terça-feira, 28 de dezembro de 2010

COMO FICAR RICA COM BLOG

No final de janeiro meu bloguinho vai completar três anos de idade e talvez então eu faça um levantamento dos momentos mais relevantes do EscrevaLolaEscreva em 2010, dos posts mais comentados e tal. Enquanto isso, estou preparando uma lista dos melhores e piores filmes da década (2001 a 2010). Aceito sugestões!
Agora só queria compartilhar com vocês minha miséria absoluta. Vocês devem ter percebido que tem um treco do Submarino na barra lateral à direita. Aliás, acho que tem uns três trecos diferentes. Com a ajuda técnica do maridão, instalei esses bannerzinhos pra tentar ter alguma renda com o blog. Isso já faz mais de um ano. Ahn, lamento informar que é meio impossível ficar rica com isso. Como meu bloguinho é super transparente, compartilho com vocês o faturamento de cada mês:

Dezembro de 2009 (quando instalei o primeiro banner): R$ 136,07
Janeiro 2010: 77,17
Fevereiro: 4,45 (isso é sacanagem, gente!)
Março: 68,52
Abril: 21,60
Maio: 85,23
Junho: 64,66
Julho: 89,26
Agosto: 99,38
Setembro: 67,98
Outubro: 81,50
Novembro: 112,45
Dezembro de 2010 (ainda não acabou, tenho fé): 122,51

Total: R$ 1.030,78. Média de 79 reais por mês.

Ou seja, permitam-me duvidar da pessoa que jura tirar a maior grana com o blog. Acho que é lenda urbana. Não acredito que exista.
No final de agosto recebi um email de uma querida leitora antiga querendo me ajudar a ganhar dinheiro com o blog. Aí, na correria do semestre, acabei nem respondendo. O problema de promover qualquer mudança no blog é que (além de eu ser conservadora) eu teria de gastar mais tempo com ele. E não tenho esse tempo! Pelo contrário, preciso realmente me afastar um pouco, sem ter a obrigação de escrever posts todo dia, pra eu arranjar tempo de fazer as outras dezenas de coisas que preciso fazer, e não estou fazendo.
Bom, mas isso não tem nada a ver com a parte financeira.
Pra quem não sabe, o Submarino funciona assim: a pessoa compra algum produto através do seu blog, e você recebe uma porcentagem dessa venda. Não vou me lembrar nunca o valor. Ah sim, encontrei no post que fiz pra comemorar o meio milhão de visitas (no final de novembro de 2009): ganha-se 8% do valor do livro nacional, 4% de livros internacionais e dvds, 2% de apetrechos pra computador. Ainda não sei se entra porcentagem de passagens aéreas.
Bom, lendo o post antigo, vi que eu ganharia menos que os R$ 79 se entrasse num portal, então não tá tão mal. E quero agradecer a todo mundo que comprou através daqui, e pedir que continuem comprando de vez em quando.
Sei lá, talvez seja uma questão de perspectiva. Já estive num encontro de blogueiros em que uma consultora falou de monetizar blogs e mencionou Submarino e Adsense, e disse que era possível ganhar até 50 reais por mês com eles, e eu ouvi na plateia um barulhinho de “Ohhh!”, sabe, como se R$ 50 fosse a maior grana preta. Acho que essas pessoas perderam a aula em que alguém dizia ser possível viver de blog.

34 comentários:

Luma Perrete disse...

Acho que dá sim pra pagar as contas com dinheiro ganho através de blogs, mas acho que só banner do Submarino não dá. Pra ganhar dinheiro com blog tem que tratar como um negócio mesmo e não só como hobbie.

Bruno Stern disse...

Ganhar dinheiro com o blog?
Se encher isso aqui de anunciantes e ainda fizer um posts patrocinados, quem sabe?

Seria divertido ler a Lola escrevendo que a torta fica muito melhor se utilizados ingredientes da marca tal(com o site promocional devidamente linkado).

Acredito que tirar um pouco de dinheiro com algo que te dá prazer uma boa ideia. Para não desanimar, podia considerar como meta conseguir pagar a assinatura de internet com a receita do blog.

Niemi Hyyrynen disse...

Lola,

quer ficar rica com o blog?

Escreve um blog machista de direita!

XD

Niemi

Alex Castro disse...

Lola, dá pra ganhar dinheiro sim.

Tem gente q tem um esquema mais profissional e vende uma inserção de video ou um post pago por valores entre R$500 e R$5.000.

