quarta-feira, 27 de junho de 2018

UMA RODA VIVA MINÚSCULA PARA A GIGANTE MANU

Anteontem à noite minha candidata à presidenta, Manuela D'Ávila, foi entrevistada no Roda Viva, da tucana TV Cultura. Se você não viu ou quer rever o programa, está aqui
Clique nas imagens para
ampliá-las
Foi um show de horrores. Não por causa da Manu, que apesar da pouca idade (36 anos) tem muita experiência política e está bem preparada, mas por causa dos entrevistadores selecionados. Dois deles, justamente os mais virulentos e ignorantes, não tinham nada a ver com jornalismo. Um era inclusive um ruralista, coordenador da campanha de Bolsonaro, que trouxe para a TV um meme da internet -- disse que o nazismo foi de esquerda (por causa do nome, sabe? Nacional Socialismo! Manu respondeu que ela e ele tinham o mesmo sobrenome, e ainda assim não tinham nada mais em comum).  
Gostaria de entender por que foi chamado o assessor de um candidato fascista para entrevistar uma mulher de esquerda. Se na remota hipótese de Bolsonaro aceitar participar de um interrogatório (como foi a entrevista de Manu), o Roda Viva convidaria uma ativista feminista para lhe fazer perguntas? Ele toparia?
Foi também ridículo que, em vez de indagar Manu sobre seus projetos pro Brasil, os interrogadores quiseram saber tanto de Cuba, Venezuela, Coreia do Sul, ou a Rússia de 70 anos atrás. Vamos ver se, na próxima entrevista a algum candidato capitalista, alguém pergunta: "O senhor apoia os EUA, que todo ano invade algum país estrangeiro sob a justificativa de defender a liberdade. O senhor é a favor de um sistema em que os oito homens mais ricos do mundo detém o mesmo patrimônio que 3,5 bilhões de pessoas?"
Eu e Manu: abraço apertado
em março, em Porto Alegre
Manu foi interrompida 62 vezes, num claro exemplo de machismo (o manjado manterrupting). Ainda assim, e apesar de tudo, ela foi muitíssimo bem. É uma guerreira. E é um orgulho para todas nós feministas ter uma candidata que vestiu (no corpo e na mente) a camiseta "Lute como uma garota" e que defende a legalização do aborto no Brasil sem rodeios. Uma mulher que sempre foi feminista e que se orgulha de sempre ter lutado pelas mulheres. 
Publico aqui o relato de Orlando Silva, líder do PCdoB na Câmara e deputado federal por SP, que acompanhou sua colega de partido no Roda Viva e viu tudo de perto. 
Acompanhei Manuela D’Ávila, minha candidata à Presidência da República, no programa Roda Viva, da TV Cultura. Fiquei feliz pelo convite, senti-me representante dos milhares e milhares de comunistas que estão muito orgulhosos em tê-la como nossa porta-voz.
Manu foi bem! Defendeu nossas ideias. 
Sustentou a necessidade de retomar um projeto nacional de desenvolvimento que valorize o trabalho e garanta direitos para nosso povo. Falou sobre os tropeços da economia brasileira e apontou alternativas para a superação da crise. Defendeu a reforma do Estado para que haja mais eficiência no atendimento das necessidades da população. Indicou que fará uma reforma tributária para cobrar mais impostos dos ricos, tributando lucros e dividendos, grandes fortunas e grandes heranças, aliviando o peso dos impostos no consumo de itens básicos, o que onera os mais pobres. Quem assistiu ao programa observou que ela fez uma abordagem sobre nossos dilemas econômicos com um viés da classe operária.
Manuela falou de sonhos, de esperança. 
A partir de sua trajetória política e pessoal, mostrou como é possível ser coerente, combativa e humana. Sua fala evidencia que é possível fazer política de um jeito que as pessoas entendam. Ela traz para o debate presidencial temas que estão no dia a dia das pessoas. Creche, homofobia, salário, violência, machismo, preço do gás de cozinha, por exemplo, são assuntos das famílias e com profundos significados políticos. Manuela aborda esses temas com a sinceridade e precisão de quem está conectada com o mundo real. É uma política que vive o mundo. As pessoas, para Manu, vão além das estatísticas, das planilhas. Ela não vai para um debate treinando comentários e reproduzindo frases feitas.
A nota triste da noite foi uma bancada de entrevistadores com uma agressividade inédita. A maioria deles parecia destilar um ressentimento juvenil, de inspiração trotskista, com a crítica unilateral ao que o mundo viveu no século XX. Somou-se a isso o discurso de direita, desinteligente, reacionário. Fiquei pasmo quando vi que um entrevistador era membro da Sociedade Rural Brasileira. Alguém crê que um dirigente sindical ou um dirigente da UNE teria assento numa edição do Roda Viva? Na edição de ontem faltou pudor.
As interrupções seguidas que fizeram, enquanto Manu respondia às perguntas, expressam a intolerância dos nossos dias, o incômodo diante do brilho de uma mulher, jovem e comunista. Era como se fosse assim: “garota, se dê por satisfeita por estar aí, já foi longe demais...”.
Eu estava na bancada do Roda Viva. A cada pergunta, os entrevistadores diminuíam de tamanho; a cada resposta Manuela se agigantava.
Em tempos de Copa do Mundo, ontem, Manu parecia a Marta jogando, desfilando seu talento e capacidade, num campo de futebol cheio de buracos e com as adversárias apelando à violência durante todo tempo do jogo.
Enfim, fiquei bem feliz por termos Manu à disposição do Brasil; e muito triste pelo nível subterrâneo do debate político em nosso país.
Avante, Manuela D’Ávila! Tamo junto!
Pelo menos isso me fez rir (Lolinha falando)
E, pro pessoal que só entende desenhando, duas tentativas:

