terça-feira, 22 de junho de 2010

DILMA É UM POSTE? É NOSSA ELITE QUE NÃO SAI DO LUGAR

No blog do Augusto Nunes, aquele que deturpa comentários de seus leitores, um tal de Celso Arnaldo escreveu um texto de um elitismo atroz. Começa assim:
Deslocada e patética até num encontro de garis (licença, Boris), por sua ignorância genérica e a incapacidade de articular qualquer pensamento, Dilma Rousseff na Europa é uma caricatura que diverte, mas envergonha o Brasil.
Continua assim: “Nossa Zelig é uma jeca com nível intelectual de copeira da Casa Civil, que não conhece sequer os códigos da faixa de pedestre e que evidentemente desconhece rudimentos da cultura europeia ou de qualquer forma de cultura ─ embora sua assessoria tenha se apressado em divulgar que, depois do encontro com Sarkozy, a candidata foi a um museu: aposto meus três álbuns de figurinha completos da Copa 2010 que ela não sabe nem o nome do museu que visitou nem é capaz de lembrar e descrever qualquer obra que a tenha impressionado.
Se você não está com ânsia de vômito até agora, é porque seu estômago é acima de tudo um forte.
Mas só mais um pouquinho, pra estragar de vez o seu café da manhã: “Diante de um microfone, em qualquer lugar do mundo, o cérebro de Dilma produz pensamentos primitivos, expressos por uma combinação de palavras que desafia estudos de neurolinguística em aborígenes australianos.
E aí ele parte pra declaração de Dilma de que só dá entrevista aos jornalistas uma vez por dia, que os machistas de plantão interpretaram como “Só dou uma vez por dia”. Porque eles ainda acreditam que mulher dá, e que uma candidata mulher deve sempre ser analisada pelo ângulo sexual.
Olha só, gente, isso é textual: copeiras e garis são seres sem nível intelectual, tão baixos na pirâmide social (Boris, você é dos nossos!) que até a Dilma os envergonharia. Que mais? Cultura é algo que só existe na Europa, já que a cultura que todo e qualquer povo produz e vive não é a “cultura culta” - esta só se encontra nos museus. E, pra finalizar, pobres, mulheres e aborígenes em geral são seres primitivos e incompreensíveis, que nem a cultura superior – a neurolinguística – é capaz de decifrar.
Aí nos comentários (que são moderados, vale dizer. Ou seja, críticas ao autor são ceifadas) um leitor entra na brincadeira (tudo sic): “Então a candidata Dilma só quer dar uma vez ao dia ? Infelizmente, como é do conhecimento generalizado, as mulheres brasileiras na Europa tem fama de estar ligadas à prostituição. É uma fama que se traduz em algumas realidades também. É um fato que se pode tentar lutar, tentar mudar, mas nunca se deve ignorar. Esta visita da cabeça de atum Dilma será que tem algo relacionado com essa fama ? Vem reenvidicar novos direitos para quem está exercendo a profissão ? Representa ela o sindicato do metier ?
Eles são tão respeitosos com as mulheres brasileiras, não? Um outro comentarista hilário aparece também: “Augusto a vida do poste melhorou. Veja a diferença entre as duas frases : 'Pois é, nem dado tenho' e 'Só dou uma vez por dia'. Pra quem ? A Erenice não ficou no Brasil ?
É impressionante. Esse tipo de texto não faz nem ruborizar a Veja? Ele deve ser parecido com o que panfletos neonazistas publicam na sua defesa da raça ariana pura.
Enquanto na Austrália o povo se arrepende do massacre histórico contra os aborígenes (lembra da Olimpíada de Sydney, em que uma atleta aborígene acendeu a tocha?), no Brasil a elite segue sempre com o mesmo discurso: pobres e negros (aborígenes são negros, pra começar) são primitivos, burros, e sem cultura, mulheres são seres desprovidos de cérebro (e prostitutas, a julgar pelos comentaristas), e nós, os homens brancos e bons, temos que voltar ao poder urgentemente pra colocar ordem nessa bagunça. Ah sim, e a única coisa positiva do Brasil é que aqui não somos racistas nem machistas e muito menos classistas. Estamos de braços abertos (modo de dizer; não cheguem tão perto, seus fedorentos) para receber vocês, criaturas eternamente subdesenvolvidas.

25 comentários:

. disse...

primeirinho! ótimo texto, lola! adorei! eu queria não conhecer gente assim, como algumas ilustres que você caracterizou no texto ... mas infelizmente, eu conheço.

Giovanni Gouveia disse...

Depois não sabem porque não ganham eleição...

Lord Anderson disse...

Lola vc tem razão.

Isso é vomito puro.

Agora, tente chamar um escroto desses de racista...

Cara, sem comentarios.

aiaiai disse...

Pois é, se eles estivessem só na caixa de comentários do augusto nunes, até que seria maravilhoso. O problema é que você encontra essas pessoas o tempo todo, por mais que vc se esforce para ficar longe delas. E, as vezes, fazem parte de seu grupo de convivência e você nem sabia disso.

