domingo, 18 de junho de 2017

FOTOS DE UM FERIADO BEM RAPIDINHO

Nem ia fazer um post pra isso, mas vi que o Google Images está carente de fotos de Tabuba e decidi colaborar.
Passei os últimos dias na praia de Tabuba, Ceará. Fica no município de Caucaia, muito perto de Fortaleza. Parece que, logo depois da Barra do Ceará, vem as praias de Pacheco, Icaraí, Tabuba e Cumbuco (todas parte de Caucaia, e parece que antes tem a Praia dos Dois Coqueiros e Iparana). 
A primeira vez que ficamos em Cumbuco foi na Lagoa do Banana, creio que no carnaval de 2012. 
Em 2012, diante da Lagoa do Banana
Foi muito bacana mas o nosso hotel tinha dois inconvenientes: não era possível entrar na lagoa pelo hotel (aquela parte era só lodo), e, no final da tarde, o lugar ficava lotado de sapos. Nunca vi tantos sapos juntos na minha vida. O hotel fechou pouco depois, não sei se por causa dos batráquios.

O mar de Cumbuco não é pra mim. É violento, cheio de ondas de afogar Lolinhas. Então fomos nos refugiar na Lagoa das Águas Cristalinas e na Barra do Cauíque, tudo perto. 
Voltamos a Cumbuco algumas vezes, duas em feriados prolongados no ano passado. A cidade estava cheia de coreanos, por causa do Porto do Pecém. Inúmeras placas só em coreano. Mas parece que a maior parte já foi embora, e o que mais tem hoje é casa pra vender e alugar.
Silvinho, praia de Tabuba

Esta foto da Lagoa do Parnamirim
não é nossa
Ano retrasado ficamos numa pousada em Tabuba e decidimos arriscar uma aventura: deixamos o carro lá embaixo nas dunas e fomos andando onde só passam buggies: para a Lagoa do Parnamirim. Eu e o maridão nos sentimos o Lawrence da Arábia atravessando o deserto. Chegando na lagoa, ainda tinha que descer 20 metros (e, claro, depois subir se você não quiser ficar morando na lagoa pra sempre). Mas valeu a pena, é linda sim. Óbvio que não tiramos fotos. A gente mal conseguia respirar.
Casa que alugamos em Tabuba (nosso carro está na frente)
Agora a gente tinha bem pouco tempo de feriado e queria ir a um lugar próximo e gastar o mínimo possível (porque estamos pagando nossa viagem pra Cuba, que será em dezembro). Vi que pela AirBnb tem vários lugares pra alugar. Escolhemos uma casa a uns 50 metros da praia de Tabuba, com piscina. Era uma casa completa, com dois quartos, cozinha, sala, dois banheiros, toda mobiliada, e pagamos R$ 189 por duas diárias. 
Certo, não inclui café da manhã. Mas a gente levou frutas e calzones. 
Á noite fomos andando pra uma pizzaria. Era só cruzar a avenida. O dono, muito atencioso, disse que queria voltar para o Pará, onde nasceu. E que quatro anos atrás havia recusado uma proposta de R$ 600 mil para vender a pizzaria e sua casa (ele mora lá com a família), numa época em que ele tirava 50 mil por mês. Ele contou que, com a crise, o movimento de um ano pra cá caiu 70%. E que não consegue nem os 300 mil que está pedindo atualmente pela casa e pizzaria.

Espero que a cidade se recupere, após a debandada dos coreanos.
Nem fomos à Barra do Cauíque desta vez (ficamos com preguiça). Paramos no meio do caminho, na Lagoa das Águas Cristalinas mesmo. E, por mim, eu não saía mais de lá.

(As fotos foram tiradas pelo maridão, e estão sem qualquer tipo de tratamento).


15 comentários:

Anônimo disse...

Viciou no AirBnB heim!!!! Um dia crio coragem mas já ouvi tanta história bizarra, há quem encontrou câmera na casa/apto, por outro lado não existe garantia que hotéis também não façam isso.

Anônimo disse...

Querida Lola, fico muito feliz que tenhas tido um tempo de descanso e relaxo num lugar lindo desses. Quero muito conhecer mais o Nordeste ;) Bjs e ótima semana!

Anônimo disse...

Gostei do lugar que vc foi Lola da até vontade de ir lá tbm,tudo de bom para vc querida tchau.

Anônimo disse...

08:58, ela é professora concursada, bem-sucedida e dona do próprio nariz. Três coisas que você, obviamente não é. Chora na cama que é lugar quente...

Lola, que fotos lindas! Nada como um feriado de paz, você merece e muito.

Saudades,
Marcia.

Anônimo disse...

Achei interessante o post mencionar a crise...

Sobre ela, só falta dizer que a crise econômica foi causada pelo governo Temer e não pelos 14 anos de incompetência e gastos desenfreados promovidos pelo governo petista.

