sexta-feira, 19 de maio de 2017

SHEHERAZADE, PT DA ALEMANHA E AS LOUCURAS QUE SÓ A INTERNET PROMOVE

Desde ontem à noite, a jornalista Rachel Sheherazade está nos Trending Topics do Twitter devido a mais esta pérola: "Hitler fundou o PT da Alemanha". 
Parece que tudo começou numa resposta que ela deu a alguém. Para os reaças, principalmente agora, que Aécio Neves foi totalmente desmascarado, Aécio e o PSDB sempre foram de esquerda. E os reaças só votaram nessa esquerda por falta de opção, tadinhos. (Desnecessário dizer que, se houvesse um segundo turno hoje entre Dilma e Aécio, os reaças em massa continuariam votando em Aécio, já que a preocupação com o fim da corrupção é pura fachada).
Houve muitos tuítes bacanas para rir dessa barbaridade do "nazismo é de esquerda" -- que não é, de maneira alguma, uma criação de Sheherazade. Aqui no Brasil, quem mais propaga essas besteiras é Olavo de Carvalho, de quem a jornalista é discípula.

Esse é o tipo de coisa que praticamente só se vê na internet (de vez em quando alguma professora olavette leva isso aos seus infelizes alunos de ensino médio). Eu nunca tinha ouvido falar em "nazismo é de esquerda" até que comecei este bloguinho, há 9,5 anos. Aí, já no primeiro mês, tenho certeza, veio algum comentarista reaça tentar me convencer que Hitler era o maior esquerdopata. 
E é mais sobre isso do que sobre as alucinações de Sheherazade que desejo falar neste curto post (porque tenho aula daqui a pouco). Faz alguns meses vi um bom filme chamado Negação (Denial, do ano passado). É baseado numa história real: um revisionista histórico, David Irving, que nega até hoje que o holocausto aconteceu, processou no final dos anos 1990 a professora de História Deborah Lipstadt, uma judia que o chamou de "negador do holocausto" num de seus livros (tipo um estuprador processar uma ex-ministra por chamá-lo de estuprador, sabe como é?). 
Deborah Lipstadt em 2000
Eu me identifiquei bastante com a história porque é sobre um neonazi maluco processando uma pessoa que faz um trabalho sério (eu também estou sendo processada por mascus. Esses neonazistas e eleitores de Bolso me ameaçam e difamam quase que diariamente, e eles é que me processam!).
O julgamento de Negação é muito interessante, até porque os advogados de defesa praticamente tiveram que provar na Corte Britânica que o holocausto de fato ocorreu. E, assim como  certos gurus da direita brazuca que nunca cursaram Filosofia mas se declaram filósofos, Irving nunca cursou História, mas se autoproclama historiador. 
Porém, como todo o caso do julgamento aconteceu nos primórdios da internet, tenho certeza seria muito diferente hoje. Duvido, por exemplo, que a professora conseguiria continuar fazendo cooper na rua. Ela receberia ameaças de morte e estupro da parte de neonazistas o tempo todo. 
O revisionista histórico David
Irving hoje
Na época, Irving não apenas foi humilhado e desacreditado em público, como também teve que decretar falência. Mas tudo mudou com a internet. Como diz James Libson, um dos advogados de defesa do caso (ou seja, contra a negação do holocausto):
"Nós realmente acreditamos que o veredito seria um divisor de águas, que marcaria a negação do Holocausto como um assunto acabado. Provamos conclusivamente, numa corte, que o Holocausto aconteceu. E, de forma ingênua, achamos que a internet poderia ajudar nisso. Todo o material do caso foi publicado online; acreditávamos que isso providenciaria respostas a qualquer um que duvidasse. Mas, é claro, a internet fez o oposto." 
Hoje a negação do Holocausto floresce na net. Inclusive, muitos judeus protestam que, nas ferramentas de busca, se você escrever "holocausto", aparecem mais sites negando algo super documentado do que depoimentos de sobreviventes. É a mesma coisa dos reaças que juram que o nazismo foi de esquerda. Não precisa provar nada. Basta fazer memes, comparar siglas, dizer que o nazismo também adotou a cor vermelha. E pronto, tá provado: Hitler era petista.
Mais fascinante ainda é que David Irving nunca em sua vida esteve tão bem. Dezesseis anos depois de ser dispensado como uma fraude na Corte, hoje ele tem milhares de seguidores, vende um monte de livros, dá dezenas de palestras. Nos últimos dois anos, as doações que recebe aumentaram muito. Hoje Irving dirige um Rolls-Royce e vive numa mansão de 40 quartos, um presente de um fã. Seus novos seguidores, diz Irving, são todos eleitores de Donald Trump.
Porque nazismo, né, não tem nada a ver com a direita... Imagina se tivesse.

80 comentários:

Anônimo disse...

Partido nacional socialista dos trabalhadores alemães.
Nationalsozialisti= nazi.

titia disse...

Meu Deus. Meu Deus.

Se com História sendo matéria obrigatória na escola já tá assim, imagina se o Temeroso tirar do currículo. Opa, acho que agora eu entendi porque querem "reformar" o ensino médio brasileiro... Mas enfim, é realmente surpresa que a facção política que fudeu o Brasil por causa de birrinha ideológica (A.K.A reaças direitistas) esteja espalhando esse tipo de besteira por aí?

19:03: Gugu dadá blablábubu babá! Agora vamos aprender a usar o troninho.

E pra quem não fala criancês: chamei ele de burro.

Anônimo disse...

Rachel só merece o direito de continuar falando porque vivemos num país livre, acho que dão muito ibope pra ela, na moral.

O conceito de direita e esquerda que conhecemos hoje tem muito pouco a ver com o período pré-guerra fria, mas ainda sim, se tentarmos encaixar os fatos, é claro que Hitler era muito mais de direita do que de esquerda.