74 comentários:

Anônimo disse...

Manu foi simplesmente EXCELENTE

E engraçado foi o covarde do boçalnaro, q de tão covarde, mandou o capanga pra debater por ele

Anônimo disse...

Esses entrevistadores devem ter sido escolhidos a dedo. Tudo de caso pensado.

Anônimo disse...

Foi um show de estupidez, misoginia, antiética, ignorância e incoerência. Enquanto aquele covarde foge de debates, mesmo se for apenas entre fascistas. Esses igualmente covardes que o defendem, atacam uma candidata com perguntas cretinas e carregadas de clichês idiotas.

Anônimo disse...

Agora vai ser assim. Ele tá tentando posar de paz e amor pra ver se a rejeição diminui mas vai ficar mandando capanga "bater" naqueles q são suas vítimas usuais: mulheres, gays, esquerda...
Estamos de olho!

Anônimo disse...

Já foi dito que Bolsonaro não irá aos debates. Claro, ele não tem idéias, projetos, planos, nada, nada. Não terá o que debater. Esse só sabe vociferar discurso de ódio que agrada seus fãs. Num debate, vai ser é mastigado e engolido vivo pelos adversários, não importa o partido.

Anônimo disse...

"Foi também ridículo que, em vez de indagar Manu sobre seus projetos pro Brasil, os interrogadores quiseram saber tanto de Cuba, Venezuela, Coreia do Sul, ou a Rússia de 70 anos atrás".

Ridículo, né? Isso era uma entrevista ou uma prova oral de História Geral? Deveria ser mais importante a entrevistada apresentar suas idéias e propostas, não ter que provar que estudou História no ensino médio. A vontade deve ter sido mandar esses senhores irem catar coquinho e irem estudar, ler um livro, pesquisar na internet se quisessem saber algo de Cuba, Venezuela, Coreia do Sul, ou a Rússia na década de 1940...

Anônimo disse...

Mas perguntavam ela não respondia, so ficava falando que "tinha um sonho" haja paciência.

Anônimo disse...

"O que a senhora Acha de Stalin?
_"Ha naquela época de guarra era muito violento"(Hitler e da mesma época)
"O que a senhora Acha de Stalin?
-!Há mas teve bomba atômica"
"O QUE A SENHORA ACHA DE STALIN?"
-"Eu tenho um sonho"

"Como a senhora vê a situação da divida publica brasileira, que ja chega a quase 3 trilhos de reais?"
-"Acho machista"

Anônimo disse...

NÃO gosto da Manuela e não votaria nela mas é fato que a mulher deu um show, acho que ela passa um exemplo muito positivo nesse sentido. De ir, meter a cara, fazer, falar, se colocar, mostrar que existe, mostrar que pode ocupar espaço, não se acovardar, ter uma postura inclusive física bacana, isso é muito bonito e é exatamente o que transforma a realidade. A antítese do medo faria muito bem pra gente. Parabéns Manu, não concordo com seu partido nem com sua ideologia mas amiga, ce é foda demais.

Anônimo disse...

Enquanto agrediam a Manu, coronéis da bancada ruralista envenenam o Brasil com agrotóxicos sem praticamente serem questionados. Vergonha Brasil!

Anônimo disse...

Sobre o entrevistador-polêmica, é bom que se note que a direita recentemente fez um grande chororô na mudança da banca do programa depois daquela entrevista do Moro. É totalmente previsível que a partir de agora, em qualquer entrevistado, vai ter alguém ali pra causar.

