quinta-feira, 21 de agosto de 2014

GUEST POST: ESTOU BEM COM MEU CORPO

A L. me enviou este relato:

Lola, querida, obrigada por fazer este blog maravilhoso! Lendo alguns posts sobre gordofobia e aceitação do corpo, não pude deixar de me manifestar, já que me identifiquei muito. Se você sentir que é uma boa história e que vai ajudar outras meninas a lidarem bem com o próprio corpo, publique no blog, só que de forma anônima...
Sempre estive pelo menos sete quilos acima do peso "ideal" para minha altura, sempre fui gordinha e por muito tempo não lidei bem com isso. O de sempre -- usei roupas largas para me esconder, evitei comer em público, evitei me relacionar com homens. Sei o tanto que é ruim ser complexada com seu próprio corpo.
Mas agora não acredito mais que seja um problema -- e acho que uma das coisas que me ajudaram a lidar bem com isso foi seu blog. Olha, sempre, sempre estive acima do peso, MAS sempre fui completamente viciada em exercícios físicos. Mês passado fiz uma pequena cirurgia para tirar um cisto e tive que ficar quinze dias sem me exercitar -- quase pirei. Fico deprê, não consigo dormir nem estudar e tive a TPM mais absurda da minha vida. Quando pude voltar a correr, senti nos primeiros quinze minutos aquela maravilhosa onda de endorfina que o exercício propicia, e dormi a melhor noite de sono do mês.
Por muito tempo nadei, e também fiz academia, pilates, localizada... A academia me irritava muito. Os instrutores, em vez de me encorajarem, sempre me desacreditavam, como se pelo fato de eu ser gordinha, eu nem devia estar ali. E eu era uma das pessoas mais frequentes da academia!
Mas meu peso nunca foi de mudar muito: perdia seis quilos, depois recuperava três, mesmo me matando de malhar e fazendo dietas péssimas. Depois, percebi que meu corpo era assim mesmo e desencanei de perder peso. Faz já uns cinco anos que eu corro por prazer, estou treinando com uns amigos para fazer meia maratona. Correr é uma terapia para mim, apesar de eu ser meio lerda, continuo persistindo e tentando melhorar.
Há uns dois anos eu estava fazendo pilates, natação e musculação com a corrida, mas estava meio enjoada, achando pouco exercício e querendo explodir a academia. Me sugeriram que eu fizesse Krav Magá, uma luta de defesa pessoal. Uma moça postou umas dicas ótimas de Krav Magá aí no blog, achei super válido. O Krav Magá é uma atividade muito igualitária: contempla adultos, crianças, idosos, homens, mulheres (muito popular entre as mulheres) com todo tipo de corpo, altura e peso. 
O Krav Magá é completo e não quer te deixar "saradx", ou com um corpo esteticamente "perfeito". Como diz meu professor, lá a gente não faz abdominal para ficar com barriga de tanquinho, mas para levantar bem rápido quando cai no chão, e a gente não faz flexão para ficar com o braço malhado, mas para fortalecer o corpo. Diz também que a gente deve alcançar nossos limites e respeitá-los, e como qualquer um, independente do sexo e da idade (infelizmente, principalmente mulheres e homossexuais -- estes são os relatos mais frequentes de agressão), jamais deve aceitar alguma agressão física ou moral. 
Todos os anos, eles oferecem um minicurso simples e prático de defesa pessoal para mulheres, conscientes dos frequentes casos de agressão. Acho importante -- praticamente obriguei minhas amigas a fazerem, coitadas. Mas agora elas sabem o que fazer se algum cara puxa o cabelo delas na balada ou numa tentativa de estupro.
O pilates também é um exercício assim, que ajuda o corpo a funcionar melhor, mas não é tão pesado quanto o Krav Magá.
Enfim, com o exercício pesado é impossível não emagrecer. Mas perdi somente uns quatro quilos em dois anos de Krav magá, apesar do meu corpo ter se fortalecido e minha autoestima ter melhorado muito. Mas meu corpo não mudou tanto. Minha bunda, que já era enorme, aumentou, minha coxa engrossou e minha barriga só perdeu um pouco de gordura, mas além de perder um pouco de celulite, não mudou muito. 
O importante é: estou me sentindo muito bem com esse corpo que consegue fazer quarenta flexões. Este corpo que vai saber reagir se alguém tentar me agredir. Este corpo que tem níveis normais de colesterol e está super em dia consigo mesmo.
O que estou dizendo é -- para mim não é mais importante ser magra ou pesar o "ideal" ou caber numa calça 38, nada disso vale muito no final. O legal é você ficar bem com seu corpo e com sua mente, se divertir com seu corpo, se orgulhar dele. Os benefícios são apenas uma consequência.

73 comentários:

Anônimo disse...

Adorei este post! Beijos.

Anônimo disse...

Pilates não é para emagrecer e tem seus princípios bem definidos. Ajuda na remodelagem do corpo, mas sozinho não emagrece porque não é aeróbico.
Já explico desde o começo nos studios onde eu trabalho.

Marina disse...

Lola, desculpa jogar isso assim, mas é o jeito mais fácil. Mais um tipo de violência obstétrica que eu não conhecia:

http://sites.uai.com.br/app/noticia/saudeplena/noticias/2014/08/21/noticia_saudeplena,149957/gravidas-precisam-se-informar-para-evitar-episiotomia-desnecessaria-e.shtml

Eduardo Nobre disse...

Parabéns, isso mostra que ser gordinha não é sinônimo de saúde ruim, como se magros não tivessem vida sedentária, não comessem fast food, não tivessem colesterol alto etc..

Maria Fernanda Lamim disse...

E assim pra mim também. Sou gordinha, mesmo comendo bem, fazendo musculação leve e dança do ventre. Amo me exercitar! Tb fico mal humorada e insone qd preciso parar. To de licença maternidade e tenho dado caminhadas diárias com meu filhote no sling só pra não ficar parada. De vez em quando danço com ele no colo para acalma-lo também, hahaha . Meus exames são sempre bons e gosto do meu corpo como ele e, mesmo após a gravidez, que deixou pequenas mudanças, lógico. Se gostar e ter saúde e o que importa. :)

Anônimo disse...