"Mas o nome do partido?" O nome do partido diz muito pouco sobre a atitude. Sim, hitler era centralizador, hilter era totalitário (isso a extrema esquerda e direita tem em comum. EXTREMA GENTE, EXTREMA!!!!).
Mas hitler era também extremamente nacionalista e até onde sei não queria uma economia planificada. Isso falando só de economia.
Na parte "social/cultural" muito menos ainda ele tem a ver com a esquerda. OK que regimes de esquerda também perseguiram alguns grupos (religiosos, e há também a intolerância homossexual em alguns lugares), mas isso nunca vai ser o suficiente para colocar hitler como alguém da esquerda, é uma desonestidade intelectual sem tamanho.

Encaixar hitler como alguns personagens de direita também é desonesto. Ele, por exemplo, nada tem a ver com Margareth tatcher, que é um ícone da direita. Nada.

Hilter foi um erro. Uma lástima. Uma mancha para todos nós, humanos. E que ele não seja direita ou esquerda, que ele simplesmente não se repita. Nunca mais. E que saibamos reconhecer os sinais de que algo horrível assim possa vir a surgir a tempo.

Alícia

titia disse...

Siiiiim, claro, porque é só ver como Hitler prendeu empresários em campos de concentração e mandou banqueiros pra câmara de gás. E quando mandou prender e assassinar judeus sem justificativa, queimou o dinheiro deles na fogueira ao invés de embolsar ou passa-lo adiante pra alimentar sua máquina de guerra. Não seja burro 19:03. Ninguém que tenha estudado o mínimo de História ao invés de ficar brincando de espadinha com os colegas no banheiro diria essa sandice.

Bestinha da previdência esse post não é sobre suas noções equivocadas a respeito de economia. Mantenha-se no assunto, só faça off-topic se tiver algo importante a dizer, ou mantenha seu cuspidor de lorotas fechado. Entendeu?

Anônimo disse...

O problema do Brasil hje não é a guerra de esquerda e direita mas a a cultura que defende tosquices que defendem racismo machismo e homofobia.

b) Raquel Sherazzade é um dos simbolos desta tosquice que apenas reforçam o senso comum que bandido bom é bandido morto ou leva para sua casa mas afirma que Cunha é um homem honrado

Anônimo disse...

“Nós somos socialistas, nós somos inimigos do sistema econômico capitalista atual de exploração dos economicamente fracos, com seus salários injustos, com sua ultrajante avaliação de um ser humano de acordo com sua riqueza e propriedade ao invés de responsabilidade e comportamento, e nós estamos determinados a destruir esse sistema, custe o que custar”
Fonte: discurso proferido em 1º de maio de 1927, nas comemorações do Dia do Trabalho, conforme mencionado em “Adolf Hitler: The Definitive Briography (1976), de John Toland.

Anônimo disse...

O partido do bostanaro tem social.

Valéria Fernandes disse...

É por essas e outras que, agora, nos últimos anos, quando começamos a dar aula sobre fascismo e nazismo preciso explicar que não se tratava de um movimento de esquerda. Na minha cabeça, fica a frase girando "eu não acredito... não acredito... não acredito...", mas, enfim, é meu trabalho, vamos tentar ensinar alguma coisa e ter um pouco de esperança que os gurus de internet não vão conseguir ter a palavra final nessa História. Aliás, não só de internet, ano passado, ou atrasado, a sumidade do Cláudio Humberto disse o mesmo na Rádio BandNews. Enfim, daí meu marido me diz que está cansado de filmes sobre o Holocausto, eu digo que mesmo batendo na mesma tecla, as pessoas não entendem, nem apreendem, nem refletem. É triste, muito triste e cansativo. infelizmente, e estou exatamente nesta parte da matéria, eu não consigo rir dessa história toda, não, Lola.

Anônimo disse...

19:03 e 19:07, apedeutas, o nome do partido do bolçonazi tem "social" tb, quer dizer q o bolçolixo é socialista?

19:14 e 20:27, hitler nunca disso isso, essa é uma das maiores mentiras propagadas por direitopatas, quem disse isso foi Gregor Strasser, morto pelos jagunços do hitler, SUA ANTA

https://pt.wikipedia.org/wiki/Gregor_Strasser#Trivia

Meu deus, a DIREITA É BURRA PRA CARALHO

Desafio chegar em algum neonazi (esse negacionista do post, por exemplo) e chamá-lo de socialista - veja o q te acontece, coxinha burro

A direita (tipo aquela altista q apoiou o trumijo) é toda recheada de antissemita, mas o hitler é q era "comunista"; a ideologia direitista sequelou sem dó seus adeptos, creundeuspai

Nazifascismo = extrema-direita
https://pt.wikipedia.org/wiki/Gregor_Strasser#Trivia

Anônimo disse...

Em se tratando de história da Alemanha, seria de se esperar que as pessoas estivessem, no mínimo, dispostas a ouvir o que têm a dizer a Alemanha e os alemães.

O Bundestag (Parlamento Alemão) possui documento oficial em que afirma que o NSDAP foi um partido de extrema direita. Não acredita? segue o link?

https://www.bundestag.de/blob/189776/01b7ea57531a60126da86e2d5c5dbb78/parties_weimar_republic-data.pdf

Isso é um consenso em todas as universidades alemãs. Não há um só historiador afirmando o contrário - todos concordam que o nazismo foi um regime de extrema-direita.

Eu morei em Essen (NRW) e gostaria de observar que o cidadão comum da Alemanha sente desconforto em usar a palavra "nazismo". Eles evitam, porque consideram uma palavra pesada. No lugar dela, eles optam por um eufemismo. Adivinhe qual eufemismo? Rechtsextremismus. Literalmente significa: extremismo de direita.

