segunda-feira, 19 de dezembro de 2016

AS ÚNICAS MULHERES COM QUE REAÇAS SE PREOCUPAM SÃO AS FEMINISTAS

Aconteceu em Três Corações, sul de Minas, no sábado. 
Pelo que entendi ao ler algumas notícias e ver o vídeo chocante, um casal composto por Luiz Felipe Neder Silva e uma delegada de polícia estavam discutindo dentro do carro, num clube. O homem a agrediu, e várias pessoas passaram a filmar e acalmar a situação. A delegada então jogou a chave do carro (para impedir que o marido dirigisse bêbado) para uma segurança do clube, Edvania Nayara. 
Felipe foi tirar satisfações com Edvania e gritou, como pode ser ouvido no vídeo: "Ela é minha esposa. Tô com vergonha do que ela tá fazendo. Por que você tá me tratando assim? Eu quero levar ela embora, eu tô com vergonha". 
O cara faz um escândalo em público, bate na esposa, está bêbado, e ele acha que a mulher é que está fazendo com que ele passe vergonha! E repare no "Por que você tá me tratando assim?", como se ele fosse a vítima, não o agressor. Comportamento típico (eu, que graças à deusa nunca sofri violência física, conheço bem o roteiro de misóginos que me atacam na internet. É exatamente assim). 
Pode-se ver no vídeo que Edvânia, bastante calma diante de um homem enfurecido gritando, apoia um de seus braços sobre o carro e pede que ele "abaixe a bola". Ele responde: "Abaixa a bola você!" Ele toca nela, que exige que ele tire a mão dela. Felipe, então, lhe dá um soco no rosto, que a derruba. Ele ainda dá um pontapé na cara da segurança caída, que se levanta e quer ir pra cima dele, mas é contida pelas pessoas. Ela diz: "Você vai pagar na cadeia!" 
Felipe continua gritando e ameaçando. Ele tenta tirar algo do seu bolso. Segundo testemunhas, era um canivete. Um rapaz (isso não está no vídeo) que tenta controlá-lo leva um soco de Felipe e perde dois ou quatro dentes (depende da fonte). Felipe foi preso. Evidentemente, não era a primeira vez que batia na esposa. 
Edvânia prestou queixa, fez exame de corpo de delito, e relatou: "Na delegacia, a irmã dele me contou que ele agride a mulher constantemente. Comigo, não vai ficar barato. Foi a primeira e última vez que sofri esse tipo de agressão". 
Nas redes sociais, por incrível que pareça, tem um bocado de gente criticando não o agressor, mas a vítima. Como assim, ela continua casada com ele? Como que pode, ela é delegada de polícia! Pois é, bem-vindos à praga da violência doméstica, que não escolhe vítimas. Mulheres de todas as classes sociais e profissões são agredidas pelos companheiros. Por mais que você conheça o roteiro, você não fica impune. Em todas as vezes que atacou sua esposa, Felipe deve ter pedido desculpas, prometido que nunca mais faria aquilo. E provavelmente em todas as vezes a delegada acreditou, certa de que poderia reabilitá-lo.  
Eu só fiquei sabendo desse caso horrível (que me lembrou outro caso, também registrado em vídeo, em que um homem deu uma cotovelada na cara de uma moça; Anderson Lúcio de Oliveira foi condenado a cinco anos de prisão em regime semi-aberto) agora de madrugada. Uma leitora me enviou o vídeo pelo Twitter praticamente ao mesmo tempo que recebi um tuíte de um tal de Patrício (@Stepenwolf__), que, ao conversar com um perfil reaça chamado @Justiceiro_Sujo, disse que eu e um pedaço de m*rda eram a mesma coisa, e perguntou: "Cadê o câncer que não pega nessa escrota imunda?"
Nunca falei com esse homem honrado, esse cidadão de bem que se acha no direito de agredir uma total desconhecida que nunca lhe dirigiu a palavra. Agora ele trancou a conta no Twitter e deletou aquele tuíte, mas antes ele havia posto lá uma foto sua, já que aparentemente trabalha no Pronto Socorro de Porto Alegre. Como assim, um rapaz que trabalha num hospital e deseja câncer pra uma mulher que ele sequer conhece mas já odeia pacas?
Maicon Angelo Patrício (que já me falaram que é médico ortopedista) estava respondendo a um tuíte de um "justiceiro" que, como o próprio avatar diz (infelizmente, ao contrário de Patrício, a enorme maioria dos reaças que atacam mulheres não possuem rosto nem nome, e são todos muito valentes por trás de um avatar), tem como missão na vida perseguir perfis esquerdistas. Se alguém reclama de um tuíte racista, machista, homofóbico, é função deste e de outros reaças atacar a pessoa em massa -- ahn, não quem falou algo preconceituoso, mas quem quem denunciou quem falou algo preconceituoso --, procurando tuítes antigos que mostrem que essa pessoa também é preconceituosa (e não se engane: isso não é uma ação individual. Eles agem em grupos. São ações organizadas). 
No meu caso, fico chocada que até agora não encontraram nada contra mim 
(e tenho certeza que não foi por falta de busca; mas estou acostumada: eles precisam criar sites e tuítes e cartazes falsos no meu nome pra tentarem me incriminar). Olha o tuíte do Rambinho dos Teclados: "Lola e Cynara não deram uma linha pro homem que bateu numa mulher em praça pública. Indignação seletiva é coisa de esquerdista mesmo". Essa pérola foi retuitada mais de cem vezes, espalhando várias mentiras. Pra começar, Cynara tuitou sobre o caso assim que soube, ainda no domingo. Depois, indignação seletiva por quê?
Se você não se indigna publicamente, quer dizer que não se indignou? E se você não ficou sabendo? (é possível, não sou central de notícias). E se você ficou sabendo mas estava fazendo alguma outra coisa e não teve tempo ou vontade de largar tudo e escrever sobre aquilo? E se você ficou sabendo e escreveu sobre aquilo mas o idiota nem lê o seu blog ou twitter e só está interessado em te acusar mesmo?
Isso acontece com feministas e demais ativistas todo santo dia. Qualquer notícia que reaças julgam importante, principalmente aquelas ligadas à violência de gênero, deve receber "textão" (que reaças tanto condenam e não leem) de no mínimo cinco feministas que eles conhecem (o que é difícil, pois eles geralmente só conhecem duas ou três) para que não venha a acusação "Por que as feminazi não estão falando nisso? Indignação seletiva!" 
Recentemente veio um reacinha cobrar de mim e da Cynara solidariedade para uma jornalista de direita que foi ameaçada pela mesma trupe que me ameaça (e que ameaçou Cynara também, uma semana antes de atacar a Joice). 
Eu só mandei o link do meu post pra ele -- e o infeliz teve a decência de pedir desculpas (fato inédito). Semana passada foi o caso de vítimas na Síria pedindo permissão para se suicidar antes de serem estupradas. Todos os reaças patrulhando: "Disso as feminazis não falam!" (eles gostam muito de notícias de misoginia no Oriente Médio porque lá, segundo eles, o feminismo tem razão de ser -- duvido que os machistas de lá não ataquem as feministas de lá da mesma forma que os machistas daqui nos atacam). Eu não falei porque parecia boato, o que de fato se comprovou. E porque geralmente adoto a política de não escrever sobre o óbvio. Escrever um texto só pra manifestar minha revolta, sem poder acrescentar mais nada, bom, isso eu faço em 140 caracteres no Twitter).
Mas por que a gente não falaria no caso da segurança agredida no clube? Vi alguns comentários reaças dizendo que nosso "silêncio" se deve à mulher ser segurança. A gente odeia seguranças ou policiais, entende? Não é que a gente combata violência policial; pra reaças, ativistas dos direitos humanos odeiam a polícia.  
Por que a gente esconderia esse caso em particular? Edvânia, a segurança em questão, é uma heroína. Foi ela quem defendeu a esposa de Felipe. Foi ela que foi covardemente atingida pelo agressor. Foi ela que imediatamente se levantou e partiu pra cima dele, sem medo. Foi ela que o denunciou. Foi ela que disse que nunca tinha passado por isso antes e garantiu que não vai acontecer novamente. 
Por outro lado, tenho a impressão que o caso estaria recebendo menos destaque por parte dos reaças se eles soubessem o que sabemos agora: que Felipe é um deles. Nas redes sociais, Felipe é um coxinha genérico que participou das manifestações pelo golpe. que xingava Dilma, que dispara preconceitos. E, nas horas vagas, ele vai prum clube, fica bêbado, arma escândalo, e espanca duas mulheres. 
(Não que homens de esquerda estejam isentos da misoginia. Não estão. Também fazem tudo isso, e também os denunciamos quando fazem. Mas eles não parecem ter tanto orgulho da sua misoginia quanto têm os reaças. Eu, pelo menos, não costumo ser ameaçada por gente de esquerda). 
A gente passa a vida denunciando machismo e violência contra as mulheres. Meu bloguinho tá indo pro nono ano de vida. E recebo inúmeras ameaças e mensagens de ódio como a do Patrício justamente por denunciar machismo. E nenhum reaça fala qualquer coisa das ameaças de morte e estupro que recebo (mentira, falam sim: dizem que elas não existem, que eu que crio e invento os milhares -- literalmente -- de prints com ameaças que venho colecionando há no mínimo seis anos). Cadê a indignação deles com as ameaças? Cadê a preocupação deles com as mulheres? Afinal, eles parecem sempre estar querendo salvar as mulheres das feministas. 
Mais uma vez, fica provado que reaças não se preocupam com as mulheres. Eles só não perdem oportunidades de atacar feministas. Eles são agentes do machismo. Eles não combatem o machismo (quem faz isso somos nós). Eles combatem quem combate o machismo. E eu sempre pergunto: de que lado você está?