Na minha opinião tinha que ser sempre assim, botar a pessoa numa panela e fritar até a gente descobrir do que ela é feita. Quer mandar em um país então mostra que aguenta. Só que com todo mundo né? Não só com(ntra) mulher, não só com(ntra) alvos específicos que por um acaso são os de sempre porque nem nisso gostam de inovação.

Se não colocar o entrevistado fora da zona de conforto dele vira conversa de cumádi.

Claramente pesaram a mão com ela em relação a (muitos) outros entrevistados, inclusive recentes e o lado bom é que TODO MUNDO reparou nisso.

Felipe Roberto Martins disse...

Infelizmente podemos bradar: "- jaz Roda-Viva". Um Programa que já foi referência... lastimável.

Anônimo disse...

O programa espelhou exatamente os tempos de intolerância em que vivemos. Um show de covardia perpetrado contra uma candidata extremamente bem preparada politicamente, que conseguiu segurar a onda diante de perguntas elaboradas com único intuito de desestabiliza-la. Em certo momento ficou difícil apontar onde terminava o preconceito em relação às suas ideias e onde começava o machismo.Profundamente lamentável o papel da bancada de entrevistadores que só conseguiu mostrar o quanto são covardes, resolvendo partir para uma sucessão interminável de golpes baixos ante a incapacidade de simplesmente debater de forma limpa e inteligente os temas abordados. O que se viu foi um grupo de pessoas burras e presas na ignorância do próprio preconceito tentar covardemente impedir que uma mulher, candidata a presidente pudesse expor dignamente seus pontos de vista. Fica-se com a nítida impressão de que no Brasil sempre se pode descer mais um pouco.

titia disse...

Bom, se a TV Cultura é tucanada é óbvio que mandaram esse par de incapazes pra tentar intimidar Manuela D'Ávila (que também é minha candidata). Mas é como dizem, né, quem não deve não teme. A ficha dela é limpa, suas propostas são sólidas, possíveis, não oneram o povo - vamos ser sinceros, nenhum rico vai começar a passar necessidade por contribuir um pouco mais, não poder mandar cravejar a capa do iPhone com diamantes 18k não é passar necessidade - e ela tem experiência com a política. Foi pro debate e não se intimidou por um bando de mulas hidrófobas zurrando e babando porque, ao contrário do bolsobabaca, ela tem conteúdo e competência. Essa deve estar doendo no rabo da tucanada, dos bolsominions e no do próprio até agora. Amei.

Anônimo disse...

Ela era constantemente interrompida, pessoa. Parece que a estratégia foi essa mesmo, para depois os incautos ficarem dizendo que ela não respondeu as perguntas

Anônimo disse...

Enfia o Stalin naquele lugar.

Anônimo disse...

A TV cultura já teve dias melhores e mais conscientes.

Anônimo disse...

14:38 - seu cretino, só se vc for surdo, pq a Manuela respondeu a TODAS as perguntas, sem exceção, e muito bem respondidas, obrigado

Ela escapou ILESA e PLENA das pegadinhas "marotas" dos pseudo-jornalistas, seu otário

14:40 - Ng perguntou à ela sobre a ~dívida brasileira~, seu babaca

E pra quem é bom entendedor um pingo é letra, ela respondeu muito bem o q achava de stálin (um monstro), mas como vc é um semianalfabeto, precisa q ela desenhe pra vc

pede pro ~caruso~, então, seu inútil

Aliás, o q interessa o q ela acha sobre stalin? o q interessa o q qualquer pessoa ache desse ditador? É isso o q chamam de "jornalismo"?

"Oi, sou jornalista, o q vc acha de hitler?"

Tomar na uretra, né

15:16 - tudo errado, ela estava lá como candidata à presidente, se tivesse q ser "fritada", q fosse em relação a sua candidatura, mas ela foi "entrevistada" como se estivesse na inquisição espanhola ou no dops tendo q responder pelos crimes de outras pessoas. E opinar sobre um ditador não é demonstrativo de q "aguenta" alguma coisa, me poupe

A Manu é feita de coragem, bravura, inteligência e humildade (o oposto do boçalnaro: covarde, fanfarrão, burro e pretensioso); e se vc precisou do roda-morta pra ~descobrir~ isso, o problema é seu

Anônimo disse...

A França tentou fazer exatamente o esmo que ela propõe, taxar lucros, dividendos e heranças. Foi um desastre, evasão de divisas e investimentos a torto e a direito, tanto que decidiram voltar atras. Não adianta,eu sei que pessoas de esquerda acreditam que emprego de verdade e emprego publico, mas e o setor privado que alicerça a economia de uma nação, quem gera riquezas e a produção privada e não o estado.