Não acredita? Joga Rechtsextremismus no google.

Mas tem adolescente brasileiro querendo saber mais que a Alemanha inteira sobre a sua própria história.

No mais, a gente ainda é obrigado a ler dessas crianças que "estudaram" história pelas redes sociais que "direita é somente capitalismo, sem intervenção do Estado".

Amigo, você sabe onde o conceito de direita nasceu? Nasceu na França pré-revolucionária. Os que se sentavam à direita do rei eram os apoiadores do Ancien Régime. Do ponto de vista histórico, a direita nasce como Ancien Regime francês. E o Estado no Ancien Régime por acaso era imenso.

Mais bibliotecas e livros de história, menos instituto mimimises!

Essa é para os direitebas sem preguiça de ler e pensar:

http://voyager1.net/filosofia/o-nazifascismo-e-de-direita-uma-abordagem-filosofica/

Bruxa da noite disse...

Ah, se os "até onde sei" da Alícia nos levassem a algum lugar que não ao ruminado senso comum...

Rafael Cherem disse...

Tem que ser muito ignorante pra cair numa teoria da conspiração dessa.E Shera é ignorante.

Anônimo disse...

Parece que a Rachel compartilhou esses absurdos através de um sujeito chamado matheus faria, um mascu assumido que parece que é apresentado como noivo dela. E o perfil dela no facebook é um show de horrores.

Anônimo disse...

Partido que aceita a ideologia de gênero, aborto, legalização das drogas -- P S D B -- não pode ser considerado partido de direita.

Anônimo disse...

23:21 ha, mas é claro q não, partido de direita mesmo é aquele do mussolini, o do hitler, q não tinham nada disso

a máscara de vcs direitebas cai cada vez mais

Anônimo disse...

da onde vem o sufixo de direitebas? por que não direitontos? direitoscos? direitotários? direitardados? direiturbados? direitalhos? direitalhas? direitazistas... são várias opções disponíveis, muitas possibilidades

Anônimo disse...

Valéria Fernandes por gentileza, quando a senhora aplica suas aulas de historia, o que diz a respeito de Stalin,seu regime socialista, as gulags e tudo mais?

Anônimo disse...

Uma das fontes de inteligeza da rachel para os posts bizarros dela é justamente o instituto mises rsrsrsrs ela faz questão de propagandear no perfil do facebook.

Anônimo disse...

A Sheherazade dá muita brecha mesmo mas diferente de muito macho por aí, ela é raçuda e mantém o que fala, seja a merda que for. Não concordo com as posições ideológicas dela mas não deixo de ter uma admiração secreta pela valentia da moça kkkkkkkkkkkk acho ela foda, no fundo ela é bem mais feminista que a galera do textão no Facebook (faz o que quer, fala o que pensa, caga e anda pra crítica, tem sucesso, tem voz, tem projeção, não baixa a cabeça, peita mermo e foda-se se nasceu mulher e recebeu socialização pra ser a lindinha da sociedade).

Anônimo disse...

Se existe um lado bom no crescimento do negacionismo do holocausto é que quem quiser provar o contrário vai ter oportunidades infinitas de fazer isso, o que não é difícil em vista da ampla documentação do fenômeno.

Anônimo disse...

Esta e a diferença da esquerda para a direita nos assumimos os erros de Stalin mas a direita tenta negar o nazismo

Wellington F disse...

Segundo os nossos adoráveis reaças, a extrema-direita é de esquerda. Dizem que a Globo é de esquerda porque ela apoia o "marxismo cultural" e, ao mesmo tempo, dizem que o nazismo é de esquerda, sendo que Hitler combatia o marxismo em todas as suas formas.

Durma com um paradoxo desse.

Anônimo disse...

01:26 o meu preferido é direitopatas, pq o q mais tem é reaça sociopata e psicopata; de um egocentrismo extremo, sem nenhuma empatia, sem escrúpulos e incapazes de aprender com as experiências.

Sportano disse...

Bolsonaro é de esquerda. Filiado ao Partido SOCIAL Cristão.

O biscoito Club SOCIAL também é de esquerda.

Anônimo disse...

Preguiça eterna dessa Raquel, Olavo e cia. Não suporto nem ouvir falar. Pior que tenho vários amigos Olavetes. Claro que a amizade se restringe estritamente a assuntos que passam longe desse.

Agoooora, há de se dizer que é meio bobo (e também elitista) dizer que alguém que não tenha estudo formal, formação acadêmica e um diploma em determinada área, não possa se denominar conhecedor profundo do assunto.

Por exemplo, Leibniz, criador do cálculo diferencial e integral (paralelamente a Newton), era formalmente graduado Direito e trabalhava como diplomata. No entanto, ninguém ousaria contestar que ele foi um matemático.

Anônimo disse...

Nazismo é extrema-direita, é consenso universal, quem tenta mentir sobre isso é igual quem tenta enganar os incautos sobre a terra ser "plana"

Desafio provarem q nazismo não é de direita, mas se as únicas "provas" forem trechos adulterados (como fizeram aí em cima), não preciso dizer mais nada

Agora só uma observação, a direita na europa (palco do nazismo) e nos eua já admitiram q nazifascismo é cria da extrema-direita, tanto q os principais negacionistas são de lá, e eles são de direita, isto é, é um pessoal direitista porco (pleonasmo) q pra tentar "aliviar" a barra do hitler (mestre desses direitopatas) fazem das tripas coração pra negarem o holocausto

diferente da direita em outras partes do mundo (q é colonizada e rejeitada pelos projetos de nazistas do norte), aqui só restou mentir dizendo q o nazismo é de "esquerda"

a direita é a incoerência em forma de ideologia, no hemisfério norte eles já assumiram, a única preocupação lá é passar pano pro hitler, já aqui no sul, a direita colonizada ficou a cargo de jogar o nazismo pra "esquerda", nojentos - vcs não enganam mais ninguém

Anônimo disse...