Mas, como disse a Luma, é um trabalho. Vc tem q ter um folder publicitário, saber quem é seu público, provar seus números, ter contato com anunciantes e agências.

Sinceramente? Considerando o pouco que vc faz a esse respeito, acho esses valores que vc ganha milagrosos e só se explicam pq vc tem mts pageviews e leitoras muito leais. Via de regra, só colocar um banner do Submarino e um banner do AdSense não dão resultado algum.

Eu, por exemplo, já tive meses de ganhar R$1.500 do Submarino mas, via de regra, ganho uns R$300-400 por mês. Mas eu tenho um bom trabalho. Não escrevo nenhum post PARA ganhar dinheiro, mas sempre que escrevo um post sobre o Rio, vou catar no Submarino uns livros sobre o Rio pra ilustrar. Se faço um post sobre o Irã, vou buscar livros sobre o Irã. Etc. Além disso, sempre q encontro uma promoção mt boa (tipo dicionario houaiss por R$50, ou toda a obra do Freud por R$200), eu faço um post só sobre isso. Ou seja, tem que ter um trabalho adicional além de simplesmente escrever posts, colocar um banner lá em cima e torcer pelo melhor.

Pra mim, por exemplo, é um trabalho pequeno, que já incorporei ao trabalho de escrever os posts, e é um dinheiro fácil que pinga na minha conta todo mês.

Mas, enfim, como disse a Luma, vc tem que ter ALGUM trabalho, né? Não é mágica...

Beijos.
Alex Castro

Alex Castro disse...

Alias, nesse link aqui tem mais alguns detalhes sobre como funciona a publicidade no meu blog

(q, alias, tem muito, muito menos visitas que o seu)

http://www.interney.net/blogs/lll/2010/02/06/termos_de_uso_do_blog_liberal_libertario/

Ronaud Pereira disse...

O Alex disse quase tudo que precisava dizer. Eu acrescentaria que quem pretende viver de blogs, deve tirar da cabeça aquela ideia de uma grande fonte única de renda, e passar a pensar em fontes de renda segmentadas, mais ou menos como demonstra esse rapaz:

http://www.problogger.net/archives/2010/06/26/how-i-make-money-blogging-income-split-for-may-2010/

Particularmente, tenhos vários sites/blogs e cada um tem duas ou três fontes de renda. Na soma total, a renda já ultrapassou longe o que ganho com meu trabalho "oficial".

Você tem uma qualidade que pouquíssimos tem que é a produtividade. Escreve muito e muito bem, e tem boa reputação na rede. Como disseram os outros (muito embora pareça não ser sua vontade) basta profissionalizar a coisa que o sucesso é garantido.

Boa sorte!!!

Laetitia disse...

Lolinha, é claro que não dá pra ficar rica com um blog informativo e "opinativo", como o seu. Seu blog não é do tipo que atrai pessoas querendo gastar; nós, seus leitores, somos simplesmente pessoas querendo ler algo de interessante nessa internet já cheia de estímulos pra consumo.

Mas veja o caso dos blogs "de moda", por exemplo: como vc bem deve saber, esses sites se dividem em dois gêneros, os "ai como eu sou linda" e os "ai como eu sou rica" (ok, tem exceções, não serei má). Os dois casos atraem mulheres deslumbradas com o mundo do consumo. Daí, como os sites já falam sobre consumo e têm um público consumidor, mesmo, é claro que as empresas começam a investir: não só com banners e anúncios, mas tb enviando produtos para a blogueira testar, por exemplo. A Júlia Petit, que tem um blog "de moda" chamado Petiscos, é um bom exemplo disso. A nêga raramente dá as caras no blog, mas foi alçada a um nível "celebridade". Mesmo contando com um alto staff pra manter o blog atualizado (várias atualizações diárias), é ela, sim, que ganha dinheiro para dar as caras em eventos, fazer vídeos com dicas e testar produtos... um caso que deixou muita gente indignada foi o da Melissa, que desprezou dezenas de blogueiras que têm blogs exclusivamente sobre os sapatos, e que fazem, portanto, propaganda gratuita para a marca, em privilégio da tal Petit, que apesar de eu nunca ter visto falar sobre Melissa, ganhou 6 pares de sapatos exclusivos, da coleção nova ainda não lançada. É mole?

That's all business, Lola. Eu só acesso blogs 'de moda' pequenos, hoje em dia, pq quando a nêga começa a postar fotos de eventos ou de produtos que recebeu, meu estômago já embrulha na hora e eu desisto.

