esta sempre a disposicao para sexo e so. Parece ser esse o ideal do homem.

Leio Lola Leio disse...

Bom, não moro com meus pais faz muitos anos, saí por volta dos 20 anos, para fazer faculdade. Saí e continuei dando dinheiro para eles, pois sou de origem pobre. Minha mãe não permitia nem namorado meu, nem namorada do meu irmão em casa. Resultado: nos afastamos cada dia mais. Minha mãe não gostava nem que recebêssemos amigos em casa, alegava que tinha vergonha da casa... Neurose total. Tenho um irmão mais novo, hoje com 19 anos, que faz o que quer em casa, quando os pais não estão lá, ele transa lá mesmo e minha mãe faz vista grossa. Principalmente porque ela quer que ele fique lá com ela, a ajude financeiramente, coisas assim.
Sinceramente, não tenho filhos, gostaria de tê-los e é um consenso com meu marido que a criação será igual sendo homem ou mulher.
Concordo com quem diz que se a casa é dos pais, cabe ao jovem seguir as regras dos pais. Mas, há a contrapartida do hiato entre as gerações e, muito melhor o filho dentro de casa, bebendo uma cerveja, transando e os pais vendo a cara dele e dos amigos dele, que um sujeito monossilábico dentro de casa (esse foi meu caso), que, em curto prazo se torna um completo desconhecido dos seus pais. Daí que me emancipei o quanto antes, porque sentia as imposições da minha mãe como uma síndrome do pequeno poder. Não importava o coletivo para ela, a harmonia entre os membros da casa. Felizmente hoje sou independente (aliás, faz muitos anos que sou) e ela é totalmente dependente de mim, do meu padastro, dos meus irmãos... Infelizmente.
Ah, e ouvi muito da minha mãe coisas como "vagabunda", "nunca vai casar"... Isso quando eu ainda tinha uns 18, 19 anos e era virgem...

Leio Lola Leio disse...

Ah, mas gostaria de dizer também que o que mais me assusta é o conservadorismo entre os pares, entre os conhecidos da minha geração. Fiquei chocada na universidade como a teoria era o contrário da prática, como se pregava uma liberdade, mas havia a difamação da mulher que transava com quem bem entendesse. Isso eu acho muito pior que pais cagando regra dentro de casa. Afinal, é isso mesmo: a casa é deles, eles não são razoáveis, mas a casa é deles e, sendo homem ou mulher, acho de fundamental importância para a constituição do sujeito, sua identidade, personalidade e visão de mundo, que ele busque se emancipar, torne-se dono de si mesmo e não somente no sentido econômico de emancipação. Acho que quem se percebe corretamente como dono de si pode ser mais responsável socialmente.

Leio Lola Leio disse...

Para Bru 25 de julho de 2014 10:48 e a quem mais possa interessar,

Todo rompimento tem seus pesares, suas dificuldades, seus pontos a superar. Sair da casa dos pais não é diferente, é um período de transição geralmente difícil afetivamente e, muitas vezes, financeiramente. Não foi a decisão mais fácil da minha vida, penei, mas aprendi MUITO e me fortaleceu demais essa experiência. Sinto mais confiança em mim, mais capacidade de superar adversidades. É um custo sim, há repúblicas, pensões, há a possibilidade de reunir um grupo de amigos e alugar um imóvel (dividindo sai mais em conta). Há a possibilidade de alugar um quartinho no fundo de um quintal... Pus na balança, na época (9 anos atrás) que valia mais a pena sair da casa dos meus pais que ficar. Passei por muitas dificuldades e hoje penso que foi a decisão mais acertada que tomei.
Minha família goza também da independência que adquiri e tenho mais maturidade, suporte psicológico para lidar com diferentes situações relacionadas ou não com meus familiares.

Crisx disse...

É ÓBVIO que a vida sexual de cada um depende do seu sexo.

Eu nasci homem hetero, com o hormônio testosterona e maior quantidade que uma mulher, e sinto mais desejo (demanda) de sexo do que o que há prontamente disponível pra mim (oferta). Ocorre o inverso no caso das mulheres hetero: mais oferta e menos demanda.

Reclamem para a "mãe-natureza" ou seja lá o que for, mas parem de tentar politizar uma condição humana.

Anônimo disse...

Anon de 24 de julho de 2014 16:56 e Sawl (24 de julho de 2014 21:28), não é nada legal chamar as meninas trans de "traveco" e tratar o sexo com elas como algo bizarro ou que que diminui a pessoa.

Anônimo disse...

Sawl

PARA Anônimo Crisx
de 27 de julho de 2014 17:25

Cara, vc é semi analfabeto ou só um imbecil mesmo???
Você leu TODO artigo?
A gente não tá falando de maior ou menor desejo sexual e SIM da maldita dualidade de "homem faz sexo = garanhão", "mulher faz sexo = vadia", quando ambos mesmo com diferenças biológicas deveriam ter os mesmos direitos e mulheres não deviam ser julgadas por ter uma vida sexual ativa. Entendeu agora?
Não estávamos falando de "oferta e demanda" e sim sobre JULGAMENTOS MORAIS E MACHISTAS. Entendeu melhor agora? kkk
Se vc tem tanto desejo sexual assim como arrotou com tanto orgulho com certeza deve gastar dinheiro com garotas de programa e bonecas infláveis, mas, homens com o você que se gabam tanto de suas "virilidades" na maioria das vezes ou são brochas ou são bichonas enrustidas(que acredito ser o teu caso).

Passar bem.

Sawl - Always the rebel