quinta-feira, 10 de novembro de 2016

QUEM SÃO ESSAS PESSOAS QUE VOTARAM EM TRUMP?

"Obrigado Jesus pelo presidente Trump": 81% dos evangélicos votaram nele

Publico aqui um texto da filósofa e teórica de gênero Judith Butler, que Aléxia Bretas traduziu e pôs na sua página no FB
Tem algumas coisas no texto que considero ingênuas -- a gente que milita na internet sabe muito bem do ódio de muitos homens contra o feminismo, por exemplo. Conhece esse ódio, porque somos seus alvos diários (Butler também é alvo, aliás). Mas temos sim que analisar a situação, para podermos mudá-la.
Nos EUA, protestos contra o resultado da eleição tomaram a rua. Lá, como cá (amanhã tem greve geral aqui), há gente que resiste.


Mulheres com Trump
Há duas questões que os eleitores da esquerda nos Estados Unidos estão se perguntando: quem são estas pessoas que votaram em Trump? E por que não nos preparamos de modo algum para este desfecho? A palavra “devastação” só começa a se aproximar do sentimento do momento entre aqueles que conheço. Não sabíamos da irritação generalizada contra as elites; da profunda raiva de homens brancos contra o feminismo e o movimento dos direitos civis; da desmoralização de muitas pessoas pela espoliação econômica. Não sabíamos como as pessoas estão contentes com o isolacionismo e a perspectiva de novos muros e belicosidade nacionalista. Esta é a nova “reação branca” (whitelash)? Por que não percebemos o que estava por vir?
Hispânicos com Trump
Tal como nossos amigos no Reino Unido após o Brexit, estamos agora céticos quanto às pesquisas: quem é sondado e quem não é? Será que as pessoas dizem a verdade quando questionadas? É verdade que a grande maioria dos eleitores eram homens brancos e que muitas pessoas de cor ficaram de fora? Quem é este público irado e niilista que prefere ser governado por um homem louco do que por uma mulher? Quem é este público que culpa a candidata do Partido Democrata pelas devastações do neoliberalismo e do capitalismo desregulado? Temos que pensar agora sobre populismo, direita e esquerda, misoginia – e até onde isso vai.
Eleitor de Trump: armas salvam vidas
Bem ou mal, Hillary é identificada com a política do establishment. Mas o que não deve ser subestimado aqui é a raiva profunda dirigida contra ela, em parte, como resultado de uma misoginia grosseira e de uma repulsa contra Obama, alimentada pelo racismo latente. Trump desencadeou a ira reprimida contra as feministas – configurada como polícia reprovadora –, contra o multiculturalismo – visto como uma ameaça aos privilégios brancos –-, contra os imigrantes –- retratados como um perigo à segurança nacional. 
De protesto contra a vitória
de Trump: Wall Street é o
inimigo, não muçulmanos
ou imigrantes
A retórica vazia de uma falsa força triunfou, um sinal de desespero ainda mais penetrante do que imaginávamos. Mas talvez estejamos diante de uma repulsa por parte de muitos homens brancos e também de algumas mulheres contra o primeiro presidente negro, associada à rejeição da possibilidade de termos, pela primeira vez, uma mulher presidente. Para um mundo que é cada vez mais incorretamente caracterizado como pós-racial e pós-feminista, estamos vendo agora como a misoginia e o racismo substituem o julgamento e o comprometimento com as metas democráticas e inclusivas – são paixões sádicas, ressentidas e destrutivas a conduzir nosso país.
Da resistência: Tentaram
nos enterrar. Não sabiam
que éramos sementes
Quem são elas, essas pessoas que votaram nele, mas quem somos nós, que não vimos o seu poder, que não antecipamos absolutamente isso, que não conseguimos entender que as pessoas votariam em um homem com um discurso racista e xenófobo, uma história de ofensas sexuais, exploração dos trabalhadores, desprezo pela constituição e pelos imigrantes, e um plano irresponsável de militarização crescente? Talvez estejamos protegidos contra a verdade por nossa própria forma insulada de pensamento liberal e de esquerda? Ou talvez tenhamos acreditado na natureza humana de modo ingênuo? Sob que condições o ódio e a militarização inconsequente foi desencadeada a ponto de influenciar o voto da maioria?
Queremos Trump e Construa o muro
(dividindo México e EUA)
Claro, ainda não sabemos que parcela da população realmente votou. Mas ficamos com a questão de como a democracia parlamentar nos trouxe um presidente raivoso e antidemocrático, e se nós agora temos que nos preparar para ser mais um movimento de resistência do que um partido político. Afinal, em um comício em Nova York esta noite, os adeptos de Trump descaradamente revelaram seu ódio exuberante: “Odiamos os muçulmanos, odiamos os negros, queremos tomar nosso país de volta” [Nota da Lola: Não há evidência de que isso realmente foi dito num comício, embora as evidências de ódio e preconceito dos seguidores de Trump e do próprio são abundantes].
Outdoor: "Vou comer vocês". Legenda: "Ele fala as coisas como elas são"
Veja aqui: 20 cartuns sobre a vitória de Trump.

171 comentários:

Anônimo disse...

LOLA, you live in DENIAL!

Anônimo disse...

"Quem é este público irado e niilista que prefere ser governado por um homem louco do que por uma mulher?"

Seria mais honesto: Quem é este público irado e niilista que prefere ser governado por um homem louco do que por uma mulher mentirosa compulsiva, desonesta, que adora uma guerra e que desmerece da dor de uma vítima de abuso de doze anos?

Anônimo disse...

Can't stump the Trump!

Isabella Melo disse...

Sou mulher, negra, feminista e bissexual, e me simpatizei com a vitória do Trump. Destruiu a mídia, os institutos de pesquisas, as elites, o mercado financeiro, as empresas multinacionais, e principalmente a ânsia do decoro burguês que está contaminando o mundo ocidental. E acho que poucos entenderam o motivo que levaram os americanos a escolherem Trump. A maioria dos seus eleitores têm consciência das bobagens que ele fala, mas admiram sua coragem em desafiar tudo a todos. O mundo não vai acabar, queridas.

Anônimo disse...

Tenho que admirar alguém que chegou tão longe, considerando que Trump começou a carreira com um pequeno empréstimo de 1 milhão de dólares.

Anônimo disse...

Lola, sua visão da realidade é muito distorcida você age exatamente igual aos fundamentalista religiosos.

Trump é um fanfarrão que fala bobagens mas ele em nenhum momento é racista. Que negro ele bateu, discriminou, matou?

Embora tenha um discurso machista. Você sabe muito bem que ele não estrupou nenhuma mulher e que tá bem casado e feliz no momento.

Ele é contra a imigração de muçulmanos? Eu sou negro e tbm sou contra. Tenho uma sobrinha pequena e só de pensar que se vivesse na europa ela poderia ser estrupadas e eu degolado caso tivesse um vizinho fundamentalista que por alguma razão quer imitar seu profeta.

Você agora é contra os evangélicos que falam mal do filho da vizinha gay mas vai defender a religião mais sexista que existe, se você tá satisfeita converta seu marido e boa sorte usando burca e dividindo ele com mais 3 esposas.

E eu sou xenófobo tbm dependendo da cultura, se os índios brasileiros tivessem sido xenófobos e tivessem expulsados os primeiros portugueses que pisaram aqui eles estariam vivos até hoje.

Mas na sua ignorância e ódio da civilização cristã que moldou o mundo de liberdade que vivemos, você acha legal abrir as portas pro islamismo e nunca mais teremos paz se isso acontecer e vamos viver como a Europa sempre esperando o próximo atentado.

O meu exemplo dos índios daqui ao abrirem as portas pros europeus é só um exemplo de como a imigração de uma. Cultura estrangeira é ótima sqn

Espero que fique feliz daqui ha 50 anos quando o Brasil ficar totalmente islâmico e toda liberdade que você sempre lutou pelas mulheres esteja abafada com todas sendo obrigadas a usar burca.

Observação não sou evangélicos nem católico estou apenas avisando o que vai acontecer no futuro próximo. Pesquise uma página chamada infiel atento e lei Islamica em ação pra você ver o que acontece na europa e a mídia não mostra.

Amigo sincero

Anônimo disse...

Eu não acho que essa estratégia funcione. Eu não acho razoável essa análise que todo mundo fez durante as eleições e esse disco que não muda. EU não votaria no Trump. Ele tem um discurso violento contra mulheres, negros, latinos e muçulmanos. Mas eu só votaria na Hillary contra ele, ou alguém como ele. Voto útil. Ela era secretária de Estado. Ela era extremamente violenta como tal. O governo Obama foi extremamente bélico, e se não me engano, seus drones mataram muito mais do que o governo anterior. Hillary é fã do Netanyahu. Hillary se comportou de forma vergonhosa em relação às mulheres que foram envolvidas em escândalos de assédio por seu marido. E tem gente que simplesmente acha esses atos piores do que as falas do Trump.

Eu não acho. Acho que se o cara não tem noção do que falar, e das consequências de sua fala, imagina o que vai fazer. Mas não acho que é possível fazer o que está sendo feito. Eu não sei se a rejeição a Hillary foi tão ignorante, tão sem fundamento. E não sei tem alguma utilidade insistir nesse estereótipo ao invés de entender DE VERDADE qual é o problema.

Anônimo disse...

A hillary só chegou onde está porque é mulher do bill clinton ?
Hoje uma colega na sala falou isso pra mim, e que ela é louca igual a ele. Essa minha colega é feminista mas hoje em dia parece que não é muito. Eu tbm não sou feminista porque sou homem.

Hillary tbm dava sinais de loucura e até defendeu estupradores, acho que uma mulher que diz que as maiores vitimas das guerras são as mulheres por perderem seus maridos e filhos desmerecendo a morte masculina, não vai ter simpatia masculina mesmo, sejam eles homens brancos ou não.
Tá complicado a situação, vc Lola é a única feminista que não tende ao radicalismo, pois lá fora a situação tá tensa.

Anônimo disse...

A Isabella falou tudo! Ele está looonge de ser um bom candidato mas quando penso sobre o histórico político da Hillary, os crimes acobertados dela e por ela, a menor empatia por vítimas de abuso como já comentaram aqui... Tbm sou mulher negra, não estou soltando fogos e fazendo buzinaço na Paulista mas simpatizei com a vitória do Trump.

Anônimo disse...

Vamos citar uma coisa, Trump concorreu a presidência pelo partido republicano, idéias conservadoras, pró-mercado, nacionalista, enquanto que o partido oposto, dos democratas é liberal, mais estado, mais a favor de políticas internacionais, e partido democrata detêm o monopólio praticamente absoluto dos votos dos negros, dos latinos, das mulheres, dos gays, dos imigrantes, vocês acham que o Trump iria tentar brigar contra o já consolidado partido democrata? Não, ele correu atrás de uma parcela não atendida pelo Obama em seu governo, o dos brancos, menos instruídos (leia-se, que não sofreram lavagem cerebral das universidades), religiosos, desempregados, etc, essa população, que representa uma grande parcela dos EUA foi o público alvo de Trump, enquanto Hillary ficava com o grupo dela Trump explorou um grupo inexplorado, e deu no que deu.

E pessoal, não, o Trump não é contra imigrantes, nem latinos, nem nada, em Maryland, estado do Albertinho Gazio ele relatou que a empresa de Trump, que constroi edificios por lá está usando mão-de-obra latina, ilegal, para levantar os seus enormes prédios e vocês acham que ele não tem conhecimento disso? A esposa dele é imigrante, ela já ficou fora de status nos EUA segundo alguns funcionários do governo.
O que ele fala é apenas para agradar as massas, o público dele, o cara é empresário, trabalha na mídia intensamente, sabe o que o público quer e sabe também sobre custos e lucro, mão-de-obra imigrante é mais barata e eficiente, você acha mesmo que ele é tão contra imigrantes como a mídia, a globo, falam?

Anônimo disse...

Brasileiro elege ex guerrilheira,ex presidente cassado, analfabeto e ex BB e que falar alguma coisa de eleitor americano/

Anônimo disse...

"E eu sou xenófobo tbm dependendo da cultura, se os índios brasileiros tivessem sido xenófobos e tivessem expulsados os primeiros portugueses que pisaram aqui eles estariam vivos até hoje." 17:39

Você chegou a frequentar a escola?

Anônimo disse...

O maior erro da esquerda pós moderna e achar que dá para dividir o mesmo mundo com reacionários , não dá! Tem gente que vale a pena o dialogo, outros tem que meter o pé na porta e fazer o que deve ser feito, não se esqueçam a revolução não e um "convite para dançar" e nem será televisionada.