Laetitia disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
lola aronovich disse...

Alex, fiquei surpresa em saber que seu blog tem menos visitas que o meu. Pensei que tivesse mais, ou pelo menos igual. Diga aí quantas são!
Bom, post pago nunca aconteceu, nunca recebi convite. Além disso, se recebesse, não sei se faria. Só deixando bem claro pr@s leitor@s e, mesmo assim, se eu aprovasse o produto. Como eu seria honesta demais, duvido que alguém me convidasse.
Eu gasto um tempão com o blog porque escrevo todo dia e os posts são longos. E tb não é só isso: “ilustrar” o blog, encontrando fotos, colocando links, às vezes consome quase tanto tempo que escrever o post. Mas, como os posts são longos, sem ilustrações deve cansar demais. Eu poderia, se soubesse como fazer, colocar fotos dos livros e filmes de que falo diretamente pro link do Submarino que vende esses troços. Mas não sei fazer! O Wordpress deve ser mais legal nesse sentido que o Blogspot. Muitas vezes eu procuro o livro/filme à venda no Submarino, mas... o link não vai pra lá. Vejo que vc sempre coloca ofertas do Submarino, e vc sempre diz que consegue um bom dinheiro com isso.


Ronaud e outr@s, obrigada pelas dicas! Nem penso em abandonar meu emprego na universidade (não antes de, sei lá, dez anos), mas queria que o blog rendesse um pouquinho mais, até pra ajudar instituições de proteção aos animais, por exemplo, com mais dinheiro do que já ajudo. (Aliás, nem sei se POSSO ganhar mais, porque meu trabalho é dedicação exclusiva. Não sei se posso ter outra fonte de renda. Alguém sabe dizer?).

Alex Castro disse...

"O Wordpress deve ser mais legal nesse sentido que o Blogspot. Muitas vezes eu procuro o livro/filme à venda no Submarino, mas... o link não vai pra lá. "

Não tenho wordpress. Meu blog é no Interney. Mas antes meu blog foi no blogspot por 5 anos e eu fazia exatamente a mesma coisa que faço hoje. Não entendi qual é a sua dúvida. Você linka para a página de um livro exatamente como vc linka qualquer coisa. Você adiciona a imagem da capa assim como vc adiciona qualquer imagem. É o mesmo processo.

Alex Castro disse...

ah, meu blog tem uma media de 40-60 mil visitas por mês.

Carol disse...

Não sei se cabe aqui, mas isso tudo me fez lembrar de um negócio engraçadinho que vi uma vez. Se chama "Buy me a coffee". Era uma coisinha que vc colocava no final de todos os posts, algo como "Gostou? Então me pague um café!" E levava a um link do paypal para doar, digamos, 1 dólar/real/sei lá. Uma forma simpática de pedir doações. E vc sabe que as pessoas estão mais dispostas a doar por algo que gostam do que a gente imagina. Eu mesma já fiz algumas pequenas doações do tipo.

Já pensou também em dar um up no visual do blog? Isso também contribui pra atrair leitores e tudo mais =)

nelsonalvespinto disse...

Lola,
Até onde eu sei no RDE(regime de dedicação exclusiva) você não pode ter vínculo com outra empresa, ou seja, algo em contrato e com tempo de trabalho pré-determinado. Blog pago daria problemas.

Sei que você pode ser sócia minoritária em empresas. Pode escrever em revistas, publicar livros e ter blogs.

A idéia básica do RDE é prender o professor num emprego só.

Alessandro R. C. disse...

Lola, duas dicas:

Para rentalizar o blog, experimente colocar o HotWords, esse paga diretamente em sua conta-corrente ou poupança, só precisa configurar uma vez. Algumas palavras ficarão sublinhadas, indicando que seu clique dará alguns centavos.

E a dica sobre piores filmes: inclua The House Of The Dead (2003), péssimo! No IMDB.com tem média de 2.0 e está entre os 100 piores de todos os tempos.

Tanko disse...

Dependendo do tema do blog dá para ganhar dinheiro sim.

Mas não é o máximo que seu blog, que aliás não te dá despesa alguma, te garante um trocadinho para a diversão sem que você precise fazer algo além do que você já ia fazer mesmo por hobby?

Eu tenho um blog e lá a coisa é diferente, não tenho este nível de monetização porque recebo apenas 200 visitas únicas diárias em média.