Anônimo disse...

Manuela d´Vila e sofismo puro, pode ser bem intencionada mas ainda esta verde para presidir a 8° economia do mundo. Ela ainda esta na fase de grêmio e militância estudantil. E como aquela pessoa idealista que acredita que devemos acabar com o agronegócio e trocar tudo por agricultura familiar, como se a horta de orgânicos do seu Zé pudesse ter escala de produção e logística para alimentar milhões de pessoas.

Anônimo disse...

"A França tentou... mimimi blablabla" - fonte: seu cu

Eu é q vou te falar o q é q foi um verdadeiro desastre: o arrocho, a austeridade e o corte de gastos q levou a Argentina de joelhos, implorando migalhas pro FMI, seu burro

"quem gera riquezas" é o trabalhador, seu neoliberal de bosta

E são as estatais as maiores empresas do brasil, sua anta

Anônimo disse...

Meuw, eu acho que a esquerda perdeu um pouco os rumos, Manuela e Boulos são excelentes nomes mas para o futuro, ainda carecem de madurecer um bocado. E Como No Rio O PT lanças A Marcia Tiburi para o governo do estado?! cara?! Como querem ganhar o governo do Rio de Janeiro lançando uma candidata que em entrevista recente se disse "A favor do assalto"? Em um estado onde as pessoas são traumatizadas com tantos assaltos, arrastões e latrocínios. Por mais que oque ela disse tenha um contexto filosófico, eu acredito que ela não vai ter a menor chance.

E como o discurso 'vou taxar lucros e dividendos" Dai o trabalhador escuta de seu patrão o seguinte: "Olha se isto acontecer eu tenho 8 empregados, vou ter que cortar 3 ou até 4"
cara a gigantesca maioria das pessoas trabalham na iniciativa privada, como pretendem ganhar alguma coisa assim?

Anônimo disse...

Olhando todos os candidatos para próxima eleição (Todos sem exceção alguma) suas propostas, e históricos, posições ideológicas... a unica conclusão logica que se pode chegar em uma analise fria e técnica...e que estamos fudidos, quem ainda puder fuja para as montanha.

Anônimo disse...

"A França tentou fazer exatamente o mesmo que ela propõe, taxar lucros, dividendos e heranças. Foi um desastre, evasão de divisas e investimentos a torto e a direito, tanto que decidiram voltar atrás. Não adianta,eu sei que pessoas de esquerda acreditam que emprego de verdade e emprego publico, mas e o setor privado que alicerça a economia de uma nação, quem gera riquezas e a produção privada e não o estado".

Eu até pensei em escrever um comentários sobre como algumas políticas esquerdo-/socio-/comunistas tem sido uma m**** em muitas situações, mas esse comentário foi sucinto e certeiro.

Manuela me parece uma pessoa com o coração no lugar certo. Mas enquanto não promovermos desenvolvimento econômico, social, industrial, educacional, científico e tecnológico de verdade vamos ser terceiro mundo por pelo menos mais 100 anos...
O Brasil em 2018, ainda que com significativos avanços, continua pobre, atrasado e defasado. Não tenho as respostas de como mudar esse chorume todo que está aí. Pra ser sincera não sei se esse país tem solução. O governo nada mais é do que o reflexo do povo. Porém tenho certeza que a manutenção de uma massa de manobra acéfala eternamente dependente do Estado, a romantização da pobreza e da violência não tem trazido bons resultados...

Está na hora de rever alguns conceitos... ou só vai piorar

Jane Doe

Anônimo disse...

18:19 - a agricultura familiar é responsável pela maioria do q é consumido no brasil, sua mula

18:37 - todos os países do mundo taxam lucros, dividendos e herança, sua anta

19:07 - políticas esquerdistas é o q tem feito os melhores países do IDH prosperarem, e o neoliberalismo é o q tem feito países, como a argentina, derrocarem, ô ignorância

Puto q fugiu, quanto eleitor do boçalonaro burro (pleonasmo) por m2

Manuela e Boulos são os melhores candidatos q o Brasil poderia ter

Contra o rentismo
Contra a usura
Contra o roubo e o arroucho
Contra a injustiça fiscal
E contra a desigualdade social

É uma lástima não serem tão competitivos

Mas não tem importância, pq é Lula LÁ ou quem ele indicar

E morte aos lixos neoliberais: alckimin, meirelles e afins e aos lixos câncervadores: bostonaro, levy infidelix et caterva

Anônimo disse...