123 comentários:

Unknown disse...

Lola, te amo. Sério.

Anônimo disse...

Sabe o que é mais curioso? O tal Patrício é gay. Aí vc pensa que "como assim, gay e reaça?". Mas sim, infelizmente isso tb existe. Não enxerga que para essa reaçada, pessoas como ele não mereceriam respeito. Eu juro que não entendo.

Anônimo disse...

Lola do caso da Débora Soriano? Aquilo me pareceu premeditado

Anônimo disse...

É o triste fim na vida de misoginos objetificadores de 17 anos.bixo nojento de palavreado de merda!
Quando crianças ficam perto d vc,Eu sinto pena.ainda mais meninas.nao por pedofilia,mas por ter ajudado a destruir o futuro delas.contribuido na grande roda que é a sociedade misogina.

A mãe dos gato tudo disse...

Lola, vc viu o caso da moça atacada com seringa que continha sangue, numa plataforma de metrô de Curitiba se não me engano?

Não é a primeira vez que mulheres são atacadas, e sempre as vítimas são mulheres...

Anônimo disse...

O Rambo dos teclados hahahahaha Salvou meu dia

Anônimo disse...

Não dá pra esperar nada melhor dos (lix)omens

Lola, toda força a vc

Luciana disse...

Nossa Lola... é foda ler essas coisas. As vezes tenho a ilusão que as pessoas estão mais conscientes, aí vem um tapa na cara (figurado) me lembrar que não...

Anônimo disse...

Imagina que loko se a gente parasse de se preocupar com o que os "reaças", os "mascus", os "qualquer nome babaca aqui" se importam e começasse a dar atenção às grandes mulheres que se destacam no mundo?

IMAGINA QUE LOKO????

Podemos começar?

http://oglobo.globo.com/sociedade/ciencia/pesquisadora-brasileira-entre-os-nomes-de-maior-destaque-da-ciencia-em-2016-da-revista-nature-20670978

"A revista “Nature”, uma das publicações científicas de maior prestígio do mundo, anunciou nesta segunda-feira sua lista dos dez nomes de maior destaque na ciência em 2016. E entre os escolhidos está a brasileira Celina Maria Turchi Martelli. Professora aposentada da Universidade Federal de Goiás e pesquisadora-visitante do Centro de Pesquisas Aggeu Magalhães (CPQAM), da Fundação Oswaldo Cruz (Fiocruz) em Pernambuco, Celina lidera o grupo que pela primeira vez associou cientificamente a infecção pelo vírus da zika em grávidas a casos de bebês com microcefalia."

IMAGINA QUE LOKO SE A GENTE SÓ DESSE ATENÇÃO PARA O QUE AS GRANDES MULHERES DO MUNDO FAZEM E TIRASSE OS HOMENS DE TODO NOSSO PONTO FOCAL DOS DEBATES FEMINISTAS?

Eu imagino, e vcs?

Anônimo disse...

Plataforma de metrô em Curitiba? Carvalho, onde passa esse metrô aqui, que eu não tô sabendo?!

ricardo disse...

Lola, pq meu comentário foi censurado?
Fiz uma critica a você, mas não foi um comentário preconceituoso, machista, misógino...nao entendi o problema

Anônimo disse...

Eu também a amo!

Anônimo disse...

Acho bem equivocado comparar uma mulher "comum" com uma delegada da mulher, que tem poder e instrução pra fazer o certo e deveria, sim, ser um exemplo pras mulheres que deveria defender. Não tenho dó dessa mulher patética, apenas da segurança.

Anônimo disse...

Miga, precisamos conversar.

Rafael Cherem disse...

Mulheres: Armem-se. A segurança com uma arma ia colocar esse sujeito no lugar dele.Não digo arma de fogo(caso não tenha), mas de choque, a única linguagem que esse tipo de gente entende é a violência.

Anônimo disse...

Não acho que segurança poderia ficar com a chave do carro do cara, ela não é polícia e nem agente do detran pra decidir se o cara está ou não em condições de dirigir

Anônimo disse...

Patética é a segurança, que levou um tapinha no rosto e foi pro chão, não tinha condição de ser segurança

Hele Silveira disse...

Isto é simples de resolver! Crie seu próprio blog e escreva nele só aquilo que VOCÊ quer ler. Sabia que suas preferências podem não ser as dos outros? Imagina! Que loko! Claro que não, né? Rs...

Hele Silveira disse...

Pensar mais um pouquinho e ter mais empatia não dó nem mata.

A delegada que você chamou de "mulher patética" fez a muitas mulheres o bem que não soube fazer a si mesma.

E você... o que, mesmo, fez pelo outro? Ah, criticou? Patético, neah..

Beijos!

Anônimo disse...

Oi, Lolinha

Revoltante demais! Mas também acho que não dá pra omitir que a esposa do cara, além de ser delegada de polícia, é delegada da mulher. Ela também é vítima do manézão, claro que sim, e precisa de ajuda. Porém, complicado essa mulher lidar com mulheres em situação de violência né. Justamente quem deveria ter a maior capacitação, conhecimento técnico etc, para lidar com esses casos tão comuns, mas peculiares quando comparados a outros crimes. Pegou muito mal pra ela.

A segurança foi muito firme mesmo, espero que esse cara se dê mal.

gabs

Cão do Mato disse...