Sou freelancer, logo meu tempo é dinheiro (não, não tenho férias, hora extra nem 13º como a maioria dos trabalhadores normais), ainda assim eu cuido do visual e sistema do blog, além de fazer os posts. Também vendo produtos independentes para turbinar o ganho do blog, e isso toma tempo também e dá bastante trabalho.

Se já não bastasse isso aí tudo, eu ainda tenho um podcast, que anda em hiato, é verdade, mas vai voltar em 2011. E claro, pago a hospedagem que não é barata!

Então eu concordo com o Alex, Lola, você está ganhando bem para quem só usa banner.

Tanko disse...

Ah, Lola, para colocar os links pro submarino com imagens e tal, você pode usar o Boobox. Este sistema faz o trabalho por você, basta configurar sua afiliação no submarino e preferências, que ele coloca livros que combinem com as palavras chave do post no final do texto.

Pentacúspide disse...

não estou muito bem informado, mas acho que a renda dos blogs vem geralmente das publicidades e não é preciso que a pessoa compre o que está publicitado, mas que clique na publicidade. Por isso, numeros blogs enchem a página principal de publicidade que tens de fechar antes de começar a navegar. E a cada quatro vezes que tens de fechar isso acabas sempre por clicar na publicidade, é um método muito ditador.

Mas, em termos de sugestão, se anexasses um aplicativo de chat ao teu blog, daqueles que passam publicidade aleatória ao lado, provavelmente a tua renda aumentaria.

lola aronovich disse...

Alex, então nossos blogs são do mesmo tamanho. Eu tb tenho entre 40 e 60 mil visitas por mês. Quer dizer, tive 80 e 75 mil em outubro e novembro, mas isso foi por causa das eleições. Este mês ainda deve dar pra chegar aos 60 mil, mas janeiro e fevereiro deve ficar em 40, 45 mil mesmo. Mas certamente minhas comentaristas são melhores que os do seu blog! (porque, né, francamente, alguns dos seus....).


Carol, paypal? Já vi isso em alguns blogs. Mas eu me sentiria desconfortável em pedir dinheiro pra mim. Só se eu passasse todas as doações recebidas pra instituições. Tenho pensado em fazer isso. Mas o que doo é mais do que recebo com blog.

lola aronovich disse...

Nelson, obrigada pelo esclarecimento. Tenho medo dessas coisas de dedicação exclusiva, até porque sou colaborada de um jornal de SC desde 98. Não tenho carteira assinada nem nada do tipo, mas recebo uma pequena quantia por mês pra ter uma coluna semanal. Isso pode? Sabe o que eu acho? Que essas regras de RDE foram feitas antes dos blogs, e ninguém as modificou ainda. Imagino que ter blog pode... Tive esse mesmo problema enquanto fazia mestrado e doutorado, com bolsa. As regras da bolsa só mudaram este ano. Antes, não podia ter outro emprego, só se dedicar aos estudos.


Alessandro, isso de HotWords é algo que odeio nos blogs. Porque eu clico achando que vai cair num link relevante e é só propaganda. Então não colocaria no meu blog.
House of the Dead? Nunca vi, nem ouvi falar. Ah, tem que ser filmes mais importantes pra entrar na lista dos piores!

lola aronovich disse...

Tanko, é verdade, os trocadinhos pagam meu cinema. Mas time pra mim tb is money, e eu gasto um tempão com o blog. Pq eu devia estar pesquisando, escrevendo, publicando... Investindo na minha carreira de recém-doutora. Pra falar a verdade, eu só mantenho o blog porque me conheço e sei que, mesmo sem ele, eu gastaria parte do meu tempo em coisas erradas. Antes ter um blog do que gastar tempo enrolando visitando blogs nada a ver (eu fiz muito isso em 2004, quando devia apenas escrever minha tese de mestrado). Mas preciso encontrar um meio-termo. Desencanar do blog, só atualizá-lo quando eu tiver tempo e vontade mesmo, não checar número de visitas (que é um treco viciante). Ah, Alex, vi em algum post seu que vc já foi viciado em estatísticas de blog, certo? Como largar?
Ah, obrigada pela sugestão do Boobox. Chequei agora e tá em manutenção, mas olharei de novo.


Penta, acho que isso que vc descreve é o Adsense. Ñ gosto porque polui demais o blog e manda o leitor pra links nada a ver. E tb, pelo que me falaram, dá calote no blogueiro.

nelsonalvespinto disse...

Lola,

A regra é bem antiga. Foi feita pra evitar coisas bizarras como certa vez onde um professor dava aulas por celular (em Itajubá) isso porque mantinha quatro ou cinco empregos nas UNI da vida.

nelsonalvespinto disse...

