domingo, 20 de outubro de 2013

COMO PENSA UM POLICIAL QUE REPRIME MANIFESTAÇÕES

Na última terça, dia 15, para marcar o Dia do Professor, houve uma grande manifestação no Rio. 
Obviamente que não foi a primeira, assim como não foi a primeira vez que a polícia reprimiu violentamente a manifestação (este documentário mostra as agressões contra os manifestantes em protestos de quinze dias antes). Para saber mais sobre a greve dos professores no Rio, seus protestos e a repressão policial, recomendo fortemente este texto do Blogueiras Feministas.
Ele fala, entre outras coisas, da prisão de Elisa Quadros, ou Sininho, apontada como a líder do Ocupa Câmara. Certamente Sininho é uma meliante de alta periculosidade, como pode ser conferido na foto ao lado, tirada dia 15. 
É vergonhoso que pessoas sejam presas por protestarem. Isso é totalmente anti-democrático. É a criminalização dos movimentos sociais.
Abaixo está o relato de um policial militar que age no Rio. Como se pode ver, um fascista. Um sujeito de extrema direita que não tem o menor respeito pela democracia. Não por coincidência, o rapaz é membro de um fórum masculinista, onde todos pensam como ele. Há vários outros mascus que são policiais -- ou dizem que são, já que nenhum dos "corajosos" assina o nome (clique para ampliar).

Há registros de que policiais usaram não apenas balas de borracha, mas também as letais.
Mas, enquanto gente como Sombra Ghost não só está solta como tem todo o aparato e a sanção do Estado para espancar (e ainda se vangloriar disso), professores e ativistas estão presos.
Na sexta, o Tribunal de Justiça do RJ mandou soltar a maior parte dos manifestantes. Entre eles, Sininho.
Manifestantes comemoram revogação da prisão.

35 comentários:

Graciema disse...

Infelizmente, essa criminalização de movimentos sociais já tem história, e é fortemente apoiada pela nossa mídia 'imparcial', e até recentemente, aplaudida pelo grosso da população. Tem se agravado fortemente nos últimos anos, porque ir contra o governo tem se tornado crime (só verificar o tratamento dado as manifestações de Belo Monte, Jirau, as desocupações feitas pela Copa as ações contra os sem terra, MAB e outros 'vagabundos marxistas financiados por Cuba, maconheiros, veados e vadias').

Novas leis e portarias, como a autorização de uso da Força de Segurança Nacional por qualquer ministro e essa na qual tentaram enquadrar os manifestantes, o aparato de segurança para proteger o leilão do Campo de Libra, dentre outras demonstram bem claramente o perfil cada vez mais intolerante e ditatorial do governo Dilma, infelizmente.

E Lola, não precisa ser mascu pra ter essa mentalidade não. Infelizmente ela é comum entre militares no geral, a mentalidade da Ditadura de que se você é contra o governo, inda que pontualmente e em ações democráticas, você é subversivo vermelho que tem de morrer é comum. Exército, PM, ABIN...escapa ninguém não. Depois, achar estritamente necessário rever a Ditadura é coisa de revanchista desocupado.

Que fique aqui meu grande apoio e admiração pelos professores, do Brasil todo, e no Rio de Janeiro em particular, pela bravura e pelo espírito de luta.

Graciema disse...

Ah, e antes que venham, não, nem todos os policiais pensam assim e não, os militares não são monstros.

Mas as instituições são exatamente assim. É flagrante o desprezo pelos civis que vejo no geral, encarados como preguiçosos, incapazes, manipuladores pelas temíveis OnGs do mal e nada patriotas.

Unknown disse...

"Um sujeito de extrema direita que não tem o menor respeito pela democracia."

E o pessoa de esquerda,tem respeito pela democracia?o fidel é um grande entusiasta da democracia né lola?

Elaine Pinto disse...

Acho que, mais do que nunca, fica evidente a necessidade urgente da desmilitarização da polícia. Enquanto tivermos um aparato policial que prioriza a obediência a ordens em detrimento do cumprimento das leis, vai ser assim, sempre. Já acontecia a torto e a direito no subúrbio, e os caras ficaram tão confortáveis com a opinião pública corroborando seu comportamento violento que já nem fazem mais distinção de classe social. Agora, é porrada solta, na favela e no asfalto.

sheldon end disse...

De qual manisfestação vcs falam?elas acabaram faz tempo,agora é só um bando de vagabundos quebrando tudo e o resto do povo é q vai ter q arcar com os prejuizos.
E para vcs a policia n tem fazer nada?

Verô! disse...

A ação da PM do Rio de Janeiro já extrapolou todos os limites toleráveis. A sujeira do Cabral e do Paes já transbordou da lixeira da política fluminense comandada por milicianos e grandes empresários que financiam as campanhas e depois são beneficiados nas licitações.

Está na hora da rebelião.

Paula disse...

os policiais seguem apenas ordens, esse eh o trabalho deles..
o que deve ser questionado sao as ordens que eles recebem.
e sim, sao ordens de um governo autoritario, que nao gosta de ser contrariado e que sabe muito bem como fazer as pessoas ficarem com medo de participar de manifestacoes

Panthro disse...