MUSSOLINI:
"Tudo no Estado, nada contra o Estado"

Esquerdista estatista que nem vcs. Anti livre mercado. Um merda igual a vcs.

GREGOR, que fazia parte do Governo NAZISTA
"Nós somos socialistas, nós somos inimigos do atual sistema econômico capitalista para a exploração dos economicamente fracos, com seus salários injustos, com sua indecorosa avaliação do ser humano de acordo com a riqueza e a propriedade em vez de sua responsabilidade e desempenho, e nós estamos todos determinados a destruir esse sistema sob todas as condições." -Gregor Strasser, 15 de Junho de 1926.


Hitler e Gregor, ambos NAZISTAS e SOCIALISTAS, eram rivais.

Num regime TOTALITARIO, há apenas 1 DITADOR, sua animal.

Engula, porra!

Gorda

Anônimo disse...

"Tudo no Estado, nada contra o Estado"

interessante, pq esse é o mesmo lema do bolçonazi

"Anti livre mercado" - exato, definiu o bolçomerda

isto é... o bolçoLIXO é fascista e anti-livre-mercado (com ressalvas em relação ao "livre mercado", pq isso é uma merda mesmo)

E olha só, o direiteba ASSUMIU q foi uma anta propagadora de mentiras, kkkkkkkkkkkkkkkkkkkkk

"Social eh TOTALMENTE DIFERENTE de Socialista"

ooooooooooooooooooooh, vc jura? então fala isso pra sheira-a-nazi, pq ela chamou o psdb de esquerda só por causa desse "social" no nome, kkkkkkkkkkkkkk

não adianta, direitopata burro, vc não convence mais ninguém com as suas olavices

Anônimo disse...

Em se tratando de história da Alemanha, seria de se esperar que as pessoas estivessem, no mínimo, dispostas a ouvir o que têm a dizer a Alemanha e os alemães.

O Bundestag (Parlamento Alemão) possui documento oficial em que afirma que o NSDAP foi um partido de extrema direita. Não acredita? segue o link?

https://www.bundestag.de/blob/189776/01b7ea57531a60126da86e2d5c5dbb78/parties_weimar_republic-data.pdf

Isso é um consenso em todas as universidades alemãs. Não há um só historiador afirmando o contrário - todos concordam que o nazismo foi um regime de extrema-direita.

Eu morei em Essen (NRW) e gostaria de observar que o cidadão comum da Alemanha sente desconforto em usar a palavra "nazismo". Eles evitam, porque consideram uma palavra pesada. No lugar dela, eles optam por um eufemismo. Adivinhe qual eufemismo? Rechtsextremismus. Literalmente significa: extremismo de direita.

Não acredita? Joga Rechtsextremismus no google.

Mas tem adolescente brasileiro querendo saber mais que a Alemanha inteira sobre a sua própria história.

No mais, a gente ainda é obrigado a ler dessas crianças que "estudaram" história pelas redes sociais que "direita é somente capitalismo, sem intervenção do Estado".

Amigo, você sabe onde o conceito de direita nasceu? Nasceu na França pré-revolucionária. Os que se sentavam à direita do rei eram os apoiadores do Ancien Régime. Do ponto de vista histórico, a direita nasce como Ancien Regime francês. E o Estado no Ancien Régime por acaso era imenso.

Mais bibliotecas e livros de história, menos instituto mimimises!

Essa é para os direitebas sem preguiça de ler e pensar:

http://voyager1.net/filosofia/o-nazifascismo-e-de-direita-uma-abordagem-filosofica/

[2]

Anônimo disse...

Nazismo é extrema-direita, é consenso universal, quem tenta mentir sobre isso é igual quem tenta enganar os incautos sobre a terra ser "plana"

Desafio provarem q nazismo não é de direita, mas se as únicas "provas" forem trechos adulterados (como fizeram aí em cima), não preciso dizer mais nada

Agora só uma observação, a direita na europa (palco do nazismo) e nos eua já admitiram q nazifascismo é cria da extrema-direita, tanto q os principais negacionistas são de lá, e eles são de direita, isto é, é um pessoal direitista porco (pleonasmo) q pra tentar "aliviar" a barra do hitler (mestre desses direitopatas) fazem das tripas coração pra negarem o holocausto

diferente da direita em outras partes do mundo (q é colonizada e rejeitada pelos projetos de nazistas do norte), aqui só restou mentir dizendo q o nazismo é de "esquerda"

a direita é a incoerência em forma de ideologia, no hemisfério norte eles já assumiram, a única preocupação lá é passar pano pro hitler, já aqui no sul, a direita colonizada ficou a cargo de jogar o nazismo pra "esquerda", nojentos - vcs não enganam mais ninguém

[2]

Anônimo disse...

óbvio q o strasser depois de dar uma dessa seria inimigo número 1 do hitler, pq o hitler era nazista e extremo-direitista, ele não suportava o socialismo, tanto q matou o strasser por dizer essa verdade

direitopata burro

Anônimo disse...

JAIR BOLSONARO = 13 LETRAS

JAIR = 4

PSOL = 4

BOLSONARO = 9

COMUNISMO = 9

PT = 2

"BOLSONARO2018" = 2 + 1 + 8 = 11 + PT(2) ===== 13



JAIR BOLSONARO É COMUNISTA SATANICO!!


Anônimo disse...

Alguém pode me ajudar? Recebi um convite pra uma festa e dizia pra ir com traje social. Já sei que vou de vermelho,mas levo a bandeira do PT ou do PSOL?

Jafé Jorge disse...

Ela tem razão. Foi Hitler que fundou o partido dos trabalhadores da Alemanha. Apesar de eu saber que ela distorceu a informação.