Não tenho uma lista de filmes da década. Com a net eu me concentrei nos filmes antigos.

Minhas indicações:
- Oldboy
- Simpathy for lady Vengeance.
- A estrada.
- Memento.
- Ultimos dias de Hitler.
- Crash

Pentacúspide disse...

Lola, quando falas de piores filmes, estás a referir-te a maus filmes maus ou a maus filmes julgados bons?

Carla Mazaro disse...

Lola, eu sei que você é super ocupada, mas eu não teria problemas em ler dois ou tres posts seus por dia! :D

Diêgo Cesar disse...

Mas aí vai da intenção de cada blogueiro. Ou vc escreve pq tá a fim de conpartilhar suas pirações com as pessoas ou o seu blog é mesmo um negócio e vc quer faturar em cima dele, aí vale monetizar, coisa que surgiu com os blogs corporativos. E essa graninha que vc falou, dá pra ir a um shopping fazer um belo passeio, curtir um tempo aqui em Natal, sei lá. O blog pode te abrir outras portas sem estar cheio de anúncios e coisa e tal; quem sabe não te pegam pra escrever n'alguma coluna mundo afora, noutros portais; quem sabe vc não arranja um programa na MTV, faz uma Playboy ou coisa assim lol. Os banners são o de menos, o importante é que seu blog é ótimo e vc é uma blogueira influente. Pode dominar o mundo, se decidir.

Larissa disse...

Oi Lola, tudo bem?

Vou confessar que fiquei um pouco surpresa com esse post.. entendo muito v. querer ganhar uma graninha a mais, etc.. mas acho que nem dá pra reclamar, pelo estilo e conteúdo do seu blog acho que os valores que v. diz ter ganho estão ótimos! A minha surpresa é porque eu vim parar aqui porque eu passei um tempo procurando blogs que não vivessem de propagandas e posts pagos. Assim como a Laetitia, eu tenho um baita nojo desses blogs femininos que vivem de auto-promoção das autoras e que só sabem falar de um único assunto. Quando a gente vê que o layout do blog melhorou, que saiu de um endereço gratuito pra um pago, que passou a fazer sorteios entre as leitoras, etc. já vê que tem dinheiro na jogada. E aí, se for assim, eu prefiro continuar assistindo televisão, lendo revistas com 90% de propaganda - porque eu já arranquei as páginas de propagandas das revistas e não sobrava quase nada. Acho que os blogs no começo eram uma alternativa a esse mundo infestado de propagandas que já somos obrigados a aturar o tempo todo. De repente passaram a ser só mais um lugar de propaganda.. e conforme o blogueiro passa a ganhar dinheiro, PRA MIM a credibilidade dele cai. Porque eu duvido muito que alguma blogueira faça um comentário negativo sobre um produto que pagou uma viagem pra ela, que mandou brindes mil, etc. E infelizmente isso não acontece só nos blogs femininos de moda e beleza, eu acompanho blogs de fotografia, de livros, de scrapbook, de culinária, de um monte de coisas, e em todos aconteceu o mesmo. Uma pena..
Acho que se alguém quer viver de blog, ok, mas tem que ficar claro que é assim. Disfarçar é pior.. e nesse ponto eu acho até que a Julia Petit se salva. Todo mundo sabe que ela ganha pra experimentar roupas de algumas marcas, pra comparecer a certos eventos, etc. e ela é uma pessoa que sempre viveu disso, mesmo antes de ter blog. Continuo achando que ganha valores absurdos por isso, mas salário de "celebridade" não dá pra explicar mesmo...
Aos poucos fui começando a sentir um tipo de repulsa por blogs cujos donos buscam claramente renda extra, e isso inclui até os que são cheios de banners e anúncios.. acho que fica super poluído, e dia desses foi até engraçado porque li um post de um menino reclamando MUITO de um desses sites de compras coletivas e logo acima do post tinha um banner imenso fazendo propaganda exatamente daquele site - porque que eu saiba, não dá pra escolher muito o que vai aparecer ali, né? E só pra terminar, eu acho que essa coisa de propaganda e post pago em blog tinha q ser melhor regulada, porque sou da opinião que quem indica um produto tem responsabilidade implícita.
Enfim, espero muito que vc tenha um baita sucesso na sua vida profissional e assim ganhe dinheiro pra fazer o vc gosta, sem depender desse tipo de renda extra. Bjs
Larissa

Renata Inforzato disse...