O comportamento da esposa do cara foi vergonhoso... Um delegada de defesa DA MULHER fugindo como um rato daquela situação...E ainda tem gente com coragem de dizer que as mulheres é que são o verdadeiro "sexo forte"...

Anônimo disse...

Lola amei o texto sou cada vez mais sua fã.

b) Lola eu percebo que as mulheres conservadoras não ligam para outras mulheres mas querem vigiar as feministas percebo este fato no face pois adoro as páginas Não me Khalo e Feminismo sem demagogia é somente ocorrer um caso que envolva mulheres e de repente a página não tocou no assunto que começam as cobranças

Anônimo disse...

Hele Silveira, não te interessa o que eu fiz e faço.

O que interessa é que ela é uma DELEGADA DA MULHER, e não agiu como tal. O seu argumento de "você faz melhor?" não cola, não adianta se achar só porque é o máximo que você conseguiu pensar.

titia disse...

Reaçada quer que todas as mulheres sejam como essa que apanha e fica calada. Querem vítimas. Eles fingem que tem peninha e querem que elas chutem o canalha e sejam felizes, mas no fundo querem que as mulheres continuem assim, servindo de saco de pancada caladinhas. As feministas querem o fim desse esquema e estão conseguindo atrair pessoas e mudar leis. Então CLARO que eles vão pegar no pé das feministas; como sabem que não vão conseguir fazer com que elas voltem a ser amélias, tentam fazer 'má publicidade' do feminismo pras mulheres que ainda estão iludidas achando que agradar macho dá futuro. Não é nenhuma surpresa.

Mas deixa eu já avisar que não adianta, reaçada. Vocês estão caminhando a passo de elefante pra extinção, e vai ser maravilhoso quando finalmente sumirem.

titia disse...

13:55 o que você faz pelas mulheres agredidas?

Hele Silveira disse...

Rsrsrsrsrs....

Realmente as suas atitudes não me interessam, mas parece que você, sim, se interessou e MUITO pelo meu comentário, pois veio aqui para responder. Oh, como se doeu, rs...

Por que será? Rsrsrs...

Continue validando o que eu digo. Será divertido, quer dizer... para você, será patético, rsrs.

Beijos!

Anônimo disse...

Querida Lola, ainda bem que você tem paciência e força. Tem que ignorar mesmo esses reaças ridículos. Beijos e boas festas!

Anônimo disse...

Hele Silveira LACROU em cima do anônimo egoísta e preguiçoso (pois não se dispõe a fazer o próprio blog pra vir ficar dando pitaco no dos outros)
Não quer saber dos ataques misoginos por que não é com ele e acha que o que ele quer equivale ao que todos os leitores e a lola querem. Baixa a bola e seja menos egocêntrico, migo.

Anônimo disse...

Uai,mas foi uma delegada que lhe deu a chave.

Anônimo disse...

Cao da grama, mas as mulheres sao mesmo o sexo forte por que ter que aguentar e passar por tudo que passam nao e pra qualquer um nao. Voce pra desqualificar mostra a delegada de exemplo. Eu ja uso a firmeza da segurança.

Ate por que se for pra usar uma "fruta podre" pra condenar toda a arvore do lado dos homens o que nao falta e exemplo. E claro que ficam zangadinhos quando usamos falando que nem todos sao assim, mas sao os primeiros a generalizar quando se falam de mulheres.

Anônimo disse...

Questao aqui nao e se voce fez melhor, e se voce pelo menos fez ou faz alguma coisa pra criticar o outro.
Na vida pessoal ela realmente nao serve de exemplo, mas isso em momento algum e garantia de que ela nao ajudou milhares de mulheres que estavam em situaçao pior ou igual a ela.
Veja alem e perceba que ela enquanto esposa e delegada sao casos diferentes. Mas claro, que chega a ser chocante ela ter permitido que isso chegasse tao longe. Com sorte esse ultimo episodio vai fazer ela acabar de vez com essa situaçao.

Rodolfo Abrantes disse...

Quem está caminhando a passos largos da extinção são vocês.

Todo mundo sabe a real intenção de vocês, usam qualquer caso de agressão contra mulheres como plataforma para suas teorias do fim do mundo.


Homem que bate em mulher tem que ir para a cadeia e ficar lá sofrendo ate aprender.

Mulher que acredita no feminismo, deve ser banida da sociedade, porque um tem recuperação já o outro é um ser perdido.

Rodolfo Abrantes disse...

O que você fez pela mulheres agredidas, fica comentando em blog de esquerda de quanto você odeia os homens não é lá um grande serviço a causa.

Anônimo disse...

A guarda municipal/delegada QUE SE DEFENDA!!

Ela é mulher emponderada!
F*da-se

Anônimo disse...

essa titia é anormal

"Mas deixa eu já avisar que não adianta, reaçada. Vocês estão caminhando a passo de elefante pra extinção, e vai ser maravilhoso quando finalmente sumirem."

Aposto que essa titia odeia o capitalismo e o ocidente, essa infeliz.

O ocidente está se tornando cada vez mais de direita (Trump e etc.) pela SUA SOBREVIVÊNCIA.
Se fosse de esquerda, estaríamos sim em queda, do ocidente.

Vocês que estão perdendo. ABRE O OLHO E VEJA.

Luiza Bairros disse...

Perdido tá você "Rodolfo Abrantes"

Unknown disse...

Discordo. Os postos da titia são utilidade pública comprovada. Dá neles, titia!

Anônimo disse...

Helen maravilhosa, tirando masculino babaca (desculpe o pleonasmo) do eixo...

Anônimo disse...

Ao contrário, é um 'serviçasso'! Eis os motivos pelos quais a titia é prestadora de serviços públicos para o feminismo:
1. Responde com coragem argumentos covardes;
2. Ironiza como poucas, e mostra detalhadamente a violência de cada contradição machista;
3. Usa humor! Nada é tão diluidor dos preconceitos, do que um bom riso que evidencia o ridículo;
4. É solidária como toda e qualquer vítima;
5. É forte, é o espelho mais afiado que os mascu precisam enfrentar no blog, não foge de nenhuma discussão. Já os mascu...

Viva a titia!

Marcia.

Anônimo disse...

Sim, é anormalmente inteligente. Você precisou até mudar de assunto para responde-la, já que não tem, nem de longe, o conhecimento e a desenvoltura de debate para acompanhar. Chora na cama, que é lugar quente.

Anônimo disse...

Precisamos falar sobre o islamismo. Sou mulher,feminista e já chegou na hora de nos juntarmos contra essa praga. Não venham falar que "estou generalizando" porque a cada minuto que arrumam desculpas para esse estupradores as mulheres árabes e ocidentais sofrem por conta deles. Pesquisem sobre a Alice Schwarzer: Feminista alemã,escritora e nem por isso passa pano por cima dos refugiados e homens muçulmanos. Por favor, abrem os olhos.

titia disse...

Obrigada gente! :3 Obrigada Unknow, Marcia, 18:45. Preciso dizer que vocês são comentaristas maravilhosas? Mesmo se não precisar eu digo, vocês são ma-ra-vi-lho-sas! Adoro ver todas vocês mostrando umas verdades pra esses fedelhos chorões da forma brilhante como sempre fazem. Vamos todas juntas detonar a mascuzada?

Ui, a verdade dói Rodolfinho? Faz assim, primeiro você respira fundo, se acalma e bota gelo nas bolas. Depois você lê o que eu escrevi, lê todo o blog da Lola, lê os comentários brilhantes das outras comentaristas, pode ler até outros blogs feministas. Então você pensa no que te incomoda, faz uma autocrítica sincera, uma reflexão e VIRA GENTE!