Qualquer alternativa contra o rentismo de CREDOr parasita, contra a usura de banqueiro agiota e contra a grilagem de ruralista assassino pra mim tá valendo

Anônimo disse...

O estado brasileiro arrecada mais de 1 trilhão em impostos por ano.Acham que ta poco? Serio mesmo?

Anônimo disse...

As estatais brasileiras e as mega corporações que as cercam em monopólios financiados pelo BNDES e pelo tesouro nacional ( Odebrech,JBS etc) competem com partidos politicos e sindicatos como maiores ninhos de ratos do país, isto sim.

Anônimo disse...

"Manuela o que a senhora acha da Carta de Lavouro?" (lei trabalhista de Mussolini,inspirou a CLT)

_"Olha toda politica de Bolsonaro que defende regimes autoritários blah blah blah"
_

Serio gente?

Anônimo disse...

Achei legal quando ela disse que pretende criar um comunismo brasileiro sem influencias de modelos externos, A Venezuela também criou o seu socialismo próprio o bolivarianismo, Hugo Chaves chamava de"socialismo do Sec. XXI"
E deu certo hem, um sucesso,eles começaram a tratar os empresários como inimigos exploradores do estado e do povo que são, hoje e uma das maiores qualidades de vida do mundo, tem um monte de brasileiros fugindo para lá, dose que o governo brasileiro deu um calote de dois bilhões neles que Lula pegou emprestado com o BNDES de Chaves, dinheiro de impostos do povo venezuelano, tem que devolver pô.

Anônimo disse...

Ricardo Lessa:
"candidata o PCdoB em carta aberta declarou apoio aos governos da Coreia do Norte e da Venezuela, e..."

Manuela:
"O PCdoB defende o dialogo e a paz"

Ricardo Lessa:
"Mas candidata, o PCdoB também foi aliado histórico de Mao Tsé Tung na China, que foi responsável por milhões de mort...

Nuela:
"Os outros partido não tem negros na suas direções, não tem mulheres..."

Anônimo disse...

perguntaram para ela o que ela achava da legalização do aborto.
Ela respondeu que não tem uma proposta exata na cabeça dela.
????
Como uma candidata feminista não tem uma proposta exata na sua cabeça?

Anônimo disse...

"Eu votei a favor da lei ficha limpa mas isto tem que ser revisto do ponto de vista da constituição"
"Eu não tenho uma proposta exata na minha cabeça" (Referente ao tema do aborto)
"Eu ainda tenho que refletir sobre isto, ainda não pensei nisto"!(Sobre o tamanho dos gastos do estado e supersalarios no setor publico)
"Eu tenho os estudos mas deixei na minha bolsa que esqueci em casa"

Na boa Lola, muito fraca, um partido da importância do PCdoB tinha que ter outra candidata mais cascuda.

Anônimo disse...

_E como o discurso 'vou taxar lucros e dividendos" Dai o trabalhador escuta de seu patrão o seguinte: "Olha se isto acontecer eu tenho 8 empregados, vou ter que cortar 3 ou até 4"
cara a gigantesca maioria das pessoas trabalham na iniciativa privada, como pretendem ganhar alguma coisa assim?_

-
E Ssó estatizar estas porcarias privadas todas idiota, sem patrão sem exploração.
O povo deve ser patrão de si mesmo através do estado organizado pelo proletariado.

Anônimo disse...

Deixando as paixões de lado e fazendo uma analise critica sobre as propostas dela:

Cerca de 70% do orçamento de educação publica brasileira esta concentrado em sua arrecadação no governo federal, mas a educação básica e de atribuição dos estados e municípios a união concentra seus recursos quase que em totalidade em ensino superior, ou seja se gasta cerca de 7 vezes mais em educação superior publica no Brasil do que em educação básica, gerando assim uma distorção de uma legião de analfabetos mau formados em ensino básico nos cursos superiores brasileiros, o Proune que era uma ideia boa virou uma verdadeira festa do boi e lavanderia de dinheiro para proprietários de unesquinas da vida, sem qualidade de ensino, e na educação básica esta batendo recordes de evasão de alunos antes de se formarem no ensino médio.Um professor universitário no Brasil chega a ganhar ate 8 vezes mais que um professor de ensino médio.

E a candidata Manuela ao ser questionada sobre isto disse que e contra mexer neste sistema...

Anônimo disse...

Quem dera tivéssemos um Stalin por aqui para dar o que estes coxinhas e paneleiros golpistas merecem.

Anônimo disse...

Ela se embananou toda na pergunta de uma mulher sobre a lei ficha limpa, vai alegar machismo também.

