domingo, 9 de março de 2014

MUITO POUCO SOBRE O OSCAR

Cara de incredibilidade da Lolinha ao ver que 30 pessoas bateram seu recorde

Olá, gente! Desculpem a demora para escrever sobre o Oscar (uma semana!), mas é que até quarta eu estava meio incomunicável em Fortim, CE, e de lá pra cá eu não parei de trabalhar. Mas agora vou contar tudo. Puxem uma cadeira.
Pra começar, devo dizer que ficarei alguns anos sem viajar pra lugar nenhum durante o carnaval. Não dá. Eu e o maridão não damos sorte (dos carnavais desde que nos mudamos pra Fortaleza, num deles ficamos acamados, com dengue, noutro passamos numa pousada na Lagoa do Banana -- muito legal, mas no entardecer os sapos tomavam conta do local; e nos dois últimos carnavais, Fortim). Desta vez, assim como no ano passado, faltou luz. E água. As cidades menores simplesmente não tem infra-estrutura pra suportar tanta gente.
Mas o problema maior é o barulho. Eu entendo perfeitamente que, se a gente vai ficar numa pousada próxima à praça central que terá show ao vivo durante quatro noites, haverá barulho. Mas não entendo os paredões. É uma disputa masculina pra ver quem consegue marcar mais território com barulho. É insuportável, uma praga. E claro que tinha paredão na praça, na praia, em qualquer lugar e hora do dia e da noite. Ah, e na praia tinha também jet skis. E caras dirigindo bêbados.
Não sei se vocês fazem ideia do quanto eu odeio tudo isso. O que quero de uma praia é um lugar tranquilo, silencioso, em que eu possa ficar horas dentro d'água (de rio ou de mar, tanto faz, desde que não tenha ondas de afogar Lolinhas). Pessoas não me incomodam, se forem pessoas que não jogam lixo ou fazem barulho. 
Mas acho que tá muito difícil encontrar um lugar assim no carnaval, ou mesmo num feriado prolongado. Agora, o que a gente pode fazer pra mudar essa cultura de que é bacana ter um paredão no carro? (quase todo mundo que eu conheço acha horrível isso, mas deve ter quem goste).
Certo. Vamos falar do Oscar.
Pois é, como previsto, eu vi pouco do Oscar. 
Domingo teve luz em Fortim, mas a internet não é grande coisa. Travou o tempo todo. Eu mal conseguia acompanhar pelo Twitter, pra ver quem tinha vencido tal e tal categoria. A internet meio que se estabilizou lá pela metade da cerimônia. Tipo, eu vi a Ellen DeGeneres encomendando pizza pras celebridades e posando pra selfie mais popular da história.
Do pouco que vi, achei que Ellen foi muito bem. Ok, ela substituiu um dos piores apresentadores dos anais do Oscar (um babacão machista cujo nome eu nem guardei), então, na comparação, qualquer um sairia no lucro. Mas Ellen é uma graça. Vi ontem seu discurso de abertura, e ela foi muito bem. Adorei a piadinha de que Jonah Hill mostrou em Lobo de Wall Street algo que ela não via há tempo (entendeu? Jonah mostra brevemente o pênis -- na realidade, uma prótese --; Ellen é lésbica).
Mas todo o resto que eu vi me pareceu chato. Algum discurso se destacou? Teve gente que me falou da Cate Blanchett, porque ela lembrou que filmes com mulheres como protagonistas também atraem público. As celebridades que apresentaram cada prêmio estavam idênticas. Só lembro do Jamie Foxx correndo em câmera lenta, mais nada. Ah, também me disseram que o "in memoriam" (as imagens das pessoas ligadas à indústria cinematográfica que morreram em 2013) foi comovente. Eu não vi.
Fiquei feliz com 12 Anos de Escravidão ganhar melhor filme (era o mais socialmente relevante entre os indicados, ainda que não seja um grande filme. Mas deve ser o melhor já feito sobre escravidão negra). Eu queria que Steve McQueen fosse o primeiro negro a ganhar o Oscar de diretor, mas tudo bem, Alfonso Cuarón foi o primeiro mexicano (aliás, o primeiro latino). 
