quinta-feira, 26 de julho de 2018

LÍDER DO PCdoB NA CÂMARA PEDE UNIDADE PARA A ESQUERDA

Faltam pouco mais de dois meses pras eleições, e até agora o cenário não mudou: Lula continua sendo o líder isolado nas pesquisas, e os golpistas não deixarão que ele deixe a prisão ou se candidate (não deixam nem que ele dê entrevista!). 
Os próximos dias serão decisivos, com várias convenções partidárias oficializando seus candidatos, definindo alianças e vices. O único fato novo não deveria ser surpresa pra ninguém: a direita se uniu em torno de Alckmin, isolando Bolsonaro na extrema direita, sem alianças, sem tempo de TV. Alckmin terá todo o dinheiro e tempo do mundo para tentar enganar a população e fingir que o projeto de Temer não é o mesmo do PSDB. Vai ser muita cara de pau o tucano se apresentar como oposição ao governo golpista. Mas cara de pau eles têm de sobra.
Com Lula tão forte nas pesquisas, mostrando que ele tem poder para transferir voto para o candidato que indicar, duvido que o PT abra mão de ser o cabeça de chapa. Resta saber quem irá indicar: Haddad? Jacques Wagner? E também quando indicar. Assim que for lançado, a mídia cairá em cima. E não permitirão que Lula faça campanha. Espero que ele tenha gravado vários vídeos antes de ser preso. 
Se e quando essa candidatura do PT for oficializada, os outros partidos de esquerda terão que decidir o que fazer. Psol seguirá com Boulos, mas e o PCdoB? Seguirá com a candidatura de Manuela D'Ávila (que, assim como todos os demais candidatos, não cresceu)? Ou seria melhor aproveitar este enorme talento e lançá-la como candidata ao Senado ou ao governo do Rio Grande do Sul?
E Ciro? E Marina? O cenário segue totalmente aberto. 
Publico abaixo o texto do deputado federal Orlando Silva (PCdoB-SP), que também é líder do partido na Câmara dos Deputados. 
Hora de jogar para ganhar: Unidade já!
João Amazonas e Lula em 1989
“A unidade é a bandeira da esperança". A célebre frase de João Amazonas, dirigente histórico do PCdoB, encerra mais do que uma diretriz a ser perseguida ao fazer política. Ela condensa o aprendizado histórico do partido mais antigo do país, o único a sobreviver a duas ditaduras abertas, a participar dos processos de redemocratização de 1946 e 1985, do mais longo ciclo de governos progressistas do país, o primeiro a alertar que as classes dominantes engendravam um golpe travestido de impeachment contra a presidenta Dilma.
Essa rica experiência de 96 anos ininterruptos de atuação, que vai da luta armada à conquista de governos eleitos, da clandestinidade à vida partidária legal e ativa, da atuação permanente em movimentos sociais ao embate parlamentar, ensinou o PCdoB a lutar, sem hegemonismos, dogmas e esquematismos, de acordo com a exigência do momento político. Afinal, a melhor tática é sempre aquela que atende a um requisito básico: aproximar do objetivo a ser atingido, de acordo com a situação concreta.
Foi esse o guia político do PCdoB quando, depois da memorável campanha das “Diretas” -– em que tínhamos multidões nas ruas e mesmo assim não alcançamos a aprovação da emenda Dante de Oliveira --, buscamos a formação de uma ampla frente que logrou derrotar a ditadura com seu próprio instrumento, o Colégio Eleitoral. Não cedemos à tentação de “marcar posição” quando o que estava em jogo era a abertura democrática do país.
Também foi buscando o objetivo de vencer e mudar o Brasil que defendemos a ampliação da aliança, em 2002, quando a chapa Lula - José Alencar representou o pacto dos setores interessados no desenvolvimento nacional, na valorização do trabalho e da produção. Fomos vitoriosos, mas não foram poucos os que, à época, criticaram a política frentista.