Legal... mas e daí?

Anônimo disse...

Essas que fazem o discurso de aceitação, sobre padrões e blá blá blá, são as mesmas que devem exigir um cara de físico bem definido e repudiam gordos...Ah! A hipocrisia!

Anônimo disse...

Olha, acho bacana isso de as gordinhas se soltarem e se sentirem poderosas. Sempre saí com gordinhas, namorei e transei na boa. Com isso contribui muito com a felicidade delas, pois algumas estavam muito tempo sem sexo. Depois do orgasmo podia ver a cara de felicidades.


Infelizmente a mídia estimula comportamentos estúpidos, em relação a tudo, bebidas, drogas, sexo sem camisinha, vide videoclipes e programas de tv aberta e a cabo. A Rede Globo é uma desgraça para o país, para as gordinhas e magrinhas.
Conheci os mascus agora. Acho que algumas coisas, uns 30% são certas, as outras 70% são exagero. Guerra dos sexos é besteira, nunca vai dar bom resultado.


No campo afetivo e sexual vejo que muitas gordinhas têm iniciativa, cantam, pedem telefone, coisas ótimas. Mas outras infelizmente ficam com medo de cantar os homens na rua.



Devemos estimular as mulheres em geral a ter um desejo sexual maior. Eu sou o anon das 16h50 do blog anterior. Como eu sei que o desejo sexual das mulheres foi reprimido, é importante corrigir esssa injustiça. Quanto mais mulheres com desejo sexual hiperpoderoso, melhor vai ficar a humanidade.

Camila Gois disse...

Adorei o post!!
Que bom seria se todas pensassem assim!!
Hoje eu fui ao cabeleireiro, só para cortar o cabelo. Não gosto de salões de beleza, não faço nenhum tipo de tratamento estético, nem as unhas eu faço com manicure. Então, eu vou no cabeleireiro, acho que uma vez por ano e olhe lá...rsrs. O problema é que toda vez que vou, SEMPRE ficam querendo empurrar outros serviços... hidratação, cauterização, luzes, e sei lá mais o que está na moda... hoje mesmo, o cabeleireiro queria que eu fizesse um monte de coisas, queria que eu comprasse shampoo não sei o que (para mim shampoo é só para lavar o cabelo mesmo, compro o que está em promoção...rs). Quando eu respondi que estava contente com meu cabelo e achava que não precisava de nada disso, ele disse: NOSSA, QUE METIDA!! Olha só, eu não posso estar satisfeita com a minha aparência, que sou metida?!. Ele falou que nunca tinha visto uma mulher não querer mudar algo. E o pior é que todas as mulheres que estavam lá concordaram... disseram que é impossível, que nunca viram alguém de bem com a aparência. Que mulher sempre acha que precisa emagrecer, que sempre acha que o cabelo não está bom, que sempre acredita que não tem roupas suficiente...
Perto daquelas mulheres, devo ser uma ET, porque acho que estou ótima, meu cabelo está lindo e umas das últimas coisas que preciso é de mais roupas...kkkk

Anônimo disse...

Muitas mulheres gordinhas ficam com medo de colocar um microbikini ou um decotão por medo de preconceito. As pessoas acabam tolhidas por causa da sociedade e das igrejas inimigas do povo.

Anônimo disse...

Toda gordinha deveria procurar um ou mais amantes para se sentir poderosa e para vencer essa repressão milenar sobre as mulheres.

Anônimo disse...

A indústria cultural inventa besteiras para ferrar os consumidores.É pressão o tempo todo para que as mulheres se sintam insatisfeitas.

Anônimo disse...

Nossa Camila, isso porque seu cabelo é lindo, imagina só se fosse "ruim". Eu leio seu blog, sou sua fã! rs.

Anônimo disse...

Paraabéns! Tb sou gordinha e sou linda!!

Anônimo disse...


Apoio totalmente a menina que postou pois academia é o melhor lugar do mundo. Nas minhas férias vou 2 vezes por dia. Quero ter muita grana para malhar aeróbicos de manhã e peso à noite.

Apesar de muita gente falar da idolatraia ao corpo, Lola, eu fiquei sem sexo quando estava gordinho. Muitas mulheres só transaram comigo depois que fiquei sarado, elas falaram que se sentiram atraídas pelo peitoral e bíceps. Gastei muita grana com academia e suplementos para poder transar toda semana. Antes, quando estava barrigudo, ficava meses na masturbação solitária.



Por outro lado, acho que o homem deve lutar para se tornar mais atraente, essa é a lei da evolução, os melhores caçadores passam os seus genes. Esses mascus são burros que não malham e querem sexo. Cambada de manés que só querem videogame, biscoito e todinho...


Não tem marombeiro entre os mascus, só os manés preguiçosos, frangos ou tetinhas. Os chamados alfas( marombeiros) estão transando com a namorada e mais 4 ficantes enquanto os mascus ficam falando besteira no facebook e se acabando na mão feito colher de pedreiro....

Eduardo Nobre disse...

Não sei a causa, mas me incomodo com comentários tipo: "saiu com gordinhas numa boa, e contribuí para a felicidade delas". Sei lá, é como aquele discurso: "tenho orgulho de ter amigos negros", ou "tenho orgulho de ter amigos gays".

Anônimo disse...

Muitos homens adoram transar com gordinhas.

Jessica A. disse...

Também sou super a favor do esporte pelo prazer e não para ficar sarada. Nunca tive problemas de peso mas sempre odiei educação fisica. Era a unica matéria que fazia minha média baixar no colégio ahah ! E foi então que conheci a capoeira, dia abençoado na minha vida, é puro prazer, mesmo sendo puxado. E como a autora do guest post falou, eu agora faço abdominais para melhorar meus movimentos e flexões para poder floreios mais bonitos. Nunca gostei de correr mas agora vou de vez em quando, pq sei que vai melhorar meu fôlego péssimo e me ajudar a jogar por mais tempo na roda. E o corpo vai se modelando, ou não, em consequência a tudo isso.