Pra atriz, como já deixei abundantemente claro, eu estava torcendo pra Amy Adams, e, pra ator, pro Leonardo DiCaprio. Mas tudo bem, Matthew e Cate também estiveram ótimos em seus papéis. E Jared e Lupita também, sem sombra de dúvida. Eu só não sou muito fã de Gravidade, que foi o grande vencedor do ano, com sete Oscars.
Então é isso, gente: eu não vi quase nada da cerimônia, e do que eu vi, muito pouco soou memorável.
Lolinha desenvolvendo drinking problem após perder o bolão + uma vez
Agora, o bolão... O bolão é outra história.
Selfie famoso recriado com Lego
Eu tinha falado que este seria um dos Oscars mais imprevisíveis dos últimos tempos, porque tinha muita categoria sem grandes favoritos, incluindo melhor filme. Mas acabou sendo muito previsível. Quem estava um tiquinho a mais na frente ganhou. Não houve surpresas. Eu fiz uma aposta supondo que Trapaça e Philomena levariam pelo menos uma estatueta pra casa (roteiro original ou figurino, e trilha sonora, respectivamente), mas foi Ela, O Grande Gatsby (sempre vote no figurino de época mais convencional), e Gravidade quem levou.
Me senti como a Sandra, perdida no espaço
Eu só queria dizer que meu recorde em todos os bolões do Oscar que organizei, desde 1989, é de 17 acertos nas 20 categorias. Neste ano de 2014 eu também acertei 17, o que não está nada mal. O recorde absoluto nos meus tradicionais bolão do Oscar até então era da Lucrécia, que em 2011 acertou 18 categorias (mas foi no bolão grátis). E, se não me engano, a Alexandra (que havia levado os três últimos bolões consecutivamente), já chegou a 18. Normalmente, dá pra ganhar o bolão com 17, até 16 acertos.
- Olha os R$ 80 que ganhei no bolão!
Mas olha o que aconteceu este ano -- três pessoas no bolão pago fizeram 20 em 20! Argh, odeio vocês, George Pedrosa, Isabel Wittman, e André Pessoa! E a Camila e a Louise fizeram 19, o que já bateria o recorde dos bolões. 
No bolão não pago, que contou com 247 participantes, foi ainda pior: 
sete fizeram 20 em 20! Os meliantes foram Adriano Luis, Alice Aguiar, André Pessoa (que fez as mesmas apostas no pago e no não pago), Carlos Alberto, Luan Queiroz, Rafael Tavares, e Ricardo Aguiar. E teve também muita gente com 19, como João Manoel, Vitor (um dos participantes mais antigos do bolão), Fernando Borges, Geraldo, Warwick, Pedro Henrique, Nilo e Camila (com apostas diferentes das que ela fez no pago). Vejam a tabela com os acertos de cada um aqui.
Dancinha de comemoração dos vencedores
Teve também a Gabriella, que conseguiu a incrível façanha de não acertar nenhuma categoria, mas acho que ela fez de propósito. Se não, parabéns!
- Por que, ó céus, por quê?
Bom, falando sério, fiquei chocada com a facilidade que tanta gente acertou 20/20 e bateu o meu recorde pessoal de 17. Espero que todxs que foram tão bem no bolão grátis tirem a mão no bolso e entrem no bolão pago do ano que vem. Se algum dos sete vencedores quiser escrever um post falando da emoção que foi participar do bolão e acertar tudo, eu publico aqui.
Lolinha jogando dinheiro
E aos vencedores do bolão pago -- George, Isabel, André --, por favor, me mandem a conta, agência e banco de vocês pro meu email (lolaescreva@gmail.com) que, até o final da semana eu deposito R$ 80 (foram 16 participantes no bolão pago, e cada um pagou 15, logo R$ 240, dividido por três vencedores empatados, dá 80 pra cada um) na conta de vocês. Se vocês tiverem conta no Banco do Brasil ou Santander, aí eu faço a transferência hoje mesmo.
E, se vocês quiserem mandar post sapateando em cima do meu fracasso, estamos aqui pra isso. 
Mais uma vez, super obrigada ao Júlio César por organizar tudo. Eu lembro de quando eu fazia isso à mão... 