Anônimo disse...

Estive 3 vezes no Ceará. O que me chamou mais a atenção foi a baixa estatura da população. Com o meu 1,78 m, foi a primeira vez na vida que me senti 'alto'.

Não faço idéia de por que isso ocorre.

Anônimo disse...

Estou animado com o dia de amanhã!

Anônimo disse...

lola, já que vc mora no Ceará, não perde Jericoacoara! é liiiindooo

lola aronovich disse...

Eu conheço Jeri, já fui 3 vezes. E ainda quero ir lá muitas outras vezes, claro! Só que Jeri é longe de Fortaleza e CARA. Daí pra feriados curtinhos tem que ir mais perto mesmo. Por isso vamos com mais frequência pra Cumbuco (costa oeste) e Águas Belas (costa leste).

Anônimo disse...

"Estive 3 vezes no Ceará. O que me chamou mais a atenção foi a baixa estatura da população. Com o meu 1,78 m, foi a primeira vez na vida que me senti 'alto'. Não faço idéia de por que isso ocorre."

Imagino que seja não apenas pela desnutrição, maior no Nordeste do que em outras regiões do Brasil (acho...), mas talvez pela própria genética. Nordestinos têm uma contribuição significante, embora menor em relação ao Sul e Sudeste, de sangue europeu, não? Indígenas costumam ser menores do que povos europeus (apesar de que já vi muitas piadas dizendo que portugueses e espanhóis são baixinhos em relação aos ingleses, nórdicos, alemães e italianos do Norte da Itália, por exemplo) e imagino que escravos africanos deveriam ser menores também, já que viviam em condições horríveis. Falo também no fator genética porque, por mais que japoneses e italianos da Sardenha sejam um dos povos melhor alimentados do mundo, com uma possibilidade de atingir idades centenárias, eles ainda são considerados "pequenos", então a desnutrição pode não ser o fator único. Claro que tudo o que eu disse são apenas hipóteses, estou generalizando bastante no intuito de tentar explicar melhor. Eu não sei como estão os índices de desnutrição atualmente em cada parte do país, porém, por mais que estejam muito melhores do que há alguns anos, podem demorar gerações até que os filhos passem a ter uma estatura maior.

Anônimo disse...

E quem causou a crise que desgraçou a cidade em questao? Foi o "gorpi"?

Ou foi a Dilma com o seu português impecável?

lola aronovich disse...

O nazistinha eugenista chamando nordestino de sub-raça ainda não cansou de ter seu comentário deletado?


Sim, anon das 15:24, foi o português da Dilma que causou a crise da cidade.

Anônimo disse...

Lola Dilma não fala

Anônimo disse...

Que delícia de passeio!!

Lola, vc que conhece alguns países da América do Sul, onde recomenda passar a lua de mel? Nós amamos frio!!

Beijos

gabs

Anônimo disse...

Sem essa desculpa de "Sub- raça", blogueira censora FDP! 10:21 - é por causa dos políticos que sempre compraram votos daquele povo com comida e água. Povo sem escolas, sem alimentação e sem água, mantidos em uma situação de luta pela sobrevivência constante pelo poder dos políticos coronéis da região mais pobre do Brasil. Por isso lá os políticos do PT e etc sempre tem mais votos, pois esses sabem bem como fazer a política do pão e circo. Criaram quase um outro povo na região, totalmente desnutrido e subdesenvolvido.

Enquanto no Sul e Sudeste o povo tenta, com muita luta, dar o mínimo de educação e civilização aos filhos (com o governo sempre atrapalhando), nem que seja para eles saírem pra sempre desse País miserável, no NE as pessoas nem tem essa ambição, pois não tem noção do que acontece a nível nacional. A fome e a sede são urgentes, e eles se preocupam primeiro em comer e beber: hoje, amanhã, depois de amanhã, ano que vem, etc... são escravos do sistema político desse país nojento. E as idéias esquerdistas propagadas nesse espaço contribuem e muito para que a situação naquela região continue como sempre foi. Esquerda caviar, como a da blogueira, agradece e aplaude. Com a função de continuar a ininterrupta lavagem cerebral das coitadas das cearenses famintas e desnutridas, a blogueira recebe seu soldo mensal do governo e dos partidos políticos corruptos de esquerda, oriundos do butim do $ público, afim de perpetuar a situação caótica da sociedade do NE, que já persiste a 200 anos,  e que continuará assim, se esse absurdo continuar. Idéias esquerdistas propagadas nesse espaço, como feminismo, LGBTS e PT são os responsáveis pelo atraso do povo da região. E às gordas hipócritas censoras desse blog aqui, não adianta deletar a postagem, pois ela voltará, porque a verdade tem que ser exposta para algo ser mudado, e de nada adianta esconder o sol com a peneira furada de vcs. Canalhas!