Anônimo disse...

o bolçomijo tb era do partido "progressista"

kkkkkk, vai me dizer q o bolçomico era "progressista" tb?

Anônimo disse...

o liberalismo econômico (essa tal de ~livre-mercado~) ocasionou um estrago tão grande, a depressão de 29, q nenhum político mais queria adotar laissez-faire (e convenhamos, isso é um lixo mesmo)

"social", "socialista", "trabalhista", "trabalhadores"

eram termos tradicionalmente usados por partidos de esquerda, muito antes do nazismo, mas depois foi apropriado por direitistas e câncervadores, visto q o neoliberalismo se provou um completo fracasso, era uma tentativa da direita se desvincilhar da derrota promovida pelo livre-mercado

a direita tb se apropriou do temo "libertário", q era da esquerda (a direita não é NADA original)

até hoje é assim, porém o importante é q foi apenas um nome, as práticas do nazismo eram 100% de direita e extrema-direita

Anônimo disse...

NSADP = Nationalsozialistische Deutsche Arbeiterpartei

National - Nacional
Sozialistishce - Socialista
Deutsche - Alemão
Arbeit - Trabalhadores
Partei - Partido

Partido Alemão Nacional Socialista dos Trabalhadores

O que cria muita confusão é o início do Partido dos Trabalhadores da Alemanha. De 1910 a 1920 era apenas Partido dos Trabalhadores, ao redor da década de 1930 grupos anti-semitas, nacionalistas, populistas criados dentro de uma Alemanha destruída pela Primeira Guerra Mundial e achatada pela política econômica enfiada guela abaixo pelos vencedores.

Esses grupos tinha uma temática anti burguesia, anti capitalista e anti grandes empresas. O antisemitismo surgiu de uma replicação da dialética stalinista do livro Os Protocolos do Sábio de Sião ( Протоколы Сионских мудрецов ) que foi usado para justificar os assassinato de judeus na Rússia após a revolução de 1917. Os judeus eram os grandes proprietários rurais e donos de grandes empresas na Rússia e Alemanha. Com o anti semitismo criado com essa estória de dominação mundial os russos e depois os alemães exterminaram os judeus.

Por isso tanto judeu nos EUA. Primeiro a fuga dos judeus russos e depois a fuga dos judeus europeus das áreas dominadas pelos fanáticos do nacional socialismo alemão.

Anônimo disse...

Completando e corrigindo

Com a entrada dos anti semitas e nacionalistas no Arbeitpartie antigo, criou-se o Partido Nacional Socialista. E o livre Mein Kampf foi uma espécie de coagulador dessas forças extremistas. E o livro Mein Kampf foi escrito a partir da inspiração gerada pela tradução em alemão do livro Protocolos dos Sábios de Sião. E conta a história que essa tradução e impressão na Alemanha foi feita pelo serviço secreto russo como parte da expansão da ideologia de Stalin ao redor da Europa.

Na Alemanha não deu muito certo, porque o anti semitismo virou para um nacionalismo extremo que rejeitou os valores de outros países, inclusive da Rússia.

Anônimo disse...

nazismo e fascismo = extrema-direita

quem afirma o contrário é trouxa

Anônimo disse...

o liberalismo econômico (essa tal de ~livre-mercado~) ocasionou um estrago tão grande, a depressão de 29, q nenhum político mais queria adotar laissez-faire (e convenhamos, isso é um lixo mesmo)

"social", "socialista", "trabalhista", "trabalhadores"

eram termos tradicionalmente usados por partidos de esquerda, muito antes do nazismo, mas depois foi apropriado por direitistas e câncervadores, visto q o neoliberalismo se provou um completo fracasso, era uma tentativa da direita se desvincilhar da derrota promovida pelo livre-mercado

a direita tb se apropriou do termo "libertário", q era da esquerda (a direita não é NADA original)

até hoje é assim, porém o importante é q foi apenas um nome, as práticas do nazismo eram 100% de direita e extrema-direita

[2]

Anônimo disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
Anônimo disse...

Força mais que sai um #Bolsonazi 2018

Anônimo disse...

Lei de Godwin se aplica nesse caso...

Anônimo disse...

18:07 vc é um trouxa

como bem disse o 17:28

Anônimo disse...

a lavagem cerebral realizada pelo olasno foi tão forte na mente sequelada dos direitebas, q eles precisam forçar q o nazismo é de "esquerda", enquanto sabem q é de extrema-direita

Anônimo disse...

O mito: Site do TSE mostra que Bostanaro recebeu doação da JBS! Mente que devolveu, mas o dinheiro foi usada em campanha.

Anônimo disse...

O esquema do bolsonaro foi o seguinte: Ele recebeu a doação da empresa mas ''recusou'' e deu o dinheiro para o partido que depois depositou o mesmo valor na conta da campanha dele. Basicamente uma lavagem de dinheiro.

titia disse...

20:25 tá com a fraldinha suja? Pede pra mamãe trocar, ou então aprende a usar o troninho.

Rindo alto com a capacidade de argumentação desses trolls desprovidos de massa cinzenta funcional. Até poderia chamar o Luisinho pra dar a resposta que eles merecem, mas o Luisinho ia acabar trazendo pra conversa o irmão de 4 meses e ficar jogando videogame.

Anônimo disse...

23:33 haa então vc descaradamente assumiu que o PSDB de aécio é de ixquierda

os esquerdebas piram

Anônimo disse...

De fato Hitler não fundou o dap... Entrou nele como espião... Afinal esse nome parecia esquerdista... Mas não era nada disso... Ele gostou tanto da ideia que liderou e se apropriou do tal partido que mal durou um ano... De fato o partido nazista começou com o nome de Partido Nacional Socialista dos Trabalhadores Alemães... Não tinha trabalhadores neste partido ... Nem era de esquerda... E era na verdade um partido militarista... Com uma bela campanha de marketing... Um nome esquerdista para atrair o povão... Era tudo mentira como tudo o que Hitler disse em vida.

