sábado, 17 de abril de 2010

MENINO PEDE AJUDA CONTRA TIA DO SÉCULO PASSADO

Ontem recebi este email de um menino de 13 anos e, como não sabia direito como responder, perguntei se poderia publicá-lo no meu blog. Ele autorizou, então taí. Claro, pode ser trote. Pode ser brincadeirinha de alguém. Mas, e se for verdade? Não tenho como saber, e, a princípio, acredito em tudo que me dizem (a menos que as informações venham dos usual suspects, como os meios de comunicação. Aí, sempre fico com o pé atrás). Enfim, não dá pra duvidar que tais casos como o relatado pelo garoto existam. Existem sim. O duro é que continuem existindo em pleno século 21. Tipo, quem viu A Fita Branca, cuja história se passa quase cem anos atrás, lembra do pai que amarrava as mãos de um jovem para que ele não pudesse se masturbar. Mas é incrível que algo do gênero aconteça ainda hoje.
Bom, vamos acreditar no menino que mandou o email e tentar ajudá-lo?

Ola tudo bem, tenho 13 anos e uma duvida. É que eu não posso me masturbar.Pois moro com minha tia e ela acha isso errado.Por isso me obriga a tomar banho de porta aberta. Ela faz isso pra me vigiar pra eu não mexer no meu pintinho.
Estou escrevendo esse email enquanto ela está no quarto, o computador fica na sala.
Tenho muita vergonha disso. E o pior é que mesmo quando chega amigas dela pra visitar ,eu tenho que tomar banho de porta aberta.Morro de vergonha de ficar pelado na frente dela.
E ela me obriga a dormir no quarto dela, em cama separada, pra ela também me vigiar.E evitar também que eu fique de pintinho duro durante a noite. Moro com ela pois estudo na capital.Meus pais ficam no interior.
Eu sinto vontade de me masturbar.Mas não tenho oportunidade. Não aguento mais segurar.Por isso quero saber se você pode me dar dicas de como fazer pra eu poder fazer isso, sem minha tia ver. Não tenho coragem pra conversar com outras pessoas, por isso escrevi pra você.
E se puder mandar um email pra ela, falando sobre a nescessidade que os garotos tem de se masturbar,por favor diga e explique isso pra ela, fale que não é errado fazer isso.Mas por favor não diga que eu pedi isso, tenho medo dela ficar com raiva.
Muito obrigado!!!!

Segundo email: “Agradelo sua atenção. Pode publicar no seu blog.
Pois está muito dificil aguentar. Todos os dias de manha ela quer ver minha cueca, para ver se eu não tive ejaculação noturna. Não aguento mais isso.

68 comentários:

Luciana Håland disse...

Manda internar essa mulher, ela precisa de um reparo no cérebro.
Parece realmente um email de brincadeira, mas se é pra ajudar eu deixo a dica do menino se masturbar no banheiro do colégio, ou do shopping, ... Não faltam alternativas fora de casa.
Boa sorte garoto, uma tia dessas ninguém merece, mas fazer um adolescente de 13 anos tomar banho de portas abertas até quando tem visitas em casa e ficar vigiando o que ele faz durante o banho, parece além de loucura uma perversão.

Paloma disse...

Lola, até pode ser trote, mas a história é bem possível. Conheço uma pessoa que tinha esse mesmo nível de perseguição com as filhas. Ela flagrou uma das meninas, na época com 9 ou 10 anos de idade, se masturbando. Depois disso, forçava as 3 tomarem banho sempre de porta aberta, dormir com a porta também era obrigatório. Até quando uma delas demorava um pouco mais fazendo o "número 2", a mãe começava a bater na porta e pedir que abrisse. Ninguém nunca tinha nenhuma privacidade em casa por conta dessa vigilância. As meninas hoje são adultas, mas o triste é que eu vejo uma delas reproduzir o mesmo padrão obsessivo com a filha de 6 aninhos...

Shoujofan disse...

A história é possível, mas não me parece que o e-mail seja verdadeiro. Um garoto de 13 anos usando "pintinho" me parece totalmente fora de lugar. Eu convivo com adolescentes e du-vi-do que usassem esse termo. E isso só para começas.

doisemum disse...

Lolla, isso tem muita cara de fake!

Anônimo disse...

Lola, isso não é linguajar de menino de treze anos. Tá mais do que na cara que é uma histórinha inventada por alguém querendo brincar com coisa séria.

Mateus Luciano disse...

isso realmente parece mais com um trote bem trotado mesmo já tive 13 anos e fazia as minhas necessidades sempre que possivél.
agora me diz uma coisa aqui essa tia má não dorme garoto?
essa tia má não vai ao mercado?
bom me parece estranho um cara de 13 anos não conseguir fazer isso
existem por conta de uma outra pessoa
mas vai mesmo assim uma dica
Vira monge.

Omar Talih disse...

Brincadeiras a parte, masturbar dá pelos nas mãos. Eu seria um lobisomem e teria que ir ao barbeiro cada dois dias. Pura bobagem! Quando tinha esta idade, nós crianças da mesma, faziamos campeonato de 'punheta', para ver quem gozava primeira e ejaculava mais longe. Esse car só pode estar de brincadeira. Qualquer garoto dessa idade, encontraria um jeito de se aliviar.

Riffael disse...