Anônimo disse...

É simples saber por que alguém vota em alguém, ele crê, isso é um ato de fé, lembrando o Drummond e pensando em eleições, o que me espanta é alguém não saber que o povo do interior americano é isolacionista e contra as elite de Washington, hollywood e wall street.

E nas primárias já tínhamos visto, o Sanders foi melhor em quase todos os estados que as pesquisas diziam, a campanha dela foi toda calcada que ela tinha mais chances de vencer o candidato republicano, e contra o topete que ela era mais preparada.

Acho que li um dado que 10.000.000 de eleitores do Obama não votaram nela, ela é para o americano médio das médias e pequenas até entre eleitores novos, representante do "establishment" branco e fica em uma posição desconfortável quando fez ataques aquele ser, eles representam a mesma classe social, todos os dois fizeram universidades caras.

A tal retomada americana ocorreu principalmente nas grandes cidades onde mora os 15% que recobraram os ganhos, entre brancos e negros, tem dados que não sei se são consolidados, que aumentou a diferença entre extremos, principalmente entre os negros é a minoria hoje mais desigual, até pelas regras de identidade esse votante sente-se próximo ao Obama, mas não quer que continue a política que ajuda principalmente por uma pessoa considera-se superior.

Isso por que o interior americano ainda é muito religioso, são comunidades que se encontram todo fim de semana, quando alguém como chama seu vizinho de "desprezível", claro que se uniram, podem apostar que foi muito usado no fim de semana que antecedeu a eleição de terça.

Se alguém algum dia parou para conversar nessas cidades, vai descobrir que eleição para eles é uma briga entre brancos ricos, o próprio deputado por ser distrital muita vezes reforça com argumentos que passo para não causar celeuma nos corações das pessoas.

Tanto que a Hillary era tratada de Madame, saiu até na capa congratulando pela vitória na Newsweek, alguém acho que em Akron isso é positivo?

Mesmo entre os "Milleniuns" e centro urbanos, as denuncias contra ela eram muito pesadas, as últimas vindas do wikileaks foram usadas a exaustão por gente como Alex Jones, talvez o mais famoso desses programas de rádio.

A verdade é que Hillary perdeu pelos defeitos e não pelas qualidades do adversário, assim como seria se fosse o contrário.




Mya disse...

Quando vi no jornal sobre a Vitória de Trump, muito foi falado sobre uma " maioria silenciosa". Essa maioria seria de pessoas de diferentes níveis sociais que, por motivos pessoais, se omitem na sociedade, porém carregam consigo ( de forma oculta) seu racismo, preconceito e xenofobia.

A meu ver, Trump venceu justamente pq essa "maioria" que citei, enxergou no candidato o símbolo de todo o seu ódio. Ódio esse que eles não tem coragem de admitir, mas se sentiram representados.

O mesmo ocorre com os eleitores de Bolsonaro. Vêem nele a representação de todo o preconceito que carregam.

Partindo disso, acredito que seja muito real corrermos esse risco em 2018. Pq embora haja muitos mascus cagando pela boca na Internet, há muitos em silêncio, apenas esperando por um candidato que os represente.

Anônimo disse...

Okay, tudo bem. Hillary não é flor que se cheire.

Mas quem é que votaria em alguém que têm dado declarações abertas aonde defende medidas xenofóbicas contra imigração ?

Quem é que votaria em alguém acusado de ter assediado sexualmente pelo menos 15 mulheres ?

Quem que votaria em alguém que foi processado pelo Departmento de Justiça por racismo no ambiente de trabalho ?

Quem que votaria em alguém que esteve envolvido em pelo menos 3.500 processos jurídicos nas últimas três décadas ?

Entre ela e Trump... Eu ficaria com ela.

Anônimo disse...

Não é racista ?
Em 1973, a imobiliária Trump Management Corporation foi processada pelo Departamento de Justiça nos EUA por racismo. O órgão afirmava que a companhia não alugava apartamentos a pessoas negras. Funcionários do empresário confirmaram a acusação, testemunhando perante um tribunal que eram obrigados a enviar relatórios sobre a raça dos que se inscreviam para o aluguel e a desencorajar pessoas negras que queriam alugar apartamentos por meio da corporação.

Um dos ex-funcionários do magnata chegou a dizer que uma vez Trump reclamou de que tinha contadores negros e que não queria pessoas negras contando seu dinheiro. Anos depois, em um de seus livros, Trump disse que provavelmente teria realmente dito aquilo.

Em setembro deste ano, Trump disse acreditar que não existe mais racismo nos EUA, visto que um homem negro, Barack Obama, foi eleito presidente.

Não é um suposto estuprador ?
Durante sua campanha à Presidência, o candidato republicano foi acusado por 15 mulheres de tê-las assediado sexualmente. As declarações vieram após o vazamento de um áudio registrado em 2005 em que ele afirma que, por causa da fama, poderia fazer o que quisesse com as mulheres, inclusive beijá-las e "pegar em suas bocetas" sem consentimento.

Além disso, paira sobre o magnata uma acusação de ter estuprado uma menina de 13 anos de idade. A vítima, hoje adulta, não quis divulgar seu nome e, na útlima quinta-feira (03/11), quando decidiu se revelar à imprensa e explicar sua acusação, pediu para cancelar o encontro pois havia sido ameaçada de morte e estava com medo.

Mas que bom que você assumiu que é xenofóbico.
A Lei nº 7.716, de 05 de janeiro de 1989, em seu artigo 1º (com a redação determinada pela Lei nº 9.459, de 13 de março de 1997), diz que "Serão punidos, na forma desta Lei, os crimes resultantes de discriminação ou preconceito de raça, cor, etnia, religião ou procedência nacional". Portanto, claramente, os delitos tipificados por esta lei englobam a conduta de segregar estrangeiros, que vem a ser delito inafiançável e imprescritível (Constituição da República, artigo 5º, inciso XLII).

Tem certeza que a ignorância é da Lola ?
Ou é sua ?

"(...) ódio da civilização cristã" ? Cara, essa religião mata, segrega e escraviza. Você está pedindo respeito por isso ? Sério ? Os cristãos são tão piores quanto o islâmicos. Veja o passado da religião cristã. Veja os comentários que a maioria dos cristãos fazem. Depois venha me dizer que todos os cristãos "são gente de bem". Sabe, se religião (qualquer uma) for símbolo de paz, porque o extremismo religioso não é extremamente pacífico ?

O Brasil é um estado laico, que garante a liberdade de crença. Se alguém quiser ser islâmico, problema dele. Mas a partir do momento que ele quiser impor sua religião sobre "todas as mulheres" (como tu falou) - ele vai estar ferindo a nossa constituição e deve ser punido.

Sério que você sugere sites sensacionalistas ? Melhore nas dicas... Ou leia sites melhores. Até mais.

Anônimo disse...

Ué, não temos liberdade de expressão ? Os EUA comentam nos jornais situações políticas e econômicas do mundo inteiro - inclusive do Brasil. Porque não poderíamos fazer o mesmo ? Aliás, não somos os únicos a falar da situação política dos EUA. Pesquise notícias recentes de outros países e verá. Não vai doer, prometo.

Aliás, pelo menos não votamos em alguém racista, homofóbico, sexista, machista... Pelo visto, ainda assim votamos melhor que os norte americanos !

Anônimo disse...

A vitória dele foi um baile na mídia tradicional, foi lindo!

Anônimo disse...

Alguns adendos ao comentário acima:

"(...) civilização cristã que moldou o mundo de liberdade que vivemos." - HUAHUAHUA ! Essa era para rir né ?

Deixe-me ver o que ele trouxe de bom... Crença em seres maginários; apologias a escravidão, homofobia, xenofobia e machismo... Atravanca a ciência e o desenvolvimento humano e é o motivo de inúmeras guerras religiosas. Realmente, uma bênção para a nossa sociedade !

"Cultura estrangeira é ótima, snq" - Anh, você sabia que a esmagadora maioria dos produtos vendidos por aqui são estrangeiras né ? Você não consome nenhum, certo ?!

Anônimo disse...

"Aliás, pelo menos não votamos em alguém racista, homofóbico, sexista, machista... Pelo visto, ainda assim votamos melhor que os norte americanos !"


Eu também achava isso mas cada vez mais me convenço da força dos "silenciosos"... Se você perguntar se o candidato x é racista, homofóbico e sexista é óbvio que o candidato negará ou sairá pela tangente mas na verdade ele pode ser sim e com orgulho (dos que dizem praticar a dose de opressão diária e coisas do tipo). A verdade é que nunca saberemos... Igual os candidatos ateus que quando confrontados dizem que acreditam em Deus pq sabem que se declarar ateu é suicídio político. A diferença é que o Trump "assumiu" o que pensa através das declarações/gravações infelizes. O Trump só chegou chutando a porta logo mas não quer dizer que a linhagem de presidentes eleitos do BR não tenham sido racista, homofóbica, machista etc etc etc.

Anônimo disse...

Não vai acabar mais vai piorar, te garanto.

A vitória de Trump provoca uma volatilidade dos mercados causada pela incerteza das políticas internacionais de Donald Trump. Isso porque os mercados não conseguem prever o que ele pode fazer com a maior economia do mundo !

Além disso, historicamente, o partido republicano defende uma liberdade econômica, mas Trump não manteve essa lógica e propôs a renegociação de acordos definidos pelos EUA. Caso as ações anunciadas por ele fossem colocadas em prática, o Brasil poderia acabar prejudicado.

Trump é a prova viva de que nos “esteites” há imbecis tão ou mais prontos e acabados quanto os brasileiros que apoiaram o golpe contra Dilma – e que já começam (alguns) a pagar por isso.

Apesar de os democratas americanos estarem à direita da centro-esquerda brasileira, os republicanos estão à direita da direita da direita, sendo o presidente eleito dos EUA a expressão máxima desse conceito. Acalentam muitas teses nazistas e fascistas, para dizer o mínimo.

O que me impressiona nessa guinada das Américas para a direita, pois, é que ela ocorre após um longo período de bonança latina e de recuperação nos EUA, sob o governo de Obama.

Bush era ruim? Pois Trump é um Bush vitaminado. George Walker Bush tinha algum verniz civilizatório; Trump é um gorila. Vai bater primeiro e perguntar depois. Vai espalhar toda sorte de preconceitos pelo continente. Tempos obscuros se avizinham para a humanidade.

Oremos ou torçamos, porque não dá pra fugir do planeta (uma pena).

Anônimo disse...

Negra feminista e bissexual apoiando trump? Miga sua louca. Algo errado nÃo está certo. O mundo pode não acabar mas seus direitos -sim, Estados Unidos interfere no MUNDO todo- sim.

Anônimo disse...

Há homens brancos estão irritadinhos com o feminismo é?! Fod-$#, podem usar a politica mainstrean o quanto for, na hora da revolução homens brancos obsoletos não terão mais espaço no mundo para seu machismo nojento.

Anônimo disse...

A esquerda precisa parar com essa mania demófoba e de negação (a si própria) da realidade do que é a sociedade. Trump foi eleito por pessoas médias, com todos os seus medos, inseguranças e dramas, que perderam seus empregos e foram desfavorecidas, tanto no processo de globalização quanto pela recuperação econômica seletiva ocorrida nos EUA pós crise de 2008 e durante o governo Obama.
Quem elegeu Trump? Oras, a mesma maioria que anteriormente confiou a Obama a presidência daquele país... é uma pergunta que não faz o menor sentido, a não ser para demófobos que agora procuram um "culpado" para apontar o dedo e não ter de reconhecer que o governo Obama representou um desastre para uma parcela significativa da população e fracassou em encontrar alguma voz ou argumento que dialogasse com essa parcela e seus anseios/medos. Chutaram uma figura como Bernie Sanders para emplacar com uma mulher, que não é em nada diferente de um "Bush de saia", como muitos americanos assim a definem, e depois poderem vender o troféu do "olha, que bonitinho, agora temos uma presidenta!".
Falar em esquerda, neste momento, é bom para universitários, descolados, desconstruídos e outras coisas do gênero, de certa forma "alfabetizados", mas que sentem verdadeiro asco das pessoas ditas 'médias'. Então, ao invés de apontar o dedão para essas pessoas (que estão mais interessadas no pão sobre a mesa do que no tipo de cor usada em portas de banheiros masculinos e femininos), atacando disso e aquilo, vamos olhar para nós mesmos.