Anônimo disse...

A filha do patrão da rachel, a patroinha patricinha, estava no tal rega bofes onde rolou a orgia de propinas. Família abravanel nazicomunistapetista rsrsrsrsrs

donadio disse...

"gerada pela tradução em alemão do livro Protocolos dos Sábios de Sião. E conta a história que essa tradução e impressão na Alemanha foi feita pelo serviço secreto russo como parte da expansão da ideologia de Stalin ao redor da Europa."

Olha o anacronismo aí.

Os Protocolos são uma criação do serviço secreto russo... da época dos czares. E sempre foi utilizado como instrumento ideológico contra a esquerda.

Mas é claro, a mente direitista não consegue entender que a Rússia tinha uma história antes de 1917, assim como não consegue entender que o Brasil tem uma história antes de 2002.

Anônimo disse...

Os czares perseguiam os judeus e de forma bem violenta, por isso muitos judeus viraram militantes de partidos soviéticos, achando que depois que os soviéticos tomassem o poder tudo seria diferente...mas não foi.

Anônimo disse...

Desonestidade intelectual (desonestidade na realização de atividades intelectuais, como pensamento ou comunicação; exemplos são: a defesa de uma posição que se sabe ou acredita ser falsa ou enganosa, a omissão consciente dos aspectos da verdade conhecida ou acreditada como sendo relevante num contexto particular) define.

Anônimo disse...

22:40 parabéns mascu

acabou de assumir q o nazismo é de direita

viram? cambada de direitebas

Anônimo disse...

22:54 a questão, direitinha idiota, é q depois q o fhc virou presidente, o psdb engrenou totalmente pro neoliberalismo e levou o resto do partido junto, seu imbecil

psdb hj é praticamente um partido de centro-direita, tanto é verdade, q é o partido favorito da coxinhada em todo ano de eleição

aébrio e dólar jr não deixam mentir

Anônimo disse...

o olasno tb tinha um passado socialista, será q ele é um comunista disfarçado igual o fhc? deve ser né, pela lógica do retardo acima

Anônimo disse...

23:59, Não consegue discutir sem chamar ninguém de idiota? E a questão é que o Lula continuou apoiando e sendo apoiado pelo FHC até 2008, pelo menos, e também "engrenou pro neoliberalismo" ou você acha que foi por sorte que os bancos lucraram trilhões no governo dele!

Em 1998, como revela numa conversa com o ex-senador petista Cristovam Buarque, FHC recebeu Lula no Palácio do Alvorada e arriscou uma nova previsão.

“Cristovam Buarque: Em novembro de 1998, acompanhei o Lula para visitá-lo. Quando o senhor abriu a porta do apartamento residencial no Alvorada, disse: “Lula, venha conhecer a casa onde você um dia vai morar”. Foi generosidade ou previsão?

Fernando Henrique Cardoso: Não creio que tenha sido uma previsão, mas sempre achei uma possibilidade. E também um gesto de simpatia. Eu disse ao Lula naquele dia: “Temos uma relação de amizade há tantos anos, não tem cabimento que o chefe do governo não possa falar com o chefe da oposição”. Era uma época muito difícil para o Brasil. Eu disse lá, não sei se você se lembra: “Algum dia nós podemos ter de estar juntos”. Eu pensava numa crise. E disse ao Lula: “Não quero nada de você. Só conversar. É para você ter realmente essa noção de que num país, você não pode alienar uma força”. Lula conversou comigo no dia da posse. E foi bonita aquela posse… Na hora de ir embora, o Lula levou a mim e a Ruth até o elevador. E aí ele grudou o rosto em mim, chorando. E disse: “Você deixa aqui um amigo”. Foi sincero, não é?”

Em 1999, Fernando Henrique relatou o quanto respeitava Lula. Numa conversa com Eduardo Suplicy, revelou que quando Lula aparecia na televisão falando mal dele, simplesmente desligava o aparelho.

“Fico triste, perco até o humor. Para vocês terem uma ideia do quanto eu gosto e admiro o Lula. Você sabe, Eduardo, o que eu fiz com Lula quando ele esteve comigo no Alvorada, mostrei a ele o meu quarto e disse: “Um dia isso aqui vai ser os seus aposentos”. A gente faz isso com adversário, nem com todos os amigos a gente faz isso. Pois eu mostrei a Lula as dependências da residência oficial em que moro. Mostrei o meu quarto.”

Em três anos, Lula viraria presidente. A profecia tucana se cumpriu.

Nas eleições de 2002, FHC retaliou José Serra, candidato pelo PSDB à sucessão presidencial, por ataques feitos a Lula durante a campanha. Fernando Henrique disse também, em conversas reservadas, que foi um erro o ataque direto ao presidente do PT, o então deputado federal José Dirceu. Dirceu era o petista mais próximo de seu governo e a ordem era que se suspendesse imediatamente as críticas a ele. Seu puxão de orelha foi transmitido ao comando do marketing da campanha de Serra.

Com Lula eleito, FHC iniciou uma campanha secreta em sua defesa. A história é narrada no livro ”18 Dias — Quando Lula e FHC se uniram para conquistar o apoio de Bush”, escrito por Matias Spektor, doutor em relações internacionais pela Universidade de Oxford e colunista da Folha de São Paulo.

Eles fizeram uma dobradinha para dialogar com o Tesouro dos Estados Unidos, o Fundo Monetário Internacional e Wall Street. Fernando Henrique ainda orientou Rubens Barbosa, seu embaixador nos Estados Unidos, a prestar todo o apoio a Lula.”