25 comentários:

Anônimo disse...

"As celebridades que apresentaram cada prêmio estavam idênticas. Só lembro do Jamie Foxx correndo em câmera lenta, mais nada."


Sério, lola, vc não se lembra nem da grande piada da noite com o john travolta errando o nome da Indina menzel e chamando ela de adele dazim?? :)

http://www.youtube.com/watch?v=s6rvwVfs_G4

Tirando isso e a vitória de lupita absolutamente nada me animou esse ano, os discursos dos outros vencedores não foram grande coisa. O jared por ex me fez desgostar dele de vez.

Brivaldo Rafael disse...

Bom, acertei 18 no bolão não pago, poderia ter acertado 20 se tivesse apostado no O Grande Gatsby para Figurino e Design de Produção. Em Figurino eu preferi seguir o Sindicato de Figurinistas que premiou 12 anos de Escravidão. E resolvi apostar 12 anos tb para Design de Produção. Na verdade, O Grande Gatsby é um filme que não merecia nenhum Oscar.
Oscar é muito previsível quando você olha quem ganhou nas outras premiações de associações de críticos e sindicatos).
No próximo ano vou no bolão pago :-).

Luma Perrete disse...

Consegui acompanhar a cerimônia toda, depois de a NET resolver o problema da TNT, que não tava querendo pegar. Mas perdi o Red Carpet todo.
Pra mim o melhor não foi a cerimônia em si, foi acompanhar com os amigos pelo Twitter. Bem mais divertido hahaha

Ah, se quiser tranquilidade no próximo carnaval, viaja pra Aracaju. Ao contrário das outras capitais nordestinas, Aracaju não tem festa de carnaval (só alguns poucos blocos de rua). Quem quer curtir festa viaja para cidades do interior ou para outros estados.
Não sei se ainda é assim, mas lembro que quando o Déda ainda era prefeito, ele proibiu trios elétricos na orla durante o carnaval. Lá é onde fica a maioria dos hotéis e na época a cidade já tinha fama de um lugar calmo para passar o carnaval, então ele só consolidou isso.

Talita disse...

Oi Lola, estou aqui torcendo pra vc ter melhores carnavais e pra nunca mais se afastar do blog no dia do Oscar, assim a gente não perde seus comentários rs #Interesseira

Olha aí o "In memorian":
https://www.youtube.com/watch?v=9qRwhRwlpUM

"Eu queria que Steve McQueen fosse o primeiro negro a ganhar o Oscar de diretor, mas tudo bem, Alfonso Cuarón foi o primeiro mexicano (aliás, o primeiro latino)." Minha torcida foi por qualquer um dos dois. Pelo menos o McQueen pode comemorar o melhor filme.

Ainda ontem tinha encontrado todos os discursos transcritos, vou tentar reencontrar e volto aqui!

Natália disse...

Poxa, estou na lanterninha... eu só acertei 3, mas tb não vi nenhum filme e não li nada... e descobri q sou ruim de chute hahaha... ano q vem será diferente pq prometo ver até os documentários! bjim, Lola!

Anônimo disse...

Oi Lolinha, gostei do post, super alegre, mas estava curiosa por comentários mais detalhados; sobre o discurso da Cate, em particular... Outra coisa, qual o palpite de vocês (a Lola e seus leitores) sobre a O lobo de wall street não ter levado nada pra casa? Foi repelido por causa do tema, será? Pra não premiar o filme da história de um cara sacana que ainda está vivo? ... hugs!