Aí você não precisa vestir a carapuça e seu saquinho não precisa doer. :)

17:50 vê lá se eu tenho tempo a perder odiando todo mundo? Eu estudo, trabalho, corro atrás de professor, de colega de grupo, de material pros meus trabalhos, compro pão. Hoje mesmo passei a manhã num colégio onde tive que entrevistar a pedagoga pra um trabalho. Depois almocei e fui pro serviço. Ontem também foi da universidade pro trampo. Sexta passada, depois de sair do trabalho, eu estava rodando as bibliotecas da cidade pra pesquisar a bibliografia do meu TCC, e passei a tarde lendo esse material. Vê lá se eu sou piazinho de 30 anos sustentado pela mamãe que não faz nada da vida e tem tempo pra desperdiçar odiando os outros na internet!

Anônimo disse...

Rodolfo Abrantes, quais os seus pontos contra o feminismo então? Eu sou feminista e minhas questões são:
* Contra a prostituição e pornografia,mas tendo leis do estilo sueco
* Contra a radicalização do islamismo
* Contra a violência doméstica e a cultura do estupro
* A favor da educação das mulheres e uma maior entrada no mercado de trabalho
* A favor da criação de mais creches
* Contra a violência obstetra
* A favor do parto normal
* Critico a liberdade sexual falsa
* Critico a objetificação feminina
* Critico essa modinha horrenda de sadomasoquismo
* A favor de enaltecer e mostrar as garotas mulheres da história e da ciência que fizeram diferença.
* Não me considero de esquerda e nem de direita, acho que sou mais do centro,alguns tópicos de esquerda eu apoio e outros não, vice-versa.

E o restante das feministas,meus pontos batem com o de vocês?

Anônimo disse...

Lola, você poderia fazer um post sobre as cientistas mulheres do nosso país?

José Silvério disse...

Tudo isso é muito lamentável e vergonhoso! Enganam-se aqueles que pensam que feministas são um grupo diferente e desprezível de mulheres! Se o Feminismo busca a igualdade entre os gêneros, então, toda mulher do planeta é feminista! Todas, até minha vovozinha de quase 100 anos! Ela não sabe, mas é feminista! O que podemos fazer? Pelo menos pedir desculpas e elogiar a longa, dura e sangrenta trajetória! Uma das grandes qualidades femininas é a tenacidade, o que significa que, ao final serão vencedoras!

Anônimo disse...

Sua vovozinha defende que uma mulher pode ser feliz solteira, sem querer se casar? Era contra o estupro conjugal? Era a favor que a mulher saisse de casa quando apanhava?

Cão do Mato disse...

Pessoas fracas aguentam. Pessoas fortes reagem.

Rodolfo Abrantes disse...

Filha acorda para a vida, todo ser humano normal e reacional e a favor de tudo isso.


Só que feminista e um ser tão ordinário, que elas usam esses tópicos como forma de impor as suas teorias, que uma delas, o fim da masculinidade dos homens.

Querem transformar todos nós em seres castrados e submissos. Querem relativizar a sexualidade fazendo todos acreditarem por exemplo, normal um homem se relacionar com outro homem ou com ambos os sexos.

Anônimo disse...

Caro Cão do Mato,
Pessoas impulsivas, influenciáveis e inconsequentes reagem à agressões irracionalmente. Isso é babaquice! Isso é uma situação sem nexo!
Defender-se exige o mínimo de raciocínio, o que já anula a impulsividade. Atacar não exige.
Defender-se para se livrar do seu problema no momento certo é o que deve ser feito.
Acha que alguma vítimas de violência doméstica se importa se está sendo uma pessoa fraca ou forte? Eu mesma fui vítima de violência por muitos anos por parte da minha mãe. Uma violência descabida que quase me matou uma dezena de vezes, mas, por ser dependente dela, eu não podia reagir. Eu a permitia fazer o que quisesse comigo em silêncio, e o fiz até ter autonomia o suficiente para me tornar independente dela, o que mais lhe atingiu, pois agora ela não tem ninguém para humilhar, surrar ou descontar sua raiva.

Anônimo disse...

O feminismo é inerente à natureza feminina. É dificílimo encontrar uma mulher que gosta de ser submissa, que se sente a vontade ganhando salários mais baixos exercendo a mesma função, que adora apanhar em público.
Logicamente, todas as mulheres seriam extintas. Logicamente, todos os homens seriam extintos. Logicamente, toda a raça humana seria extinta.
Logicamente, a humanidade teria fim por causa do seu discurso de ódio raso e acéfalo!

Anônimo disse...

Cara, eu amo você!

Anônimo disse...

Calma, Mana, ele generalizou. Temos que pensar nas evoluções do feminismo de acordo com as mentalidades de cada época no caso em que ele colocou. Ele quis dizer que muitas mulheres concordam com tópicos basicos do feminismo, e acho que a avó dele achava estupro conjugal terrível sim, pois, mesmo que coloquem carapuças cristãs, as mulheres obviamente não se sentiam a vontade com essas situações e, se não tivessem sido ensinadas e obrigadas, desde pequenas, a engolir a cultura dominante, certamente se mostrariam contra isso de maneira clara.
O feminismo é um dos responsáveis da mobilidade da mulher dentro da sociedade, seja essa mobilidade social e intelectual. Dessa maneira, o feminismo tem sido gradativo e apresenta diferentes níveis em diferentes sociedades, e é devido a ele que hoje podemos nos manifestar sobre situações que simplesmente ignorávamos por nos terem sido impostas desde a primeira infância.

Anônimo disse...

A "lógica" machista é a pura inversão da verdade.

Ana Carolina Serrao disse...

Acho que em Curitiba não há metrô.

Anônimo disse...

Os homens não são a favor, tanto que o brasil continua sendo um dos principais países relacionados a tráfico de mulheres. A prostituição e pornografia aqui são legalizadas e além das feministas, poucos querem acabar ou pensar nos problemas que acarretam. Depois do ocorrido no facebook, a maioria dos anti-feministas são sim a favor da objetificacao feminina, são contra creches e apoiam que a mulher seja a escrava sexual do marido. Você que está sendo ordinário ao pensar que todas as pessoas racionais defenderiam os tópicos , quando você próprio não defenderia.

Anônimo disse...

Fiz os tópicos apenas para mostrar de cara o que fazemos e queremos, para que as pessoas normais e os vagabundos possam saber nossos objetivos, vistos que são idiotas o suficiente de não conseguirem ler os posts, juntar as informações e formular nossas ações.

Anônimo disse...

Aos que ainda questionam o que eu faço ou deixo de fazer, aviso: levar pro pessoal não me atinge, e vocês podem continuar com suas diversas teorias achando que lacram com alguma delas.

15:56, concordo com você, ela pode ajudar muitas mulheres (é o dever dela), só é absurdo que ela viva a situação que combate. Não estamos falando de uma coitada, mas de uma mulher estudada e com meios de parar isso.

Anônimo disse...

Estou pouco me lixando para os homens. Metade das mulheres estão se lixando também, como dizem as pesquisas em relação a geração Y. Elas estão cada vez mais ficando longe de homens misoginos, vocês apenas vão ficar sem mulher ao seu lado, qual o problema?

Anônimo disse...

Misoginos nem sequer acreditam na cultura do estupro, como podem ser contra? E todos os grupos anti-feministas estão agindo como galinhas, só das feministas serem contra uma certa ação já se colocam a favor sem pensar, a maioria são contra as mulheres trabalharem e fazerem especializações, chamando até mesmo as próprias anti-feministas de carreiristas, são contra o islamismo por caisa da religião ser diferente, usam a violência contra a mulher árabe como desculpa sendo que na realidade querem que todas as mulheres sejam umas merdas como elas.