Larissa,

Vc está confundindo o jabá (matéria paga, como, por exemplo, viagens pagas) com anúncios...

O blog tem virado alternativa para muitos jornalistas que não aguentam ou não têm espaço na mídia que ai está...E para esses, o blog é uma esperança de renda...Por isso os anúncios. A pessoa clica se quiser e para o bom jornalista eles não têm influência na publicação....

Agora, o jabá, que no caso dos blogs é o post pago, isso sim concordo que nao é legal, pq tinha o senso crítico de quem escreve, pois ele não vai falar mal de quem lhe pagou algo...É a matéria paga, que teoricamente é proibida no jornalismo (embora muitos façam). Mas como o universo dos blogs é outro univeerso, então, é uma terra sem lei.
Lola, estou falando de jornalismo, mas, pra mim, vc é uma jornalista.

Tanko disse...

As pessoas precisam parar de achar que é feio ganhar dinheiro com a internet! Não estou falando de você, Lola, acho que está certa em colocar seu banner que não é invasivo nem nada.

Claro que existe muita cretinice por aí, gente vendida, publicidade ENGANADORA ou simplesmente irritante e etc. Mas não vejo problema em um banner para ajudar a pagar o esforço do blogueiro ou mesmo uma hospedagem, como disse a Renata.

E Lola, eu também gastaria meu tempo com baboseiras se não tivesse o blog, daí acho até que é saudável... pelo menos estou sendo útil para alguém e usando a cabeça ao invés de vegetar por aí.

Daí se precisa de tempo, a gente perdoa os posts mais esporádicos. Só que, se passar a ganhar mais com o blog, vai poder dar mais tempo para ele?

Sobre os animais, alguns sites de resgatinhos como o Adote um Gatinho se beneficiam muito de visitas em sua loja. Banners de sites de adoção num blog frequentado, seriam preciosos para os cuidadores, tenho certeza.

Ah, e AINDA BEM que você é contra o Adwords, Hotwords ou o que seja, eu odeio isso. Você passa o mouse achando que é um link útil, vai ver é uma publicidade sem contexto.

Fabio Salvador disse...

Ô Lola,
eu acho que blog não dá para ficar rico, mas dá para viver muito melhor tendo um.

O meu antigo (o atual não tem anúncios), nunca rendeu mais do que 10 reais num mês. Te invejo! Mas eu ganhei muito com ele.

Sim. Meu blog atual tem umas apostilas. A galera da Editora Viena as leu, e me encomendou um livro técnico. Depois, viram meus manuais técnicos e me chamaram para dar aulas fora do meu horário como burocrata. Aí a coisa foi indo...

E assim vai.

Dai disse...

Lola,

Não faço ideia de como ganhar uma grana. Mas adorei os posts e os comentários, acho que podem te dar uma luz. E o post acaba ajudando pretensos blogueiros.
Pra lista de piores da década, já, tenho uma dica das boas: Skyline, a invasão. Vi no cinema, por ser a sessão da vez. Olha é MUITO ruim. Lixo descreve. Basta colocar no google e ver o que dizem por aí, ahahah. beijins..

alugue facil disse...

rsrsrsrsrsrsrs

jean disse...

lola como eu fasso para instalar o subimarino no meu blog...me ajude eu estou precisando muito...obrigado..

Robson Fernando de Souza disse...

O problema de promover qualquer mudança no blog é que (além de eu ser conservadora) eu teria de gastar mais tempo com ele.

Lola CONSERVADORA? hfuiefhewgiufgeywfgdskiufgdhsaiufweifiu... kkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkk (+30000k)

Lolinha dizer ser conservadora é o mesmo que Bolsonazi dizer ser progressista de esquerda. kkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkk

Aurelio Coelho disse...

Lola,
acho sinceramente que há espaço sim no seu BLOG para ainda gerar mais receita. Se você pesquisar um pouco mais, consegue encontrar alternativas.
Artigos bem escritos e um conteúdo livre de inflyências negativas, atraem um público muito específico, e é exatamente isso que o marketing moderno procurar "público alvo".

Se você retomar algumas dessas idéias acima, consegue encontrar um equilíbrio entre o dinheiro e a imparcialidade.
Você pode analizar bem o que vai promover e o que vai anunciar (como no caso do submarino). E continuar a fazer posts de produtos manifestando sua opinião.

Com 40 mil visitas mês! Ninguém vai morrer por ver a sugestão de um bom livro, a sua opinião sobre um bom filme ou ainda comentários para não comprar o que é ruim.