Outro dia fiquei deprimida com um e-mail enviado por uma pessoa com quem tenho um bom relacionamento...não chega a ser amigo, mas sempre que nos encontramos, conversamos, eu admiro o trabalho dele...etc. Dai o cara me manda um e-mail com um conteúdo bem parecido com esses comentários. Eu fiquei sem saber o que fazer. Resolvi ignorar, acho que foi melhor.

Dieison e Marilia disse...

Não poderia nem chamar de elitismo atroz,mas de uma ignorância atroz e sem tamanho.Bela porcaria o país estar se industrializando tanto,enquanto a mente de muitos continua pobre e defeituosa.O autor das palavras não foi nem capaz de perceber que suas criticas derramavam preconceitos contra mulheres,negros e contra a cultura brasileira.Realmente é de dar asco.

Só Dores & Delicias disse...

Olá,

Gostaria de lhe convidar para Rifa que está acontecendo lá no meu blog!
Aguardo você lá!

http://www.sodoresedelicias.blogspot.com/

Beijocas!!

Montricot disse...

Loláxima...

Quase off-topic, mas, em se falando de campanha presidencial, não podemos deixar de falar DELE!

Segue a opinião-clichê mais do que esperada:

http://br.noticias.yahoo.com/s/21062010/25/politica-serra-descriminalizar-aborto-liberaria-carnificina.html

Pri Sganzerla disse...

Nojo puro!

aiaiai tem toda a razão: essa maneira de pensar e essa postura de vida estão muito mais próximas de nós do que julgamos. E às vezes são velados porque o "cidadão" tenta ser "politicamente correto" e deseja "fazer média", dissimulando sua verdade durante um tempo. Prefiro esse tipo descrito no texto, que "fala na cara" - pelo menos ele deixa bem claro quem é e o que pensa. Causa nojo mas não é hipócrita! rsrsrs

Deprimente...

aiaiai disse...

lolíssima e car@s comentaristas: ajudem a ampliar a campanha
#DiaSemGlobo.
No dia 25/06 vamos assistir ao jogo em qualquer outro canal, menos na Globo. Vamos apoiar o técnico Dunga que não se submeteu à arrogância da globo e democratizou o acesso dos jornalistas à seleção.
A globo diz que ele fechou a seleção. Não é verdade, ele só acabou com a farra da “exclusividade”!

quem tiver twitter, use a tag #DiaSemGlobo

Clara Gurgel disse...

Estava acabando de rever o discurso MARAVILHOSO da escritora nigeriana CHIMAMANDA ADICHIE,onde ela fala sobre o preconceito,sobre a burrice de se deixar influenciar pelos esteriótipos...enfim,como diriam antigamente "papa fina".Aí, venho aqui no blog da LOLINHA e...vejo esse monte de lixo!!Argh,CAÍ DO CÉU!!
Quem quiser ver o vídeo...eu recomeeendo!!! http://www.ted.com/talks/view/id/652

C.C disse...

ei loluxa, fala sobre a confusão entre a Globo e o Dunga ! essa historia toda ta sendo muito divertida !

Umrae disse...

Essa postura, esse tipo de preconceito, às vezes está dentro da nossa própria casa ou nossa família (e talvez por isso seja tão difícil se livrar desse problema, uma vez que a propagação de tudo isso segue, e somos expostos o tempo todo). Às vezes a gente tem idéias erradas, preconceituosas, por anos e demora para aprender e se esforça muito para realmente conseguir se livrar disso. E não é nem um pouco fácil...

Gisa, ou Gisele disse...

Lola esse tipo de pensamento é mais do que enjoativo! Achar que pode-se ser mais do que alguém simplesmente por "conhecer" mais é deprimente. Gente assim a gente encontra, infelizmente, ainda aos montes.

E como alguém ai comentou, vai dizer que o cara é preconceituoso, pra ver a briga na qual vc se mete.

Na cabecinha deles é que não deve ter nada mesmo. Triste isso

Gisa, ou Gisele disse...

Ah, lembrei do dia em que na faculdade uma mulher fez o maior escândalo porque o rapaz da biblioteca disse que ela tinha que procurar um livro sozinha. E ela soltou a pérola:
-Olha eu pago isso, e pago muito caro, então eu mereço ter um atendimento. Se eu fosse Prouni não poderia exigir isso, mas eu não sou não, eu pago muito caro por isso aqui....

Enfim ....

Umrae disse...

Gisa: aluno folgado que acha que funcionário de faculdade é tudo criado dele é dose.
Tem cara que esquece que assinou um contrato que exige uma série de coisas dele também, inclusive respeito a todo mundo lá dentro...
Mas essa se superou. Só faltava, agora, ela querer que começassem a distribuir carteirinha de identificação comum (para o povo bolsista, não necessariamente pró-uni) e VIP para quem paga mensalidade integral, dando direito a serviços diferentes e acesso a áreas exclusivas...