Marcia disse...

Há vários feminismos na história, e acho que ver com olhos críticos as conquistas do passado é dever de quem quer levar a luta adiante. Mas gente, todo movimento é constrangido pelas amarras do seu tempo. Deixo aí o testemunho das mulheres da minha família (brancas, agriculturas, mobilidade social só nas três últimas décadas, da pobreza para classe média baixa).

Minhas avós, nos idos de 1950 a 1970, vislumbravam para as filhas duas, e apenas duas opções de vida 'autônoma' em relação aos pais: 1. ser solteira, mas entrar para vida eclesiástica - virar freira. Nessa opção, já que não existia sequer ensino médio gratuito para 70% da população brasileira, ser religiosa garantiria estudos gratuitos até a faculdade. Segunda opção, 2. casar-se e ser agricultura e dona de casa, dependente do marido, (nunca houve, na minha família, uma geração de mulheres que não tivesse dupla jornada de trabalho).

E olha que as minhas avós eram moderninhas, para época. Não escolheram os maridos das filhas, uma aceitou de boa que uma das minhas tias não casasse ou entrasse para a vida religiosa. Já que a regra era os pais 'preservarem a filha virgem' para casar com alguém que eles escolhessem... Brasil, interior, no século passado era oh, mega conservador.

Já fiz uma roda com as tias mais velhas e perguntei como elas avaliavam o casamento, e gente... de 7, 6 afirmaram com todas as letras: Mulher não deveria se casar com homem, dá muito trabalho e desgosto... Estou falando de senhoras que completaram 50 anos de casadas... e fazem essa avaliação do alto da sua maturidade. Não se diziam feminista aos 20, mas dão sábios conselhos feministas aos 80 anos.

Não derrubaram o patriarcado, mas brigaram ferozmente pelo direito de estudo das filhas, pelo direito ao divórcio, do mesmo jeito que a minha geração briga ferozmente por direitos iguais no mercado de trabalho, por outros valores nos relacionamentos, pelo fim da violência doméstica, etc.

É frustrante nascer constrangida pelo machismo, mas cada geração luta pelo que acredita e lega para seguinte tudo o que pode conquistar, que sempre é menos do que se desejava. Quem pega o bastão, é que precisa ir adiante.

Rodolfo Abrantes disse...

Você já fez várias postagem dizendo como os homens são cruéis e opressores e de como nos temos que nos comportar.

Parabéns por esta bucando conhecimento acadêmico pena que você vai usar nas causas erradas.

Você e só mais uma mulherzinha, que adora que vive reclamando do mundo, mais pouco faz para mudar essa realidade.


Você féministas são umas perdidas

titia disse...

Alguém mais aí achando que o Rodolfo Abrantes é ou a nova identidade do Leonardo Vieira ou aquele troll anônimo que vivia dizendo que as feministas estão "afundando o próprio movimento"? De qualquer forma ele não serve nem pra gente dar risada.

Rodrigo Almeida disse...

Tenho certeza q a Lola vai fazer um texto referente ao caso Murilo Cleto, e não vai passar pano por ele ser da esquerda.

Rodolfo Abrantes disse...

As pessoas serem contra, não significa que não exista. Outro ponto quem disse que defender a família e sinônimo de defender abusos de qualquer tipo a mulher.


Vocês feminista acreditam que tudo que não vai de acordo com pensam automaticamente e não serve, muitas vezes nem olha direito as pautas e lutas de grupos religiosos ou pró-familia .

A minha maior raiva e pelo fato de vocês tentarem impor seus idéias sem levar em consideração o desejo da maioria.

Mulher tem que ser o que quiser ser, não deve ser agredida, ameaçada, estuprada ou sofre qualquer tipo de abuso ou violência. Mais também tem que suas contrapartidas para a sociedade, sendo boas mães, esposas, trabalhadoras produtivas.


Mais o principal tem que entender seu papel no mundo, ou seja a de auxiliar do homem.
Não podem ficar questionando o papel que cabe ao seu gênero.

Anônimo disse...

LAVEM SUAS BOCAS ANTES DE FALAR DA TITIA, MASCUZADA DE MERDA!!!

Vocês podem ser felizes estuprando mulheres livremente, mas aqui no blog da Lola vocês choram, né??

Vai ter titia sim, podem aguentar!!!
Mulheres unidas são sempre mais fortes!!!!

Anônimo disse...

''Tem que entender seu papel no mundo, ou seja a de auxiliar do homem'' Ah mas vai tomar no meio do seu cu viu.A pessoa já vem pra um blog feminista pra dar uma respirada e tem que ler uma porcaria dessa.

Anônimo disse...

"Mulher tem que ser o que quiser ser, dentro do papel submisso que nós definimos pra vocês. E não pode reclamar e sair disso, porque senão tá errado".

Macho com pose de bonzão que chega pra ~botar a real~ mas fala merda atrás de merda, contradição atrás de contradição: até quando?

Como vcs querem que a gente considere o ponto de vcs, principalmente se a gente já ouviu essa merda mais de mil vezes?

José Silvério disse...

Imagino que a Lola, dona do blog, deve ficar muito ofendida com essa quantidade de postagens de anônimos malucos que vi por aqui!!!
Conheci esse blog há uns três anos atrás e depois não visitei mais. Lí muitos comentários retardados por aqui, imagino que sejam homens recalcados e medrosos.Claro que pode ser também uma mulher enraivecida com tanta baixaria, mas teve um ou uma, que citou meu comentário, que vou responder, mas só esse, viu? Trata-se do sr(a).Anônimo das 21,39 do dia 20.12.2016, ele(a) fêz três perguntinhas básicas e vou responder pela Vovó, porque, conhecendo-a muito bem, essas são as respostas dela, na lata:

a) Sim totalmente. Vóvo pensa que uma mulher, assim como um homem, pode ser feliz e realizada sem se casar!

b) Sexo só com consentimento de ambos, portanto, "estupro conjugal" nem pensar! Segundo a vovó, um estupro praticado pelo próprio marido é mais doloroso que o estupro comum já terrível. Então, se o marido quer fazer sexo à força, é estupro e ele deve ser enquadrado na lei pois está cometendo um crime hediondo! ( fiquei a pensar: será que tem muitos por aí?!!)

c) Segundo a vovó, no primeiro sinal de violência domèstica a mulher tem de sair de casa e nunca mais olhar na cara do fdp monstro! Tem de cair fora enquanto estiver viva!

Pois´é, vovó viveu mais de 50 anos com meu avô e quando ele era vivo formavam um casalzinho muito amoroso e bonito!

Anônimo disse...

Chupa o pai dos seus amiguinhos machos seu merda. Vai se juntar ao papado pedófilo se preza tanto a religião. Volte para o seu macho.

Anônimo disse...

O homem depende da mulher, mas ela não depende do homem. Isso é mostrado nas estatísticas de quem quer se casar (maioria de homems) e de quem quer se divorciar (maioria mulheres). Homem não sobrevive sem uma estúpida para limpar a bunda dele. Agora precisam mais é se fuder porque tirando a burra da sua mãe, só vagabundas vão querer um merda como você. Ou melhor, talvez nem mesmo elas queiram a sua companhia, por isso os mascus ficam chorando né?

Anônimo disse...