Danilo disse...

"!É pressão o tempo todo para que as mulheres se sintam insatisfeitas."


Resposta: É da natureza do ser humano se sentir insatisfeito. A indústria midiática e do entretenimento apenas fortifica isso.

Anônimo disse...

Que bom que a autora do guest post está feliz e desencanada com seu corpo - e tem maturidade emocional para entender que o que vale é a saúde, a capacidade de autodefesa, a valorização de outras qualidades pessoais, etc - e não, simplesmente, o enquadramento em um padrão físico imposto pela mídia e pela sociedade. Parabéns, garota! :-)

A propósito, pessoas (sobretudo as mulheres) que possuem mais peso, são justamente as que têm mais condições físicas para serem doadoras de sangue (muitos hemocentros preferem mulheres acima de 55kg) e de plaquetas (mínimo de 60 kg.) Ou seja, são mais aptas a praticarem um enorme gesto de solidariedade, que é tão necessário e que salva vidas! Já pararam para pensar nisso? :-)

Portanto, vale a pena as gordinhas com saúde (e que são assim por questões genéticas, por mais que malhem e façam reeducação alimentar) se valorizarem, e darem um ''up'' na autoestima por poderem ajudar as pessoas ;-) Afinal, quantas magrelinhas são doidas para doarem sangue, mas não podem devido ao peso insuficiente? :-/ Fica a sugestão!!!

Mulheres podem doar sangue trẽs vezes ao ano, respeitando o intervalo de 4 em 4 meses. =)

Thomas disse...

1. Esse negócio de "eu malho todo dia, faço dieta e não consigo emagrecer" é balela. Se você malha todo dia, corretamente e tem uma dieta saudável, é impossível não emagrecer e não criar músculos. A menos que seu corpo desafie as leis da física, aí é outra história...

2. Eu não recomendaria Krav Magá pra mulher alguma. O melhor é treinar em uma arte marcial mais tradicional e comprovadamente efetiva em combate, como Muay Thai e jiu-jitsu. As técnicas de Krav Magá podem até funcionar com quem não sabe lutar, mas se você for enfrentar um cara que já está acostumado a atacar mulheres, tais técnicas não vão adiantar de nada, pois não funcionam em quem sabe lutar. Sério, vai tentar dar uma dedada no olho ou um chute no saco de alguém que tá acostumado a sair na porrada. Não rola.

3. Apesar disso tudo, gostei do post. Essa moça deveria servir de exemplo pra todas vocês, inclusive pra própria Lola. Quando falo mal dessas ideias de gordofobia e aceitação de corpo, não estou me referindo às críticas construtivas que vocês fazem. Os padrões de beleza e a ditadura sob os corpos devem ser questionadas sim. O problema é que muitas de vocês desvirtuam as críticas e transformam a parada num incentivo a comer o que quiser, num incentivo a ser o quão gordo quiser. Isso é errado e demonstra uma limitação séria de inteligência da parte de algumas feministas. É possível criticar os padrões de beleza ao mesmo tempo em que se incentiva a prática DIÁRIA de exercícios de todo o tipo, de dieta saudável, de tratar o corpo como uma máquina e manter a manutenção em dia. Tem que rolar um incentivo pra cuidar do corpo não pra se encaixar nos padrões de beleza, mas para usufruir de todos os benefícios que isso te traz. Malhar todo dia e comer de forma saudável deveria ser considerado tão essencial quanto escovar os dentes e tomar banho. A moça do post tá fazendo quase tudo certo (sério, muda de Krav Magá pra jiu jitsu, minha filha, é bem mais útil) e espero que ela inspire vocês (principalmente a Lola, que anda tendo problemas de saúde de tanto que come chocolate e tal).

Julia Niquet disse...

Contribuiu para a felicidade delas? Que babaca. Rs

Anônimo disse...

Corpos são diferentes assim como as pessoas são diferentes. Já pensou que chato seria o mundo se todos tivessem a mesma cara? Bom, eu vejo isso acontecer o tempo todo na TV. Nas novelas todo mundo é praticamente igual ao outro, eu olho pra duas atrizes e elas tem a mesma cara. E aí quando assisto filmes e novelas mais antigos, fico até surpresa de ver que todo mundo era tão diferente. E quer saber? Isso de todo mundo ser igual é muito chato! E viva as diferenças. As pessoas são lindas do jeito que são.

Carinha das 13:18, eu sei que vai ser um choque pra você, mas... as gordinhas tem o direito de escolher! Oh, que coisa, não? É, não é só você que tem o direito de ser gordinho e querer uma gostosa. As gordinhas também tem o direito de serem gordinhas e quererem um gostoso. Eu sei que deve ser meio complicado entender essas coisas aí no Paleolítico, mas logo você aprende a viver com isso.

Anônimo disse...

Bravo! Clap clap clap clap!

E pra qualquer um que ache que gordinhas não podem ser lindas, divertidas, sexies e atraentes, bom, só recomendo isso aqui:
http://youtu.be/wmLkXzc8B1g

Mia Colucci disse...

Não só gordinhas as magrinhas também sofrem, tem que ter o corpão perfeito.

o povo tem mania de reparar no tamanho das nossas bundas e coxas.
e depois falar que nós somos magrinhas.

Anônimo disse...

Essas que fazem o discurso de aceitação, sobre padrões e blá blá blá, são as mesmas que devem exigir um cara de físico bem definido e repudiam gordos...Ah! A hipocrisia!

A maioria dos gordinhos namoram magras.

Mia Colucci disse...

Eu não gosto de gordinho, mas não é preconceito, pq também não gosto de saradões.

Anônimo disse...

Lola fale das magrelas nós também somos hostilizadas , afinal não temos carne pra pegarem.

MAIA disse...

E com as magras dizem que quem gosta de osso é cachorro.

Anônimo disse...