Pois bem, chegamos às portas das eleições de 2018 em um dos momentos mais graves e complexos da história brasileira. O golpe consumado em 2016, em suma, significou uma nova pactuação das elites para isolar o campo progressista e por fim ao ciclo aberto em 2002. A base econômica desse pacto diz que os direitos assegurados pela Constituição de 88 não cabem no orçamento, que as leis trabalhistas e previdenciárias não se aplicam mais e assegura ainda mais a hegemonia do capital internacional ante ao nacional, das finanças sobre a produção, do capital sobre o trabalho.
E mais: indo além até do controle dos artífices políticos do golpe parlamentar, a nova hegemonia que tenta se impor implica numa reconfiguração do Estado Democrático Direito, com a hipertrofia do poder judiciário, que, ao fim e o cabo, liquida as próprias garantias constitucionais que deveria resguardar, levando o país à beira de um estado de exceção.
O arbítrio virou o novo normal no Brasil. É isso que explica a prisão sem provas de Lula, em meio a um processo eivado de atropelos. É isso que garante que um juiz descumpra ordem superior impunemente, que dá poderes à magistrada responsável pela execução penal para impedir Lula de ser entrevistado. É o estado de exceção que impede que o maior líder político do país esteja livre e, ao que tudo indica, impedirá que tenha assegurado seu direito de participar das eleições. Não se quebra a base da democracia de um país das dimensões do Brasil para não ir até as últimas consequências.
Diante de situação tão grave era de se esperar que as forças políticas comprometidas com a nação brasileira estivessem rendidas e impossibilitadas de vislumbrar quaisquer chances nas eleições de outubro. Ocorre que o fracasso e a desmoralização do governo Michel Temer proporcionam uma chance de reverter o quadro.
O povo, ludibriado pela campanha pró-impeachment, se depara com uma realidade trágica: a economia não voltou a crescer, o desemprego aumentou, os direitos trabalhistas foram retirados, os investimentos em saúde e educação foram congelados e a desagregação do tecido social é visível nas grandes cidades. Esse povo não quer Temer e nada que se pareça com ele.
As pesquisas de opinião mostram que é possível colocar um freio à marcha da insensatez que engolfou o país, é possível galvanizar as esperanças e chegar ao segundo turno da eleição com uma candidatura ancorada no interesse nacional. Novamente, a história nos coloca diante de um dilema tático: unificar amplas forças para lutar pela vitória ou manter a fragmentação atual (ou no máximo montar uma articulação da Esquerda), correndo o risco de dar de bandeja a eleição aos conservadores?
Enquanto na chamada “Esquerda” se viu grande indisposição em unir amplos setores para construir uma saída para a grave crise brasileira, os conservadores agiram. Alckmin polariza partidos que noutro momento foram base de governos petistas, se consolida como a candidatura mais forte da direita e será a inquestionável herdeira do programa do governo Michel Temer. O cenário se completa com a candidatura fantoche de Henrique Meirelles, que cumpre o papel de atrair a rejeição de Temer e tirar do ex-governador paulista o ônus de defender a continuidade de um governo odiado pelo povo.
Qual seria a resposta das esquerdas? Conforme apontou o XIV Congresso do PCdoB, o necessário seria construir uma frente ampla em defesa da nação brasileira, da democracia e dos direitos dos trabalhadores.
É possível vencer as eleições e derrotar nas urnas o programa antinacional, antipopular e antissocial das elites. Para somar a este projeto, a candidatura própria do PCdoB, que tem cumprido enorme papel e ajudado sobremaneira a dar visibilidade ao Partido, não será óbice.
Mas será necessária uma mesa de diálogo em que todos tenham a disposição sincera de buscar unir forças pelo país. Não é hora de marcar posição nem de alimentar ilusões vãs, é hora de jogar para ganhar. O Brasil depende de nós.
Temos pouco tempo. 