Meu papel não é ser auxiliar do homem, mas ser a protagonista da minha vida. O homem vai ficar sozinho sem ninguém, porque nenhuma mulher qie se preste vai ser uma vagabunda puta-escrava-dona de casa. Enquanto isso, eu vou arrumar uma namorada MULHER.

Anônimo disse...

Primeiramente: enfia o pau da vaspura no seu cu. Segundo, eu faço o que eu bem quiser seu religiosinho de merda, e você vai se submeter a mim, sua dona, zangaozinho imprestável. Depois que eu te esfolar, vamos ver quem é o auxiliar dessa porra.

Anônimo disse...

Tudo bem, obrigada.

Anônimo disse...

A) Lola gostaria de sugerir um post sobre a primeira modelo plus size que vai pousar para playboy

Anônimo disse...

No facebook, o MBL publicou um post no mesmo tom: "Disso as feministas/esquerdopatas não falam". Pior, na psicodelia argumentativa, ainda dão um jeito de responsabilizar as feministas por cada agressão de mulher.
Engraçado que as feministas fazem barulho enorme em casos de estupro. Tenho certeza que muitos têm repercussão pq as pessoas estão reverberando nas redes sociais e colocando pressão para que o caso se resolva. E quando tem isso, o que os reaças fazem? Campanha no twitter dizendo lutar contra o feminismo. Tiro e queda.
Tenho notado que a reaçada só se acha no direito de cobrar posicionamentos feministas - não por se preocupar de verdade com a vítima (estão se lixando para elas) para desmoralizar o movimento com essa tal de indignação seletiva que eles nos acusam mas praticam aos montes.
Passam a vida inteira xingando movimentos sociais, mas quando um negro (Holiday) ou mulher (Ju Isen) são atacados eles acusam de racismo e misoginia. Só nesses casos não é vitimismo.

Anônimo disse...

Fico pensando com meus botões sobre esses casais que ficam juntos tipo 30,40,50 anos.Acredito que alguns são realmente um sucesso.Com muito amor,respeito,união e amizade.Mas outros não sei não,as mulheres naquela época não tinham voz,muito menos opção de vida melhor que não fosse o casamento.Não existia outros modelos,onde quer que a mulher fosse era aquilo que todas viviam.Milhares delas deviam suportar situações que me fazem arrepiar os cabelos para se manterem tantos anos casadas para não serem taxadas de putas.

Anônimo disse...

"Querem transformar todos nós em seres castrados e submissos. Querem relativizar a sexualidade fazendo todos acreditarem por exemplo, normal um homem se relacionar com outro homem ou com ambos os sexos."

VISH Gente! Rodolfinho descobriu o plano nefasto do feminismo. Dá uma estrelinha para ele e para os outros 9778787672 machistinhas que descobriram o nosso plano de implantar a ditadura feminazi-gayzista-esquerdopata-comuna-travesti-preta-nordestina-bolchevique-ateia-candombleística-satânica. Descobriram os nossos planos contra os pobres omes heteros e brancos. Descobriram que iremos castrá-los e força-los a ficar em campos de concentração ouvindo Beyoncé e fazendo coreô. Descobriram que iremos forçá-los a participar de rituais satânicos do sagrado feminino, lavar as calcinhas das mulheres e os teimosos serão exterminados. Descobriram que queremos a extinção do sertanejo universitário, do sapatênis e do dialeto hetero como "top" e "sextou".

Rodolfo Abrantes disse...

E verdade assim como vocês descobriram o nosso

Sabe o plano maligno do homem branco hétero, de matar e exterminar todas a minorias, e criar uma raça superior. Essa teorias que vocês adoram espalhar pela internet.

Anônimo disse...

Se o sertanejo universitário fosse extinto eu realmente acharia bom kkkkkk

Anônimo disse...

Daí as pessoas dizem ''casamento antigamente durava mais'' claro, as mulheres literalmente não tinham outra opção, e quando raramente o faziam eram execradas socialmente pra servir de exemplo pras outras.Sem os anseios sociais acho que as mulheres dificilmente se casariam, dão muito mais do que recebem em troca sempre, são totalmente dedicadas aquilo, já o parceiro...Quando tem filho é pior, quando é agredida/traida se sente terrivelmente culpada por deixar o marido pois ira separar o filho do pai, ja que pai só é pai enquanto é conveniente.Casamento é a ruína feminina, sempre foi.

Ezco Musaos disse...

"Mais o principal tem que entender seu papel no mundo, ou seja a de auxiliar do homem.
Não podem ficar questionando o papel que cabe ao seu gênero."

---> Traduzindo: eu tenho a força! Eu posso determinar como as mulheres devem agir e pensar. Meu umbiguinho sujo é o centro do mundo.

Acho que isso aqui é aquele lixo do "leonardo vieira" atacando de novo mesmo...

Ezco Musaos disse...

"Sabe o plano maligno do homem branco hétero, de matar e exterminar todas a minorias, e criar uma raça superior. Essa teorias que vocês adoram espalhar pela internet."

---> Do homem hétero branco não, mas de projetos de nazistinhas feito você é um doce devaneio sim. Pode chorar.

Anônimo disse...

Eu quero que você me prove sem utilizar bíblia, que esses papeis cabíveis a cada genéro existe de forma natural tanto quanto a necessidade do ser humano de comer ou defecar. Lembrando que se usar os animais de exemplo, tem que provar que TODOS seguem esse padrão pra poder valer como prova. Muito fácil falar, quero ver provar sem usar um livro antigo como escudo.

Anônimo disse...

É aì Rodrigo, vai provar ou não o papel de auxiliar de macho da mulher? Lembrando que tem que ser de forma biológica e natural e não usando a bíblia como referência.

Anônimo disse...

Rodolfo Abrantes, mas esse plano de vocês já teve início a muito tempo com um cara chamado Adolf que viveu lá na Alemanha na época da segunda grande guerra.
(Lembrando os limitados: vocês estão falando de feministas e nao de todas as mulheres do mundo,certo? Eu tô falando de quem é machista e vê a igualdade como algo ruim, e não de todos os homens por que, acreditem, nem todos são iguais a vocês.)

Anônimo disse...

O Rodrigo é só mais um homem que não gosta que mulheres questionem as coisas justamente pra elas não descobrirem como são capazes e independentes mesmo sem um homem do lado, algo que não o beneficiaria.
Nada novo sob o sol.
Talvez nem ele perceba as próprias atitudes e as considere "naturais".

Anônimo disse...

Gente, a Titia é a Raven.

Rodolfo Abrantes disse...

E simples meu bem, os homens tiveram todo o trabalho de desenvolver a sociedade, tanto parte estrutural quanto na tecnológica.

As grandes civilizações, que existir durante a história é que foram de importantíssimas no desenvolvimento da humanidade foi construída com o sangue e suaor dos homens.

Enquanto isso vocês ficaram com a missão de criar os filhos e cuidar da casa. Aí no século 20 resolveram que queriam ser mais participativa no mundo, queriam ser mais que dona de casa.

Ok, e concordo que vocês tinha que parar com a vida mansa e ser mais produtiva, e havia espaço para serem preenchidos no mercado de trabalho. Mais dai vocês exigerem igualdade em tudo já um pouco demais.


O meu gênero construío tudo e vai ter se tratado da mesma forma que vocês que só ficaram assistindo. A não

O papel de vocês na divisão mudial do trabalho e nas relações afetivas já foram definido. Não adianta se revoltar e assim que as coisa são é pronto.

Antes que veia a titia ou outra maluca me chamar de misógino, não estou devendo estupro nem a violência contra a mulher, pois abomino e repúdio tudo isso, homem que estupra e bate em mulher tem mais é que morrer.