Rafael Cherem disse...

A bancada foi sim truculenta e desinformada,mas a entrevista não foi Boa,a Manuela não está pronta para ser Presidente.

Anônimo disse...

Aqui no Brasil a gente vota pensando em quem vai foder menos o país, e tem que escolher a dedo.

Anônimo disse...

Assisti para entender o programa de governo da candidata, mas vi apenas um discurso de DCE...estamos lascados

Becx disse...

Cada uma que eu tenho que ler viu... sai daqui mascuzão.

Anônimo disse...

Empresas em uma sociedade justa tem que ser estatais ou cooperativas, nada de empresario folgado sugador de vidas não.

Anônimo disse...

Nós temos um exercito revolucionário dormente no Brasil dormente nos excluídos do campo, nos movimentos socais, nos carceres, nas periferias e nos morros, nos sindicatos, nos revoltados e marginalizados. ta na hora de uma liderança politica forte chamar este exercito para fazer o necessário expurgo social e distribuição de renda que uma revolução exige.
Este foi o grande erro de Lula, não ter aprendido com Mao: "A revolução não e um convite para dançar"

Anônimo disse...

O foda das utopias e que quando tentam colocar-las em pratica se tornam terríveis distopias.
E isto que diz e a historia.

Anônimo disse...

Uma situação que eu percebo forte nos candidatos de esquerda quando perguntados sobre segurança publica, e que eles criticam somente a policia.

Eu gostaria que alguém pergunta-se a eles como pretendem diminuir o numero exorbitance de latrocínios, sequestros, assaltos, roubos no Brasil?

Ou como eles pretendem derrotar o PCC e o Comando vermelho?

Eles nem tocam nestes assuntos. Porque?

Anônimo disse...

Imposto na França é fogo, come uma boa parte do seu salario. Mas eu pago sem reclamar, sabem porque? Porque o imposto volta pra gente! Outra coisa, aqui na França quanto mais você ganha, mais você paga.
E outra aqui na França tem tanta ajuda que a gente até se perde: ajuda para familias que tem crianças em idade escolar, bolsa familia, bolsa estudante, a CAF paga parte do aluguel, se vc tem mais de 25 anos e não tem renda nenhuma tem direito a 450 euros por mês...
E vcs vem falar que as economias socialistas estão desmoronando? Tem razão, é o Brasil que ta bem. Com o salario minimo à 900 reais e o leite à 5!

A frança està longe de ser um paraiso, mas ainda é um pais que se você trabalha, vc consegue viver dignamente. E se vc tiver um problema ( saude, perca de trabalho..) vc sabe que o estado estarà la para te dar um suporte.

Vocês que enchem a boca prara falar que o governo frances mudou a politica de impostos são os mesmos a chamar o bolsa familia de bolsa esmola.

Yara

Anônimo disse...

00:36 CONCORDO!!!!

Anônimo disse...

Acho que o autoritário e totalitário Stalin teria mais coisas em comum com os coxinhas e paneleiros que pedem a volta da ditadura, que diferenças.

Quando se trata da legalização do aborto no Brasil, praticamente todo mundo corre para as montanhas, até mesmo candidatAs, sim mulheres mesmo, de partidos como o PCdoB, PSOL etc. Então esqueçam de querer caçar a carteirinha de feminista (ou esquerdista e progressista) de alguém por não fazer campanha abertamente da pró-legalização do aborto.

Por mais que as feministas façam textões aqui sobre a grande lógica do direito da mulher ao corpo dela e de interromper a própria gravidez, esta questão do aborto é a mais complicada que tem para a maioria do povo brasileiro, até mesmo para os aparentemente mais racionais e progressistas. Para quem está na política, pode ser perda de votos e risco de derrota.

Anônimo disse...

Não se engane. O Stalin daria o que você merece também.

Anônimo disse...

Manuela deve ser a favor da legalização do aborto, mas fez bem em se esquivar do assunto naquela entrevista tendenciosa, pois iriam usar isso para ataca-la mais ainda.

Anônimo disse...

Bolsoaspone:
-- A senhora luta pelas mulheres, né? E é contra a castração química?
Manu:
-- Eu sou contra o estupro. E sabe como se diminui o estupro? Não votando em candidato que acha que mulher pode ser estuprada...

Anônimo disse...

Por que é da opinião que a tevê cultura é tucana?

Rafael Cherem disse...

Manuela deve ser a favor da legalização do aborto, mas fez bem em se esquivar do assunto naquela entrevista tendenciosa, pois iriam usar isso para ataca-la mais ainda.