Se sentir bem consigo mesma realmente é o mais importante. Eu sempre fui magrela, magrela mesmo, com os ossos aparecendo e tudo. Apesar disso, eu comia muita besteira, não praticava exercício físico e vivia de alimentos industrializados. Eu recebia elogios por causa do meu baixo peso mas não conseguia me sentir bem de jeito nenhum, eu sempre me sentia feia e desajeitada. Um dia eu cansei daquilo tudo e me matriculei em uma academia de dança, com isso também veio a vontade de mudar a minha alimentação. Hoje me alimento bem, tenho uma vida ativa e, apesar do meu corpo não ter mudado, eu o amo e não o trocaria por nenhum outro :)

Danilo disse...

"Apesar de muita gente falar da idolatraia ao corpo, Lola, eu fiquei sem sexo quando estava gordinho. Muitas mulheres só transaram comigo depois que fiquei sarado, elas falaram que se sentiram atraídas pelo peitoral e bíceps. Gastei muita grana com academia e suplementos para poder transar toda semana. Antes, quando estava barrigudo, ficava meses na masturbação solitária.



Por outro lado, acho que o homem deve lutar para se tornar mais atraente, essa é a lei da evolução, os melhores caçadores passam os seus genes. Esses mascus são burros que não malham e querem sexo. Cambada de manés que só querem videogame, biscoito e todinho..."


Resposta: Exatamente como eu penso. O homem tem que ter beleza física. Quando eu era muito mais forte eu pegava muito mais mulher. Na época da Universidade até namorei uma garota loirinha rica que cursava Medicina. Estou falando dela porque estas mulheres são as que mais exigem homens bonitos e fortes para relacionamentos.

Raven Deschain disse...

Sua linda. :3

Anônimo disse...

Lá vem o Thomas homem gengibre falar merda de novo..

Daí não sai nada que preste.

Anônimo disse...

Até que enfim uma gordinha que assumiu o controle da própria vida ao invés de ficar choramingando...

Parabéns, moça!

Anônimo disse...

Lola, o Thomas tá preocupado com você... Acho que ele está virando um ser humano normal aos pouquinhos!

Cheio de Luz disse...

Vivemos num mundo que cultua o "corpo perfeito"(Magro de preferência!),muitas vezes fica uma cobrança interna de se moldar dentro de um padrão de beleza e vira sofrimento para alguns.No relato, achei bacana a busca bem resolvida de se atingir uma meta, sem "pegar muito pesado" consigo mesmo. Curto aquele pensamento meio clichê:"Nem tudo que reluz é ouro";assim vejo que é necessário também "investir" na mente..no psicológico,tipo: como me descrevo interiormente...minhas qualidades(defeitos),como pessoa...qual valor dou a mim mesmo e por aí vai;ou seja,é preciso se mobilizar não só para as questões" do invólucro",pois,o tempo se encarrega de agir sobre a matéria e o que fica é a forma que lido com o que SOU,minha essência,meus rastros.Por isso, estar bem com o corpo é estar de bem consigo mesmo(corpo e mente em sintonia e se completando)...se amando... independente de quantos quilos a balança te acusarsrsrs

Anônimo disse...

Homens devem malhar pra ficarem bonitos? Pára, né. Ninguém deve nada, as leis da natureza/evolução/sei lá o que nunca vão dar conta da subjetividade do ser humano.
Aí vem um achando que é grande vantagem ter "conseguido" ficar com "uma menina loirinha rica que fazia Medicina". Depois reclama que é infeliz.

Jéssica disse...

Thomas, se você não sabe nada de Krav Magá não deveria opinar.

"2. Eu não recomendaria Krav Magá pra mulher alguma. O melhor é treinar em uma arte marcial mais tradicional e comprovadamente efetiva em combate, como Muay Thai e jiu-jitsu."
As técnicas de Krav Maga apenas são utilizadas até hoje pelo exército israelense, onde foram desenvolvidas, e em várias policias civis e militares pelo mundo. O motivo é bem simples, Krav Maga não se baseia em tradição, se baseia em eficiência, técnicas práticas e ciência, todos os golpes de Krav Maga são o mais efetivos e explosivos quanto um golpe é capaz de ser.

"As técnicas de Krav Magá podem até funcionar com quem não sabe lutar, mas se você for enfrentar um cara que já está acostumado a atacar mulheres, tais técnicas não vão adiantar de nada, pois não funcionam em quem sabe lutar. Sério, vai tentar dar uma dedada no olho ou um chute no saco de alguém que tá acostumado a sair na porrada. Não rola."

Haha, história de algumas alunas do instrutor onde pratico Krav Maga:
- Uma mulher foi encher o tanque de gasolina e foi encurralada por um cara na casinha onde ia abastecer. Quando o cara se aproximou ela lhe deu um chute na genital, ele desmaiou na hora. O chute que usamos é um chute vertical que tem muito potência e é capaz de fazer a genital da pessoa sangrar.
- Uma aluna estava andando na rua de noite, um cara segurou ela por trás do nada. Ela deu uma cotovelada na garganta, e não foi a intenção dela, mas ela matou o cara com esse golpe.
- Uma colega de aula minha, faixa branca, sofreu um sequestro relâmpago esse ano. Levaram ela de Florianópolis e quando estavam quase no Rio Grande do Sul tiveram que parar para abastecer. Ela pulou do carro, um dos caras segurou ela. Ela usou soltura de mãos, se livrou do cara, e jogou ele em cima do capô do carro. Logo depois ela se jogou na frente de um ônibus para ele parar, entrou no ônibus e conseguiu voltar para casa.
- Um caso menor que aconteceu com um aluno: Um cara segurou ele com força pelo braço e estava arrastando ele para o mato, o aluno usou soltura de mãos e o cara suspeito decidiu deixar quieto.

A parte ótima do Krav Maga é que você aprende as técnicas com instinto. Elas são repetidas várias vezes até se tornarem naturais. Nenhuma dessas mulheres pensou "vou usar essa técnica!", elas só usaram instintivamente.

Acho interessante que uns 80% dos alunos da academia em que treino são homens, mas 100% das histórias perigosas em que Krav Maga salvou são de mulheres, é muito importante que mais mulheres aprendam a se defender.