Só não concordo que vocês devam se colocadas no mesmo nível qeu agente. Vocês não fizeram nada para merecer isso.

Rodolfo Abrantes disse...

Interessante é que você mau me connhecer e são está me interligando com ele.

Então não vai se importar quando eu fizer o mesmo que você né. Pois se você se eu nazista você é uma feminazi.

E aí gostou???

Rodolfo Abrantes disse...

Olha que seu pseudônimos, naonda para saber se você é homem ou mulher. Um híbrido do dois vai saber hoje em dia tem tudo.

Maisse você for homem sua fala é fascista, além de você estar traindo seu gênero, tem tanto apreço assim pelas causas feminista faça uma cirurgia de mudança de sexo e vá para as fileiras dessas perdidas.

titia disse...

Unidas somos fortes 11:45 e a maior prova é justamente o Rodolfinho e sua trupe se borrando pateticamente de medo da nossa união. Vamos juntas detonar a mascuzada. Vai ter feminismo, vai ter 11:45, vai ter todas as comentaristas sim. E se eles não gostarem sempre podem ir chorar no colo da mamãe.

22:29 eu não sou a Raven não, mané. A Raven sempre assinou o nome e tinha um avatar, e ao contrário de você ela não é uma covarde bunda mole. O que acontece é que seu pior pesadelo se realizou, mascu: cada dia mais mulheres estão acordando pra vida e vendo que machismo não leva a nada. Eu sou mais uma dessas mulheres que acordou pra vida e não perde mais tempo jogando biscoito pra macho. Chore na cama que é lugar quente.

titia disse...

Rodolfinho, amor:

Primeiro: a sociedade que vocês tanto se orgulham de terem criado é uma bosta. E homens só inventaram mais coisas do que as mulheres porque impediram-nas de estudar e produzir conhecimento, reprimindo-as com estupro e morte. Mas mesmo com essa repressão violenta, temos mulheres brilhantes como Ada Lovelace, sem a qual o computador inventado por um homem não serviria pra nada. Temos também Marie Curie, sem a qual não existiria raio-x nem radioterapia. Ah, também temos Grace Hopper, Beatrix Potter-e como esquecer Stephanie Kowalski, que inventou o kevlar, material que produz desde os cintos de segurança que salvam vidas até a roupa do Batman? Ah, não esqueçamos também que foram as mulheres quem inventaram a agricultura, sem a qual os "bravos" caçadores morreriam de fome. E você, inventou ou descobriu o quê?

Segundo: maluco é o puto o que te abandonou, ok?

Anônimo disse...

"O meu gênero construío tudo e vai ter se tratado da mesma forma que vocês que só ficaram assistindo. A não"

Gente, os homi inventaram tudo enquanto as mulheres ficavam em casa fazendo unha né. E agora o Rodolfinho com esse papo de "meu gênero fez tudo e vcs não fizeram nada" ilustrando aquele negócio que mascu adora fazer: gozar com o pau alheio. Sacomé, o sujeito nunca inventou nada ou produziu algo que preste, mas quer pq quer cobrar pedágio das mulheres por usar as coisas que ozomi inventô. Ao que me consta os inventores não disseram: "pera, vamo inventar isso aque, mas só homem pode usar".
Filho, faz o seguinte. Funda uma terra onde você proíba a presença de mulheres já que nós somos parasitas do trabalho de vocês. Invente coisas, registre patentes e não se esqueça de deixar bem claro que não quer que nenhuma mulher utilize.

Anônimo disse...

Continuem lacrando muito em caixa de comentários, nenhuma mulher foi assassinada mais desde que as mulheres passaram a mandar os homens chorar mais...

Rodolfo Abrantes disse...

E uma bosta mais você aproveita cada invenção que elas desenvolveram, não presta mais duvido que abra dos benefícios que trouxeram

Anônimo disse...

Titia lacrou de novo. E não há nada que mascus possam fazer. Chola mais, chola

Rodolfo Abrantes disse...

Não faço ideia de quem você está falando mais se ele é contra o feminismo então é meu amigo.

Esse nome é pseudônimo assim como o seu, e uma homenagem ao vacalista da minha banda brasileira favorita(Raimundos) conhece?? Claro que não vocês esquerdista só escutam Chico Buarque, aquelas músicas chatas que é ele canta que só serve para fazer dormir.


Mais você é divertida sabia, você é culta e sempre me divirto com mulheres cultas, são como macaquinhos com skate, para eles não serve de nada mais para agente que vê e muito engraçado.

titia disse...

10:47 nenhuma feminista abandonou o movimento pra se tornar amélia desde que os mascus passaram a chegar aqui e dizer que não o feminismo não adianta...

Rodolfinho, amor, você não inventou nada, nem mesmo a cor das suas cuecas, portanto não pode se vangloriar de descobertas. Aliás, não vamos esquecer que um monte desses sujeitos na verdade assumiram as descobertas das mulheres-que o digam Laovisier e Einstein, hein? Que papelão, Rodolfinho.

Anônimo disse...

Mas essa cara é uma piada mesmo viu.Os homens desenvolveram uma sociedade baseada em violência, colonização, escravidao, subordinação das mulheres, guerras e morte.Nunca houve um acordo, os homens sempre subordinaram as mulheres às suas vontades por meio da violência, sempre impediram que as mulheres tivessem acesso a educação, ao trabalho, sempre fez com que ela fosse incapaz de viver sem um pai ou marido, pra depois esses merdinhas do sexo masculino vierem dizer ''Nossa, essas mulheres não ajudaram com nada'' claro, sempre que tentavamos vocês as estupravam, matavam, espancavam, prendiam, expulsavam de casa, etc.Aí depois de séculos quando finalmente nos libertamos o individio diz uma coisa, sinceramemte viu, vão à merda machistas.''Não concordo coma violencia contra a mulher, so nao acho que ela deve ter direitos''.Patético.

Anônimo disse...

O próprio wi-fi é uma invenção feminina.Sugiro que pare de usar já que esta colhendo os benefícios de uma coisa que seu gênero não inventou.Faça o mesmo com a agricultura e você será menos hipócrita.Apesar de todas as adversidades as mulheres fizeram coisas maravilhosas, coisas que um machistinha como voce nunca seria capaz.

Anônimo disse...

Olha, o Léo loser mudou de nome, que gracinha! Aprendeu a trocar o nome, mas ainda não sabe qual é a diferença entre "mas" e "mais". Sabe nem escrever direito e quer se vangloriar de invenções de outros homens. Que patético, Rodolfinho!

Rodolfo Abrantes disse...

Seus conhecimentos de histórias são excelentes, assim como a sua semântica.

Kkkk, querida não disse que eu inventei nada, falei que o meu gênero inventou, criou e desenvolvel.

Não disse que as mulheres não podiam desfrutar, e claro que todas essas criações foram feitas para a humanidade. Só que elas foram a custa do meu gênero enquanto vocês só acompanharam a onda.

Nós tivemos o trabalho de levar a civilização para o desenvolvimento que se encontra hoje, para vocês feminista poderem ficar brincando de fazer revolução. Até a democracia, e os preceitos de liberdade e igualdade foi criada e mantinda por nós.


Não tente discutir, com um representante da luz e da razão como eu

Eu, estou certo é você estar errada.

Eu estou no topo é você na base.

Continue com sua luta, você nunca vai ganhar mesmo, aliais proporciona momentos divertidos.

Anônimo disse...

Pessoas fracas julgam sem saber o que o outro passa, pessoas fortes respeitam e sabem se colocar no lugar do outro.

Anônimo disse...