Anônimo disse...

Para se construir uma sociedade igualitária e progressista de verdade, o machismo, a misoginia, o cristianismo o racismo e a xenofobia devem serem classificados como movimentos de ódio, desconstruídos por uma educação embasada em conceitos de equidade e igualdade e criminalizados.

Anônimo disse...

Haveria volatilidade nos mercados depois de uma decisão desse peso seja lá quem ganhasse, é perfeitamente normal e sinceramente achei que as reações seriam bem piores mas nem, foi bem okei. Isso tende a normalizar. De boas.

Anônimo disse...

O mesmo pra você tbm. Claro que não seriam os mesmo índios né ignorante mas os descendentes deles seriam a população dominante com suas línguas culturas e religioes.

E a garota que me ameaçou de prisão é burra pra caralho tenho todo o direito de ser xenófobo ou seja ter medo de alguns estrangeiros, que é o que a palavra significa, desde que eu não vá discrimina los, xinga los ou agredi los.

Vê se cresce.

Anônimo disse...

Sou mulher, sulista, branca (aparentemente, pois não posso garantir que sou 100% europeia), e, se eu fosse americana, teria votado no Trump. Motivo: eu apoiava a onda do politicamente correto logo que começou, mas senti que foi ficando cada vez mais extremo, "banindo" coisas que me soavam tão banais de uma hora para a outra. Eu não era racista até começarem a forçar coisas como dia de consciência negra, 50% de cotas em federais e muitas outras coisas. No fundo, sempre tive um pouco disso. Eu cresci achando pessoas mestiças muito feias, por exemplo, sempre sendo mais a favor do "eu fico aqui com o meu grupo e você, diferente, fica ali com o seu". Hoje em dia prefiro que o outro grupo não esteja no meu campo de visão. O que mudou? Passei a frequentar recintos na internet que tinham pensamentos parecidos comigo e fui influenciada por quem era pior. Sinto muito. Isso me parece ser uma reação natural que muita gente tem/teve após essa onda de politicamente correto e é algo inevitável, infelizmente ou não. Eu adoraria ser uma pessoa que não se incomoda com nada ou ninguém, de verdade, mas não consigo.

Anônimo disse...

Os "democraticos" fazem um protesto contra um presidente eleito ecig indo shá saida. E quem destruiria as torres gêmeas foram muçulmanos e não homens pobres e brancos.

Anônimo disse...

Imigrantes mulcumanos e mexicanos invadem o país e impõem sua cultura e suas leis.

Anônimo disse...

Acho q a pegada do artigo da Butler não é defender Hillary.

É entender quem é o eleitor do Trump.

Quem o elegeu foi a América branca, homens e mulheres brancos. Susan Sarandon disse que não votava com a vagina. Sim Hillary é o estabilishment. Também como o Trump! Será que se ele estivesse trabalhando o tempo todo como Hillary em política ele nao faria as coisas que Hillary fez? Talvez pior? Ele nunca teve que lidar com isso. Como medir? Agora vamos ver.

Alguém disse aqui: “A meu ver, Trump venceu justamente pq essa "maioria" (silenciosa) que citei, enxergou no candidato o símbolo de todo o seu ódio. Ódio esse que eles não tem coragem de admitir, mas se sentiram representados.”

Então, a meu ver tb: é muito difícil pra nós mesmos encarar quando estamos confrontados com nossas próprias contradições. Não me sinto superior de que quem achou legal o Trump ter ganhado. Mas pra isso tive que desconstruir muito. E porque quis fazer isso: pra entender o que está acontecendo e tentar agir com mais equilíbrio.

Depois do que aconteceu nas eleições aqui no Brasil é lógico que a esquerda precisa ler com muita paciência esse fenômeno. Dá pra ver que há muitas contradições, erros e ressentimentos de todos os lados.

Arrisco ver uma similaridade com as eleições da prefeitura do RJ. A esquerda perdeu, errou, analisou e julgou muito os resultados - mas Ela tb foi julgada. Está sendo, e muito nas redes sociais. E serve a algo, seu desmonte. O voto evangélico fez todo sentido: a religião realmente está junto as áreas mais pobres. Tem sim um lado anti estabilishment da cidade partida do RJ. Claramente a Zona Oeste o elegeu.

Mas maioria dos votos foi de abstenções/nulos/brancos. Uma maioria silenciosa. Vi muita gente das áreas centrais e sul, as mais ricas, abster o voto. Por mais que elas digam e juro que tentei muito respeitar isso de que não queriam escolher, parecia surgir de repente um monte de anarquistas (justo nas áreas + ricas?) eu via mais uma atitude "lavo minhas mãos": Minha tese polêmica: abstenções deram carta branca pro continuísmo do estado de terror e segregação n rj através da bala (milícia) e conservadorismo (uso da bíblia). É tipo: abro mão do progressista pela “segurança” de manter a cidade partida e com “privilégios” assegurados. Culpando a esquerda fica muito mais fácil.

Anônimo disse...

Eleitores são xenofobicos, machistas e odeiam mulçumanos??? Esqueceram que os mulçumanos tbm são xenofóbicos e machistas? Põrran

Anônimo disse...

Qualquer um que ganhasse seria uma merda pq escolher entre Hillary e Trump é de cair o cu da bunda.

Anônimo disse...

Sim, por que o Trump sim tem empatia com mulheres e meninas abusadas e nao possui nenhuma acusaçao de ter cometido tal. Claro, certinho ele. Vamos ver ele realmente brilhar nesses 4 proximos anos. Sortudas voces hein. Negrase mulheres são as preferidas do trump.

Anônimo disse...

Não você não tem esse direito, tanto que isso é crime na constituição.

Cresça você e aprenda a se informar. Se voce vinhesse com esse discurso pra cima de um estrangeiro voce estaria bem encrencado.

Anônimo disse...

Grande piada mesmo um cara quenunca se envolveu na politica durante toda sua vida, e que não sabe gerir direito nem sua propria fortuna vai ser o presidente do país mais infçuente do planeta.
Esqueçam por um momento seu lado político. Ele não tem preparo NENHUM pra lidar com um país tão poderoso com os EUA.

Anônimo disse...

De uma a duas: Ou a esquerda ainda não percebeu ou não quer dar o braço a torcer de que esse discurso de "se você vota em João você é machista, racista, homofóbico, sexista, maquinista, eletricista, bicicletista...." não cola mais. A guinada da aversão do politicamente correto está sendo aderida pela população mais pobre porque na verdade as pessoas estão poucos se fodendo pra esse """"argumento"""", hoje em dia ninguém mais se ofende com isso Lola. A vida real é bem mais do que "ainnn odiador de mulheres!", elite x pobre oprimido. As pessoas estão preocupadas em trabalhar, colocar a janta na mesa todos os dias e ainda lidar com a sensação de terror pela violência.. Preocupação de ver seus filhos saírem pra estudar e trabalhar e não serem atacados na rua por vagabundos. Esses xingamentos não colam mais.

Anônimo disse...

"Quem é este público irado e niilista que prefere ser governado por um homem louco do que por uma mulher?"

Seria mais honesto: Quem é este público irado e niilista que prefere ser governado por um homem louco do que por uma mulher mentirosa compulsiva, desonesta, que adora uma guerra e que desmerece da dor de uma vítima de abuso de doze anos?



EXATAMENTE!!! Hillary desmereceu e atacou a nossa própria classe e depois teve a coragem de pedir voto das mulheres, negros e latinos. Tarde demais! Pra mim o que é o fim do mundo não é o Trump, o papa ou o Zezinho ter ganhado a eleição mas ver feminista defendendo um ser humano desprezível que desmerece e trata com cinismo a dor do abuso de uma criança só por ela ser mulher também, isso é o fim dos tempos. Se ela fosse homem aí seria o armagedom né, absurdo total, um um lixo de ser humano massssssss como é mulher ninguém comenta sobre. Não vi ninguém preocupada com as vítimas que ela desmereceu e silenciou a fim de passar a mão na cabeça de macho. Se fossem justas realmente não estariam torcendo nem dizendo que votariam em nenhum dos dois!!1

Anônimo disse...

Você não virou, mas SEMPRE foi racista. Isso não é ser "politicamente incorreto", é ser escroto mesmo.

Anônimo disse...

Mas quem é que votaria em alguém que têm dado declarações abertas aonde defende medidas xenofóbicas contra imigração ?

Quem é que votaria em alguém acusado de ter assediado sexualmente pelo menos 15 mulheres ?

Quem que votaria em alguém que foi processado pelo Departmento de Justiça por racismo no ambiente de trabalho ?

Quem que votaria em alguém que esteve envolvido em pelo menos 3.500 processos jurídicos nas últimas três décadas ?



Bem... Mais de 59 milhões de pessoas (?)

Anônimo disse...

Votou no Trump quem viu na Hillary a continuidade de um processo que está desgastado no mundo todo. Eu também não votaria nela, ficando sem opção de voto como fiquei nas eleições municipais de São Paulo. Tenho muitos amigos e colegas de trabalho norte-americanos, de várias etnias, que também não votariam ou votaram nela porque basicamente seu grande argumento de campanha foi "votem em mim porque sou mulher e não sou o Trump" e, em um eleitorado que não é obrigado a votar, essa conversa simplesmente não cola.

Uma grande amiga minha, negra, pais cubanos e nascida nos EUA falou com todas as letras que a Hillary não representava minoria alguma e que seus pares pensavam dessa forma. Os dados mostram que ela não estava sozinha nessa. Parece contraditório mas tem um contexto tremendo aí.

Então tá na hora de cortar esse papinho de inimigos, de nós vs eles, de fanatismo cego quase futebolístico e começar a entender que não, não foi o homem branco religioso fictício quem elegeu o Trump mas sim a incapacidade da Hillary de mostrar, afinal, a que veio naquele pleito.

Anônimo disse...

"Quem é que votaria em alguém acusado de ter assediado sexualmente pelo menos 15 mulheres ?"

Bill Clintou ESTUPROU uma mulher, a Hillary pessoalmente foi agradecê-la por ficar quieta e ele foi eleito presidente dos Estados Unidos. Como eu não duvido do relato de uma vítima de estupro, fica aí o questionamento sobre quem vota em quem faz isso ou apoia que se faça.

Anônimo disse...

NOssa amigo sincero vc arrasou. Nossa os comentários destruídores dos argumentos falaciosos da lola é a melhor coisa desse blog.

Anônimo disse...

Maioria silenciosa não venceu nos EUA, lá é muito diferente, é bem ruidosa, desde os mais mobilizados a estilo tea party até os ouvintes dos programas de rádio, existe muito trabalho comunitário, em alguns lugares vizinhos colocam ainda placas do apoio a seu candidato, quem assistiu Quarry verá que já ocorria nos anos 1970.

O que ouve é que as pesquisas e a grande mídia não captou esse fenômeno, eu acho que na verdade nem quis, o Nate Silver tinha escrito um artigo antes das eleições sobre as eleições e as convergências das pesquisas dizendo claramente que estavam guardando nas gavetas aquilo que parecia discrepante, até por que o histórico dessa eleição eram pesquisas muito diferentes entre si.

A maioria acertou na margem, errou-se sobre dois pontos, o colégio eleitoral e principalmente como se vota antes que aquilo era pró-hillary o movimento deste ano, em Ohio já se sabe que a % maior dos que utilizaram esse modo eram pró-topete.

A abstenção do voto negro é histórica, só Obama mudou isso, eles não se sentem representados por nenhum candidato branco, e elite negra que recebe a maioria dos benefícios sabe que ninguém vai mudar o estado de coisas, e ela vai continuar a lucrar, enquanto isso a desigualdade aumenta apesar de muitas vezes os recursos estarem lá, apenas sendo colhidos por uma pequena parcela desde 1960.

Uma das coisas mais complicadas de explicar para elite branca, é que não basta programas sociais que quem utiliza é seu vizinho ou amigo do seu filho, eles têm que ser efetivos para quem necessita, até aqui os números que vi os homens negros pobres jovens nem perderam tempo de ir as urnas.

Não existe força moral de um lado ou outro em eleições, existem recados, para quem não conhece as periferias é fácil por o dedo e apontar, mas lá eles sabem muito bem quais são os privilégios que temos, aqueles que consideramos direitos e quem paga são eles, vale aqui como lá.

Cão do Mato disse...

Que mulher Bill Clinton estuprou?

Anônimo disse...

PERFEITO SEU COMENTÁRIO.
É preciso parar para entender e com honestidade querer ouvir as respostas. Do outro lado existem pessoas, mas é mais fácil fingir que são todos loucos.