É por isso que quando eu dava aula particular (não era algo muito frequente, nem profissional, era só para parentes e filhos de conhecidos que pediam), eu fazia questão de não cobrar nada. Aí o argumento do "tô pagando" não tinha nem vez. Incrível como fazia diferença para baixar a crista da molecada...

J.anquevitti disse...

Lolinha, de quem sou fã e de quem tanto admiro:

Sinceramente, não senti nem ânsia de vômito, nem raiva, nem nada, talvez eu esteja de muito bom humor, mas na verdade eu estou é acostumado a ouvir e ler esse tipo de coisa (vivo na colônia de São Paulo, então já sabe...)
Criei defesa desse tipo de gente, é algo que se espera que eles vão dizer.

Tem certos direitistas que até valem a pena tentar discutir e argumentar(já que muitos deles não tem ideologia política, acreditam naquilo que a Veja, a Globo e a FOlha de S. Paulo dizem), porém, já os mais reacionários, esse povo tá perdido e tão se fechando cada vez mais.

O importante mesmo é que Dilma vai ganhar e essa gente vai ficar toda bravinha rs.

Já ouviu aquela frase: "Com as pedras que te atiram construirá o seu castelo de glória"? Bem, é por aí mesmo.

Abraços,

Jonas

Umrae disse...

Jonas: é, vale a pena argumentar, muita gente aprende e muda sim. A gente tem que lembrar que esses cresceram ouvindo só isso, e assim fica difícl não absorver ao menos uma parte. Exemplos práticos, argumentos válidos, um pouco de insistência com educação e paciência funcionam em vários casos.
Não é como se os direitistas fossem maus por natureza e não tivessem qualquer chance de recuperação.
E tem muito esquerdista preconceituoso também, especialmente os machistas e homofóbicos (por que? porque também cresceram ouvindo o mesmo tipo de absurdo).

Koppe disse...

Pois podem se preparar, que em ano eleitoral esse tipo de coisa vai ser cada vez mais comum.

Sobre o #DiaSemGlobo (bah, palavra começando com # sempre me parece canal de mIRC), pra mim é fácil, já que estou quase completando #DécadaSemTV... Largar a TV: eu recomendo. Sobra muito mais tempo pra ler, navegar na internet, ouvir música, conversar com alguém, etc.

Gisela disse...

Eu vi rapidinho o mapa-astral da Dilma. Gostei do que vi. Ainda falta a Marina.

Prefiro conhecê-la utilizando esses métodos porque tá difícil ver alguma coisa com a máscara que ela usa.

Elizabeth disse...

Essa nossa "elite" é grosseira, né?
Poderia, pelo menos, deixar a baixaria para os partidos de aluguel como faziam antigamente. Mas no afã de melhorar a posição de seu "escolhido" nas pesquisas, resolveu meter os pés pelas mãos.
Interessante, é que eu não tenho recebido mensagens por e-mail ridicularizando o candidato do PSDB. Mas ridicularizando o Lula ou a Dilma todo dia recebo e, ao desconfiar do conteúdo, deleto sem ler: porque esse pessoal está mesmo nojento. Eles perderam "a noção", a inteligência (se é que tinham), os modos...
Sem contar que ainda respondo ao "amigo" que me enviou a tal da mensagem, perguntando:
- Nossa! Vc virou cabo eleitoral do PSDB e nem está ganhando um dinheirinho para isso? Que bobinho!

Victor disse...

Lola, você assistiu ao Roda Vida de ontem com o José Serra? Estava esperando um post sobre isso =\ ... Na próxima segunda tem o programa com a Dilma.

Aliás, é verdade que aprovaram um aumento salarial para os senadores? Cadê a cobertura global dessas coisas?

Rita disse...

ECA.

Laurinha (Mulher modernex) disse...

Já estava terminando de ler o primeiro comentário e me surpreendendo que até então o cara não tivesse feito nenhum comentário machista, aí você chega no ponto...
Realmente, eu me surpreenderia se depois de demonstrar tanto preconceito o velho e feio machismo também não aparecesse...
Eles são é muito previsíveis, me surpreenderia se só falassem mal de pobres, brasileiros e deixassem de falar mal de mulher. Geralmente quem tem preconceito de classe social, também tem com raça, gênero e orientação sexual. Esses tipos de preconceito costumam andar de mãos dadas...

Abçs Lola

Arashi disse...

Lola!

Achei uma coisa que você precisa ler. Creio que eu não posso fazer justiça a tal comentário infame, e você é a única blogueira no planeta que conseguiria fazer um comentário à altura dessa insanidade:

http://www1.folha.uol.com.br/poder/756456-voce-confiaria-seus-filhos-para-dilma-de-baba-questiona-mara-gabrilli.shtml

Anônimo disse...

lolaaaaa