"Se o cara souber lutar não vai funcionar". Primeiro, que se o cara escolheu uma mulher especifica como alvo, ele já fez isso porque acha que é um alvo fácil, ele não espera revide. O primeiro golpe da mulher é efeito surpresa, e o Krav Maga se especializa em fazer com que o agressor não consiga fazer mais nada depois de tomar o primeiro golpe, pois aprendemos a dar golpes efetivos e em sequência rápida.

A única situação que eu não recomendaria usar Krav Maga é contra armas de fogo (porque contra faca e bastão você aprende nas faixas mais avançadas).

Sobre "dedada no olho", sim, aprendemos golpes que podem cegar alguem temporariamente. E tambem aprendemos como encher um cara de porrada e antes de ele ser capaz de reagir, jogar ele no chão e imobilizá-lo.

(Obs.: Para quem se interessou por Krav Maga, muito cuidado com a pirataria! Existem instrutores que "ensinam" KM, mas não tem nenhuma capacitação para isso. No Brasil o KM é ensino oficialmente pela Federação Sul Americana de KM, http://www.kravmaga.com.br/)

Anônimo disse...

Lolíssima, podíamos ter alguns espaços para falar de eleições?
Tipo, um tópico por semana?
Transferi meu título, mas ainda não manjo do paranauë político daqui, estou perdida e não tenho feice pra ficar acompanhando melhor o ˜vote numa feminista˜.
Li alguma coisa por lá sobre a importância de se saber quem faz parte da coligação q se vota, pq, no fundo, seu voto vai pra ela e não necessariamente ajuda quem vc está votando.
Achei isso:
http://g1.globo.com/politica/eleicoes/2014/coligacoes-partidarias/infografico/index.html

ADORADOR DE MULHER disse...

eu sempre gostei de gordinhas e vou contar uma historia verdadeira. como eu já disse antes, sou podólatra, e minha segunda experiência podo foi com uns 14 anos. eu tinha uma amiga até pouco próxima. um dia qualquer que estávamos juntos, disse a ela que iria fazer uma "brincadeira" diferente. estávamos sentados de frente um para o outro, então puxei o pé dela e dei um beijo na sola. ela sorriu e gostou, e ficou surpresa também. toda vez que nos víamos eu lambia, beijava, cheirava os pés dela. ela mesmo pedia massagem, ela gostava. ela não era bonita e seus pés não eram lindos também, mas rolou. nunca contamos pra ninguém, não sentíamos nada um pelo outro e nunca namoramos. ela era gordinha. e agora a moral da historia:

- eu nunca achei que tinha feito a "felicidade" dela. era bom pra mim, se ela gostava tanto quanto eu, perfeito. nunca me gabei por isso, nunca achei que tinha feito um favor pra ela, não pensaria assim mesmo que algum tempo depois tivéssemos feito sexo.
homens que pensam como o cara do comentário lá são babacas.

Anônimo disse...

Nussa tá bemmmm melhor que eu que sou considerada dentro dos padrões de peso!Mal dou conta de fazer pilates!!Lívia

Anônimo disse...

Jéssica, adoraria ser o saco de pancada para vocês treinarem Krav Magá. Só não peguem muito pesado porque eu ainda quero ter filhos.

Anônimo disse...

Lola, que relato legal. Estava ainda essa semana discutindo com umas amigas, tenho 27 anos e soh agora fui descobrir a motivação para fazer esportes. Sempre fui gordinha e quando ia fazer algo, era sempre "faz isso pq eu fiz e perdi não sei quantos quilos" "faz isso que vc vai ficar bonita" "você tem que fazer esse esporte, e não aquele outro, pq esse gasta mais calorias" e sempre foi isso, desde quando eu tinha uns 14 anos. Uma vez minha mãe me matriculou numa academia, eu falei pra instrutora que eu não queria fazer musculação, só aeróbico ae ela me disse isso (e eu me lembro como se fosse ontem, por causa do absurdo) "quando você perder peso e tudo começar a cair, você vai sim querer fazer musculação, então é melhor você começar agora"
Nem preciso dizer que não fiquei nem um mês nessa academia. E foram varias tentativas frustradas de tentar alguma atividade física durante a vida. Descobri o feminismo, seu blog principalmente, e comecei a aceitar meu corpo. Nunca mais me senti feia ou inadequada por causa do meu peso. Comecei a comer melhor pq meu corpo se sente bem com comida de verdade, e parei de contar calorias. Assim perdi alguns quilos.
Mas soh agora achei a motivação para esportes, não para ficar bonita ou perder calorias,mas sim por ver as coisas incríveis que meu corpo consegue fazer. Uma amiga minha disse, e eu concordo: ter esse tipo de controle sobre seu corpo e ver o que ele eh capaz, eh completamente empowering.
Gostaria de ter aprendido mais cedo, apesar isso, mas hoje em dia faco kung fu e pretendo começar dança, tudo por causa dessa nova motivação. E seria uma maneira mto mais saudável e eficiente se motivar meninas jovens a saírem do sedentarismo, muito mais eficiente que fazer todo esse bullying contra o corpo.

Luíza

Jéssica disse...

@Anon troll
Você saca que em treinos se revesa, ora um é o agressor, ora é a vítima, então ninguem é "saco de pancadas", temos sacos de areia para isso.

Anônimo disse...

Aos anõnimos 11:53 4 13:18,
Como assim e daì? milhares de mulheres e até homens hoje em dia sofrem, terrivelmente, por estarem fora dos padrões de beleza e peso, vc realmente acha que ver uma pessoa que diz, sim, vc pode ser feliz não faz diferença? igual aquele carinha que não tem os dois braços e as duas pernas e até surfa. Ele podia viver a vida dele ser feliz e ficar quieto, mas ele escreve e dá palestra para ajudar pessoas que sofrem, mostrando que mesmo com as limitações corporais dele, ele é feliz e faz o que gosta, porque nós que temos menos limitaçoes corporais e muitas limitações mentais não devemos fazer o mesmo.
Ao outro anônimo, eu conheço pouquíssimas mulheres, belas ou feias, magras ou gordas, saradas ou moles que exigem beleza, perfeição de homens. Já homens, 95 % dos que conheço não só apreciam, exigem isto da mulher!!! Sendo feios, pobres, chatos, etc...
ñão que isto libere os belos e ricos para não ter caráter, compaixão e saber o que realmente importa, mas, pelo menos, se o Brad Pitt fala para mim vc é feia, ele é lindo. Agora o barrigudo de cerveja da esquina, ha , gente, menos né?
Carol H

Anônimo disse...

