terça-feira, 10 de julho de 2018

GATOS, AGENTES INFILTRADOS CONTRA O CAPITALISMO

Na próxima reencarnação eu quero nascer gato. Mas não um gato espião. Um gato que não faz nada mesmo (com humanos bacanas para me servir).
Senhor, senhora, ou senhorio, felino, não reconhecerás

26 comentários:

Anônimo disse...

"Um gato que não faz nada mesmo (com humanos bacanas para me servir)."

Essa é a minha grande contribuição real e material ao capitalismo, ao socialismo, ou qualquer outro sistema.

Minha vida é praticamente igual a de um gato preguiçoso de hotel... e é isso.

Morram de inveja.

Anônimo disse...

kkkkkkkkkkkkkkkkkk, comida é a única coisa com que eles se importam. Se não houver humanos para servi-los eles saem à caça de comida! Falando sério agora,acho que podemos ser felizes apesar de ter que pagar o aluguel e o plano de saúde. É justamente a falta de dinheiro pra pagar tudo isso que pode estragar a vida. Dinheiro pode não trazer felicidade, mas a falta dele para pagar até pelas necessidades mais básicas acaba com a felicidade.

Anônimo disse...

Você não é ateia?

Anônimo disse...

Mas se não tivesse o capitalismo e principalmente alguém para comprar ração, o gato teria que caçar sozinho...acho que a tirinha serve mais para as mulheres que trabalham muito e ganham pouco quererem ficar em casa em quanto que seus maridos trabalham.

Anônimo disse...

É fácil ser gato e cachorro quando ganham tudo do dono. Coitado dos animais de rua, das fêmeas não castrados que tem ninhadas todos os anos, riscos de doença,fome, ter de comer lixo ou caçar na natureza...

Anônimo disse...

Se eu pudesse ficar na casa da mamãe realmente não precisaria me preocupar com emprego, ganharia tudo de graça da mamis, muito bom odiar o capitalismo quando tem alguém para pagar suas contas.

Anônimo disse...

Quem acha que o capitalismo é o único sistema possível ou que ele vai durar pra sempre só pode ser muito lambe botas retardado, estagnado no tempo, analfabeto político; alienado, cego, sem sensibilidade, sem inteligência e sem o menor conhecimento quanto à história e todos os seus processos, o curso dos acontecimentos e os percursos da evolução social. Nem perco meu tempo discutindo com gente assim.

Anônimo disse...

Tem muitos gatos abandonados, sem comida, doentes e sendo torturados ou mortos, várias vezes eu tem gatos e cachorros que foram abandonados mortos nas ruas.

Uma pessoa adulta depender financeiramente de outra, seja mãe/pai/marido só é válido se quem provem o sustento for alguém com alto poder aquisitivo, com muitas afinidades e pouquíssimas diferenças. Se não for assim, não vale a pena não, muito pelo contrário, é um grande pesadelo. Um verdadeiro inferno!

Anônimo disse...

.
.
O sonho de todo o socialista: Não precisa se preocupar com comida ou com plano de saúde ( e ter um Estado bacana para lhe servir).
.
.






Anônimo disse...

Gostaria de não me preocupar com plano de saúde mesmo, seria ótimo se eu tivesse um bom emprego e um bom salário para pagar meu plano de saúde ou ter algum plano fornecido por empresa. Os planos aumentaram recentemente e o meu passou a custar $ 900 golpes, o que me faz viver praticamente em função de pagar plano de saúde.
Países como Islândia e Finlândia tem sistema de saúde estatal e isso não costuma incomodar os bolsominions e nem costumam chamar os habitantes desses países de ''socialistas vagabundos''. E é uma pena tbm que os esquerdistas brasileiros não se inspirem nesses países realmente desenvolvidos, só querendo ter olhos para Cuba da ditadura dos Castro e a fracassada Venezuela.

Anônimo disse...

Esses países escandinavos só chegaram até esse ponto por terem políticas amplamente capitalistas no passado que faz com que o estado pudesse acumular capital. Além disso é muito fácil de abrir empresas lá e de empregar, só um exemplo, a grande maioria dos trabalhadores suecos são terceirizados e acho que até um tempo atrás a Dinamarca nem sequer tinha uma base de salário mínimo, e mesmo assim o povo ganha bem. E querida feminista, se o governo libertasse o mercado de clínicas dando espaço para que clínicas populares competissem entre si ao invés de se curvar as corporações médicas e sindicatos e diminuísse os impostos, seria muito mais fácil pagar um plano.

Anônimo disse...

Não me chame de ''querida feminista'' de forma irônica ou pejorativa, até porque nem sou militante. Falei da Islândia e Finlândia, que nem são escandinavos e sim apenas nórdicos, não falei da Dinamarca e Suécia.

Anônimo disse...

Qual seria a alternativa?

Anônimo disse...

O quadrinho é fofo, mas não tem muito sentido. Somos humanos, não gatos. Precisamos de mais do que água, comida e sono para ficarmos bem. E precisamos de realizar, de conquistar com nossos próprios esforços. Querer ser como um gato que come e dorme recebendo essa merreca do estado é como ser um mascu inútil que recebe mesada da mãe. Só muda a fonte da mesada.

Anônimo disse...

Credo. Que plano caro. O meu é bem baratinho. Com esse preço seu plano deve ser top.

Anônimo disse...

Tava olhando post mas antigos
Essa caixa de comentários mudou muito. Desde que comentários de ódio e xingamentos por parte de mascu e feministas passaram a dominar as discussões ficaram muito pobres e o número de comentários caiu.

Anônimo disse...

Quem acha que só existe uma alternativa ao capitalismo também já está começando errado.

Rafael Cherem disse...

Vc tem razão,frequento o blog desde o início praticamente,e os comentários eram ótimos.Hj estão contaminados pela adjetivação barata de nossos dias.

Anônimo disse...

Eu não disse que acho que existe uma alternativa. Eu perguntei qual era a alternativa. O que significa a alternativa que que você acha melhor. Como você não respondeu eu suponho que vc não tem nenhuma alternativa a apresentar.

Anônimo disse...

Correção

Em sentido geopolítico Finlândia, Islândia e Dinamarca são escandinavos. Não são em sentido geográfico. A península escandinava é formada pela Noruega, Suécia e uma parte Finlândia.

Anônimo disse...

Pra quem acha que não existe nenhuma alternativa possível ao capitalismo não tenho nada a apresentar mesmo, já disse isso desde o começo. Podem morrer com essa crença estúpida, alienante e limitada que o capitalismo é a única possibilidade.

Anônimo disse...

Não, querido. Você não tem nada a apresentar simplesmente porque você não tem. Se você tivesse apresentaria. Estúpido mesmo é você que não para de xingar até quem não fala com você e não tem ideia ou alternativa nenhuma no final da história.

Anônimo disse...

Pode achar o que for mais conveniente a sua mente escravizada, capitalista sem capital. Não ligo a mínima.

Anônimo disse...

kkkkkkkkk, velho é só você dizer que é comunista de vez. Aff

Anônimo disse...

Reaça. Seu querido capitalismo é a própria crise e está com os dias contados. O futuro terá uma economia baseada na natureza e nos recursos disponiveis, contrária à degradação capitalista desenfreada e sem sentido.

Anônimo disse...

Eu não sou reaça, mas sou capitalista. Isso que você está falando é ecofeminismo?