58 comentários:

Anônimo disse...

Ninguém mais se engana com alckimin e muito menos com o PSDB, a maioria que vota nele e em seu partido sabe muito bem quem são eles. Podem até se decepcionar por não ter algum interesse atendido, mas tinham péssimas intenções também.

Quanto ao PT, se Haddad for candidato eu voto nele sim, agora se for jaques wagner não. Nesse só votaria se fosse contra bolsolixo, mas de preferência, jaques wagner, nunca mais. O jaques Wagner foi um péssimo gov na Bahia, agiu de forma vergonhosa nas greves dos professores e outros profissionais, que foram ofendidos e agredidos por ele e sua militância. Só militante mau caráter, alienado/caviar o idolatra/va.

Nem manuela e nem boulos me interessam, os dois são muito falsos, alienados e infantilizados. Prefiro votar no ciro que nesses dois. Assim como no caso wagner, só votaria nesses dois 'peter pans', se for contra bolsolixo/alckimin.

Anônimo disse...

Como se o Temer não tivesse sido eleito pelo petistas e pela esquerda.

É 13. Confirma.

Esqueceram da foto dele ao lado da Dilma?

Memória seletiva rasa.

Anônimo disse...

A esquerda vem perdendo espaço politico no mundo todo e a culpa é do "golpi" de 2016.

Esse velho discurso já não convence.





Anônimo disse...

"Faltam pouco mais de dois meses pras eleições, e até agora o cenário não mudou: Lula continua sendo o líder isolado nas pesquisas, e os golpistas não deixarão que ele deixe a prisão ou se candidate (não deixam nem que ele dê entrevista!)".

Existe uma sentença penal transitada em julgado após milhares de recursos, pra ninguém poder dizer que não houve contraditório ou ampla defesa.
A sentença foi proferida por um juiz e confirmada por um tribunal, não há qualquer evidência de que qualquer dessas pessoas teve algum ganho pessoal para decidir de um jeito, e não de outro.
Quando alguém cumpre uma pena, sua liberdade de ir e vir é suspensa. Sua comunicação com o mundo externo é suspensa.
Então por que a surpresa e indignação?

Alícia

Anônimo disse...

Quando o temer era vice, o PT fechava os olhos descaradamente para ele e ai de quem questionasse e o chamasse de machista e corrupto. Seria até acusado de ''coxinha''.

Anônimo disse...

Quando se escolhe alguém como vice, este candidato poderá possivelmente substituir um eleito em caso de alguma eventualidade, não culpo os que votaram na Dilma pq esses realmente votaram no PT e não tem culpa do partido o escolher como vice, por isso o mais errado mesmo foi a escolha do PT, que foi irresponsável com os seus eleitores em escolher alguém como temer para vice.

Anônimo disse...

Se ele roubou, tem que cumprir a pena! Qual é a dificuldade de entender isso?

Anônimo disse...

Então o Lula é 100% inocente? É mesmo?

Anônimo disse...

Pessoal ainda insiste em acreditar que Ciro é de esquerda? Esses dias mesmo ele estava negociando apoio com o Dem(o) ex-PFL.

Anônimo disse...

Homens de esquerda que pensam em si mesmos como Marxistas e/ou Socialistas podem ter um sentido aguçado de consciência de classes, exceto quando se trata de homens (chocantemente), a classe que tem sido a mais assassina e opressiva na história da humanidade.

Fonte original:

https://78.media.tumblr.com/8f9ec63afa50c445e63cbcb7740465f9/tumblr_pcbdocrO1I1wltisoo1_540.png

#marxismo #socialismo #esquerdismo #homens #esquerdistas #marxistas #socialistas #homens marxistas #homens socialistas #homens esquerdistas #homens #patriarcado #análise de classes #consciência de classe #privilégio masculino #violência masculina #opressão baseada no sexo #opressão sexual #história

Anônimo disse...

Lula é ladrão? É
O PT e toda a esquerda tem muito ladrão? Tem
Mas pelo menos os ladrões do PT vão presos, já os ladrões do PSDB ficam livres e as denúncias são arquivadas.

Anônimo disse...