Discordo, como candidata-tampão ela deveria se colocar claramente a favor.

Anônimo disse...

Falando em governos socialistas, o governo de Portugal e o novo governo da Espanha tem sido (ou são) socialistas?

Anônimo disse...

Seu lá, deve ser pq é uma emissora pública do estado de São Paulo, tucano atualmente.

Anônimo disse...

Ela deve ter medo de receber mais críticas de machistas e conservadores.

Anônimo disse...

O de Portugal sem duvidú não é socialista

Anônimo disse...

Tem países desenvolvidos que mesmo não sendo considerados propriamente socialistas, tem muitas coisas que funcionam muito bem pelo estado, como escola pública de qualidade, muitos serviços de saúde, leis que protegem minorias como mulheres/gays e uma sociedade menos machista. Pena que a esquerda brasileira, só quer ver a falida turma soviética como padrão.
Quanto ao suposto ''assassinato de filho'', se referindo ao aborto, isso não costuma incomodar tantos os brasileiros conservadores quando se trata de países desenvolvidos. Os conservadores brasileiros não andam xingando as mulheres de países desenvolvidos que fizeram um aborto, aí eles sabem ficar caladinhos. São tarados pelas potências capitalistas (e no caso de alguns conservadores tarados até por monarquias), que por coincidência são países nos quais mais tem o aborto legalizado.

Anônimo disse...

Coitadinhos dos ricos, não podem pagar impostos pq já fazem muito dando tanto emprego aos pobres ingratos. Apesar de ver que a manuela tb faz parte daquela esquerda fora da realidade que cresceu na elite, tanto sócio-econômica quanto intelectual e que costuma estereotipar o povo pobre como um ''bom selvagem'', romantizar a favelização e reduzir o povo pobre a condição de cerveja, baixaria e futebol.

Anônimo disse...

Já pensaram que se conseguirem por em pratica as ações desta utopia toda, os milhares de empresas que vão falir e as milhões de pessoas que vão desempregar?

titia disse...

17:48 no Canadá, em que a qualidade de vida é melhor que nos Estados Unidos, paga-se o mesmo tanto de impostos que aqui, o salário mínimo é o equivalente a uns 3000 reais (issaí, três mil pra lavador de prato, faxineiro, vendedor, chapeiro de fast food, porteiro, etc.), leva-se MAIS dias e mais burocracia pra abrir uma empresa, vários empregadores oferecem seguridades pros funcionários e mesmo assim empresário canadense não tá passando vergonha na rede mundial com "Mimimi esses sanguessugas desses empregados, ingratos, tô dando um emprego pra eles e ainda vem exigir que eu pague um salário minimamente decente, tenha horários razoáveis e ainda trate empregadas grávidas e lactantes como gente?" que o empresariado brasileiro incompetente, incapaz, burro e mimado faz. E ainda tem o comentário da Yara aí em cima sobre a França, cadê que os empresários franceses fazem esse dramalhão patético, vergonhoso e MENTIROSO sobre o Estado malvadão estragando a vida deles?

Não, não, o problema aqui é o empresariado. Empresário brasileiro quando não é burro é mau caráter. Precariza os serviços e a força de trabalho, paga um salário de fome, explora os empregados ao máximo, faz contratações irregulares e/ou ilegais, dá calote e chora sobre como vai falir por pagar tantos impostos e direitos trabalhistas. Mas aí você vai ver a vida pessoal do arrombado e ele mora em condomínio caríssimo, tem 4 carros de luxo na garagem, deu carro novo pro filhinho e viaja todo ano pra Europa com toda a família reunida. Vive como marajá burlando as leis e devendo pra todo mundo, mas quer que o empregado se vire com um salário que mal dá pra pagar o aluguel e ainda "vista a camisa" da empresa. Deviam ser empalados numa bandeira americana até o reto sair pela boca.

Fábio disse...

"leva-se MAIS dias e mais burocracia pra abrir uma empresa"

E isto e bom porque?

Anônimo disse...

Oi, Fábio. Já fez seu próprio mingau hoje?

Cão do Mato disse...

Pare de falar asneira...Todos os países civilizados do mundo taxam pesadamente os mais ricos. Pergunta pra um rico que mora nos EUA pra ver o que ele te fala...

Cão do Mato disse...

Não se trata de arrecadar mais, sua anta, e sim de arrecadar melhor. Cobrar mais de quem ganha mais e aliviar a classe média. Tu é rico, por acaso?

Anônimo disse...

É mesmo, é?!

titia disse...