Oi, Lola. Dessa vez tenho que discordar do seu título. Ninguém garante que esse cara é de fato um policial que reprime manifestações. Pode muito bem ser um adolescente espinhento que fica usando as imagens de violência policial como pornografia, numa espécie de masturbação de violência, saca? Eu não bato em ninguém, mas vejo os outros batendo e gozo assim.

Eu tenho amigos que serviram na PM e sei que não existe nenhuma concordância do lado de lá. Tem gente que acha que manifestante é vagabundo, tem acha que eles estão certos e muita gente (eu acho que até a maioria) está puto de ser obrigado a fazer hora extra na folga ao invés de poder trabalhar de segurança particular. Porque a hora extra da PM é uma merda.

Enfim, acho que você errou ao acreditar em um mascu, que mesmo que seja PM, não representa de fato todos os PMs. A indignação falou mais alto do que a responsabilidade. Acontece. Mas em nome da coerência do seu blog, acho que seria bom você rever este post.

Panthro disse...

E a gente tem que lembrar que PMs se fodem muito também. Assédio moral é cultura de trabalho pra eles. E ir contra o uso da tropa como segurança particular de político pode custar a um cara toda a carreira dele. Não é todo mundo que é capaz de simplesmente abandonar um salário fixo e garantido pro resto da sua vida, especialmente com dependentes. E especialmente se for de família pobre. Duas características que descrevem a maior parte dos PMs.

Graciema disse...

Sim, PMs se fodem muito. Serem militares, e sujeitos à justiça militar e as penalidades militares pra desobediência faz parte do problema. Baixos salários, falta de preparo e outros agravantes da condição de trabalho deles saltam a vista.

E obviamente que não há concordância 100%, por parte dos indivíduos. Mas não é só: eles seguem ordens não. Estava só seguindo ordens é a desculpa que muitos nazistas usaram. Claro, têm as ordens e é dever deles cumpri-las. Mas os abusos de poder, as execuções sumárias, a participação em grupos de extermínio e outros, continuam acontecendo. A visão de civis como inimigos ou tutelados incapazes também.

No entanto, concordo, não se pode jogar a culpa dos problemas na instituição no indivíduo. E a criminalização dos movimentos sociais, como dito, é grave e não começou com os professores, e esse tipo de ação (como as prisões arbitrárias e flagrantes forjados) também não. E está amparada na aceitação popular, no uso costumaz desse tipo de ferramenta pelas elites e parte da lei também.

donadio disse...

Só para deixar bem claro,

TODA a esquerda organizada - PT, PSB, PSTU, PCO, PCdoB, PSB, PSOL, etc - é contra os black blocs.

Eles estão aí para fazer o que sempre fizeram, conscientemente ou não - provocar a polícia, para que os incautos de plantão achem justificável a repressão policial aos movimentos legítimos como o dos professores (esses sim, dirigidos pela esquerda).

donadio disse...

"braço armado do partidão nas capitais ( PCC e Comando Vermelho)."

Cara, desinformação demais dá na vista, e tira toda credibilidade do discurso.

Fábio Henrique disse...

Desinformação os cambau, e notório que o Petê, e demais nanicos de esquerda (PSTU PCO) receberam financiamento de campanha das Farcs no caixa 2 de suas campanhas eleitorais, principalmente em campanhas para deputados e vereadores.
E as Farcs também abastecem organizações criminosas nas capitais brasileiras, com drogas e armas.
O superior tribunal federal, nas ultimas eleições impugnou a candidatura de um fulano chamado Ney Santos, que tinha ligações com o PCC ( lavava dinheiro atraves de postos de gasolina) e financiava vários 'movimentos sociais' nas periferias de SP.

Feminista capitalista disse...

''Isso é totalmente anti-democrático''

Anti-democrático eu não sei,mas não é contra lei?

Tipo não existe na constituição nenhuma garantia de que temos o direito des nos manifestarmos e nos opormos??

-----
''Há registros de que policiais usaram não apenas balas de borracha, mas também as letais.''


Ok, isso é TOTALMENTE contra a lei, essa polícia,olha não tem nem mais o que falar viu...

REFORMA URGENTE.

ma1w disse...

Cada dia tem mais manifestante pra espancar. Só o salário do policial é que não aumenta.

donadio disse...

Rapaz, deixa de asneira... as relações do PT com o PSTU são as piores possíveis.

Sara disse...

Vivi a ditadura e ainda estou vivendo esse governo dito de esquerda, não consigo ver diferenças significativas, o poder corrompe e o poder absoluto corrompe absolutamente, não é máxima é uma verdade.

M disse...

Sou neta de militar e antes dessas manifestações acreditava que a PM do meu estado era ótima. Foi uma bela lição ver em primeira mão as táticas usadas, a repressão e falta de respeito com a democracia. Caiu a ficha que a periferia é vítima dessas atitudes desde sempre. Foram tantos flagrantes e escandalos que toda a sociedade percebeu que há algo muito errado nessa instituição. Todo mundo com quem converso (mesmo quem acha que militante é sinônimo de baderneiro) viu exageros na atuação das autoridades. Pode não ser agora, mas não tem como escapar da desmilitarização da polícia. Em 15, 20, anos será uma realidade.

donadio disse...