A história é bem possível, mas nunca ouvi um garoto de 13 anos usar "pintinho". Enfim, se masturbe com a porta aberta mesmo.

Masegui disse...

Lolinha,

Claro que isso é molecagem! Já falaram aí em cima, a linguagem do garoto é a de um adulto... só o uso de "pintinho", pelamordeDeus!

Quanto ao fato em si, eu também tenho um problema: meus filhinhos (+ de 20) ficam horas debaixo do chuveiro e a conta de luz vem muito alta. Eu quero bater na porta e apressá-los, mas tenho medo de fazê-lo na hora errada... se eu desconcentrá-los vão ter que começar de novo e aí a coisa piora... o que faço, mãe Lolinha?

Laura disse...

Com todo respeito, achei meio fake o email...

De todo modo, que ingerência absurda sobre a vida dessa criança. Acho que isso beira o assédio moral. Que confusão sobre sexo que pode criar na cabeça desse menino. Tomara que ele tenha outras pessoas o orientando da maneira correta.

Anônimo disse...

HAHAHAHAHAHAHA Lola bom dia!
ADOREI o(a)fdp que mandou esta cartinha falando de suas dificuldades em visitar Dona Punha,
hahahahahahah.O omar contou uma história que eu já ouvira de um outro menino (hoje bem cerscidinho) mas o legal é que existem tias, mães e avós assim abobadas. Eu conheci uma vizinha
destrambelhada que dava broncas homéricas no filho quando notava
vestígios das tais "poluções" hahahaha, sou do tempo das poluções hahahahah
Lola adorei o post. O assunto é da maior importância e tomara que o sacana volte a escrever, se for para provocar postagens que discutam rientação educacional.
Abraço enorme! Saudades d'ocê!
Fatima - daqui do sul, ao litoral de SC.

Anônimo disse...

Ooooops desfazendo um possível gerador de equívocos: eu não acho legal que existam tias loucas desse jeito. Pretendi dizer que:
o legal da carta (do menino que tem pintinho), é que vem ao debate um tema que necessita virar diálogo, esclarecimento, etc
Fatima, de Laguna/SC
P.S.:Masegui a conta de energia elétrica é que é o bicho hahahah

olhodopombo disse...

Isso e um caso tipico de Pedofilia, se a historia for verdadeira, claro.A Tia que comer o garoto e fica protelando o momento....deixando-o assim ansioso e sem dar vazão as ejaculaçõe snormais adevindas do ato masturbatorio.Quanto mais ele se reprimir maior sera o prazer dela depois....

Shey, Sheid, enfim... disse...

Isso aí não é verdadeiro não, Lola, pelamor.

Já disseram e eu tbm acho: é trote. Parece um daqueles contos eróticos bem vagabundos e de péssimo gosto q vc encontram aos montes na net. E digo mais: me parece q foi escrito por uma garota.

Ana disse...

A solução é simples. Manda o garoto bater uma feijoada, batata doce, repolho, coca quente e dois whoopers do Burger King. Depois ele vai ao banheiro. A tia dele nunca mais vai querer que ele deixe a porta aberta.
huahauhauahuahauhauahua
Esse e-mail é trote. Por mais que o garoto pudesse estar desesperado, ele não se referiria ao próprio pênis como pintinho.

Anônimo disse...

Eu não duvido que seja verdade. Ainda mais vindo de um garoto que veio do interior. Ele pode muito bem ter vindo da roça, lá nos confins do Brasil, e falar assim. O linguajar adolescente é bem peculiar mesmo, mas isso nas cidades. Se for um menino simplório vindo do interior, isso é perfeitamente possível. Agora, mesmo se for trote, eu ainda assim acredito que esse tipo de coisa possa existir. Tem muita gente paranóica nesse mundo.

Leandra disse...

Nossa que situação complicada, dificil de se acreditar,não sei nem classificar a atitude dessa tia,mas com certeza está relacionado a algum problema psicológico na minha opinião.
Que realmente possa ajudar a este menino porque quem vai ter problemas psicológicos mais tarde será ele se é que já não têm.

me disse...

isso parece estória pornô!

GiGi disse...

Mentira ou não, a sexualidade juvenil tornou-se um problema. Cada vez mais cedo, os adolescentes/crianças dão sinais de já terem tido contato com o próprio prazer e a nossa sociedade não está sabendo lidar com isso.

Uma mãe flagra a menininha de 05 anos mexendo na vagina e diz: "tira a mão daí, menina! É feio!!!". Repressão, somente. Não existe orientação de como os pais devem lidar com situações assim, uma vez que eles também vivem sob uma forte repressão à própria sexualidade e levam isso para o resto da vida. E se os pais têm esse problema eles vão repassar aos filhos. Aparentemente, um problema sem solução.

Se a criança/adolescente não for ensinada a lidar com sua sexualidade, sem tabus e preconceitos, ela poderá apresentar sérios problemas no futuro. Não basta impôr o certo e o errado, mas deve-se explicar o porquê de algo ser certo ou errado. E isso, estranhamente, ninguém sabe fazer.

Ninguém sabe dizer por que o sexo é tão errado e é pecado. Ninguém sabe dizer da onde veio essa proibição e porque se faz tão presente em uma sociedade que busca o prazer cada vez mais intenso e imediato.

Ninguém sabe explicar o porquê de um medo irracional de uma coisa tão natural.

Beijinhos, Lola!