Eu não disse que é bom, Mingau Boy. Eu disse que os empresários canadenses tem que dar mais duro do que os brasileiros pra abrir uma empresa, quando abrem pagam melhor aos funcionários e os impostos lá são o mesmo tanto que aqui; mesmo assim, os empresários canadenses estão por aí, bem sucedidos, ganhando seu dinheiro e vivendo de boa enquanto os brasileiros só fazem chorar apesar de terem as mesmas condições que os canadenses de se darem bem com seus negócios.

Esclarecendo pro seu cérebro visivelmente privilegiado: empresário brasileiro é fresco, mimado, imaturo e criminoso que quando vai à falência é pela própria incapacidade, não um pobre coitadinho oprimido pelo Estado malvadão e pelos empregados sanguessugas.

Não, 21:07, seus comentários foram apagados pra não poluir a sessão de comentários com mais da mesma merda que você vive repetindo e não contribui em nada pra discussão.

21:19 não realmente não dá, porque aqui a gente argumenta e responde. Ficar repetindo "E Stálin? E Stalin? E STÁLIN SUA VAGABUNDA ESQUERDISTA?!" ou "Impostos altos, Estado malvadão, coitadinho do empresário brasileiro que tem que pagar salário mínimo, mimimi" realmente não faz parte da estratégia de debate feminista. Mas você sempre pode ir na creche da esquina, onde com certeza haverá debatedores do seu nível intelectual.

titia disse...

14:03 "vcs não sabem contestar sem xingar, as idéias de vcs são absurdas e vcs não tem postura decente ao serem contrariadas". O mais engraçado é que basta ler minhas respostas ao anon "coitadinhos dos empresários brasileiros!" e ao Fábio Mingau pra ver que esse seu argumento é completamente falso e risível.

"aí vem a blogueira e deleta, pois aí ninguém contesta". O que o Fábio Mingau estava fazendo, então, quando respondeu ao meu comentário? Te garanto que concordando comigo é que ele não estava.

"Quem apela para a censura é porque não tem argumentos." De novo, é só ler minhas respostas ao Defensor de Empresários e ao Fábio Mingau.

Vê, só por essa mentirada toda que você está falando já justifica seu banimento. Você fica aí chorando sobre como as feministas são irracionais, agressivas, loucas e odiadoras de homens (olha o gaslight aí gente!) fazendo birra por agressões imaginárias e pseudo censura ao seu mimimi A.K.A. Lola apagando as merdas e mentiras que você fala pra não ocupar espaço na caixa de comentários. É incrível como mascu não pode ver uma vergonha que já quer passar no crédito, no débito e no cheque especial.

titia disse...

Acrescente à sua fantasia um frasco de veneno, uma serra elétrica escondida no armário da pia, vários sacos de lixo e dois frascos de 5 litros de alvejante e aí vai estar perfeito, Mingau Boy :)

titia disse...

Boa ideia, Mingau Boy. Agora quando for levar seus restos pro esgoto não vou nem precisar fazer força. Partiu fazer cordinha de lençóis. Valeu, hein?

Fábio disse...

titia você diz coisas tão sexys.

titia disse...

Fábio Mingau, Fábio Mingau, você tá fazendo seu mingau com os cogumelos certos? Eu pessoalmente recomendo o amanita-primaveril ou o abibura, vão ser ótimos pra resolver de uma vez o seu problema.

Marcos Sousa disse...

Sobre Interrupções: pra interromper alguém, não se necessita de gênero, nem de cultura, ou tradição; necessita-se de falta de educação. Não existe esse negócio de homem interromper a mulher. Existe gente mal-educada que fala sobre o pensamento do outro - e isso não tem a ver com qualquer outra coisa que nãos seja a grosseria de quem interrompe. O fator dominante não é sempre do homem sobre a mulher: há homens ativos, há homens passivos, há mulheres ativas, há mulheres passivas, há homossexuais ativos e há homossexuais passivos. Sempre numa relação (sexual, de amizade, política, familiar, etc.) sempre tem aquele que fala mais, fala melhor, ou se impões mal-educadamente sobre o outro. Exemplo disso são os apresentadores Jô Soares e Marília Gabriela: ambos apresentadores sempre interrompem seus entrevistados, independente do gênero dos entrevistados; sendo que o Jô é homem, e a Marília Gabriela, é mulher.

;)´

Anônimo disse...

Não, Marcos Souza. Ela foi interrompida 8 vezes mais do que o Ciro. Está interrupção de mulheres falando é bem percebida. O mesmo aconteceu com Hitler. Mulheres costumam ser muito mais interrompidas do que homens quando estão falando e isso não é só uma questão de falta de educação. Não fale do que você não sabe.