Porquê há LATINOS, NEGROS E MULHERES entre os apoiadores de Trump?

Sandra.

Anônimo disse...

A esquerda passa o tempo todo demonizando os homens brancos cristãos os tachando de monstros, depois fica surpresa em saber que os homens brancos cristãos não votam neles? Estranha logica.

E como feministas, afirmam que "todo homem e um estuprador em potencial" depois ficam pasmas em saber que os homens não se mostram favoráveis ao feminismo?
Vamos fazer um jogo Lola; Você e candidata a um cargo, me diz que eu homem heterossexual sou um monstro opressor, e depois me pede meu voto. Porque eu votaria em você?

Anônimo disse...

direita jamais consegue vencer uma eleição apelando pra liberalismo econômico, só defendendo pautas populistas e protecionistas (q eles mesmo dizem q é de esquerda, mas não perdem a oportunidade de usarem essas mesmas pautas pra tentarem vencer uma eleição)

De qualquer maneira, Hillary foi a verdadeira vencedora, teve maioria total dos votos, igual Al Gore em 2000, entrou o Bush, e vcs viram o q aconteceu

e essas pessoas dizendo q o trAmp é um sucesso, q sucesso??? O cara teve menos votos q a Hillária, teve menos votos q o mitt romney em 2012, q sucesso é esse? trAmp é mais fracassado q a hillary, venceu pq o sistema eleitoral dos eua é uma merda, e isso todo mundo sabe há tempos

Não acredito q o fator desse monstro falar as barbaridades q ele fala foi a razão dele ter vencido, como eu disse, hillary ganhou mais votos, e ele teve até menos q o candidato republicano anterior, mas sim... q em alguns estados chaves, o neoliberalismo NÃO COLA, estão todos de saco cheio de liberalismo econômico, esse foi o fator principal de ter levado trAmp à "vitória", o fato dele ser contra o mercado, direitistas rangem os dentes, rsrs

E ainda temos q levar em conta a demografia da população votante: pessoas com nível superior, jovens, mulheres, negros, latinos e outras minorias votaram na hillary, os estados mais ricos e desenvolvidos dos eua (califórnia, nova iorque e o nordeste) idem, não tanto quanto votaram no obama, mas ainda sim isso é representativo, pra vcs terem uma ideia de como brancos pobres, sem educação formal e dos estados do sul, são tão atrasados e vão continuar sendo estados pobres

titia disse...

Quanto mimimi de gente privilegiada, meu Deus. Pobres homens brancos héteros, tendo que agir como gente e tratar mulheres, negros e homossexuais como seres humanos! Pobres ricos, sendo obrigados a ver os pobres saírem da miséria! Pobres babacas escrotos, sendo obrigados a ouvir que são babacas escrotos! Pobres abusadores, sendo denunciados pelas vadias que não calam a boca! Que coisa triste né?

Todas as justificativas pra terem votado em Trump são mimimi de gente privilegiada se cagando de medo de ter que descer do pedestal. Um ou dois falam de incoerência política, ou de atitudes condenáveis, ou hipocrisia, o resto só quer continuar se achando casta superior e fodam-se as outras pessoas que estão sendo humilhadas, estupradas, sofrendo e até morrendo. Eles querem é ficar nos seus pedestais, e usam com orgulho o sangue das minorias pra pintá-los.

B. disse...

Esse post (e a vitória de Trump) só fazem eu concordar com um comentário que vi na internet: (vou parafrasear):

ACORDEM, O POVÃO É CONSERVADOR!

A esquerda fica aí, santificando "pobre", os oprimidos, mas são os mais conservadores!

lola aronovich disse...

Não, obrigada, anon das 11:24, não tenho nenhuma intenção de me candidatar a algum cargo. Mas vamos fazer um outro jogo: me diga onde no meu blog -- encontre um texto sequer -- em que eu digo que o homem heterossexual é um monstro opressor. Outro dia eu caí num blog mascu que tem dezenas de posts sobre mim, e em todos eles o cara diz que eu digo que todo homem é um estuprador em potencial e que eu odeio homens e que sou misândrica bla bla bla. Esse cara não lê meu blog, certo?
Outro jogo possível é que os políticos fazem sempre, e os poderosos conseguem se eleger à base de muito dinheiro. Tipo: gostaria de ver algum candidato a qualquer coisa defender a PEC 55. Quero ver o cara dizer que é bom e necessário pro país acabar com o poder de compra do salário mínimo e congelar investimentos com saúde e educação e aí pedir votos. Quem defende essa agenda econômica abertamente consegue se eleger? Ou ela precisa ser implementada através de um governo sem voto?

Anônimo disse...

59 milhões de pessoas, que diga-se de passagem, devem pensar e agir que nem ele.

Anônimo disse...

Sabe queridinho, existe algo muito pior que o preconceito: a generalização. E você acabou de fazer isso, olha que lindo !

Ao dizer que quem destruiu as Torres Gêmeas foram os mulçumanos, você coloca os tais mulçumanos com os extremistas - sendo que um não compactua com as idéias do outro.

Sabe, se você for analisar cada um - não dá pra generalizar.

Eu, por exemplo já conheci franceses cheirosos. Italianos que não comem pizza. Japoneses que detestam sushi. Conheci brasileiros que não gostam de pagode, nem samba, nem sertanejo e nem forró, são mais da música clássica. Conheci espanhóis que não curtem paella. Conheci chineses que fogem do yakissoba. Tudo isso para dizer que não dá pra generalizar quando falamos de um povo, uma nação, uma cultura.

Tomara que você tenha aprendido.

Anônimo disse...

11:49
os oprimidos não são os mais câncervadores, já os pobres depende, precisa haver uma análise mais aprofundada desse "câncervadorismo" de gente pobre, nem mesmo o trAmp é um conservador

a 11:30 disse TUDO, o fato do trAmp "vencer" (quem venceu foi a hillary) é devido províncias decisivas não aguentarem mais um governo neoliberal/pró-mercado, trAmp conseguiu se eleger nesses estados com um discurso anti-mercado e anti-liberalismo econômico, por isso "conquistou a vitória" de maneira bem apertada e com menos votos q a adversária, levou sendo contra os liberais e defendendo teses econômicas q a esquerda tradicionalmente defende

Mas é claro q os coxinhas do braZil, dos U$A e do mundo jamais vão admitir isso, jamais vão admitir q o povo NÃO GOSTA de liberalismo econômico, vão preferir depositar a "vitória" à um fator bem menos decisivo, o campo ideológico dos contra ou a favor do ~politicamente correto~, eles não querem ver q na vdd isso não tem quase nenhum peso, pq se tivesse, pq o Obama ganhou em 2008, 2012 e o Al Gore em 2000?

Isso é fato, a direita (todos já sabem) é cínica, má-perdedora, hipócrita e inescrupulosa, vão passar a vida creditando a "vitória" do bicheiro ("vitória" de alguém q teve menos votos q a adversária, uhum, só nos estados unidos mesmo) à xenofobia, ao racismo e etc. Sendo q os estados e as metrópoles mais ricas e desenvolvidas dos U$A q eles tanto amam: Califórnia, Los Angeles, São Francisco, Miami, Orlando, Walt Disney World, Nova Iorque, Massachussets, Boston, Washington D.C. etc. os paraísos da reaçada, votaram EM PESO na Hillary

Coxas entendam, o empresário estuprador, ladrão e corrupto só "venceu" pq ele pregou contra o seu adorado deus mercado, só por isso, e "venceu" entre aspas mesmo, pq só num país como os u$a alguém ganha presidência tendo menos voto q o opositor, parabéns estados unidos, o maior exemplo de "democracia" q vc respeita

GOLD bless america

Anônimo disse...

Quem votou no Trump são homens e mulheres que estão fartos das barbaridades da esquerda. No mundo todo está acontecendo isso. Gente, a Hilary perdeu pro Trump no voto das mulheres!!!

Anônimo disse...

Ai, que preguiça dá ler comentários assim... Você percebeu quanta burrice você conseguiu resumir em uma frase ?!

Estereótipos são assim mesmo. Trata-se de uma imagem mental muito simplificada e ignorante que a gente faz sobre um determinado grupo de pessoas. É a maneira fácil que encontramos para rotular os outros baseados numa visão etnocêntrica e individualista...

Mude o foco, meu caro.

Antes de generalizar o outro pense se você, um brasileiro, gostaria de ser rotulado como um homem que é malandro, que vive querendo passar a perna no outro, sempre quer se dar bem não importando a situação ?...

Pois é, no exterior somos tachados do "típico jeitinho brasileiro", como um povo alegre e receptivo (você mesmo prova que existe pessoas ccontrárias à isso) e sendo o eterno país do "Samba e do Futebol" - e olha que eu já conheci pessoas brasileiras que não gostavam de nenhuma das duas coisas... Logo...

Anônimo disse...

trAmp "ganhou" pregando contra o liberalismo econômico, contra o livre mercado, elogiando e puxando o saco do "socialista" Bernie Sanders (em alguns momentos o bicheiro até parecia q fazia campanha pro véinho "comunista") e o mais importante, lambendo as botas do Putin, mas nem por isso a direitalha vai chamar o trapaceiro (pq só num país como os u$A q o perdedor, tendo menos votos, ganha alguma coisa) de comunista, petista, esquerdista, paraquedista e etc.

Só observo

Anônimo disse...

Os mulçumanos tem a cultura e a religião deles. Claro que é machista, você já conheceu uma mísera religião que fosse feminista ? Ou melhor, que favorecem a mulher em algum momento ? Eu duvido que sua resposta seja que "sim". Porque até a religião cristã tem diversas coisitas no tal livrinho sagrado que são bem machistas, pior que os islâmicos - te garanto.

Um exemplo ? Leia 1 Timóteo 2:11-12.

Tem muitos outros pelo livrinho, mas não quero me prolongar tanto, tenho mais o que fazer.

Agora, se você vier me perguntar se devemos respeitar as religiões - já que quase todas são machistas (das 4.200 existentes deve ter pelo menos UMA que não submetem a mulher, ñ é possível)... Eu lhe digo que devemos - desde que sua religião seja apenas sua, sem você querer impor sua religião sobre os outros. E, aliás, sem comprometer os direitos humanos ou o Estado Laico... Afinal a religião serve apenas para uma pessoa aliviar suas angústias existenciais - só isso.

E se a pessoa, indiferentemente da religião que segue, decidir ser machista ou xenofóbica, beleza, desde que tenha em mente que ser isso é crime.

Anônimo disse...

"Sendo q os estados e as metrópoles mais ricas/desenvolvidas dos u$a e q eles tanto amam: Califórnia, Los Angeles, São Francisco, Miami, Orlando, Walt Disney World, Nova Iorque, Massachussets, Boston, Washington D.C. etc. os paraísos da reaçada, votaram EM PESO na Hillary"

Somaria aí: Colorado, Denver, Boulder, Chicago, Filadélfia, o Nordeste dos EUA, e até a mais câncervadora entre essas, a Virgínia; tb votaram em peso na Hillary, e ela venceu a maioria dos votos nos estados unidos

obrigado ~pais fundadores~, belo trabalho vcs fizeram com esse maldito e famigerado coNÔJIO eleitoral

Mulheres, pessoal com nível superior, negros, latinos, lgbt's, judeus, ricos e demais minorias, valeu, vcs não decepcionaram, vcs venceram e a Hilária tb, 400 mil votos a mais q a besta do apocalipse, isso não é pouca coisa

Anônimo disse...

De fato, mais de 59 milhões de pessoas. Você não acha isso, no minímo, preocupante ?

Eleger um presidente que tenha tudo isso como "histórico" ?

Anônimo disse...

Discordo. Você viu a resposta que deram ao Amigo Sincero ? Lacraram. Esses sim que são os melhores comentários do blog !

Anônimo disse...

essa análise da judith blatter é BEM RASA e superficial, já li melhores

e mais, a coxinhada chora quando seus candidatos pessedebistas perdem, e culpam os mais pobres por isso, agora comemoram a vitória do petista¹ "eleito"² pela massa pobre e ignorante q eles tanto criticam no braZil, a anômima q afirmou: "a direita é cínica, má-perdedora, hipócrita e inescrupulosa" disse a mais pura verdade, não dá pra esperar nada melhor dessa gentinha

¹petista sim, pq alguém q vai contra os ~ideias do mercado~ só poderia ser um "petista"
²eleita de fato foi a hillary

Anônimo disse...

engraçado 81% dos evangélicos terem votado em alguém q não é cristão, mas sim um adúltero, estuprador e envolto de escândalos sexuais, ao invés de uma metodista fervorosa

É, depois nós, a esquerda é q se somos "imorais", kkkkkkkkkkkkkkk

Anônimo disse...