Quem disse que ciro é de esquerda? E o PT não se aliou ao PMBD, Collo, Sarney e tudo que não presta?

Anônimo disse...

Feminista só deveria votar em mulheres.

Anônimo disse...

Eu sei que Ciro não é de esquerda. Mas prefiro ele que lula, Wagner, boulos, Manuela alckimin.

Anônimo disse...

Gostaria de votar mais em mulheres, tanto que votei na Dilma, mas na Manuela não quero votar não.

Anônimo disse...

Anônimo de 14:17, você já ouviu falar em Paulo Preto e Eduardo Azeredo? Eles são do PSDB e estão presos. Essa desculpa não cola mais, tem político de todo partido preso.

Anônimo disse...

Esquerda que anda de mãos dadas com a rede globo, grandes bostas.

Anônimo disse...

Pelo menos o Ciro não enche a boca para fingir que é de esquerda. O PT Também se aliou a tantos demos... Tanto que esta crise atual se deve também as alianças desastesperae tendenciosas do PT e que como é de se esperar, o PT não quer até hoje assumir nenhuma responsabilidade por isso.

Anônimo disse...

Se for esse o criterio p definir quem eh de esquerda, então o lula tbm nao eh ne?

Anônimo disse...

''Anônimo de 14:17, você já ouviu falar em Paulo Preto e Eduardo Azeredo? Eles são do PSDB e estão presos. Essa desculpa não cola mais, tem político de todo partido preso.''

Esses aí são tão insignificantes para o próprio PSDB que precisa perguntar se alguém já ouviu falar deles.

Anônimo disse...

O Ciro deve ter aprendido bem com o PT a fazer alianças com os demos da política. O PT se aliou a tantos demos para se manter no poder que quando chegou a hora de pagar a conta do pacto demoníaco, chamou de ''gópi''. Não esperem mais tanta reverência ao ''deus'' lula e sua religião PT, nem para a santa manuela ou o santo boulos que pretendia ser um lula 2.0 sem a mesma lábia de usar alguma origem pobre. Por mais que lula ainda tenha muitos seguidores fanáticos, não é mais a mesma coisa de anos atrás. A farra do PT acabou e a esquerda festiva precisa encarar a ressaca.

Anônimo disse...

Pois o FHC que também era corrupto deveria estar dividindo a cela com o Lula, as prisões do PT e do PSDB ainda estão bem desproporcionais.

Anônimo disse...

O PT em seu auge tbm chegou a polarizar muitos partidos, (se meteu e se endividou com verdadeiros bandidos) praticamente isolando apenas o PSDB.

lola aronovich disse...

"A farra do PT acabou", diz o anônimo no mesmo dia em que Vox Populi divulga pesquisa mostrando Lula com 41% dos votos.

Anônimo disse...

Lola pesquisa feita por encomenda pela CUT não tem credibilidade nenhuma.

Anônimo disse...

Quando se diz que a farra do PT acabou, ninguém falou que isso significa que o Lula não teria uma maioria de votos caso fosse candidato, deixa de ser desonesta Lola. O partido PT não tem mais o poder de antes. Tanto que o Lula é o único ''candidato'' deste partido que teria chance de ganhar ou de pelo menor ir para o 2º turno. Não confunda o nome Lula com partido PT.

Anônimo disse...

O Lula pode ter até 1.000% de votos, mas o PT se não era assim antes, agora só se resume ao nome de Lula e acabou. Como ele provavelmente não será candidato, então acho que já era PT mesmo.

Anônimo disse...

E se não for Lula o candidato, o PT ganha alguma coisa? Ninguém liga para Haddad e muito menos para esse Jaques Wagner. O único 'candidato' considerado expressivo do PT está na cadeia, isso é ou não é uma tremenda farra?

lola aronovich disse...

Cara, vc sabia que o PT é o partido brasileiro com o maior número de filiados? Que o número de filiações só cresceu nos últimos anos? Que em todas as pesquisas, quando se pergunta ao eleitor em que partido ele vota, o PT ganha disparado? Faz anos que reaças prometem acabar com o PT. E, no entanto, tá bem longe de acabar...