Samantha disse...

A forma de escrever está meio esquisita, não parece a de um garoto de 13 anos. Mas se for verdade, o que a tia desse menino faz é um absurdo. Acho que o legal, se for verdade, é o menino contar aos pais o que está acontecendo, q não pode tomar banho de porta fechada, etc. Contar mesmo. Imagino q os pais tomarão alguma providência.

Eu tenho uma amiga, e o filhinho dela (5 anos) disse, na frente de muitas pessoas: "mamãe, meu pinto ficou duro". Minha amiga, que consider uma ótima mãe, segurou as risadas e disse: "filho, isso é normal, acontece com todos os meninos e homens, mas você não precisa ficar mostrando para as pessoas". Achei mto legal a atitude dela.

Augusto disse...

Nossa, que tragicômico este fato!

Olga Elis disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
Olga Elis disse...

Também acho que seja fake e pelos mesmos motivos de Shoujofan.

É feio mas é uma situação difícil. O sexo ainda é um tabu pesadíssimo a ser quebrado. É tudo muito arraigado ao conservadorismo. E quem vier dizer que isso é passado: não é não! Mulher que dá no primeiro encontro é puta. Criança descobrindo seu órgão sexual e suas sensações, é pervertida. Santo deus, onde esse mundo vai parar?

Tudo o que é relativo ao sexo, pra a maioria das gentes, é errado. Eu vou citar um exempo bem chulo, mas válido. Quando minha mãe chega em casa logo é recepcionada por meu cachorro que, animadíssimo, vai se esfregar na perna dela como faz no sofá, com as almofadas, ou em qualquer outro lugar. Aí ela diz: deixa de coisa Feia, rapaz!!! Lá vou eu explicá-la que aquilo é coisa feia apenas na cabeça dela, que na do cachorro não é. Pelo contrário, é algo natural e não tem como fazê-lo achar o contrário. E ainda bem, assim o bichinho vive feliz pra sempre e muito bem resolvido sexualmente =P O problema é que é lugar-comum esse tipo de situação entre pais e filhos. Sofrendo represálias quanto a suas descobertas, a criança só tende a crescer cheia de traumas e pudores, relacionando o que deveria ser normal por natureza, a algo errado, quando não a pecado. Assim sendo crescemos desinformados, cheios de nóias e mitos na cabeça. Pior, em grande parte dos casos, nos tornamos pais tais quais os nossos, desconhecedores de uma ferramenta que nos é tão primordial, o diálogo.

karina disse...

Trote, claro. Ninguém fala pintinho. Mas valeu pelo comentário do Masegui. Adorei.

Laura disse...

off topic

todo mundo merece ver a capa da veja dessa semana: http://veja.abril.com.br/210410/capa.html

Natália disse...

FAAAAKE! Nem no século retrasado um garoto de 13 anos ia usar pintinho! hahahah

O q vejo por aí é q esse tipo de história acontece mt com meninAs. Qse td mundo acha normal e até saudável q meninos se masturbem ('é homem, tem necessidade!'). E qndo meninos são proibidos e vigiados, eles conseguem sempre dar um jeitinho, pq n rola uma culpa tão grande qnto a das meninas, já q o mundo inteiro lá fora acha normal e até cobra isso deles. Já meninas mts vezes nem precisam ser vigiadas pq já está mais do q enfiado na kbça delas q isso é ruim (pecado, sujo, doente, vai masculinizá-las, ó q medo de n ser feminina!).

Nem mulher adulta pode dizer q se masturba ou já se masturbou algum dia numa galáxia mt distante, sem causar espanto e receber olhares tortos pelos próximos meses!

sujeito disse...

Fake ou não o pedido de ajuda, achei interessante a discussão em torno da adequação ou não de um jovem de 13 anos falar "pintinho". Pode ser que esse daí não exista mesmo, mas eu existo e confidencio a vocês que até os meus 16 anos tinha muita, muita, muita vergonha do meu corpo, simplesmente não conseguia expô-lo ou mesmo falar a respeito. Não me considero que eu fosse uma pessoa das mais castas, e me masturbava desde os 12. As vezes que tive que falar sobre qualquer coisa que se relacionasse com o meu pau, eu dizia "bilu". Infantil assim. Mas me sentiria ainda mais constrangido se eu falasse pau, pinto, caralho, pênis, pra qualquer pessoa. E isso foi até uns 14 ou 15 anos. A mesma coisa se deu com a minha irmã mais nova, já os meus outros dois irmãos, do meio, não tiveram disso não. Fomos criados do mesmo jeito. Agora, ainda com todo esse pudor, eu me masturbava muito, do meu bilu não abria mão mesmo!!! haha

Samantha disse...

pqp, Laura!
Desculpe o palavrão, mas é que essa capa é super IMPARCIAL né! rsrsrsrs
Gente, fora que estou rindo com a pose fofinha do Serra. Ai, Veja, jornalismo imparcial encontramos aí...rsrs

larissa disse...

Lola, aqui está o link d uma reportagem sobre o q a autora chama de "o pais mais feminista do mundo". alguns trechos: "the Nordic state is the first country in the world to ban stripping and lapdancing for feminist, rather than religious, reasons .... It is not acceptable that women or people in general are a product to be sold." a primeira ministra fala como os grupos feministas trabalharam e fizeram pressao no governo para q isso acontecesse.

http://www.guardian.co.uk/lifeandstyle/2010/mar/25/iceland-most-feminist-country

Má disse...