Excelente colocação. Enfim uma análise nesse blog que foge dos chavões da esquerda para análise de tudo. Parabéns pela lucidez.

Anônimo disse...

Pra falar de "esquerda" nos EUA tem de ser um analfabeto político.

Anônimo disse...

"Quando vi no jornal sobre a Vitória de Trump, muito foi falado sobre uma " maioria silenciosa". Essa maioria seria de pessoas de diferentes níveis sociais que, por motivos pessoais, se omitem na sociedade, porém carregam consigo ( de forma oculta) seu racismo, preconceito e xenofobia.

A meu ver, Trump venceu justamente pq essa "maioria" que citei, enxergou no candidato o símbolo de todo o seu ódio. Ódio esse que eles não tem coragem de admitir, mas se sentiram representados."

claro!afinal, quem votou na hilary são pessoas do bem,quem pedem "mais amor e menos odio" no twitter,mesmo sabendo que essa mulher defende estupradores e terroristas.alguem aqui ja procurou no google pelo termo "lolita express",para ver a " santa" que a hilary é?

mas,entendo a afinidade de voces esquerdistas por esse "ser humano".Quem foi mesmo que defendeu na ONU,dialogo com o Estado islamico?

lembrei! Dilma rousseff.

Anônimo disse...

Vá la bobinha achando que ha liberdade num pais fundamentalista, basta eles serem maioria que elegem políticos e eles mudam a constituição rapidamente pra uma lei religiosa. Só pra te lembrar não há protestos feminista nos países religiosos nem mesmo coletivo, blogs etc

Paulo

Anônimo disse...

Metodista fervorosa uma vírgula, Pergunta para o podesta o jantarzinho espíritual que eles participam para vc ver se ela não é satânica. E no livro do Bill Clinton, ele disse que eles estão envolivos com o vodoo

Anônimo disse...

Praise KEK!
Next tagert: FRANCE KEK!

Anônimo disse...

Amigo sincero, faz um blog para vc! E o Spidey antifeminsta, cara faz um blog também vc é ótimo. Não para de proliferar canais no youtube de direita, tá na hora dos blogs. Esse aqui já é um cadáver, nem feminista vem comentar aqui HAHHAAHAHAHAHAH.

Anônimo disse...

Religiões que as mulheres são favorecidas wicca, asatru, todas as religiões pagãs, camdoble e até mesmo o catolicismo que venera Maria e várias santas quase como deusas, mas claro que uma religião onde a mulher é pura boa mãe e esposa mesmo sendo mãe de Deus pra você é desreitosa e ofende a mulher, pois bom mesmo é andar nua, beber sangue de menstruação, usar drogas e ser promiscua né mesmo?

Ana

Anônimo disse...

Se os índios tivessem sidos xenófobos e expulssassem qualquer português que tivesse chegado aqui hoje suas culturas línguas religiões e etnia estaria intacta kkkkkkkk

Lacrou mesmo

Anônimo disse...

Lola IXPERTINHA

Aprova o comentário e depois apaga, pra não mostrar a realidade das suas crias, pra deixar o bloguinho mais bonitinho.

Fique dentro desse seu mundinho. Não viva a realidade.

Anônimo disse...

Todo alarmismo dos esquerdista tbm são puro mimimi.

Anônimo disse...

Lola. Como alguém disse lá em cima, voce e uma excessos. Leio seu blog por isso. Você paga por uma maioria estridente e raivpra e por comentários no seu blog que as vezes nao sei e de feministas ou troll.

Anônimo disse...

Ue então quer dizer que trump é anti mercado então não passa de um esquerdista, vocês deviam tá comemorarando então ao invés de todo esse mimimi pois elegeram um esquerdista.

Anônimo disse...

Aceita que doi menos kkkkkk

Raziel von Sophia Imbuzeiro disse...

Oi, Lola, boa tarde. Deixei recado na tua caixa postal. Sinal do celular tá ruim onde estou, mas maia tarde nos falamos.


Boa tarde.

Anônimo disse...

"Pra falar de 'esquerda' nos EUA tem de ser um analfabeto político."

Para achar que Bernie Sanders não era de esquerda tem de ser um anafalbeto político.

Anônimo disse...

"Religiões que as mulheres são favorecidas wicca, asatru, todas as religiões pagãs, camdoble"

Wicca é uma religião machista... Divide todo o cosmos entre a Deusa (que representa coisas como proteção, fertilidade, etc.) e o Deus Cornífero (relacionado à força, guerra, etc.), ou seja, é uma religião que vende completos estereótipos de gênero e ainda posa de moderninha. Asatru é quase uma religião oficial para supremacistas brancos. Todas as religiões pagãs favorecem as mulheres? Não me faça rir... Só para não ir muito longe, veja só o culto de Jurupari, popular entre os índios brasileiros antes da chegada dos portugueses, em cujos ritos só os homens podem participar e se uma mulher sequer ver um dos seus instrumentos sagrados, deve ser morta.

Anônimo disse...

"Há homens brancos estão irritadinhos com o feminismo é?! Fod-$#, podem usar a politica mainstrean o quanto for, na hora da revolução homens brancos obsoletos não terão mais espaço no mundo para seu machismo nojento."

A maioria dos homens é machista, seja branco, preto, índio, asiático ou o que for.

Anônimo disse...

Eu não sabia que a constituição quer controlar até as emoções humanas como medo.

Ter medo é algo natural e tenho sim de algumas pessoas. O que não posso é discrimina los, xinga los, agrredi los.

Mas sou totalmente livre pra protestar contra a imigração desenfreada pra que meu país não vire mais um brasilistão da vida inseguro e cheio de atentados terroristas.

E por último não odeio ninguém, qualquer imigrante que de fato queira se integrar a cultura de meu país é bem vindo venha de onde vier.

Anônimo disse...

"Grande piada mesmo um cara quenunca se envolveu na politica durante toda sua vida, e que não sabe gerir direito nem sua propria fortuna vai ser o presidente do país mais infçuente do planeta.
Esqueçam por um momento seu lado político. Ele não tem preparo NENHUM pra lidar com um país tão poderoso com os EUA."

O fato dele administrar um negócio de sucesso já deu a ele muito mais preparo do que tinha Lula, Dilma, etc.

Anônimo disse...

Q bosta essa caixa de comentários, um bando maxos desocupados se passando por mulheres (negras, lésbicas), só faltam dizer q são cadeirantes tb

É vdd q o trAmp adotou um discurso anti-mercado, bem a contra-gosto dos direitistas aqui do sojil e até do próprio partido repubricânu (será q os monarkystas do brasil apoiam o partido repubricânu dos estados unidos? kkkkkkk), mas hilária clinton tb não era essa grande defensora do liberalismo, teve um momento q ela até baixou o tom pra agradar os eleitores do Bernie Genro (e é vdd, o trAmp dava muita moral pro véinho, kkkkk)

Moro em Washington há 4 anos, amo a capital dos EUA, e fico extremamente feliz em saber q o Distrito de Colúmbia sempre vota nos candidatos democratas, a Capital sabe o q faz, o fundão do sul NÃO, aquilo lá já é caso perdido

e 21:47, discordo de vc em partes, não tem haver com demofobia, pq os estados mais populosos dos states votaram na Hillary (Califórnia e Nova Iorque, por exemplo), tem mais haver com desigualdade, os estados mais desiguais e pobres (Alabama, Mississipi, etc.) não votam em democratas, eles não aturam liberalismo econômico, mas eu tenho pena deles, pq penso q o discurso anti-liberal do trAmp foi pura demagogia (o q a direita política é na essência: demagógica), assim q ele se sentar no trono de washington, continuará fazendo o povo lascado do sul engolir livre mercado, vai continuar intervindo em outros países (e a esquerda q via a chance no trump disso acabar, vai se lascar, kkkkk) e vai continuar sendo fantoche da elite, assim como ele era desd'a época em q apresentava programas imbecilizantes na TV, e o povo do sul nunca percebe isso, são burros, não a toa, responsáveis pelo voto expressivo no bicheiro

Anônimo disse...

Não existe religião compatível com o feminismo, a não ser as que são basicamente um feminismo "espiritualizado" (tipo algumas vertentes de Wicca). Para mim o ateísmo é a única opção compatível.

Anônimo disse...

Obrigado pelo elogio, mas eu não acredito nessas divisões não, prefiro o debate de ideias e entendimento mutuo com quem pensa diferentes.

Esse negócio de esquerda, direita já deu pra mim, uma empresa não vence se todos lá dentro viverem de disputas e panelinhas.

Acredito no diálogo e união pra construir um mundo melhor, mesmo que as vezes sejam necessárias conter o avanço de algumas culturas incompatíveis com a cultura ocidental.

Sou ocidental e temos que proteger nossa cultura, no momento isso é tudo que importa.

Amigo sincero

Anônimo disse...

14:09 catolixismo perseguiu as mulheres por séculos sua tonta, só agora pagam de "morais"

cristianismo é nojento, e islão tb, aliás, todas as religiões abraâmicas são

e não faz sentido vc criticar as mulheres q andam nuas, sendo q no início da frase vc elogia a wicca e outras religiões pagãs, vc é retardadO? e eu sei q vc é um maxo desocupado

14:03 mas o cristianismo tb é satânico, logo não há contradição, a igreja metodista, oriunda da reforma protestante, erigida por um patife chamado lutero, louco e epiléptico, via o demônio até debaixo da unha, acho q até adorava o capeta junto com o calvino, e q além de tudo era antissemita e influenciou hitler, está tudo interligado

Contradição mesmo é crentelho votar em omen estuprador, q trai a esposa, não vai a igreja e se casa várias vezes, kkkkkkkkk, quem é q defende a ~relativização da moral~ mesmo? Ah é, o trAmp, e os evanjegues corroboram

Anônimo disse...

Vai ver os estereotipos existem por serem verdadeiros, homens e mulheres são diferentes naturalmente, isso não quer dizer que as qualidades femininas são inferiores e vice versa. Seu problema é achar que sabe tudo que é superior a todas as culturas pagãs do mundo onde as mulheres exerceram um papel fundamental ou talvez porque odeia ser mulher e gostaria de ser homem.

Miga, se aceite ser mulher e ser feminina é algo lindo e maravilhoso mesmo que você seja lésbica.

titia disse...

14:05 você é patético.

Ana o catolicismo é desrespeitoso porque trata mulheres como seres inferiores, sujas, coloca nelas a culpa do pecado e interferem o tempo todo em direitos civis que não deviam ser da conta dele, como contracepção e aborto. Toda mulher que morre em aborto ilegal ou ouve que foi culpada do estupro que sofreu é por culpa da religião, principalmente catolicismo - que foi quem inventou essa história da mulher ser estuprada porque "tentou" o pobre bandido. Ah, não esqueçamos também os padres que saem por aí dizendo que mulher deve aguentar violência e apanhar do marido calada. Olha aí no seu discurso o machismo católico: que menstruação é coisa suja, que o corpo nu (da mulher, principalmente) é feio e vergonhoso - e não esqueçamos essa mania cretina de julgar mulheres pela sua vida sexual, coisa que você simplesmente não faz com os homens. O sujeito pode ter enfiado o pau em mais buracos que um tatu e você nem liga, nunca julga o caráter dele por isso nem usa a rodagem do cara como meio de desqualifica-lo como pessoa. A mulher? Deu pra um já é vadia que merece ser estuprada e morta. Sim, minha flor, o catolicismo É ofensivo e desrespeitoso pra mulher e ficar de mimimi não vai mudar isso.

Anônimo disse...

"Ue então quer dizer que trump é anti mercado então não passa de um esquerdista, vocês deviam tá comemorarando então ao invés de todo esse mimimi pois elegeram um esquerdista."

pois é senhor sabe tudo, nós deveríamos estar "comemorando", e vcs deviam estar chorando

uma, o trump não é esquerdista, ele ainda é direitista, mesmo sendo contra o livre mercado, é q todo político direitista sabe muito bem q defender liberalismo econômico é suicídio político, a direita como é expert em demagogia, adotou o posicionamento contra o livre mercado só pra ganhar votos dos q se fodem com o livre comércio, mas espera, daqui a pouco ele volta no q falou, e mete mais livre mercado guela baixo dos pobres lascados do cinturão enferrujado, amém

titia disse...