Só para acrescentar: o homem que mais amei e senti tesão na vida era gordo e feio ainda por cima. Eu sou bastante padrão de beleza, apesar de querer emagrecer sempre, pois até minha mãe me pressiona, não por estar gordar, mas pra ter barriga no lugar.
O barrigudo da esquina merece amor e carinho e tesão tanto quanto qualquer ser humano.
E o Brad Pitt, se fosse babaca, teria que ser mandado a merda do mesmo jeito!
isto porque teve um depoimento de um rapaz que só conseguiu se resolver sexualmente depois de malhar e ficar magro. Acho que ele deve ser muito mais legal que isto.Que das mulheres que tiveram relação com ele, poucas tiveram tempo ou chance de perceber se gostavam dele como ele era ou não, pois sexo por sexo é isto, não condeno. Se a pessoa quer só sexo, com certeza, ser uma pessoa bonita e sexy dentro dos padrões vai te dar mais chances, mas para ser amado, não. É igual ou até pior do que pro resto do mundo.
Passei um tempo, 4 anos gorda e pensei no início que ia morrer, nunca mais ninguém ia olhar para mim. Bem, a grande maioria deixou de olhar mesmo, mas o que teve isto de impacto na minha vida? nada, antes, eu não fui amada por ser bonita e gostosa e continuei do mesmo jeito. Quando tive relacionamentos amorosos, que me importam mais do que os sexuais, mas isto soou euzinha, a gordura influenciou negativamente porque os caras queriam que eu fosse magra para me usar como troféu, não porque não sentissem tesão. Louco isto. Não ganheir mais dinheiro, não piorei minha saúde, não menos ofertas de subir no emprego, ou seja, nada mudou na minha vida, a não ser a aporrinhaçõ de ouvir da minha família e todo o mundo que eu tinha que emagrecer. por que mesmo?
Carol H

Anônimo disse...

Infelizmente o corpo ficou muito importante na sociedade graças a tv. As gordinhas, principalmente, se sentiram pressionadas a fazer tudo em função de um ideal de marqueteiros safados

Até os homens sofream pressão para serem perfeitos e terem visual de cinema.

O amor é um sentimento importante que não deveria estar influenciado por essas convenções limitantes.


Mas em algumas fases da vida, os homens que tem um desejo sexual muito poderoso, querem apenas aventuras. Por essa razão, muita gente malha para poder conseguir sexo nas baladas.


Acredito que um homem com dessejo sexual muito poderoso deva casar com uma mulher inteligente e liberal que contrate garotas de programa para o marido que tem o desejo sexual muito poderoso não ter de procurar amantes.


Pelo que notei, mulheres que aceitam chifres são mais calmas e carinhosas.

Anônimo disse...

Thomas,

Você está do lado diariamente, das pessoas que estão acima do peso e praticam atividade física para dar este julgamento final e que não aceita contestação alguma de que quem faz exercício e dieta emagrece, querendo ou não?
Eu sempre fui grande. Gorda não tanto, mas grande. Mas, isto não interessa aos bullies, se eu tenho ombro largo e eu não posso serrá-lo com uma cirurgia plástica, se meu quadril é largo, mesmo magro e se minhas pernas não ficam mais finas, mesmo que agora e sempre, quando faço teste de gordura no corpo, elas são praticamnete pura carne. Pena que voc~e não possa aceitar o desafio de passar dias a fio comigo e com a minha irmã que parece uma top model e ver quem tem a rotina mais saudável e quem é mais magra. Pena, pra todos que falam esta grande besteira. Ate minha irmã que parece a Gisele Bundchen sabe disto, que ela é magra por genética. Ela nunca, NUNCA , praticou uma atividade física ou esporte nos 37 anos de vida dela!!!!!!!!!!!!!!!
Ela come gordura, sal, aç~ucar, todos os vilões. Detesta verdura, frutaa e suco ela chama de água suja!
Bebia só coca cola, pouquíssima água e só diminui a Coca e passou a beber água porque um médico disse que os rins iam parar de funcionar em um ano e ela ia MORRER!
Ela sempre foi macérrima, pesa 48 a 49 kgs com 1,75 m.
Eu, apesar de não ser a gorda tipica,mas pro lado da gostoa, meço 1,67 e peso 77 kg. Fui vegetariana 10 meses, sempre comi natural desde os 15 anos e só bebo refrigerante socialmente.Como uma besteira ou outra sim, mas sempre tive paranóia de gordura ( que não tenho mais, graças a Deus, a lola e atodas feministas e outras pessoas legais que escrevem coisas legais).
Quero voltar a ser vegetariana, por questões de amor aos animais, filosofia e ética. Sempre quis ser, e quando me aposentar ou puder fazer minha própria comida, quero ser vegan.
Me exercito com extrema regularidade há 20 anos.
e passei 4 anos gorda!!!!nada me fazia emagrecer, porque tomava um remédio para depressão que me engordava.
Agora estou há 8 meses sem atividade física regular e sei que é ruim. Estou com menos saúde e PASME, GORDOFÓBICOS E COMPANHIA, 13 QUILOS MAIS MAGRA, SEM EXERCÍCIO, SEM MALHAÇÃO, SEM DIETA! Expliquem este fenômeno que desafia as leis da física e de todo o universo, por favor.
Apesar de tudo, estou louca para fazer atividade física, pra conseguir dormir melhor, porque a depressão tira o sono, e outras coisitas más, que preciso, como ficar feliz, ter fólego, etc. não pra ficar magra e ter namorado ou marido ou todos os homens aos meus pés. E ser vegetariana pelos animais que amo e me sinto um lixo, fazendo -os sofrer, pra o meu prazer de comer.
Carol H

Anônimo disse...