Oi Lolinha!
Super nada a ver, mas assitimos aqui em casa hoje o "Violência Gratuita" da versão austríaca...
Tinha visto que vc escreveu sobre...
Putz,,,tô com mal estar até agora, sinceramente não gostei nada de ter visto este filme, embora tenha gostado muito do Fita Branca....

Beijão e quando é que vc vai postar sobre suas experiências aí como professora??
Abraços ;)

Gaúcho disse...

Provavelmente é falso, mas não é impossível que aconteça algo assim.

Existem mesmo mulheres que agem assim como essa tia. Acho que isso é falta de uma coisa, se é que vocês me entendem. O mesmo vale pros homens que agem assim. Pessoas que não têm certos prazeres e não querem que outros tenham.

Rachel L. Lambrecht disse...

Caramba, o que é essa capa da Veja?!
Um absurdo!!!
E o pior é o bando de pseudo "esclarecidos" que caem na (im)parcialidade dessa porcaria.

Roberta disse...

O "Sr.Pintinho"iniciou uma discussão interessante até.
Mas que é fake é!

The Arcade Fire disse...

Olha, eu acredito que isso possa ser verdade, apesar de parecer fake. Uma criança assim não tem somente sua intimidade violada, mas toda a sua vida passa pelo crivo da tia. Isso pode fazer com que a criança tenha um linguajar mais sofisticado por ler demais, ja que outros prazeres como conversar com outros jovens ou sair com certeza estão proibidos. Se prender ao fato do garoto ter falado "pintinho" para desqualificá-lo acho cruel e cínico. Não é porque a grande maioria dos garotos falem outras gírias que todos se sintam a vontade de expressá-las, ainda mais tendo uma educação tiranizante e infantilizante como essa. E concordo com a olhodopombo(???), acho que essa tia do garoto é pervertida e pedófila. Existem mulheres pedófilas, para quem ainda duvida. E mesmo que esse mail seja falso, acho que é um interessante estudo de caso.

Livia Luzete disse...

Está muito bem escrito (li rapidamente), é fake,mas trouxe a baila um assunto bem interessante a ser discutido!

Augusto Dias disse...

Trote sim!!!
E a escola, quem vai impedir dele fazer no banheiro da escola, o desespero é tão grande que em um minuto ele resolveria.
Um abraço!!!

Caso me esqueçam disse...

lola, sem duvida o email eh fake. como ja disseram, nem criancinha usa "pintinho" pra falar de pau, mas enfim. o que ele cosneguiu foi provocar uma discussao interessante, afinal, esses casos absurdos existem sim! nao sei porque o terror em torno de uma coisa tao natural...

Vivien Morgato : disse...

Eu tb convido com adolescentes desta faixa; concordo com os leitores que acreditam que "pintinho" estja fora do contexto.
Penso que se o menino usasse esse termo - acredito que usasse outro mais evasivo, por exemplo - provavelmente não diria masturbação e muito menos ejacular. Não é que não me parece apenas NÃO ser o modo de falar de um garoto, nesses 16 anos de profissão e muiiiiitas horas de aulas/textos/papos, não acredito que seja a forma de um garoto organizar o pensamento e/ou pedir ajuda.
E, como lembrou um comentarista, ele encontraria outras formas de ficar sozinho.
Claro que problemas como esse devem existir, acredito mesmo.

Mas, sinceramente? Conhecendo a blogosfera como a gente conhece...vc não imagina um blogueiro idiota pensando "olha lá, todo mundo caiu na minha super piada hiper, hiper inteligente, com sou demais..."
Por aí.

Roberta disse...

Não sei se um idiota se orgulharia de nos enganar com um assunto tão serio.Brincar com isso é o mesmo que brincar com estupro.Um idiota pode até ter mandado,ficado feliz que o povo tá comentando,mas a graça já deve ter passado,acho que ele está envergonhado isso sim,de levar na brincadeira um assunto serio de abuso infantil(mesmo que ficticio),acho que um idiota não é tão idiota de se achar o "bonzão" enquanto brinca com assuntos que podem acontecer e machucar pessoas (e crianças)de verdade.

Mas enfim outra coisa que me passou pela cabeça,caso o texto seja verdade,uma pessoa que não é o menino de 13 anos pode estar vendo o caso do menino de longe e pediu ajuda no lugar dele se colocando no lugar dele no texto.Possivelmente se o menino tem medo de pedir ajuda(o que acontece no caso de abuso infantil)um amigo ou uma amiga,pode ter mandado o email no lugar dele.Se os amigos forem mais velhos isso explica a tentativa falha de se passar pelo menino de 13 com um vocabulario toscamente infantil.Ou o menino pode ter trabalhado no texto dele pra não soar vulgar ou ofensivo já que essa criança deve achar que tudo que remete a parte sexual humana é feia e tem que ser abrandada.
Escrito por um idiota,ou pelo menino mesmo,ou por um amigo ou amiga do menino,esse texto contem um assunto serio que tem que ser discutido e não escondido!Lola vc pode fazer outro post sobre o assunto mais tarde :)
Sua forma de discutir sempre torna um assunto polemico em algo mais interessante do que já é.
Obrigada por não ter se omitido,te admiro.

Roberta disse...