Ah é, pesquisa REGISTRADA não vale nada. Pesquisa boa é aquela q é feita no whatsapp entre os familiares e amigos e dá 99% de votos pro Bolso.

lola aronovich disse...

Se é uma tremenda farra? Não sei. Eu teria vergonha de não conseguir derrotar um adversário que a mídia pichou durante tanto tempo, que o judiciário mandou pra cadeia, que fizeram tudo pra destruir. O único jeito que vcs ganham do Lula é não deixando que ele se candidate. Deve ser triste isso, não?

Anônimo disse...

Por favor Lola, para limitar todo o povo brasileiro a militantes fanáticos e alienados de partidos políticos, seja pt, psdb, lula ou bolsonaro, como se fossem torcidas fanáticas organizadas de clubes de futebol.

Anônimo disse...

17:17 não mesmo.

Anônimo disse...

"Cara, vc sabia que o PT é o partido brasileiro com o maior número de filiados? Que o número de filiações só cresceu nos últimos anos? Que em todas as pesquisas, quando se pergunta ao eleitor em que partido ele vota, o PT ganha disparado? " (sic)

Comento: Que bom que o PT ganha disparado, mas talvez o líder do PCdoB na Câmera não saiba disso; afinal ele esta pedindo unidade da esquerda.

Çei.

Anônimo disse...

Então vamos lá, soltem o lula, já que ele é tão honesto como confirmam os seus seguidores e só está preso para não concorrer ao terceiro mandato. Aí o líder e mito do pt tão honesto e que nunca foi corrupto ganha e se beneficia com o forum privilegiado que tanto critica no aécio e no temer. E depois vamos lá para o quarto mandato com o forum privilegiado do honestíssimo lula.

Anônimo disse...

Ué lola, achei que vc tivesse decepcionada com o lula, que paixão eh essa?

Anônimo disse...

Querida Lola, eu não vi essa aprovação toda nas eleições municipais de 2016. Pelo que me lembro tinha até canditado escondendo a estrela do partido e a cor vermelha pra disfarçar.

E se o PT é tão querido, porque não houve nenhuma manifestação organizada por ele que reuniu 2 milhões de pessoas só na Av. Paulista como os protestos de 2013 ou as manifestações pro Impeachment?

Felipe Roberto Martins disse...

Tô com Manu! :).

Kasturba disse...

Lula é um sociopata megalomaníaco que viveu anos às custas do partido, e quando finalmente alcançou a posição de presidente, não tardou em fazer acordos espúrios para benefício próprio, traindo todos aqueles que confiaram nele.
Prisão é pouco pra ele.
Eu não duvidaria nem se descobrissem que tem dedo nele na morte da esposa. Até a morte dela ele usou pra se projetar politicamente...

Não entendo essa fascinação e defesa apaixonada desse homem. Ladrão, tem que estar na cadeia mesmo, sem direito de ir e vir, e sem direito de dar entrevista. Nada de errado.

A esquerda deveria parar de apoiar esse senhor. Isso só desgasta mais ainda a imagem (eu mesma não voto em quem abertamente defende "Lula Livre").

Anônimo disse...

Votamos para vice ninguem podia prever o futuro

Anônimo disse...

Claro se o mito dos imbecis estivesse em primeiro a pesquisa seria valida

Anônimo disse...

Mas quem encara politica como jogo de futebol sao vcs

Anônimo disse...

a) Acredito que a esquerda deva se unir em torno de Lula ou quem ele indicar pois o foco e impedir que o Bolsolixo ganhe.

b) Devemos focar no legislativo pois temos que aumentar a bancada progressista.

c) Adoro ve o choro dos bolsominions pois o mito dos imbecis nao esta em primeiro lugar nas pesquisas aceitem que adolescentes abaixo de 15 anos nao votam.

d) Lula persiste pois apesar dos ataques que ele sofre desde 2014 o povo nao esquece que viveu melhor no periodo que ele governou

Rafael Cherem disse...