14:14 o Luisinho disse que você precisa voltar pra escola e aprender a escrever antes de querer falar em viver no mundo real - algo que você não faz aparentemente desde que saiu da barriga da sua mãe.

Anônimo disse...

Nem todos que votaram e apoiaram que hilary vencesse era por que eram a favor dela, mas sim por que eram contra trum ganhar, afinal que preparo político ele tem? Que experiência? Sem falar sobre seu posicionamento perante uma enorme parcela da população. Eu sou uma dessas. Mas pessoas limitadas que acham que tudo se resume a você ser de extrema direita ou extrema esquerda ou ser petista ou não, jamais entenderão pois são limitadas intelectualmente.
Teve quem gostava dela? Sim. Mas tambem tinha quem sabia que ruim com ela, pior sem ela.

Anônimo disse...

Claro, as pessoas, principalmente os americanos, devem aceitar a vitoria de trump que nem os brasileiros aceitaram a vitoria de Dilma que esta até hoje no poder. Ah não, esqueci da mobilização que teve pra tirar ela tingida de justiça.

Anônimo disse...

Só posso rir de quem acha que os Democratas são de esquerda. Se vê que pouco estudou política americana

Anônimo disse...

Mais uma mente limitada que resume tudo a ser de esquerda ou de direita, ainda mais lá nos states. Vale nem a pena debater já que seria o mesmo que falar com uma porta.

Anônimo disse...

Titia,

Adoro seus comentários. Você faz os coxinhas se borrarem todos, suas respostas são avassaladoras!

Bjos

Anônimo disse...

O anon de 14:21 deve ser daqueles que acha que se você é contra o impeachment ou contra o trump você automaticamente é um petralha esquerdista. Essa é a limitação da direita.

Hoje ta assim no brasil:
Esquerda = PEtista
Diteita = Bolsonaro2018

Por que claro que na mente desse povo só existe uma direita e uma esquerda e ainda acham que nos eua também era esquerda vs direita na disputa.
Kkkkkkkkkkk só rindo mesmo

Anônimo disse...

Ser mulher é maravilhoso sim, mas ser feminina é relativo.
E se é algo tão natural, como explicar culturas antigas em que saiam desse padrão? Nem todas as culras afirmam essa da mulher cuidar do lar e do homem ser o lider fodao.
Biologicamente podem ter diferenças, mas as pessoas gostam de vender como se houvesse mais diferenças do que de fato tem

Anônimo disse...

tá difícil para coxinhas do tipo do 19:08, nem as universidades americanas, harvard, mit, stanford escapam da "doutrinação", tá tudo dominado mesmo, coitado, não sobrou mais nenhum lugar pra eles kkkkkkkkk

Do mais, hillary foi quem venceu, realmente, só nos eua q o perdedor, o q levou menos votos, ganha alguma coisa, uma falsa democracia

Anônimo disse...

E o que Lula e dilma tem haver com o que falei? Ou só sabe argumentar usando alguem do pt a quem você julga que eu me importo?
E trump já declarou falência mais de uma vez, caso não saiba. Quantas vezes será que ele poderá falir os estados unidos até 2020, ano em que acho meio complicado ele ser eleito novamente.
Mas enfim, repito, ele não possui experiência política nenhuma para governar como presidente em um país tão grande e influente como os EUA.

Anônimo disse...

*declarou falência

Agora é ver se os Estados Unidos também chegarão no ponto de declarar falência

Anônimo disse...

A resposta para o título do post é simples: os adjetivos atribuídos ao presidente eleito, Donald Trump, só é validado por pessoas desprovidas de entendimento e poder analítico, como é o caso de pessoas que vivem em países subdesenvolvidos como o nosso. Aliás, estes movimentos sociais como o feminismo são, quase sempre, compostos por pessoas cuja definição se assemelha a assertiva citada. No afã de atribuir culpa a alguma coisa, distorceram até a definição original do termo "machismo" e insistem em "combatê-lo". Mas como se combate algo que simplesmente não existe? A prova do que estou dizendo está na própria eleição do Trump! Temos que começar a entender que, em certas atividades, a figura do homem afeminado nem a própria mulher quer! Vamos precisar de alguém que tenha pulso firme, coragem, que seja um guerreiro na exata acepção do termo e, estas características, são sim, atribuídas ao macho e, portanto, a definição mais , digamos moderna do vocábulo machismo, perante aos movimentos feministas, é aquela que o associa ódio ao ser macho e de tudo aquilo que remeta ao masculino. Mas a "ficha caiu", enfim e os americanos perceberam que precisam de alguém com estas características para liderá-los.

Rodrigo Almeida disse...

Ao q me consta, quando o Obama foi eleito, pessoas não foram até a casa branca protestar, fazer baderna, ou então convocar pessoas pra espancar quem votou no Obama, como aconteceu agora com Trump. Inclusive, tem até um vídeo de um senhor q votou no Trump sendo espancado por eleitores da Hillary.

Empatia e tolerância desse povo nunca existiu.

Anônimo disse...

Hillary tinha o tal do "preparo político" e carreira por milênios e quando fez algo foi merda atrás da outra. Adorava guerras e financiava terroristas. Se em 300 anos ela não fez nada que preste na sua carreira porque faria sendo presidente? Iria ser só mais um poste, não valia mais um voto de confiança. As pessoas estão cansadas dos "políticos profissionais", veja o """"gestor""""" Dória em Sp por exemplo. Com muitas aspas pq sei o jogo dele mas é fato que as pessoas estão com os dois pés atrás quando se trata de um candidato que ""trabalhou"" a vida inteira com política...

Anônimo disse...

Mas enfim, repito, ele não possui experiência política nenhuma para governar como presidente em um país tão grande e influente como os EUA.


E a Hillary possuía?



Agora é ver se os Estados Unidos também chegarão no ponto de declarar falência


Já estão falidos, não se recuperaram de 2008 ainda e a crise só estava sendo "sufocada"
por causa das eleições. 2017-2018 será um ano difícil pra galera dos Eua independente de quem ganhou. A economia de lá está bemmm ruim e a mídia não mostra mas os dados sim.

Anônimo disse...

foi a hillary quem venceu a eleição, donald é só um otário, vai destruir os usa, e acho bem feito

15:58 vitimismo, e vá falar isso pros eleitores do trump q agrediram os da hillary

Anônimo disse...

Mas eles já estão em crise.

Anônimo disse...

15:49 fala "bem", mas só fala bosta

ô seu otário, a maioria votou na HILLARY, esse gente retardada metida a inteligente nunca vai entender isso, só os fudidos e pobres votaram no trump, as províncias mais desenvolvidas, como califórnia e nova iorque, na hillary, o resto do white trash saudosistas do tempo da escravidão, no bufão cor de laranja, e isso não tem nada a ver com ele ser maxão, pq nossa, q maxudo, um gordo impotente, mal bronzeado, com um cabelinho liso de progressiva, cor de água de salsicha e estuprador, q exemplo de maxo, credo, quero distância, acho q até baba quando dorme, coitada da esposa atual. Isso já foi falado centenas de vezes, e eu disse q a direita nunca vai reconhecer isso:

NEOLIBERALISMO E LIVRE MERCADO não ganha voto

Anônimo disse...

os simpsons previram q o governo do trAmp será uma bosta tb

Anônimo disse...

perceberam q o comentário pró-trump do 15:58, não está em concordância com o do 15:49, prestem atenção:

15:49 diz: eleitores do trump são maxões, e q precisam de alguém tão maxo quanto eles para tosquiá-los, e o maxo perfeito para isso é um velho babão, obeso, falido, mentiroso, estuprador, q não sabe nem fazer um bronzeamento artificial direito, com certeza deve ter câncer de pele e de próstata, e deve ser impotente tb, a mulher magrinha q só, coitada, deve vomitar todas as noites por dormir ao lado de um crápula flácido até no couro cabeludo

já o 15:58 diz: coitadinhos dos eleitores do trump, tão fracos e oprimidos, apanham sem dó dos eleitores da hillary, os fortes e os valentões

Mas o q esperar de gente retardada q apoia um traste completo feito o bufão falido cor de laranja?

Anônimo disse...

Politicamente falando, sim ela possui. Independente de acharmos bom ou ruim as ações dela, ela tem sim experiencia no meio. Agora ele que nunca exerceu nenhum cargo ja é outra história.

Anônimo disse...

Acho que essa titia comeu algum cogumelo estragado.. Matar bebês por preguiça de usar camisinha, ou diu e pílula ninguém quer grande direito civil matar um inocente.

A igreja católica incentiva estrupo sério? Uma religião que diz que homens e mulheres devem ser puros e se casarem virgens. Sim o catolicismo e sua culpa é pros dois sexos e não só pra um.

Mestruacao pelo que eu saiba não é pra se beber, é fluido corporal assim como a urina, e quando se fala de mulheres andarem nua bebendo sangue de menstruação tem a ver com as bizarrices feministas que você chamam de performances artísticas e protestos contra o patriarcado.

Garanto que isso só leva os patriarcais e pessoas de bom senso a darem risada e questionarem o nível de retardamento mental de vocês.

No mais se informe melhor, o catolicismo só tem uma restrição as mulheres que é não puderem ser bispas, padres e papas e não é por maldade pois temos que seguir o que tá na Bíblia.

Então não julgue uma religião que tem como base o amor ao próximo como a si mesmo, e se em algum momento da história houve violência é culpa do falso católico que estava na liderança naquele momento, algo que os papas atuais já se envergonham e pediram perdão.

Mais humildade impossível. E você quando vai pedir desculpas por todo seu rancor acumulado contra todos que pensam diferente?

Ana

Anônimo disse...

Ser presidente não é brincadeira não e nós brasileiros sabemos bem disso. Se já da merda com gente preparada, o que dizer então de quem não possui preparo nenhum? Que venha a ser prefeito, ou até governador é uma coisa, mas presidente é bem mais sério. Ainda mais dos estados unidos.

Anônimo disse...

Al Gore eleito em 2000, Hillary em 2016, mas não tomaram posse, o povo americano sempre q pode despreza os canalhas repubricânus, a última q vez q venceram o voto popular foi em outra eleição apertada: 2004, de lá pra cá, derrotados todas as vezes

A aprovação do presidente costuma ser record só no primeiro ano de governo, mas o tramp mesmo tendo o congresso inteiro em 2017, vai ser ainda mais desaprovado do q já é, até pq, "ganhou" tendo menos votos q a adversária

guardem o q eu tô dizendo, essa onda câncerva e direito-populista não vai durar, é até 2018 e acabou, trump fará o pior governo da história dos u$a, mais pior q o do bush, prometeu combater o livre mercado, mas não vai nada, vai é meter livre iniciativa ainda guela baixo dos eleitores pobres e fudidos do norte e sul, vai terminar de acabar com a síria, e depenar o resto do oriente médio, salvem se quem puder

Anônimo disse...

Sério que vocês vão criticar ele por sua cor de pele, idade e gordura?

Ue, isso não é racismo, gordofobia e idosofobia.

Assim vocês se tornam igual a ele. Se querem criticar critiquem as ideias e comportamento inadequado do cara e não sua aparência física, lembrem se que você combatem os padrões estéticos da sociedade.

Anônimo disse...

Por esquerda você não estaria falando dos Democratas né? Por que isso seria a prova que você não entende nada de politica americana e tá querendo dar opinião sem fundamento nenhum. Alem de passar vergonha na internet, claro.

Anônimo disse...

Parabéns estados unidos, por darem a presidência à alguém q teve menos votos q o adversário

Só no país da "liberdade" mesmo

Anônimo disse...

Vai exercer o primeiro ué. Normal.

Anônimo disse...

Você tem todo o direito de ter medo, mas não tem direito de ser xenófobo. Desde que guarde na cabeça os pensamentos contra os estrangeiros tudo bem. Mas ao usar de discursos xenófobos, aí sim o buraco é mais embaixo. Se auto declarar xenófobo é que nem se declarar racista, por exemplo. Logo, cuidado com suas ações e falas.

Anônimo disse...