PS:Retiro o que disse sobre o texto ser fake,pq mesmo que seja ainda não tira a seriedade do assunto.E o que se faz em acreditar antes de desconfiar é certo!Pq em casos de abuso infatil verdadeiros a primeira coisa que fazem quando a criança pede ajuda é desconfiar dela e dizer que ela esta mentindo.Por isso que tantas crianças não pedem ajuda e sofrem em silencio,pois a palavra dela é sempre colocada em xeque e a palavra do adulto abusador sempre vale mais.
Então não vejo mal em acreditar não estou passando por boba,bobo(e idiota)é quem brinca com isso enquanto se acha o rei da piada,um palhaço decerto.

Simoneagua disse...

Lola, o que tu pensa sobre o "filósofo" Olavo de Carvalho? Ele diz, por exemplo, que o PT é associado as FARC, o que tem de verdade nisso? Fiquei pensando de onde ele tirou essa história?

bjo bjo

Nadia disse...

Comentário off-topic mas que não quer calar:
Que fofa a carinha de moçoila casadoira do Serra, dizendo que se preparou a vida inteira para... ser presidente!... É muita meiguice, com mãozinha no queixo e cabeça de ladinho!!!
E a afirmação da Veja diz tudo: "Serra e o Brasil pos-Lula". A peleja vai ser f...

caso me esqueçam - luci disse...

roberta:

acho que voce tocou num ponto bem interessante - o caso de se acreditar na criança que pede ajuda ou nao. mas acho que o caso de desconfiar desse email nao eh bem concluir que o menino nao possa estar vivendo essa situacao, ou que essa situacao nao possa ser vivida por outros jovens, eh simplesmente a linguagem que ele usou pra descrever sua situacao. se ele vai pra escola, ele pode muito bem se masturbar no banheiro, por exemplo. ja escutou MILHOES de professoras que flagraram alunos se masturbando dentro da propria sala de aula, imagine o que nao deve acontecer no banheiro.

eh realmente uma pena que o autor desse texto tenha achado superlegal tirar onda dessa situacao. coisa de gente insesivel, que nao tem mesmo o que fazer. mas eh como eu disse, ao menos ele levantou um debate legal. acho que nem tava esperando por isso.

Vitor Ferreira disse...

Se for verdade: essa mulher deve ser pedófila. Ele nem precisa dizer que quer se masturbar, só que ele não tem direito a privacidade pra procurar alguma entidade que possa tomar uma providência cabível. Ou até mesmo os pais dele. As amigas dela também não devem se sentir confortáveis vendo ele no banheiro, suponho.

Mas tem um quê de mentira nessa coisa toda. Achei o linguajar muito correto, e a pintinho foi a cereja no sundae.

Adorei a solução da Ana. A melhor de todas.

Masegui: Deve existir chuveiros com algum dispositivo que só permite sair água quente por alguns minutos. Depois, só agua fria.

RICARDO AGUIEIRAS disse...

Desculpa,mas eu não acredito na história. Um menino de 13 anos não fala com uma desconhecida o termo "pintinho duro", assim no diminutivo. Falaria "Pênis", se fosse com uma estranha, que é o seu caso, Lola. Também não falaria "ejacular na cueca". Ele teria "n" pessoas para apelar, caso fosse verdade, antes de chegar a você, aqui...
Acho que estão gozando da sua cara,Lola, desculpe.
Abraços,
Ricardo
aguieiras2002@yahoo.com.br
http://dividindoatubaina.wordpress.com/

Masegui disse...

Roberta,

Eu acho o email falso e o jeito que foi escrito chega a ser ridículo. Outras pessoas pensam mais ou menos da mesma forma, como você deve ter visto pelos comentários.

A Lola deixou claro que poderia ser fake e apenas aproveitou a deixa pra levantar um assunto sério.

Eu fiz, sim, graça com o assunto e até contei um caso (em tom de brincadeira) que virou piada aqui em casa. Que mal há nisso?

Se você for um pouco inteligente vai perceber, na piada, a minha opinião a respeito do assunto. Se não, peça que eu desenho pra você.

Se você não tem senso de humor e passa a vida de cara fechada o problema é seu, mas é bom aceitar e respeitar o jeito dos outros.

Sua observação final: "bobo(e idiota) é quem brinca com isso enquanto se acha o rei da piada,um palhaço decerto" deixou-me deveras irritado. Eu só posso pensar numa coisa pra dizer pra você: a PQP é ali pertinho...

marinabernabe disse...

Pode até ser fake, mas a questão é: e se não for?

Todos sabemos da repressão de todo o tipo que existe, então esta é uma ótima oportunidade para falar a respeito.

Além disso, situações completamente simples ou fáceis de solucionar para nós, podem ser extremamente complexas para outras pessoas.

beijos

lola aronovich disse...

Puxa, Mario Sergio querido, acho que vc interpretou TOTALMENTE errado o que a Roberta quis dizer. Ela não estava falando de vc ao chamar de idiota quem brinca com uma situação tão séria, mas da pessoa que me mandou o email como trote (ou não: vcs todos acham que foi trote, eu não tenho tanta certeza assim). Enfim, a Roberta escreveu um email super educado, e vc, Mario, achou que ela tava te criticando. Peça desculpas! Assinado: Madre Superiora Dolores.