Eu malho, estou voltando a ficar muito sarado e converso com os amigos que todos temos responsabilidade de ajudar a melhorar a sociedade.Num mundo desequilibrado é importante trazer ordem à vida.


As mulheres comuns, tanto gordinhas quanto magrinhas sofrem o bombardeio de imagens pela Globo, vários atores são mostrados sem camisa, pois a tv precisa de audiência e transforma os homens em objeto.


Essas mulheres ficam frustradas por não transarem com homens do padrão sarado. Elas só transam com maridos/namorados magrelos ou tetinhas. Quando aparece a oportunidade de agarrar ou cantar um marombeiro, elas se soltam e tem um sexo maravilhoso.

Nesse sentido, digo que fiz a felicidade de várias mulheres casadas ou que estavam namorando, pois elas puderam transar com um cara mais poderoso de graça.Coisa que dificilmente iria acontecer.


Se a mulher tem um desejo sexual mais poderoso que o do marido, é direito dela transar com vários homens por fora para satisfazer suas vontades. Dessa maneira, nós marombeiros ajudamos na felicidade delas.


Sempre repito, só é mascu quem é preguiçoso(magrelo ou gordinho) e viciado em videogame/facebook. Pois qualquer marombeiro com um ano de treino, pobre ou rico tá transando demais, nunca vi algum cara de academia reclamando de falta de mulher como esses mascus.

Anônimo disse...

ah, complementando, minha irmã vive doente, a beira da morte, inclusive,pelos maus hábitos alimentáres, e falta de exercício, magra, já foi convidada pra ser modelo, várias vezes, enquanto que eu, tenho uma saúde de ferro, estou com gripe hoje, mas passei 18 anos sem saber o que é isso.Ela quer engordar um pouco inclusive, pois acha que a magreza está fazendo ela ficar doente e não consegue, porque ela nasceu magra.
E a dieta vegetariana não coincidiu com o meu emagrecimento, chupa esta manga Thomas.
O que me fez emagrecer, creio eu, foi a mudança de remédio anti depressivo, acho, não tenho certeza. Então, pare de julgar, todos gordofóbicos de plantão, vocês não sabem o que acontece no corpo humano, só uma parcela, dieta e exercícios.
Então se eu estou deprimida, ou tenho qualquer outra doença que me engorde, devo ser segregada e todos devem ter nojo de mim? Nossa, pena que ainda não inventaram plástica de alma, tem gente precisando urgente...
Carol H

Anônimo disse...

A pessoa deve se sentir confortável com o próprio corpo. Algumas gordinhas têm medo de se mostrar por conta dessa paranoia.

Muita mulher bacana acima do peso tem um desejo sexual muito poderoso, elas costumam ser o muito boas de cama. Por ficarem muitos dias sem sexo elas têm uma vontade enorme.


No caso dos homens, um cara magrelo pode se dar bem ao aprender a tocar violão, ao ler livros de esquerda, ecologia e feminismo e conversar sobre esses assuntos, pois nos cursos de humanas muitas alunas sentem tesão por isso. É possível conseguir beijar muito.

O absurdo é a pessoa ficar sem viver direito por conta de padrões absurdos de imagem.

Anônimo disse...

Então, devo parar com o remédio psiquiátrico e ficar suicida e quem sabe, cometer o suicídio, pois é melhor que ficar gorda, o pior que pode acontecer a um ser humano, né Thomas e companhia?
Acho que o suicídio e o sofrimento da depressão são melhores que ficar gordx.O que vcs acham? Devo me matar, sem remédio e tratamento ou ficar gordx por um tempo e depois emagrecer, se for o caso, se eu quiser?deixe opiniões sobre este dilema moderno?
Talvez eu não responda, pois não costumo ler os comentários 2 x e porque agora sou mais feliz, mesmo se eu engordar e deixar de ser atraente, mais falem para o mundo a opinião maravilhosa de vcs.Por favor.
Carol H

Anônimo disse...

Jéssica, ele é masoquista. Deixa ele.

Fernando disse...

Belo relato. É a história acabada de alguém que, embora possa ser vista como alguém que se acomodou à sua situação, na verdade venceu até mesmo a acomodação, e hoje, pelo que transparece do texto, está perfeitamente bem consigo mesma.

You go girl.

(Queria eu ter toda essa vontade de ir na academia)

Anônimo disse...

A criatura que falou que os alfas estão com namorada e transando com 4 mulheres ao mesmo tempo.

Bem, adoro transar também, não tenho preconceitos quanto a isto, sou a favor inclusive de relacionamentos abertos para queem tem coragem e equilíbrio emocional pra isto, mas, se vc criar barriga e perder músculos por algum motivo e tiver algum problema, será que elas estarão ao seu lado? Pra te apoiar, amar e cuidar de vocÊ, talvez não, pois o relacionamento é baseado na aparência e quem é que liga pra carinho, respeito, etc, o importante é a barriga tanquinho.
Desculpe, comentaristas, como disse estou gripada e atacada e em casa sem fazer nada, então, adoro comentar.
Estou uma chata, rsrsrs.
Acho que vou ver um filme e deixar a turma em paz. Bjs a todos, inclusive mascus, marombeiros e afins.
All you need is love, como diziam os Beatles, acredito sinceramente nisto, não beleza plastificada e ditada por quem quer lucro.
Carol H

Anônimo disse...

Carol H, macho que é macho transa com gordinhas, magrinhas, altas, baixas, negras, brancas,etc, sem preconceito.

Alguns caras querem trofeu para mostrar como um caro novo que desperta inveja na vizinhança, mas esses camaradas exibem tanto a mulher que podem ganhar muitos chifres e ficar deprimidos depois. O certo é transar com a mulher dos outros e dar prazer para a minha ficar satisfeita e só eu transar com ela.