Hong Kong, número 1 do ranking de "liberdade" econõmica no rériteiji fundeichon

Cidade-estado mais globalista q essa não existe, afinal, como prega o liberalismo: o mercado não pode ser restrito, tem q abrir totalmente as portas pro mercado estrangeiro, mas quando uma potência como os eua passa a fazer exatamente o contrário, os direitistas e liberais parece q gostam tb, vai entender a cabeça desses esquizofrênicos

Aliás, eu já entendo, direitista/liberal não tá nem aí pra livre mercado, assim como 90% da população mundial, é só fachada, uma forma de descontar suas frustrações pessoais no estado malvadão, mas não se enganem, na primeira alternativa eles serão os primeiros a mamarem nas tetas do estado, olhem o "não-partidário" MBL, 'tão lá com a boquinha garantida no poder publico

E assim caminha humanidade, e tramp, o presidente sem ser eleito, fará o favor de afundar ainda mais a nação e o mundo

Anônimo disse...

Se a Hillary Clinton ganhasse já iria construir meu abrigo nuclear.

Anônimo disse...

11/09 - ataque as torres gemeas

09/11 - trump eleito

simbólico

sem q contar q é só mais um presidente sionista

Anônimo disse...

ng quer saber de catolixismo aqui não, religião nojenta q perseguiu mulheres e quem mais pudessem por séculos, eles têm até sua própria organização criminosa secreta, a opus dei

Pior q catolixismo, só o protestANTAísmo, a começar por lutero, ridículo antissemita e rosa-cruz, adorador do diabo q incutiu na cabeça do povo norte-europeu o liberalismo econômico, da qual o tramp conseguiu se "eleger" sendo contra, mas só da boca pra fora, se preparem galera do cinturão enferrujado, vai ser livre mercado guela baixo em vcs, custe o q custar, mas como não são muito instruídos, coitados, votam em algum outro repubricânu novamente, é SODA

E ainda falando sobre protestANTAísmo, Hitler só foi o q foi graças à Lutero, todos sabem

17:19 não sabia q laranja era a cor de uma pele

eua país da "liberdade", é uma piada completa, onde alguém pode se tornar presidente mesmo tendo menos voto q o adversário, tramp é o lixo do planeta

Anônimo disse...

Já começaram a pipocar comentários acerca da "ilegitimidade" da eleição do Trump, em uma alusão ao fato de ele não ter obtido a maioria absoluta dos votos. Queria ver se a Hillary tivesse ganhado em situação semelhante se esse argumento seria levantado aqui.

Anônimo disse...

catolicismo, a religião mais plagiadora da história, dá pra identificar 1000 mitos anteriores ao cristianismo anexados na ~igreja de roma~, não passam de antigos pagãos latinos cristianizados, lixo total

Papa, devolva os meus deuses e devolva os meus mitos

Anônimo disse...

"Se a Hillary Clinton ganhasse..."

mas ela ganhou

E pode preparar seu ~abrigo~ querido, nenhum republicano pestanejou em entrar em guerra e invadir algum país,

essa gente iludida com tramp, achando q ele é bonzinho, como vcs são facilmente manipuláveis

titia disse...

Obrigada, 15:22. :)

Ana, meu amor:

Embriões não são bebês. Falta-lhes algo fundamental pra serem bebês, algo conhecido como cérebro. Sabe, aquele órgão que te faz pensar, sentir, sonhar, raciocinar, ter consciência, enfim, aquele órgão que te torna humano e é tão único e vital que simplesmente não pode ser substituído, e se ele parar o sujeito está morto? Embriões não tem isso. Portanto, não são bebês. Abre o livro de biologia da quinta série e dessa vez LEIA que você vai entender a diferença.

A igreja católica ainda espalha por aí essa de mulher atrai pra si desgraças porque "tentou" o homem. Aqui no blog tem um post sobre o padre Fábio de Melo dizendo isso. Não esqueçamos também o bispo que excomungou a mãe de uma menina de 9 anos que foi estuprada pelo padrasto, engravidou e teve que fazer um aborto ou ia morrer. Ah, o bispo excomungou os médicos que salvaram a vida da criança também. O estuprador pedófilo? O bispo nem penitência deu. Isso se chama passar a mão na cabeça de estuprador e incentiva o estupro.

E não esqueçamos também o papa proibindo camisinhas na África, o continente com o maior índice de AIDS no mundo. E essa cobrança de pureza a qual você afirma ser pra ambos os sexos... não colega, não, não é a mesma coisa. Afinal, homens que transam fora das suas regrinhas nunca foram comparados a laranjas podres e água escarrada como padres e pastores já fizeram com mulheres. Não seja mentirosa que isso é muito feio.

Juro que se descobrirem que você é homem eu não vou duvidar. Menstruação não é igual a urina, flor. Urina carrega substâncias tóxicas e nocivas fruto da digestão e da filtragem do sangue pra fora do organismo; menstruação é somente sangue. Não é suja nem impura nem pecaminosa; é só um pouco de sangue. E se você se revolta com gente bebendo menstruação, aconselho que prepare suas armas e saia à caça dos homens que tem fetiche de beber menstruação - sabia que isso existia? Tem muito homem por aí que goza bancando o vampiro.

Cada um protesta como quer, amor. Ao contrário de você, das igrejas e dos outros machistas, essas mulheres não prejudicam ninguém. Essas mulheres ainda são gente mil vezes melhor que você. E não, vocês não dão risada. Vocês fazem escândalo, birra, batem o pé, choram e exigem que todos se adequem às suas visões tacanhas e primitivas de mundo. E nós rimos da infantilidade patética de vocês, que depois de burros velhos e barbados se comportam como como uma criança de 6 anos que se joga no chão, esperneia e chora porque a mãe se recusou a comprar um brinquedo.

No mais pegue sua religião e recolha-se à sua igreja com ela, pare de impor seus dogmas medievais pra quem não tem nem quer ter nada a ver com sua religião hipócrita cuja história é mais manchada de sangue que a do nazismo.

Se sua religião realmente tivesse como base o amor ao próximo como a si mesmo, o mundo não estaria essa merda que é hoje. As mulheres não morreriam de aborto clandestino, os homossexuais não sofreriam desprezo e violência, os adeptos de religiões não-cristãs não seriam perseguidos e agredidos, as crianças não seriam estupradas por pedófilos que sempre são protegidos pela cúria.

Mais arrogância e tirania impossível. E você, quando vai pedir desculpas por todos os homossexuais espancados e assassinados, todas as crianças estupradas e órfãs, todas as mulheres agredidas e violentadas pelos maridos, todos os não-cristãos desprezados e apedrejados, todas as pessoas HIV positivas infectadas porque seu vigário de Cristo na Terra proibiu camisinha? Quando vai pedir desculpas por ser um desperdício de água, oxigênio e comida que não tem nada de bom a oferecer pro mundo?

E quando vai pedir desculpas por usar a desculpa mais velha, furada e imbecil do mundo, a do "falso católico"?

Anônimo disse...

Entre uma pessoa com experiência política que adora uma guerra e financia terroristas à uma pessoa inexperiente, fico com a inexperiência. Sem dúvidas.

Anônimo disse...

Se prepare mesmo assim. Ela ou o trump é quase certo que vai ter bomba, infelizmente.
Só o que muda de um pro outro, é quem que vai lançar.

Anônimo disse...

Esses mascus/racistas que criticam tanto o aborto eram os que mais deveriam idolatrar os islâmicos. O paraíso deles cristão-medieval acabou e o cristianismo-medieval era exatamente igual ao islamismo atual que eles dizem tanto odiar.

Anônimo disse...

Exatamente. Imagina então a crise que terão com alguém despreparado no poder, se com quem entende já aconteceu o que aconteceu com a economia deles. E o resto do mundo vai pagar junto.

Anônimo disse...

Eleita à que criatura. Inventaram o ganhador mitam? A miss simpatia das eleições?

Anônimo disse...

O trump usou os fanáticos cristãos como massa de manobra, ele acha essa corja é muito da cafona isso sim, os USA sabe que colocar poder nas mãos desses fanáticos é um atraso de vida e não tem como um país ser desenvolvido nas mãos de fanáticos religiosos, de qualquer religião. O mesmo para esses ogros racistas e misóginos semi-analfabetos de lugares mais interioranos tbm. O trump pode ser racista, misógino e tudo isso, mas sabe que a maior parte desse tipinho de gente são um atraso de vida.

Bizarro foi uma racista que se diz da região Sul usar o dia da consciência negra para justificar o aumento do racismo dela.

Anônimo disse...

Titia, por favor explica para esse povo como funciona o sistema de eleição americano para ver se param de passar vergonha nos comentários.

Anônimo disse...

Ana, talvez a titia mude esse pensamento no dia que os que pensarem diferente pararem de querer impor suas opiniões pra todo mundo como a única verdade absoluta do universo.
Alguns lutam por liberdade de escolha e ser quem quiser dentro do seu direito sem afetar o outro, já outros lutam por ideais que fazem questão que todos sigam, uns querem a liberdade individual, outros querem a liberdade individual que afeta todo um coletivo.
Exemplo: a liberdade de amar e casar com quem quiser, uns querem apenas isso, uma coisa que atinge apenas os envolvidos, outros não acham isso legal e querem afetar quem nada tem com suas vidas enquanto pessoas. Falamde influência, mas desde que sejam influencias que vão de acordo com o que acham certo e natural e que esteja na biblia (que diga-se de passagem, nem todo mundo tem a obrigação de seguir) então tudo bem.
Tem muita coisa que vai além de simplesmente pensar diferente.

Anônimo disse...

Seguir a bíblia não é uma obrigação que todos temos que ter. Se tem quem não siga, deixe que a pessoa se entenda com Deus no dia do juízo final. Se Jesus falou para não julgar, sendo ele o maior representante de seu Pai, quem somos nós para ir contra e julgar alguém que abortou ou que não segue nossa doutrina? Que essa pessoa se entenda com Deus. Vivemos em sociedade e precisamos de regras dos homens sim. Mas temos que saber separar um do outro.
E não venham com assassinato e aborto junto no mesmo pacote pois é desleal com Deus, já que querendo ou não, um é um ser nascido com direitos e deveres e o outro não, nem mesmo registro como cidadão possuidor de direitos ainda o tem.
Caso queiram mudar isso, briguem com o governo pois uma vez que o feto seja cobsiderado um igual aí sim poderemos nos manifestar contra com toda razão.
Eu jamais abortaria. Mas sei de mim e minhas escolhas. O outro, que se entenda com Deus por ter seguido ou não suas doutrinas.
Se Deus, aquele em que acredito, nos deu o livre arbítrio para nossa vida, quem sou eu para lhe dizer que ELE estava errado e privar os outros disso.

Anônimo disse...

18:15, isso jamais aconteceria, pq democratas quando vencem, sempre vencem com a maioria dos votos, já o mesmo eu não posso dizer dos repubricânus, bush e tramp q o diga

Anônimo disse...

Ou não. Ele pode surpreender de forma positiva e os próximos anos não serem o armagedom malvadão reptiliano.

Anônimo disse...

Eu fiquei muito triste com a derrota imerecida e injusta da Hillary Clinton, todos nós sabemos q sim, ela ainda não era a opção ideal, não era uma revolucionária e nem mesmo de esquerda, mas tb ela não era esse monstro q os eleitores do tramp e indecisos pintam, ela foi uma ótima primeira-dama, foi uma ótima senadora, eleita duas vezes para o cargo, na segunda levou ainda mais votos, cometeu erros como secretária de estado, mas no lugar dela, qualquer um teria feito a mesma coisa, sim, ela não é perfeita, mas ela tb não é preconceituosa, nem nada disso q acusam ela de ter feito no passado, foi uma "derrota" lamentável, "derrota" entre aspas, pq no fundo, o mundo sabe q alguém q ganha 400 mil votos a mais, não pode ser considerada "derrotada"

Um texto brilhante do Michael Moore q eu compartilho com vcs:

"Diga esta frase a todos q vc encontrar hj: 'Hillary Clinton venceu o voto popular', a maioria de nossos parceiros estadunidenses preferiram Hillary ao invés de trump. FATO. Se vc acordou pensando q vive em um país ferrado, não pense isso. A maioria de nós americanos quisemos Hillary, não tramp. A única razão dele ser presidente é por conta de um arcaico e insano sistema do século 18, chamado colégio eleitoral. Até q mudemos isto, continuaremos a ter presidentes q não elegemos e q não queremos. Vc vive em um país onde a maioria dos cidadãos acreditam q há mudanças climáticas, q acreditam q mulheres devem receber o mesmo salário q os omens, q querem estar livres de dívidas educacionais, q não querem os EUA invadindo países, q querem um aumento no salário mínimo e saúde para todos. Nada disso mudou, vivemos em um país em q a maioria concorda com o posicionamento progressista, precisamos apenas de uma liderança progressista q faça isto acontecer"

E é tb injusto afirmar q a Hillary não contribuiria com a paz no oriente médio, ora, o q o Obama fez/está fazendo na síria não é nada diferente do q o assad e o putin tb fazem, e se engana quem acha q o tramp vai pensar duas vezes antes de decidir intervir em algum país, não sejam tolinhos, mas enfim, só espero q as conquistas sociais não sejam revogadas, e sim, vai ter volta, 2020 é a nossa vez, se bem q eu acho q o governo trump não dura nem até 2018 (Se os simpsons acertaram na previsão de q o trump seria presidente, acertarão q será uma mulher a o suceder tb, e q o governo dele será PÉSSIMO, mas disso nem precisa de previsão)

Anônimo disse...