Uma coisa é certa,se continuar agarrada ao Lula a esquerda brasileira vai morrer.

Anônimo disse...

Cada lado tem o seu mito de imbecis, seja o lula ou o bolsonaro, e se tem militante do pt e do lula que acha que não está encarando o fanatismo doente pelo lula e pt como fanatismo, então a coisa está se tornando ainda pior e provando que mau caratismo não tem direção ou lado, é universal. Quando um partido faz tantas alianças desastrosas e absurdas, como o pt fez atirando pra todo lado só para se manter no poder, a possibilidade de dar lugar ao vice, é muito grande. O lula/pt até hoje não assume responsabilidade por nada, como um playboy mimado, e nunca irá assumir, até porque a própria militância, os lulaminions, trata o lula como um ditador de uma seita, mimado e intocável. Nada muito diferente dos bolsominions com o seu mito.

Rafael Cherem disse...

Agarrada ao Lula a esquerda vai perder as eleições.

Anônimo disse...

Sim, o povo não votou no vice, mas deveria saber que em qualquer eventualidade, é o vice quem assume. E que vice mais estranho e incoerente que uma mulher tão empoderada e feminista como a dilma escolheu? Ou não foi ela quem escolheu e sim o lula e toda a sua cúpula do pt? Então seria realmente a dilma mais um fantoche do lula?

Manoela disse...

Não entendo tanta admiração pelo Lula depois de tudo que ele fez. Não sou de direita ou esquerda e acho que ambos os lados têm candidatos deploráveis. Inegável que alguns programas do Lula foram benéficos para a população. Porém os acordos dele foram na direção contrária ao que ele pregava. Tb acho que Temer e seus asseclas deveriam estar presos junto com o Lula. Mas isso não exclui a conduta dele corrupta

Cão do Mato disse...

Se o Lula fosse megalomaníaco mesmo, teria compactuado com a elite entreguista e estaria por aí, livre, leve e solto.

Rafael Cherem disse...

Quem escolheu foi o MDB.

Anônimo disse...

Na cadeia o lula está sendo muito mais idolatrado e reverenciado que se tivesse livre, leve e solto. Após o impeachment da dilma, posar de ''mártir'' dazelite é muito vantajoso para a popularidade do ex presidente lula nesses tempos de desgaste do partido e da esquerda.

Anônimo disse...

O que se reuniu foi uma classe media pao com ovo que acredita que puxando o saco dos ricos fica rica tb

Anônimo disse...

Essa esquerda que insiste em continuar numa eterna adolescência e na guerra fria e que só faz repetir as mesmas bobagens demonizando classe média etc, não tem mais vez, por mais birra que façam. E quanto mais birra fazem, mais a coisa decai. Ninguém está aguentando mais isso.

Anônimo disse...

A classe media que sustenta o peso dos impostos gigantescos e o estado brasileiro nos ombros.

Anônimo disse...

Apesar de admirar a Manu e o Boulos, meu voto deve ir pro Ciro, pois é o candidato a esquerda com mais chances.
Por mais que o PT queira ser protagonista, a melhor chance para a esquerda e para o PT seria uma chapa Ciro com Haddad como vice. O PT é o partido com a militância mais forte ainda, mas provavelmente não irá emplacar boas votações no Executivo por virou vidraça que todos apedrejam.

E sinceramente, num 2º turno eu voto em QUALQUER UM no lugar do Bolsolixo... Até o PSDB é melhor que Bolsolixo

Anônimo disse...

Quem faz birra e a direita que nem aceita o resultado de uma pesquisa

Anônimo disse...

Classe Média ou não, eles votam e não vão votar no PTM

Anônimo disse...

Só desejo pra esse povo que acha q o julgamento do Lula foi justo que eles tenham um igual.
Pq é essa brecha q o julgamento do Lula abriu.

Rose Maria disse...

Já escolhi meu candidato sinclair lopes de oliveira