Paranoia com corpo já era.O certo é viver bem, ser honesto. Eu sempre disse que tinha noiva para todas as mulheres que transavam comigo pois sou muito sincero

Muitas gordinhas têm desejo sexual muito poderoso. Mas tem medo de se soltar sexualmente. MAs quando acontece, isso é bom, pois se elas namorarem algum homem sem tesão ou cansado, elas tem o direito moral de transar com homens só por prazer, já que traição seria se ela tiver amando o ricardão.

Anônimo disse...

Poxa Jéssica, sniff..., até um saco de areia é melhor que eu.

Anônimo disse...

Acho que devemos boicotar produtos que patrocinam programas de tv prejudiciais a autoestima das pessoas.

Anônimo disse...

Anon 22 de agosto de 2014 13:27, outro homem gengibre que vem pagar de gostoso aqui.
Você é bacaca e chato.

Anônimo disse...

Estava ficando com um cara que passou dois meses vivendo de café, por causa do TCC da faculdade. Toda semana ele se pesava, estava mais magro e se achava o máximo. Mas a aparência geral dele era de uma pessoa doente, mas isso não importava pq quem não sabia o que estava acontecendo, elogiava e parabenizava.

No mais, eu cresci como uma garota gordinha, nunca me faltou nada, apesar de todas as pressões de dieta e o caralho, aprendi quer ser gordinha eh um ótimo filtro contra babaca ;)

Esse cara que falei no começo, no primeiro dia que fiquei com ele, ele disse "sabe que eu não tenho problemas com gordinhas neh" a gnt jah tinha feito sexo e tudo, e mesmo assim ele achava que eu precisava de alguma segurança da parte dele, pq acho que ele nunca tinha conhecido alguem fora dos padrões sociais que fosse feliz mesmo assim. Soh uma das mil coisas que as pessoas assumem quando te acham gorda.

Luíza

Dayana Hashim disse...

Menina, que demais! Eu sou constantemente "elogiada" por ser magrinha (leia-se abaixo do peso), mas não consigo fazer nem duas flexões... rs

Patty Kirsche disse...

Bacana! Tenho muita vontade de treinar Krav Maga. Vou correr atrás disso! =D

ADORADOR DE MULHER disse...

"encontram um marombado e tem um sexo maravilhoso".
"marombeiros sempre transam".

kkkkkkk, tá serto.
marombado não brocha, não tem pau pequeno e fraco, e anabolizantes são melhor que Viagra, né?
esses maromba são uma piada, quase todos são burros pra caralho e só o que tem é um corpo trabalhado no anabol. trocam uma mulher por 2 horas de academia, e ainda ficam se apalpando uns aos outros. ah, vá se fuder. pagam de machão mas muitos são enrustidos.

Anônimo disse...

Pqp, que pé no saco esse marombeiro, homem gengibre. Que babaca!
Vá tomar seu whey e para de poluir os comentários, palhaço

Anônimo disse...

Malhar pra ficar BONITO???? Pra mim nada tem a ver músculos com beleza, principalmente em humanos. Cavalo, boi e outros quadrúpedes ficam bonitos musculosos, mas pessoas não. Mas também não acho atraentes os gordos e nem os muito magros, Prefiro homens normais e de ombros largos. Cada um tem seu gosto mas o que incomoda são pessoas que querem que seus gostos predominem e esfregam na cara dos outros o que acham bonito e sex. Não assisto mais televisão e um dos motivos são esses marombados que aparecem de sunga como se fossem bonitos pra todo mundo.

Anônimo disse...

Realmente, ADORADOR DE MULHER. Parece mesmo que muitos marombados são doentes mentais. Aliás, pra achar bonito esse padrão tosco já é sinal de que tem problemas.

Anônimo disse...

Cara, esse seu jeito de: sou gostoso e por isso as mulheres ficam gratas de transarem comigo, me leva a acreditar que vc nunca fez uma mulher transar. E que elas devem fingir e saírem rápido da sua cama pq vc é chato pra caralho!!!
E aquele rapaz que matou vários nos EUA era rico e malhado e ainda era mascu. Meu namorado não é malhado, ama videogame, e era extremamente pegador. Pq é legal, divertido, respeita as mulheres e se importa com o prazer delas.

Anônimo disse...

Nem me fala Carol. Eu tenho a estrutura maior. Ombros largos, ancas largas. Nunca serei magra. Mas mudei minha alimentação, minha mãe virou vegana e a única carne que ela faz pra mim e pro meu padrasto é peixe. Corro 3 vzs na semana e faço pilates. Tenho uma prima magrela, sedentária que só come porcarias congeladas. O colesterol dela está nas alturas. Um belo dia como no mac, não vejo mau em comer de vez em quando, pedimos no mesmo caixa e a mesma mulher colocou nossos lanches, na minha bandeja ela acrescentou um encarte nutricional. SÓ NA MINHA! Essa pessoa não sabia nada sobre a minha vida, me olhou e achou que eu não estava saudável!! Vc só sabe da saúde de uma pessoa se vc convive diariamente com ela,, ou é médico dela, ou ela te fala da sua saúde.

Dayana Hashim disse...

Lola e demais, vejam essa mulher ARRASANDO na dança do ventre. Precisa de muita força nos abdominais pra dar conta de cinco minutos disso! https://m.youtube.com/watch?v=VohAxpboJAs

Anônimo disse...

@Jéssica sempre achei que a luta mais eficiente fosse jiu jitsu, principalmente para mulheres, você faz krav magá a quanto tempo? Gostaria de saber mais, você tem alguma forma de contato? meu facebook de contato é Denise Magioto

luca disse...

não vão na da jéssica, um chute nas bolas doi um pouco, mais desmaiar?? Os testículos são bem mais resistentes do que as pessoas acreditam ser, acertar um chute achando que vai causar um dano mais sério é idiotice.

ADORADOR DE MULHER disse...

AO ANONIMO DAS 09:21

obrigado por concordar comigo.

Anônimo disse...

ADORADOR DE MULHER, concordo principalmente porque vi. Todos os marombados que já vi são perturbados e desequilibrados, até agora não vi exceção.