Luzia riponga.

Talita disse...

Olha aí, pra quem quiser ler os discursos: http://www.awardscircuit.com/2014/03/03/oscars-transcripts-acceptance-speeches/

Vitor Ferreira disse...

Que droga viu...
Eu fiz duas apostas diferentes pros bolões e acabei trocando na hora de apostar. Acabei acertando mais no não-pago...

Lola, postei lá no meu blog minha revisão sobre a cerimonia. Se quiser ir lá conferir.

Mas ano que vem não me escapa! Eu ganho de novo!

Bartolomeu- disse...

Poxa Lolinha, meu primeiro bolão e fiz só 10. Mas está até legal pra quem fez na hora, sem ter visto nenhum filme e pouco contato com fontes secundárias. O pior foi ter apostado no DiCaprio... esse para ganhar um Oscar só se for em um filme Biografia sendo interpretado pela Meryl Streep.
Esse ano minha meta é fazer o dever de casa direitinho: ver todos os filmes e outras premiações para conseguir um maior número de acertos no bolão.

Julia disse...

Homenagearam o Eduardo Coutinho no in memoriam, mas eu achei emocionante mesmo a homenagem aos 75 anos de o Mágico de Oz. A Pink arrasou, e quem introduziu o show dela foi a Whoopy Goldberg.

A apresentação da Pink http://m.youtube.com/watch?v=DDgTbx9u-fo

@dddrocha disse...

Nossa fiquei chateada de não conseguir assistir também, mas quando finalmente me sentei em frente a tv, fiquei com muito sono vendo a Pink cantar (ô preguiça) e fui dormir!

De qualquer forma, sou um zero a esquerda nessas coisas mesmo rsrs. Mas achei o máximo a Lupita ganhar e 12 anos também ^^

j aust. disse...

Acertei onze, levando em consideração que ano retrasado eu só acertei três, me saí bem, não?

raquel disse...

http://www.360meridianos.com/2014/01/carnaval-2014-belo-horizonte.html lolinha, recomendo o carnaval em bh! Alem de politico eh super divertido! Sobre o oscar tem ele inteiro no youtube... eu vi esse ano pq sou fanzona da ellen, foi meu primeiro oscar, mas vi pelo youtube... nao tem tanta graça!

Rose disse...

A Luma tem razão Lola Aracaju é a cidade que se prepara para receber os turistas que querem descansar no carnaval, sem paredão, sem trios e com uma das orlas mais lindas (sem contar que é a minha cidade, o que faz toda diferença rsrs)
Sobre o Oscar, a Gabriella só conseguiu errar todas sozinha porque eu não apostei.

Sphynx disse...

Curiosamente, parece que os organizadores da noite também achavam que Steve McQueen levaria melhor diretor, porque quem apresentou a categoria foram Angelina Jolie e Sidney Poitier. Pareceu muito que estava programado para Poitier, ator negro, entregar o Oscar na mão do primeiro diretor negro a vencer. Jolie deveria abrir o envelope e Poitier anunciar o nome e dar a estatueta. Mas quando eles leram o nome do Cuarón, ela perguntou: "eu anuncio esse?", e ele disse: "sim". Mas também não foi uma surpresa o Cuarón ganhar porque ele vinha vencendo todas as premiações na categoria direção mesmo.

Outra curiosidade, Alfonso Cuarón falou que alguns executivos pediram para ele trocar o papel principal de Gravidade por um papel masculino. Suponho que motivados por aquele mito a que se referiu a Cate Blanchett, e que Gravidade ajudou a quebrar ao ser uma das maiores bilheterias de 2013.

Marcos Godoi disse...

Lola, eu sei que e muito longe daí, mas tenta a Ilha do Mel, no litoral do Paraná. A água e um tanto fria, mas a ilha tem um limite de 5 mil pessoas de cada vez e carros não entram. E a melhor praia que conheço pra quem gosta de tranquilidade. Abraço

Anônimo disse...