"As topeiras do PSTU precisam pensar assim, mas não passam de massa de manobra do projeto de poder do partidão."

O partidão acabou, mano. Faz muito tempo. O que sobra dele (a parte maior) é linha auxiliar do PSDB ou (a parte menor) linha auxiliar do PSTU. Nenhum dos dois pedaços tem projeto de poder.

Daniela Araldi disse...

Muito válidos os argumentos que ele usa, hein... Já chega nomeando os caras com os mais belos adjetivos...
E pra você ver como tem policial mal educado... Não querem nem saber, vão destruindo tudo o que veem pela frente, sem dó nem respeito! E outra: um desperdício jogar tudo no lixo! Poderiam ter doado pra pessoas necessitadas as coisas úteis!

donadio disse...

"No contexto cultural brasileiro,Não e melhor termos duas policias independentes, que vigiem uma a outra ?"

Sim, é. Mas não há por que não serem duas polícias civis diferentes, com funções diferentes. Aliás, poderiam ser mais do que duas, considerando as diferentes funções de polícia:

- Polícia ostensiva
- Investigação criminal
- Polícia judiciária
- Carceragem de presos provisórios
- Policiamento de trânsito
- Inteligência policial
- Intervenções táticas de emergência

Não tem sentido essas atividade serem todas atribuídas a uma única corporação - nem, na verdade, a apenas duas.

Mas nada disso precisa ser militar ou militarizado.

Anônimo disse...

Bom, para começar o título do post é falacioso, pois leva em conta um depoimento de um cara que DIZ ser policial, SEM NENHUMA IDENTIFICAÇÃO DE POSTO, NOME NEM NADA, sinceramente não dá para ser levado a sério, de outro ponto, é sim necessária a presença da policia em manifestações, há leis em uma democracia que devem ser seguidas por todos.

rafael.

Anônimo disse...

Mas esses foruns não tinham sidos acabados por ti?

MISANTHROPE FREEZING MOON disse...

não existe política humanitária no mundo. os EUA jogaram bombas atomicas no Japão e fizeram o 11 de setembro, isso ja prova o quanto ruim é os EUA, assim como os comunistas e os nazistas saõ genocidas. quem duvida que o comunismo seja ruim leia sobre a o holodomor na ucrania, e o regime de POL POT na Cambodia. ou seja, a humanidade como um todo é um lixo, a unica solução é focar em si, ser egoísta, egocentrico e foda-se os outros, a raça humana é um erro ainda mais pq a maior parte da humanidade é sociopata. os globalistas tão por tras dessas manifestações aí

donadio disse...

"a unica solução é focar em si"

Pois siga seu próprio conselho, foque-se em si, e pare de tentar consertar os outros.

Josemilson disse...

Desmilitarizar as policias e as organizacoes criminosas continuaram armada, uma especie entregue suas esperancas aos movimentos operarios sindicais,ongs, partidos, criminosos esse pais e atrasado e nao e atoa

Joana disse...

Os mascus gostam de falar que são policiais por considerarem profissão "viril". Deve ser a glória para eles. Mas esse relato com certeza não foi de um policial. Até porque ele relata que o " Comandante do BOPE..." sendo que quem vai para o confronto com manifestantes é o batalhão de choque.
É claro que há policiais com desvio de caráter assim como em todas as profissões, mas a maioria esmagadora é decente, trabalha muito e ganha mal como a maioria dos funcionários públicos.

Anônimo disse...

Enquanto as PMs estaduais descem a lenha, o Governo Federal sequer se manifesta a respeito. Porque?

lenin disse...

Um post interessante contando um conversa com uma dupla de policiais: http://semlorota.blogspot.com.br/2013/09/cenas-de-vida-e-bela-no-7-de-setembro.html

Anônimo disse...

Concordo com o Josemilson,

Desmilitarização com bandidos armados e organizados?Que mundo vocês vivem?

donadio disse...

"Enquanto as PMs estaduais descem a lenha, o Governo Federal sequer se manifesta a respeito. Porque?"

Por que a segurança pública é assunto dos estados... será por isso?

O Papa Francisco I também não se manifestou. Nem o Rotary Club de Clevelândia.

donadio disse...

"Desmilitarizar as policias e as organizacoes criminosas continuaram armada, uma especie entregue suas esperancas aos movimentos operarios sindicais,ongs, partidos, criminosos esse pais e atrasado e nao e atoa"

Desmilitarizado não é desarmado, e ao que me consta não existe Polícia Militar em nenhum país "desenvolvido".

Anônimo disse...

Donadio, existe sim polícia em vários países desenvolvidos. Não que esse fato faça diferença, apenas apontando.

donadio disse...

"Donadio, existe sim polícia [militar] em vários países desenvolvidos."

Por exemplo?

Anônimo disse...

"Donadio, existe sim polícia [militar] em vários países desenvolvidos."

Por exemplo?
-------------
Alemanha, Austrália, Canadá, Estados Unidos da América, França, Itália, Países Baixos, Portugal e Reino Unido.