P.S.: e aproveitando, o pessoal achou uma gracinha o seu primeiro comentário, Mario, reclamando dos seus filhos que passam horas tomando banho. Mas eu fiquei horrorizada! Ninguém pensa no meio ambiente não? Água potável indo pro ralo, enquanto 2 bilhões de pessoas no mundo não têm água potável?! Pô, não dá pra se masturbar a seco?

Roberta disse...

Fake or not, pra mim, isso tem um que de pedofilia, seja da parte da tia, ou do próprio fake...
Se verdade, morar com uma tia dessa faria mal pra qualquer adolescente, tendo sua privacidade invadida.

Masegui disse...

Lolinha,

Nós não interpretamos o comentário da mesma forma. Mas você tem razão, talvez eu tenha me excedido e por isso peço desculpas.

Eu já tinha preparado uma piadinha com o "pqp", mas pelo visto chega de gracinhas por hoje, né?

lola aronovich disse...

Piadinhas são sempre bem-vindas, Mario. Pode fazer!
Acho que vc deve ter bebido demais e pensou que a Roberta estivesse falando de vc. Bêbados tendem a se tornar megalomaníacos. Segundo o maridão, de bebida eu entendo (já que fiquei de pileque no casamento da semana passada. Ele fez um monte de piadinhas sobre a Lolinha Bebum).

Ághata disse...

Oks, o e-mail é fake.

Só queria confirmar as suspeitas de algumas pessoas: a tia tá com um comportamento que parece mesmo ser o de Pedófila.
Mulheres que são pedófilas não costumam violentar diretamente/explicitamente crianças. Elas o fazem de forma indireta... Dando banho, observando, controlando a criança...

É até difícil identificar mulheres oedófilas porque elas parecem apenas 'mães/tias' extremamente protetoras e cuidadosas...
[Pelo pouco que eu sei do assunto é isso.]

Roberta disse...

Eita Masegui vc tá com a macaca hoje hein.
Calma moço não tava falando de vc nem me referindo a vc.Eu mesma fiz uma piadinha com o texto,chamei o remetente de "Sr.Pintinho".
Mas quando eu estava escrevendo minha Big redação eu tava pensando nas pessoas que acham engraçado criar esses tipos de texto ,com assuntos serios como abuso infantil,estupro etc,e mandar pras pessoas achando tudo muito engraçado.Numa comu feminista que participo criaram um post se passando por uma mulher que sofria violencia domestica,dizia que o marido batia nela e ela não podia pedir ajuda,as pessoas da comu ,até eu achamos que fosse verdade,até hoje não sei se era pq a pessoa sumiu(podia ser verdade,podia não ser,enfim...)Pra que fazer isso?
Como disseram aí em cima tbm essas coisas podem sim acontecer.Eu acho idiotas pessoas que brincam com isso,se fazendo de vitimas de violencia na internet.Só isso homi!Me mandou pra PQP fiquei triste,mas de qualquer forma,tudo bem,a mando vc pra Casa Da mãe Joana que fica logo em frente ;)

Chato,bobo,feio(mostrando a lingua)

Danielle Luz disse...

Lola, muito legal você publicar isso. Pode ajudar o garoto! E vale de reflexão pra nós mesmos....

Abraço!

Somnia Carvalho disse...

Lolissima querida,

Voce e tao fofa de acreditar em quase tudo que te dizem.. haha... eu sou quase assim, mas tenho um problema com linguagem escrita... eu duvido de quase tudo dependendo do jeito como e escrito...

Se eu visse essa cartinha em qualquer lugar, nao precisava ser aqui, eu duvidaria dela. A linguagem e totalmente adulta, excluindo a palavra "pintinho" todo o vocabulario e de um adulto (na minha opiniao homem) que apenascriou a palavra pintinho tentando passar seu vocaculario pelo de alguem adolescente contido, com medo da tia careta...

eu nao acho que um adolescente que tivesse coragem de escrever isso pra vc e ainda mandar publicar no blog nao conseguisse fazer absolutamente nada em casa sobre essa castracao da tia...

Nao ha um erro sequer de ortografia ou concordancia que denuncie os 13 anos do moleque... eu ja corrigi MILHARES, milhares de redacoes de alunos brasileiros e garanto que um que escrevesse "ejaculacao precoce", "masturbacao" e usasse todos esses recursos coesivos da lingua (mas, porem, por isso) etc... nao usaria pintinho Lola..

Eu ate entendo que vc nao pode descartar a ideia da historia ser real e acho legal ate vc ter publicado... mas me pareceu piada de algum leitor seu querendo ver que tipo de carta a Lolinha mandaria pra tia do moleque, so pra ver seu blog esquentar ainda mais!

rs...

e outra: essa carta nunca passaria num vestibular por exemplo da unicamp, onde a carta e uma das opcoes de redacao porque ela e muito incoerente interiormente... entende? precisa ter linguagem e argumento que condizam com alguem de 13 ... e aqui o argumento e a linguagem, com excessao de pintinho sao todos incoerentes...

Anônimo disse...

Somnia, se vc já corrigiu tantas redações assim, por que escreve exceção com dois esses?

Giovanni Gouveia disse...

Lembrei de Raul Seixas:

(...)
Tinha tanto medo de sair da cama à noite pro banheiro
Medo de saber que não estava ali sozinho porque sempre...
Sempre... sempre...
Eu estava com Deus!
Eu estava com Deus!
Eu estava com Deus!
Eu tava sempre com Deus!