Sem esse apoio, Lula certamente não conseguira a estabilidade internacional que teve. Não fosse FHC, sua história teria tomado outros rumos. E a do Brasil também.

No início dos anos 2000, Henrique Meirelles deixou de lado uma vida bem sucedida como executivo do setor financeiro para candidatar-se a deputado federal por Goiás. Recebeu 183 mil votos e se tornou o deputado mais votado do estado. Seu partido era o PSDB. Com o sucesso eleitoral e o respeito do mercado financeiro, foi convidado por Lula para ser o primeiro presidente do Banco Central de seu governo, cargo que ocuparia por longos 7 anos. Meirelles ainda receberia as bençãos de FHC, antes de se desfiliar do PSDB e deixar o cargo que havia sido eleito. Lula telefonou para Fernando Henrique para avisar a escolha.

Anônimo disse...

claro q eles se falavam, eles foram presidentes, seu inútil, aliás, vc quer provar o q com isso mesmo? q o lula é tão neoliberal quanto o fhc? se bem q é verdade, lula tomou várias medidas neoliberais influenciado pelo fhc

Anônimo disse...

Ué, An. das 23:39 se você diz que "se bem q é verdade, lula tomou várias medidas neoliberais influenciado pelo fhc" porque me chamar de inútil? Não consegue discutir sem ad hominem?

E falando em discussão, estou sentindo falta do meu primeiro comentário. Estranho porque, ao contrário dos meus detratores, não ofendia ninguém, só tinha fatos históricos e dados públicos. Será por que foi apagado?

Anônimo disse...

23:49 pq vc é um inútil mesmo, falou tanta merda e sem razão nenhuma, não sabe pra que veio, por isso vc é um inútil

e vc ao q parece corroborou o q eu disse:

"lula tomou várias medidas neoliberais influenciado pelo fhc"

agora com esse fato, q tipo de correlação vc quer fazer entre psdb-esquerda?

donadio disse...

O nazismo, como qualquer fascismo, foi um movimento de extrema-direita, criado para combater e destruir a esquerda alemã.

Mas também como qualquer fascismo, baseou-se fortemente na "política da ambiguidade", isto é, sempre procurou misturar o seu conteúdo de direita com formas "de esquerda". Daí o "socialismo" no nome, daí o apelo à classe trabalhadora, daí a bandeira vermelha. Um movimento como o nazismo se baseia fortemente na mentira pura e simples, e na repetição da mentira até naturalizá-la.

Não é outra coisa o que fazem os idiotas úteis que sustentam que "o nazismo era de esquerda". Na forma, repetem à exaustão as sua mentiras, para ver se se tornam verdades de tanto serem repetidas. No conteúdo, buscam confundir esquerda e direita, para tornar palatáveis os ataques à classe trabalhadora que vem sendo perpetrados pelos seus bandidos de estimação.

donadio disse...

"Partido que aceita a ideologia de gênero, aborto, legalização das drogas -- P S D B -- não pode ser considerado partido de direita."

E o Stalin, que era contra tudo isso, era de esquerda ou de direita?

Serge Renine disse...

Todo o mundo já sabia que o Temer não prestava desde a década de "70. O problema é que o Lula que parecia o santo redentor também não presta. E aí? Alguém aqui já viu a citação "À mulher de Cesar não basta ser honesta, tem que parecer honesta"?

donadio disse...

Pra mim, "a mulher de César" parece honesta.

Teve a vida inteira investigada, virada do avesso, e o que descobriram? Documentos não assinados, tíquetes de pedágio, um apartamento que o legítimo proprietário - a OAS - deu em garantia e que nunca foi habitado pela "mulher de César"?

O que me parece bem desonesta é a investigação, toda baseada em suposições, e sobretudo a cobertura jornalística dessa investigação, que tenta a todo momento transformar a palavra de bandidos condenados em prova. Exemplo típico: Joesley Batista diz que abriu uma conta no exterior para canalizar recursos ilegais para a "mulher de César". Em nome de... Joesley Batista. Não apresenta um único elemento de convicção - um recibo de depósito, um documento de transferÊncia, em e-mail agradecendo a "gentileza" - para corroborar a ideia de que o dinheiro era para a "mulher de César". Como a Globo noticia: "Joesley Batista abriu uma conta em nome da mulher de César".

Desse jeito, vou depositar mil reais na minha conta hoje, e avisar a Polícia Federal que já pode prender... você.

Anônimo disse...

http://www.bbc.com/portuguese/salasocial-39809236

Sérgio Carneiro disse...

Obrigado Lola, foi um texto bastante esclarecedor. Eu jurava que o nazismo era de esquerda por ter muitas similaridades com regime de esquerda da antiga URSS.

Primeiro engano - Ambos defendiam um estado totalitário e centralizador. O estado deveria tutelar tanto a economia como a vida social de seus cidadãos.

Segundo engano - Ambos os regimes defendia a criação de um novo homem. Um baseado na biologia (raça ariana) e o outro no social (classe operaria)

Terceiro engano - Um queria despertar uma consciência nos trabalhadores do mundo para que pudessem se opor à exploração econômica. O outro queria despertar a consciência nos nacionais (por isso o partido era nacionalista) que os arianos eram uma raça superior.

Quarto engano - Ambos os regimes implantaram nos seus exércitos regulares o conceito de partido-exercito. Deu um lado os nacionalista comandavam a Wehrmacht, e do outro os comissários políticos controlavam o Exército Vermelho.

Quinto engano - Ambos os regimes tinha suas polícias políticas: As SS e o agentes da NKVD.

Sexto engano - Ambos, com o Estado forte e militarizado, adotaram um regime forte de repressão. Um baseado na biologia (os judeus, negros, homossexuais e ciganos nos campos de concentração). O outro baseado no social ( o inimigos dos estado nos Gulag's

Sétimo engano -Fui um tolo em acreditar na Declaração de Praga.