Claro, até por que trump é um grande admirador do ghandi. Ele é o maior pregador da paz que conheço, com certeza.

Anônimo disse...

Cara, eu sou contra o trump e concordo que muitos aqui estão bancando os ingênuos, mas isso de dizer que hilary ganhou, apesar de tecnicamente ser verdade, não muda o fato de que ela não ganhou a presidência. Ficar falando em todo comentário que ela ganhou fica parecendo um consolo que esta se apegando em meio ao desespero.

Anônimo disse...

tramp ter sido "eleito" é a pior notícia do ano, pra mim 2016 acabou aqui

Anônimo disse...

foram mais de 700 mil votos a mais q a Hillary levou, ela é a verdadeira eleita e vencedora/vitoriosa

Anônimo disse...

Querida se trata enquanto da tempo.
Bjos e boa sorte

Anônimo disse...

"fica parecendo um consolo que esta se apegando em meio ao desespero"

sim, mas é o único jeito de encarar o desastre q foi o bufão cor de laranja ter sido eleito

Ao menos, nessa situação inconsolável e tendo q reafirmar várias vezes o óbvio, estamos corretos e com razão

Anônimo disse...

nossa, do jeito q alguns trampistas aqui dizem, o bicheiro é tão da "paz e amor", merece até um nobel

donald trAmp, o maior ativista pela paz q vc respeita

Anônimo disse...

2020 vai ser mulher, ops, eu quis dizer "melhor", mas fazer o q se são duas palavras homófonas e sinônimas

Anônimo disse...

Ana, você mesmo da a entender que o catolicismo é machista. O único jeito da mulher ser respeitada na religião cristã é ela sendo, de acordo com as suas palavras pura, boa mãe e boa esposa. O homem também é elogiado ao ser bom pai e bom esposo, porém suas falhas (adultério, agressão, abuso não só fisico) são muitas vezes desprezadas. Além disso o homem pode ser um ótimo fiél mesmo nunca se casando e se dedicando ao matrimônio (sacerdócio, exclusivo aos homens).
Feministas, pelo menos as que conheço, não andam por aí despidas, bebendo sangue de menstruacao,usando drogas e sendo promíscuas. Generalizar é algo estúpido. Posso então dizer que todos os "crentes" são ignorantes, andam de cabelo amarrado, só usam saia longa e são alienados? Não, não posso pois não é a verdade.
Além disso, se determinado grupo de mulheres resolvesse praticar as ações que você mencionou, ao meu ver, você não tem nenhum direito de manifestar reprovação (exceção ao consumo de drogas e ao nudismo que ainda são infrações no Brasil). Respeito e amor ao próximo são valores que Jesus Cristo sempre procurou ensinar.
Beijos,
Valentina

Anônimo disse...

morta kkkkkk melhor comentárioo

Anônimo disse...

Vencedora que não vai exercer o cargo

Anônimo disse...

Gente para tudo!!!!
Vamos fazer uma DIVISÃO BIOLOGICA DO TRABALHO!!!!
Até porque todo homem realmente é apto a fazer as tarefas "masculinas" e inapto a fazer as tarefas "femininas". Aliás, me tira uma dúvida, quem realizou essa classificação do trabalho? Por que algo tão brilhante merecia ser agraciado com o Nobel, ou melhor, essa pessoa deveria ser santificada!

Anônimo disse...

Cara, eu acho que vou seguir os passos do Trump, afinal, ele administra um negócio de sucesso, declarou falência mais de uma vez e já sonegou impostos. Realmente ele tem muito preparo! Tanto administrativo/financeiro quanto política!!

Anônimo disse...

titia vc lacraaaaa!!!!
Ps: até pq é ela quem decide quem é católico e quem não é! Kkkkk aninha Darling queria dizer que só quem pode excomungar uma pessoa é um padre, e já que todos os padres são homens... tenho uma péssima notícia pra vc...

Anônimo disse...

Incoerência&Preconceituosos
A gente se vê por aqui!

Anônimo disse...

O nome de uma das mulheres que o Bill Clinton estuprou é Juanita Broaddrick, que inclusive declarou que a Hillary agradeu a ela por ter ficado quieta.

Quem valida estuprador, no meu dicionário, é estuprador também.

Depois ninguém sabe porque as "minorias" americanas não podem nem ouvir falar dela.

Anônimo disse...

E sobre isso de "verdadeiro vencedor", isso é uma bobagem extrema e não leva em consideração qual o regime eleitoral deles.

Aqui no Brasil nem sempre o "vencedor" leva também mas aparentemente quando isso acontece em benefício de certos partidos, aí tudo bem.

Anônimo disse...

" apesar de tecnicamente ser verdade"

Nem tecnicamente é verdade.

Anônimo disse...


"Diga esta frase a todos q vc encontrar hj: 'Hillary Clinton venceu o voto popular', a maioria de nossos parceiros estadunidenses preferiram Hillary ao invés de trump. FATO. Se vc acordou pensando q vive em um país ferrado, não pense isso. A maioria de nós americanos quisemos Hillary, não tramp. A única razão dele ser presidente é por conta de um arcaico e insano sistema do século 18, chamado colégio eleitoral. Até q mudemos isto, continuaremos a ter presidentes q não elegemos e q não queremos. Vc vive em um país onde a maioria dos cidadãos acreditam q há mudanças climáticas, q acreditam q mulheres devem receber o mesmo salário q os omens, q querem estar livres de dívidas educacionais, q não querem os EUA invadindo países, q querem um aumento no salário mínimo e saúde para todos. Nada disso mudou, vivemos em um país em q a maioria concorda com o posicionamento progressista, precisamos apenas de uma liderança progressista q faça isto acontecer"

FALOU TUDO, não preciso dizer mais nada

Anônimo disse...

a última vez q um presidente foi "eleito" (brusho filho) por conta da fraude, países foram invandidos

só esperando o tramp destruir a economia americana e metade do mundo

Anônimo disse...

tramp, o mesmo q faliu 15 empresas, vai falir os EUA nos primeiros 30 dias de governo

Anônimo disse...

"2020 vai ser mulher, ops, eu quis dizer 'melhor', mas fazer o q se são duas palavras homófonas e sinônimas"

Você claramente não sabe o que são palavras homófonas...

Anônimo disse...

"Vai ver os estereotipos existem por serem verdadeiros, homens e mulheres são diferentes naturalmente, isso não quer dizer que as qualidades femininas são inferiores e vice versa. Seu problema é achar que sabe tudo que é superior a todas as culturas pagãs do mundo onde as mulheres exerceram um papel fundamental ou talvez porque odeia ser mulher e gostaria de ser homem."

É claro que eu sei mais do que essas sociedades ignorantes e supersticiosas. De fato, qualquer aluno do fundamental moderno sabe mais sobre nosso Universo do que gente que achava que o mundo era plano, ou uma enorme árvore, ou ficava nas costas de uma tartaruga gigantesca, ou que o Sol precisava do sangue de humanos sacrificados para continuar brilhando e se movendo. E as religiões monoteístas não são melhores. Qualquer um com uma educação básica hoje sabe mais do que os iletrados e selvagens Moisés, Jesus e Maomé.

Anônimo disse...

14:08

Você claramente não sabe o que é uma ironia...

e o texto do michael moore (10:33) é realmente bilhante, pena q a situação ainda é lamentável

mas felizmente, 2020 há de ser mulher, ops, melhor, rsrs

Anônimo disse...

"Bizarro foi uma racista que se diz da região Sul usar o dia da consciência negra para justificar o aumento do racismo dela."

Acho que qualquer coisa em especial para negro, mestiço, indígena e mimimi entra nesse exemplo, não só um feriado idiota (que querem implantar em Porto Alegre também, não sei se você sabe).

titia disse...

À pedido da 19:26, vamos lá explicar como é o sistema eleitoral americano:

Nos Estados Unidos vence a presidência quem alcançar a maioria absoluta no colégio eleitoral. Colégio eleitoral é um grupo de 538 representantes, chamados de delegados que se encontra uma vez a cada quatro anos para escolher o presidente. Cada estado americano tem direito a um determinado número de delegados, proporcional à representatividade no Congresso. Todos os estados tem dois senadores. O número de deputados é o que muda, conforme o tamanho da população do estado. O Alasca, por exemplo, onde mora pouca gente, tem apenas três delegados e elege um deputado federal. Os outros dois delegados representam os senadores.

Já a Califórnia, o estado mais populoso, tem o maior número de deputados e por isso mais delegados: 55. O candidato que vence a eleição popular em um estado, leva todos os delegados daquele estado no colégio eleitoral. As únicas exceções são Maine e Nebraska, que seguem regras próprias para distribuir os votos. A Flórida, por exemplo, elegeu o republicano George W. Bush em 2000 e 2004. E o democrata Barack Obama em 2008 e 2012. Quem ganhar na Flórida este ano leva 29 delegados, um número que pode fazer a diferença no colégio eleitoral. E vencer no colégio eleitoral é o que importa. Já houve quatro eleições nos Estados Unidos em que um candidato recebeu a maioria dos votos populares, mas não levou a presidência.

A primeira vez foi no século 19 com John Quincy Adams e a última no ano 2000. Al Gore teve quase meio milhão de votos a mais que o adversário na votação popular em todo país, mas perdeu na Flórida por menos de mil votos e só conseguiu 266 votos no colégio eleitoral contra 270 e um de Bush que ficou com o cargo. As eleições americanas são uma disputa estado a estado. São 50 no total e, em 13 deles, o resultado é imprevisível.

Fonte: g1.globo.com/jornal-hoje/noticia/entenda-com-funciona-o-sistema-eleitoral-americano.html


Um sistema bem complicado que, não precisa ser Sherlock Holmes pra deduzir, não foi pensado pra beneficiar o povo americano.

Anônimo disse...

Adianta nada ficar choramingando, Trump ganhou de acordo com as regras. Vocês são como alguém que ao jogar xadrez, leva um xeque-mate e diz que não é justo perder já que capturou mais peças que o adversário. Sinto muito, mas não é assim que o jogo funciona.

Anônimo disse...

Sinto muito mas a vida é muito mais que jogo de xadrez e mesmo comparando a vida com um jogo as regras precisam valer pra todos... pq se for assimétrico o jogo ta viciado né? Como no jogo d cartas.
Vai ali no hospício alimentar a sua meritocracia esquizofrênica faz favor... aqui não incentivamos essas maluquices nao

Anônimo disse...

"Sinto muito mas a vida é muito mais que jogo de xadrez e mesmo comparando a vida com um jogo as regras precisam valer pra todos... pq se for assimétrico o jogo ta viciado né? Como no jogo d cartas."

Ô lesado(a), as regras das eleições americanas valem para todos os candidatos. Caso não saiba muitos candidatos do partido da Hillary também se elegeram graças aos colégios eleitorais.

"Vai ali no hospício alimentar a sua meritocracia esquizofrênica faz favor... aqui não incentivamos essas maluquices nao"

Claro, gente sem argumento sempre quer evitar debate.

Anônimo disse...

Tem uma pesquisa americana que cita que a forma que o Trump cita seus discursos se asemelha mais as mulheres do que os homens, então essa de presidente do tipo machão é um tanto balela, a conclusão do artigo foi que a exaltação e "empatia" com os desenpregados fizeram ele ganhar. Pode pesquisar no google ai.

Tv Pangeia disse...

Trump é tão "Louco" que prometeu a seus eleitores impedir que os PSEUDO-refugiados fizessem nos EUA a mesma destruição que estão fazendo na Europa e em breve farão no Brasil, incluindo a tão falado "jogo do Estupro" que continua por lá a todo vapor. "Coerente" é uma mulher que se diz feminista e a favor dos Direitos HUmanos defender quem prega o "direito ao estupro", a misoginia, a segregação racial e a execução sumária de LGBTs.