Minha mãe me disse há tempo atrás
Onde você for Deus vai atrás
Deus vê sempre tudo que cê faz
Mas eu não via Deus
Achava assombração, mas...
Mas eu tinha medo!
Eu tinha medo!

Vacilava sempre a ficar nu lá no chuveiro, com vergonha
Com vergonha de saber que tinha alguém ali comigo
Vendo fazer tudo que se faz dentro dum banheiro
Vendo fazer tudo que se faz dentro dum banheiro

Para...nóia

Dedico esta canção:
Para Nóia!
Com amor e com medo (com amor e com medo)


E de Gugu:

Meu Pintinho amarelinho, cabe aqui na minha mão...

Agora sem piadas:

Sobre ser fake, ou não, já vi um moleque falando assim, e com certeza absoluta não era fake (estava ao lado de ninguém menos que a que hoje, and forever, eu chamo de esposa).
O nível de repressão que esse menino, provavelmente, tem o leva a dar "apelidinhos" que o desvinculem da própria sexualidade, é pintinho, porque nome e/ou apelidos pornográficos, pênis, pau, caralho... (desculpa o uso de palavrões, Lola, mas se faz necessário), são instrumento dessa sexualidade reprimida, aí vira pintinho, piroca, bilogoligo... A repressão leva à negação.
IMHO reprimir um adolescente sobre sua sexualidade deveria ser crime previsto no código penal.

Masegui disse...

Roberta,

Na verdade eu achei mesmo que era comigo e fiquei injuriado. Mas meu xingamento não era tão sério, era uma mistura de palavrão com molecagem... mas agora deixa pra lá.

Eu já tinha levado um pito da Lola e agora você vem e me faz passar vergonha! PQP (esse é sério), ainda bem que você não está vendo minha cara vermelha...

Novamente, agora direto pra você, minhas mais profundas desculpas... não leve a mal esse mineirinho FDP, acho que estou ficando velho e ranzinza.

Ps: ficarei 6 meses sem fazer piadinhas por aqui, como penitência

Ps2: será que eu aguento?

Anônimo disse...

TRES TOCs hahahaha:
1)Natália:" receber olhares tortos pelos próximos meses!"? Não.É bem pior: quando uma mulher comenta sobre masturbação feminina ela receberá olhares tortos pro resto da vida. Proceis verem que o atraso
é D+.
2)Masegui:o lance da conta de luz é clássico quando há garotos na família. Em geral as meninas fazem sua louvação a Onã, a sêco, até porque muito mais na posição horizontal (há estudos a respeito)
3)Lola: Como vai?
Abraços daqui do sul de SC. Fatima

Somnia Carvalho disse...

oi anonimo!

de cara eu diria porque estou tres anos fora do Brasil, falando diariamente em sueco e em ingles, escrevendo mais em ingles que em portugues...

nao e desculpa, embora vc possa assim achar...

hoje fui fazer uma busca e escrevi idea querendo escrever ideia em portugues... usei outra lingua, achando que era assim que escrevia em portugues...

essa perda da linguagem e um sintoma pessimo... mesmo quando se tem habito de ler e escrever bastante...

ja peguei erros que nunca cometi em minha vida escrevendo meu blog e tenho tido duvidas se uso x ou ch o que tem me deixado com o maior bode! as vezes alguem me avisa, mas tambem faco revisao dos textos, coisa que nao fiz e nunca faco quando mando comentarios em blogs... escrevo de sopetao numa tacada so...

entao se voce for ler meus textos de anos atras antes dessa experiencia fora vera que eu nunca cometi erros de ortografia como esse que voce apontou... eu mesmo fiquei de queixo caido... e e engracado como passa sem mesmo eu perceber que poderia haver erro..

vera que e mesmo uma excecao de quem vive fora por um tempo... nao todo mundo, acho eu, mas ao menos os amigos com quem tenho contato reclamam do mesmo.

fora tal explicacao eu realmente nao teria nenhuma... ah! so uma coisa: quando se corrige das milhares de redacoes do vestiba por exemplo e uma redacao bem escrita por exemplo vem com um erro de ortografia, como esse que cometi, nunca sera contado na nota... nao nos vestibulares em que a correcado da redacao analisa um todo, um conjunto em que o dominio da tecnica e um deles...

o aluno pode ter um, dois erros de ortografia, mas se ele sabe usar recursos da lingua o erro nem mesmo sera levado em conta...

eu poderia ficar dando exemplos e exemplos, mas paro por aqui, ta ai um assunto que eu adoro falar... sem excecao... rs

ah! de qualquer jeito valeu o cutucao vou tentar ficar mais atenta aos comentarios nos blos amigos

Somnia Carvalho disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
lola aronovich disse...