Sphynx, se tiver, passa pra gente o link com essas informações do Cuarón sobre terem pressionado por um personagem masculino. Poxa, nesse sentido, a atuação da Sandra se torna ainda mais interessante... e mais ainda fico na expectativa ler um post daqueles sobre a relação entre o discurso da cate, e importância do protagonismo de Sandra em Gravidade, etc. Lembrando, como já tem gente fazendo na net, uma relação entre tudo isso e o discurso da Olivia Wilde sobre as mulheres no cinema

http://oesquema.com.br/bracin/2014/02/20/olivia-wilde-nos-temos-que-fazer-um-trabalho-melhor-representando-as-mulheres/

bom é sugestão!
hugs!

Anônimo disse...

Lola ,finalmente reunimos um dossie de todos os seus crimes, incluindo os fases e tudo mais . Temos provas de que não existe Lola Aronovich ,e você é só uma farsa petralha.

Anônimo disse...

O que seriam "os fases"?

Ana Carolina disse...

@Oscar
Achei esse um dos anos mais previsíveis da história!!!! E que Sandra Bullock teve uma atuação ainda maior do que aquela pela qual foi premiada, mas melhor atriz esse ano tava puxado (não que torcesse para ela, sabia que ficava entre Cate e Amy mesmo).

A única coisa que me surpreendeu foi Trapaça sair de mãos abanando.

Sobre O Lobo, não acho que seja rejeição ao filme: foi um ano em que, apesar de previsível, os candidatos eram muito fortes. Comodisse antes, fiquei mais surpresa de um filme bom, porém hypado, como Trapaça não ter levado nada do que o Lobo não ter levado.

@Carnaval:

Alguém sugeriu o carnaval de BH e eu tenho uma pergunta: existe????? Porque é a época do ano em que a cidade morre, não tem nada e nem ninguém nas ruas...

Anônimo disse...

Ainda bem que fiquei só no bolão grátis...acertei 8 apenas hahaha, que coisa. Mas eu voto mais por quem eu gosto do que por merecimento...aiai, aguardando "ansiosa" o dossiê mascu contra a Lola...hahahah Ah, Lola, saudade de fotos dos seus gatos!! Como eles estão?

Camila Brenner.

Anônimo disse...

Desculpem publicar como anônimo, mas estou tendo problemas com minha conta no Google.

Sei que não tem nada a ver com o post, mas vcs já viram esta reportagem da Istoé sobre a diferença salarial entre homens e mulheres?

http://www.istoe.com.br/reportagens/351254_MESMO+NO+TOPO+ELAS+AINDA+GANHAM+MENOS?pathImagens=&path=&actualArea=internalPage

Att,

Brenda - Belém/PA

Nelia disse...

Sei que alimentamos trolls qdo respondemos suas estultícies, mas tem hora que não dá pra ficar quieta.
Anon "dos fases"(?):qualquer um que dê uma googlada com o nome da Lola e poderá construir um dossiê com suas entrevistas, palestras em universidades e imagens. Verá como ela real e atuante.
Não vê que é inútil jorrar suas asneiras num cantinho de cabeças pensantes?

Julia disse...

Fui ler a matéria da IstoÉ que a Brenda postou e que coisa deprimente. Pagam menos a mulheres, na cara dura, mesmo que seja a presidente da empresa. E os poucos comentários que tem lá são de homens que simplesmente não querem admitir que são privilegiados sem nenhum merecimento. Que possuem uma vantagem injusta só por serem homens e mais nada.
Triste.

Sphynx disse...

"Anônimo disse...
Sphynx, se tiver, passa pra gente o link com essas informações do Cuarón sobre terem pressionado por um personagem masculino."

É mesmo, tem este aqui: http://www.theverge.com/2013/7/21/4542974/gravity-director-alfonso-cuaron-defends-casting-sandra-bullock-female-lead-sci-fi