Oitavo engano - Ambos os regimes são desarmamentistas. Por acreditarem que somente o Estado deveria ter o poder das armas, logo implantaram algo similar ao nosso Estatuto do Desarmamento.

Foram essas e mais algumas similaridades que me levaram a acreditar que o nazismo tinha alguma relação com a esquerda.

Como sou um tolo e ignorante.

Fabrício disse...

Sérgio, você, alem de tolo é uma pilantra cretino.
Faz esse contorcionismo mental com suas tripas pra tentar incutir a mentira de que o nazismo é de esquerda. Você é um verme que não dá a mínima para a verdade!!!!
Duvido que alguém aqui concorda com o regime da antiga URSS, que era sim uma regime de extrema esquerda e isso ninguém nega. Mas a democracia é sempre uma conquista da esquerda, até porque a Direita e o Capitalismo desde sempre cagam para a Democracia, não Têm qualquer escrúpulos em destruí-la quando é contrária aos seus interesses, como hoje no Brasil e na Alemanha nazista guardadas as proporções!!!
Então vai à merda seu verme!!!

Anônimo disse...

Excelente texto, caro Sérgio.

Anônimo disse...

sim, sérgio, vc é tolo e ignorante

q bom q vc reconheceu isso

"você, alem de tolo é uma pilantra cretino.
Faz esse contorcionismo mental com suas tripas pra tentar incutir a mentira de que o nazismo é de esquerda. Você é um verme que não dá a mínima para a verdade!!!!
Duvido que alguém aqui concorda com o regime da antiga URSS, que era sim uma regime de extrema esquerda e isso ninguém nega. Mas a democracia é sempre uma conquista da esquerda, até porque a Direita e o Capitalismo desde sempre cagam para a Democracia, não Têm qualquer escrúpulos em destruí-la quando é contrária aos seus interesses, como hoje no Brasil e na Alemanha nazista guardadas as proporções!!!
Então vai à merda seu verme!!!"

durma com essa, escroque

Rafael Cherem disse...

E, assim como certos gurus da direita brazuca que nunca cursaram Filosofia mas se declaram filósofos, Irving nunca cursou História, mas se autoproclama historiador.

É uma bobagem mas, creio que a maioria dos grandes filosofos da história nunca pisaram em uma faculdade de filosofia.

Anônimo disse...

David Irving segundo o post tem a mesma atitude de Olavo de Carvalho, mas vive muito bem graças aos louros e benesses promovidas pelo fã clube dele por lá e é uma fraude como "historiador" como o tal Olavo é como "filosofo", ambos tem formação duvidosa, antes da internet eram escritores frustrados e desacreditados, mas devido a hipnose em massa com a rede tudo mudou, tem fãs, tem obras disponibilizadas em forma de ebook ou livros, mas a diferença é a seguinte: Irving tem reconhecimento e bons benefícios de seus seguidores que vão na "onda" como quem segue o Flautista de Hamelin, enquanto Olavo é obrigado a sobreviver das migalhas de desesperados, frustrados, sociopatas ou psicopatas que dormem no barulho de um velho decrépito e como Sherazade tem seus psicopatas ou sociopatas de estimação para preencher com podridão o suas vidas estúpidas, mesquinhas e medíocres.

João Antonio Alves Martins disse...


Sérgio Carneiro

1- A Alemanha nazista implantou o primeiro programa de privatização massiva da história.

https://papers.ssrn.com/sol3/papers.cfm?abstract_id=895247

2- Aqui você é relativista! Não há nada no comunismo que se assemelhe a eugenia. O comunismo é coletivista e não foca em discernir o indivíduo e sim o grupo.

3- Você é a favor da exploração econômica? Ser capitalista te obriga a aceitar todos os vícios do mercado?

4- A direita é comumente militarista! Vide Bolsonaro. A direita americana apoia fortemente as intervenções militares americanas.

5- FBI, CIS e NSA te lembram alguma coisa?

6- Na sua linha de pensamento, o império romano foi socialista!

7- A declaração de Praga deixa bem clara a diferença entre nazismo e comunismo.

8- Japão é comunista também?

Seu relativismo o faz enxergar similaridades aonde não existem.

Anônimo disse...

parabéns sérgio, descobriu q a URSS era de extrema-direita também, idiota

e ô cherado, há uma diferença entre ser filósofo na idade contemporânea e ser filósofo na antiguidade

não é pq o arquimedes não cursou nenhuma universidade q qualquer um pode se dizer matemático sem ter pisado em alguma escola, entendeu agora ou precisa desenhar?

Anônimo disse...

Realmente, esse comentário do Sérgio "lacrou" e tudo que a galera faz é espernear, xingar e falar coisas desconexas. Melhor comentário até agora.

Anônimo disse...

17:51 só convenceu idiotas feito vc q não duvido ser o próprio sergio adulando a própria merda

Anônimo disse...

A Rachel shereazade é uma figura abjeta, mas creio que nesse ponto de falar que o partido nazista era o PT da Alemanha, ela tem razão. O partido nazistq era o partido dos trabalhadores alemães.

Anônimo disse...

e ô cherado, há uma diferença entre ser filósofo na idade contemporânea e ser filósofo na antiguidade

não é pq o arquimedes não cursou nenhuma universidade q qualquer um pode se dizer matemático sem ter pisado em alguma escola, entendeu agora ou precisa desenhar?

Mesmo? Quer dizer que é preciso um papel colorido dizendo que a pessoa frequentou algumas aulas, que se dane se possui ou não uma OBRA.O importante é o papelzinho." Ta serto".

Rafael

Anônimo disse...

14:22 é, é isso mesmo, inútil

Rafael Cherem disse...

Pensamento raso como um pires.