Somnia querida, não se dê ao trabalho de explicar um erro, ainda mais pra um anônimo. Sim, gente, tenho preconceito contra comentaristas que não assinam o nome. Depois de dois anos e meio de blog e milhares de comentários — acho que são milhares, porque já são quase dois mil posts, com média de 30 comentários por post — já deu pra perceber que, em geral, comentaristas anônimos são covardes e só querem cutucar. Nada contra cutucões, desde que não cheguem ao nível da trollagem — e já expliquei várias vezes que considero que tive apenas 3 trolls, quiçá 3,5, nteste tempo todo de bloguinho. Mas por que o medo em colocar o nome?
Voltando: erros são parte integral do nosso cotidiano. Todo mundo erra, exceto o anônimo, claro. Erros em comentários de blog, então... Quando não há revisão, há erros. Quando há revisão e a gente está desatenta, há erros. Quando não temos certeza da grafia de uma palavra e não temos tempo pra checar, há erros. Eu costumo dar uma revisada nos meus posts antes de publicá-los, mas volta e meia aparece algum errinho. Nos comentários que escrevo neste e em outros blogs, eu nunca reviso. Deve haver erros de monte. E daí? Isso impede a comunicação? O comentário da Somnia mudou muito por ela ter escrito exceção com ss?
Som, abração! Boas artes aí na Suécia!


E Mario, nada de sumir por seis meses, hein? E apele pro lado ecológico dos seus filhos!

Mariana. disse...

Acreditar ou não acreditar? Independente de ser fake ou não, acho importante comentar, porque o assunto é sério (e de quebra, se for um caso verídico, estaríamos ajudando).

Mas acho que a pergunta do garoto foi incorreta: "como posso me masturbar sem que minha tia veja?"

E muita gente aqui sugeriu que o garoto faça na escola, no shopping, etc. Acho errado se limitar apenas a isso. Claro que agindo assim, o garoto aliviaria seu desejo, e afinal, é isso mesmo que ele quer.

Mas talvez ele não tenha real consciencia do abuso que vem sofrendo por parte da tia. Acho que é nesse ponto que devíamos nos concentrar e tentar ajudar.
Orientar o garoto a conversar com os pais, encorajá-lo a denunciar os abusos da tia, etc.

Porque o que adiantaria ele conseguir se masturbar simplesmente, se ainda teria que tomar banho de portas abertas, dormir com a tia, etc? O absurdo maior continuaria acontecendo!

Alberto (ex-Anônimo) disse...

Oi. Sou o anônimo. Não queria causar polêmica, e muito menos atacar ninguém.

Mas assim como a Lola tem preconceito contra anônimos - o que é ruim em um blog que luta contra preconceitos - também eu estou tentando perder o preconceito contra erros de ortografia. E eu também erro - o que justifica ainda mais essa minha vontade em ser mais tolerante.

Na verdade a Somnia respondeu bem, e em um nível educado, algo que não se vê muito na Internet. O caso é que quem apresenta limitações no uso da língua demonstra falta de leitura - o que é justificável estando-se fora do país, mas não dentro dele, quando se opta por assistir BBBobagens, e tantos outros.

Peço desculpas - com certeza incorro em erros ainda mais crassos quando me exprimo em outras línguas, e busco estudar sempre.

Beijos.

Somnia Carvalho disse...

Oi Lolinha,

normalmente comentario anonimo me incomoda, mas o anonimo cutucou de jeito leve... entao respondi, alem disso tem minha neura em sempre provar porque agi assim assado... neuras!

Alberto,

eu me expliquei, mas a verdade é que acho que somos mesmo muito preconceituosos com a lingua e a lingua escrita... Eu sempre fui tambem apesar de fazer de tudo para ajudar meus alunos a superarem o problema sem deixa los frustrados...

escrevia textos gigantes so explicando pro aluno como fazer para melhorar o problema etc...

mas pensei em muitas coisas... como quando vivemos fora sofremos preconceito por falar com sotaque e escrever com erros... aqui eu agora escrevo mal e falo mal sueco, da pro gasto, mas claro que ninguem vai achar que eu sou mesmo alguem inteligente.. acha se a pessoa e livre de preconceito, entende?

normalmente as pessoas nos tomam por burras ou mal informadas se escrevemos mal.. isso pode ate ser verdade, mas nem sempre... tive alunos fantasticos! de quem me lembro ate hoje que escreviam muuuito mal, mas tinham ideias fabulosas, eram criticos... so nao aprenderam mesmo a escrever...

livrar nos de preconceito e preciso... e quando eu falei dos milhares de redacoes corrigidas nao significa que eu era a gostosa da bala chita que mandava ver na caneta vermelha, mas que eu reconheco que a linguagem expressa o que somos, como disse a Lola no post que veio depois...

Mariana. disse...

" a gostosa da bala chita "
HAHAHAHA, gostei....

jesus salva disse...

Com toda a permissão que peço para a Lola e para o jovenzinho que escreveu o e-mail para voce, vou preparar uma matéria a respeito do assunto e postar no meu blog, hoje mesmo.Agora, eu acho que o menino deveria ir até o conselho tutelar e fazer uma denuncia contra a falta de privacidade da tia, uma vez que ela está passando dos limites com a privacidade com o corpo dele.Achoque esta represálhia vai ajudá-lo muito.

Leila disse...

Ei pobre menino de 13 anos, a proxima vez que sua tia quiser ver sua cueca pergunte pra ela se ela quer ver seu pintinho!
Fale pra ela que você conversou com uma psicologa e que ela disse que sua tia deve ter algum tipo de desejo em ver seu pintinho e que ela deve ser pedófila.
Ela vai ficar tao assustada que vai rezar vinte ave marias e quarenta pais nossos cada vez que pensar "será que ele está com o pinto duro?"
C R E D O!
Eu também acho q pode ser trote pq 13 anos ja nao fala pintinho, porém vai a dica!