KKKKKKKK esse babaca aí "em cima" é uma piada ambulante.

Rodolfo Abrantes disse...

Não sei acho que você é telepata ou futurologista, afinal consegue sabe que sentindo eu dou as minhas palavras.

Já expliquei o porquê do nome, e disse que não sou esse aí, mais sem conhecer já é meu amigo afinal já deu para ver que vocês não gostam dele.

Anônimo disse...

Quando a gente achava que os trolls do blog tinham chegado ao fundo do poço, vem umas figuras e mostram que é possível chafurdar na lama.

Vem cá Rodolfinho, quem foi que te deu o poder de falar por todos ozomi com essa palhaçada de "meu gênero fez isso". Fi, assim como as mulheres que vc está enchendo o saco, vc também usufrui das invenções de homens e mulheres sem contribuir para nada.

Anônimo disse...

Para um representante da luz e da razão estão faltando umas aulas de português né non?

titia disse...

Humm... ok, Rodolfo, você tem jeito pra ser o novo troll humorista do blog, mas precisa se esforçar mais. Suas piadas são velhas e repetitivas, seu amterial não tem nenhuma originalidade, seu português é péssimo, o jeito que você escreve é bizarro...

Quer saber, não, esquece. Você não tem graça mesmo. Vai brincar, totó, enquanto eu analiso uns currículos pra ver se alguém aí tem competência pra ser o novo humorista.

Anônimo disse...

Continuo achando que o Rodolfinho é o Léo loser. Seria muito triste dois analfabetos funcionais comentando aqui no blog. Bom, podem não ser a mesma pessoa, mas a burrice e o discurso de loser são idênticos.

Anônimo disse...

Não é assim que funciona não querido. Os homens não fizeram tudo sozinhos não, e se hoje querem a glória por terem feito a maior parte, fique você sabendo que isso só ocorreu por mulheres serem proibidas de participar. Então sim quero igualdade justamente por que o seu gênero impediu o meu de ter a mesma liberdade por tempo demais. É o mesmo que dizer que os brancos fizeram história por que foram mais ativos, quando é fácil ser mais "ativo" nas grandes façanhas quando a outra parte está acorrentada. O negro e a mulher agora tem que aguentar a piada de que homens que fizeram tudo no mundo. Muito fácil fazer isso com escravos na senzala e escravas na casa.

Pode chorar por que a verdade é que homens só conseguiram se consagrar por meio de exploração alheia. Não fosse as mulheres e os negros sendo explorados por trás, os homens branco ainda estariam na idade da pedra.
E só pra deixar claro, isso não prova de forma natural e biológica o papel da mulher nem do homem, o que prova que você não possui nenhum argumento válido pra essa afirmação.

Anônimo disse...

Mas rodrigo, você já faz isso de generalizar todas as feministas desde que chegou.
E pra piorar mostra sua clara falta de conhecimento sobre o que é nazismo. Chamar de feminazi alguém só mostra sua falta de conhecimento sobre o assunto. Você é só mais um daqueles que repete o que a galera fala no facebook.
Se te faz feliz, pode me chamar de feminazi o quanto quiser, uma vez que essa palavra não existe de fato e não possui o mesmo tom que o nazismo em si tem, ja que esse sim existe.

Quem é contra igualdade entre gêneros, raças e orientação sexual não tá muito longe dos ideais dele não hein. Se sentir superior era exatamente o que Adolf fez. Seus comentários falam mais de você do que pode imaginar.

Anônimo disse...

Eu não sei se dou gargalhadas com esse rodrigo ou se tenho pena. Deve amar demais o blog da lola.
Mas só pra te atualizar rodiguinho, os homens fizeram essas coisas que você fala, mas você NÃO. você pode falar da conquista do seu gênero e tals, mas fica um tanto patético você falar como se você tivesse tido qualquer participação nisso.
Quando alguém fala de feitos de mulheres e homens, a pessoa não fala como se tivesse estado lá não por que isso soa bem apelativo, desejo reprimido de ter feito algo importante na vida mas como não fez, pega os créditos de outro só por que esse também possuia um pênis.

Você pode falar que se hoje está na sua zona de conforto é por causa desses homens, mas você mesmo nada teve com isso. Aprenda e depois debata.
Ou não, por que eu certamente to me divertindo muito com você.

Anônimo disse...

Se a luta não vai dar em nada então por que se incomodar tanto com o que feministas pensam ou falam? Por que se dar ao trabalho de vir num blog feminista bater boca com as mesmas? Elas não vão ganhar mesmo, certo? Então pra que se incomodar quando você esta no topo, como voce mesmo disse?
Vou nem perguntar sua idade, você nao falaria a verdade mesmo. Só acho que quem não se sente ameaçado, não perde seu precioso tempo com o que não devia lhe afetar.

Anônimo disse...

"IMAGINA QUE LOKO SE A GENTE SÓ DESSE ATENÇÃO PARA O QUE AS GRANDES MULHERES DO MUNDO FAZEM E TIRASSE OS HOMENS DE TODO NOSSO PONTO FOCAL DOS DEBATES FEMINISTAS?

Eu imagino, e vcs?"

vai sonhando, amor... socialização é infalível. Só macho tem espaço dentro do neofeminismo2016 e quem não acha isso ok é chamada de "radical", tá certinho. E bora divulgar o que o Dado Dolabella fala, e bora divulgar o chan dos machistas, e bora divulgar os grandes feitos só que não dos homens, fodam-se as grandes mulheres.

Anônimo disse...

1) Não fazem mais do que a obrigação, se são feministas
2) Continuam se achando muito por mandar machinho chorar, que argumentão destruidor, nossa

Anônimo disse...

E como você luta com quem te ataca e quer te derrubar? Deixando ele te ameaçar e te difamar bem caladinha falando das coisas boas da vida?

Anônimo disse...

Pelo menos elas estão no ambiente próprio e não são pessoas sem vida que preenchem o vazio vindo xingar em blogs de ideias totalmente opostas às suas.

Anônimo disse...

Ninguém xingou ninguém, bjão.

Anônimo disse...

Lola... Episódio terrível essa agressão à guarda... Fico entristecido com a impunidade que ocorre num caso desses... Sabe Lola sou um homem conservador e não concordo de forma alguma com exploração ou agressão mulheres... Meu conceito de que a mulher é frágil e merece ser protegida e resguardada de toda e qualquer dificuldade fala mais Alto e muitos me chamam de machista por isso... Indago se zelar por sua esposa é machismo?

Anônimo disse...

Mascu das 13:34, mulher frágil é uma OVA.
Experimente fazer um teste de alguma tarefa difícil e vera que sua mulher é muito forte, e você nem sabia!!

Força não tem nada a ver com sexo, eu mesma conheço mulheres 10x mais fortes que qualquer homem, então pense muito antes de dizer que uma mulher é frágil.

É muito desaforo vir num blog feminista e dizer que a mulher é frágil.

Anônimo disse...

Não é desaforo, ele só está tentando ser polêmico com discursinho de tiozão do churrasco.

Anônimo disse...

Puxa... Me desculpem... Acho que me expressei mal... Não foi minha intenção depreciar as mulheres com minha colocação do "frágil".
Apenas queria mostrar minha indignação com relação à violência extrema com que a moça foi tratada... E pior... Pelo esposo de uma delegada que chefia o departamento de violência contra a mulher... Sendo ela mesma vítima de violência... Onde vamos parar...

Anônimo disse...

22:30,

Se expressou mesmo, e não foi só no "frágil", foi tratando mulher como objeto a ser guardado.

Melhore.